Issuu on Google+

Universidade Federal de Santa Maria – UFSM Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Comunicação Social Curso de Produção Editorial Disciplina: Produção Editorial em Hipermídia Professora: Liliane Brignol Alunas: Maura da Costa e Raquel Scremin

DESCONSTRUÇÃO DE UMA NARRATIVA TRANSMIDIÁTICA A narrativa transmidiática aborda as histórias da Turma da Mônica que foram criadas em 1959 por Mauricio de Sousa.

DEFINIÇÃO DE TRANSMIDIAÇÃO Mauricio de Sousa decidiu contar sua história em formatos

e

suportes

diferentes,

usando

diversas

plataformas para dar mais vida à trama dos seus personagens. Cada elemento dá uma contribuição nova e diferenciada para o enredo e sem comprometer a história original. Hoje as criações expandiram-se dos quadrinhos para livros, animações 2D, animações 3D, versões teen dos personagens (Turma da Mônica Jovem), aplicativos de tablets e publicações internacionais.


APORTE TEÓRICO Com a base teórica calcada em Henry Jenkins e Carlos Scolari podemos conceituar as narrativas transmidiáticas que não se limitam a um único suporte. “En pocas palabras: las NT son una particular forma narrativa que se expande a través de diferentes sistemas de significación (verbal, icónico, audiovisual, interactivo, etc.) y medios (cine, cómic, televisión, videojuegos, teatro, etc.). Las NT no son simplemente una adaptación de un lenguaje a otro: la historia que cuenta el cómic no es la misma que aparece en la pantalla del cine o en la microsuperficie del dispositivo móvil.” (SCOLARI, C., p.24, 2013)

São transformações tecnológicas, mercadológicas, culturais e sociais que permeiam a mídia e a sociedade. A transmidiação e a convergência espelham o novo modo de produção e de recepção de consumo. “A convergência não ocorre por meio de aparelhos, por mais sofisticados que venham a ser. A convergência ocorre dentro dos cérebros de consumidores individuais e em suas interações sociais com outros. Cada um de nós constrói a própria mitologia pessoal, a partir de pedaços e fragmentos de informações extraídos do fluxo midiático e transformados em recursos através dos quais compreendemos nossa vida cotidiana. Por haver mais informações sobre determinado assunto do que alguém possa guardar na cabeça, há um incentivo extra para que conversemos entre nós sobre a mídia que consumimos. Essas


conversas geram um burburinho cada vez mais valorizado pelo mercado das mídias.” (JENKINS,H., p.28, 2006)

PRODUTOS ANALISADOS Na tabela abaixo são apresentados os produtos analisados e a classificação do suporte. Produto Gibis Jogos em (CD-ROM) Site CD-ROM com trilha sonora Desenho Animado DVD Cine Gibi Bonecos

Suporte Analógico Digital Digital Digital Digital Digital Analógico


EXEMPLOS DOS PRODUTOS ANALISADOS

Figura 1: Gibi Turma da M么nica Jovem

Figura 2: Revista e Jogo de Computador Passatempo

Figura 3: Tirinha da Turma da M么nica

Figura4: CD-ROM com trilha sonora dos desenhos

Figura 5: Gibi da Turma da M么nica infantil


Figura 6: Site da Turma da M么nica

Figura 7: Bonecos da Turma da Monica


Personagens e Rupturas na História Os personagens principais (Cebolinha, Mônica, Cascão e Magali) não sofrem alterações, apesar da troca de mídia, o que muda somente é o cenário e o tema da história, pois em cada tirinha é retratada uma lição diferente. Em relação ao tempo concluímos que ele não é mencionado e os fatores estruturais da história também não fazem referência a uma determinada época. Houve uma ruptura de características na publicação Turma da Mônica Jovem em relação às histórias da Turma da Mônica infantil. A personagem Mônica aparece com o aspecto físico transformado como peso e estatura, seus dentes, apesar de ainda grandes, são menos visíveis do que em sua versão infantil. Ela também possui vestuário diversificado que não se limita apenas ao vestido e a cor vermelha. O personagem Cebolinha prefere ser chamado simplesmente de 'Cebola' e suas características físicas também mudam. Muda também sua ideia fixa de fazer 'planos infalíveis' para derrotar a Mônica e se tornar o dono da rua. Nessa versão para adolescentes ele quer conquistar o mundo com os seus projetos. Não troca mais os 'erres' pelo 'eles' por ter


feito tratamento para a dislalia1, mas quando fica nervoso, acaba trocando as letras. Escondia o seu amor pela Mônica na infância, mas na Turma da Mônica Jovem, não consegue

esconder

esse

sentimento,

principalmente

quando Mônica o beija.

1

Distúrbio da fala que se caracteriza pela dificuldade de articulação de palavras.


Turma da Mônica: um exemplo de transmídia