__MAIN_TEXT__

Page 1

€3,99 ED. 12 N OV/D E Z 20 1 8

SABEDORIA


FOTOGR AFIA POR HALEY POWERS


Nesta edição sobre Sabedoria 10

Minimalismo e Feng Shui

12

No final é simples... rico é o sábio

14

3 Dicas Sábias de Organização

18

Capa por Cláudia Vargas

20

A Estória por dentro das estórias desta gente

28

Felicidade Plena

30

Um exercício de Parentalidade Consciente

32

Uma viagem minimalista

36

E N T R E V I S T A António Barbot

45

R U B R I C A Minimalismo no Digital

49

Poema Temperança

50

Expressão de Sabedoria

54

Pensar o futuro de olhos postos no passado

57

R U B R I C A Q &A Mulher Natural

60

R E C E I T A Banho Relaxante

62

Equilibre a sua Vida

64

Diário de Bordo a Bali

72

Sabedoria para escrever mais e melhor

76

C O N T O Memórias de Família

82

Pegada Verde

84

Afirmações Positivas

86

AGENDA WOLISTIC

88

CUPÕES DE DESCONTO

P. 3 6

Entrevista a António Barbot

P. 6 4

Diário de Bordo a Bali

P. 8 8

Cupões de Desconto

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

3


Edição

Doze

Revista Digital Dinâmica Clique nos links para ser diretamente direcionado para as respetivas páginas.

N OTA :

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial desta revista em qualquer idioma sem a prévia e devida autorização. A cópia de qualquer página ou conteúdo constitui crime passivo de punição judicial.

Nota do Editor Os textos são escritos em português lusobrasileiro, dando liberdade para cada autor se expressar de acordo com a formação gramatical e regionalismo.

A Equipe Master of Simplicity Magazine, por diversas vezes, recebe pedidos de leitores que querem ver gratuitamente artigos de colegas ou conhecidos que estão publicados em nossas edições. Por um lado achamos excelente o interesse e o apoio que querem dar aos vossos colegas, mas por outro lastimamos a falta de reconhecimento para com os profissionais que arduamente trabalham para cada edição. Esta revista tem um custo fixo e uma equipe que se esforça por trazer ao leitor excelentes informações, dicas, cursos, workshops, projetos e tantas outras informações

Contacto Para questões ou sugestões por favor contacte: masterofsimplicity@gmail.com

que beneficiam de forma significativa a vida de quem lê. Por este motivo, vimos solicitar respeitosamente que, se for o seu interesse, ao invés de pedir gratuitamente artigos ou edições, faça como outros tantos que pagam, demonstrando o seu respeito pelo nosso trabalho. Muito obrigado a todos.

#

IN S TAG R A M

@master_of_simplicity

H A S H TAG

#mosmagazine

FACEBOOK

/masterofsimplicity


A equipe D IR EÇ ÃO E ED IÇ ÃO

SUPERV IS ÃO E M A R K E T IN G

FÁT IM A T EI X EIR A

VERÓNIC A DE C A RVA LHO

Diretora da MOS Magazine, pianista, regente e professora. Mãe minimalista

Gestora de Redes Sociais Marketing Digital Consultora de Comunicação Digital

www.instagram.com/fatimateixeiraoficial

www.verónicadecarvalho.com

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

5


Contribuidores

nesta edição ANTÓNIO BARBOT

C ATA R I N A AG OS T I N H O

CLÁUDIA ANTUNES

Mentor do projeto Vida Macro. Editor de vídeo e videografo.

Blogger. Apaixonada pelas cores da vida. Procura alegria e inspiração nas pequenas coisas.

Mentora de Meditação e Transformação, Consultora de Feng Shui, Eterna Aprendiz

www.vidamacro.pt

www.mundodaalice7.blogspot.pt

www.freelifeflow.com

CL ÁUDIA VA RG A S

FÁT I M A G O U V E I A E S I LVA

J U L I A N A PR ATA

Alma de artista. Fotógrafa, criativa e entusiasta pela natureza

Coach, Formadora e Facilitadora de Parentalidade consciente. Mãe em crescimento.

Professora na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Brasil), coach de escrita e autora do blog Sua Vida Acadêmica.

www.instagram.com/estorias_da_gente

www.fatimagouveiasilva.com

www.suavidaacademica.blogspot.com


LUCIANE COUTO

MARGARIDA PEREIR A

NEUZ A C AVA LINHOS

Aprendiz da vida, terapeuta, escritora/poeta, mãe, viajante, minimalista, amorosa.

Amante do Autoconhecimento, Sagrado Feminino e Veganismo.

Viajante a solo. Podcaster e Blogger. Apaixonada pela Natureza.

www.instagram.com/coutoluciane

www.margaridapereira.net

www.salteidosofa.pt

PATR ÍCI A ZEN

R A FA EL A G A RCE Z

R I TA ROS A

Introvertida, adora comunicar, master em paradoxos e autora do site Nem Sempre Zen

Organizadora, designer e apaixonada pela simplificação através da organização.

Terapeuta de Saúde Natural no Feminino. Mãe e apaixonada por um estilo de vida consciente.

www.nemsemprezen.pt

www.rafaelagarcez.pt

www.mulhernatural.pt

SÉRGIO MIR ANDA

S O F I A C ATA R I N O

SUSANA MACHADO

Co-criador da Pegada Verde. Sempre a pensar em coisas novas!

Co-criadora da Pegada Verde. Apaixonada pelo design e pelo ambiente!

www.pegada-verde.pt

www.pegada-verde.pt

Geógrafa, professora, especialista em sustentabilidade. Escreve por um mundo melhor www.susanamachado.wixsite.com/formula-s

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

7


w w w. m a s t e r o f s i m p l i c i t y. c o m

F O T O G R A F I A P O R Kupono Kuwamura


Nota de

Editor

O UNIVERSO E A INTUIÇÃO

estão em sintonia. Quando um permite focar, o outro oferece em duplicado. E, novamente, temos a gratidão (de) presente.

Esta revista literalmente acompanhou o meu desenvolvimento pessoal, sendo que, terminamos agora 2018 com a palavra que eu havia

A confiança passa a ser um conceito muito mais recorrente. Os medos libertam-se. Tudo o que precisamos é unicamente lançarmos-nos

escolhido para este ano: sabedoria.

ao mundo e permitirmo-nos cruzar caminho Trabalhar este conceito ao longo destes meses firmou dois novos no meu dicioná-

com pessoas que entrarão no momento certo da nossa vida.

rio diário: intuição e universo. O que sentimos e desejamos realmente acontece. O que sentimos sobrepõe qualquer palavra proferida. Seja para o dia a dia ou para o universo. O que sentimos vem em duplicado. Por isso é tão bom sermos honestos. É tão bom sermos humildes

e

ajudarmos

quem

podemos.

Porque somos gratos, e gratidão retorna com mais intensidade ainda. O nosso foco é o nosso maior guia. Quando removemos distrações e tudo aquilo que nos prende, começamos a viver o que queremos realmente. Por isso o minimalismo e o universo

Quantas vezes já tivemos o mapa do tesouro nas mãos mas não percebemos? Estávamos demasiado ocupados com as distrações, as coisas menos positivas... Quando estamos focados de um modo saudável, a intuição dá-nos insights e ideias sobre os próximos passos... Pois então, que esta edição te inspire a encontrar a tua própria sabedoria e a aplicá-la no teu dia a dia. Boa leitura!

FátimaTeixeira M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

9


Minimalismo e

Feng Shui

T E X T O P O R Cláudia Antunes F O T O G R A F I A P O R Sara Dorweiller

O que acontece quando juntamos o desapego do Minimalismo com a harmonização energética do Feng Shui? Uma incrível melhoria do nosso equilíbrio emocional e conquista do poder pessoal!

Quando falamos de Minimalismo falamos de foco, propósito, sustentabilidade e organização. Falamos sobretudo de desapego: das coisas supérfluas que na maioria das vezes pensamos que nos fazem falta, que preenchem de alguma forma o vazio que sentimos ou, muitas vezes até, que fomos acumulando ao longo da vida sem nos apercebermos do espaço que foram ocupando não só nas nossas casas mas, acima de tudo, dentro de nós. E, quando preenchemos vazios com “coisas”, estamos a eliminar a hipótese de deixar esse espaço livre para algo melhor e mais mágico entrar… Deixamos, aos poucos e progressivamente, de ter espaço para a criatividade, para a liberdade de escolha, para a manifestação do poder pessoal e evolução emocional que precisa de terreno livre e fértil para brotar as suas sementes.


Uma casa cheia e amontada é um lugar de energia estagnada ou com grandes bloqueios à livre circulação da energia essencial. Esses bloqueios manifestam-se de diversas formas, desde conflitos, perdas financeiras, problemas de saúde, sentimento de caos e falta de conexão, entre muitos

uma imensa paz e segurança. Confesso que sou apaixonada por estas manifestações. É incrível e comovente ver como pequenas alterações têm o poder de transformar vidas que na maioria das vezes estão sub-

outros.

mersas há tantos anos.

O Feng Shui como arte milenar de harmonização

E são estas manifestações que desejamos par-

energética dos espaços, utiliza uma série de ferra-

tilhar e tornar acessíveis a todos aqueles que

mentas que irão potenciar novamente a livre circu-

pretendem assumir o controlo da energia que

lação dessa mesma energia e manifestar, a maioria

se vive nas suas casas, mas acima de tudo, da

das vezes de forma imediata, incríveis mudanças

energia que manifestamos nas nossas vidas.

positivas na vida das pessoas. Os processos do Minimalismo e do Feng Shui têm diversas etapas evolutivas, e todas elas envolvem um profundo percurso de autoconhecimento e

INSCRIÇÕES PARA O WORKSHOP:

tomada de consciência daquilo que para nós é fundamental ou faz realmente falta.

masterofsimplicity@gmail.com claudia.antunes@freelifeflow.com

É impossível percorrer esta caminhada sem descobrirmos novos recantos dentro de nós, sem sentirmos o poder da liberdade a manifestar-se e a gerar novas sensações que aos poucos nos inundam de

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

11


FOTOGR AFIA POR GARR ANA

No final é simples... rico é o sábio T E X T O P O R Patrícia Zen

Sabedoria. Palavra que associo a

Esta história é fascinante pois faz-me

Salomão, Rei de Israel, que de tudo

sempre pensar em como algo intangível

aquilo que podia ter pedido ao seu deus, simplesmente pediu que lhe fosse concedida sabedoria para liderar o povo. Salomão, mais do que pela

consegue ser mais poderoso que os bens materiais. Estamos habituados a ver pessoas influentes conhecidas pela sua posição na lista dos mais ricos da revista Forbes ou pelo seu império

impressionante riqueza, ficou conhecido

de empresas ou de ilhas privadas mas

pela sua imensa sabedoria.

raramente conhecemos alguém famoso


ou poderoso por ser sábio. E ser sábio já é de si uma riqueza. Imaterial, claro. Mas… não é isso que importa?

A sabedoria fica...

e muito sábio. A sua experiência em navegar pelo espaço, a sua compreensão por todas as espécies alienígenas, que lhe permitem ser um elo de ligação e manutenção da paz, é reconhecido por toda a sua tripulação, pelos seus superiores e até pelos seus inimigos.

...e passa a prova do tempo e exemplo são

É tudo e tão somente isto:

os bem conhecidos ditados populares.

experiência acumulada durante anos e anos

experiência, perspectiva

e passada de geração em geração.

... sabedoria.

Sim, porque ao contrário do Rei Salomão, a

E não é preciso irmos ao encontro da velhinha

nossa sabedoria não nos é concedida por

que vive isolada na floresta profunda, do

obra e graça de uma entidade divina mas sim

Gandalf de longas barbas brancas ou do

fruto da nossa experiência de vida.

eremita que vive na gruta e passa o tempo a

Sabedoria que advém do conhecimento, da

Tome-se por exemplo os livros de desenvolvimento pessoal, que na sua maioria são escritos por pessoas que passaram por uma experiência marcante. Aquela é a sua sabedoria, a sua perspectiva sobre um problema e a sua solução. Por isso que é os livros e as palestras destas temáticas são tão bem recebidos: nós gostamos de exemplos da vida real! Por muito que uma pessoa sinta compaixão por um acontecimento ou por alguém numa

meditar para obtermos conselhos ajuizados. Sabedoria não tem idade pois todos nós, independentemente de termos 20 ou 50 anos a possuímos. Infelizmente muitos tiveram de passar por situações adversas na vida para ganhar esse traquejo. Mas de outra forma, quando partilhamos esse conhecimento, não teria o mesmo impacto, porque são, afinal, exemplos de sobrevivência e de superação reais.

situação delicada, não é de todo a mesma

“Eu passei por isso, eu sei o que se sente,

coisa que ter a prática da vivência desse

eu sei como dói, eu superei, tu também vais

mesmo acontecimento. Como se costuma

conseguir!”

dizer é preciso “viver na pele” do outro.

Uma das nossas maiores riquezas é a

Quem é geek como eu reconhecerá

sabedoria interna, a que provém da nossa

na personagem do capitão Jean-Luc

própria perspetiva dos acontecimentos e

Picard, da série Star Trek Next Generation,

nos ajuda a observar com humildade, a

maravilhosamente interpretado pelo ator

compreender sem juízos de valor e a partilhar

Patrick Stewart, um homem sério, perspicaz

com muito amor.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

13


3 Dicas Sábias de

o ã ç a z i n a Org

T E X T O P O R Rafaela Garcez

Acreditamos que a organização transforma a vida das pessoas, pois se vivermos em espaços conscientes, organizados e minimalistas a nossa vida para além de tornarse mais simples e feliz, teremos mais tempo e espaço para viver. As principais causas da desorganização são: ter itens a mais e não ter locais definidos para cada item. Ao resolver estas duas situações a nossa casa ficará organizada para sempre.

VISUALIZAÇÃO Ao acordar, sugiro que a primeira coisa que faça é visualizar o seu dia. Estabelecermos os nossos objectivos do dia é uma das formas de vivermos de uma organizada. Experimente começar por respirar fundo, definir as 3 coisas mais importantes que tem para fazer (estar com o filho ou ir ao ginásio, contam) e imaginar-se a fazê-las com todos os pormenores necessários. Tenho a FOTO POR JE SSIC A WAT TER S

14

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

certeza que o seu dia correrá bem.


DOCUMENTOS Digitalize todos os documentos que for possível. Apenas guarde a impressão de certificados e

documentos

que sejam obrigatórios estar impressos. Tudo o que seja manuais, instruções, contas, não são necessários guardar. Dê um destino, digitalize e verá que ficará com um arquivo pequeno e organizado. FOTO POR HUGO BARBOSA

FOTO POR ALEX ANDR A GORN

ROUPA S Experimente todas as suas roupas. Ao vestir cada uma delas questione se a peça a faz feliz e se a faz sentir bem? (aquela peça linda que já não lhe serve ou aquela que imaginou usar numa ocasião específica, mas essa ocasião nunca aparece, são peças para irem embora). O fundamental é retirar todas as roupas do armário e perceber o que sente ao experimentá-las. Será um tempo produtivo, pois após esse exercício só manterá aquilo que o faz feliz e inevitavelmente se manterá organizado.


"Tudo flui através de ti, não para ti"

16

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


FOTO POR CL ÁUDIA VARG A S

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

17


Foto de Capa por

Cláudia Vargas

Alma de artista. Formada em Línguas e Literaturas Modernas. Fotógrafa essencialmente de pessoas na tentativa de fazer brotar a essência de cada uma, desconstruir modelos pré-concebidos. Criativa e entusiasta por natureza também se dedica à escrita. Tem um estilo de vida que apoia a sustentabilidade e o minimalismo, e tenta todos os dias conhecer(-se) mais e implementar na sua vida estas medidas.


A FOTO DE CAPA DANÇANDO EM TORNO DAS PALAVRAS

Da Sabedoria. Do sabedor. Quando a vida exigir de ti mais do que achas que podes suportar, olha-a nos olhos, enfrenta-a, destemida, mas com serenidade. Transformate, molda-te como o barro, recomeça, floresce, renasce, todos os dias se necessário. Quando achas que estás prestes a desabar está na hora de aceitar. O teu lado luminoso e o teu lado sombrio, a tua fortaleza e a tua vulnerabilidade. Dá tempo ao tempo, não tenhas pressa, permite-te saboreares este tempo com a certeza que está tudo certo. I N S TAG R A M

Sente com todo o teu Ser e deixa-te conduzir @estorias_da_gente

pela intuição. Quando a vida te doer nos pés de tanto

@claudiadn_insta

calcorreares o chão que pisas coberto de espinhos, abraça-te, com amorosidade, com compaixão, acolhe-te. Que da tua boca brotem sempre palavras sensatas, para contigo e para

FACEB O O K

/estoriasdagente

com os outros, mas que o silêncio seja de ouro quando assim o entenderes. Pede quando tens de pedir, acolhe quando te é solicitada hospitalidade.

Cláudia Vargas M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

19


A estória por dentro

das estórias desta gente T E X T O E F O T O G R A F I A P O R Cláudia Vargas

E A VIDA ENTENDEU QUE E S TAVA N O T EM P O D E FLORESCER E DAR FRUTO.

Não da forma mais esperada, mais desejada, não pelas regras que a sociedade dita. A vida levou-me ao chão, não quando soube que tinha uma doença crónica, de sua graça Endometriose Profunda Grave (e adenomiose), mas quando me começou a roubar pouco a pouco o que tinha idealizado para a vida. A tão sonhada. Roubou-me a labuta de todos os dias que exercia há dez anos, apoderou-se do meu corpo, aprisionou-me da minha rotina,

tentou

deixar-me

dependen-

te. E fui sua refém, por vezes ainda sou, porque é no corpo e na alma que dói. Cogita planos, sonha alto, deseja o Tudo da vida, porém, fica atento, que por vezes a vida tem diferentes planos para ti.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

21


AQUI REDESCOBRE, A D A P TA -T E . P E R M I T E-T E .

Permite-te Estar triste e não Ser triste. Permite-te chorar, abraça-te e deixa-te ser cuidado por quem te quer bem, mas amanhã, amanhã arregaça as mangas. Abriu-se uma janela, e inspirei fundo. Deixei entrar novo ar, novos planos, vou-me descobrindo todos os dias como quem vai tirando camadas de roupa que nos cobrem, até ficar a nú. Não é assim que somos paridos? A nossa essência, ali, expostas as nossas vulnerabilidades e as nossas fortalezas. Este é um processo que está em constante movimento, em constante evolução. Teria tudo isto certamente um propósito ou vários, teria tudo isto de fazer sentido de alguma ou várias formas.

22

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


E DEI À LUZ. E RENASCI COM ESTE PROJETO.


Intimista, que é regido pelo Ser e não pelo Parecer, transformador para mim e para quem o experiencia. Sempre,

com

cada

pessoa,

alguém fica com algo. É um espelho, todos nos vemos uns nos outros. Naquele momento és tu

eu

guardo algo que me acrescenta e

e a tua essência, sem julgamentos, sem barreiras.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

25


P E R M I T E-T E R E S T I T U I R-T E , OLHA R PA R A TI AMOROSAMENTE..,

... lamber as tuas feridas, tocar as tuas cicatrizes, agradecer por elas, relembrar o quão doloroso foi e depois o quão libertador foi livrares-te de toda a bagagem que te pesava nos ombros. E segue em frente, sempre. Faz as pazes, principalmente contigo. Mantém a fé e continua.

Agora aponta para não es-

queceres: nascemos para ser reais não perfeitos, abraça o que te distingue, celebra-o, é isso que te torna único. E tenta, todos os dias, sabendo que dás o teu melhor, e se não for suficiente luta mais. Se sentires que não é esse o caminho está tudo bem, muda de direção, e seja o que for, tenho a certeza que nascerá flor.

, s i a e r r e s a r a p s o m Nasce ão perfeitos n 26

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

27


Felicidade Plena

T E X T O P O R Fátima Teixeira

F O T O G R A F I A P O R Cláudia Vargas

Vivemos uma geração de dependência: do tele-

em pleno sabe o que quer e ainda assim confia

móvel, da televisão, do influenciador da novela,

na vida, em cada situação e no modo menos

dos pais ou mesmo dos cônjuges. As pessoas

provável como tudo acontece.

adaptam-se à vida ao redor muitas vezes de um

Confia. Acredita. Não dependes de ninguém. Nem

modo excessivo ao ponto de perderem a identida-

permitas que algo ou alguém roube qualquer

de permitindo assim que lhes seja “tirada” a felici-

pedaço de felicidade de ti. O maior erro é buscar

dade facilmente.

a felicidade em alguém que não em nós próprios.

Um dos maiores pontos nada positivos desta

Depois que a encontras, poucos entenderão

situação é que começam a julgar ou a simples-

como tudo ganha tanta mais identidade e valor,

mente não compreender quem está mesmo muito

mesmo após uma separação ou um ruir de algo

feliz, sem preconceito, sem crenças, sem “adaptações”. Ver alguém feliz em pleno é tão raro hoje em dia e tão rapidamente mal interpretado apenas

de ficar num território que não te atrai ou numa situação delicada.

porque todos os dias permitimos que algo ou

Poucos compreenderão o que sinto neste

alguém nos roube essa fatia de felicidade que faz

momento e o modo como amar-nos a nós

toda a diferença.

próprios acima de tudo muda todo o modo como

Quando vires alguém feliz em pleno, não julgues. Inspira-te. Essa pessoa não está livre dos seus

amamos os outros e de como nos respeitamos genuinamente.

problemas, apenas aprendeu a olhar por uma

Depois que nos apercebemos disto, é tão bonito

perspectiva diferente, bastante positiva, conec-

descobrirmos que ainda podemos voltar a ser nós

tada com a sua intuição, a qual suscita ainda

próprios, completamente, independentemente

mais confiança. Essa pessoa está alinhada com

de como foi a nossa jornada e sem precisar de

aquilo que acredita e procura rodear-se de outras

28

que estavas construindo, mesmo quando tens

estar com alguém.

pessoas assim. Ela pratica o que sente e é capaz

Ser feliz é saber dar o devido valor no momento

de ser sincera a um nível profundo. Alguém feliz

certo. Com #gratidão e #felicidade.

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

29


FOTOGR AFIA: PEXELS

...o que precisava era “desaprender”, “deixar ir” tudo o que não me servia, voltar à sabedoria inata do meu coração de mãe...


A nossa Sabedoria Interna Um exercício de Parentalidade Consciente T E X T O P O R Fátima Gouveia e Silva

Acredito na sabedoria inata de um coração de mãe.

… que mais do que aprender estratégias, o que pre-

Tenho aprendido nesta minha caminhada pela pa-

cisava era “desaprender”, “deixar ir” tudo o que não

rentalidade que nós na realidade já sabemos como

me servia, voltar à sabedoria inata do meu coração

ser uma boa mãe ou um bom pai.

de mãe: Amor incondicional, igual valor, conexão,

Sabemos, mas mesmo assim, nem sempre con-

presença… e escutar a sabedoria das minhas filhas.

seguimos seguir a nossa intuição e ligarmo-nos

É enorme a sabedoria dos nossos filhos, é uma sa-

à sabedoria do nosso coração... Sabemos, mas as

bedoria imensa que nos ajuda a aprender, a crescer

regras, crenças e preconceitos à nossa volta tol-

e a evoluir. Ser mãe/pai é o maior curso de desen-

dam-nos a visão e contaminam a sabedoria do

volvimento pessoal que podemos fazer é uma fan-

nosso coração… Sabemos, mas não confiamos…

tástica viagem de auto conhecimento.

Quantas vezes disse ou fiz coisas que preferia não

Às minhas filhas devo o meu maior crescimen-

ter dito ou feito. E porquê? Porque lá no fundo, o

to enquanto pessoa. Os filhos potenciam o nosso

meu coração de mãe sabia.

crescimento se quisermos aproveitar essa oportu-

Sempre que não confiei, que não fui autêntica, o

nidade.

meu coração de mãe sabia.

Aproveita, confia, o teu coração sabe! Tens todos os

Quando a Parentalidade Consciente entrou na

recursos em ti para potenciar a harmonia familiar e

minha vida, percebi que não há certos nem errados,

o crescimento saudável dos teus filhos.

que tudo depende, da situação, da criança, de mim

É assim, educar com o coração!

"Ser pai consciente é um descascar de tudo aquilo que não serve a nossa intenção como pais, um desaprender de tudo que não promove relações saudáveis baseadas no amor incondicional e tudo aquilo que não ajuda os nossos filhos a prosperar emocionalmente" MIKAELA OVÉN

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

31


Uma viagem

minimalista Despedi-me, vendi o carro, vendi os móveis, entreguei a casa, doei roupa e comprei uma mochila. Foi assim que, só de mochila às costas, em Janeiro deste ano parti de Portugal rumo ao Sudeste Asiático, com o objetivo de passar o ano 2018 a viajar a solo pelo mundo.

TEXTO E FOTOGR AFIA POR EM TA M CO C , V IE T N A M

Neuza Cavalinhos


EM KONGLOR, L AOS

Nunca tive tão pouco

e nunca fui tão feliz Quando a nossa “casa” passa a ser uma

viagem. Só me permito transportar um

mochila, ser minimalista é fundamen-

livro e quando o acabo de ler deixo-o no

tal. O primeiro desafio foi decidir o que

hostel para outra pessoa. Comprei muito

colocar na mochila. Escolher o estrita-

pouca coisa, praticamente só roupa que

mente essencial e não deixar-me levar

fui precisando. E de forma a conseguir

por supostas necessidades. Praticamente restringi-me a roupa, muito pouca e de forma a que todas as peças combinassem entre si. Sabendo que qualquer

trazer uma lembrança de cada país que visitei, optei por algo que transportasse no meu corpo e é assim que já levo 12 pulseiras no pulso.

necessidade que sentisse pelo caminho, poderia sempre comprar. A única coisa

Durante o caminho tive oportunidade

que transportei sabendo que provavel-

de experienciar o quão pouco precisa-

mente não iria precisar, foram medica-

mos para viver. Aluguei uma modesta

mentos. E mesmo assim foi a única coisa

casa em Bali para viver por 2 meses. A

que me fez realmente falta durante a

minha premissa durante esta viagem era

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

33


EM MACHUPICCHU, PERU

não adquirir absolutamente nada

mundo, mergulhei dentro de mim

de que não precisasse e, por isso,

mesma e conectei-me com a minha

nesta casa teria de viver com o

essência. Renasci, percebi quem eu

que lá havia. Na cozinha, só existia

sou e qual o rumo que quero dar à

um garfo e só existia um tacho.

minha vida.

Isto obrigou-me a ser criativa e or-

Viajar assim dá-me uma liberdade

ganizada para adaptar-me a esta

inacreditável. Quando não temos

realidade, mas no final não senti

nada, sentimos que nada há a

qualquer necessidade de ter mais

perder e isso permite-nos tudo. Tor-

do que tinha. Tinha exatamente o

namo-nos mais destemidos e em-

essencial.

poderados para arriscados voos.

Tudo isto permitiu-me focar-me no

Nunca tive tão pouco e nunca fui tão

que realmente importa. Desfrutei do

feliz como hoje.


EM SAPA , VIETNAM

EM UBUD, BALI

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

35


36

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


t o b r a B António E N T R E V I S TA

"O António é um rapaz simples que tem uma grande paixão por vídeo e que descobriu essa paixão por mero acaso quando estava a tirar um curso de Ciências da Comunicação. Nos últimos anos conseguiu aliar o vídeo a outra grande paixão: a macrobiótica! O Vida Macro nasceu um bocadinho por aí, ao conseguir unir essas duas paixões."

Quando começou o Vida Macro? A ideia original ocorreu em 2013. Eu estava a passar por várias mudanças na minha vida: terminara uma relação complicada, deixara de comer carne, o que

O projeto começou depois de fazer o curso de culinária macrobiótica com a Marta Varatojo, conhecer melhor a filosofia e ficar completamente apaixonado. A minha vontade era dar a conhecer essa in-

era um problema pois costumava comer carne em

formação às pessoas. O Vida Macro nasceu dessa

todas as refeições... Então procurei uma alternati-

vontade de partilhar. Era suposto ser um programa

va ao regime alimentar e fui realizar um curso de

de televisão sobre macrobiótica. Fizemos o piloto

macrobiótica, um bocadinho com muita ignorân-

em 2014 e apresentamos a televisões e a diversas

cia sobre o que seria, mas com ideia de ser algo

marcas, mas não conseguimos qualquer tipo de

talvez próximo do veganismo ou do vegetarianis-

patrocínio, apoio ou interesse.

mo. E descobri que não só é próximo disso como, na minha opinião, há muito mais! Mais do que um regime alimentar, é uma maneira de estar, e foi

A vida macrobiótica ainda não era muito falada...

após o contacto com essa filosofia de vida que real-

Eu sentia na altura que isso era o futuro e hoje em

mente começaram a operar mudanças muito sig-

dia sinto que é o presente. Acho que é absoluta-

nificativas na minha vida. Se olhar para trás, penso

mente necessária a preocupação alimentar, espi-

como mudou tanto em 5 anos!

ritual, de estilo de vida… temos que desenvolver


Alimentação macrobiótica é comer integral, local e sazonal

uma nova alimentação, uma nova espiritualidade,

frase: a alimentação macrobiótica é comer integral,

uma nova forma de estar, para realmente o mundo

local e sazonal.

voltar ao que era... Eu acho que o mundo está desequilibrado muito por causa do nosso impacto, isso nos últimos 100 anos, particularmente depois da II Guerra Mundial. Houve uma mudança muito forte e

E de que modo transpões da alimentação para o estilo de vida?

muito rápida e acho que com essa mudança rápida

O estilo de vida corresponde a estar completamen-

fizemos muitas asneiras e temos que voltar um bo-

te alinhado. Se eu como de forma integral, ou seja

cadinho ao que éramos e reequilibrar o mundo.

o grão integral com toda a sua energia, eu também devo ter uma vida integral, ou seja, enérgica, com bom movimento, feliz no meu trabalho, respeitar

O que é a alimentação macrobiótica? É super simples. Eu geralmente resumo numa

o meu local, o meu ambiente. Por exemplo, onde eu trabalho? Como o meu corpo se adapta a esse


sítio? E como contrabalanço com outras coisas? Por

E entretanto o teu projecto saltou de macrobióti-

exemplo, como eu trabalho a editar numa sala com

ca para algo mais envolvente...

baixa luz durante um dia inteiro, se calhar ao final do dia, devo fazer exercício para evitar uma vida muito sedentária. E por estar muito rodeado de mecanismos electrónicos, às vezes tenho de dar um passeio na floresta, ir correr ou fazer algo para adaptar ao meu trabalho. Depois é indispensável estar muito adaptado ao tempo e ao sazonal. Se

O projeto saltou naturalmente, mas também de uma necessidade. Depois de estar pelo menos um ano parado durante 2016, eu senti que o projecto ainda tinha muito para dar. E eu apercebi-me disso também porque a página de facebook, apesar de não ter qualquer nova publicação, continuava a crescer sozinha.

calhar no Inverno é muito melhor eu estar a editar fechadinho em casa, pois é tranquilo… e no Verão sinto que é mais para filmar, pois é mais bonito, há sol, há plantas…

Tu sentes que esse ano foi um ano zero só para a página ou para ti também? Sentes alguma relação?

Tu consegues reger a tua vida de forma macrobiótica apenas com três pontos. E no fundo, aquilo que tu tentas é apenas o equilíbrio. Nem em cima, nem em baixo. É estar no centro. Se estiveres no centro está tudo bem.

Sinto que foi um grande ano zero. Foi o ano em que estive desempregado parcialmente, em que nasceu a minha filha, em que houve muitas mudanças positivas, mesmo parecendo negativas, como por exemplo o despedimento que foi

O Vida Macro neste momento é tudo o que promove saúde, bem estar e felicidade

super tranquilo, ou seja, eu estava a editar um programa de televisão para um canal internacional e o programa acabou. Como o programa acabou, a minha função naquela produtora parou de fazer sentido. Eu só comecei a fazer o Vida Macro na linguagem em que está quando tive o material suficientemente bom e tempo para o fazer. E isso coincidiu com o ano em que eu tinha dois dias da semana livres e já tinha o material para fazer aquilo que eu queria. Então, a partir do momento em que tinha o necessário para o fazer, eu fiz. Eu acho que o Vida Macro já teve várias idades. Eu sinto que este último ano pelo qual ele passou foi um bocadinho uma infância, se calhar já com uma adolescência. E acho que agora vai começar a ficar mais maduro, mais sólido.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

39


Neste momento este projeto já é muito mais do

vejo as pessoas a fazerem isso, interrogo-me como

que Vida Macro. Como é que tu caracterizas este

nunca pensei nisso antes.

projeto?

E o projeto é mesmo isso. Há tantas maneiras de

Realmente o Vida Macro neste momento é tudo o

pensar que são óptimas… é como entrar numa bi-

que promove saúde, bem estar e felicidade. A base

blioteca e reconhecer que há tantos livros tão

é macrobiótica mas se calhar parece muito mais

bons! Eu posso achar que este é melhor ou pior,

do que isso. Eu fiz o curso curricular de macrobió-

mas são todos bons! E a Vida Macro é um boca-

tica e, no meu entendimento, isto é macrobiótica.

dinho essa ambição de dizer “olha tanta coisa

Tudo o que é a grande vida, a vida plena, feliz, é

boa… isto até pode não ser adequado para ti, mas

isto. E portanto eu acho que às vezes uma terapia

se calhar aquilo já faz sentido…” e é um ponto de

não acaba na mudança do regime alimentar, pois

partida para perceberes que há outras coisas. É o

há problemas muito mais profundos, há problemas

ponto de partida: como é que tens tanto conheci-

emocionais, depressão… por vezes há um trabalho

mento e o passas. Para mim o objetivo mínimo de

diferente que tem de ser feito. Por exemplo, o em-

cada vídeo é mudar a vida a uma pessoa. Se depois

poderamento da mulher é super importante. Às

mudar a vida a mais pessoas, então já é bónus. Se

vezes os trabalhos nem sempre são individuais… às

um vídeo mudar a vida a uma pessoa, espetacular,

vezes são de grupo, culturais, sociais, globais…

pois se tenho 300 vídeos terei mudado a vida a 300

Eu acho que tudo passa também pelo respeito: res-

pessoas. É lindo!

peitar a opção do outro mesmo que seja para nós completamente errada e isso é muito difícil especialmente quando é chocante no nosso entender. A título de curiosidade, depois de fazer o vídeo com a Ana Milhazes do Lixo Zero, apesar de estar a deixar de fumar, eu deixei de conseguir deitar uma

O que é para ti sabedoria? É utilizar o conhecimento que nós temos de uma forma eficiente e precisa. Mas acima de tudo, estar consciente das coisas.

beata pela janela do carro. Uma coisa tão simples,

No meu caso, por exemplo, o ato de deixar de

tão pequena, mas que tem um efeito tão grande a

fumar. O meu conhecimento diz-me que fumar faz

nível mundial e de poluição. Agora quando olho e

mal, polui, não traz nada de bom, perco dinheiro,

"Sabedoria é saber utilizar aquilo que nos é dado ou que nós criamos, de uma forma que nos traga mais felicidade e traga mais felicidade ao próximo." ANTÓNIO BARBOT


entre outras coisas. Eu tenho esse conhecimento.

não me custa nada investir um dia inteiro de um

Isso é conhecimento! Mas sabedoria é dizer que

lado para o outro, numa correria entre cidades, pois

isso é estúpido pois este conhecimento que tenho

conhecer essas pessoas é o suficiente para tudo

deve ser o suficiente, deve ser o argumento para

valer a pena.

eu deixar. Pois sabedoria é dizer “eu quero ser mais

E, poder promover aquilo que elas fazem e a

saudável, quero usar o dinheiro em outras coisas,

mudança que estão a operar no mundo de uma

quero respirar bem…” Então sabedoria é pegar

forma positiva é o suficiente para o meu projeto

nesse conhecimento e aplicá-lo de uma forma efi-

valer a pena.

ciente em função de algo melhor.

Tens viajado por todo o país, correcto? De que modo as centenas de pessoas que já gravaste mudaram a tua vida?

Sim, sempre que posso pego no carro e saio de Lisboa, apesar da minha base ser muito na zona da

Cada pessoa com quem eu falo muda a minha

grande Lisboa. Gosto muito de ir ao norte, pois sou

vida. Primeiro porque são todas pessoas que eu

de lá, e há muitos projetos fenomenais no norte, no

considero inspiradoras. Elas estão a fazer trabalhos

Algarve e por todo o país, mesmo fora do continen-

que considero lindíssimos e que contribuem para

te. Eu adorava ir às ilhas, conheço lá pessoas que

um mundo melhor. Eu acho que só o facto de, às

estão a fazer óptimos trabalhos! E gostava também

vezes, estar em contacto com essas pessoas por 5

de trazer pessoas de fora ou de ir ter com elas pois

minutos, já é muito positivo. Por isso que também

é facílimo viajar na Europa.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

41


Se um vídeo mudar a vida a uma pessoa, espectacular, pois se tenho 300 vídeos terei mudado a vida a 300 pessoas. As pessoas podem contactar-te ou apoiar-te fi-

edição mais bonita, os planos mais dinâmicos ou

nanceiramente?

algo super viral com gráficos a aparecer, mas para

Eu terminei a campanha de crowdfunding recentemente e tenho o projeto assegurado durante um ano. Nem tenho pensado muito nessa questão mas a verdade é que eu acho que as contribuições podem continuar a vir. Já fui muito reticente quanto a isso e agora acho que não se deve fechar a porta do dinheiro visto que há um trabalho envolvido. Quanto mais receber, mais consigo fazer. Daí a ideia de eu conseguir um patrocínio ou apoio. Eu consigo ver o projeto num futuro muito próximo com mais pessoas a trabalhar nele, com mais parcerias e plataformas. Eu acho que seria interessante ter sempre duas pessoas a operar camaras, ter jornalistas dedicados a uma parte escrita, trocar conteúdos de forma a todos crescermos juntos… No fundo, o que o Vida Macro também me ensinou é que isto é uma rede, e quanto mais nos ligamos a essa rede, melhor é a nossa vida.

mim é conteúdo. Eu posso ter um vídeo de uma hora ou quinze minutos, mas é sempre conteúdo que está disponível e que é gratuito. É conhecimento que está ali para uma pessoa aplicar se quiser. Eu já acreditei no início do projeto que os vídeos não deviam ter mais do que cinco minutos. Se eu filmasse uma pessoa durante quinze minutos, eu iria cortar até aos cinco. Hoje em dia sinto-me muito arrependido de ter feito isso pois eu retirei ali muita sabedoria. Eu privei pessoas de receberem aquelas mensagens que era muito boas e que cortei apenas por uma questão editorial. Hoje em dia já não penso assim, se os vídeos tiverem de ter vinte minutos, têm. Eu acho que se o conteúdo é bom, vai ser visto. Se for visto por uma pessoa que vê realmente interesse e que a vá ajudar na vida dela, está feito! Eu acho que uma das grandes ferramentas da sabedoria é o instinto. O instinto é uma coisa muito interessante, que cresce com a sabedoria

Concordas que o conteúdo é a base da sabedoria?

42

também. E às vezes o facto do instinto dizer “não

Sim, eu sempre defendi isso. Para mim a Vida Macro

vás por aí”, também é a nossa sabedoria a dizer de

é conteúdo, conteúdo e conteúdo. Pode não ter a

uma forma muito mais complexa que “se fores por

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


aí vais encontrar isto e aquilo…”. O instinto também sente a energia das coisas e pode levar-te a um sítio horrível mas que vai ser óptimo para ti! Podes precisar de estar no buraco para depois vires com outra força, como uma pessoa renovada e mais forte.

Consideras-te minimalista? Estou cada vez mais! Uma coisa que me ajudou muito a ser cada vez mais minimalista foi ter feito vinte e uma mudanças de casa desde os dezoito anos até 2013, o que dá sensivelmente 9 meses por casa. Cada vez que eu mudava de casa, eu deitava muitas coisas fora. E hoje em dia eu vivo

Quais os planos futuros para o Vida Macro?

muito assim. Olho para as coisas e penso que não preciso de tanta coisa… de tantos sapatos… Estou a

Eu reestruturei algumas coisas com base em toda a minha experiência destes últimos anos. Aquilo que eu quero partilhar é realmente a sabedoria das pessoas. O conhecimento seria dizer “olá, eu sou o António e faço vídeos”. Mas eu não quero fazer isso.

viver com menos porque não preciso daquilo tudo, e a vida torna-se mais desafogada. Quanto menos coisas materiais, mais a nossa cabeça se pode encher de coisas boas. O minimalismo é óptimo para nós conseguirmos ter espaço para pensar.

Eu quero algo como “olá, eu sou o António, faço vídeos e para vocês fazerem um vídeo bom aquilo que vocês precisam é disto e disto, e podem fazer desta e desta maneira”. Portanto o que eu quero imprimir no projeto é a sabedoria. Estou a tentar fazer todos os vídeos com essa vertente. Assim, filmar pessoas que têm o seu trabalho, que já desenvolvem há alguns anos, e que oferecem-nos esse saber que já adquiriram para nós o utilizarmos.

Fazes tudo sozinho? Estou a trabalhar bastante com a Sandra Xavier,

www.vidamacro.pt www.facebook.com/vidamacrotv

óptima jornalista, de forma a tornar o projeto maior. Apesar do grosso ser eu a fazer tudo sozinho, começo a trabalhar com pessoas que tornam o

www.instagram.com/vidamacrotv www.youtube.com/channel/UCws0fPVa0dLoSr_BCu1AnpQ

projeto possível. Aliás, o projeto nunca nasceu apenas comigo. O projeto foi uma ideia minha, mas já trabalhei com várias pessoas. O meu trabalho nunca é isolado mas sempre em rede.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

43


ASSINATURA ANUAL APENAS €19,87 (POUPE €4.07)


VERร“NIC A DE C ARVALHO

RUBRICA

Minimalismo no Digital

por Verรณnica de Carvalho W W W, IN S TAG R A M .CO M/ VC _ G E S TAO_ R ED E S _ S O CI A I S

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

45


Feed Minimalista Vivemos hoje na era do digital, das redes sociais e tambĂŠm estas podem ser um reflexo do nosso Ser.

Visite @nudemagazinept para visualizar na prĂĄtica estas dicas!


À medida que tomamos para nós o conceito de minimalismo, simplicidade e clareza, queremos tornar abrangentes a todos os vectores que compõem a nossa vida. Às vezes vejo imagens lindas, analisadas de forma individual, que no todo do feed ficam descontextualizadas. Como em tudo, o feed do Instagram , pode ser organizado, planificado de uma forma simples.

DIC A S PA R A MA RC A / EMPRE SA :

D I C A S PA R A CO N TA S PE S S OA I S:

1) escolher a cor preponderante, que o

1) não há necessidade de criar templates

seguidor associe à marca / empresa,

para publicações, o cuidado a ter é sobretu-

normalmente optamos por uma cor do

do com o estilo de imagem que se publica,

logótipo;

ter um tema transversal a pelo menos 9

2) as outras cores, devem ser neutras;

publicações; 2) basta “brincar” com filtros para criar uma

3) definir 2 templates a usar em pelo menos

ideia homogénea de cor.

9 publicações; 3) recomendo sempre a escolha de 1 ou 4) escolher imagens que sejam sinónimo da mensagem que se quer passar;

no máximo 2 filtros, usados de forma intercalada, que na linha do tempo pode ser

5) programar em aplicações próprias, assim

alterado;

podemos ver o resultado final e confirmar

4) costuma-se publicar de uma forma mais

se transmite a mensagem e imagem que

espontânea na conta pessoal, porém não

pretendemos, podemos alterar a ordem

invalida programar no Later.

das imagens e por a nosso gosto.

5) a app A design Kit permite escolher o

Recomendo o Later, a conta base é gratuita

formato, adicionar texto, moldura e stickers

e muito intuitivo.

à fotografia, tendo opções muito clean.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

47


DESCONTO 10% SOBRE O PREÇO ESPECIAL DE PRÉ-VENDA (PAG .89)

48

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


Temperança Poema por Luciane Couto

Todo dia o dia todo vou misturando especiarias afetivas tentando não deixar o coração endurecer enquanto me sirvo de bandeja.

FOTO P OR T H O UG H T C ATA LO G

Oficina

Poesia Terapêutica

Palavras frescas e macias pousadas sobre o lume

(Con)vivência da poesia como lente para o olhar para si e para o outro. Nesta oficina, a poesia

enquanto corto pensamentos

textual de autores brasileiros será usada como

e o desnecessário.

uma estratégia para uma assimilação lírica do

Deixo o essencial

real, servindo de suporte ao sujeito para uma

para sobremesa.

reflexão sobre o seu pensar, sentir e (inter)agir.

Provo misturas:

Responsável: Luciane Couto

pode ser menos salgado

Duração da oficina: quatro encontros semanais,

pode ser menos amargo pode ser menos.

com uma hora e meia de duração. Datas dos encontros: dias 03, 10, 17 e 24 de janeiro de 2019 (quintas-feiras).

Coruja piou

Horário: 20:00 às 21:30 horas

quando, enfim, entendi a receita

Rua Nogueira Pinto, Leça da Palmeira, Portugal

que Minerva ditou.

Investimento total pelos quatro encontros: €40

Farei fartas porções.

Inscrições: e-mail poesialucouto@hotmail.com Whatsapp: +5531984048596

Aceitas?

@lucianecouto

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

49


FOTOGR AFIA : MARIANA PACHECO


ExpressĂŁo de Sabedoria Um poema especial por Margarida Pereira

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

51


Vivemos para aprender a libertar. Diria, até, que a liberdade é a expressão máxima da sabedoria. É a mestria de viver além dos condicionalismos por nós mesmos ditados.

É certo, chegamos à Terra em plena fusão com o corpo da Mulher. Sobrevivemos na medida em que mantemos os vínculos emocionais. E evoluímos na proporção em que criamos o nosso próprio Eu.

Entretanto, são inúmeros os ritos de passagem. Rompimentos. Libertações. Até a fusão permitir a individualidade. Até deixarmos de viver no corpo ou na aura de outro.

Então, a expressão da sabedoria encerra-se no reconhecimento do Eu. E, para tal, é necessário libertar o medo de me olhar por inteiro. O medo de sermos íntegros. De vermos a luz e a sombra dentro de nós.

Ser livre para falar de mim é revelador. É ousado. É um impulso da alma. Quando a mente se prepara para esconder feridas ou memórias. Projectando-as no mundo exterior, para que eu não as reconheça como minhas.

Delegamos ao outro a nossa verdade interna. Perdemos o contacto com o Eu visceral, autêntico, real. Condicionados ou obstruídos pelo desconhecimento de nós mesmos.

52

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


É que a liberdade exige sabedoria. Para aceitar e validar tudo o que acontece dentro de nós. Soltando o outro da responsabilidade de cuidar daquilo que é nosso.

Apropriar-me de mim exige habilidade. Para que seja eu própria a resgatar a resposta, a palavra, a cura. A sabedoria que precede a verdade.

Tanto a verdade interior como a exterior. O meu mundo subtil e a realidade objectiva. Usando a palavra para os articular. Para me construir.

Também a palavra liberta. Indo além do reconhecimento. E nomeando o que vive dentro e fora de nós.

É que a liberdade exige expressão. Exposição. Iluminação. Direccionando o foco para o oculto e sombrio em mim.

E assim aprendemos a libertar. A expressar a sabedoria. Na proporção em que elevamos a consciência de todas as partes do Eu.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

53


Pensar o futuro

de olhos postos no passado T E X T O P O R Susana Machado

Há algo de mágico no saber acumulado de

Basta de pensar que a inovação tecnológica

geração para geração. É como um tesouro de

é capaz de dar resposta a todas estas neces-

valor é incalculável e que é preciso defender

sidades… Simplicidade, contenção e foco nos

e preservar acima de todas as coisas.

valores essenciais da vida humana são respos-

Mas, numa época e sociedade de tecnologia e informação, às vezes é tão fácil esquecer

veis a longo prazo na resolução de problemas

e desvalorizar todos os ensinamentos que

que temos vindo a criar ao longo das últimas

chegaram até nós e que resultaram de um

décadas.

trabalho minucioso, ainda que empírico, de

Isso implica, necessariamente, recuperar parte

observação, recolha e transmissão destes

da sapiência dos nossos antepassados. Pre-

saberes.

servar tradições e ofícios que tenderam a ficar

E no contexto em que vivemos - de um

perdidos e esquecidos na torrente de informa-

planeta esgotado e uma sociedade constan-

ção da vida moderna e globalizada. No fundo,

temente em crise - é imperativo que olhemos

respeitar a nossa herança cultural.

o futuro, com os olhos postos no passado. Tal

Há que fazê-lo com humildade de quem está

como fazemos nas nossas vidas pessoais, de

disponível para aprender e com a disponibilida-

forma a aprender com os nossos erros e a seguirmos um caminho de evolução.

54

tas mais consistentes, coerentes e sustentá-

de de, um dia mais tarde, o retransmitir. Porque as maiores lições podem estar onde menos

Uma vida mais sustentável implica a valoriza-

de espera e merecem ser difundidas. Porque

ção e o respeito das gerações passadas, de

pensar e agir de forma sustentável é olhar para

forma a conseguirmos satisfazer as necessi-

o mundo como um todo, onde cada um de nós

dades das gerações presentes e futuras.

pode e deve deixar uma marca positiva.

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


FOTOGR AFIA : CL ÁUDIA VARGA S

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

55


FOTO P OR JE SSIC A WAT TER S


R I TA ROS A

RUBRICA

Q&A Mulher Natural

por Rita Rosa W W W, IN S TAG R A M .CO M/R I TA ROS A M U L H ER N AT U R A L

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

57


FOTO POR ICONS8 TEAM

Pergunta da Maria Tavares:

cosméticos e sobre as consequências de usar cosméticos com ingredientes tóxicos. Falaram-me que, por exemplo, os parabenos e o alumínio não devem fazer parte e sempre usei produtos de cosmética com estes ingredientes. Quais os principais ingredientes que não devem constar nos nossos cosméticos?"

que saibam quem os faz e que sejam provenientes de agricultura biológica e biodinâmica. Alguns dos ingredientes que nenhum dos nossos cosméticos devem conter são: Laureth Sulfato de Sódio, Perfumes, Álcool, Dioxina, PEG, F-talatos. Estes ingredientes, usados diariamente, durante uma vida causam problemas de saúde respiratórios, hormonais, de pele e promovem uma maior absorção de

Maria, muito grata pela questão, é sem

toxinas. Acredito que deveríamos poder

dúvida uma preocupação cada vez

comer tudo o que colocamos na pele

mais recente e que merece a nossa

pois é o nosso maior órgão. Os nossos

consciência e mudança face à mesma.

cosméticos deveriam ser produtos da

Para além da importância de não conter

nossa despensa e jardim, ingredientes

alguns ingredientes tóxicos, recomendo

naturais e com propriedades medicinais

que os produtos de cosmética que

que adaptamos às nossas necessidades.

FOTOGR AFIA: CASEY KLEIN

"Hoje em dia fala-se muito sobre os

usarem não sejam testados em animais,


Pergunta Diana Esteves: "Ao pequeno-almoço gosto muito de comer pão e sempre comi com manteiga e queijo ou fiambre. Foi-me recomendado a deixar os lácteos e a charcutaria por questões de saúde e não sei o que colocar no pão que seja saudável, pode-me ajudar?" Olá Diana, compreendo perfeitamente! Grata por contar com a minha ajuda. De facto os lácteos e a charcutaria não são alimentos recomendados para a nossa saúde mas existem alternativas deliciosas e saudáveis. Defendo sempre que

FOTO P OR ROBERTA S ORG E

cada caso é único e que devemos comer para as nossas necessidades e contexto. Posso dar algumas sugestões mas deverá sempre adaptar ao seu caso em concreto. Sugiro utilizar opções como: abacate, azeite, ovo, compotas sem açúcar, manteigas de oleaginosas como as de sementes ou frutos secos (não devem conter outros ingredientes para além da semente ou fruto seco se for o caso), ou patês vegetais.

Pergunta da Ana Castanheira: "Gosto de usar azeite em tudo, inclusivé com o meu bebé, desde a alimentação à cosmética, pois acaba por ser muito versátil e uma gordura super saudável. Uso para toda a família mas li que existem alguns azeites que não são benéficos. Como posso saber como escolher um bom azeite?" Olá Ana, que questão fantástica e tão

FOTO POR MONIK A GR ABKOWSK A

importante. O azeite é de facto uma gordura saudável essencial e tão prático de se usar em tudo. Existem vários tipos de azeite, para as utilizações que menciona e tendo em conta que tem que dar eventualmente para um bebé recomendo que ao comprar um azeite o mesmo respeite estes requisitos: ser de 1ª Pressão a frio (por processos mecânicos), com um máximo de 0,5% de acidez, embalado numa garrafa de vidro escura, ser de uma colheita recente, ter um curto prazo de validade, vir de um produtor local ou lagar e ser testado de forma independente.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

59


! e x a l e R 60

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


Receita

Banho Relaxante INGREDIENTES

T E X T O E F O T O G R A F I A P O R Rita Rosa

• 3 colheres de sopa Sal dos hymalaias • 3 colheres de sopa Sal marinho • 1 colher de sopa de Farinha de aveia • 1 colher de sopa Flores secas de camomila • 1 colher de sopa Flores secas de calêndula • 1 colher de sopa Flores secas de alfazema • 5 gotas de Óleo essencial de alfazema

(opcional)

PREPA R AÇ ÃO Colocar num recipiente de vidro o sal marinho, o sal dos hymalaias, a farinha de aveia e as gotas de óleo essencial. Por ultimo, colocar uma camada de cada uma das flores até encher o recipiente. Encher uma banheira e colocar todo o preparado (a quantidade pode ser ajustada). Aguardar que o sal derreta e, se necessário, adicionar mais gotas de óleo essencial. Disfrutar e relaxar!

W W W. S T U D IO - S TA N DA R D . C O

ISSUE#1

61


Equilibre a

sua vida Soulpreneurs é um projeto conjunto de três almas inspiradoras que querem compartilhar os seus conhecimentos e ferramentas com todas as pessoas, para ajudá-las a prosperar, serem felizes e recuperarem o seu equilíbrio de vida. Combinando as suas diferentes forças e áres profissionais, as Soulpreneurs oferecem uma coleção de 6 webinars únicos e extremamente

TEMAS DOS WEBINARS: Coach de Optimismo

poderosos, cuja sabedoria coletiva o ajudará a alcançar o equilíbrio que você sonha.

Perdão Absoluto Cada um dos webinars foca-se num conjunto Reiki Equilíbrio Nutricional Vida Minimalista Produtividade Pessoal e Profissional

de ferramentas relacionadas com um tipo específico de problema ou tópico. Todos eles, juntos, constituem um manual completo.

Mais em: www.humanology.jessicajlockhart.com/courses/balance-your-life

62

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


FÁT IM A T EI X EIR A w w w.masterofsimplicity.com Fundadora e diretora da Master of Simplicity Magazine, mãe minimalista, pianista e empresária. Facilitadora, palestrante e ministrante de workshops. Já morou no Canadá e no Brasil.

JAMIE WEINHAUER w w w.positivedirectionsaz.com Coach de direções positivas para mostrar às pessoas que elas têm o poder de mudar as suas vidas de um modo positivo. Mestre de Reiki certificada.

JESSICA J. LOCKHART w w w.jessicajlockhar t.com Criadora e desenvolvedora de Humanologia, Coach de otimismo, Essência pessoal e perdão absoluto. Autora de quatro livros, apresentadora em dois shows ao vivo e renomada palestrante internacional.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

63


o i r á i D do r o B de

* BALI * NUSA LEMBONGAN * NUSA CENINGAN * NUSA PENIDA

T E X T O & F O T O G R A F I A P O R Catarina Agostinho

Para que os nossos sonhos se tornem a nossa realidade não basta sonhar, há que lutar, ser persistente e fazer acontecer. Aí sim, os astros alinham-se, o universo conspira e a magia acontece. Este ano durante 17 dias a minha realidade foi viver um sonho, viajei até ao outro lado do mundo e fui conhecer algumas das muitas ilhas da Indonésia... tive um choque cultural que me marcou para sempre.

O modo simples e humilde como vivem, e ainda assim sempre devotos aos seus Deuses (durante 1 dia fazem pelo menos 3 oferendas aos deuses, independentemente da sua classe social)

64

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


O s f a m o s o s c a m p o s d e a r r o z Te g a l l a l a n g , e m U b u d , B a l i ( b a s e d a a l i m e n t a çã o b a l i n e s a )

Os sabores diversificados (a fruta ĂŠ consumida diariamente das mais diversificadas formas)

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

65


O povo mais feliz que jĂĄ conheci (vivem com muito pouco mas cheios de gratidĂŁo)


Passear de catamaran pelas 3 ilhas Nusa, parar no mar alto para dar uns mergulhos e fazer snorkeling

e ver aquele fundo do mar que mais parecia um aquรกrio gigante!

Serenidade na praia Pandang Pandang em Bali.

A liberdade com que os animais vivem (sempre por toda parte).

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

67


B l u e L a g o o n , n a i l h a d e C e n i n g a n , d e u m a z u l q u e m e a r r e b a t o u o c o r a çã o

P r a t i c a r Yo g a c o m d i f e r e n t e s p r o f e s s o r e s e e m d i f e r e n t e s l u g a r e s . E x p e r i m e n t a r Yo g a c l á s s i c a I n d i a n a .


Ta n a h - L o t e m B a l i , u m t e m p l o n o m e i o d o m a r, q u e n o s p r e s e n t e i a c o m u m p ô r d o s o l d e c o r t a r a r e s p i r a çã o , s e g u n d o u m e s t u d o u m d o s m a i s b o n i t o s d o m u n d o !

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

69


G r a t i d ã o f o i o s e n t i m e n t o q u e i n u n d o u o m e u c o r a çã o c o m e s t a v i a g e m .


Nós não somos o que sabemos, somos o que estamos dispostos a aprender! Viajar para fora é muito mais que os passeios que damos, que a cultura que conhecemos, que os cheiros, sabores e cores que vimos e sentimos...

É um apurar de todos os nossos sentidos, é viajar em nós mesmos, é um reencontro connosco próprios, e muitas vezes uma descoberta de uma versão nossa muito melhor!

With love,

Catarina

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

71


FOTOGR AFIA: NICK MORRISON

Sabedoria do corpo e da mente

para escrever mais e melhor T E X T O P O R Juliana Prata

Sabedoria. Quer ser uma pessoa sábia?

Quando falamos de escrita, comumente tratamos de inteligência e conhecimento. Sabedoria é associada à emoção e até a espiritualidade. A imagem

Escrever com sabedoria?

do sábio num monastério está muito longe das realidades urbanas que vemos em nosso dia a dia. E quando falamos de sabedoria e escrita, então... A imagem de um professor idoso numa biblioteca antiga não poderia ser mais longe da minha realidade de prazos e metas. Esse texto foi feito para você que tem uma vida ocupada, mas que sabe dar

72

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


Sabedoria é associada à emoção e até a espiritualidade valor a ferramentas de ação para tomar suas

COMO BUSCAR A SABEDORIA

decisões com mais segurança e clareza. Nesta

PA R A E SCRE VER?

reflexão falaremos de técnicas que podem se utilizar da sabedoria do seu corpo e da sua mente para impulsionar seus sonhos e neces-

A sabedoria também está ligada a fazer

sidades diante da escrita.

escolhas. Para buscar o essencial é preciso

A sabedoria pode ser vista como prática, uma

saber qual é o essencial. Para isso, o silêncio

construção para dar suporte as nossas metas.

pode ser um grande aliado. Além do silêncio,

Há alguns meses publiquei o livro “Sua Vida

uma sessão de brainstorm- escrita em fluxo

Acadêmica: escreva mais e melhor”, onde trato

de palavras relacionadas a um determinado

de ferramentas, técnicas e dicas para uma

tema- tem se mostrado bastante eficaz na hora

efetiva melhora na escrita, especialmente da

de esclarecer questões, assim como a análise

escrita acadêmica, minha área de interesse.

de S.W.O.T. - acrônimo para Forças (Streng-

Nessa contribuição, apresento a você algumas

ths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades

dicas retiradas do meu livro. Algumas são inu-

(Opportunities) e Ameaças (Threats).

sitadas, mas peço sua confiança. O conjunto de técnicas foi fruto de muita pesquisa e, como professora de uma universidade, me defronto diariamente com bloqueios profundos de estudantes brilhantes que gostariam de escrever seus artigos e livros com destreza, mas que são impedidos por questões que vão além do campo da cognição. Após centenas de relatos nesse sentido, busquei fontes que pudessem auxiliar a mim e aos estudantes que me procuram na universidade e no meu blog Sua Vida Acadêmica.

SUA

V IDA AC A D ÉMIC A P OR JUL I A N A PR ATA DISPONIVEL ONLINE

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

73


Técnicas

para buscar a sabedoria do corpo Nosso corpo tem uma sabedoria inata que é desprezada por muitos de nós a maior parte do tempo. Estamos com sono e não dormimos, estamos com sede e ignoramos a necessidade, por exemplo. Para se conectar com o corpo e acessar a sabedoria necessária para levar uma vida com mais harmonia e equilíbrio e para que isso se reflita na forma como você escrever, confira as dicas a seguir. E saliento que nenhuma delas precisa de uma preparação especial.

DURMA BEM, Respeite seu corpo;

FAÇ A E X ERCÍCI OS D E RESPIR AÇ ÃO. Recomendo uma respiração sistematizada, com 4 segundos de inspiração, 4 segundos

AU M EN T E A I N G E S TÃO D E LÍQUIDOS;

de pausa, 4 segundos de expiração e os últimos 4 segundos de pausa, em ciclo, cerca de 10 vezes. Essa sistematização vai acionar

PR AT IQUE E X ERCÍCIOS FÍSICOS;

determinadas conexões que ajudam a entrar num estado de maior lucidez;

E SCRE VA SUA S IDEIA S NO PA PEL . A ciência já mostra como a memória muscular pode contribuir para a clareza e análise. Já são difundidas as benesses acerca dos ex-

D EI TA DA (O), B ATA O S D ED Õ E S DOS PÉS UM CONTR A O OUTRO POR CERCA DE 3 MINUTOS.

ercícios físicos, mas muito se tem avançado

Essa é uma prática de reequilíbrio energético

sobre o escrever com a “própria mão”. E não

e ativação do chacra raiz. Se você acha que

ligue se sua letra não for bonita. Sua letra é

isso não vai ajudar a escrever, experimente.

o seu primeiro sistema de criptografia e tem

Mesmo. Trabalho com pessoas altamente es-

um poder cerebral relevante na aprendiza-

colarizadas que dão depoimentos relevantes

gem;

sobre a prática, que é de origem tibetana.


Como acessar a sabedoria da mente para escrever mais e melhor?

A mente é um presente. Mas essa dádiva pode nos enganar. Principalmente quando entramos em ciclos de pensamentos repetitivos e limitadores. Para acessar outro nível de experiência de escrita com sabedoria, seguem minhas sugestões:

CO N H EÇ A E U S E F ER R A M EN TA S

ideias que ainda não tínhamos considerado,

DE ORGANIZAÇÃO:

além de podermos receber boas ideias do

agenda, caderno, aplicativos. “Mente clara

outro.

como a água” é o objetivo do especialista em produtividade David Allen, criador do método

OUÇ A FREQUÊNCIA S BINAUR AIS.

Getting Things Done (GTD), no qual sou estudante e recomendo muito;

São sons que você consegue ouvir gratuitamente na internet. São frequências sonoras que contribuem para abrir e consolidar novos

TENHA CONVERSAS ACADÊMICAS. A pesquisadora Helen Sword (2012) afirma

caminhos neurais e proporcionam novas experiências de aprendizagem;

como organizar seu pensamento sobre seus temas de escrita, através de uma conversa,

E SCRE VA E LEIA A FIRMAÇÕE S

pode ajudar a você ter mais clareza sobre

P O S I T I VA S S O B R E A S UA E S CR I TA .

o que procura e, como consequência, mais sabedoria.

Essa é uma técnica muito simples, mas muito importante e recomendada especialmente para

Quer escrever um livro? Converse sobre ele

mulheres. O universo da ciência é um espaço

com alguém. Nossa preocupação em orga-

recém-conquistado por nós, e questões de au-

nizar o discurso para o ouvinte proporciona

toestima, não raro, são muito fortes.

O caminho de qualquer prática se faz com a constância. A sabedoria não é um programa a ser baixado por nossos cérebros, mas um caminho a ser construído com o tempo. Espero que esse artigo te ajude a escrever mais e melhor e a construir a sabedoria que é sua por direito. Como diz a Monja Cohen, “A sabedoria é como um barco seguro no qual você navega na existência”. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

75


MemĂłrias de FamĂ­lia Um conto por Susana Machado


FOTOGR AFIA : CL ÁUDIA VARGA S

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

77


Raúl pousou as chaves em cima da mesa e deixou-se cair no sofá, com a cabeça escondida entre as mãos. - Então…confirma-se? – Maria perguntou, já antevendo a resposta. - Sim… - a voz sumiu-se-lhe. Maria sentou-se junto dele e abraçou-o. Deixaram-se estar ali por alguns momentos, apenas dando tempo e espaço às emoções. Ela sabia que não era o momento de fazer perguntas. Quando ele se sentisse preparado, abrir-se-ia com ela, como acontecera outras vezes. Não seria naquela noite, nem nas seguintes. Raul recebera, talvez, a notícia mais difícil da sua vida. O seu pai, que há vários meses vinha demonstrando um comportamento um tanto estranho, dificuldades de concentração e perdas de memória, acabara de ser diagnosticado com Alzheimer. Toda a família estava consciente do impacto que essa doença teria na sua vida…nas suas vidas. Mas provavelmente ninguém estava preparado para a enfrentar. Era domingo e tinha já passado uma semana, desde que Raúl recebera a confirmação. Em breve sairiam para almoçar com os pais e, por algum motivo, sentira necessidade de ver algumas fotos antigas. Por norma, não era dado a saudosismos. Guardava pouquíssimas recordações do seu passado, pois acreditava que as recordações eram mais importantes do que a imagem gravada num pedaço de papel ou na tela de um computador.

78

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


Mas o que pensar, perante a constatação de que as memórias podem pura e simplesmente perder-se de um dia para o outro?! Maria entrou e permaneceu em silêncio. Para ela era diferente. Não que discordasse da visão do marido, mas amava fotografar e, de vez em quando, tinha prazer em ver as suas fotografias. - Devia ter tirado mais fotos com ele… - rompeu o silêncio, sabendo que ela estava ali. - Tenho milhares de fotografias vossas, sabes disso! - Mas são todas da mesma altura! E as fotos que não tiramos antes de te conhecer? As fotos que não tiramos quando tu não estavas? Nunca mais poderemos recuperar esses momentos… Ela sabia que ele estava a viver emoções demasiado pesadas, a experienciar algum tipo de pânico ou até alguma espécie de luto, por isso, achou melhor não o contrariar. - Promete que vais tirar muitas fotos, a partir de agora….Sim, mais! Dele, nossas, dos miúdos…eu quero que eles se lembrem dele…quero que ele se lembre deles… Sem conseguir conter-se mais, as lágrimas rolaram freneticamente no rosto de Raúl. - Não é justo…ele ainda é novo…não é justo… - Shhhh, está tudo bem…está tudo bem…eu estou aqui contigo – ela repetiu a mesma expressão de consolo que costumava usar com os filhos, com o mesmo tom maternal. E, de alguma forma, isso fê-lo sentir-se melhor.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

79


Serenaram as emoções. Levantaram-se e, tal como acontecia quase todos os domingos, saíram para almoçar em casa dos pais de Raúl. Era um hábito simples, mas cheio de significado, para eles que há muito tinham optado por viver uma vida focada nos valores que partilhavam. A família era, certamente, um dos mais importantes. Quando chegaram, Raúl abraçou forte e ternamente o pai e depois a mãe. De uma forma que talvez nunca antes tivesse feito, cheia de emoções e pensamentos que ainda não se atrevia a verbalizar. De alguma forma, nesse abraço sentiu-se mais compreendido do que nunca. Sentaram-se para almoçar e, em pouco tempo, a naturalidade reinava em torno da mesa. Todos sabiam que aqueles momentos poderiam tornar-se cada vez mais raros dali em diante e assim, numa espécie de acordo silencioso, cada qual se determinara a aproveitar todos os momentos intensamente. Não havia, por isso, espaço para tristezas nem lamentações, naquele dia. No final do almoço os pequenos, sempre mais impacientes e determinados em aproveitar a vida, puxaram as mãos do avô e pediram-lhe para ir brincar com eles no jardim. Este acedeu imediatamente e foram acompanhados por toda a família que, de forma mais ou menos activa, ia participando nas alegres brincadeiras. Maria, um pouco mais isolada, pegara na sua máquina fotográfica e limitava-se a fotografar tudo o que podia. Pelo canto do olho tinha percebido o olhar terno e agradecido no marido. Continuava ainda a fotografar quando Raúl, depois de um belo jogo de futebol se aproximou dela, beijando-a ternamente. Avô e

80

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


netos estavam agora entretidos e empenhados na construção de um papagaio de papel, que teimava em não querer voar. - Obrigado! – Disse ele, enquanto a abraçava. - Sei como é importante para ti…e é algo que gosto de fazer… - Mesmo assim, obrigado! É reconfortante saber que, um dia, quando estes momentos desaparecerem, restarão as fotografias para avivar as memórias. - Acredito que sim. Mas sabes uma coisa? Por muito que eu goste de fotografar, acho que as fotografias nunca terão o poder das memórias que os nossos filhos vão guardar deste dia. Olha ali…os sorrisos, a alegria e mais do que isso…a sabedoria que o teu pai lhes está a passar, nenhuma fotografia consegue reproduzir. - Achas mesmo isso? - Hoje eles aprenderam como fazer um papagaio e estão a adorar cada momento dessa experiência. Mas acredito que aprenderam muito mais: paciência, persistência, a importância de errar e voltar a tentar e de colocar amor em tudo o que fazemos. E essa sabedoria que o teu pai lhes passa em cada brincadeira, meu amor, doença nenhuma poderá fazer esquecer! Raúl abraçou-a com mais força, apaziguado com a força que as suas palavras sábias lhe transmitiam naquele momento. No preciso momento em que o papagaio, sucumbindo à mestria e determinação dos seus construtores, finalmente levantava voo, parecendo querer confirmar cada uma das palavras que tinham acabado de ser proferidas.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

81


02

05

01 04

03

01

Kit de Refeição Kids Bambu PETIT COLL AGE €19,90

É livre de plástico, 100% seguro e inquebrável.

Pegada

Verde

02

Babu Escova de Dentes em Bambu BABU €3.99

São ergonómicas, amigas do ambiente e super giras!

03

Bolsa de Lanches Boc'n'Roll Eco R O L L' E A T € 8 , 9 5

Leve e flexível, adapta-se ao tamanho dos

Criada em 2009, a Pegada Verde é uma

lanches, servindo também como individual.

EcoShop online, focada em dar a conhecer alternativas ecológicas para as rotinas do

04

dia a dia.

Garrafa HIP Bottle HIP $19,95

Gira e funcional, junta o design à

Todos merecemos conhecer outras formas

sustentabilidade.

de fazer as coisas de sempre, mas de uma forma sustentável e divertida. Através de

05

Clima Bottle 330ml Little Buds

pequenas mudanças nas nossas vidas,

24BOT TLES €26,90

podemos deixar no planeta uma pegada...

Combinação única de design, praticidade e a

mais verde.

consciência ambiental, com um agradável acabamento suave

82

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


EQ U I PA P EG A D A V E R D E - E S Q U E R D A PA R A A D I R E I TA : M A RTA S I LVA , B RU N A C A RVA L H O, B RU N A S I LVA , S É RG I O M I R A N D A E S O F I A C ATA R I N O

Para além da sustentabilidade e fun-

empresas ou marcas que queiram

cionalidade dos produtos, o design

reforçar a sua posição e identidade

é algo que a marca tem em especial

enquanto amigas do ambiente.

atenção. Quem compra os produtos

Um dos grandes pilares de atuação

da Pegada Verde gosta de passar a

da marca é reforçar a relação e a

mensagem de que tem bom gosto e

proximidade com a sua comunidade.

de que se preocupa com o ambiente.

Muitos dos seus clientes online são

A par da loja online, a Pegada Verde

clientes habituais, o que reflete uma

faz distribuição e representação de

grande confiança no trabalho desta

marcas em Portugal e Espanha. É também possível personalizar alguns dos produtos da Pegada Verde, para

marca. Isto é o que a motiva a fazer mais e melhor todos os dias. Let's be green friends?

USUFRUA DE UM DESCONTO DE 10% UTILIZANDO O CÓ D I G O S IM PL I CIT Y 1 0 E M W W W. PEG A DA -V E R D E . P T DE SCONTO VÁ LIDO EM QUA LQUER COMPR A ATÉ 31 DE DEZEMBRO DE 2018. NÃO ACUMUL ÁVEL COM OUTR A S PROMOÇÕES EM VIGOR.

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

83


"

Eu tenho o poder de escolher como penso e como sinto. Eu escolho ser livre, independente e abundante. Eu confio na minha intuição e permito-me ser guiado(a) pela minha voz interior. Eu sou bonito(a) por dentro e por fora. Eu sou inteligente. Eu sou uma força poderosa no universo! Eu aprendi a direcionar e focar a minha energia de um modo poderoso. Nada me pára pois eu sou um(a) criador(a) eficaz em harmonia com a realidade que desejo.

84

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


FOTOGR A FI A : FAY E COR NISH

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

85


AGENDA

Retiros

86

W W W. M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM


AGENDA

Workshops

M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

87


Desconto de 10% na loja online www.pegada-verde.pt Desconto de 5% na loja online Rebento www.rebento.pt

simplicity10

simplicity5

código promocional

código promocional

Desconto de 15% na loja online www.bazarbazar.pt

Desconto de 10% na loja online www.fluffyorganicandeco.pt

SIMPLICITY-15%

MOS10FLUFFY

código promocional

código promocional

Desconto de 15% na loja online www.mercadonatura.pt

Desconto de 15% na loja online www.saracrave.com.au

Simplicity100

simplysara

código promocional

código promocional

88

DE SCONTOS VÁ LIDOS ATÉ 31 DE DE ZEMBRO DE 2018. NÃO ACUMUL ÁVEIS COM OUTR A S PROMOÇÕE S EM VIGOR .


Desconto de 20% na compra do OrganiCup, exclusivo na loja online OrganiCup em www.organicup.com

mynewperiod20%

BTS18-15OFF

código promocional

código promocional

Desconto de 20% na compra de qualquer pacote NutsNola

MOS20

MOS10

código promocional

código promocional

Desconto de 10% em toda a loja www.gotalightsoycandles.etsy.com

Desconto de 5% na compra de uma vela www.instagram.com/saponina_nature

MOS5

MOS10

código promocional

código promocional M A S T E RO F SI M P L I C I T Y. C OM

DE SCONTOS VÁ LIDOS ATÉ 31 DE DE ZEMBRO DE 2018. NÃO ACUMUL ÁVEIS COM OUTR A S PROMOÇÕE S EM VIGOR .

89


MASTER OF SIMPLICITY: www.masterofsimplicity.com www.facebook.com/masterofsimplicity www.instagram.com/master_of_simplicity www.pinterest.com/masterofsimplicitymagazine

GRUPOS DE FACEBOOK: Minimalismo e Vida Simples em Português www.facebook.com/groups/minimalismoemportugal

CANÇÃO DO MINIMALISMO: www.youtu.be/w-GQn-FDV6U

Profile for Master of Simplicity PT

MOS Magazine #12 PT  

Edição dedicada ao tema da Sabedoria, com entrevista especial a António Barbot do projecto Vida Macro, conto pela escritora Susana Machado,...

MOS Magazine #12 PT  

Edição dedicada ao tema da Sabedoria, com entrevista especial a António Barbot do projecto Vida Macro, conto pela escritora Susana Machado,...