Page 1

CARTILHA D ETRANRJ www.detran.rj.gov.br


D ETRANRJ www.detran.rj.gov.br


POSIÇÃO CERTA A maneira correta do motociclista se posicionar na moto oferece maior mobilidade e segurança, além de evitar o cansaço durante longos percursos. COLUNA Deve estar reta e a cabeça BRAÇOS levantada para aumentar a O cotovelo dobrado funciona como mola visibilidade do motociclista

PERNAS Os joelhos devem pressionar o tanque para facilitar o movimento da parte superior do corpo


PONTO CEGO O motivo mais comum de acidentes e brigas de trânsito é o campo de visão limitado dos carros e das motos, o que provoca frequentes fechadas. O carro não vê Na ultrapassagem, o motociclista deve ficar atento porque não é visto nas regiões laterais muito próximas dos carros.

Você não vê O motociclista não enxerga tudo o que está atrás e ao lado dele. Por isso não confie só no espelho. Olhe para os lados para ver o que se passa.


CURVA SEGURA Reduza a velocidade antes de entrar em curvas, inclinando o corpo na direção do movimento

FREIO SUAVE O uso incorreto dos freios leva a movimentos bruscos e derrapagens. A roda dianteira tem aproximadamente 80% de força de frenagem, restando apenas 20% à traseira. Por isso, acione os dois freios simultaneamente e de maneira gradativa para evitar que as rodas travem.


Com a roda da frente Ao acionar o freio dianteiro, a tendência é a moto inclinar para frente, levantando a roda de trás.

Com a roda traseira Pressão forte apenas na roda de trás tira a estabilidade da moto, que pende para o lado.


SEGURANÇA Se o carro na frente frear, você precisa ter uma folga de espaço para manobrar e não bater. Quanto mais veloz, maior deve ser a distância.

DISTÂNCIA Abaixo, veja o espaço que você percorre em 2 segundos depois de frear:

50m 40m 30m 20m 10m

110 Km/h 80 Km/h 60 Km/h 40 Km/h 20Km/h


Antes de dar a partida no veículo, cabe ao condutor observar os itens abaixo: Os bancos devem ser posicionados de modo que as costas estejam firmemente apoiadas sobre o encosto, possibilitando acionar as marchas sem deslocar o corpo.

O ângulo do encosto deve estar posicionado de forma confortável para o condutor. A posição longitudinal do banco deve proporcionar ao condutor acionar o pedal de embreagem até o final de seu curso.


O encosto de cabeça deve ser regulado de modo a que esteja pelo menos com o limite de sua altura no nivel dos olhos. O posicionamento abaixo a linha dos olhos compromete a função do encosto, que é a de delimitar o deslocamento da cabeça para trás, evitando traumas da coluna cervical. Com relação à condução propriamente dita, respeitando as condições acima descritas, para o melhor controle da dirigibilidade do veículo, o condutor deve, preferencialmente, posicionar as mãos sobre o volante e na parte interna do volante, observando que os braços devem estar levemente flexionados e não totalmente esticados.


ÁLCOOL / DROGAS X DIREÇÃO De acordo com o Art. 306 do CTB de 21/01/1998, a condução de veículo automotor sob influência de álcool ou substância de efeitos análogos resultará em pena de detenção de 6 meses a 3 anos, multa e suspensão do direito de dirigir.

Efeitos no Organismo Debilita a coordenação motora, a visão, o raciocínio, a concentração, o espírito crítico e a capacidade de julgamento.

Dirigir alcoolizado é um ato criminoso e irresponsável.


BAFÔMETRO O policiamento de trânsito da capital está equipado com bafômetros eletrônicos e impressoras acopladas. Esses novos equipamentos são utilizados para comprovar o teor alcoólico dos condutores de veículo.

Qual é a lei? O Código Nacional de Trânsito estabelece que a concentração de 6 decigramas de álcool por litro no sangue comprova que o condutor já está sob influência do estado de embriaguez.


QUAIS SÃO AS PENALIDADES PARA QUEM É FLAGRADO DIRIGINDO APÓS BEBER? VEÍCULO APREENDIDO

CARTA DE HABILITAÇÃO APREENDIDA

MULTA

MULTA


SE BEBER NÃO DIRIJA, SE DIRIGIR NÃO BEBA Eliminar o efeito do álcool no organismo? - Só o tempo resolve. - O álcool no corpo é eliminado do organismo através do fígado, pela respiração, pelo suor, e pela urina. Esse processo pode levar de 6 a 8 horas. - Café forte, ducha de água fria, nada disso funciona. - Eles podem mantê-lo desperto, mas o álcool ainda estará afetando as suas condições e será registrado pelo bafômetro.


Medicamentos O uso inadequado ou combinação de substâncias alteram o comportamento do condutor. F a z e r u s o d o medicamento somente mediante prescrição médica.

D i m i n u i a capacidade de percepção e consciência da realidade. A combinação de drogas e bebidas a l c o ó l i c a s potencializa o efeito nocivo.

Drogas


Elementos da Direção Defensiva Direção Defensiva é uma questão de atitude. Essa atitude se caracteriza por 5 elementos básicos: - Conhecimento - Atenção - Previsão - Decisão - Habilidade

Código de Trânsito Brasileiro

Fique Ligado Conhecimento No trânsito, é fundamental conhecer os riscos e identificar a melhor maneira de evitálos. Por conhecimento entenda-se as regras do código de trânsito e o trajeto escolhido. Conta, e muito, a experiência em trafegar pelas diversas rodovias e centros urbanos.


Atenção Nenhuma forma de transporte exige mais atenção do condutor que o veículo automotor. Um maquinista de trem conta com seus auxiliares. O avião comercial tem controles duplos, sendo um para o co-piloto. Além disso, o piloto recebe ajuda de complexas instalações em terra. Já o motorista, sem essas facilidades, tem que manter-se em estado de alerta durante cada segundo em que se encontra ao volante, consciente de que está sempre correndo risco de possível acidente. Ele deve estar sempre atento para: - Sinalização - Comportamento dos demais veículos - Comportamento dos portadores, motociclistas e veículos não motorizados - Condições adversas

ATENÇÃO


Previsão É a capacidade do condutor de antecipar-se a possíveis riscos no trânsito e raciocinar de modo a se escolher a melhor alternativa a fim de evitar um eventual acidente. Exemplos Curto Prazo Em um cruzamento, o condutor pode prever possíveis condutores que não respeitem a via preferencial Médio Prazo Calibração semanal dos pneus Longo Prazo Manutenção preventiva do veículo


Decisão

A decisão implica no reconhecimento de alternativas frente aos possíveis riscos que se apresentem em qualquer situação de trânsito, bem como na habilidade de fazer uma escolha correta a tempo de evitar um acidente, contribuindo para sua segurança e para a dos demais usuários da via.


Habilidade A habilidade se resume a dois, quesitos: ao acúmulo de conhecimento e à pratica contínua deste conhecimento. O acúmulo de conhecimento diz respeito ao aprendizado adquirido na auto-escola, além da experiência do dia-a-dia. A prática contínua diz respeito ao manuseio dos controles do veículo e à execução de qualquer uma das manobras básicas de trânsito, tais como fazer curvas, ultrapassagens, mudanças de velocidade e estacionamento. A habilidade do motorista se desenvolve por meio de aprendizado: deve-se treinar a execução das ,manobras de modo correto.


Condições Adversas: Condições adversas são todos aqueles fatores que podem prejudicar o seu desempenho no ato de conduzir, tornando maior a possibilidade de um acidente de trânsito. Existem várias condições adversas e é importante lembrar que nem sempre elas aparecem isoladamente, tornando o perigo ainda maior. Listaremos as seis condições adversas mais frequentes para que você as conheça bem, e tome cuidados necessários a fim de evitá-las.

Luz Refere-se às condições de iluminação em determinado local; podendo ser natural (sol) ou artificial (elétrica). Pode afetar a capacidade do motoristde ver ou ser visto. Exemplo: Ao transitar por uma estrada, o farol alto do veículo em sentido contrário pode causar cegueira momentânea, dificultando o controle do veículo. Deve-se avisar o condutor piscando os faróis e desviando nosso foco de visão para o acostamento do lado direito.


O excesso de luz solar, incidido nos olhos, causa ofuscamento e isso acontece com mais facilidade pela manhã e ao entardecer, podendo ocorrer também pelo reflexo em objetos polidos, como latas, vidros, párabrisas, etc. Para evitar o ofuscamento deve-se usar a pala de proteção (equipamento obrigatório) ou óculos de sol. Neste caso, deve-se dirigir com atenção redobrada, mantendo os faróis baixos acesos, para que os outros percebam, o seu veículo.

A falta de iluminação nas estradas, assim como os faróis com defeito, mal regulados ou que não funcionam causam situações de pouca visibilidade (penumbra), que impedem o condutor de perceber situações de risco a tempo de evitar danos maiores ao veículo e aos usuários da via. Situações tais como: buracos na pista, desvio, acostamento em desnível, ponte interditada, entre outros.


Tempo Algumas condições atmoféricas dificultam muito a visão na estrada, prejudicando o correto uso do veículo no trânsito. A chuva, o vento, o granizo, a neve, a neblina e até mesmo o calor excessivo diminuem muito a nossa capacidade de ver e avaliar as condições adversas de tempo que causam problemas nas estradas como barro, areia e desmoronamento, tornando-as mais lisas e perigosas, gerando derrapagens e acidentes.

Chuva Reduz a visibilidade, diminui a aderência dos pneus, aumenta o espaço percorrido nas freagens e dificulta as manobras de emergência. Durante ou após a chuva, a água que está sobre a pista pode provocar situações especiais de perigo, possibilitando a aquaplanagem.


Granizo, e Neblina Deve-se utilizar as luzes apropriadas (pisca alerta, farol de neblina) e procurar um local de abrigo, quando possível, visto que o granizo pode danificar a pintura do veículo bem como quebrar o pára-brisa.

Vento Quando sujeito à ação dos ventos, deve-se abrir janelas, reduzir a velocidade, tomar cuidados com objetos que podem ser lançados no pára-brisa e manterse à direita.


Cartilha Detran  

Cartilha todos os desenhos em vetor, feia para mostras as regras básicas no trânsito.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you