Page 1

Matheus.

www.diariodoesporte.com.br

São Paulo, Terça-feira 16 de outubro de 2012

15/10/2012 08h25 - Atualizado em 15/10/2012 08h25

Médico acha que Ganso estreia em 2012, mas evita estipular prazo José Sanchez afirma que recuperação do meia é superior ao que ele esperava, mas evita marcar data para retorno e espera treinos no gramado A recuperação de Paulo Henrique Ganso tem superado as expectativas dos médicos do São Paulo. É o que garantiu José Sanchez, um dos responsáveis pelo tratamento do jogador. Recentemente, o técnico Ney Franco afirmou que não se surpreenderia se o meia, contratado em setembro, só fizesse sua estreia em 2013. Mas Sanchez acredita que Ganso estará em campo ainda neste ano. O novo camisa 8 chegou ao Morumbi com uma lesão no músculo reto femural, ainda da época do Santos. O tratamento em sua coxa esquerda tem sido feito em dois períodos e a evolução anima o departamento médico. - A recuperação tem sido até superior ao que era esperado. Ele está muito bem, acredito que jogue em 2012, sim. Mas não há como estipular um prazo - afirmou Sanchez. Ganso faz tratamento no Reffis (Foto: Divulgação/ Site oficial do São Paulo FC)

Segundo ele, a dificuldade de prever uma data se deve ao fato de Ganso ainda não ter feito treinamentos no gramado. Para o médico, um diagnóstico mais preciso da melhora dessa lesão só poderá ser feito quando essa etapa for atingida. A expectativa dos fisioterapeutas é que no início de novembro ele esteja em campo.

Ganso foi contratado por R$ 23,9 milhões e assinou contrato por cinco anos com o São Paulo, após longa novela com o Santos. Na última sexta-feira ele completou 23 anos, mas nem assim recebeu folga dos médicos. Só descansou mesmo na tarde de domingo, quando acompanhou a vitória de seu novo time sobre o Figueirense. Quando o maestro chegou, o time oscilava muito e havia uma pressão para que sua recuperação fosse a mais rápida possível. Ganso chegou a abrir mão de compromissos comerciais, se "internou" no CT e recebeu elogios de Luiz

Rosan, o mais experiente dos fisioterapeutas do Reffis. Agora, com o São Paulo jogando um bom futebol, invicto há sete partidas e no G-4 do Campeonato Brasileiro pela primeira vez, até mesmo o clima para sua recuperação ficou melhor. Não existe mais uma exigência tão grande para que ele entre logo em campo. E o discurso de todos segue o mesmo: Ganso só vai fazer sua estreia quando estiver totalmente reabilitado. Além da coxa esquerda, os médicos têm trabalhado para evitar que o atleta tenha desequilíbrio muscular entre as pernas.


Esporte

Diário do Esporte

terça-feira, 16 de outubro de 2012

15/10/2012 12h29 - Atualizado em 15/10/2012 13h10

Guia do título: Fluminense vence mais uma e já tem 95% de chances A oito jogos do fim, Tricolor está a uma vitória de atingir pontos do título de 2010. Na luta pela Libertadores, São Paulo amplia vantagem sobre o Vasco Ainda faltam oito rodadas para terminar o Campeonato Brasileiro, mas o próximo campeão pode ser conhecido bem antes do fim. Após a vitória, de virada, por 2 a 1 sobre a Ponte Preta, neste domingo, em São Januário, o time tricolor chegou aos 68 pontos e aumentou as suas chances de ficar com o título nacional para 95%, segundo cálculos do matemático Tristão Garcia, idealizador do site Infobola. Vice-líder, o Atlético-MG, que soma 59 pontos, bem que fez sua parte e bateu o Sport por 2 a 1. Mas, ainda assim, viu suas chances caírem para 3%. O Grêmio, após o empate em casa por 1 a 1 com o Botafogo, tem 57 pontos e chances mínimas de tirar o caneco da equipe carioca: apenas 2%. Após a 30ª rodada, apenas essas três equipes ainda podem levantar a taça. Para fundamentar suas contas, Tristão Garcia lembra que mesmo que o Fluminense só atinja metade dos pontos ainda disponíveis, ou seja, 12 de 24, o Atlético-MG precisaria fazer uma média de 2,5 pontos por jogo, o que não consegue há muito tempo. O matemático lembra ainda que, após a 30ª rodada, o time das Laranjeiras já está a uma vitória de alcançar a pontuação dos últimos dois campeões - Corinthians, de 2011, e ele próprio, de 2010 -, que foi de 71 pontos. Para Tristão, a receita para conquistar o título brasileiro é fazer uma média de dois pontos por jogo, o que no fim do campeonato faria do campeão o time que atingisse 76 pontos. Assim, ele ressalta que o Fluminense já está oito pontos acima dessa média, que na 30ª rodada seria de 60 pontos, e o Galo, um ponto abaixo. - O Fluminense teria de perder quatro jogos seguidos para ver essa média cair. Assim, só tem uma maneira de o Fluminense não ser campeão, que é jogar fora o título. Ele só pode perder para ele mesmo e, ainda assim, os outros teriam que chegar. Beira o impossível. Mas ainda pode perder, só que terá de se esforçar muito - analisa o matemático. Em relação aos anos anteriores, apesar de ter menor vantagem para o vice-líder do que o São Paulo de 2007 - nove contra 12 -, o Fluminense é o time que soma mais pontos após a 30ª rodada desde a implantação do atual formato do Brasileirão, por pontos corridos e com 20 clubes. Já são 68 contra 63 do Tricolor paulista. Luta por vaga na Libertadores Em relação à Libertadores 2013, Tristão afirma que o Fluminense já tem pontuação suficiente para perder todos os pontos em disputa e não sair do G-4, mas ainda está a uma vitória de atingir a pontuação que garante o G-3. De acordo com o matemático, o número "mágico" de pontos para o G-4 é 67. - O Fluminense já está na Libertadores, é só uma questão de tempo - observou. Atlético-MG e Grêmio também já estão com passaporte praticamente carimbado para a América. Os dois têm 98% e 97% de chances, respectivamente. Em seguida, aparecem São Paulo e Vasco. O time paulista, após a terceira vitória seguida, sendo a penúltima sobre os próprios cruz-maltinos, deu um salto e viu suas chances crescerem de 56% para 73%. Já o Vasco, que perdeu mais uma neste domingo, para o Santos, por 2 a 0, na Vila Belmiro, agora só tem 29% de chances de ir à Libertadores do ano que vem. Os cálculos do matemático levam em consideração também o fato de o São Paulo, assim como Grêmio, ainda estar disputando a Sul-Americana, competição que dá vaga ao campeão. - São Paulo e Grêmio se aproximam de pegar a vaga pelo Brasileiro e seguem vivos na Sul-Americana, no caso de ficarem fora do G-4. Então, a situação para eles é muito favorável. Neste momento, eles estão encaminhados para ficar com a vaga pelo Brasileiro e deixar o campeonato com quatro vagas para a Libertadores - disse.


jornal  

Diário do Esporte

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you