Page 1

afolha ANO X - Nº 172 15 A 28 DE FEVEREIRO DE 2018

DE PALMEIRA

EXPO PALMEIRA 2018 será realizada na primeira semana de maio PÁG. 7

Palmeira será um modelo da energia fotovoltaica do Brasil. Empreendimento vai gerar mais renda e emprego O investimento privado inicial da primeira usina será de US$ 8 milhões, com a geração de 200 empregos diretos.

O governador Beto Richa reuniu-se no últimodia 5, no Palácio Iguaçu, com a representante da Companhia Aeroespacial Chinesa, Flora Wei, o presidente da FAAD

Consultoria e Planejamento, Fernando Augusto Filho, e o prefeito de Palmeira, Edir Havrechaki, para discutir a viabilidade de instalação de 3 usinas fotovoltaicas (gera-

da através dos raios solares) no município de Palmeira, nos Campos Gerais. Do evento participaram secretários e vereadores municipais. PÁG.3


a

Folha de Palmeira

Da Redação

ANO X - Nº 172 15 A 28 DE FEVEREIRO 2018

2

Condomínio Industrial e Aeroparque, dois importantes projetos em execução em Palmeira Da Redação afolha c/ aRede O secretário Jaudeth Hajar e o diretor Eloir Voichicoski, da Secrtaria de Indústria e Comércio de Palmeira, estiveram visitando as obras de implantação do Condomínio Industrial Campos Gerais e o Aeroparque Aldeia da Serra, ambos próximos à BR 376, na área da Colônia Witmarsum, município de Palmeira. Foram recepcionados nos locais pelos empreendedores Rodrigo Oriente, diretor de Obrasdo Condomínio Industrial Campos Gerais, Wagner Aichner do Aeroparque Aldeia da Serra. Durante o rápido encontro foram discutidos aspectos da implantação da infraestrutura e tecnologia para os dois grandes empreendimentos com obras em andamento no município, com excelentes perspectivas de geração de emprego e renda.

INVESTIMENT0S Segundo Jaudeth Hajar, a região dos Campos Gerais irá receber um complexo empresarial de mais de R$ 100 milhões. Projetado e já em construção às margens da BR-376, no município de Palmeira (Colônia Witmar-

sum), o empreendimento consiste da edificação do Condomínio Industrial, que receberá investimentos de R$ 50 milhões. Parte deste condomínio será utilizado pelos investidores para a construção de um Centro Comercial, com uma área construída de aproximadamente 20 mil metros quadrados, destinada especialmente para o setor do varejo. Este segundo investimento, já fruto de uma segunda fase do projeto, está orçado em aproximadamente R$ 60 milhões.

INÍCIO DAS OBRAS As obras de infraestrutura do condomínio industrial iniciaram em meados do ano passado e devem ser concluídas em meados do próximo ano, segundo adianta o Secretário de Indústria e Comércio de Palmeira, Jaudeth Ramos Hajar. Segundo ele, o modelo adotado pelos empreendedores, que são de Curitiba, será da construção ‘on demand’, ou seja, de acordo com a demanda de cada empresa, e não a locação de um barracão previamente edificado. “A princípio são lotes, 32 no total. A

As duas obras seguem em rítmo acelarado e os investimentos podem ultrapassar a R$ 100 milhões empresa interessada compra e constrói”, explica. O projeto está sendo construído praticamente no meio do caminho, entre as cidades de Ponta Grossa, a maior dos Campos Gerais, e Curitiba, a capital do Estado. É justamente o fato da localização privilegiada na BR-376, no quilômetro 546 (entre a praça de pedágio Witmarsum e o posto de atendimento da concessionária, ao lado direito no sentido Ponta Grossa – Curitiba), um dos principais diferenciais do projeto, aos quais se somam os benefícios oferecidos pelo condomínio. “O projeto oferece toda a infraestrutura, como ruas pavimentadas, água, luz, esgoto. Além disso, há o gasoduto e a fibra óptica”, acrescenta Hajar. Disse ainda que na mesma área está sendo viabilizada a implantação do Ae-

Eloir Voichicoski e Jaudeth Hajar, da secretaria de Indústria e Comércio, com Rodrigo Oriente, diretor de Obras do Condomínio Industrial dos Campos Gerais. Atrás, obra da rua que ligará o Aeroparque ao Condomínio Empresarial roparque ‘Aldeia da Serra’, construído também por investidores curitibanos em uma área vizinha a do projeto do condomínio industrial. “Eles adquiriram a área por ser uma área estratégica pensando no aeroporto. Como a área comprada era ao lado de um aeroporto já em construção, fiz a

Aeroparque Aldeia da Serra está quase pronto Grupo de empresários estão construindo na Colônia Witmarsum , em Palmeira, um moderno e bem estruturado Aeroparque Aldeia da Serra – Aérodromo Luiz Stocco – com pista de pouso pavimentada, hangares e toda infraestrutura para pouso e decolagem de aeronaves de pequeno porte, para atender a alta demanda de vôos privados na região.

aproximação deles. E aí estão com a obra em paralelo”, relatou o secretário. Jaudeth destacou a importância dos dois projetos para Palmeira e o apoio que a administração do prefei-

to Edir Havrechaki vem dando, mobilizando as secretarias envolvidas na execução de obras de infraestrutura para que não haja solução de continuidade dos trabalhos.

OUTLET COM 150 LOJAS Logo após a conclusão da primeira fase do projeto do condomínio industrial, o que deve ocorrer no final do primeiro semestre do próximo ano, deverá ser iniciado a construção de um Centro Comercial, um ‘Outlet’, avaliado em cerca de R$ 60 milhões. O projeto deverá ocupar cinco dos 32 lotes para o empreendimento destinado à comercialização de produtos. A perspectiva é de que o projeto tenha aproximadamente 150 lojas, voltadas especialmente para o setor empresarial. “Também é um investimento deles, com lojas voltadas para as indústrias têxteis, do setor de roupas, de Santa Catarina”, destaca o secretário Jaudeth Hajar.

afolha de Palmeira

Pista de pouso e decolagem com 1.600 metros terá 70 hangares para guarda e manutenção das aronaves

www.folhadepalmeira.com.br Alessandra Caprice de Souza-MEI Rua Vicente Machado, 369 - sala 2 Fones (42) 3252-1973 - 99920-4950 e-mail: geral@folhadepalmeira.com.br 84130-000 - PALMEIRA - Paraná Diretora : Alessandra Caprice de Souza Editor responsável: Maurino de Souza Administradora: Aparecida Almeida de Souza Repórter fotográfico: Alesandro de Souza Circulação: Palmeira, Porto Amazonas, São João do Triunfo, Lapa Os artigos assinados são de responsabilidadede seus autores e não refletem a opinião do jornal Impresso na Grafinorte S/A - Apucarana Circulação quinzenal


a

Folha de Palmeira

Local

ANO X - Nº 172 15 A 28 DE FEVEREIRO 2018

3

Palmeira será um modelo da energia fotovoltaica do Brasil Assessoria Prefeitura

O governador Beto Richa esteve reunido dia 5, no Palácio Iguaçu, com a representante da Companhia Aeroespacial Chinesa, Flora Wei, o presidente da FAAD Consultoria e

Planejamento, Fernando Augusto Filho, e o prefeito de Palmeira, Edir Havrechaki, para tratar da instalação de 3 usinas fotovoltaicas (gerada através dos raios solares) no

O investimento privado inicial da primeira usina será de US$ 8 milhões, com a geração de 200 empregos diretos.

a equipe do governo que não tem medido esforços para fazer com que esses investimentos cheguem até as cidades”, afirmou. A expectativa é de que com a instalação do parque energético o município de Palmeira passe a ser ponto de referência em tecnologia e energia limpa. A representante da Companhia Aeroespacial Chinesa, Flora Wei, destacou a relevante parceria

O Paraná será o primeiro do Brasil a abrigar o modelo de consórcio de empresas e Mini Geração Distribuída, onde cada pessoa pode produzir sua própria energia. As usinas aproveitarão a luz solar para converter em energia elétrica a ser comercializada com empresas interessadas, distribuída pela Copel. Na assinatura do protocolo de intenções, Richa destacou a importância de incentivar esse modelo energético para o meio ambiente e para suprir a demanda crescente de energia. “É um empreendimento que vai trazer desenvolvimento ao município, que resultará em mais emprego e renda e, principalmente, na geração de energia limpa e sustentável”, disse. O Grupo conta com empresários chineses e alemães intermediados pela FAAD Consultoria e Planejamento. Para o prefeito Edir Havrechaki, a instalação de uma empresa deste porte significa um avanço para a economia do município. “Palmeira será um modelo da energia fotovoltaica

do Brasil. Essa renda que vai ser gerada fará uma diferença muito grande na cidade, elevando os índices de desenvolvimento humano e da qualidade de vida”, disse. O prefeito agradeceu, também, o apoio do Governo do Estado na atração de empresas. “Só temos a agradecer a toda

com a FAAD e com o Estado, para esse primeiro projeto no Paraná. “Estou muito feliz com essa parceria, de poder dar continuidade aos investimentos em energia limpa no Estado”. De Palmeira estiveram o prefeito Edir Havrechaki, o secretário de Indústria e Comércio Jaudeth Ramos Hajar, o secretário de Urbanismo Fabiano Bishop Cassanta e o diretor de Indústria e Comércio Eloir José Voichicoski. Também os vereadores Marcos Ribas, Anselmo Heimbecker Osório e João Alberto Ferreira da Costa (Gaiola)

município de Palmeira. Presença de secretários municipais Jaudeth Hajar e Fabiano Cassanta; vereadores Marcos Ribas, Pastor Anselmo e João Alberto Gaiola

PROJETO A primeira usina será instalada em terreno de 113 mil metros quadrados (abatedouro municipal), cedido pela Prefeitura, e produzirá até 7.3 megawatts de energia em períodos de 8 a 12 horas de funcionamento. A energia produzida pelos painéis solares atenderá exclusivamente as indústrias do Paraná. Essa será a primeira usina de um projeto de construção de outras 2, e ao longo de 2 anos espera-se um investimento de US$ 300 milhões, com a criação de 450 empregos ao final do projeto. O presidente da FAAD, Fernando Augusto Filho, destacou o apoio do Governo do Estado para viabilizar o projeto. “Foi muito importante o apoio que tivemos do governo, que nos colocou na agenda e nos deu visibilidade dentro dos órgãos para que pudéssemos implementar esse modelo. O Paraná saiu na frente, é o primeiro Estado do Brasil a receber esse tipo de empreendimento vindo da China dentro do modelo de energia renovável”, ressaltou.


a

Folha de Palmeira

Variedades

FULANA A fulana que, segundo comentários, é bem posicionada conjugalmente falando, está sendo apelidada de ‘mariposa’. Dizem as más línguas que ela aproveita as viagens do marido para dar um giro noturno na praça em sua reluzente carruagem e aborda os mais jovens. Falam que ela gosta de ficar rondando a praça Floriano Peixoto.

LARGADA Depois que largou do marido, já bastante usado, ela resolveu atacar os menos avisados das cidades grandes. Contou pra amiga que na bela city o ‘gado’ tá fraco, que não rende nada, só quer aproveitar. Por isso, nos finais de semana, junta suas coisinhas e vapt vupt para bem longe.

FRUSTRADO Por outro lado, ele não aguentou a distância do seu amor ‘quase’ impossível e retornou à terra onde morava com a esperança de reaver e receber os afagos da pretendida. Mas, apesar de toda paixão e esforço, as coisas não estariam se ajeitando, pois sua amada não vai deixar o bem bom para ficar com ele. Amor é uma coisa, viver bem e em segurança é outra.

APELAÇÃO A fim de atrair a atenção a mocinha exagera na maquiagem e nos reduzidos trajes, não importando a hora e local. Ainda que fosse uma beleza, a exagerada chega a ser ridícula, até mesmo porque está cheia de buraquinhos nas pernas, parecendo a estrada do QueroQuero.

4

Candidatas ao título de Rainha da 34ª Festa da Maçã

COMÉRCIO Lojistas pontagrossenses estão ‘atacando’ o mercado adotando estratégias para atraírem consumidores de Palmeira. Uma delas, segundo informação repassada ao jornal afolha de Palmeira, é a de descontar do valor da compra o custo do combustível gasto. Têm os que oferecem descontos especiais se o comprador provar que e de Palmeira. Isto sem citar as condições especiais para compra de gêneros alimentícios e material de limpeza.

ANO X - Nº 172 15 A 28 DE FEVEREIRO 2018

SUBSTITUTO Estão comentando na bela city um fato que chega a ser curioso. Uma jovem teve uma grande paixão, amou demais um cara. Mas, o destino quis que uma mais esperta lhe arrebatasse, ou seja, lhe tomasse. Passou-se o tempo, e agora ela conseguiu o que parecia impossível. Arranjou um cara parecidíssimo com o outro e faz questão de desfilar com ele por ai.

DON JUAN Tido como o Don Juan, ele confessou que vai dar um tempo. Está cansado de tanto ‘pegar’ a garotas. Agora quer sossego, descansar e ficar longe do ‘fervo’. Seu objetivo agora é um caso sério, pra valer. Quer uma mulher para viver dentro dos conformes, um porto seguro, um aconchego depois de mais um dia de trabalho. Os amigos estão desconfiados que é a idade que está pesando. Já não está com tanto gás assim.

BORRALHEIRA A gata borralheira que teve seus dias de princesa, vai ter que voltar pro fogão e limpar chão. O príncipe encantado percebeu que tudo não passava de um conto de fadas e caiu na real. É que começaram a chegar umas ‘faturas’ pra pagar e ele não gostou. Daí colocou as cargas na mesa e mandou-a voltar pro seu canto, mas desta vez a pé... sem carruagem.

Foi realizada a primeira reunião com as candidatas à Rainha da 34ª Festa da Maçã. Durante a reunião as candidatas e suas mães, puderam conhecer como funciona o concurso e esclarecer algumas dúvidas, elas ficaram conhecendo diversos detalhes sobre os ensaios, escolha de figurinos, além de condutas que devem seguir a partir de agora. Na oportunidade elas conheceram e assinaram o regulamento do concurso. Essa é a primeira foto das dez candidatas, nos próximos dias elas irão fazer as fotos oficiais de divulgação do concurso, quando serão divulgados mais detalhes sobre cada candidata. Na sexta-feira (09) de março, primeiro dia da 34ª Festa acontece o desfile que irá escolher as majestades da Festa, que segue até domingo 11. (Por Riomar Bruno)


Social

a

ANO X - Nº 172 15 A 28 DE FEVEREIRO 2018

Folha de Palmeira

Lazer e descontração na sede da JAP Juventude Atlética Palmeirense O presidente Fabrizio Barão e sua equipe estão dando um novo sentido ao principal clube da cidade, oferecendo mais aos seus associados

O empresário Leonardo (Léo) Graczyki (Comercial Hawai) recepcionou os amigos Tony Oliveira, Sebastião Havrechaki, Emerson Santos e Edir Havrechaki em sua residência no selfie do Oliver

A elegância do casal Edineia (Edi Modas) e o diretor de Indústria e Comércio, Eloir Voichicoski

5


a

Folha de Palmeira

Editais

ANO X - Nº 172 15 A 28 DE FEVEREIRO 2018

6

VAGAS DE EMPREGO EM PALMEIRA PARA 15/02/2018 1 – Operador de Máquinas Agrícolas (Trator e Pulverizador) 1 – Bombeiro Industrial 2 – Chapeiro e Assador 1 – Operador de Secador 1 – Estoque embalagens, expedição, meio ambiente, serviços gerais, eletricista industrial, formulação, bombeiro industrial, motorista truck 1 – Auxiliar de Produção 1 – Extrusor 3 – Auxiliar de Enfermagem 1 – Cozinheiro (a) 2 – Auxiliar de Produção 1 – Operador de Empilhadeira 1 – Operador de Caixa 1 – Operador CNC 1 – Soldador

1 – Trabalhador Rural (leiteria) 1 – Auxiliar de Cozinha 1 – Atendente (cafeteria) 1 – Operador de Caixa 1 – Técnico de Telecomunicações 1 – Contador 1 – Técnico em Química 1 – Técnico de Segurança do Trabalho 10 – Operador de Produção (usinagem) 15 – Operador de Produção (injeção) 1 – Estagiário (jornalismo) 1 – Pedreiro 1 – Auxiliar lava-car 1 – Operador de Caixa 1 - Auxiliar de Cozinha, atendente de balcão, operador de caixa e serviços gerais

As vagas aqui listadas estão sujeitas a sofrer alterações a qualquer momento, sem aviso prévio. Para candidatar-se é necessário dirigir-se à Agência do Trabalhador de Palmeira com Carteira de Trabalho , CPF e Carteira de Identidade – Rua Cel. Pedro Ferreira, 115.

Parceria entre Prefeitura e Banco do Empreendedor apoiando iniciativas de investimentos Você precisa a gente financia Primeiro financiamento de 2018 Josimar Manosso é marido de aluguel trabalha com Moto frete teve pela segunda vez seu crédito aprovado pela Fomento Paraná.

MESTRE GAMES Mestre Games teve seu crédito aprovado com Fomento Paraná Proprietário Charles nos procurou e obteve sucesso com a aprovação do financiamento . Fomento Paraná oferece juros baixos para o microempreendedor. Parabéns ao proprietário Agradecemos pela confiança e juntamente com a Prefeitura de Palmeira te desejamos sucesso.

PUBLICAÇÃO LEGAL PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO PARANÁ COMARCA DE SÃO JOÃO DO TRIUNFO VARA CÍVEL DE SÃO JOÃO DO TRIUNFO - PROJUDI Edital de citação dos réus ausentes, incertos e desconhecidos e/ou eventuais interessados, com prazo de 20 (vinte) dias. O JUÍZO DE DIREITO DA COMARCA DE SÃO JOÃO DO TRIUNFO - ESTADO DO PARANÁ FAZ SABER a todos quantos o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem e ainda a quem interessar possa, que por este Juízo e Cartório se processam aos termos dos autos sob n. 0001024-66.2017.8.16.0157, de Usucapião Extraordinária, em que é autora, Teresa Novaki Lechinski, e atendendo ao que lhe foi requerido, cita os réus ausentes, incertos e desconhecidos e/ou eventuais interessados, para querendo contestem a presente ação no prazo de 15 (quinze) dias, contados a partir do termo do prazo fixado no presente edital, sob pena de revelia, cientes de que, não sendo contestado no prazo legal serão aceitos como verdadeiros os fatos articulados na inicial (art. 344 do CPC), referente ao imóvel a seguir descrito: um imóvel rural, com área de 6.781,93m² (seis mil setecentos e oitenta e um e noventa e três metros quadrados), situado à comunidade denominada Sociedade ou Fundão, nesta cidade e Comarca. Com descrição, medidas e confrontações contidas no memorial descritivo, como seguem, Inicia-se no marco denominado 0=PP; Deste segue confrontando com ANTÔNIO NOVAKI com a distância de 120.14 m até o marco ‘A1’; Deste segue confrontando com ANTÔNIO NOVAKI com azimute de 4º07’01" e a distância de 79.96 m até o marco ‘A2’; Deste segue confrontando por ESTRADA DE ACESSO com ANTÔNIO NOVAKI com a distância de 111.42 m até o marco ‘A3’; Deste segue confrontando por ESTRADA INTERNA com ANTÔNIO NOVAKI com a distancia de 30.77 m até o marco ‘A4’; Deste segue confrontando com a ESTRADA MUNICIPAL com a distância de 7.40m até o marco ‘A5’; deste segue confrontando novamente com a ESTRADA MUNICIPAL com a distância de 73.34m até o marco ‘0=PP’; inicio desta descrição fechando assim o perímetro da poligonal acima descrito com uma área de 6.781,93 m2. Este terreno encontrase distante do Rio Iguaçu 11.577,00 m.”,com as demais divisas, características e confrontações constante no mapa e memorial descritivo anexado aos autos. E, para que chegue ao conhecimento de todos os interessados e não possam de futuro alegar ignorância, mandou o MM. Juiz expedir o presente edital, que será publicado e afixado na forma da lei. Mariá A Silva - Escrivã Assina por determinação Judicial Portaria 06/2007


a

Folha de Palmeira

ANO X - Nº 172 15 A 28 DE FEVEREIRO 2018

Economia

7

EXPO PALMEIRA 2018 acontecerá na primeira semana de maio

AGENDA DE OBRIGAÇÕES FISCAIS PARA FEVEREIRO DE 2018 DIA

OBRIGAÇÕES DA EMPRESA

06/02 SALÁRIO DOS COLABORADORES (Empregados) FGTS 07/02 CAGED DAE - SIMPLES DOMÉSTICO - competência 01/2018 09/02 IPI - Competência 01/2018 - 2402.20.00 15/02 GPS (Facultativo, etc... Competência 01/2018 16/02 SPED (EFD-Contribuições - Fato gerador 12/2017 IRRF (Empregados) - Fato Gerador 01/2018 20/02 GPS (Empresa) competência 01/2018 CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA (Sobre Receita bruta) CONTRIBUIÇÕES (Cofins, PIS/PASEP e CLL) Retidas na Fonte IR RETIDO NA FONTE (Serviços profissionais prestados por PJ) SIMPLES NACIONAL 23/02 DCTF - Competência 12/2017 IPI (Mensal) PIS COFINS IRPJ - Lucro Real / Lucro Presumido CSSL - Lucro Real / Lucro Presumido 28/02 IR (Carnê Leão) CONTRIBUIÇÃO SINDICAL EMPREGADOS INFORME RENDIMENTOS DIRF 2017 De acordo com o vencimento estabelecido pela Legislação Estadual) ICMS (Empresas normais) ISS (Vencimento de acordo com Lei municipal HONORÁRIOS CONTÁBEIS (Vencimento de acordo com contrato vigente) Agenda de obrigações sujeita a mudanças de acordo com a legislação vigente

Jucepar e Receita Federal integram dados para facilitar registros de empresas A partir de agoara, ao solicitar na Receita o documento básico de entrada, primeira etapa para obter o CNPJ da empresa, o usuário precisará ter em mãos o número do Protocolo Redesim, obtido por meio do sistema da Junta Comercial do Paraná, o Empresa Fácil Paraná. A Junta Comercial do Paraná (Jucepar) dá início, em conjunto com a Receita Federal, à terceira fase do Sistema Integrador Nacional no Paraná. A partir desta segunda-feira (5), ao solicitar na Receita o documento básico de entrada (DBE), primeira etapa para obter o CNPJ da empresa, o usuário precisará ter em mãos o número do Protocolo Redesim (PRP), obtido por meio do sistema da Junta Comercial do Paraná (Jucepar), o Empresa Fácil Paraná. Dessa maneira, todos os dados preenchidos no sistema da Jucepar serão automaticamente vinculados no sistema da Receita quando o usuário colocar o número da PRP. O novo procedimento é válido para todas as solicitações que necessitam de consulta prévia, como constituição de empresa, mudança de nome empresarial, de endereço e outros.

O prefeito Edir Havrechaki postou em sua página pessoal da rede social a intenção de realizar nos dias 4, 5 e 6 de maio vindouro a Expo Palmeira 2018, cuja programação artística será definida por meio de uma pesquisa popular para saber da preferência do público quanto a contratação de shows.

Ainda em sua postagem comentou e indagou: “Será que neste ano a população de Palmeira vai querer um dos MCs do momento? A pesquisa foi encerrada no último dia 5 a exemplo da que ocorreu ano passado, com opções de artistas de renome nacional onde a população apontou os artistas preferidos.

O secretário Waldir Joanassi Filho informou à redação do jornal afolha de Palmeira que o resultado já é conhecido, mas que só será anunciando após a contratação dos artistas, haja vista que vai depender da agenda de shows de cada um, em tempo de se fazer uma ampla divulgação de toda a programação.

Prefeitura recupera trecho do acesso asfaltado à localidade de Vieiras Assessoria

A Prefeitura Municipal de Palmeira, através de sua Secretaria de Obras e Infraestrutura, está realizando diversas melhorias na localidade de Vieiras. As obras, que tiveram início na segunda-feira (5) são realizadas com recursos próprios do Município e chegam ao valor de aproximadamente R$ 600 mil. A principal melhoria se estende ao longo de 4.200 metros de asfalto, que está recebendo recapeamento. Além disso, trechos de estradas rurais da comunidade estão sendo patrolados, valetas para escoamento da água refeitas e vários bueiros recebendo limpeza. De acordo com a secretária de Obras e Infraestrutura, Francine Albuquerque, as obras trazem segurança e conforto para as centenas de pessoas que trafegam diariamente pelos trechos que foram

Equipe da Secretaria de Obras executando os serviços trabalhados. “O asfalto já apre- realizarem o recapeamento do assentava trechos danificados, com falto, trabalham na melhoria e abermuitos buracos. A recuperação tura de valetas e limpeza das mardele já havia sido solicitada pelos gens da estrada principal de Vieimoradores da comunidade e a ras. Já em trechos de estrada de obra é essencial para que todos terra, a secretária afirma que o patrafeguem sem problemas na re- trolamento está readequando as gião”, comentou. vias, principalmente em trechos Francine também destacou que compõe o roteiro escolar. que as equipes de obras, além de

Dono de terreno baldio será notificado para limpar O Secretário de Meio Ambiente de Palmeira, José Przybysewski, explicou sobre esse processo de controle dos terrenos baldios. “Pode ter notificação, dar-se um prazo para que o proprietário proceda com a devida limpeza, não ocorrendo isso, vai ter a autuação com multa e um prazo de 30 dias para pagar a multa”. Disse ainda que a partir disso a Prefeitura pode executar a limpeza e emitir a cobrança junto ao talão do IPTU, sendo inevitável o pagamento. Não é uma multa pequena, ela é progressiva de acordo com o tamanho e a localização do terreno”. Outra forma de fiscalizar os terrenos abandonados é através de denúncia. A denúncia pode ser formalizada diretamente na Secretaria de Meio Ambiente, não sendo necessário que a pessoa se identifique. “A pessoa pode fazer um processo e protocolar na Prefeitura e não há necessidade de identificação”, explicou o secretário.

Rua Conceição, 607


a

Folha de Palmeira

Informe

ANO X - Nยบ 172 15 A 28 DE FEVEREIRO 2018

8

A folha 172  
A folha 172  
Advertisement