Page 1

Fiesta Hotel & Convention Center Salvador - Bahia

12 e 13 de novembro de 2012

O principal encontro político-econômico da indústria eólica brasileira

Apoio oficial

anfitrião

realização

patrocínio platina

patrocínio ouro

patrocínio prata

patrocínio

apoio

O mundo da eletricidade em tempo real

www.vxa.com.br


Principal encontro político-econômico da indústria eólica brasileira O Fórum Nacional Eólico acontece em um momento de consolidação definitiva do mercado em que começam a ser implantados em todo País mais de 7GW em capacidade a ser finalizados até 2014. A performance dos parques, a infra-estrutura necessária, a cadeia de fornecimento de produtos e serviços, os ambientes de comercialização da energia gerada e os casos de sucesso de desenvolvimento local resultante da implantação de parques eólicos serão temas de destaque nesta edição do FNE. Durante o evento, será atualizada e pela primeira vez, revista, a Carta dos Ventos, documento de diretrizes firmado em 2009 entre a área governamental (federal e dos Estados), o setor eólico e industrial nacional. • Mais de 800 participantes de alto nível nas edições de 2009, 2010 e 2011 • Presença de representantes do alto escalão dos governos federal e estaduais • Presença das principais entidades de regulação setorial e licenciamento ambiental • Oportunidade de contato com tomadores de decisão e líderes setoriais • Discussões objetivas e decisivas sobre os desafios e o futuro do setor

em 2012 todos os ventos levam à bahia Para sua quarta edição, o Fórum Nacional Eólico escolheu como sede o estado da Bahia, que consolida sua posição como maior polo brasileiro de investimentos em energia eólica, com mais de 10% do potencial nacional. Além dos parques de geração de energia espalhados pelo sertão, onde se localiza grande parte do potencial do estado, a Bahia começa a organizar um parque industrial voltado para produção de equipamentos, consolidando esta terra como principal polo nacional na fabricação de componentes. Hoje, a Bahia tem 57 projetos de energia eólica previstos para instalação e é o segundo estado, no Brasil, em potência contratada nos leilões de energia eólica. Os empreendimentos somam, aproximadamente, R$ 6,5 bilhões em investimentos. Quando os projetos estiverem funcionando, vão acrescentar 1.560 MW à rede elétrica. Até o momento são mais de 5.000 MW em Protocolos de Intenções assinados com a Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração do Estado da Bahia. Junte-se a nós no Fórum Nacional Eólico 2012 em Salvador e participe da construção do futuro da energia eólica no Brasil.


A primeira revisão da Carta dos Ventos A Carta dos Ventos é um documento de diretrizes firmado em dez instâncias governamentais e empresariais, com vistas a promover a articulação institucional para programas de incentivo político, econômico, fiscal e regulatório relativos à cadeia produtiva do mercado eólico, desde o fornecimento dos equipamentos, construção dos empreendimentos, até a venda da energia elétrica. O documento foi firmado na ocasião do Primeiro Fórum Nacional Eólico, em 2009, por: • Governo Federal, representado pelo Ministro de Minas e Energia e pelo Ministro de Meio Ambiente • Governos Estaduais, representados pela Governadora do Estado-Anfitrião (Rio Grande do Norte) e pelo presidente do Fórum Nacional de Secretários de Estado para Assuntos de Energia • Senado Federal, representado pelo Presidente da Comissão de Assuntos Econômicos • Câmara dos Deputados, representada pelo Presidente da Comissão de Minas e Energia • Assembléias Legislativas estaduais, representadas pelo Presidente da Assembléia Legislativa do EstadoAnfitrião (RN) • Indústria Nacional representada pelo Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN) • Setor Eólico Nacional representado pelo Presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEÓLICA)

Conheça o conteúdo da Carta dos Ventos no link abaixo: www.viex-americas.com.br/imagens_eventos/cartadosventos_assinada.pdf Grupo de discussão no Linkedin: http://www.linkedin.com/groups?gid=2127679&trk=hb_side_g Wikipedia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Carta_dos_Ventos


a revisão da carta dos ventos: pleitos e propostas para 2013

1

Articulação institucional Promover a articulação institucional e a integração entre as diferentes instâncias do Governo Federal e dos Governos Estaduais quando da formatação de planos, projetos e programas de energia eólica

Políticas de longo prazo

2

Analisar a pertinência de políticas de longo prazo, específica ao setor de energia eólica

comercialização de energia

3

Texto em fase de aprovação

infraestrutura

4

Desenvolver, em conjunto com os Estados, a infra-estrutura em regiões de potencial eólico reconhecido, com especial ênfase em transmissão, transporte rodoviário e telecomunicações

o Mercado fornecedor local

5

Desenvolver o mercado fornecedor nacional de equipamentos e serviços para a cadeia eólica, incluindo a atração de investidores internacionais para favorecer a transferência de tecnologia e implantar gradualmente, políticas de incentivo à nacionalização dos equipamentos e serviços

padronização de metodologias

6

Estabelecer metodologias padronizadas de coleta, sistematização e armazenamento de dados sobre o potencial eólico a nível nacional, regional e local

mão de obra

7

Fomentar, com o apoio dos Estados, programas de capacitação e formação de recursos humanos para atuar em todas as etapas da cadeia produtiva de aerogeradores

tecnologia e desenvolvimento

8

Criar programas de P&D que assegurem o domínio da tecnologia eólica e coloquem o país em posição de destaque no cenário mundial

licenciamento ambiental

9

Promover a unificação dos processos de licenciamento ambiental dos projetos eólicos

o verdadeiro mapa eólico brasileiro

10

Atualizar o potencial eólico do Brasil, considerando as mudanças de tecnologia de geração elétrica e as limitações ambientais


Quem participa

Governo Federal

Governos Estaduais

Investidores

Cadeia de produtos e serviços para energia eólica

Bancos e Seguradoras

%

20%

10%

35%

20%

5%

10% Construtoras e empreiteiras

EXEMPLOS DAS EDIÇÕES ANTERIORES

Brasil: Ministério de Minas e Energia, Empresa de Pesquisa Energética, Ministério do Meio Ambiente, IBAMA, Operador Nacional do Sistema, Agência Nacional de Energia Elétrica, Senado Federal, Câmara dos Deputados, Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial Internacional: Governo de Espanha (estado de Navarra) Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Governo do Estado da Bahia, Governo do Estado do Ceará, Agência de desenvolvimento do Estado do Ceará, Governo do Estado de Pernambuco, Governo do Estado de São Paulo, Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia, Petrobras, CPFL, Iberdrola, Neoenergia, Pacific Hydro, Martifer, CPFL Renováveis, Eletrobrás Furnas, Energisa, EDP Energias do brasil, COPEL, CEMIG, Eletropaulo, CHESF, CEEE, Galvão Energia, Atlantic, Companhia Energética de Roraima, Termoaçu, Endesa, EPP Energia, ERSA Brasil, Eletronuclear, Centrais Elétricas do Pará, ELECNOR, Safira Energia, Omega, Bioenergy, Eletronorte, Kroma Multiner, China Guodian Corporation, Clipper, Windpower, Wobben Enercon, Vestas, Poit, Nambei, Wirex, Garrad Hassan, Kluber Lubrication, Braselco, Arteche, Ecopart, Geprowind, Enerwind, Promom Engenharia, Bio Energias Renováveis, Doosan Heavy Industries, Sowitec, IMPSA, TGM Transmissões, KEMA

BNDES, Banco do Nordeste, J Malucelli, Banco Bradesco, ITAÚ BBA

Cortez Engenharia, Dois A Engenharia, Engevix, Case Participações, Incomisa, TC Engenharia, Leão Engenharia, WM Construções e Montagens, Grupo Edson Queiroz,


evolução das temáticas no fórum nacional eólico

2009

2010

2011

2012

Tema da reunião fechada:

Tema da reunião fechada:

Tema da reunião fechada:

Temas da reunião fechada:

os leilões de energia eólica e incentivos ao setor

logística e implementação de projetos

a emancipação do sertor eólico brasileiro e a competitividade entre os estados

comercialização, infraestrutura e o mercado fornecedor local

painel com autoridades: painel com autoridades: O marco regulatório e a criação dos leilões de energia

exemplos internacionais

painel com autoridades: o início das operações

implantação de projetos

tecnologia financiamento

mitos e verdades

licenciamento ambiental

painel com autoridades:

a infraestrutura para o desenvolvimento do setor eõlico

o futuro da energia eólica na matriz energética brasileira

infraestrutura para projetos

comercialização de energia

comercialização de energia

tecnologia e excelência operacional

inovação

indústria nacional

licenciamento ambiental

condições locais financiamento

Para 2012 o fórum nacional eólico amplia o foco na rentabilização dos parques eólicos, no oferecimento de estrutura para o desenvolvimento de novos projetos e nas condições de entrega dos volumes contratados nos leilões.


primeiro dia - 12 de novembro de 2012 9:30

briefing pré-evento: avaliação de potencial e modelagem de riscos O estudo do padrão de ventos para o prejeto de um parque eólico é o fator mais relevante para a definição de seu sucesso ou fracasso comercial. Com a indisponibilidade de dados de longo prazo no Brasil, é essencial uma ótima medição de ventos, aliada a uma inteligente modelagem de riscos. Participe desta sessão e conheça:

Wind Energy Projec Feasibility

• • • •

• • • •

The analisys of wind patterns for the project of a wind farm is the most important factor for defining success or failure of your business. With the unavailability of long-term data in Brazil, it is essential a good measurement of winds, combined with an intelligent risk modeling. Attend this session and learn:

Identificação das melhores áreas Padrão anual de ventos Variabilidade ano a ano Tecnologias e custos para medição

Identification of the best areas Annual pattern of wind Variability from year to year Measurement technologies and costs

Odilon Camargo, Camargo & Schubert Leontina Pinto, Engenho Consultoria

14:00

a revisão da carta dos ventos e o futuro da energia eólica no brasil A Carta dos Ventos, assinada em 2009 recebe em 2012 a sua primeira revisão formal, onde serão novamente firmados os compromissos dentro de dez proposições de encontro de interesses entre a indústria, os governos e consumidores.

Jaques Wagner, Governador do Estado da Bahia

Opening Cerimony - The Chart of the Winds and The Future of Wind Power In Brazil

Otávio Ferreira, Presidente da ABEEÓLICA

The Chart of the Winds, signed in 2009 will reveive in 2012 its first formal review, which will again be a signed letters of commitments within ten propositions, merging the interests between industry, governments and consumers. (See in page 4 the proposed content for review). Veja na página 4 o conteúdo proposto para a revisão

Nelson Hubner, Diretor-Geral da ANEEL Maurício Tolmasquim, Presidente da EPE Sen. Walter Pinheiro, Presidente da Comissão de Minas e Energia do Senado Federal Sen. Delcidio Amaral Representante ONS Representante, Ministério do Meio Ambiente Representante, Ministério de Minas e Energia Jean-Paul Prates, CERNE

17:00

entrevista Renomado jornalista conduzirá uma série de perguntas aprofundadas sobre o potencial de negócios existente no Brasil, a viabilidade econômica de novos projetos e a situação dos empreendimentos vigentes. Live Interview Renowned journalist will conduct a series of detailed questions about the potential business in Brazil, the economic viability of new projects and present ventures.

coquetel de confraternização com os palestrantes e participantes

“...The answer, my friend, is blowin’ in the wind

The answer is blowin’ in the wind...” Bob Dylan


segundo dia - 13 de novembro de 2012 9:00

estruturação de projetos e financiamento

• • • •

Disponibilidade de capital Estruturação societária Plano de negócios e garantias Abertura de capital e fusões como forma de capitalização

• • •

Corporate structuring Business plan and guarantees IPO and mergers as a way of capitalization

10:30 • • • • • • • • •

Néstor Casado, - CAPITALINVEST Representante - BNDES Representante - CAIXA

Conteúdo local, pesquisa e desenvolvimento em energia eólica

O desenvolvimento do mercado fornecedor local e nacionalização da tecnologia empregada Reflexos do fim do subsídio às importações em 2014 Desenvolvimento de mão de obra especializada A indústria por trás da indústria: o mercado de insumos, serviços e equipamentos secundários Arranjos produtivos locais

Roberto Veiga - Coordenador do Conselho de Energia Eólica - ABIMAQ

The development of the local supplier and nationalization of the technology Workforce development The industry behind the industry: the market for inputs, services and equipment Clusters

Representante - FINAME

Representante, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Maria Bernardete Cordeiro de Souza - FAPERN

almoço 14:00 •

comercialização de energia eólica Élbia Mello, Presidente Executiva - ABEEÓLICA

• • •

Posicionamento estratégico para novos empreendimentos em energia eólica A efetiva competição com fontes tradicionais de energia Gestão de portfólio de energias Comercialização no mercado livre

• • • •

Strategic positioning for new developments in wind energy The effective competition with traditional energy sources Energy portfolio management Selling energy on the open market

Representante - ENEL GREEN POWER

15:00 •

Tiago Leite Ferreira - RENOVA ENERGIA Ricardo Lima - CCEE

alta performance e tecnologia para construção e operação

• • •

A unificação das metodologias para monitoramento do padrão de ventos Novo mapa eólico brasileiro Ampliando o fator de capacidade dos parques em operação Perspectivas tecnológicas, rendimento, custos e acessibilidade

• • • •

The unification of the methodologies for monitoring wind patterns New Brazilian wind map Revamping the capacity factor of wind farms in operation Technological prospects, cost and accessibility

16:00

Laura Porto - ABEEÓLICA

Representante - ALSTOM Representante - GESTAMP

infraestrutura, condições locais e influencia dos parques

• • • • •

Infraestrutura rodoviária para construção dos parques eólicos Interconexão à rede do SIN e linhas de transmissão Telecomunicações Diálogos com o poder público local Influência socioeconômica nas comunidades circunvizinhas

Secretário James Correa - Secretaria da Indústria Comércio e Mineração do Estado da Bahia

• • • • •

Road infrastructure for the construction of wind farms Interconnection network and transmission lines Telecommunications Dialogues with local government Socio-economic influences in the surrounding communities

Hugo Fonseca - Bioconsultants

Prefeito Romildo Bolzan Júnior, Município de Osório-RS (local do maior parque eólico da América Latina)


segundo dia - 13 de novembro de 2012 reunião fechada de trabalhos para implementação das propostas Dia 13/11 de 10:00h a 12:00 Esta reunião é restrita a palestrantes, patrocinadores e autoridades e acontece paralelamente à apresentações do segundo dia do Fórum Nacional Eólico.

Desde 2009, o Fórum Nacional Eólico é palco de importantes discussões, encontro de caminhos e consequentemente se tornou um ambiente de grande relevância para os desdobramentos da regulamentação do setor éolico brasileiro. Anualmente o Fórum abriga a “Reunião Fechada da Carta dos Ventos” onde investidores, governos e cadeia de produtos e serviços podem expor suas reivindicações e confluir idéias. Muito do modelo adotado para o desenvolvimento dos parques eólicos brasileiros foi desenvolvido nestas reuniões, o que cria oportunidades de extrema relevância para quaisquer investidores e legisladores. O acesso à essa reunião é restrito a autoridades convidadas pelo comitê organizador, palestrantes e patrocinadores do Fórum Nacional Eólico. Dos dez tópicos abrangidos pela versão atualizada da carta dos ventos (firmada na abertura do Fórum Nacional Eólico) três serão particularmente explorados na reunião de 2012:

comercialização de energia

infraestrutura

o Mercado fornecedor local

Texto em fase de aprovação

Desenvolver, em conjunto com os Estados, a infraestrutura em regiões de potencial eólico reconhecido, com especial ênfase em transmissão, transporte rodoviário e telecomunicações

Desenvolver o mercado fornecedor nacional de equipamentos e serviços para a cadeia eólica, incluindo a atração de investidores internacionais para favorecer a transferência de tecnologia e implantar gradualmente, políticas de incentivo à nacionalização dos equipamentos e serviços

Since 2009, the National Forum Wind is a stage for important discussions and meetings, and consequently became an environment of great relevance to the developments of the Brazilian wind energy sector regulation. Each year the Forum is home to the “Private Meeting of the Charter of the Winds” where investors, governments and suppliers of products and services may expose their claims and ideas to converge. Much of the model adopted for the development of the Brazilian wind farms was developed during these meetings, which creates opportunities extremely important for any investors and legislators. Access to this meeting is restricted to authorities invited by the organizing committee, speakers and sponsors of the National Forum Wind.


Destaques das três edições anteriores • Mais de 900 participantes em suas três edições • Mais de 100 palestrantes e debatedores • Presença de representantes das Secretarias Estaduais do RN, CE, • • • • •

BA,PE, MG, RJ, SP, RS e ES Quase a totalidade dos Estados Brasileiros representados Presença de representantes de Portugal, Espanha, Chile, Inglaterra, Argentina, Coréia do Sul, Austrália, China, entre outros países Assinatura e continuidade dos debates sobre a Carta dos Ventos Discussão das diretrizes e mudanças definidas durante a reunião privada do evento

Fórum Nacional Eólico na Internet W WW

Site:  www.cartadosventos.com.br - Programa atualizado, relação de palestrantes, patrocinadores e artigos Linkedin:  Carta dos Ventos – Energia Eólica no Brasil – Grupo para discutir as questões regulatórias, operacionais, econômicas e ambientais dos empreendimentos eólicos Twitter:  www.twitter.com/viexamericas - Acompanhe no twitter da VIEX americas as novidades sobre o evento Slideshare:  www.slideshare.net/viexamericas - Apresentações e conteúdo inédito fornecido pelos palestrantes e parceiros do Fórum Nacional Eólico

conheça os patrocinadores das edições anteriores


Seja um patrocinador Por reunir tomadores de decisão e influenciadores em processos de seleção de parceiros, materiais ou tecnologia, os eventos da VIEX são o ambiente propício para construir relacionamentos e direcionar vendas. • • • • •

Tenha acesso a uma audiência qualificada e a executivos de alto nível; Abrevie seu processo de vendas encontrando cara a cara os tomadores de decisão; Economize tempo e dinheiro reunindo-se com vários potenciais clientes em um único local; Desenvolva uma estratégia de novos negócios acompanhando as tendências e projeções do setor Estabeleça sua marca como líder no mercado e na região.

Descrição

Valor (R$)

Anfitrião

• Logo e descritivo como Patrocinador Anfitrião em todas peças de divulgação e cenografia • Presença na reunião fechada de atualização da Carta dos Ventos • Indicação de palestrante • Lista de contatos dos participantes • Oferecimento do jantar dos palestrantes • Presença na área de exposição • Distribuição de material da instituição patrocinadora • 12 convites para o Fórum Nacional Eólico

esgotado

Platina

• Logo e descritivo como Patrocinador Platina em todas peças de divulgação e cenografia • Presença na reunião fechada de atualização da Carta dos Ventos • Indicação de palestrante • Lista de contatos dos participantes • Presença na área de exposição • Distribuição de material da instituição patrocinadora • 8 convites para o Fórum Nacional Eólico

esgotado

Ouro

• Logo e descritivo como Patrocinador Ouro em todas peças de divulgação e cenografia • Presença na reunião fechada de atualização da Carta dos Ventos • Indicação de palestrante • Presença na área de exposição • Distribuição de material da instituição patrocinadora • 6 convites para o Fórum Nacional Eólico

24.000

Prata

• Logo e descritivo como Patrocinador Prata em todas peças de divulgação e cenografia • Presença na área de exposição • Distribuição de material da instituição patrocinadora • 4 convites para o Fórum Nacional Eólico

15.000

Sala dos palestrantes

• Sala de hospitalidade dos palestrantes

Mala

• Logotipo na mala ou mochila distribuída aos participantes

Capa de cadeira

• Logotipo no tecido que recobre o encosto das cadeiras dos participantes

Crachá

• logotipo no crachá dos participantes

Almoço

• oferecimento de um almoço

Coffee break

• oferecimento de um coffee break

8.000

• Presença na área de exposição

6.000

Cota

Expositor

Disponibilidade

ilimitado

esgotado 11.000 esgotado 11.000 esgotado


Informações Gerais

Quem faz o fne 2012

Agência Oficial do Evento: Para reservas de hospedagem e consultas a pacotes especiais para o período do evento contate: TOTUM Viagens João Lourenço ou Lyanne Aureliano Fone: 55 11 2539 3919 (Disque 1) joao@totumviagens.com.br Lyanne@totumviagens.com.br Alteração da programação:

Os palestrantes e temas deste evento são confirmados durante a fase de estruturação do projeto. Contudo, substituições, alterações ou cancelamentos de palestrantes e temas podem ocorrer decorrentes de caso fortuito e força maior. Dessa forma, a VIEX americas reserva-se o direito de alterar o programa do evento. Qualquer substituição ou alteração estará em nosso site assim que possível.

Relacionamento com palestrantes e conteúdo informativo Rodrigo Sucesso

rodrigo@vxa.com.br 11 3791-4731 Marketing, divulgação, mídia e relacionamento com apoiadores Fernanda Costa

fernanda@vxa.com.br 11 3791-4733

Oportunidades de patrocícnio e exposição Ronaldo Viana

ronaldo@vxa.com.br 11 5051-6535 Adriano Souza

adriano@vxa.com.br 11 5051-6535 Fernando Polastro

fernando@vxa.com.br 11 5081-6681 Alex Martin

alex@vxa.com.br 11 5539-1727

Local do Evento: Fiesta Hotel & Convention Center Avenida Antônio Carlos Magalhães, 711 Pituba Salvador - BA

Valores e Condições de inscrição

Até 25 de outubro

Após 25 de outubro

R$ 900,00

R$ 1.300,00

Sobre o Organizador VIEX americas é a empresa de informação empresarial especializada em eventos corporativos para as áreas de petróleo e gás natural, energia elétrica, recursos naturais e infra-estrutura. VIEX é a abreviação de Visão e Inteligência Executiva, conceitos que a empresa incorpora em seus serviços ao promover a disseminação de informações empresariais para tomada de decisão, atualização profissional e criação de relacionamentos. Para conhecer mais acesse www.viex-americas.com.br

Inscrições e informações gerais para participantes

atendimento@vxa.com.br 11 5051-6535


FNE 2012  

Fórum Nacional Eólico 2012

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you