Page 1

Não jogue na rua, recicle!

www.jornalcentrocivico.com.br | www.facebook.com/CentroCivico

Centro Cívico Jornal

desde

2002 Abr/18 ed.159

Centro Cívico • Juvevê • Hugo Lange • Bom Retiro • São Francisco

Mais que um jornal de bairro

Tribo indígena eleva w produção agrícola com apoio de Estado

Pg. 02

Paraná fecha 1º trimestre com maior geração de vagas em 4 anos O Paraná abriu 26.017 vagas com carteira assinada de janeiro a março de 2018, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados no último dia 20 pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Pág. 02

Saúde

8 Açafrão-da-terra e seus benefícios para saúde

8

O seu principal componente, a curcu-mina, já consta em mais de 5.600 estudos e, se demonstra sua aplicação curativa em, pelo menos, 600 casos clínicos em prevenções e tratamentos de doenças, com pelo menos 175 efeitos fisiológicos benéficos distintos comprovados.

Pág. 08

Agentes com cães percorrem praças de Curitiba

8

Os seis agentes de segurança que estão participando da capacitação sobre manejo de cães policiais, ofertada pelo Grupo de Operações com Cães (GOC) da Guarda Municipal, tiveram no último dia 24/04 sua primeira aula prática. Acompanhados dos instrutores, eles percorreram a praça Eufrásio Correia, no Centro, e o setor de desembarque da Rodoviária, no Jardim Botânico, onde fizeram revistas e abordagens.

Pág. 08

Anuncie Aqui 6 hábitos mantêm os italianos saudáveis e magros mesmo com tanto macarrão e vinho Macarrão, pizzas, vinho, queijo... Com uma dieta assim, os italianos têm tudo para ter uma péssima saúde, certo? Errado! Pág. 09

(41) 3364-1277 77 (41) 99661-8365 365


t

Economia

Prévia da inflação é de 0,21%, a menor para abril desde 2006

t

2 jornalcentrocivico.com.br

Jornal

Centro Cívico

Anatel aprova redução na tarifa de telefonia fixa da Telefônica t

POR LUCIANO NASCIMENTO

A O

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). informou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) registrou variação de 0,21% em abril. O indicador mede a inflação do dia 15 de um mês ao dia 15 do mês seguinte e funciona como uma prévia da inflação oficial, medida pelo IPCA. A variação registrada é a menor para um mês de abril desde 2006 e o acumulado entre janeiro

e abril, 1,08%, é o menor desde o início do Plano Real em 1994. O resultado de abril ficou 0,11 ponto percentual acima da taxa de março, acumulando 2,8% em 12 meses. O grupo Comunicação foi o único que apresentou queda na variação de preços, com -0,15%. As maiores variações foram registradas em Saúde e Cuidados Pessoais (0,69%) e Vestuário (0,43%). Variação nos preços é a menor para um mês

de abril desde 2006. Acumulado entre janeiro e abril (1,08%) é o menor desde o início do Plano Real em 1994. Arquivo/ Agência Brasil O índice para Alimentação e Bebidas ficou perto da estabilidade: 0,15%. Entre as capitais pesquisadas, o Rio de Janeiro teve a maior variação com 0,43% de inflação, enquanto Recife e Goiânia anotaram deflação de -0,07% e -0,1%, respectivamente.•

t

Paraná fecha 1º trimestre com maior geração de vagas em 4 anos

O

Paraná abriu 26.017 vagas com carteira assinada de janeiro a março de 2018, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados no último dia 20 pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O saldo mede a diferença entre admitidos e demitidos. Foi o melhor resultado desde 2014, quando a diferença havia sido de 43.543. Segundo o coordenador-geral da Secretaria de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Elias Thomé, o Paraná está em uma crescente, “e isso concretiza e demonstra que as decisões do nosso governo estão certas, aumentando assim a geração de empregos e abrindo neste primeiro trimestre mais de 26 mil vagas de trabalho com carteira assinada de janeiro a março de 2018". Somente em março foram geradas 6.514 vagas, o quarto melhor resultado do País, atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.•

Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou redução nos preços cobrados da telefonia fixa da Telefônica em 2,65%. Os novos valores serão cobrados a partir do dia 1º de maio e valerão para o estado de São Paulo, onde a empresa é concessionária. Com isso, a partir do próximo mês, a assinatura residencial cairá para R$ 24,22, contra os R$ 24,88 (sem imposto) atualmente cobrados. A assinatura

não residencial passará de R$ 41,64 para R$ 40,54 e a assinatura tronco (PABX para grandes empresas) cairá de R$ 42,20 para R$ 41,09. Já a assinatura das linhas classe especial, o chamado telefone popular, voltado para usuários de baixa renda, passará de R$ 7,81 para R$ 7,60. Segundo a Anatel, a redução deve-se ao compartilhamento dos ganhos da fusão entre as empresas Vivo e GVT no ano de 2016.

A Anatel decidiu também que a Nextel deve ainda pagar cerca de R$ 22 milhões pela adaptação das autorizações das faixas de frequência detidas pela empresa, além do já pago. "As faixas que originalmente eram destinadas ao Serviço Móvel Especializado, trunking, passaram para o Serviço Móvel Pessoal, telefonia celular. A autorização para a adaptação foi dada pela Anatel há dois anos", informou a assessoria.•


O

rganizar o plantio para colher um futuro melhor foi o que conquistou a tribo Tekohá-Mirim, com o apoio da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social. As famílias indígenas da região de Guaíra, Oeste do Paraná, conseguiram plantar mais e passaram a se alimentar com mais qualidade. O excedente dos grãos colhidos é vendido e auxilia na renda de toda a população. A melhoria na produção só foi possível por causa do Renda Agricultor Familiar, ação que integra o programa Família Paranaense, da Secretaria da Família. Essa modalidade destina recursos para pequenas reformas que melhoram o saneamento básico e incentivam a produção para consumo próprio e também impulsionar atividades agrícolas. De acordo com o cacique da tribo, Arsênio Dias, antes não havia dinheiro para a compra de sementes de milho, feijão, batata-doce, amendoim e mandioca. “Agora nós conseguimos

t

Jornal

Centro Cívico

jornalcentrocivico.com.br

Cidadania

Tribo indígena eleva produção agrícola com apoio de Estado A melhoria na produção da Teokhá-Mirim, em Guaíra, só foi possível por causa do Renda Agricultor Familiar, ação do programa Família Paranaense. Essa modalidade destina recursos para pequenas reformas e melhorar agricultura.

trabalhar. Fizemos uma horta coletiva com 35 mil pés de mandioca que beneficia todo mundo,”, conta. Criação Além da plantação, a aldeia também conseguiu construir, galinheiros e chiqueiros. São 24 famílias na tribo, totalizando 108 pessoas. A técnica da Emater que acompanha essa comunidade, Rita Ribeiro, explica que sete famílias receberam o recurso e, em comum acordo, optaram por um projeto coletivo que beneficia também as

outras 17. “Conseguimos incluir essas famílias no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) com doação simultânea, que é um programa do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) em parceria com prefeituras. Assim, essa tribo vende o excedente da plantação para o município e atende outras tribos próximas que vivem em situação de vulnerabilidade”, detalhou Rita. Família Paranaense Desde 2012, quando o Família Paranaense foi

criado como principal programa do Governo do Paraná para combater a extrema pobreza, já foram repassados R$ 765,4 mil para famílias indígenas, por meio do Renda Família Paranaense. De acordo com a coordenadora do programa Família Paranaense, Letícia Reis, as famílias indígenas do Paraná devem ser atendidas e acompanhadas de forma a preservar sua identidade e cultura. “Os serviços são oferecidos a todas as pessoas que precisam, sempre considerando as especificidades de cada grupo e território”,

salienta Letícia. Também na região de Guaíra, outras duas tribos são acompanhadas pelos técnicos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras). A metodologia, adotada pelo Família Paranaense, ajuda as pessoas em vulnerabilidade social a conquistarem autonomia. São as tribos Tekohá Ihovy e Tekohá Porã, que juntas somam 95 famílias. População indígena De acordo com dados do Censo do IBGE (2010), a população indígena no Paraná

3

é de cerca de 26 mil pessoas. Cerca de 3,8 mil famílias estão inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais e recebem benefícios do Governo do Estado, como Renda Família Paranaense e o Luz Fraterna. Para chegar até os índios em situação de vulnerabilidade, a Secretaria da Família dispõe de veículos que vão até locais distantes. São as vans adaptadas do Família Paranaense, que levam técnicos para os atendimentos necessários. Os veículos são equipados com toldo, caixa de som e microfone, cadeiras, notebook, impressora e tela para projeção. Neles, as famílias são cadastradas, acompanha-das e encaminhadas para outras instâncias, se necessário. “Faz parte do nosso compromisso trabalhar para que comunidades indígenas também tenham acesso às políticas de assistência social. Proteger e cuidar dessas famílias é um dos nossos deveres”, enfatiza Letícia Reis.•


Seu Bairro

t

4

redacao@jornalcentrocivico.com.br

Jornal

Centro Cívico

Foram abordadas diversas pessoas, mas ninguém foi preso

Agentes com cães percorrem praças de Curitiba w REDAÇÃO

O

pastor belga malinois da Aeronáutica e que tem apenas dois meses da vida. Curiosidade Na Rodoviária, ao lado de Jack, o herói Taz – que no dia anterior localizou drogas na mesma praça Eufrásio Correia – esteve entre os cães mais admirados pelo público. Não foram poucos os afagos e fotos, iniciativa tanto dos adultos quanto das crianças que desembarcavam na Rodoviária ou circulavam pelo local. “É um alívio encontrar os cachorros num lugar assim porque a gente sai de casa e não sabe quem vai encontrar pelo caminho”, opinou

w

s seis agentes de segurança que estão participando da capacitação sobre manejo de cães policiais, ofertada pelo Grupo de Operações com Cães (GOC) da Guarda Municipal, tiveram no último dia 24/04 sua primeira aula prática. Acompanhados dos instrutores, eles percorreram a praça Eufrásio Correia, no Centro, e o setor de desembarque da Rodoviária, no Jardim Botânico, onde fizeram revistas e abordagens. “A parceria homem-cão é muito eficiente e nós esperamos contar com ela o mais breve possível na nossa cidade”, disse o guarda civil metropolitano

de Goiânia, André Luiz dos Santos. Ele está na cidade desde o início desta semana, para a capacitação, acompanhado de dois outros agentes da capital goiana. A finalidade de trazer alunos e cães para as ruas, explicou o supervisor do GOC, Antônio Carlos Flausino, foi promover a interação deles com os animais e possibilitar a interpreação das reações deles quando diante de achados suspeitos. Na praça, a ação resultou na apreensão de pequenas quantidades de maconha e instrumentos usados para preparar a droga para consumo. Outra meta foi socializar os animais mais jovens – entre eles Jack, o

Maria Cristina Alves da Silva, que aguardava o embarque para o município de Rebouças ao lado do neto, Alisson Correa, e da bisneta, Alice Crisitina. “Nunca tinha visto pessoalmente. Pra mim, era coisa de filme”, disse o rapaz, segurando a mão da menina, que não tirava os olhos de Jack. A capacitação para o manejo de cães tem uma carga horária de 160 horas e vai até 11 de maio. Também participam dois representantes do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta) e outro do Departamento Penitenciário (Depen) da Secretaria da Segurança do Paraná.•

Feiras noturnas em nosso bairro REDAÇÃO

S

ão realizadas quatro feiras semanais de 3ª a 5ª feira no horário das 17 as 22 horas. Nas Feiras Noturnas, além dos produtos das Feiras Livres, o consumidor encontra também comidas típicas regionais e internacionais, tais como, comidas baianas, mineira, japonesas, francesas, polonesas, ucraniana, belga, italiana, portuguesa, chilena e outras.

Prestigie às feiras proxima do Centro Cívico:

as quartas das 17:00 às 22:00

Juvevê AV. ANITA GARIBALDI, S/N - Entre a R. Campo Sales e a Av. João Gualberto - Todas as terças, das 17:00 às 22:00

Hugo Lange R. PRES. RODRIGO OTÁVIO, S/N - Entre a R. Augusto Stresser e a R. Dep. Carneiro Campos Todas as quartas das 17:00 às 22:00

Alto da Glória R. IVO LEÃO, S/N - Entre a R. Dr. Zamenhof e a R. Nicolau Maeder, ao lado do Cemitério Protestante - Todas

São Francisco R. KELLERS, S/N - Entre a Al. Dr. Muricy e a R. do Rosário, ao lado da Pç. Garibaldi todas as quintas, das 17:00 às 22h00•

Anuncie Aqui

(41) 3364-1277


t

Jornal

Centro Cívico

jornalcentrocivico.com.br

Especial

5

NoMéxico,Grecaassinacompromisso de cidades pela inovação e design

E

m reunião de prefeitos da World Design Organisation (WDO), realizada na última segunda-feira (23/4), na Cidade do México, o prefeito Rafael Greca apresentou os projetos do Vale do Pinhão, dos Faróis do Saber e Inovação e do sistema de Transporte

BRT, utilizado em 250 cidades do mundo, inclusive na capital mexicana com o nome de Metrobus. “O Desenho Urbano de Curitiba reconhecido no mundo inspira qualidade de vida em outras cidades”, disse o prefeito, que assinou a declaração que inclui

Curitiba entre as cidades compromissadas com a inovação e o design. O evento teve como anfitrião o prefeito da Cidade do México, José Ramón Amieva Galvez, neste ano escolhida pela WDO a Capital Mundial do Design e o simpósio presidido pela CEO da World Design Organisation, Luisa Bocchietto. Além de Greca, participaram prefeitos e planejadores urbanos das cidades de Turim (Itália), Helsinque (Finlândia), Cape Town (África do Sul), Taichung (Taiwan), Lille (França), Madri (Espanha), Puebla e Cidade do México. O encontro teve como sede a Jefatura de Gobierno y Cabildo, hoje Prefeitura da Ciudad del México erguida por ordem de Don Hérnan Cortés - El Conquistador a partir de 1521. “Fiquei feliz em ler num escudo de pedra a legenda: ‘Governar é servir a Cidade’. Assim creio.”, disse o prefeito curitibano que foi acompanhado no evento pela supervisora de Informações do Instituto de Planejamento Urbano

Foto:Divulgação/IPPUC

Em reunião de prefeitos da World Design Organisation (WDO) e da Rede de Cidades Criativas da Unesco, realizada nesta segundafeira.Na imagem, Rafael e o vice prefeito de Turim Guido Montanari. Cidade do México.

de Curitiba (Ippuc), Liana Vallicelli. Representante do Brasil Desde o último dia 14, Curitiba representa o Brasil com uma mostra das práticas de planejamento e design urbano na 10ª edição da Feira das Culturas Amigas, que acontece até o dia 29 no Zócalo, o coração da capital mexicana. O estande da capital paranaense é destaque no evento. A montagem da exposição foi feita pelo Ippuc a pedido da Embaixada do Brasil no México.

Primeira das Américas A Cidade do México é a primeira das Américas e a sexta do mundo a ser escolhida Capital Mundial do Design, numa premiação bianual que teve início em 2008, por iniciativa da WDO, instituição canadense anteriormente

denominada Conselho Internacional das Sociedades de Design Industrial (International Council of Societies of Industrial Design). A primeira cidade a receber o título foi Turim, em 2008, seguida de Seul (2010), Helsinque (2012), Cidade do Cabo (2014) e Taipei (2016).•


t

6

Divirta-se

jornalcentrocivico.com.br

Jornal

Centro Cívico

Elba na

8

CaixaCultural •

A paraibana Elba Ramalho é considerada uma das maiores cantoras da MPB de todos os tempos. Com 40 anos de carreira, Elba é a grande intérprete de Dominguinhos, tendo gravado mais de 30 composições do mestre. O público é convidado a dançar e cantar grandes sucessos interpretados em shows ou gravações em que Elba e Dominguinhos fizeram juntos, tais como “De volta pro meu aconchego”, “Onde está você”, “Eu só quero um xodó” e “Gostoso demais”. Data: 11 a 13 de maio de 2018. Horário: sexta e sábado, às 20h; e domingo às 19h. Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR) Ingresso: R$ 20 e R$ 10 (meia) Classificação: Livre

Blitz

8

A banda que celebra 35 anos de estrada irá desembarcar em Curitiba no dia 09 de junho. Blitz apresenta, no Teatro Positivo, o show de lançamento do novo DVD “Blitz no Circo Voador” que mistura rock, pop, funk, reggae, samba e blues. A produção local é da RW 7 Production & Entertaiment. Em ‘Blitz no Circo Voador’, a atmosfera de festa característica dos shows da Blitz foi reforçada com a participação do Afroreggae e de músicos como Alice Caymmi, George Israel e Milton Guedes. O vídeo é uma parceria da banda com a gravadora Deck e o Canal Brasil. Banda Blitz em Curitiba – lançamento do DVD ‘Blitz no Circo Voador’ Data: 09/06/2018 - Horário: 21h15 Local: Teatro Positivo (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 – Campo Comprido) Ingressos: Setor Azul: R$120,00 (R$60,00 meia entrada) + taxa; Setor Verde: R$160,00 (R$80,00 meia entrada) + taxa; Setor Rosa: R$200,00 (R$100,00 meia entrada) + taxa. Informações: (41) 3315-0808


t

8

Saúde

jornalcentrocivico.com.br

Jornal

Centro Cívico

u

A

Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza (gripe), em Curitiba, está a todo vapor, a vacina está disponível em todas as unidades de saúde para os públicos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde. A vacinação ocorre de segunda a sexta-feira, em horário comercial, até 1 de junho. Em Curitiba, a meta é vacinar pelo menos 90% das 515 mil pessoas que integram o público-alvo, o que corresponde a 463,5 mil pessoas. Para receber a vacina, basta ir a uma das unidades básicas de saúde, levando um documento oficial e, dependendo do caso, a comprovação de que se enquadra no público-alvo. Vale ressaltar que a vacinação não será feita nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), locais destinados apenas ao atendimento de casos de urgência e emergência. Em 12 de maio

cisamente o nariz, garganta e brônquios. O contágio ocorre de forma direta, por meio das secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar, ou de forma indireta, pelas mãos que, após contato com superfícies recémcontaminadas por secreções respiratórias, podem levar o agente infeccioso direto à boca, aos olhos e ao nariz.

ocorrerá o Dia D da mobilização, um sábado em que alguns postos de saúde abrirão para a vacinação da gripe, ampliando o acesso dos usuários. Alterações A vacina deste ano é diferente da que foi aplicada em 2017. Para a temporada de 2018, ela contém duas alterações nos componentes das cepas do influenza A H3N2 e o influenza B. A vacina é contraindicada apenas para quem apresentou reação em doses anteriores ou tenha alergia grave ao ovo de galinha e seus derivados. Doença A gripe (influenza) ocorre durante todo o ano, mas é mais frequente no outono e no inverno, quando as temperaturas caem, principalmente no Sul e Sudeste do país. Tratase de uma infecção viral que afeta o sistema respiratório, mais pre-

Campanha da vacinação contra a gripe

A vacinação é a estratégia mais importante para evitar novos surtos dessa doença.

Orientações A doença não costuma trazer maiores consequências. Mas em alguns casos pode haver complicações. Por isso é importante que o público prioritário busque a imunização para se prevenir, uma vez que estas são as pessoas consideradas mais vulneráveis. Além da vacinação para o público mais vulnerável, os cuidados com a higiene para evitar a proliferação do vírus valem para todos. De acordo com

o diretor do Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal da Saúde, Alcides Oliveira, é preciso higienizar as mãos frequentemente com álcool gel ou lavar as mãos com água e sabonete, quando possível. Outra dica é evitar aglomerações e locais fechados. Se tiver com os sintomas de gripe (febre, tosse, mal-estar generalizado, dor de garganta, dor de cabeça, dor no corpo, calafrios) é importante buscar atendimento médico, para receber orientação sobre a necessidade de tratamento medicamentoso com Tamiflu. Além disso, ao espirrar, é importante manter a “etiqueta do espirro”, para evitar o contágio de outras pessoas. “Ao tossir ou espirrar, cubra a boca com a parte interna do braço", explica Oliveira. "Evite por a mão na frente da boca e tocar em outras superfícies, contaminando-as.” •

u

Açafrão-da-terra e seus benefícios para saúde

C

om o açafrão-daterra (Curcuma longa), uma das mais pesquisadas ervas medicinais, sua saúde só será beneficiada. Conhecido também como cúrcuma, turmé-rico, raiz-de-sol, açafrão-da-índia, açafroa e gengibre amarelo o açafrão-da-terra é uma planta de fácil cultivo, da qual se aproveita a raiz, que é ligeiramente

parecida à do gengibre, e que tem um forte corante amarelo, a cor do açafrão. Como usar o açafrão-daterra Poder ser usado fresco ou seco e integra uma infinidade de pratos das culinárias oriental e portuguesa, aliás, não por acaso. Afinal, os portugueses, em tempos de caravelas e caravanas

de camelos, zanzaram por esse mundão à fora buscando especiarias e outros bens de comércio. O seu principal componente, a curcumina, já consta em mais de 5.600 estudos e, se demonstra sua aplicação curativa em, pelo menos, 600 casos clínicos em prevenções e tratamentos de doenças, com pelo menos 175 efeitos

fisiológicos benéficos distintos comprovados. As referências das pesquisas podem ser encontradas aqui. Pelas suas ações específicas já demonstradas em diversos trabalhos científicos, o uso de preparados de curcumina podem substituir, com benefícios, o uso de muitos medicamentos habituais

nas terapêuticas da medicina alopatia ocidental. Entre os muitos benefícios comprovados e que poderiam substituir medicamentos, destacamos:

•Controle do colesterol, como as Estatinas •Corticosteroides •Antidepressivos como Prozac, Fluoxetina, Imi-

pramine

• Anti-inflamatórios como aspirina, ibuprofeno, naproxen, diclofenaco, dexamethasona, entre vários outros

•Anticoagulantes como o ácido acetil salicílico •Quimioterápicos

como

o Oxaliplatin

•+Controle

da diabetes como o Metaformin.•


Cusine

redacao@jornalcentrocivico.com.br

4

magros mesmo com tanto macarrão e vinho Macarrão, pizzas, vinho, queijo... Com uma dieta assim, os italianos têm tudo para ter uma péssima saúde, certo? Errado! Na verdade, essa é só uma parte da rotina deles que são considerados pela OMS a sexta população com maior expectativa de vida, podendo viver até quase 83 anos, em média. Além disso, a Itália é o terceiro país com menor taxa de obesidade segundo a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Mas qual seria o segredo de tamanho sucesso com relação à qualidade de vida? Italianos são magros graças a 6 hábitos Italianos não comem só massa Ao contrário do que muita gente imagina, a culinária italiana não está completamente baseada em macarrão. Sim, eles são muito bons nisso, mas o cardápio deles varia de acordo com a estação e com os produtos sazonais. Além disso, é de praxe que eles comprem alimentos orgânicos e de produtores pequenos, uma ótima opção para deixar de lado os produtos industrializados. Nem mesmo os restaurantes podem servir comida congelada sem informar aos clientes. Dieta mediterrânea Além de preferirem produtos frescos, a dieta dos italianos é, na verdade, tomada por vegetais e frutas. Basta conversar com um italiano para descobrir que seus pratos favoritos costumam levar alcachofras, bons tomates e, para sobremesa, os morangos frescos também não podem faltar. Já quando o assunto é carne, as brancas são preferência. Porções reduzidas Mesmo que a escolha da refeição seja macarrão, não pense que você encontrará pratos recheados nas casas dos italianos como costumam ser nas cantinas espalhadas por aí. Por lá, o grande aliado da boa saúde é a moderação, não as calorias. Por isso, comem tudo o que gostam em pequenas porções. Até mesmo as pizzas não tem nada de parecido com as brasileiras ou americanas: costumam ter massa fina e pouco recheio. Descanso após refeições As siestas não são famosas apenas na Espanha. Na verdade, os italianos também fazem uso deste tempo após o almoço para descansar. Desacelerar neste período do dia é palavra de ordem para eles. Prática de exercícios É muito comum que os italianos façam suas atividades a pé ou de bicicleta. Assim, eles costumam ser mais ativos mesmo não sejam lá muito adeptos das academias. Até mesmo após o jantar, é comum que eles saiam para caminhar um pouco ao invés de ficarem sentados no sofá. Beber com moderação Apesar do consumo alto de vinho, os italianos não costumam beber para ficarem embriagados. Na verdade, a taça de vinho costuma aparecer apenas durante as refeições. Talvez este seja também um dos segredos deles, já que acredita-se que uma quantidade moderada de vinho tinto reduza o risco de ataque cardíaco e o colesterol.

9

6

Bolo de chocolate

6 hábitos mantêm os italianos saudáveis e

t

Jornal

Centro Cívico

Danielle Noce

Preparação 1/2 xícara (chá) de Nutella 1 colher (sobremesa) de vinagre de maçã 12 claras 500g de açúcar Recheio 400g de chocolate branco picado 1 caixa de creme de leite (200g) 2 bandejas de morangos picados (600g) Cobertura

1/2 xícara (chá) de Nutella 1/2 xícara (chá) de creme de leite 1 xícara (chá) de morangos cortados ao meio Modo de preparo Em uma tigela, misture a Nutella® com o vinagre e reserve. Na batedeira bata as claras, e quando começar a espumar, sem parar de bater, adicione o açúcar, aos poucos, até obter picos firmes. Junte a Nutella® com vinagre reservado e bata rapidamente para misturar. Coloque em um saco de confeitar com bico liso e, em uma fôrma grande forrada com papel-manteiga, faça 3 discos com 17cm de diâmetro cada. Leve ao forno médio, preaquecido, com a porta entreaberta, por 1 hora e 15 minutos ou até firmar. Deixe esfriar. Para o recheio, derreta o chocolate branco em banho-maria e misture o creme de leite. Leve à geladeira por 30 minutos. Para a cobertura, misture a Nutella® com o creme de leite e reserve. Em um prato, coloque um disco de bolo, cubra com metade do recheio e distribua metade do morango picado. Coloque outro disco de bolo e cubra com o recheio e os morangos picados restantes. Coloque o último disco e espalhe a cobertura. Decore com os morangos.•

Sua receita no Centro Cívico Quer ter a sua receita publicada no jornal Centro

Cívico? Envie-nos a sua receita para redacao@jornalcentrocivico.com.br. Se a sua receita for aprovada, ela será publicada aqui.•


t

Jornal

Centro Cívico

jornalcentrocivico.com.br

Motor

10

Volkswagen abre inscrições para estágio no Salão Internacional do Automóvel 2018

A

Ford Ecosport storm: nova cor marrom revela tendência ligada à natureza e vida saudável A

Ford inovou no lançamento do EcoSport Storm, versão 4WD do utilitário esportivo, com a escolha de uma nova cor, o marrom Trancoso metálico, tonalidade há muito tempo fora do portfólio da marca no Brasil. O Ka FreeStyle, futuro utilitário compacto, também foi exibido em um protótipo na cor bronze, sinalizando uma tendência no segmento. Por ser a cor da terra e da madeira, o marrom é normalmente associado à natureza e estilo de vida saudável. Pode representar também seriedade, maturidade, segurança e prosperidade material. No utilitário esportivo, os tons de cobre naturais acenam para o estilo de vida ao ar livre. “Para o lançamento do Storm, queríamos uma cor atual, diferente da paleta de tons neutros do setor e que se destacasse

na multidão sem ser vibrante demais”, explica Adília Afonso, supervisora de Design da Ford América do Sul. “Escolhemos esse tom quente e trabalhamos com o fornecedor de tinta para enriquecêlo com partículas de pérola, que acrescentam luminosidade.” Assim, dependendo do ângulo de visão, a tonalidade muda e cria um aspecto rico em efeitos. A beleza da cor marrom Trancoso não está somente nela mesma, mas no fato de valorizar os planos e ângulos do veículo, destacando as suas linhas de caráter. Já o nome Trancoso foi uma homenagem à Bahia, estado onde está instalada a fábrica do EcoSport e o Ka. Ele é inspirado nas famosas falésias da praia de Trancoso, que são a marca registrada da bela cidade do sul do estado, antigo povoado fundado

pelos colonizadores portugueses no século 16. O SUV equipado com motor 2.0 Flex, tração inteligente 4WD e transmissão automática oferece também como opções as cores branco Ártico sólido, prata Dublin metálico e preto Bristol perolizado, combinadas com elementos em preto e prata e grafismos exclusivos. Criação e tendências O processo de criação do design de um carro começa cerca de quatro anos antes da sua chegada ao mercado. Para ter uma ideia da direção das tendências, os designers observam o que está acontecendo em áreas como arquitetura, vestuário e produtos de consumo e também precisam pensar como cientistas sociais, pois, além da personalidade do consumidor, a escolha da cor é reflexo das

Fiat Toro ganha linha 2019 e comemora 100 mil unidades vendidas

U

circunstâncias da época. Exemplo disso é o que ocorreu após a crise financeira de 2008, quando a preocupação com o valor de revenda aumentou a preferência por cores neutras. Sem contar que cores exuberantes poderiam ser vistas como ostentação e desrespeito. Por esses e outros fatores culturais, uma cor que funciona bem em um mercado não necessariamente tem a mesma aceitação em outro. Na maioria dos veículos, cores básicas como tons de branco, preto e vermelho normalmente não mudam. Mas, periodicamente, avanços na tecnologia de pintura fazem a mudança valer a pena. A evolução das formas e dos materiais dos carros também faz a pintura responder de maneira diferente, como é o caso do marrom Trancoso do EcoSport Storm.•

Volkswagen do Brasil acaba de abrir as inscrições para o "Estágio Volkswagen - Salão Internacional do Automóvel de São Paulo 2018", maior evento automobilístico da América Latina. Serão selecionados 90 universitários para atuar no atendimento ao público no estande na Marca no Salão do Automóvel, que será realizado de 8 a 18 de novembro, no São Paulo Expo (SP). Podem participar estudantes do penúltimo e último ano (com término previsto para dezembro de 2018) dos cursos de Engenharia (de Produção, Mecânica, Mecatrônica, Automobilística, de Controle e Automação, de Materiais, Elétrica e Eletrônica), Relações Públicas, Marketing, Jornalismo, Administração, Design, Desenho Industrial, Publicidade e Propaganda e Comunicação Social. Para ter todas as informações sobre as novidades da Volkswagen, os candidatos escolhidos passarão por um treinamento, entre agosto e outubro, na Fábrica da Volkswagen, em São Bernardo do Campo (SP). Os estagiários participarão de palestras e atividades relacionadas à tecnologia, propaganda, estratégia de marketing, design, engenharia, motores e segurança veicular, além de receberem orientações sobre comunicação, ética, foco no cliente e trabalho em equipe. Como participar: As inscrições para o "Estágio Volkswagen - Salão Internacional do Automóvel de São Paulo 2018" devem ser feitas pelo site www.contratando.com.br/ volkswagen/ até o dia 8 de maio de 2018. Critérios para inscrição: Fazer um dos cursos elegíveis no período matutino ou noturno; Estar cursando o penúltimo ou último ano (término previsto para dezembro de 2018); Disponibilidade para estagiar por quatro horas; Inglês intermediário. Cursos elegíveis: Engenharia (de Produção, Mecânica, Mecatrônica, Automobilística, de Controle e Automação, de Materiais, Elétrica, Eletrônica); Relações Públicas; Marketing; Jornalismo; Administração; Design; Desenho Industrial; Publicidade e Propaganda; Comunicação Social. Benefícios: Bolsa auxílio; Alimentação parcialmente subsidiada; Transporte fretado gratuito; Estacionamento gratuito; Ambulatório médico na unidade; Seguro de vida; Desconto na compra de veículos Volkswagen.•

m jovem que já nasceu vencedor. Reconhecido pela imprensa e pelos consumidores. Esse é o Fiat Toro, que inaugurou no Brasil o novo conceito de SUP (Sport Utility Pick-up) ao combinar a força e robustez de uma picape com o conforto e dirigibilidade de um SUV. O modelo, que completa dois anos desde o seu lançamento, agora chega à linha 2019 com novas versões e configurações e mais equipamentos para continuar sendo a picape mais desejada do mercado e líder absoluta de seu segmento. Uma das novidades é o desembaçador do vidro traseiro de série em todos os modelos. Também chegam ao mercado duas novas versões: a Endurance 1.8 AT6 Flex, de entrada, e a Volcano 2.4 AT9 Flex, a topo da gama com motores flexíveis. Nessa última, a picape é equipada com o motor 2.4 Tigershark de 186 cv e 24,9 kgfm, combinado ao câmbio automático de nove marchas, exclusivo no segmento, além de diversas soluções da Volcano 2.0 Diesel.•


t

11

Entrevista

jornalcentrocivico.com.br

E

ntre 2011 e 2018, o ex-secretário Michele Caputo Neto repassou R$ 562 milhões para fortalecer o sistema de saúde de Curitiba. Obras em unidades de saúde, melhorias em hospitais estratégicos, incentivos de custeio para ações e serviços, ambulâncias, equipamentos, medicamentos para a rede básica e recursos para mutirões de consultas, exames e cirurgias especializadas. Tudo isso faz parte de um amplo conjunto de investimentos do Estado na capital paranaense. Michele Caputo - précandidato a deputado estadual - reafirma que trata-se de um grande esforço de governo para reestruturar a rede pública de saúde de Curitiba. “Os investimentos estão ajudando a resgatar o protagonismo de Curitiba na área da saúde, que sempre foi celeiro de soluções inovadoras para melhorar o atendimento da população. Prova disso é o programa Mãe Curitiba, reconhecido internacionalmente pela atenção especial à gestantes e bebês”, afirmou. Somente para obras na rede básica foram R$ 8,2 milhões. Cinco unidades de saúde foram entregues e atendem os moradores de Campo Alegre (CIC), Vila Sabará (CIC), Coqueiros (Sítio Cercado), Xaxim (Sítio Cercado) e Aliança (Santa Cândida).

Unidades de saúde De acordo com Caputo Neto, foram garantidos recursos para a reforma de outras 14 unidades de saúde. Nesta primeira etapa estão as unidades de saúde Abaeté, Caiuá, Dom Bosco, Fernando de Noronha, Ipiranga, Moradias da Ordem, Nossa Senhora da Luz, Pilarzinho, Pompéia, Santa Efigênia, São Paulo, Tingui, Vila Feliz e Vista Alegre. O investimento será de até R$ 150 mil em cada obra, totalizando R$ 2,1 milhões. “A saúde começa pela base e é nesta lógica que estamos trabalhando. Ao fortalecer a retaguarda de atendimento nos bairros, levamos assistência de qualidade para mais perto das pessoas”, disse Michele Caputo. No aniversário da cidade, também foi anunciado o repasse de R$ 2 milhões para a construção de uma nova unidade de saúde no Ceasa e mais R$ 750 mil para a construção de outra unidade de saúde no bairro Umbará. O Estado mantém ainda, no centro de Curitiba, uma das maiores farmácias públicas do país, que atende 28.700 pessoas - mais de 20 mil usuários de Curitiba e de 28 cidades da região metropolitana. São fornecidos gratuitamente 232 tipos de medicamentos para tratamento de pelo menos 80 doenças. Em 2017, a unidade alcançou a marca de 200 mil atendimentos.

Ex-secretário Michele Caputo Neto

fala de seus 07 anos à frente da saúde no PR e da nova empreitada

"Curitiba será novamente uma cidade modelo na área da saúde e já está oferecendo melhores serviços aos moradores da capital", diz Michele Caputo

Saúde de Curitiba recebe atenção especial, diz Michele Caputo

Hospitais O apoio do governo se estende também à retaguarda de urgência e emergência. São incentivos a hospitais de referência, através do programa HospSUS (de apoio aos hospitais públicos e filantrópicos), recursos para o custeio do Samu e Siate, sem contar o apoio destinado à manutenção do serviço de transporte aeromédico, com

Anuncie Aqui

(41) 3364-1277 Jornal

Centro Cívico

Jornal

Centro Cívico

um avião UTI e um helicóptero de resgate à disposição. Nos últimos anos, o Estado foi responsável também pela renovação da frota do Siate, além de auxiliar na reposição de ambulâncias do Samu. “Tudo isso tem impacto direto na agilidade e eficiência do atendimento à população. Em situações de urgência e emergência,

cada minuto é importante e pode ser decisivo para salvar uma vida”, diz Michele Caputo. O Estado e a prefeitura inauguraram ainda dois novos helipontos para ampliar as opções de pouso do helicóptero de resgate em Curitiba. Além do Hospital do Trabalhador, que já detinha a estrutura, agora o Hospital Cajuru e a UPA do Tatuquara também mantêm helipontos em operação 24 horas por dia. Anexo da Mulher E as ações não param por aí. Duas novas obras financiadas pelo Estado devem trazer ganhos importantes a todo o sistema de saúde. Uma delas é a construção do “Anexo da Mulher” do Hospital do Trabalhador, no bairro Novo Mundo. “Esta é a maior obra de ampliação de toda a história do nosso hospital. São R$ 13,3 milhões que permitirá ao hospital ampliar sua capacidade de 222 para 302 leitos", disse

Michele Caputo. O Anexo da Mulher, com mais de 4 mil metros quadrados, vai abrigar os serviços da maternidade; atendimento de ginecologia e obstetrícia; UTIs, leitos de internação e uma série de outros setores voltados exclusivamente ao atendimento feminino e materno-infantil. A outra obra é do “Erastinho”, a unidade infantil do Hospital Erasto Gaertner, especializado em oncologia. Em 2018, Michele Caputo assinou o convênio garantindo R$ 12 milhões para a construção do prédio, que vai melhorar as condições de tratamento do câncer em crianças. A expectativa é ampliar de 20 para 39 o número de leitos infantojuvenis, permitindo o atendimento de 300 novos casos por ano. Poderão ser feitas, no local, até 17 mil consultas, 500 cirurgias e mais de 85 mil procedimentos anualmente.•


3

Centro Cívico/ed159/2018  

Mais que um jornal de bairro. (41) 3364-1277

Centro Cívico/ed159/2018  

Mais que um jornal de bairro. (41) 3364-1277

Advertisement