Page 29

PR Ê M IOS

Outro assunto em voga é o lugar da poesia nos prêmios literários. Além dos lugares reservados na categoria poesia na maioria dos prêmios, como o Jabuti, ultimamente muitos prêmios especializados somente em poesia, como o Damário Dacruz e o Prêmio SESC de Poesia Carlos Drummond de Andrade vem ganhando espaço no calendério de prêmios literários. Num mundo acelerado, com uma multidão de poetas publicando a cada dia, um prêmio pode ser um elemento que ajude a chamar a atenção para um livro o seu autor. Mas não necessariamente é um termômetro confiável de qualidade. O crítico do jornal Zero Hora Carlos André tem sua opinião sobre o assunto: “Eu poderia dizer que a poesia vem sendo ignorada em prêmios ou que recebe pouco espaço, mas minha percepção é de que nos últimos anos isso não é verdade. Vários prêmios literários importantes reconheceram recentemente livros de poesia entre concorrentes de outras categorias. Ó, de Nuno Ramos, venceu o grande prêmio do Portugal Telecom 2009. “Fim das Coisas Velhas”, de Marco de Menezes, foi agraciado como Livro do Ano pela Açorianos 2010. Temos sempre que lembrar que prêmios e eventos não podem ser o objetivo de um escritor, são, quando muito, a consequência de seu trabalho. Mas eles podem ser uma das ferramentas que consiga acabar com as distâncias entre a poesia e o leitor. “Poesia é o onde eu encontro a melhor maneira de escrever o que eu quero. Não sei se estou fazendo certo, só sei que estou fazendo aquilo que gosto e quero fazer. Gostaria de poder dedicar mais tempo a isso, alias, é algo que tenho que realizar”. — ana guadalupe

29

Rubato  

Revista com espaço total dedicado à Literatura.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you