Issuu on Google+

Akahasu


Olá Leitor! Caso você tenha começado a leitura agora, você está lendo de forma incorreta, esta quinta edição da Akahasu deve ser lida no sentido de leitura oriental (da direita para a esquerda), ou seja, a página que seria a última, é na verdade a primeira! Rápido, rápido, vá para a verdadeira primeira página é comece sua leitora! Akahasu.


Edições Anteriores

Edição #1

Edição #4

Edição #2

Edição #5


Ajude nosso projeto a crescer,

Curta nossa pรกgina no Facebook!

/AkahasuManga


Para enviar CrĂ­ticas, SugestĂľes, Duvidas ou mensagens, acesse a ĂĄrea Contato em nosso site ou mande um e-mail para akahasu@hotmail.com nome e cidade/estado.

informando

seu


Gostaria de publicar seu Mangá na Akahasu? Envie seu One-Shot* entre 15 e 60 páginas para o e-mail akahasu@hotmail.com com o assunto One-Shot, os melhores estarão na próxima edição. Ou envie o primeiro capítulo de seu mangá com Nome do autor, Idade, Nome da Obra, Gêneros e Sinopse.

O mangá deverá ser enviado anexado ao e-mail, cada página da história deverá ser um arquivo de imagem (JPEG, PNG, BMP etc) * - one-shot não é primeiro cápitulo, é uma história completa em apenas um capítulo demonstrando o universo que a história ocorre, podendo ou não virar série.


Akahasu


Streetball of Brothers #3 - Todos os direitos reservados Ă  Akahasu e Augusto Miranda


D14 #3 - Todos os direitos reservados Ă  Akahasu e MaurĂ­cio Alves


7

6

8

10

9


2

1

3

5 Cuidado com a ordem de leitura dos Mangรกs!!!

4


NĂŁo precisa saber desenhar/ilustrar, apenas que escreva bem e corretamente

Queremos autores para diversas ĂĄreas, como cultura geek, otaku, games, RPG, oriental, livro, filme e claro, anime e mangĂĄ.


Gostaria de se tornar um Redator da Akahasu e publicar seus textos?

Envie e-mail para akahasu@hotmail.com com o tĂ­tulo Redator no e-mail coloque seu Nome, Idade e Cidade/Estado, e sobre quais assuntos gostaria de escrever, elabore um pequeno texto-exemplo sobre algum desses temas demonstrando sua escrita.

Akahasu


“Terra do Meio”. O mundo que os gigantes habitam, Jotunheim, é um mundo cheio de montanhas e por vezes neve, talvez daí venha a divisão dos gigantes em “gigantes de gelo” e “gigantes da montanha“, embora não seja muito clara. Possui vários reinos e reis, e não pode ser vista como um reino unificado. Os Æsir era o clã dos deuses da guerra, que eram mais cultuados pelos nobres nórdicos, eles habitavam o mundo mítico de Asgard, que foi feito na parte mais alta de Yggdrasil e é a terra que “toca o céu e a lua”, uma cidade magnifíca. A ponte que liga Asgard e Midgard é o arco-íris e se chama Bifröst. Os Vanir, deuses da agricultura e fertilidade, eram mais cultuados pelas pessoas mais simples e habitavam um reino mais modesto, Vanaheim. Diferente de

Asgard, Vanaheim se encontra no mesmo nível de Midgard, por serem deuses ligados á terra. Os elfos são seres míticos de grande importância para os nórdicos ligados com a floresta e com a luz, habitam Álfheim, alguns dizem que seja possível afirmar que se localiza em um plano ainda mais alto que Asgard. Os Álfar (elfos) ou ás vezes Ljosálfar (elfos da luz), são seres tão brilhantes quanto o sol, ás vezes são representados tendo asas. Elfos negros são seres mais escuros que pixe, habitam o interior da terra, Svartálfheim, possuem má aparência, geralmente são mesquinhos e ambiciosos e em muitos casos viram pedra ao serem tocados pela luz do sol. Os anões são ferreiros natos que habitam as planícies subterrâneas, chamadas Nidavellir.

A árvore de Yggdrasil possui três raízes, sendo elas localizadas no Poço de Mímir, na parte fria de Jotunheim, no Poço de Urd, no centro de Asgard e no Poço de Hvergelmir, em Niflheim. Grande parte dos mundos da mitologia nórdica terminam com o sufixo -heim, palavra nórdica que deu origem à palavra inglesa “home”. Então poderíamos traduzir alguns nomes ao pé da letra, Niflheim seria “lar da névoa”, por exemplo.


Papo Cultural

Rozhan Ryuga

Os Nove Mundos Nórdicos O termo cosmologia nórdica refere-se à maneira como o universo era enxergado por adeptos da mitologia nórdica. A concepção de mundos místicos e paralelos vem primordialmente da Mitologia Nórdica, onde eles acreditavam que o universo continha Nove Mundos dispostos ao redor da Árvore Cósmica Yggdrasill. Ideia hoje muito utilizada como temas filmes, jogos, animes, livros e obras em gerais, seja parcial ou totalmente, como é explorado no jogo Ragnarok Online, da Gravity. Além de crer em nove mundos, cria também na existência de outras raças inteligentes além dos humanos, tais como elfos, anões, gigantes (ou trolls) e também raças divinas, como os Vanir e os Æsir.

No inicio não existia nada, nem terra, ar, gelo ou mar, assim como em outras culturas era apenas o vazio, o nada, denominada Ginungagap então o vazio deu lugar a dois reinos um era o Musphelhein o reino de fogo e o outro era o Niflhime o reino de gelo. Muspelheim, sendo um reino de chamas e fogo, é habitado pelos gigantes de fogo, os filhos de Muspell, que são governados por Surtr (ou Surtur). Niflheim, é um mundo gelado, enevoado e esquecido para onde vão aqueles que não morrem em batalha, um lugar para

os que morrem de velhice ou doença, semelhante ao tártaro grego Niflhime deu origem aos rios e mares do mundo, incluindo o rio primordial o Hvergelmir dali nascia a aguá que jorrava para todo o mundo. Midgard, a terra dos homens, foi construída no centro do universo a partir da sobrancelha do primeiro gigante que fora morto pelos Deuses. É uma grande porção de terra no centro de um grande mar onde vive a monstruosa serpente Jörmungand, que circunda Midgard a ponto de morder a sua própria cauda. Seu nome vem literalmente de


4

5

6


1 2 Ei cuidado com a ordem de leitura das matĂŠrias!

3


Sumรกrio Papo Cultural..............................................................08

D14..............................................................................16 Le Ninja Mangรก............................................................41 Streetball of Brothers................................................57


Boa leitura!!!

Com diversas provas de vestibular, ENEM, final de semestre, inicio de TCC, entre outras coisas afetando nossa equipe, mais um passo realizado. A continuação das histórias presente em nossa primeira edição aqui continuam, um projeto experimental que nos enche de orgulho ao ver a evolução de nossos autores, esperamos que vocês, leitores, gostem cada vez mais e que goste dessa nossa edição. Não se esqueça de compartilhar com seus amigos, nos ajuda e muito, precisamos desse reconhecimento.


Akahasu Capa

Diagramação Maurício Alves

Editores Maurício Alves Otávio Abreu

Mangakás Augusto Miranda Helio Ramos Maurício Alves

Maurício Alves

Redator Rozhan Ryuga

Revisão Otávio Abreu

Ilustrações Babad

10.2013


Akahasu

#5

D14 Mitologia Le Ninja Mangรก

Streetball of Brothers


Akahasu5