Issuu on Google+

Tutorial dos dispositivos móveis e dispositivos de Projeção utilizada ao longo do curso: Uso de Recursos Digitais em Sala de Aula PROJETOR MULTIMÍDIA Promovido pela COPEFOR/PROEC - UFPR. Período de 17-08-2013 a 30-11-2013, com carga horária de 60h. Produzido por: ANGREWSKI, E.; COLODEL, C.; MELLO E SILVA, M. R. de; POLESI, R.; SANTOS, W. T. dos; TINTORI, A. & Vieira, E. F.

1


O Projetor Multimídia e o uso de conteúdos digitais em sala de aula A necessidade de inclusão das tecnologias digitais na sala de aula e seu potencial na exploração dos conteúdos curriculares de forma mais interativa já são reconhecidos por grande parte dos profissionais da educação. Filmes, obras de arte, documentários, pesquisas, informações, objetos de aprendizagem, notícias, músicas, games, tradutores, dicionários, livros, softwares, passaram a enriquecer, cotidianamente, a experiência do professor nos laboratórios de informática das escolas. No entanto, as possibilidades de compartilhamento dessa experiência, nas salas de aula, ainda dependem, quase que exclusivamente, da lousa e do giz. Algumas iniciativas, como as do Ministério da Educação, que vem distribuindo projetores multimídia para as escolas e tablets educacionais para os professores, apontam para novas perspectivas que podem contribuir no processo de ensinoaprendizagem. A seguir, serão apresentadas algumas combinações possíveis desse equipamento com outros dispositivos, acrescentadas de comentários e dicas de utilização.

2


1. O Projetor Multimídia do Proinfo conectado à Lousa Digital

Figura 1: Projetor Proinfo Conectado à Lousa Digital

O Projetor Multimídia – Proinfo é um equipamento que reúne as funções de computador com sistema operacional Linux e projetor. Além de projetar imagens, o equipamento tem as funcionalidades de um computador, como unidade ótica de leitura e gravação de CD/DVD, acesso à Internet com e sem fio, saída para áudio, entrada para microfone e porta USB. Tudo em um só aparelho concebido e desenvolvido pelas Universidades Federais de Santa Catarina e de Pernambuco, por encomenda do MEC, e distribuído às escolas públicas da Educação Básica do país. Uma Lousa Digital foi incorporada como um acessório ao Projetor e possibilita interagir diretamente na tela projetada sobre uma superfície plana e, com uma “caneta” digital, operar todos os materiais e softwares armazenados no computador e/ou na Lousa. A solução de Lousa digital é um kit composto por emissor de sinais, receptor de sinas, duas caneta interativas, software próprio e os demais acessórios que viabilizam seu uso com qualidade, como cabos de alimentação, haste fixadora do receptor e ponteiras extras para as canetas, além de manual de instrução. Recursos •

Um Projetor Multimídia do Proinfo. Trata-se de um computador/projetor com sistema operacional Linux, equipado com teclado, mouse, portas USB, porta para rede Wireless e rede PLC, unidade leitora de DVD e um projetor interno com lâmpada incandescente para que os professores possam projetar os conteúdos digitais nas salas de aula. Para essa montagem, o

3


usuário deve identificar a entrada USB do projetor, pois será por meio dela que a Lousa e o Projetor irão se comunicar.

Figura 2: Projetor Multimídia Proinfo.

Um Kit Lousa Digital. Trata-se de um conjunto compacto composto por um emissor de sinal com conexão USB, um receptor de sinal, duas canetas interativas, a partir das quais a Lousa é calibrada e operada, um CD de instalação do software da Lousa que é compatível com Linux (Sistema Operacional do projetor Proinfo – Linux Educacional) e com Windows, um manual de instruções e diversos acessórios complementares. A conexão entre o projetor Proinfo e o receptor da lousa digital é estabelecida via sinal Bluetooth.

4


Figura 3: Lousa Digital e seus acessórios; (1) Canetas interativas; (2) Receptor de sinais; (3) Emissor de sinais.

Passo a Passo 1. Instale o software disponibilizado no kit no projetor Proinfo; depois de instalado, o sistema permanece na memória do Projetor e dispensa novas instalações. 2. Conecte o emissor de sinais à entrada USB do projetor, depois inicie o Sistema Operacional do Projetor, evite ligar o projetor primeiro e depois conectar o emissor, pois pode causar erro no sistema e forçar o reinício do sistema operacional do Projetor Proinfo.

3. Fixe o receptor de sinais na parede, ligue e calibre a área de trabalho utilizando a caneta interativa. Dica: o software que acompanha a lousa pode ser instalado em um notebook ou tablet com sistema operacional Linux ou Windows e ser associado a um projetor comercial conectado ao notebook ou tablet que tenha o software instalado.

5


1. O Projetor Multimídia (como o do Proinfo) conectado a um tablet (como o do MEC).

Figura 4: Projetor Proinfo conectado ao Tablet do MEC.

O Programa do MEC, Proinfo, já distribuiu mais de uma versão de seu projetor. O grande diferencial desses aparelhos é que eles combinam um computador e um projetor numa mesma peça. O Projetor Proinfo tem embarcado um sistema operacional, desenvolvido em código livre, especialmente para a educação: o Linux Educacional. Como o Projetor Multimídia foi projetado para uso compartilhado, a cada vez em que é desligado sua memória é esvaziada, ficando nele apenas os programas e softwares nativos. O usuário deve recorrer à Internet, a um pendrive, CD/DVD ou drive externo, cada vez que for utilizar conteúdos que não estão originalmente armazenados nele. Uma opção a esta situação é o uso do tablet associado ao projetor, permitindo assim o armazenamento e a reprodução de seu conteúdo de forma prática e eficiente. Primeira opção: o Projetor como dispositivo de saída do tablet. Nessa opção de conexão, os recursos computacionais do Projetor Proinfo ficam sem uso. O usuário se serve, exclusivamente, dos recursos do tablet e de seu sistema operacional Android, utilizando o projetor apenas como dispositivos para ampliação de imagem. A Lousa Digital, por exemplo, cujo software é instalado no Projetor e é incompatível com o Android, deixa de ter função. Em contrapartida, essa configuração permite realizar o espelhamento total do tablet e, consequentemente, rodar softwares, aplicativos e simuladores, bem como acessar Internet através do tablet. Ao Projetor Proinfo, cabe a função de projeção. No tablet, o professor pesquisa na Internet, seleciona o que deseja utilizar e reproduz o conteúdo por meio do Projetor Proinfo. 6


Recursos •

Um Projetor Multimídia do Proinfo. Trata-se de um computador/projetor com sistema operacional Linux, equipado com teclado, mouse, portas USB, porta para rede Wireless e rede PLC, unidade leitora de DVD e um projetor interno com lâmpada incandescente para que os professores possam projetar os conteúdos digitais nas salas de aula. Para essa montagem, o usuário deve identificar a entrada VGA do projetor e a mini HDMI do tablet, pois será por meio destas que ocorrerá a comunicação.

Figura 5: Projetor Multimídia Proinfo.

7


Um Tablet do MEC

Trata-se de um tablet adquirido pelo MEC e distribuído, gratuitamente, a todas as professoras e professores das redes públicas de ensino, que está configurado pelo sistema operacional Android e acompanhado de fonte de alimentação, cabo mini HDMI e micro USB. Esse tablet possui entradas para cartão de memória, mini e micro USB e mini HDMI.

Figura 6: Portas de entrada do Tablet MEC (1) cartão de memória; (2) Mini USB; (3) cartão de memória; (4) Mini HDMI; (5) Micro USB.

Conversor HDMI/VGA

Esse conversor possui uma entrada VGA que pode ser conectada ao projetor Proinfo com auxílio de um cabo VGA duplo fêmea, e a outra entrada HDMI direcionada ao tablet. Seu valor de mercado varia entre R$89,00 e R$119,90.1

Valores disponíveis em < http://lista.mercadolivre.com.br/Conversor-HDMI%2FVGA%C3%BE-audio-pre%C3%A7o> 29/10/2013. 1

8


Figura 7: Conversor HDMI/VGA - LINE OUT, entrada de áudio e adaptador HDMI mini para Tablet.

Cabo duplo VGA fêmea.

Como ambas as entradas VGA do conversor e do projetor são tipo macho, existe a necessidade de utilização de um cabo duplo VGA fêmea. O valor de mercado varia entre R$19,99 e R$29,98.2

Figura 8: Cabo duplo VGA fêmea.

Passo a passo 1. Utilizando um cabo duplo VGA, conecte o Projetor Proinfo ao conversor VGA/HDMI. 2. Em seguida, conecte a entrada HDMI do Conversor (fique atento à necessidade de um adaptador mini ou micro HDMI) ao tablet. 3. Para finalizar, conecte o pino P3 da caixa de som na entrada LINE OUT do conversor HDMI/RCA e a entrada USB da caixa de som no projetor Proinfo. 4. Configure o Projetor Proinfo. Valores disponíveis em < http://lista.mercadolivre.com.br/cabo-vga-5-metros#D[A:cabo-vga-5-metros,B:0]> 29/10/2013 - para cabos com 5,00m de comprimento. 2

9


Após realizar a conexão do tablet ao projetor Proinfo, vá ao seu painel de comando

Proinfo e pressione a tecla SOURCE, selecione a opção

COMPUTER 2.

Figura 9: Painel de Controle do Projetor Proinfo.

5. Configure o tablet. Na sequência, dirija-se ao tablet e selecione a opção HDMI no canto esquerdo da tela e defina a resolução de projeção.

Figura 10: Tela do tablete.

Segunda opção: o tablet como memória externa do computador do Projetor. O usuário pode escolher utilizar o computador do Projetor. Nesse caso, o tablet atuará como um cartão de memória ou pendrive, podendo ser simplesmente conectado na entrada USB. Trata-se de uma opção interessante, se o objetivo do usuário é apenas acessar arquivos armazenados no tablet, podendo executar arquivos (compatíveis) a partir do tablet no Linux Educacional. Outra vantagem dessa escolha é que ela pode ser operada (juntamente) com a Lousa Digital.

Recursos 10


Um Projetor Multimídia do Proinfo. Trata-se de um computador/projetor com Sistema Operacional Linux, equipado com teclado, mouse, portas USB, porta para rede Wireless e rede PLC, unidade leitora de DVD e um projetor interno com lâmpada incandescente para que os professores possam projetar os conteúdos digitais nas salas de aula. Para essa montagem, o usuário deve identificar a entrada USB do projetor e mini ou micro USB do tablet, pois será por meio dessas que ocorrerá a comunicação.

Figura 11: Projetor Multimídia Proinfo.

Um Tablet do MEC.

Trata-se de um tablet adquirido pelo MEC e distribuído gratuitamente a todas as professoras e professores das redes públicas de ensino, que está configurado pelo sistema operacional Android e acompanhado de fonte de alimentação, cabo mini HDMI e micro USB. Esse tablet possui entradas para cartão de memória, mini e micro USB e mini HDMI.

Figura 12: Portas de entrada do Tablet MEC

11


(1) cartão de memória; (2) Mini USB; (3) cartão de memória; (4) mini HDMI; (5) Micro USB.

Um cabo duplo USB

Figura 13: Cabo duplo USB: (1) micro; (2) mini; (3) padrão.

Trata-se de uma ferramenta de conexão que visa à transferência de dados entre computadores ou entre dispositivos eletrônicos distintos dotados de entradas USB nas duas extremidades. O cabo duplo USB pode ser constituído com o formato padrão/micro ou mini USB. Possui os seguintes preços de mercado: 1 - padrão/mini USB: entre R$9,99 e R$29,98.3 2 - padrão/mini USB: entre R$15,95 e R$33,87. 4 Passo a passo 1. Utilizando um cabo duplo USB (USB padrão de um lado e mini USB do outro), conecte o Projetor Proinfo ao tablet do MEC. 2. Ao realizar a conexão, o projetor Proinfo irá identificar o tablet como dispositivo de armazenamento e, a partir de então, é só realizar o acesso ou a transferência dos dados desejados. 3. Não é necessário efetuar configurações no tablet, uma vez que ele é utilizado como dispositivo de armazenamento. Nesse contexto, basta conectá-lo ao Projetor Multimídia – Proinfo. 4. Ao conectar o tablet no Projetor Multimídia – Proinfo, esse dará a informação que um novo dispositivo foi adicionado. Selecione o dispositivo identificado pelo projetor e proceda com a transferência ou acesso de dados. 3 4

Valores disponíveis em: < http://lista.mercadolivre.com.br/cabo-usb--mini-usb> 12/11/2013. Valores disponíveis em: < http://lista.mercadolivre.com.br/cabo-usb-micro -usb> 12/11/2013.

12


Dica 1: o Projetor do Proinfo conectado a um tablet com sistema operacional Android irá acessar e reproduzir todos os arquivos armazenados no dispositivo móvel. Sendo possível ter acesso e executar os arquivos como documentos de texto e arquivos multimídia (entre outros que sejam compatíveis com os programas disponíveis no Linux Educacional), porém, será parcial, com interatividade limitada, pois não permite acessar aplicativos do dispositivo móvel ou servir-se de recursos do tablet, como o touch screen.

13


3. O Projetor Multimídia (como o do Proinfo) conectado a um tablet (como o do MEC) SEM FIO. Nosso objetivo é demonstrar as possibilidades de utilização dos Projetores Multimídia do Proinfo para a reprodução de arquivos digitais, utilizando dispositivos móveis como o tablet do MEC. Tendo em conta esse objetivo, apresentamos, a seguir, um relato das observações realizadas e coletadas acerca das possibilidades das conexões sem fio. Atualmente, podemos identificar diferentes tecnologias para conexão de dispositivos móveis, como tablets, celulares e notebooks via Wireless. Contudo, essa comunicação pode se dar através de tecnologias diferentes como Bluetooth, Wi-Fi, Wi-Fi Direct e Wi-Di. Wi-Fi O Wi-Fi permite a conexão entre diversos dispositivos móveis (tablet, notebook, celulares) e se dá a partir de uma rede sem fio que usa um sistema emissor-receptor de ondas de rádio. Um modem conectado à Internet, um roteador, como emissor de sinais e os dispositivos móveis fazendo o papel de receptores. Existem três possibilidades identificadas e testadas que permitem a comunicação entre o tablet e o projetor. 1) O Droid-VNC (Virtual Network Computing) é um aplicativo para aparelhos com sistema operacional Android que permite a interação completa entre dispositivos de sistema operacional distinto ou similar. Esse aplicativo possibilita o acesso à interface gráfica (display), bem como a todos os aplicativos ou arquivos contidos no dispositivo móvel Android. O Droid-VNC apresenta total compatibilidade entre computadores com diferentes sistemas operacionais, sendo possível acessá-lo do projetor do MEC, com Sistema Linux Educacional, com qualquer navegador disponível. 2) O 3-CX Droid-Desktop é um aplicativo para dispositivos móveis com sistema operacional Android, o qual permite que aparelhos contendo distintos sistemas operacionais acessem algumas das funções do dispositivo móvel Android. Também é possível realizar a transferência de arquivos entre esses dispositivos, usando um navegador de internet off-line 5. O Droid-Desktop não "espelha o display", mas permite, por exemplo, rodar no Projetor Proinfo um vídeo armazenado no tablet, com qualidade de áudio e imagem. 5

Os navegadores testados foram a Internet Explorer, Google Chrome, Fire Fox.

14


3) O Team-Viewer é um aplicativo para Android que possibilita a comunicação entre dispositivos móveis com diferentes sistemas operacionais. Além da rede Wi-Fi, este aplicativo necessita de acesso à Internet para que possa ser estabelecida a comunicação, por exemplo, entre o tablet e o projetor Proinfo. O aplicativo precisa ser instalado em ambos os aparelhos, onde um desenvolverá o papel de Cliente e o outro de Server, onde o Cliente passa a ter acesso total à interface gráfica do Server, lembrando que o dispositivo Android sempre atuará como cliente e o dispositivo móvel com outro sistema operacional (Linux/Windows) sempre atuará como Server. Recursos •

Um projetor do Proinfo. Trata-se de um computador/projetor com sistema operacional Linux, equipado com teclado, mouse, portas USB, porta para rede Wireless e rede PLC, unidade leitora de DVD e um projetor interno com lâmpada incandescente para que os professores possam projetar os conteúdos digitais nas salas de aula. Para essa montagem, o usuário deve identificar a entrada USB do projetor e mini ou micro USB do tablet, pois será por meio dessas que ocorrerá a comunicação.

Figura 14: Projetor Proinfo e seus periféricos e: Entradas projetor Proinfo (1) VGA; (2) Leitor CD/DVD; (3) Cabo Internet; (4) USB; (5) RCA; (6) Painel de Controle.

Um tablet com porta HDMI (como o do MEC). Trata-se de um tablet adquirido pelo MEC e distribuído gratuitamente a todas as professoras e professores das redes públicas de ensino, que vem configurado pelo sistema operacional Android e acompanhado de fonte de alimentação, cabo mini

15


HDMI e micro USB. Esse tablet possui entradas para cartão de memória, mini e micro USB e mini HDMI.

Figura 15: Portas de entrada do Tablet MEC: (1) Cartão de memória; (2) Mini USB; (3) cartão de memória; (4) HDMI; (5) Micro USB.

16


1) Passo a passo Droid-VNC.

Figura 16: Imagem do aplicativo no tablete. 1. Acesse o Google Play e baixe no tablet o aplicativo Droid-VNC 6. Depois de instalado no tablet, inicie o aplicativo. Aparecerá com a opção “start”. Clicando sobre ela, aparecerá o endereço de acesso do tablet. (Exemplo: http://108.200.158: 3028.). 2. No projetor Proinfo, abra o navegador de Internet off-line (Firefox, Explorer, Chrome) e digite o endereço fornecido pelo programa. OBS: o tablet e o notebook precisam estar sob a mesma rede Wi-Fi. Nos dispositivos que serão utilizados para acessar o tablet, não há necessidade da instalação de qualquer tipo de programa. Contudo, esses dispositivos (tablet, desktop ou notebook) precisam estar sob a mesma rede Wi-Fi. E alguns simuladores e jogos educativos, por exemplo, feitos exclusivamente para tablets, poderão ser utilizados pelo professor em sala de aula por meio desse procedimento.

2) Passo a passo 3-CX Droid-Desktop.

6Aplicativo Disponível em: <http://eusouandroid.com/download-droid-vnc-server/> 12/11/2-13.

17


Figura 17: Imagem 3-CX Droid Desktop no dispositivo móvel Android.

1. Instalar, no tablet, a versão compatível do programa 3-CX Droid-Desktop. 7 2. Depois de instalado no tablet, inicie o aplicativo. Aparecerá com a opção “start”. Clicando sobre ela, aparecerá o endereço de acesso do tablet. 3. No projetor Proinfo, abra o navegador de Internet (Firefox, Explorer, Chrome) e digite o endereço fornecido pelo programa. OBS.: no caso de captura de imagem e vídeo, os arquivos ficam armazenados no projetor Proinfo e podem ser transferidos para o tablet. 3) Passo a passo Team-Viewer.

7

Aplicativo disponível em: <http://www.mobiledevicemanager.com/3cxdroiddesktop/>12/11/2013.

18


Figura 18: Imagem do aplicativo Team-Viewer (1) dispositivo móvel que controla; (2) computador que será controlado. 8

1) Efetue o download do Team-Viewer no dispositivo móvel principal – a versão completa para poder controlar computadores remotos. Siga as instruções da rotina de instalação e, em seguida, inicie o Team-Viewer.9 2) O computador que será acessado necessita efetuar o download do Team-Viewer Quick-Support.10: O Team-Viewer Quick-Support não precisa ser instalado, e pode ser executado mesmo sem direitos de administrador do Windows e/ou Linux. 1. Após instalação do aplicativo no dispositivo móvel, execute o programa no computador ou Projetor Proinfo; para isso, acesse "Terminal" (opção localizada no menu) e buscar por Team-Viewer. Uma vez localizado, o programa irá apresentar sua interface com um endereço e uma senha que deverá ser utilizada no dispositivo móvel Android que se pretende conectar.

Wi-Fi Direct. Maiores informações sobre aplicativo disponíveis em: < http://www.teamviewer.com/pt/res/pdf/TeamViewer_brochure_pt.pdf> 12/11/2013. 9 Aplicativo disponível em: <http://www.teamviewer.com/pt/download/windows.as px> 12/11/2013. 10 Aplicativo disponível em: < http://www.teamviewer.com/download/TeamViewerQS.exe> 12/11/2013 8

19


O Wi-Fi Direct é uma tecnologia que consegue interligar aparelhos sem a necessidade de uma rede Wi-Fi ou dispositivos de conexão como modem ou roteador. Essa tecnologia permite que o usuário projete os arquivos e documentos armazenados no tablet, notebook ou celular na TV ou no projetor conectado por essa tecnologia (espelhamento). O espelhamento obtido é apenas parcial, ou seja, só possibilita a reprodução de arquivos, sem nenhuma condição de operação de aplicativos interativos. O sistema exige que ambos os dispositivos possuam ou estejam habilitados com essa tecnologia.

Wi-Di. O Wi-Di, abreviação de Wireless Display, é uma conexão sem fio, que dispensa o uso de modem ou rede Wi-Fi para efetivar a conexão. Essa tecnologia permite que o usuário projete o display do tablet ou do notebook na TV ou no projetor. A TV ou o projetor se tornam extensões do dispositivo móvel (espelhamento). O espelhamento obtido por meio desse recurso é completo. Sua utilização, porém, exige que o dispositivo móvel tenha um software específico instalado e que tanto o dispositivo móvel quanto o aparelho de projeção possuam a tecnologia Wi-Di. Trata-se de uma ferramenta exclusiva da marca Intel, compatível, apenas, com a linha de processadores Intel Core i3, Core i5 e Core i7.

4. O Projetor conectado ao teclado e ao mouse sem fio via Bluetooth Com o Bluetooth, é possível operar remotamente o Projetor do Proinfo. Todas as funcionalidades do projetor e do programa da Lousa Digital, nele embarcado, podem ser utilizadas por meio de um teclado ou mouse sem fio. O uso de um desses recursos substitui com vantagens a Lousa Digital e os seus periféricos que contêm cabeamento frágil e de curto alcance, assegurando ampla mobilidade ao operador no interior de uma sala de aula e segurança na hora de manusear o equipamento. O mouse e o teclado são os periféricos de apontamento mais populares e, por isso, existem diversos modelos disponíveis no mercado. Embora a maioria deles seja conectada diretamente ao computador por meio de cabos, os mouses e teclados sem fio estão se popularizando e se mostram bastante úteis, pois garantem mobilidade ao usuário 20


e segurança no manuseio do equipamento. No caso do uso em sala de aula, essa vantagem é bastante considerável, uma vez que, para o professor, a possibilidade de trafegar na sala de aula é uma prática bastante comum. Atualmente, o mercado também apresenta miniteclados-mouses que, além das funcionalidades tradicionais, permitem o direcionamento do cursor na tela com o movimento das mãos.

Recursos •

Um projetor do Proinfo.

Trata-se de um computador/projetor com sistema operacional Linux, equipado com teclado, mouse, portas USB, porta para rede Wireless e rede PLC, unidade leitora de DVD e um projetor interno com lâmpada incandescente para que os professores possam projetar os conteúdos digitais nas salas de aula. Para essa montagem, o usuário deve identificar a entrada USB do projetor e mini ou micro USB do tablet, pois será por meio dessas que ocorrerá a comunicação.

Figura 19: Projetor Proinfo e seus periféricos. •

Um Teclado sem fio e mouse sem fio, com adaptador Bluetooth.

Trata-se de periféricos de comunicação entre o usuário e a máquina que, diferentemente dos tradicionais, não se comunicam via cabo, mas sim via sinal de Bluetooth.

21


Figura 20: Teclado e Mouse conectados via Bluetooth. Passo a passo 1. Mouses e teclados sem fio normalmente não precisam de driver nenhum e, por isso, é só conectar o adaptador Bluetooth que acompanha o teclado ou o mouse na porta USB do Projetor Multimídia que este irá identificá-lo automaticamente. OBS: a utilização de um mouse ou de um teclado sem fio permite controlar remotamente o Projetor Multimídia-Proinfo. Todas as funcionalidades do projetor e da Lousa Digital, nele embarcadas, podem ser operadas por meio do mouse e do teclado sem fio. Particularmente, o mouse sem fio substitui com vantagens a utilização da caneta digital da Lousa Digital, assegurando ampla mobilidade ao operador no interior de uma sala de aula.

Bluetooth. O Bluetooth é uma tecnologia sem fio que permite transmissão de dados e arquivos entre aparelhos que possuem esse recurso, como celulares ou notebooks. Utiliza uma frequência de rádio de onda curta, possui baixo alcance, transmite uma quantidade limitada de dados e consome pouca energia. Existem classes diferentes de Bluetooth, com potência e alcance distintos que variam da distância de 1 metro a 100 metros e potência máxima de 1mW a 100mW (Miliwatt).

22


Tutorial o projetor multimídia 26 11 13 odt formatado rev (1)