Page 1

Menezão recebe Colar do Mérito de Contas no TCE

Manaus, 12/OUT/2019

3945 - Edição Digital


02 OPINIÃO

FALA SÉRIO

OS, Operação Sacanagem toma conta da Saúde

Virou caso de Polícia a calamidade da saúde do Amazonas. Os hospitais públicos de todo o estado sofrem com falta de infraestrutura e de pessoal. Servidores não recebem desde agosto e no Hospital Francisca Mendes, por exemplo, quem paga o pato são os pacientes. Falta tudo, inclusive o respeito de alguns servidores revoltados. Pacientes com graves problemas cardíacos em estado de desespero. Só quem está em estado de graça são os contratados das OS, a Operação Sacanagem, digo, Organização Social.

Gestão Raimunda

Tem uma OS que atende no Delphina Aziz, onde são feitas apenas 8 cirurgias/mês com atendimento médico que se limita a analgésico, soro e anti-inflamatórios. Pelo portal da Transparência a receita mensal dos aquinhoados é R$8 milhões/mensais. Mais abençoado que eles são o lado privado da PPP, que recebe R$10 milhões/mês. Os afilhados saem com a grana e o contribuinte com a bunda.

“Fartura, farta tudo”

É dramática, também, a situação do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, o maior do Amazonas. Ele é referência no estado e fazia cerca de 400 cirurgias por mês, segundo o sindicato dos médicos. Quem tem procurado por cirurgias de emergência é informado que o serviço está suspenso por falta de material.

Pôncio Pilatos

A assessoria da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) informa que o governo lavou as mãos como Pôncio Pilatos, alegando, 10 meses depois de exercício, que a situação dos hospitais e demais equipamentos de saúde “não são dessa gestão”. Limitou-se a informar que o secretário, que é vice-governador, está trabalhando em um plano para reestruturar a rede de saúde, com ações a curto, médio e longo prazo. Será, mana?

Sem banheiro nem vergonha

Nas dependências do Pronto Socorro 28 de Agosto há um cenário de guerra, a expressão de desespero de quem precisa de socorro parece não ter qualquer perspectiva de solução. Em uma sala improvisada para atender pacientes que precisam de internação havia na semana passada 60 internados. Um detalhe calamitoso: existe apenas um banheiro, que não funciona.

Manaus, 12 de outubro de 2019

O nível de comunicação cérebro-cérebro — II Parte

Chamar a pessoa pelo nome, apertar a mão dela com a mesma intensidade que ela aperta a sua e fazer-lhe perguntas abertas são as técnicas básicas para que o cérebro do seu interlocutor entre no processo e a comunicação passe do nível boca-ouvido para o nível cérebro-cérebro. Você já sabe a importância de chamar a pessoa pelo nome e como fazer para memorizá-lo. Agora, você vai saber mais sobre o aperto de mão e perguntas abertas. Aperto de mão - Existe uma linguagem corporal com a qual se pode transmitir firmeza, confiança e sinceridade. O aperto de mão é uma dessas formas de linguagem não-verbal. Talvez você não saiba, mas 40% das transações comerciais que não se concretizam são perdidas por causa do aperto de mãos. Imagine duas pessoas: uma aperta a mão com tanta força que mais parece um alicate, e outra aperta a mão com tanta delicadeza que mal se consegue tocar-lhe os dedos. Você já imaginou como seria um aperto de mãos entre essas duas pessoas? Numa transação imobiliária, se a pessoa que aperta a mão com força for tratar com um corretor que aperta a mão com delicadeza, certamente ela duvidará da firmeza dele para conduzir a negociação, e esta não se concretizaria. Por outro lado, se a pessoa com aperto de mão delicado for negociar com um corretor que aperta a mão com força, a negociação também não acontecerá, pois o corretor será considerado muito agressivo. O aperto de mão ideal precisa transmitir a seguinte mensagem: — Eu sou igual a você, pode confiar em mim! A importância disso é muito simples de entender; afinal, nós gostamos de pessoas iguais a nós. Perguntas abertas - Existem dois tipos de perguntas: as fechadas e as abertas. Perguntas fechadas são respondidas simplesmente com um “sim” ou “não”, automaticamente. Esse tipo de resposta, da qual o cérebro não participa, pode limitar o seu processo de persuasão: quando você obtém um “não” como resposta, fica mais difícil fazer a pessoa com quem você estiver negociando dizer um “sim”. Perguntas abertas, por sua vez, não podem ser respondidas com “sim” ou “não”, e aí está a vantagem do seu uso, pois o cérebro precisa participar da resposta. Por exemplo, em vez de perguntar a uma pessoa se ela está interessada em comprar uma cadeira, pergunte-lhe se, caso comprasse a cadeira, a colocaria na sala de visitas ou na sala de jantar. Para responder a essa pergunta, ela teria de pensar que já comprara a cadeira e que a cadeira já teria chegado à sua casa. Com a pergunta aberta, você “colocou” a cadeira dentro da casa da pessoa. Pessoas que usam com mais freqüência perguntas abertas ganham mais dinheiro na vida. Muita coisa pode ser conquistada nesse nível de comunicação. Grande parte do seu sucesso profissional concentra-se em dominar a arte da comunicação cérebro-cérebro. Mas para que o sucesso profissional possa acontecer de forma ainda mais espetacular, você precisa aprender a passar para o nível seguinte. Coração-Coração -Nesse nível, empatia e amizade se mani¬festam e os milagres da comunicação entre as pessoas podem acontecer. Afinal, sempre gostamos de falar “sim” para os nossos amigos e não nos importamos em dizer “não” para os nossos inimigos. Dr. Lair Ribeiro — Palestrante internacional, ex-diretor da Merck Sharp & Dohme e da Ciba-Geigy Corporation, nos Estados Unidos, e autor de vários livros que se tornaram best-sellers no Brasil e em países da América Latina e da Europa. Médico cardiologista, viveu 17 anos nos Estados Unidos, onde realizou treinamentos e pesquisas na Harvard Unversity, Baylor College of Medicine e Thomas Jefferson University. Webpage: www.lairribeiro.com.br

Ninguém Merece!!! • Em todo o Amazonas, médicos, enfermeiros e demais servidores estão com salários atrasados. • Algumas categorias ainda não receberam nem o salário do ano passado. O governador Wilson Lima culpa gestões anteriores pela crise, como se tivesse assumido ontem. • Dinheiro não falta: havia uma previsão de fechar o ano com R$17 bilhões e hoje o Estado registra R$19 bi. Quem está rindo de orelha a orelha são os Amigos do Rei. • Festas, inaugurações, anúncios de obras mirabolantes e uma agenda intensa de badalações, rock e pagode. No caso, é pra levar o povo… a pagode!!!

Editora Crata Ltda. C.G.C 05.925.020/0001-97 Rua São João, 278 S. Jorge Manaus AM 93.033-240 (092) 3673 9333 Miguel Jorge Mourão Diretor Mskt.news@gmail.com

Helton Rodrigues Editor executivo Maskate.redacao@gmail.com Nathalia Rank Gerência Administrativa Maskate.adm@gmail.com Depto. de Marketing Maskate.marketing@gmail.com (92) 98222-1010

Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, a opinião deste jornal. O Maskate não aceita matéria redacional em forma de publicidade.


MANCHETE

Manaus, 12 de outubro de 2019

03

Servidor público tratado como cavalo A saúde do estado do Amazonas vive seus piores momentos de terror. As pessoas não estão morrendo, estão sendo mortas pelo descaso, pela falta de recursos essenciais, pelo não pagamento dos servidores e, principalmente, por um inquietante clima de contravenção no uso da máquina pública. Propaganda governamental mostra inauguração de obras, investimentos em infraestrutura, no papel, é claro, enquanto nos hospitais, prontos-socorros e demais unidades de atendimento, o abandono impera. Médicos relatam os indícios claros de operações obscuras da

gestão dos recursos públicos. A implantação das organizações sociais (OS), um arranjo sombrio para para camuflar ilícitos, é a ponta de um iceberg de presepadas com o erário. Onde está o Ministério Público, tanto Estadual como Federal? Afinal existem recursos federais na folia entre amigos do poder no trato dos recursos públicos denunciada diariamente na Assembleia Legislativa do Estado. Invocamos a ação administrativa e fiscalizatória do Tribunal de Contas do Estado que saberá com lisura e competência apontar o festival de infrações e perversões gerenciais do atual governo do Amazonas.

Anúncio de esmola para os servidores Com sorriso amarelo no Face, Wilson Lima anunciou que vai pagar R$ 500 para os servidores como auxílio-alimentação, mas isso só a partir de 2020. Como se fosse um cala boca ao “morto de fome” do cidadão que faz a máquina andar, que rala todos os dias em hospitais, escolas, na segurança pública e demais serviços. Como se brincasse com a cara do povo, Lima mostra que é incapaz de gerir os recursos do Estado, não sabe como cortar

gastos desnecessários e enfia o espeto goela abaixo do servidor. Após ganhar mais de 1 milhão de votos nas urnas, Lima sentou na cadeira de governador e não sabe o que fazer. Mal assessorado, teleguiado, o apresentador não sabe para onde o Amazonas vai. Tirou dinheiro da Afeam para pagar o 13º. do funcionalismo, descobrindo os pés de quem contava com esse dinheiro para tocar seu negócio e sair da fila da fome.

Só tem o gogó

Basta dar uma olhada nas propagandas do Governo do Estado, para se perguntar onde fica esse Amazonas? A maioria dos deputados do Amazonas assinou o atestado de subserviência ao governador Wilson Lima e aprovou a concessão do título de Cidadão do Amazonas ao paraense que sentou-se na cadeira de governador e recebeu do povo o poder da caneta. O que Wilson teria feito até agora para merecer tamanha honraria? Deixado os hospitais sem remédios, sem estrutura e o povo sem atendimento? Congelado os salários dos

servidores? Esquecido de pagar os médicos, enfermeiros e todo o pessoal que luta pela vida da população? Ou seria alguma obra que só os deputados conseguem ver? Enquanto a população se queina nas ruas, na porta dos hospitais, na porta das escolas e nas redes sociais, a maioria dos parlamentarem abaixa a cabeça e faz vista grossa,em vez de defender quem lhes conferiu a responsabilidade de fiscalizar o mau-feito. Como se fosse a mais bem acabada tabelinha entre Gabigol e Arrascaeta, colocam a medalha no peito do governador e correm para o abraço.

Cheque em branco

13º será pago na marra A primeira parcela foi prometida para julho, mas não foi paga porque não tinha dinheiro. Ficou para novembro, mas também não tem dinheiro. O jeito foi tirar R$ 300 milhões da Afeam e não passar o vexame de deixar o servidor em o sagrado dinheiro do Natal. Wilson tirou mais de R$ 1 bilhão em investimentos da saúde, esporte e educação, congelou os salários dos servidores, viu a Secretaria de Educação envolvida em escânda-

los e nada fez. Este ano o Estado tem arrecadação de R$14,9 bilhões. Como é que não tem dinheiro? Onde foi parar toda essa grana? Lima colocou a culpa na Lei de Responsabilidade Fiscal, mas já estourou em gasto com pessoal R$634 milhões. Beneficiado pela Assembleia Legislativa do Estado, fez empréstimos para o povo pagar. Os deputados já liberaram este ano mais de R$1 bilhão em recursos. Cadê o dinheiro?

Wilson está como cego em tiroteio. Deve ser o excesso de números e de dinheiro na conta do Governo. Só este ano o Estado tirou mais de R$ 1 bilhão em investimentos da saúde, esporte, educação e vários setores para pagar gastos que sangram o Estado. Não se tem notícia de que as diárias das viagens do governador tenham sido descontadas do bol-

so dele, mas sabe-se que a Aleam já liberou este ano mais de R$1 bilhão de recursos e empréstimos. Sem fechar a torneira, o Governo vai tirar R$ 300 milhões da Afeam (Agência de Fomento do Amazonas) para pagar o décimo terceiro, deixando descoberto um setor que existe para gerar emprego, renda e botar comida no prato do cidadão.

Poço sem fundo

Este ano o Estado tem arrecadação de R$14,9 bilhões. Mesmo assim, só que se se escuta da boca do governador é que não tem dinheiro. Wilson que se agigantava ao lado de um anão na TV, afirmando que o Amazonas nadava em dinheiro, que o povo não aguentava mais esperar por uma vida digna, que o Estado era in-

competente, parece estar sentindo falta da maquiagem, luzes e da posição de atirador de pedras. Já estourou em o gasto com pessoal em R$634 milhões e, mesmo assim, conseguiu aprovar na ALE a chamada Lei Delegada, podendo abrir, fechar, contratar de demitir nas secretarias, sem que os deputados possam dar palpite.


04 POLÍTICA

Manaus, 12 de outubro de 2019

FIEAM discute nova política de desenvolvimento regional

A discussão da nova Política Nacional de Desenvolvimento Regional, PNDR, voltada para a Amazônia, tem que ir além do debate sobre os fundos constitucionais, na avaliação do presidente em exercício da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas, FIEAM, Nelson Azevedo, ao abrir a 37ª reunião de trabalho do Programa Conhecendo a Indústria, na quinta-feira (10), na sede da instituição. “As oportunidades para o desenvolvimento são amplas, desde que a ZFM seja preservada e existam investimentos na infraestrutura da região e na simplificação

das condições de operação das empresas”, disse ele. Dentro do tema “Desenvolvimento Regional da Amazônia”, a reunião, promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e Ação Pró-Amazônia, associação formada pelas Federações das Indústrias dos Estados da Amazônia Legal, contou com a participação de representantes da Suframa, Sudam, Banco da Amazônia, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos (SAE), entre outros.

Logística no Amazonas, presente!

Desafios da Zona Franca

No segundo painel da reunião, o superintendente da Zona Franca de Manaus, coronel Alfredo Menezes, apresentou os desafios e perspectivas do modelo ZFM. E destacou as ações para resgatar o papel da Suframa como instrumento de desenvolvimento regional. “Nos últimos 20 anos, o foco da Suframa era principalmente o Estado do Amazonas, deixando totalmente esquecidos os demais estados que são Roraima Rondônia, Acre e Amapá”, disse o superintendente. Outro resgate, segundo ele, ocorreu em relação ao setor de

comércio. “Com a Zona Franca, aqui no PIM, tínhamos somente o vetor de trabalho da indústria, esquecendo completamente a parte do comércio e serviços”, disse, exaltando a recente aproximação da Suframa com a Federação do Comércio. Segundo Menezes, a Suframa iniciou há duas semanas negociações com o Governo do Estado para revitalizar o setor agropecuário do Amazonas, a começar por um projeto modelo no município de Rio Preto da Eva, a 80 quilômetros de Manaus.

Sobre a realidade da logística para a operação industrial na Amazônia, o coordenador da Coordenadoria do Sistema de Transporte e Logística, Infraestrutura, Energia e Telecomunicações (CINF) da FIEAM, Augusto Rocha, foi enfático em dizer que não há investimentos expressivos em infraestrutura no estado. “Falamos muito sobre problemas de planejamento estratégico e dificuldades de planejamento para a Amazônia, mas no olhar de nós, especialistas, não existem problemas de planejamen-

to e sim de execução”, apontou ele. De acordo com o mestre em engenharia de produção e doutor em engenharia de transporte, é necessário executar atividades que já estão presentes há séculos nos planos de infraestrutura do estado. “É preciso executar esse resgate histórico, o povo fala em recuperar a BR319 como se fosse uma descoberta recente, mas isso é um problema secular, de um século de planos feitos e não executados, é isso que estamos enfrentando”, disse o coordenador.


05

Manaus, 12 de outubro de 2019

POL~ITICA

Em comemoração aos 69 anos o Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), mais de 20 autoridades públicas foram agraciadas com o Colar do Mérito de Contas entregue na manhã desta sexta-feira (11), no auditório do TCE-AM. Dentre os homenageados, esteve presente o superintendente da Suframa, Coronel Alfredo Menezes, reconhecido pelo grande trabalho que vem exercendo à frente do órgão. “Precisamos honrar a trajetória desses servidores públicos que prestam ou prestaram serviços exitosos à sociedade amazonense e contribuíram, direta ou indiretamente, para que o interesse público fosse preservado. Nós comemoramos 69 anos reconhecendo a competência daqueles que prestaram serviços ao Amazonas”, disse a presidente da Corte de Contas, conselheira Yara Lins dos Santos, durante a cerimônia. Ela completou a fala dizendo todos possuem características relevantes que saltam aos olhos da população. Entre os agraciados

estão o presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Yedo Simões e as desembargadoras Carla Reis e Nélia Caminha; o promotor do Ministério Público do Estado (MPE-AM), Aguinelo Balbi; o presidente do Legislativo estadual, Josué Neto, além dos reitores das Universidades Federal do Amazonas (Ufam), Sylvio Puga, e do Estado (UEA), Cleinaldo Costa, advogados, professores e servidores aposentados. Os agraciados foram indicados pelo sete conselheiros do TCE-AM e os nomes foram aprovados em reunião administrativa realizada pelo Pleno da Corte de Contas.

Menezão recebe Colar do Mérito de Contas no TCE

Governo vai dobrar limite de compras em free shops

Vai chegar a hora do Brasil na OCDE, diz Bolsonaro O presidente Jair Bolsonaro negou que o governo dos Estados Unidos tenha preterido o ingresso do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Durante sua tradicional live semanal, no Facebook, Bolsonaro afirmou que o apoio dos norte-americanos à entrada de Romênia e Argentina já era conhecido e que o Brasil terá sua oportunidade. Mais cedo, a agência de notícias Bloomberg informou que

governo dos Estados Unidos, por meio do secretário de Estado, Mike Pompeo, rejeitou um pedido para discutir o aumento de integrantes na OCDE, grupo que reúne 36 países, a maioria da Europa e América do Norte. De acordo com a agência, a informação constava em uma carta enviada por Pompeo ao secretário-geral da OCDE, Angel Gurria. No documento, os EUA confirmam apoio formal à entrada da Argentina e da Romênia no grupo.

O presidente Jair Bolsonaro informou hoje (11) que o governo federal vai dobrar o limite atual para compras em free shops. “Os brasileiros que voltam de viagens do exterior poderão comprar US$ 1 mil em produtos nos aeroportos – hoje, o limite é de US$ 500”, escreveu em sua conta pessoa no Twitter. Os free shops ou duty free shops são lojas geralmente localizadas em salas de embarque e desembarque de

aeroportos onde os produtos são vendidos sem encargos e tributos. De acordo com o presidente, o Ministério da Economia prepara decreto com a medida, a ser publicado nos próximos dias. Ainda pelo Twitter, Bolsonaro também informou que a cota permitida para compras no Paraguai, via terrestre, vai mudar. Nesse caso, o governo vai ampliar de US$ 300 para US$ 500 o valor máximo por pessoa que cruza a fronteira.


06

POLÍCIA

Manaus, 12 de outubro de 2019

Traficantes expulsam morador da própria casa para usar como bocada Traficantes de uma facção que domina a comunidade do Riacho Doce, bairro Cidade Nova, expulsaram um morador da própria casa, por julgar que a localização do imóvel era perfeita para a vendas de drogas. A equipe de investigação do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), foi até o local e prendeu um jovem identificado como Nelzimar Rodrigues de Azevedo, 18 anos. De acordo com o delegado Jander Mafra, titular do distrito policial, as investigações em torno do caso iniciaram após denúncias. “Nós recebemos uma denúncia anônima de que um proprietário de uma residência havia sido expulso da casa dele para que um grupo ocupasse o local e fizesse um comércio de drogas. Isso nos preocupou e passamos a investigar”, conta o delegado. Que relata ainda que a equipe foi recebida a tiros. “Por motivo de segurança da comunidade, não revidamos, mas eles deixaram uma certa quantidade de drogas para trás. Uma equipe permaneceu à espreita, foi quando esse rapaz apareceu para buscar os entorpecentes e recebeu voz de prisão”, explica Mafra. Nelzimar foi preso por tráfico de drogas e encaminhado a delegacia e permanecerá a disposição da Justiça.

Em Manaus, homem é preso tentando traficar adolescentes para SP A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), sob a coordenação da delegada Joyce Coelho, titular da especializada, deflagrou na madrugada desta quinta-feira (10/10), em zonas distintas da capital, a operação “Ponte Aérea”. A ação resultou na prisão, em flagrante, de Israel de Souza Melo, 25, por coordenar o transporte e embarque de três adolescentes que viajariam para trabalhar em uma casa de entretenimento adulto, no estado de São Paulo, onde seriam exploradas sexualmente.

Segundo Joyce Coelho, as diligências em torno do caso iniciaram após o recebimento de denúncia anônima, informando que as vítimas, três adolescentes, sendo duas de 16 anos e uma de 17, estavam sendo induzidas a viajar para o estado supracitado. “Ao nos aprofundarmos na investigação sobre o caso, conseguimos identificar que haviam passagens aéreas emitidas em nome das adolescentes, em voo que sairia na madrugada, do Aeroporto Internacional de Manaus – Eduardo Gomes, com escala em Brasília e destino em São Paulo.

Ex-vereador de Presidente Figueiredo e esposa são presos por golpe O ex-vereador do município de Presidente Figueiredo, Maurício Gomes de Souza, 43, conhecido como “Magom”, e da esposa dele, Maria Jussara da Silva Marreiro, 32, foram presos na tarde desta quarta-feira (09/10), em um condomínio de luxo no bairro Ponta Negra, na zona oeste, em cumprimento a mandado de prisão preventiva pelo crime de estelionato. De

acordo com Demétrius Queiroz, delegado adjunto da DERFD, o casal passou a ser investigado após o registro de um Boletim de Ocorrência, no mês de julho, relatando que a dupla vendeu um imóvel onde morava alugado usando uma procuração falsa. O imóvel foi negociado por R$ 2,6 milhões. “Ele (o proprietário) veio tomar conhecimento muito de-

pois, quando foi entrar no condomínio para ver a casa dele, cobrar os aluguéis que estavam em atraso. O Maurício não renovava mais o contato, quando ele voltou lá no condomínio, já tinha outro dono. Ele foi tomar conhecimento de tudo e trouxe o caso à delegacia”, explicou. Durante as investigações, foi constatado, de fato, que o casal havia cometido o crime.


POLÍCIA

Manaus, 12 de outubro de 2019

07

Golpe do frete: cinco motoristas são roubados após aceitar viagem

Um novo golpe vem afligindo os motoristas do transporte autônomo de cargas, o famoso ‘Frete’ e tirando o sono dos trabalhadores. Só essa semana no 6º Distrito Integrado de Polícia, já compareceram cinco motoristas para denunciar, que foram roubados por um homem que solicita o transporte de moveis. O infrator tem o próprio modus operandi ao abordar as vítimas. O golpista age da seguinte forma: solicita a viagem até onde ele está, no local ele diz que chegou recentemente em Manaus e que comprou os moveis de uma mulher e precisa ir buscar. Ele então pede emprestado o celular do caminhoneiro com a desculpa de que precisa ligar para a pessoa que supostamente está vendendo os objetos.

O motorista Eliomar foi uma das vítimas desse homem e conta como foi roubado. “Ele li-

gou solicitando o frete, acertado o frete, eu fui lá com ele. Chegando, ele pediu meu telefone

para ligar para uma pessoa, que supostamente é quem estaria vendendo os móveis. Disse que estava aqui recente, dois, três dias e que estava comprando os moveis. Por isso tava solicitando o frete para ir buscar”. conta Eliomar. Eliomar então seguiu caminho para o local indicado e quando estava próximo ao destino, o infrator pediu novamente o aparelho fez uma ligação e quando o motorista chegou ao local indicado ele anunciou o assalto e levou todos os pertences do motorista. “Ele levou tudo e fugiu pela mata. No bairro em que foi roubado, São Judas Tadeu, os moradores disseram que não é a primeira vez que eles observam o mesmo homem cometer esse tipo de crime.

PM segue o líder e prende flamenguistas em beco do tráfico no Coroado Diego Willas Peixoto, 33 anos e um menor de idade de 17 anos, foram flagrados vendendo drogas na rua Flávio Costa, bairro Coroado, zona Leste. A prisão e apreensão foi realizada por policiais militares da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), por volta de 1h desta sexta-feira (11). De acordo com a PM, uma denúncia foi feita via WhatsApp e como o local já é conhecido da polícia pela intensa ven-

da de drogas, uma equipe foi averiguar. Quando os policiais chegaram, os infratores perceberam a presença dos policiais e tentaram fugir, mas foram contidos. Na revista pessoal foram encontrados com Diego Willas: 15 porções de supostamente Cocaína, 26 porções de supostamente Oxi, 01 porção grande de supostamente Cocaína, 01 porção de supostamente Oxi e 02 celulares.

‘Piratas dos Rios’ são presos com armas e munições em Coari Policiais militares do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Coari, na noite desta quintafeira (10/10), detiveram um homem de 54 anos e apreenderam um adolescente de 17 anos, com um arsenal de armas e munições que estavam escondidas em uma residência utilizada como base logística para “piratas dos rios”. Com eles, os policiais apreenderam uma pistola calibre .40 de marca Taurus e numeração suprimida, uma pistola calibre 380 com numeração suprimida, duas

espingardas calibre 12, uma escopeta calibre 12, oito cartuchos calibre 28 intactos, 12 cartuchos calibre 12 intactos, um cartucho calibre 16 intacto, cinco munições calibre .40 intactos, sete munições calibre 380, duas capas de colete balístico, uma gandola camuflada e oito recipientes para combustível. Diante dos fatos, os suspeitos e todo o material apreendido foram apresentados na 10ª Delegacia de Polícia do município para os procedimentos legais.


08 ECONOMIA

Manaus, 12 de ou

Menezão põe um olho no peixe da ZFM e outr

O cidadão amazonense e o que aqui vive não entende porque comemos tomate do interior de São Paulo, goma, justo a goma da tapioca, tacacá e bolo podre, no Paraná, cheiro verde em Fortaleza e frango em Chapecó, Santa Catarina. Pois é... importamos 80% de tudo que comemos. Até tambaqui que, na safra, faz lama, como se diz na Feira da Panair. Na safra, sequer temos refrigeração para conservar as 15 toneladas de peixe que jogamos no lixo. Abundância maligna. Esta é a razão da Suframa, através de seu Superintendente, Cel. Alfredo Menezes, ter colocado nas suas prioridades o setor primário.


ECONOMIA

utubro de 2019

ro no gato da agricultura

09

Atracado com Muni Lourenço

Semeadura insistente e colheita abundante Nesta quarta-feira, ele chamou os representantes do setor primário. Eles estão permanentemente mobilizadas pela obstinação do Coronel. Menezão se atracou com lideranças como a de Muni Lourenço, presidente da FAEA, entidade da Agricultura, um herói do setor, por sua vibração e compromisso, e não larga. Ambos se assemelham à tampa e à caçarola quando

o tema é produzir o baião de dois no beiradão amazonense. Menezes desembarcou nesta semana de suas investidas em Brasília para cuidar do peixe da ZFM mas não desgruda o olho do gato que se esconde no Distrito Agropecuário da Suframa, onde ele começou a desenhar um modelo demonstrativo a ser oferecido aos municípios da Amazônia Ocidental e Amapá.

Nos primeiros dias de 2020 estará aberta a chamada pública para licitar as glebas do Distrito Agropecuário, historicamente entregue ao uso equivocado e apadrinhado como quase tudo na cultura local da região. Licitadas as glebas, devidamente aprovadas a partir de projetos bem desenhados, consistentes, viáveis e procedentes, serão oferecidas linhas de crédito aos interessados na produção de alimentos, fár-

macos e cosméticos, além de óleos e resinas com aplicação industrial. Empresas como a Vitaderm, de capital brasileiro, já se dispuseram a sentar com as autoridades locais para abrir Indústria-escola para qualificação de pessoas interessadas em operar em clínicas de estética. Uma mudança de paradigmas, posturas e metas. Assim, a caminhada é mais firme, a semeadura insistente e a colheita abundante.

FIQUE EM DIA

Renegocie a sua dívida. Movimente a sua vida. OPERAÇÕES RURAIS E AGROINDUSTRIAIS COM RECURSOS DO FNO CONTRATADAS ATÉ 2011.

ATÉ

80% PARA QUITAR SUAS DÍVIDAS COM CONDIÇÕES ESPECIAIS.

Aproveite esta oportunidade imperdível para ficar em dia, limpar o seu nome e voltar a crescer com sustentabilidade.

PROCURE LOGO A SUA AGÊNCIA E CONVERSE COM O GERENTE. CARÊNCIA ATÉ 2020. PRIMEIRA PARCELA VENCE EM 2021 E A ÚLTIMA EM 30/11/2030. PRAZO PARA EFETIVAÇÃO ATÉ 30/12/2019.

Lei nº 13.729

DE DESCONTO


10 ECONOMIA

Manaus, 12 de outubro de 2019

Proposta 169: a proteção da ZFM rio origem x destino, entretanto ela tende a destruir a arrecadação do Amazonas, impedindo com isso que o Estado tenha capacidade de execução de políticas públicas, necessárias para o desenvolvimento socioeconômico, e consequente melhoria da qualidade de vida da população.

Riscos inflacionários

Saleh HAMDEH (*)

Acima de tudo, o que importa é proteger a Zona Franca de Manaus. Por isso, atentos aos movimentos de discussões e rumos da Reforma Tributária no Congresso Nacional, é porque estão em jogo os investimentos e empregos gerados pelas atividades industriais da ZFM, e ainda por considerar que as propostas em tramitação nas duas casas legislativas, são extremamente danosas à Zona Franca de Manaus, as entidades empresariais da indústria do Amazonas encaminharam à bancada do Amazonas, proposta de emenda para preservar as prerrogativas originais nossa economia.

Parlamentares em movimento

A Emenda 169, assinada e apresentada por todos os Deputados da bancada Federal do Amazonas, é alternativa à PEC 45, proposta inicial da Reforma Tributária. Nossa proposta decorre e se fundamenta no mandamento constitucional previsto nos arts. 40, 92 e 92-A do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias com o objetivo de garantir, no novo sistema tributário proposto, tratamento tributário que resguarda os direitos da ZFM, mantendo suas características de área de livre comércio, de exportação e importação, e de incentivos fiscais, até o ano de 2073.

Baseada em contrapartida fiscal

A atração e a manutenção de investimentos, empregos, e formação de capital intelectual na Zona Franca de Manaus, está diretamente vinculada as questões tributárias, tendo nas alíquotas dos tributos, sua principal base de vantagens, com isso, a desgravação de alíquotas remete ao fim das atividades industriais, atualmente instaladas, e consequente perda de atratividade para novos negócios.

Inversão não resguarda vantagens

Ressaltem -se os esforços que estão na base de elaboração da proposta que fundada na inversão pura e simples do crité-

A falta de previsão de equiparação a uma exportação das remessas para ZFM, para consumo e comercialização, tende a gerar forte impacto inflacionário, com aumentos de preços para uma população atualmente de baixa renda, e que devera precarizar o poder de compra das classes média e baixa. Adicionalmente, garante a aplicação do imposto seletivo (IS) aos produtos da ZFM, sem o que teríamos problemas com alíquotas que não seriam suficientes para gerar a necessária proteção à ZFM.

Danos inaceitáveis

Não menos importante, com a extinção do ICMS, as contribuições a UEA, FTI e FMPES tendem a acabar, inclusive, destruindo um dos principais legados da ZFM, que é, não temos dúvidas, a Universidade do Estado do Amazonas – UEA. Por tudo isso, entendemos ser necessário encontrar caminhos alternativos. A inserção de uma regra de exceção tem justamente como fundamento atender e dar cumprimento a esse mandamento constitucional.

O mandamento constitucional

É corolário da própria definição constitucional da ZFM, uma área de exceção tributária favorecida por prazo certo, a possibilidade da concessão de incentivos fiscais. Assim sempre entendeu nossa Suprema Corte em diversas circunstâncias e previram diversos projetos de reforma tributária apresentados anteriormente. A proposta basicamente, estabelece regra de exceção tributária ao novo Imposto sobre Bens e Serviços (IBS) de que trata o art. 152-A (incluído pela PEC 45/2019), uma vez que este novo imposto irá substituir os atuais tributos federais IPI e PIS/COFINS, bem como o ICMS estadual e o ISSQN municipal, principais tributos que garantem o diferencial competitivo da Zona Franca de Manaus e as receitas próprias do Estado do Amazonas, que serão gradualmente reduzidos e, ao final do período de transição, extintos.

Ameaças reais

Essa regra é fundamental porque a ZFM, por ter sido criada para substituir importações, remete às demais unidades da Federação quase toda a sua produção

industrial. Caso se adotasse para as saídas da ZFM o princípio de destino do IBS tal como está na PEC, o Amazonas seria diretamente atingido por perdas drásticas de receita própria. Além disso, este dispositivo tem como efeito secundário, porém necessário, evitar que o Amazonas tenha suas receitas próprias congeladas ao longo do tempo, mesmo que o país volte a ter crescimento econômico real, pois a compensação de eventuais perdas de receitas estará limitada ao valor atualizado pela inflação e por prazo inferior ao de vigência do modelo.

Condições de viabilidade

Em síntese, a Emenda trata de medida que, em inafastável harmonia com a deliberação do constituinte originário e derivado, viabiliza, ao menos por prazo certo, adequado grau de competitividade aos bens e serviços produzidos na ZFM, sabido que, em face de sua rigidez locacional, no centro da Amazônia Ocidental, ela carece de recursos de infraestrutura de toda ordem, nada obstante o expressivo nível de investimento em ativo fixo das empresas e a participação dominante na geração de empregos e na absorção e geração de tecnologias de produtos e de processos de produção.

O valor inestimável da proteção florestal

A ZFM é vital para a economia do Estado do Amazonas, é responsável por fazer do Amazonas um dos poucos estados exportadores líquidos de recursos para a União. A ZFM, apesar de ser área de incentivos fiscais, é, como bem demonstram os números, fundamental para as receitas do Estado e dos Municípios amazonenses. Tomando-se por base o ano de 2015, o Amazonas foi o 3º estado com maior participação dos tributos estaduais e municipais arrecadados em relação ao PIB estadual e o 7º estado com maior participação de arrecadação federal no PIB estadual. Por fim, é importante que seja reconhecida à ZFM o seu papel fundamental na ocupação econômica e territorial do Estado de forma sustentável, especialmente neste momento em que o mundo se dá conta dos perigos da devastação incontrolada da natureza, causa e origem de fenômenos como o aquecimento global e outras mudanças climáticas. A preservação da maior floresta tropical do mundo adquire a cada dia mais importância, especialmente no momento em que a comunidade internacional começa a recrudescer questionamentos sobre a capacidade da sociedade brasileira de gerir, de forma responsável, tamanho patrimônio genético, oriundo da maior biodiversidade do planeta. (*) Saleh é consultor da FIEAM e CIEAM


CIDADES

Manaus, 12 de outubro de 2019

11

Tefé realiza Feira do Pirarucu Manejado Duas décadas após o início do programa de manejo na região, o município de Tefé recebe a 15º Feira do Pirarucu Manejado e da Agricultura Familiar neste fim de semana. O evento acontecerá nos dias 12 e 13 de outubro no Mirante das Mangueiras, onde serão disponibilizados para a venda 100 peixes provenientes da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã. As vendas devem iniciar nos dois dias às 6h e os preços estabelecidos variam de R$2 a R$13 o quilo, de acordo com a parte do pescado. Além dos diversos cortes de carne, serão comercializadas as vísceras e as carcaças dos peixes. O pirarucu da feira é resultado da pesca sustentável realizada pelos pescadores do Acordo de Pesca do Setor Pantaleão da Reserva Amanã, grupo que conta com a assessoria técnica do Programa de Manejo de Pesca (PMP) do Instituto Mamirauá, organização social fomentada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

Crianças parintinenses fazem intercâmbio em Manaus Neste ano, a programação do Dia das Crianças da Secretaria de Estado de Cultura (SEC) contou com a participação de 11 crianças do curso de dança do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro - Unidade Parintins. Além de se apresentarem no Festival Dança Criança em Manaus, os pequenos visitaram espaços culturais e tiveram a chance de aprender com profissionais do Liceu de Manaus e dos Corpos Artísticos do Estado. Acompanhadas dos pais, as crianças visitaram o Teatro Amazonas, na quinta-feira (10). Após prestigiar uma peça dentro da programação do Festival de Teatro da Amazônia, o grupo fez uma visita guiada. Algumas delas entraram pela primeira vez no patrimônio histórico.

Ações para o trânsito de Barreirinha são discutidas Na manhã desta quinta-feira, 10, o prefeito de Barreirinha, Glenio Seixas, se reuniu com o secretário de Administração e Planejamento do município, Márcio Rogério, com o diretor -presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá, e do diretor-técnico do órgão, Amurine Tomaz, na

sede do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) para o alinhamento de ações estratégicas que serão realizadas em conjunto para a melhoria do trânsito no município Em maio deste ano, durante a primeira edição do programa “Amazonas Presente”, uma equipe do se-

tor de Engenharia do Detran-AM esteve no município para realizar um estudo de sinalização viária vertical e horizontal. A reunião também discutiu o processo de municipalização do trânsito na cidade, a oferta de cursos profissionalizantes e a futura assinatura de um convênio

entre Detran-AM e a prefeitura de Barreirinha. Para Glenio Seixas, o encontro foi muito positivo porque propõe melhorar a educação de trânsito no interior do estado, além de mostrar o interesse do Detran-AM em contribuir para sinalização viária em Barreirinha.


12 ESPORTES

Manaus, 12 de outubro de 2019


TV MASKATE

Manaus, 12 de outubro de 2019

13

Barcelos é o destino do programa Menina do Interior No próximo domingo, 13, o programa Menina do Interior faz uma visita pela cidade de Barcelos, distante 405 km de Manaus. A cidade foi a primeira capital do Amazonas, é carinhosamente chamada de Cidade Menina. Com cerca de 30 mil habitantes, Barcelos é conhecia por possuir um enorme potencial turístico com riquezas naturais exuberantes com rios e lagos de águas preta, além de abrigar o maior arquipélago de fluvial do mundo, com centenas de belas praias que se formam em toda extensão do município.

seu tema para o ano de 2019 e o programa Menina do Interior registrou tudo.

Acará-Disco é a sensação Barcelos também é a capital do Peixe Ornamental e realiza o Festival onde os peixes Acará-

Disco (nas cores amarelo e preto) e Cardinal (azul e vermelho) se enfrentam no ‘piabódromo’, tradicionalmente no último final de semana de janeiro. No último dia 5 de outubro, o peixe Acará-Disco anunciou

TV Maskate Para acompanhar o programa Menina do Interior deste domingo, acesse a página TV Maskate no Facebook e também o site www.maskate. news. O programa vai ao ar às 9h00, você pode interagir deixando seu comentário e sua sugestão de pauta. Não esqueça de compartilhar com seus amigos para que eles também possam viajar junto com a apresentadora Tuanny Dutra pelas belezas das cidades do interior do Amazonas.

Sala Vip faz especial Dia Das Crianças

Com a apresentação de Lauren Bernardo, o Sala Vip é a sensação do momento, um (programa de entrevistas) tomou conta da TV Maskate. Com entrevistas descontraídas, babado dos famosos e muita música, o humor tem agradado a audiência. Se você estiver de bobeira, vale conferir essa novidade. O programa rola aos sábados, ás 19h. E neste sábado tem Sala Vip especial dia das Crianças, com a Dupla; Reynan e Randricia, que fizeram parte do Forró Kids, relembrando sua carreira na música desde criança, vale a pena assistir e conhecer o trabalho desses lindos e talentosos. Você é nosso convidado especial! Para ter acesso às nossas programações e ficar por dentro de tudo que rola na cidade e no estado, é só você curtir nossas páginas oficiais no facebook, são elas; TV Maskate e

Maskate News, além de acessar a nossa principal plataforma, o site maskate.news, onde você encontra todas as nossas matérias, lives, fotos e muitos mais. Fico por dentro de tudo que acontece por aqui, muitas fofocas do famosos, diversão, alegria e muita música. O que; Sala Vip Onde: Facebook/ TV Maskate

Sábado: 12/10 Horário: 19h


Manaus, 12 de outubro de 2019

Vem ai o 21 Prêmio Cidade de Manaus no Palacio Rio Negro dia 19 de outubro no sábado, é o mais TRADICIONAL Prêmio de Manaus, na organização de Jessil Uchoa e Alexis Uchôa, parabenizando nossa Manaus que completa 350 anos.Realizado há 21 anos, o evento engrandece pessoas de talento e tradição que realizam trabalhos na cultura, educação, saúde em todos os níveis para o crescimento de nossa Manaus. VEJA tudo em destaque no Programa Click Cidade , no portal Rádio TV Jornal A Cidade ,no portal Fato Amazônico , na coluna Click Cidade no jornal Maskate News e nos sites www.clickcidademanaus.com, www.fatoamazonico.com. e www.maskate.news.com

Entrevistados no Programa Click Cidade no Studio da Rádio TV Jornal A Cidade, Luziene Moura, Eduardo Jorge, Ziza Martins, Omar Maia e Marcia Souza .

Poderosas e maravilhosas mulheres da nossa sociedade no aniversário da querida Rosaly Derzi.

Lançamento do enredo da Academicos da Cidade Alta em homenagem ao guerreiro do samba Mestre Didi redman.

Empresários do ramos de Bicicletas, Eduardo Jorge e Luziene Moura comandam com sucesso a Bicicletaria Big Bike.

No click da coluna com o aniversariante Romulo Sena, Jessil Uchoa e Dr. Julio Lopes.

Aniversário de Romulo Sena na comemoração com escritores e amigos no Hotel Da Vinci.

Aniversário de 9 anos da União azul a torcida de amigos do Boi Caprichoso,com Edmundo Oran o tripa Alexandre Azevedo, itens do Boi Caprichoso.


Manaus, 12 de outubro de 2019

TELEVISÃO

15

Malhação

Rita e Filipe chegam ao ginásio de competição. Beto se irrita ao saber que Meg irá morar na casa de Guga. Lígia e Joaquim reclamam de Filipe ter viajado com Rita. Serginho se surpreende ao saber que Meg se mudará para a casa de Guga. Filipe ganha o torneio, e Rita comemora. Jaqueline discute com Thiago. Rita e Filipe passeiam por Petrópolis. Ivete critica Nanda por insistir em não participar do show. Raíssa inicia seu show. Filipe e Rita ficam presos na estrada. Serginho reclama de Max para Guga. Começa a chover e Filipe e Rita procuram uma pousada. Raíssa é ovacionada. Regina tenta fazer Max compreender Guga. Rita e Filipe namoram.

Éramos Seis

Lola tenta não discutir com Júlio e disfarça quando Clotilde se aproxima. Alfredo ironiza Júlio, e Lola se preocupa. Olga reclama de Julinho trazer Jagunço para entregar a encomenda de Lola. Julinho vai atrás de Jagunço ao ver o animal ser capturado pela carrocinha. Gusmões alerta Almeida sobre Rosaura. Genu vasculha o paletó de Virgulino. Julinho recupera Jagunço, mas percebe que perdeu o dinheiro da encomenda de Lola. Olga pensa em procurar Zeca. Assad convida Júlio para jantar em sua casa. Almeida recebe uma intimação judicial. João aparece no armazém e Shirley se desespera. Zeca avisa a Neves que voltará para Itapetininga. Clóvis cumprimenta Virgulino ao vê-lo chegar ao hotel. Olga vai atrás de Zeca e é abordada por um ladrão.

Bom Sucesso

Sue Lasmar empina bumbum ao posar com maiô fio-dental

A Dona do Pedaço

Nana promete a Sofia que tentará trazer Paloma de volta. Gisele tenta se livrar de Diogo, que aparece em sua casa no momento em que ela está com Yuri. Padre Paulo convence Alice a acompanhar Nana até sua casa para falar com Paloma. Silvana confessa a Mário seu medo de não voltar a enxergar. Paloma decide ir até a casa de Alberto com Nana. Yuri desiste de Gisele quando sabe que ela tem um amante. Marcos sofre com a possibilidade de perder o pai. Alberto fica emocionado ao acordar e ver Paloma a seu lado. Maria da Paz chama Jô para trabalhar com ela. Régis se desespera com a ameaça do agiota. Jô finge aceitar os conselhos de Téo. Tonho alerta Maria da Paz sobre Jô. Lyris revela que Leandro e Agno são um casal e Adriano espalha a notícia na academia. Jô se vangloria para Carmelinda de sua atuação com Maria da Paz. Camilo e Yohana tentam intimidar Régis. Zé Hélio pensa em Beatriz. Amadeu desconfia do trabalho que Maria da Paz dará para Jô. Vivi se encontra com Chiclete. Beatriz e Linda impedem Berta de voltar para casa. Otávio compra joias para Sabrina. Kim trai Márcio com Paixão. Berta descobre a farsa de Beatriz e flagra Vivi e Chiclete juntos. Jô se surpreende com o trabalho que Maria da Paz lhe oferece.


Manaus, 12 de outubro de 2019

Profile for Jornal Maskate

3945 - EDIÇÃO DIGITAL  

3945 - EDIÇÃO DIGITAL  

Profile for maskate
Advertisement