Page 92

ao ponto da melodia que você consegue ouvir. Não sei por que não coloquei um nome nos personagens, talvez porque, quando você vai contar uma história sua, você nunca se posiciona em terceira pessoa”. A narrativa é diferente da vida. O livro é pura linguagem porque você não vai ficar lembrando tudo que girou na sua vida ou de aspas e parentes ou de tudo o que aconteceu ou foi dito. Essa característica utilizada magistralmente no livro dá a ele um ar de novidade e essa surpresa . Para conectar a vida dos três homens, dramatizar e tornar importantes as relações, Michel cria rituais diferentes para cada um e faz com que esses rituais influenciem profundamente a vida deles. “Contar a vida de três pessoas diferentes acabava levando a muita coisa pra se narrar então acabei escolhendo uma coisa para conectar”. O narrador e personagem principal conta suas memórias de forma muito bem planejada, afinal, ele tem que falar sobre isso depois de muitos anos e vai explorando o passado como se estivesse escrevendo um diário no qual ele já soubesse de tudo, mas precisasse escrever coisas essenciais, e onde nos vamos ler apenas o que ele quer dizer. Michel brinca com o fato de que o narrador não quer falar do campo de concentração fazendo com que o modo como o campo aparece no texto seja martelado a partir da escrita pontuada o que leva o personagem a falar do assunto mesmo dizendo que não queria. Essa parte do texto tenta furar a sensibilidade e a instabilidade do que o leitor estava lendo desde então. O livro que é mais realista do que otimis-

92

Rubato  

Revista com espaço total dedicado à Literatura.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you