Page 71

do desenho e da literatura, com quantos quadros, balões, situações oníricas ou não, etc, é um trabalho detalhista e trabalhoso. É preciso ter em mente como o leitor receberá a história e como ele entenderá o que os autores querem passar com ela e, por fim, como se dará a junção dos desenhos e das palavras. Os procedimentos que farão o leitor conseguir ter uma visualização interessante da imagem tem que ser bem discutidos e minuciosamente trabalhados. Talvez por isso leve-se tanto tempo para criar um projeto como esse. Emilio conta: “tivemos muita sorte, pois a minha escrita combinou muito com o jeito de desenhar do DW, o estilo mais alternativo e com um acabamento não tão perfeito do trabalho dele casou muito bem com a minha forma de enxergar essa história através desse ângulo de sonho e realidade e essa atmosfera de duvida e incertezas”. “O resultado acaba sendo uma nova possibilidade de expressão. A união da arte com as letras proporciona a criação de um novo trabalho, como um novo tempo e um novo espaço, que chegará para o leitor de uma nova forma e será entendido diferentemente do que seria nas formas comuns da leitura de livros e quadrinhos. Ou seja, um, duas, três e milhões de histórias e interpretações se abrem a partir disso”, acredita DW.

71

Rubato  

Revista com espaço total dedicado à Literatura.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you