Page 1

coffeestorm #1: made in japan


CON TEX TO

Após a derrota japonesa na Segunda Guerra mundial, o país passou por uma revolução social e econômica. Investimentos americanos e processos de reestruturação interna levaram ao aumento brutal do PIB japonês durante a década de 60. Com mais dinheiro nas mãos, os japoneses aos poucos foram se tornando uma potência consumista que atraiu empresas do mundo todo. E grandes cidades, como Tokyo, viraram cenário de ativação de marcas e base para lojas-conceito. A capital se tornou uma megalópole sem fim que transpira inovação por todos os cantos. Uma cidade com pessoas do planeta todo, conectadas com novidades, marcas e tecnologias que saltam do arquipélogo para o mundo.


SIMPLI FICAR


SIM PLI FI CAR

Megacidades, velocidade, pensamento rápido e tempo que não pode ser perdido. Este é o perfil básico de qualquer megalópole. Para facilitar o cotidiano e estabelecer uma comunicação mais efetiva com consumidores, que não tem tempo pra perder, os japoneses estudam e aplicam várias inovações tecnológicas em seu cotidiano.


SIM PLI FI CAR

QR CODES

Eles não são mais novidades nenhuma e estão presentes em toda parte do mundo, mas esses códigos criados pelos japoneses, por mais simples que sejam, podem ser utilizados de formas inusitadas e diferentes. São como códigos de barras que, ao serem lidos por câmeras de celular, direciona para algum endereço URL. Esse endereço pode apresentar conteúdo, passar um vcard, lançar um aplicativo, iniciar um download, dar um like no Facebook entre outras ideias que sempre podem ser pensadas.


SIM PLI FI CAR

ACESSO A APLICATIVOS

Com a leitura do código, podemos acessar aplicativos online ou baixar apps para smartphones.

INFORMAÇÕES

Acesso rápido a informações de produtos ou locais visitados.

PROPAGANDA

Uso em ações ou campanhas publicitárias, gerando interação ou apenas informação extra sobre o produto.


SIM PLI FI CAR

NFC (Near Field Communication)

Mais uma tecnologia que já conhecemos, mas que no Japão já é usada em níveis muito avançados. O NFC é um sistema que gera troca de informações através da aproximação entre um ponto de emissão com um de recepção. É possível realizar check-ins, pagar contas, trocar cartões de visita e ativar eletrônicos.


SIM PLI FI CAR

DINHEIRO

Serviços de pagamento de bancos e cartões de crédito tendem a funcionar via NFC nos cartões ou em celulares compatíveis.

LOCALIZAÇÃO

Bairros e lojas mapeadas com pontos de NFC podem fornecer informações ou opções de compra direto no telefone.

ELETRICIDADE

Sistemas de recarga de aparelhos via contato já estão disponíveis em lojas de eletrônicos e são a prévia do futuro com energia wireless.


PRE SEN ÇA


PRE SEN ÇA

Muitas vezes, as marcas encontram cenários e hábitos de consumidores que geram barreiras para seu sucesso nesse mercado. Isso faz com que elas desenvolvam estratégias para se adaptar a essa dificuldade e alcancem o sucesso comercial ou que ao menos estejam presente na mente das pessoas.


PRE SEN ÇA

Vending machines

Nos restaurantes japoneses é costume ter sempre grátis água bem gelada ou um chá grátis e à vontade. Então, tirando cadeias de fast-food, o hábito de consumo de refrigerantes nas refeições não é comum. Para permanecer viva e presente na cotidiano das cidades a Coca-Cola tem inúmeras vending machines espalhadas por quase todas as ruas.


PRE SEN ÇA

Carros

O sistema de transporte ferroviário japonês é imenso e funciona perfeitamente. O convívio entre pedestres, bikes e trânsito também funciona muito bem. Assim o uso de carros é quase nulo, ficando restritos a transportadoras e poucos usuários. O desejo de possuir uma marca de carro foi ficando cada vez menos existente. Já as bicicletas estão por cada centímetro das cidades e quase todo habitante possui a sua. As marcas de carros então passaram a produzir bikes com suas marcas. É possível comprar uma bike com qualquer grande marca de carro.


MON TAR


MON TAR

A barreira da customização está sendo ultrapassada e consumidores já conseguem montar seus produtos do zero em um nível de personalização extremo. Lojas permitem a montagem de produtos desde o rascunho até o produto final, com velocidade e simplicidade. Uma forma de permitir que em sociedades de consumo em massa cada pessoa tenha a sensação de possuir um produto único, ao invés de uma peça vinda de uma tiragem de milhares.


MON TAR

NICE TEE MEET YOU

Loja de camisetas onde você monta sua camiseta escolhendo cor, modelo e estampa.

UNDEWEAR

Montagem de cuecas e calcinhas do protótipo em um computador até a manufatura diante dos seus olhos.

SINGLE SPEED

Loja de bikes onde você faz o protótipo de sua bike em um computador, escolhe as peças pela loja e monta ela na hora.


TRANS POR TES


TRANS POR TES

O japão tem quase todo seu território cortado por trens. A área central e suas cidades conglomeradas são servidas pelo metrô no subterrâneo e pelo JR (Japan Railway) que cobre a mesma área, porém pela superfície. Já as cidades mais distantes são alcançadas por trens de baixa velocidades ou os Shinkansen (trem bala de alta velocidade), que andam em uma média de 300 Km/h. A maioria das estações do metrô é ligada às estações do JR, assim a troca entre as duas ocorre com muita facilidade. O JR corta o Japão em grandes elevados no meio da megalópole e, ao contrário do metrô, ele vai até as cidades mais periféricas, de onde vêm grande parte das pessoas para trabalhar diariamente na área central.


TRANS POR TES

Ao longo do desenvolvimento econômico borbulhante que o Japão teve após a Segunda Guerra Mundial, Tóquio foi ganhando cada vez mais essa características de “cidade moradia” na periferia. E todos os dias milhares de moradores gastam horas se deslocando até a área central para estudar ou trabalhar.


TRANS POR TES

Trens e estações

É fácil encontrar uma estação do metrô ou JR em qualquer quarteirão da cidade e algumas estações possuem mais de 100 saídas. Seguem algumas informações interessantes sobre o sistema de trens nipônico.


TRANS POR TES

INFORMAÇÃO

Tudo está muito informado com placas, mapas e direções escritos em kanji e em alfabeto ocidental também. Cada estação possui uma base de informação ao usuário, porém se comunicar em inglês é um desafio enorme, já que falar a língua é uma enorme barreira para os japoneses.

BICICLETÁRIOS

É comum a conexão entre usuários de bike com trem e metrô e o uso de bicicletas pela população é alto. Então quase todas as estações possuem estacionamentos pagos para quem precisa deixar a bicicleta e seguir com o trem.


TRANS POR TES

VENDAS

A presença de lojinhas, comércios, banco e vending machines nas estações é enorme. Isso graças às longas horas que os japoneses passam utilizando os trens e também pela praticidade de compra através dos cartões Suica e Pasmo do metrô, onde o mesmo cartão serve para dar ecesso à utilização dos trens e também possibiltam as compras.

TARIFAS

Como em algumas cidades da Europa, no Japão você paga um valor dependendo do quão longe você quer chegar na linha do trem ou metrô.


TRANS POR TES

ESTAÇÕES SONORAS

Os trens da JR trazem cidadãos de áreas muito periféricas da cidade. Como o período da viagem é longo, muitos dormem durante a viagem. Pensando em como facilitar a vida dessas pessoas, a companhia criou uma música para cada estação, assim quando o usuário chega ao seu destino, ele acorda porque o subconsciente decora que aquela é a parada dele.

CELULAR

As regras para o uso de celulares nos vagões dos trens são bem restritas. Por mais que o grande passatempo dos japoneses em uma viagem seja utilizar seis aparelhos, eles não podem emitir sons e ninguém atende a uma chamada para não incomodar os demais. E em áreas, chamadas de “cortesia”, até a manipulação dele é proibida.


TRANS POR TES

PROPAGANDA

Todos já devem ter visto o quanto a propaganda japonesa é peculiar, caótica e cheia de informações exageradas. Agora imaginem isso forrando todo o vagão de trem. Isso é o que se encontra em quase todos os trens. Cada centímetro é ocupado por uma comunicação e as marcas disputam espaço.

ATRASOS

Os trens japoneses são extremamente pontuais. Quando falamos dos Shinkansen, os trens bala, temos uma média de atraso de 6 segundos, contando os últimos 30 anos de operação.


TRANS POR TES

CAPACIDADE

No total Tóquio é cortado por uma média de 50 linhas diferentes e só a linha Ymanote, que é a pricipal linha de Tóquio, transporta em um dia a mesma quantidade de pessoas que as 26 linhas de metrô de Nova York.


TRANS POR TES

Bicicletas

O uso de bicicletas entre os japoneses é muito comum. Quase todos possuem uma bikcicleta, e a utilizam diariamente. Integração com trem e metrô é muito comum e existem inúmeros estacionamentos pagos próximos à estação. A cidade é cheia de ciclovias e mesmo assim todas as pessoas têm direito de usar as bicicletas nas calçadas ou ruas. O compartilhamento das vias e calçadas é harmônico e o respeito entre os meios de transporte é mais que comum.


Coffeestorm entrega  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you