Page 51

ainda assim deve ser respeitada. E não deveria ser assim. Quando colocamos nossa fé nessas coisas criamos um grupo de gente que se leva à sério demais.

Você acredita na resistência literária? Seu trabalho parte desse princípio? Eu acredito na resistência à estupidez (do mundo, das pessoas, do senso comum, dos poetas, de mim mesmo). Minha poesia é uma constante luta para eu me tornar menos estúpido. É um processo auto-ofensivo de autoconhecimento, um constante tapa na cara para eu mudar a mim mesmo e nunca estar contente com as coisas que conquisto ou acredito. A velha história da metamorfose ambulante, que dizia Parmênides na sua canção. Bem, mas eu acho que essa postura não está restrita à literatura (e menos ainda a minha literatura), mas pertence a um grupo de pessoas no mundo que resistem a tudo o que vem pronto (e que tem falhado estupidamente, como eu). Às vezes, a literatura nem se importa com isso. Resistência para alguns setores literários é meramente um quociente.

51

Rubato  

Revista com espaço total dedicado à Literatura.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you