Issuu on Google+

Quatro olhos, muito estilo! Leia ouvindo ♫ Óculos - Os Paralamas do Sucesso ♪ Há muito tempo os óculos de grau deixaram de ser apenas um item de necessidade para pessoas com deficiências visuais. Antes, qualquer aro estava valendo, de preferência o mais discreto possível, na maioria das vezes preto ou escuro, e era sempre coisa de “vó”. Os “dois olhos postiços” serviam como quebra galho para miopia ou astigmatismo, e essa só isso. Hoje, a realidade é outra! Os acessórios ganharam destaque no look dos jovens e complementam o estilo, tornando-se marcas registradas de personalidade. O visual, tanto de homens quanto de mulheres, está cada vez mais chamativo e colorido e é natural que a atenção chegue também aos olhos. O apresentador Jô Soares é um ícone quando se fala em óculos, o cara tem centenas de tipos diferentes, inclusive alguns modelos exclusivos. Aqui em Lajeado a moda já pegou – primeiro os “Cults” aderiram, depois algumas meninas enquadrarem-se na modinha. Após, passou a não representar mais nenhuma tribo, e sim uma ideologia – carregar no rosto um óculos super-mega-style não representa nenhuma tribo. Quem ousa ter coragem de se diferenciar e ressaltar a personalidade, só ganha pontos. Na conquista, na moda e na diferenciação! Texto Ed foto

Gomes Cássio Bonfandini

27 de setembro de 2013 - #161


2 mazup

Diretor geral Maico Eckert - maico@mazup.com.br

Óculos com estilo

Olho vivo e colorido

Tatiane Freisleben

Viu na capa o estilo da Tati? Ela usa óculos diferenciados há uns três anos, mesmo sem precisar de correção na visão! A guria curte muito o resultado de uma “peça exótica” no rosto. Confere abaixo o que uma adepta dos óculos coloridos tem a falar: Mazup - Mas, guria, você nem precisa de óculos? Porque aderiu a moda? Tatiana - É, na verdade eu não preciso, mas acho muito legal. Comecei com aqueles mais antigos, estilo “senhora”, colocava os da minha vó, que eram de grau, e ficava me achando. Foi aí que peguei o da minha tia, que era para leitura, e eu poderia usar. Foi assim que passei a dar um “up” no mei visual” Mazup - No geral, a galera curte? Tatiane - Algumas pessoas curtem. Mas sempre há quem fale mal. Mas estes são “sem estilo”, por isso não dou bola! Mazup - Quais os comentários que você mais escuta? Tatiane - O que mais escuto é: “Porque usar se não precisa?” ou piadinhas que insinuam que eu uso somente para aparecer. Das pessoas que usam óculos, escuto seguidamente - “quem dera se eu não precisasse”, hehe. Mazup - E no meio de tantos comentários, algum deles teve tom ofensivo? Tatiane - Não me sinto ofendida, até porque não me importo muito com a opinião das pessoas sobre meu estilo de vestir, sabe. Mas quanto a dizer que eu uso para querer aparecer, fico chateada. Mas não chego a me ofender, acho que cada um tem um gosto e deve ser respeitado. Curto óculos, tenho mais de 30 para o sol. Mazup - Pretende ter mais? De que tipos? Tatiane - Sim. Ah, muitos! Estou desejando um azul e um preto. Na verdade eu vou pesquisando, quando “bato o olho” e acho que vai combinar comigo, compro. Mazup - Tem alguma dica para quem está pensando em aderir a esta moda? Tatiane - Vá em frente! É LINDO, acho demais, um homem de óculos na balada sempre me chama mais atenção do que um homem normal, o mesmo com a mulher, creio eu. Tem um charme diferente dos outros, parece um segredo pra desvendar... Entrevista Luana

Rohr

Coordenador editorial Ed Gomes - ed@mazup.com.br

MAZUP ENTRETENIMENTO LTDA. Caderno encartado semanalmente no jornal O Informativo do Vale. Empresa integrante da Rede Vale de Comunicação.

Projetos e eventos Cássio Bonfandini - cassio@mazup.com.br

Conteúdo on-line e relacionamento Luana Rohr - luana@mazup.com.br Comercial Diogo Bertussi - diogo@mazup.com.br Douglas Kerber - douglas@mazup.com.br Contato (51) 3726-6741 contato@mazup.com.br www.mazup.com.br

Tá rolando no site do Mazup

Há quatro meses, cão monta guarda, em vão, à espera do dono Beethoven era um cachorro de rua, mas Zé o adotou. Sabendo que ele cresceria muito e não teria como tê-lo em casa, resolveu deixar o cão na oficina, seu lugar de trabalho. Por volta das 7h, o barulho do molho de chaves de Zé era a senha para Beethoven pular da cama e ir direto para o colo do dono. Não importava o dia, se tinha sol ou chuva, o cachorro estava sempre esperando o Zé. Mas, desde o dia 8 de junho, uma manhã de sábado, o silêncio e a tristeza tomaram conta de Beethoven: a rotina de latidos, saltos e carinhos, ao longo de quatro anos, foi interrompida. Na noite anterior, depois de se despedir do "amigão", como era de costume, o funileiro pegou o carro para ir embora. Dirigia pela avenida Rio das Pedras (zona leste de São Paulo), quando, sentindo

fortes dores no peito, procurou às pressas um lugar para estacionar. Ligou para o Samu. A emergência veio rápido, só que tarde demais: Zé, 54, sofreu um ataque cardíaco. Deixa a mulher, duas filhas e Beethoven. SEMPRE AO SEU LADO "O cachorro ficou tão desamparado quanto elas", diz Margareth. A vizinha fez uma "vaquinha" para comprar ração, mas o apetite do cão, antes voraz, diminuiu bastante. Ela pretende encontrar um novo lar para Beethoven, que hoje divide o teto com outros seis cães de rua, trazidos por um carroceiro que está "ocupando" a funilaria. A família de Zé não tem condições de ficar com Beethoven, que foi para adoção. "Quando ele ouve o barulho de chaves, vem correndo para o portão", conta Margareth. "Acha que é o Zé."

A persistência de Beethoven fez com que seus vizinhos enxergassem semelhanças entre o cão sem raça definida e a tocante história de Hachiko, o cachorro akita do filme "Sempre ao Seu Lado". Após a morte do dono, Hachiko continua indo "buscá-lo" na estação de trem, assim como Beethoven continua lá, às portas da funilaria, à espera do amigo humano. Baseado em uma história real acontecida no Japão, o longa fez sucesso com Richard Gere no papel do professor, dono do cão, que morre, assim como o Zé, vítima de um ataque fulminante. Mesmo calado e desolado, Beethoven continua fiel à guarda matinal e esperando Zé, todos os dias, às 7h. Algo que, possivelmente, fará por toda a sua vida canina. *As informações são da Folha de São Paulo. divulgação


20 anos de Arquivo X Essa semana um dos meus seriados favoritos comemorou 20 anos. Talvez por ter todo esse tempo e por ter acabado ainda na década de 1990 você possa nem conhecê-lo, mas na minha opinião é um dos melhores já existentes. E vou puxar pro meu lado: Você deveria assistir, viu? Trata-se da série Arquivo X. A série parece um tanto bizarra

para iniciantes. Mulder e Scully, agentes do FBI, buscam a verdade sobre a existência de extraterrestres e fenômenos paranormais. Tá, achou muita viagem? Calma, tem mais, mas eu adoro. O Mulder acredita que sua irmã foi abduzida, por isso acabou indo trabalhar nesse "ramo", estudou psicologia, mas acabou no FBI, em um setor onde ficavam divulgação

arquivos de crimes que nunca foram solucionados pois possuiam caráter sobrenatural. O próprio FBI não gostava muito dessa história, então contratou a médica Dana Scully para se tornar "parceira" de Mulder e ao mesmo tempo provar que o trabalho dele não tinha fundamento. Mas isso felizmente não funcionou e a parceria rendeu 9 temporadas com 202 episódios, 2 filmes, 26 prêmios e certamente uma galera acreditando que fora abduzida. Outro bom motivo para assistir ao seriado é ver como a moda dos anos 90 era diferente, um exemplo era como os figurinistas vestiam a personagem principal que tinha pouco mais de 20 anos e usava blazers que lembram os do meu avô. Bom, de qualquer forma eu achava ela uma fofa.

divulgação

CURTIMOS

Baita Showzaço! Olha só como vai ser divulgado o resultado da 6ª Gincana Ules/Dce da Univates: com uma baita festa! Se liga aí! No encerramento oficial da disputa virá tocar um baita som a banda Acústicos & Valvulados. Os caras prometem agitar o município de Lajeado e aquecer os gincaneiros para o resultado final que será divulgado após o show. O esquema ocorre domingo (29), no estacionamento do Prédio 16, no Campus da Univates. A galera já pode começar a chegar após às 15h30min. A atração é aberta ao público e a entrada é free! Não será permitido o consumo de bebidas alcoólicas no local, por isso prepara teu chimarrão e tua pipoca e curta bastante!


INAUGURAÇÃO

01.10

SHOPPING LAJEADO

JO

S A I

M E S

I-J

O

IA

S MARCAS EXCLUSIVAS

M A N O A H . C O M . B R | ( 5 1 ) 3 74 8 - 0 0 9 0


Quatro olhos, muito estilo