Page 1

Impresso Especial ------

N”3908/06 DR/RS

DEVOLU˙ˆO GARANTIDA

AGERT - - CORREIOS - -

- - - CORREIOS - - -

Para uso dos Correios MUDOU-SE

NˆO PROCURADO

DESCONHECIDO

ENDERE˙O INSUFICIENTE

RECUSADO

CEP

FALECIDO

NˆO EXISTE N” INDICADO

AUSENTE

INFORMA˙ˆO ESCRIT A PELO PORTEIRO OU S˝NDICO

REINTEGRADO AO SERVI˙O ___/___/___ POSTADO EM ___/___/___

www.agert.org.br

Informativo da Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão

______________ RESPONS`VEL

Rio Grande do Sul - Fevereiro 2009 - Edição 561 Tx30: R$ 23,64 - Variação dos últimos 12 meses de 7,45%

SEMINÁRIO EM OSÓRIO DISCUTE PERSPECTIVAS DE 2009

RÁDIO DIGITAL Consulta Pública irá ampliar o debate sobre o tema Página 04

O evento, ocorrido no final do mês de janeiro, contou com a participação do presidente da ABERT, Daniel Pimentel Slavieiro, e do diretor da SECOM, Marcos Menezes de Souza. Camejo / Divulgação

ACONTECEU AGERT anuncia apoio ao III Prêmio de jornalismo da Associação dos Delegados de Polícia do RS – ASDEP Página 06

ENTREVISTA Presidente da ABERT fala sobre os principais desafios e novidades da Associação para este ano Página 07

Página 05

“ELE VAI, MAS VAI SOB PROTESTOS” Adriana Franciosi / BD-ZH

Essa frase foi muito lembrada pelos amigos que participaram do velório do político e radialista Cândido Norberto ocorrido no Salão Júlio de Castilhos na Assembleia Legislativa do Estado. Em 1978, quando cobria os funerais do papa Paulo VI e a assunção de João Paulo I no Vaticano, Cândido Norberto confidenciou ao jornalista Clayton Rocha o que gostaria que dissessem nas suas exéquias: “Ele vai, mas vai sob protestos”. Cândido Norberto se despediu da vida na noite de domingo dia 01 de fevereiro aos 83 anos. Ele estava internado no Hospital Moinhos de Vento, onde realizava tratamento de um câncer. Durante o velório, o vice-presidente da AGERT, Cláudio Brito, prestou homenagem em nome de todos os associados. “A biografia do Cândido é parte marcante da história do rádio entre nós. Talento múltiplo, ele encantava pela voz e pelas frases bem construídas. Depois, conquistava pelo afeto, pela gentileza, elegância e refinamento no trato pessoal. Lealdade e fraternidade foram diretrizes que traçou e cumpriu fielmente. Sou grato a Deus por ter permitido que bons anos de minha carreira tivessem acontecido ao lado do Cândido, tendo-o como paradigma e mestre, mas, acima de tudo, como um conselheiro decisivo. Como ele sempre dizia, vai lá um abraço, um beijo e um carinho. O ABC do amor e da ternura, que seu filho Lauro alinhou e ele incorporou ao cotidiano de todos que lhe eram próximos, como nós, seus colegas. E isso prova outra de suas qualidades, a generosidade”, destaca Brito. Amante da vida, Cândido também costumava declarar: “Viver é muito bom, envelhecer que é chato. Quem diz que não é hipócrita. O bom é ser jovem e pensar que é eterno”. Político de destaque, radialista brilhante. Cândido Norberto atuou na Assembleia Legislativa do Estado como deputado por quatro mandatos até ser cassado pela ditadura militar em 1966. No rádio, brilhou como locutor esportivo, galã de radionovela, apresentador, comentarista, repórter e diretor. Cândido Norberto morreu no dia 1° de fevereiro em Porto Alegre Marcou a história do rádio com inovações. Foi aos 83 anos. o primeiro narrador a transmitir uma partida de futebol fora do país para uma emissora estadual, em 1949; transformou as radionovelas em programas diários, nos anos 50 e criou, em 1971, o Sala de Redação, programa que surgiu da idéia de transmitir um programa de rádio direto da redação do jornal Zero Hora, antecipando as notícias que estariam estampando os jornais no dia seguinte.

Paulo Franken / BD-ZH


2

Informa

EDITORIAL

DIRETORIA

Em tempos de crise econômica mundial, convido todos os associados da AGERT a refletir sobre o papel dos veículos de rádio e tv diante desse contexto. De que forma podemos contribuir para o enfrentamento da crise? Acredito que seja necessária a mudança de nossos olhares. Devemos encará-la de maneira mais positiva, dando destaque também para todas as boas notícias na economia, principalmente de nosso Estado, que não deixaram de existir em nenhum momento, mas que perderam brilho e espaço nos últimos meses sendo, em muitos momentos, totalmente substituídas pelas notícias Roberto Cervo Melão de demissões, falências, caos econômico. É claro que Presidente da AGERT temos a obrigação de relatar com veracidade nossa realidade; porém, percebo uma tendência a superdimensionar os fatos negativos e, com isso, anular os positivos. Temos que ter ciência de nosso potencial e do que temos a oferecer para a sociedade gaúcha. Essa é a função real e social do rádio. O governo também tem papel fundamental no auxílio ao enfrentamento da crise, mas minha cobrança ao poder executivo do nosso Estado refere-se à valorização das emissoras do interior, que também devem ser contempladas na divisão de verba publicitária. Para a AGERT, esses primeiros meses de 2009 já foram de intenso trabalho: Seminário em Osório, que contou com público recorde de participantes; novas parcerias firmadas; debates sobre rádio digital. Enfim, estamos trabalhando ativamente para o desenvolvimento e crescimento e desenvolvimento do setor de rádio e tv e acreditamos que este será sim um ano positivo. Basta contribuirmos para isso! AGERT Entidade fundada em 13 de dezembro de 1962 Coordenação Jornalística: Wanderley Ruivo dos Santos Mtb 8363 Realização: Eliana Camejo Comunicação Empresarial Redação: Aline Victorino e Grazieli Binkowski Diagramação: Angela Silva Comercialização: Cláudia Cassol Conselho Editorial: Myrna Proença, Antônio Donádio, Osébio Borghetti, Jerônimo Fragomeni Impressão: Print Paper Editora Gráfica Ltda Circulação: 1000 exemplares O Agert Informa é uma publicação mensal da Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão Rua Riachuelo, 1098 CJ. 204 - Centro - CEP: 90010-272 - Porto Alegre/RS Telefone: (51) 3228.3959 - www.agert.org.br Contato: comunicacao@agert.org.br

Presidente: Roberto Cervo - melao@radiosaoroque.com.br Vice-Presidentes: Relações Governamentais / Mercado: Afonso Antunes da Motta - afonso@rbs.com.br Social: Alexandre Alvarez Gadret - agadret@pampa.com.br Jurídico: Cláudio Brito - claudio.brito@rdgaucha.com.br Eventos: Cláudio Zappe - nativafm@via-rs.net Marketing: Geraldo Corrêa - geraldo@gruporbs.com.br Informática e Novas Tecnologias: João Pedro Muller - jpmuller@independente.com.br Capacitação: Myrna Proença - myrnah@terra.com.br Técnico e Normas: Osébio Borghetti - borghetti@capuchinhosrs.org.br Administrativo: Pedro Ricardo Germano - prgermano@radiofandango.com.br Finanças: Wanderley Ruivo dos Santos - ruivo@pampa.com.br Regional - Metropolitano: Cláudio Toigo Filho - toigo@rbs.com.br Regional - Serra: Carlos Piccoli - geral@rscombr.com Regional - Vale do Jacuí: Hilmar Kannenberg - kannenberg@pdh.com.br Regional - Litoral Sul: Ildomar Joanol - nativa.fm@gmail.com Regional - Planalto: Jerônimo Fragomeni - jeronimo@rduirapuru.com.br Regional - Centro: João Vianei Zasso Castro - gerencia@radiosobradinho.com.br Regional - Fronteira: Kamal Badra - kamal@terra.com.br Regional - Missões: Luciano Hintz Mallmann - lulo@viabrazil.com.br Regional - Litoral Norte: Pedro Edir Farias - radioosorio@terra.com.br Diretores Jurídico: Ary dos Santos - ary.santos@rbs.com.br Relações Institucionais: Antônio Donádio - donadio@rdgaucha.com.br Capacitação: Arizoli de Bem - arizolidebem@terra.com.br Social: Cristiano Casali - cristiano@cidadecancao.com.br Qualidade e Produtividade: Eloy Scheibe - eloy@radiosimpatia.com.br Relações Governamentais: Athaídes Miranda - ataidesmiranda@radioguaiba.com.br Marketing: José Luís Bonamigo - jlbona@terra.com.br Entidades de Representação: Vanderlei Roberto Uhry - vanderlei@asuaradio.com.br Normas Técnicas: Miguel Puretz Neto - mpneto@tupa.am.br Interior: Verdi Ubiratan de Moura - rdlider@terra.com.br Conselho Consultivo Presidente: Gildo Milman Membros do Conselho: Afonso Antunes da Motta, Antônio Abelin, Flávio Alcaraz Gomes, Fernando Ernesto Corrêa, Otávio Gadret, Raimundo Dias, Paulo Sérgio Pinto, Ricardo Ferro Gentilini, René Onzi, Valdir Andrés, Valdir Heck Assessores Assessoria Jurídica: Gildo Milman - advmilman@hotmail.com Assessoria Contábil: Ronaldo Silva de Oliveira - ronaldooliveira@brturbo.com.br Assessoria Técnica: Fernando Sperb Melecchi - fernando.melechi@via-rs.net Assessoria Fiscal: Paulo Ledur - Afledur.ez@terra.com.br

ANIVERSARIANTES Rádio DifusoraAM, deArroio Grande, 9/ 2/1980 Rádio DifusoraAM, de Bagé, 27/ 2/1956 RádioAparados da SerraAM, de Bom Jesus, 8/ 2/1977 RBS TV, de Caixas do Sul, 22/ 2/1969 Rádio IndependenteAM, de CruzAlta, 8/ 2/1979 Rádio PlanetárioAM, de Espumoso, 19/ 2/1979 Rádio São RoqueAM, Faxinal do Soturno, 1/ 2/1975 Rádio GaribaldiAM, de Garibaldi, 25/ 2/2007 RádioAmizade FM, de Igrejinha, 14/ 2/1990 Rádio Globo de Ijuí Ltda, de Ijuí, 20/ 2/1992

Rádio CulturaAM, de Jaguarão, 16/ 2/1950 Rádio Univates FM, Lajeado, 23/ 2/2006 Rádio Maisnova FM, Marau-RS, 20/ 2/1988 Rádio Marau FM Ltda, Marau-RS, 28/ 2/1990 RádioABC 900, de Novo Hamburgo, 14/ 2/1948 RádioAmetistaAM, de Planalto, 11/ 2/1984 Rádio Guaíba FM, PortoAlegre, 22/ 2/1980 RádioAntena 1 FM, PortoAlegre, 20/ 2/2007 Rádio GaúchaAM, de PortoAlegre, de 8/ 2/ 1927 RádioAliançaAM, de PortoAlegre, 22/ 2/1991

Rádio MarajáAM, de Rosário do Sul, 25/ 2/1949 Rádio ImembuíAM, de Santa Maria, 13/ 2/1942 Rádio CulturaAm, de São Borja-RS, 24/ 2/1976 Rádio BatoviAM, de São Gabriel, 6/ 2/1986 Rádio MissioneiroAM, de São Luiz Gonzaga, 2/ 2/1981 Rádio SeberiAm, de Seberi, 11/ 2/1989 Rádio Líber FM, de Uruguaiana-RS, de 2/ 2/2007 RádioAlegrete FM, deAlegrete, 7/ 2/1947

EMISSORAS EM FOCO RÁDIO SOBRAL Rádio Sobral

Na festa de comemoração, os diretores Antonio Correa e Francisco Garcia receberam convidados, entre eles o presidente da AGERT, Roberto Cervo Melão, e o vicepresidente administrativo, Pedro Ricardo Germano.

Dia 15 de janeiro, a AGERT comemorou o aniversário de mais um associada. Os 30 anos da Rádio Sobral, de Butiá, completados no dia 16, foram festejados durante todo o dia, através de uma programação especial e da premiação de ouvintes. No final do dia, os diretores Antonio Correa e Francisco Garcia receberam convidados, entre eles o presidente da AGERT, Roberto Cervo Melão, e o vice-presidente administrativo, Pedro

Ricardo Germano. Sobre a Rádio Sobral: tem uma potencia que a permite ser ouvida também pelos moradores de Minas do Leão, Arroio dos Ratos, São Jerônimo, Charqueadas, Eldorado do Sul, Barão do Triunfo, General Câmara, Triunfo, Venâncio Aires, Taquari, Estrela, Pantano Grande, Encruzilhada do Sul e Rio Pardo. Também é transmitida pela internet pelo endereço www.radioejornalsobral.com.br.


3

Informa

PERFIL RADIODIFUSÃO

PESQUISA REVELA PERFIL SÓCIO-ECONÔMICO DO SETOR DA RADIODIFUSÃO A Associação Brasileira de Rádio e Televisão – ABERT divulgou durante o Seminário de Osório pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas apresentando análise do perfil sócio-econômico do setor de radiodifusão no Brasil. O levantamento foi feito com 917 rádios do Brasil (456 emissorasAM e 461 emissoras FM), sendo 302 da Região Sul. Os números da pesquisa mostram a importância do setor da radiodifusão no país, que representa 0,5% do Produto Interno Bruto brasileiro, de acordo com metodologia aplicada com base em informações oriundas das pesquisas do IBGE. Além disso, o setor proporciona cerca de 143.500 empregos diretos e 159.100 indiretos. A publicidade através de agência representa 58,2% da composição das receitas no Brasil e 53,8% no Rio Grande do Sul enquanto que a publicidade direta é de 31% em nível nacional e 31,8% nos estados do Sul. O comércio varejista é o maior investidor no segmento rádio, representando 45% da receita em rádios no Brasil e 48,5% na Região Sul do Brasil. No setor de telecomunicações, o investimento equivale a 10,9% do total da receita nacional e 8,2% no Sul. Ainda segundo a pesquisa, o perfil das rádios AM do Brasil ainda se concentra em variedades, com 24,2% seguido logo após pelo jornalismo que representa 17,5% das programações. Todos os detalhes da pesquisa podem ser obtidos no site da AGERT www.agert.org.br.

Perfil Grade de Programação Total de Rádios

DIA A DIA DA AGERT AGERT divulga suas ações todos os dias. Notícias, eventos e decisões importantes são publicados no site www.agert.org.br e através do newsletter da Associação. As emissoras ou interessados que não estejam recebendo as news, podem entrar em contato com aAssessoria de Imprensa pelo email camejo@camejo.com.br .

CVV

APOIO DA AGERT SE CONSOLIDA NO INTERIOR DO RS AAGERT apóia o trabalho do Centro de Valor a Vida – CVV desde o final de 2008, quando firmou parceria com a instituição não-governamental. Presente em 20 estados do Brasil e no Distrito Federal, a instituição está expandindo suas atividades pelo interior do Rio Grande do Sul com a colaboração das emissoras associadas àAGERT.Acordo entre as entidades foi firmado para rádios e tvs gaúchas divulgarem em suas programações as atividades do CVV, através da veiculação dos spots e entrevistas. “A colaboração da AGERT ao processo de tornar mais conhecido o CVV Porto Alegre, que em 2009 completa 39 anos, muito tem auxiliado com resultados expressivos no total de apoios realizados pelos nossos voluntários nesse último mês”, afirma a coordenadora regional de divulgação, Maria Conceição Soares. O CVV iniciou em 1962, na cidade de São Paulo. Hoje a instituição de 47 anos é constituída por 46 postos espalhados pelo país, reunindo cerca de 2.300 voluntários que recebem aproximadamente 1.000.000 de ligações por ano e, por dia, uma média de 100 contatos.

O Posto CVV Porto Alegre abrirá novas vagas para o trabalho voluntário em 2009, com aula inaugural no próximo dia 07.03.09 às 10h00, em sua sede à A. José de Alencar, 414, sala 205. Podem participar maiores de 18 anos que tenham interesse em realizar um trabalho de apoio emocional, participar de um curso de capacitação com duração de aproximadamente 2 meses, ter disponibilidade para um plantão de mais de 4h por semana. O Centro de Valor a Vida funciona 24 horas por dias, 7 dias por semana e se propõe a conversar com todos que precisam e vierem a procurar o serviço. Outras informações serão disponibilizadas aos interessados pelos telefones: 141 ou 3231-6111.

SERVIÇO As emissoras associadas daAGERT que quiserem veicular os materiais de divulgação do CVV devem entrar em contato com a Associação através do email secretaria@agert.com.br. Outras informações sobre o CVV estão disponíveis no site www.cvv.org.br ou podem ser solicitadas pelo email central@cvv.org.br.


4

Informa

RÁDIO DIGITAL

GOVERNO FEDERAL FARÁ CONSULTA PÚBLICA PARA DEFINIR PADRÃO QUE SERÁ ADOTADO NO PAÍS Como será o rádio digital no Brasil? A resposta a essa pergunta parece ainda estar longe de ser respondida. Em dezembro, a ABERT entregou ao Ministério das Comunicações relatórios de testes com quatro emissoras que já operam (duas de São Paulo e duas de Belo Horizonte) que estão operando em caráter experimental utilizando o padrão norte-americano IBOC (In-Band-On-Channel) da empresa IBiquity. O estudo foi realizado pelo Instituto Mackenzie e teve acompanhamento de engenheiros do Ministério das Comunicações e da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL). O relatório aponta vantagens e deficiências do sistema relacionadas, principalmente, às condições de transmissão e recepção e robustez do sinal digital. Nos dias 11 e 12 de fevereiro a AGERT participou de reunião em Brasília com a Câmara Brasileira de Rádio para discutir o rádio digital no Brasil. O presidente da AGERT, Roberto Cervo Melão, defendeu a adoção do sistema norte-americano, já que não há a necessidade de remanejar os canais já existentes, porém com cautela. “Vamos aguardar a próxima edição da NABShow em Las Vegas nos Estados Unidos em abril para verificar o que a IBiquity irá apresentar de

novidade. Além disso, a AGERT quer assegurar junto ao Governo Federal a reserva do canal 6 para as rádios AMs caso necessário, como uma garantia para as emissoras”, afirma Melão. O Governo Federal já anunciou que deverá abrir Consulta Pública sobre o padrão de rádio digital a ser adotado no Brasil, tendo como base o estudo apresentado pela ABERT. Para o presidente da Associação, o rádio continuará forte e sempre haverá espaço para novas tecnologias. “A única certeza que temos é a de o rádio irá se digitalizar, só não sabemos quando e como ocorrerá. Por isso, a questão precisa ser amplamente discutida. Precisamos pensar alternativas Ainda há muita coisa que precisa ser desenvolvida no meio AM principalmente com relação à robustez do sinal. A sociedade e as emissoras de rádio precisam debater todas as questões envolvendo temas como cobrança de royalties, manutenção de bandas e frequências e problemas técnicos e tecnológicos”, destacou o presidente daABERT, Daniel Pimentel Slaviero. Como o investimento de uma emissora para digitalização é elevado (de US$ 80 mil a US$ 130 mil), linhas de crédito do BNDES já foram garantidas.

Banco de dados / Internet

MODELO NORTE-AMERICANO

Receptor para o sinal digital vendido nos EUA

O rádio digital ainda enfrenta sérios problemas nos Estados Unidos e na Europa, locais de origem das tecnologias. Edição do Wall Street Journal de 4 de novembro de 2008, apresenta artigo da editor de tecnologia da publicação, Sarah McBride, que revela: "Apesar dos milhões de dólares gastos no desenvolvimento e divulgação do Rádio Digital HD, os consumidores, até agora, não têm informações suficientes e ainda não demonstram qualquer entusiasmo pela nova tecnologia". Segundo a revista Radio World, apenas 0,0015% dos norte-americanos ouvem o rádio digital, que está sendo testado comercialmente por 1,8 mil rádios de um total de 13 mil emissoras existentes no país. A FCC, a agência reguladora norteamericana, informa que o Radio HD cobre, atualmente, só 1,5% do território norte-americano e que tem apenas 450 mil usuários em uma população de 300 milhões de pessoas. Outro problema nos Estados Unidos refere-se ao preço do receptor de rádio digital, que hoje está em torno de US$ 80,00.

GR`FICO DO SINAL IBOC

PrimÆrio

SecundÆrio 100 kHz

200 kHz

Sinal IBOC no modo totalmente digital. Proposta USA DR/iBiquity [IBI].


5

Informa

REUNIÃO DIRETORIA

EFEITOS DA CRISE E RÁDIO DIGITAL NO BRASIL FORAM PAUTA NA REUNIÃO EM OSÓRIO Divulgação / Camejo

A preocupação com os efeitos da crise mundial e com a implementação da Rádio e TV Digital nortearam a pauta da Reunião de Diretoria da Associação Gaúcha de Rádio e TV – AGERT no dia 30/01. O encontro teve a presença do presidente da Associação Brasileira de Rádio e TV – ABERT, Daniel Pimentel Slaviero. Nesta edição de janeiro do encontro mensal da diretoria e vice-presidentes da AGERT, a destinação

do canal 5 e 6 ao rádio AM, tanto para uso analógico, como para o desenvolvimento da rádio digital, deve ser constante e uma bandeira levada pela entidade a discussões nacionais e mundiais. Outro tema presente foram as formas que as emissoras de rádio e TV podem se posicionar contra os efeitos da crise mundial que, indiscutivelmente, deve afetar o faturamento do setor.

Wanderley Ruivo, Daniel Slaviero, Roberto Cervo Melão, Pedro Ricardo Germano e Afonso Motta em Osório

SEMINÁRIO

AGERT PRESSIONA GOVERNO DO ESTADO POR MELHOR DIVISÃO DA VERBA PUBLICITÁRIA DURANTE SEMINÁRIO EM OSÓRIO

Divulgação / Camejo

Divulgação / SECOM

Em seu discurso de abertura, o presidente da AGERT Roberto Cervo Melão destacou a importância de uma melhor divisão do bolo publicitário com o interior. “A sociedade, especialmente no interior do Estado, comenta sobre a falta de comunicação do Governo. A AGERT está disponível e se colocando à disposição para mudar essa situação”. Melão destacou ainda a força de comunicação do rádio no interior: “Quando alguém perde um familiar no interior é costume ir imediatamente até a emissora de rádio da cidade para fazer o comunicado. Todos sabem que esse é o meio mais eficiente de comunicar o ocorrido. Está na hora do Estado entender isso. Para o fato, a conquista, o feito chegar às residências de todos os rincões riograndenses é preciso investir na comunicação através do rádio”. De acordo com Melão, essa divisão e valorização da comunicação pelo rádio no interior do Estado já está sendo feita pelo Governo Federal. “Quando assumimos a gestão da AGERT nos reunimos com a SECOM para discutir isso. Desde então, a mídia que era inserida somente em cidades superior a 200 mil habitantes passou a ser programada praticamente em todas as cidades, até mesmo naquelas com menos de 10 mil habitantes. O resultado disso? O Governo Lula vem conquistando um dos maiores índices de popularidade e aprovação do Governo da história brasileira”, destacou.

Para o deputado estadual Alceu Moreira – que é natural de Osório e construiu grande parte de sua carreira política na cidade – o Seminário da AGERT teve tom de despedida. O evento foi a última participação oficial do parlamentar como presidente da Assembleia Legislativa, já que no dia seguinte ele transmitiu o cargo a Ivar Pavan. Alceu Moreira falou sobre Sociedade Convergente, baseado no desenvolvimento e políticas públicas de médio e longo prazo. O presidente da Associação Brasileira de Rádio e Tv – ABERT, Daniel Pimental Slaviero, apresentou pesquisa solicitada pela Associação à Fundação Getúlio Vargas sobre a análise sócio-econômico do setor de radiodifusão no Brasil. Ausente em função de uma crise de labirintite, a Governadora do Estado Yeda Crusius foi representada no evento pelo secretário de Ciência e Tecnologia,Artur Lorentz. Fechando o Seminário, o diretor de mídia da Secretaria de Comunicação Social (SECOM) da Presidência da República, Marcos Menezes de Souza, falou sobre a estratégia de diversificação e regionalização da mídia do Governo Federal e as dificuldades para se conseguir isso principalmente no momento de obtenção de informações corretas junto aos veículos de comunicação. “Estamos viabilizando a criação de um Cadastro Único de Veículos para facilitar esse trabalho de regionalização. Esse Cadastro será gerenciado e atualizado pelo Núcleo de Mídia da SECOM e apresentará informações cadastrais, de representantes, tabelas de preços dos veículos e descontos praticados por cada emissora. Hoje, muitas vezes, enfrentamos muita dificuldade ao trabalhar com representantes, que passam informações incorretas ou desatualizadas”, afirmou Menezes. Divulgação / Camejo

Mais de cem diretores de emissoras de rádio e tv do Rio Grande do Sul estiveram reunidos em Osório no dia 30/01 para participar do Seminário Regional de Rádio e Tv da AGERT que ocorreu na Câmara de Vereadores do município de Osório. O grande número de participantes no evento, realizado em período de férias, surpreendeu o organizador do Seminário e vice-presidente Regional Litoral da AGERT, Pedro Edir Farias, que destacou a importância para o município em sediar esse tradicional evento.

Pedro Edir Farias, Daniel Slaviero, Romildo Bolzan Jœnior, Roberto Cervo Melªo e Gildo Milman em visita ao gabinete do prefeito de Os rio

Diretores e representantes de emissoras de rÆdio e tv ouviram atentamente apresenta ıes

Marcos Menezes de Souza falou sobre o trabalho de comunica ªo do Governo Federal

Divulgação / Camejo

Divulgação / Camejo

Divulgação / Camejo SecretÆrioArtur Lorentz participou representando a Governadora do Estado.

Divulgação / Camejo

Divulgação / Camejo

Divulgação / Camejo Audit rio da C mara de V ereadores de Os rio ficou lotado durante SeminÆrio

Palestrantes do SeminÆrio reuniram-se antes do evento


6

Informa

ACONTECEU

Encontro no gabinete da Governadora

Divulgação / Camejo

Divulgação / Camejo

O presidente Melão e o vicepresidente administrativo Pedro Ricardo Germano foram recebidos pela Governadora do RS Yeda Crusius no dia 08/01 no Palácio Piratini. Ela recebeu o convite para palestrar no Seminário de Rádio e TV que aconteceu no dia 30/01 em Osório.

Romildo recebeu Melão em seu gabinete na prefeitura municipal

Divulgação / Camejo

O presidente da AGERT, Melão anunciou no dia 29/01 que a entidade apoia o III Prêmio de jornalismo da Associação dos Delegados de Polícia do RS - ASDEP. Em encontro na sede da AGERT com o presidente da ASDEP, Delegado Wilson Müller, Melão disse que, além de entregar os prêmios aos primeiros colocados das categorias de Rádio e TV, disponibilizará troféus personalizados. “Como entidade representativa das emissoras de Rádio e TV, é nossa obrigação apoiar e estimular os nossos colegas em um prêmio com objetivos tão benéficos para sociedade gaúcha”, justificou Melão. O III Prêmio ASDEP de Jornalismo recebeu inscrições até o dia 15 de fevereiro. A premiação será entregue em março para matérias publicadas no ano de 2008 em jornal, rádio e televisão e trabalhos fotográficos. O vice-presidente de relações governamentais e mercado, Afonso Antunes da Motta, também foi convidado pelo presidente daASDEP para representar aAGERT no dia da premiação. No dia 29/01, o vice-presidente de finanças, Wanderley Ruivo dos Santos, representou a AGERT no café da manhã da Assembléia Legislativa. Na ocasião, foi apresentado o balanço das atividades do Parlamento Gaúcho.

No dia 30/01, após reunião de diretoria da AGERT, o presidente Melão foi recebido pelo prefeito de Osório, Romildo Bolzan Junior. Acompanhando o presidente da AGERT, estavam o presidente da ABERT – Associação Brasileira de Rádio e TV, Daniel Slaviero, o vice-presidente da AGERT Litoral Norte, Pedro Faria e o presidente do conselho consultivo da AGERT Gildo Milman.

Melão entrega troféu a Müller

20° Congresso Gaúcho de Rádio e TV Divulgação / Camejo

Equipe organizadora reuniu-se pela segunda vez em fevereiro

A comissão do 20ª Congresso Gaúcho de Rádio e TV se reuniu pela primeira vez no dia 8/01 na AGERT com o presidente do Congresso, Pedro Ricardo Germano, e o presidente da AGERT, Roberto Cervo Melão. A equipe formada pelos vice-presidentesAntônio Donádio e Wanderley Ruivo e porAlbert Zappe, Fernanda Gadret, Greici Feldens, Henrique Cervo, Lucilena Bertoldi e Marcos Piccoli. Eles reuniram-se novamente no dia 12/02. Os integrantes trouxeram sugestões sobre os palestrantes que devem fazer parte da programação do evento. O presidente Melão definiu o Congresso Gaúcho de Rádio e TV como um referencial no Brasil. “Participam dele presidentes de outras associações e congressos de todo o país”, resumiu. O presidente do Congresso, Pedro Ricardo Germano, lembrou que a edição passada teve participação de quase 450 pessoas, entre 69 expositores e 334 congressistas. O 20º Congresso Gaúcho de Rádio e TV acontece na segunda quinzena de outubro e tem duração de três dias. A programação é composta de palestras, eventos sociais, visitas à feira de equipamentos eletrônicos e também da reunião de assembléia que escolhe o próximo presidente daAGERT. Divulgação / Camejo

Na ocasião, foi assinado o contrato com o Hotel Laje de Pedra para a realização do Congresso em Canela. O presidente Melão assinou o convênio com a coordenadora de vendas, Rosângela Kellerman. O local receberá mais esta edição do Congresso com novas instalações, após período de reforma. No dia 27/01, o presidente Melão e o vicepresidente de finanças, Wanderley Ruivo dos Santos, se reuniram com a assessoria de imprensa, Eliana Camejo Comunicação. Comemoração com renovação da parceria em 2009

PROGRAME-SE 25º CONGRESSSO BRASILEIRO DE RÁDIO E TELEVISÃO RECEBE INSCRIÇÕES

SEMINÁRIOS

1º ENCONTRO NACIONAL DE COMUNICADORES

A“Radiodifusão: compromisso com o Brasil” é o tema da 25ª edição do Congresso Brasileiro de Rádio e Televisão organizado pela Associação Brasileira de Rádio e TV (ABERT). O evento acontece entre os dias 19 e 21 de maio em Brasília (DF), no Centro de Eventos e Convenções Brasil 21. Na ocasião se reunirão representantes de entidades e empresas nacionais com o objetivo de discutir temas importantes à radiodifusão e as formas de aprofundar a contribuição do setor para o desenvolvimento social e econômico do país. Mais informações no site www.abert.org.br/25

O vice-presidente Regional Litoral Sul, Ildomar Joanol, prepara um seminário para o final do mês de março quando será realizada a reunião mensal da diretoria daAGERT na cidade de Piratini.

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) e o Ministério da Educação (MEC) realizam no dia 26 de março, em Brasília, o 1º Encontro Nacional dos Comunicadores. O Evento dá continuidade aos Encontros Regionais e reunirá mais de 200 comunicadores de todo o Brasil. As participações do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do Ministro da Educação Fernando Haddad são aguardadas. No Rio Grande do Sul, os interessados em participar devem entrar em contato com a AGERT, através do email secretaria@agert.org.br ou do telefone (51) 3226 3383.

A Rádio Alvorada AM, emissora associada à AGERT e parte da Fundação Cultural Alvorada de Comunicação, prepara um seminário entre os meses de junho e julho na cidade de Marau.


7

Informa

ENTREVISTA

2009: ANO POSITIVO, MAS DE CRESCIMENTO CAUTELOSO AFIRMA SLAVIERO Camejo / Divulgação

Discussões sobre a atual crise econômica mundial e seus efeitos para as emissoras de rádio e televisão brasileira e formas de contribuição para o desenvolvimento social e econômico do país são temas que prometem esquentar os debates do 25º Congresso Brasileiro de Radiodifusão que acontecerá em Melão recepciona Daniel Slaviero durante Reunião Brasília de 19 a 21 de maio no Centro e Seminário da AGERT em Osório de Eventos e Convenções Brasil 21. A expectativa é do presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão – ABERT, Daniel Pimentel Slaviero, que esteve no Rio Grande do Sul no final do mês de janeiro participando da reunião e seminário promovidos pela AGERT na cidade de Osório. Em entrevista exclusiva ao AGERTINFORMA, Slaviero destacou também os principais desafios do setor para o ano de 2009. Qual a perspectiva para o mercado publicitário de rádio e televisão brasileiros neste ano? Acredito que 2009 será um ano positivo para a publicidade brasileira e para a economia de uma forma geral. Nós entendemos que não haverá a euforia que ocorreu em 2008 em que o meio tv cresceu 12% e o rádio, 19%, conforme pesquisa dados do Inter-Meios, realizada pelo jornal Meio e Mensagem. A ABERT projeta para esse ano um crescimento na faixa de 5% a 7%, mantendo a linha de crescimento. O povo brasileiro – que está acostumado a viver em um ambiente adverso e a constantemente superar desafios – saberá enfrentar essa crise econômica mundial de maneira diferenciada e com criatividade, adotando uma postura cautelosa. É claro que o apoio do Governo também será de extrema importância para minimizar os efeitos da crise no país. Esse momento poderá representar uma pneumonia para a economia mundial, mas acredito que aqui no Brasil não passará de um resfriado. Divulgação / ABERT

Daniel Slaviero

Como as emissoras de rádio e tv podem contribuir para o enfrentamento dessa crise? As emissoras de rádio e tv podem contribuir gerando notícias não só negativas sobre a crise, mas também aspectos positivos da economia diante desse cenário, mostrando que alternativas diante da crise também são possíveis. Qual será o grande desafio daABERT em 2009? Atualmente estamos empenhados e trabalhando muito para a organização e realização do 25º Congresso Brasileiro de Radiodifusão. O evento é de extrema importância por reunir a radiodifusão brasileira em peso, mais de 1200 empresários e profissionais estarão reunidos para discutir questões importantes do mercado, tendências e perspectivas. Além disso, a ABERT trata diariamente de todos os assuntos envolvendo a radiodifusão brasileira no Congresso Nacional e no Senado e, para esse ano, nossa atenção estará voltada aos inúmeros projetos de leis relacionados à restrição da publicidade de produtos com produção e distribuição já legalmente autorizadas. Outro destaque de 2009 para a ABERT será a preparação para a Conferência Nacional de Comunicação, uma iniciativa do Governo Federal que abrirá espaço a todos os movimentos sociais, setor privado, ONGs e para o próprio Governo para discutir as comunicações no Brasil. Precisamos nos preparar para marcar forte presença neste evento. Quais serão as novidades e principais destaques do 25º Congresso Brasileiro de Radiodifusão? Nesta edição, uma das novidades será o local onde o Congresso será realizado. O Centro de Eventos e Convenções Brasil 21 é um espaço novo, moderno e com ótima infraestrutura. Dentre os temas abordados durante o evento acredito que o futuro do rádio digital e as próprias perspectivas do setor diante da crise ganharão destaque. Além disso, temas relacionados à regulamentação, liberdade de expressão, gestão, mercado e responsabilidade social também serão abordados na programação.

Eleito Presidente da ABERT, em 2006, o radiodifusor Daniel Pimentel Slaviero já havia sido um dos vicepresidentes da Associação desde 2001 e é também vice-presidente para a América Latina da Associação Internacional de Radiodifusão –AIR. Iniciou sua carreira nas emissoras de televisão do Grupo Paulo Pimentel, no Paraná, que pertenceram ao seu avô Paulo Pimentel e atualmente é o Diretor de

Mídia Eletrônica da Rede Massa de Comunicação. Daniel Slaviero tem sido um ativo participante em todas as questões legais que envolvem o setor da radiodifusão brasileira e seu principal objetivo à frente da Associação é o de prestar os melhores serviços e informações para todos os radiodifusores associados à ABERT. As principais ações que norteiam sua atual administração têm sido a Liberdade de Expressão e a implementação do Rádio e TV Digital no Brasil.

RELATÓRIO SOCIAL

PRORROGADO PRAZO DE ENVIO DAS INFORMAÇÕES A AGERT estendeu o prazo para a entrega dos relatórios e cases de ações de responsabilidade social desenvolvidas nas emissoras de rádio e tv durante o ano passado para Relatório Social 2008. Todo o material deve ser enviado até o dia 10/03. Os cases serão destacados pelos indicadores de valores e transparência; clientes; público interno; comunidade; meio ambiente; governo e sociedade. A4ª edição do relatório de 2007 revelou que 142 associadas juntas doaram cerca de R$ 40 milhões em mídia para a sociedade gaúcha, através de projetos comunitários, assistenciais, culturais, ecológicos, recreativos e de capacitação e

sustentabilidade. A coordenação geral do projeto é de Myrna Proença que destaca a importância da participação de todos os associados O Relatório Social foi instituído pioneiramente em 2004 para que os veículos da radiodifusão aprofundassem os vínculos com as suas comunidades. A ação procura dar mais transparência e visibilidade à contribuição que as emissoras realizam, através de diversas formas de apoio a projetos de interesse público. O projeto segue os indicadores do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social.

SERVIÇO Divulgação / Edu Andrade

RELATÓRIO SOCIAL E AÇÕES PARA COMPOR O BALANÇO SOCIAL DA AGERT Data Limite: 10/03 Informações: 51 3226 3383 Por FAX: 51 3228 3959 Por Email: secretaria@agert.org.br Por Correspondência: Rua Riachuelo, 1098/ conj. 204 Cep. 90010-272 - Porto Alegre/RS Edição anterior

Myrna Proença está à frente da organização do Relatório Social 2008


8

Informa

AGERT na Mídia

31.01.09 - Correio do Povo

31.01.09 - O Sul 14.01.09 - Jornal do ComØrcio

30.01.09 - Zero Hora Jornal do ComØrcio - Coluna FernandoAlbrecht - 30.01.09

30.01.09 - Correio do Povo

Zero Hora - Coluna Gente e Negocios - 01.02.09

Jornal do ComØrcio - Coluna FernandoAlbrecht - 21.01.09

28.01.09 - Correio do Povo

Jornal do ComØrcio - Coluna Danilo Ucha - 30.01.09

30.01.09 - O Sul

Informativo Agert 561  

Informativo Agert 561