Page 1

MUSEU NACIONAL SOARES DOS REIS MODA / FASHION

WOOD SCULPTING

ENTREVISTA / INTERVIEW

LUÍS ARAÚJO CAFÉS COM HISTÓRIA CAFÉS WITH HISTORY

INSPIRAÇÕES E LAZER / INSPIRATIONS AND LEISURE BELEZA E BEM-ESTAR / BEAUTY AND WELL-BEING GOURMET E CULTURA / GOURMET AND CULTURE DESTINOS INESQUECÍVEIS / MEMORABLE DESTINATIONS

8

MAGAZINE WITH ATTITUDE P.V.P. 6


EDITORIAL

arte MORA AQUI

A

Art lives here Cidade monumental e genuína, o Porto conquista sem esforços com a sua aura irrepetível. Um verdadeiro postal ilustrado que apaixona com o seu casario colorido e deslumbra com belíssimos azulejos e elegantes monumentos. Dona de uma graciosidade sem igual, o Porto inspira músicos e bailarinos, escultores e pintores, poetas e gastronómicos que fazem da cidade o seu palco e a sua tela. Livre e emotiva – tal como deve ser –, a arte acontece e toma forma, dentro ou fora de portas, disposta a surpreender em encontros tão improváveis quanto inesquecíveis. Nesta edição, a arte é o caminho e o destino. Uma orquestra de sentidos e um convite sem termo. É a medida de todas as coisas. Observe-a nos muitos cafés históricos que iluminam a vida da cidade; prove-a num espaço que é muito mais do que “um restaurante-galeria”; reviva-a nas pinturas do Museu Soares dos Reis; e conheça-a na escultura que marca agora a imagem da Marques Soares. Venha à descoberta, mas sem pressa. Porque “um roteiro no Porto precisa de tempo. É um lugar para admirar e desfrutar”, aconselha Luis Araújo. E inspirar, acrescentamos nós.

02

MAGAZINE WITH ATTITUDE

A monumental and genuine city, Oporto captivates effortlessly with its unrepeatable aura. A real tourist postcard that makes one fall in love with its colourful houses and dazzles with stunning tiles and elegant monuments. Owner of a unique grace, Oporto inspires musicians and dancers, sculptors and painters, poets and gastronomic lovers that make the city their stage and their screen. Free and emotional – as it should be – art takes place and takes shape, indoors or outdoors, ready to surprise in gatherings as unlikely as they are unforgettable. In this edition, art is the path and the destination. An orchestra of senses and an invitation without end. It is the measure of all things. Observe it in the numerous historical cafés that brighten up the life of the city; taste it in a space that is much more than a “gallery-restaurant”; revive it in the paintings of the Soares dos Reis Museum; and get to know it in the sculpture that now marks the image of Marques Soares. Come discover it, but slowly. Because “a script in Oporto needs time. It is a place to admire and to enjoy”, suggests Luis Araújo. We believe it also inspires.


ÍNDICE CONTENTS

36 16

120 08 08  ENCONTRO MEETING Luis Araújo

16  MODA FASHION Wood Sculpting

26 À DESCOBERTA QUEST FOR DISCOVERY Porto – Lugar de Arte e Cultura Oporto – A Place of Art and Culture

30 INVICTATION Isaque Pinheiro

36  COM HISTÓRIA WITH HISTORY Entre pinturas e esculturas Amongst paintings and sculptures

44 COM HISTÓRIA WITH HISTORY Cafés com História Cafés with History

56 INVICTATION

70 BELEZA BEAUTY My Beauty Routine

76 FRAGRÂNCIAS NO FEMININO FRAGRANCES FOR HER

80 FRAGRÂNCIAS NO MASCULINO

Wine experience SPA

112 GOURMET O fiel Amigo do Porto Oportos Faithfull Friend

FRAGRANCES FOR HIM

84 À DESCOBERTA

120

QUEST FOR DISCOVERY Eugénio Campos

96 PARCEIROS DE DISTRIBUIÇÃO

À DESCOBERTA QUEST FOR DISCOVERY Quinta do Bomfim

124 BLOCO DE NOTAS NOTEBOOK

DISTRIBUTION PARTNERS

Luis Onofre

66 BEM ESTAR Well Being

74

74 ANITA DA COSTA

100 GOURMET A Arte da Gastronomia The Art of Gastronomy

126 LEITURA READING 128 CRÓNICA CHRONICLE Raquel Strada

CAPA COVER Casaco Coat Calvin Klein, Vestido Dress Twin-Set, Calças Trousers MaxMara Studio, Colar Necklace Swarovski

Revista semestral, edição outono/inverno, é uma marca registada propriedade de Marques Soares, S.A. Biannual magazine, Autumn/Winter issue, Is a registered trademark, property of Marques Soares, S.A. Marques Soares, S.A. Rua das Carmelitas, 92, 4000-499 Porto | Tel.: +351 222 042 200 | www.marquessoares.pt EDIÇÃO EDITION Companhia das Cores, Design e Comunicação Empresarial, Lda. // DIREÇÃO DIRECTION Raul Mendes Pinto // EDITORA

EDITOR M.ª João Mendes Pinto // COORDENAÇÃO COORDINATION Marques Soares // MARKETING E PROMOÇÃO MARKETING AND SALES Aurora Gonçalves // REDAÇÃO TEXTS BY Companhia das cores e/and Catarina Cunha // FOTOGRAFIA PHOTOGRAPHY Pedro Bettencourt // TRADUÇÃO TRANSLATION Teresa Cardia // DIREÇÃO DE PRODUÇÃO PRODUCTION Luís Assunção // DESIGN Companhia das Cores // PAGINAÇÃO PAGE LAYOUT Ana Gil e/and Diana Esteves // IMPRESSÃO PRINTED BY Lidergraf, Artes Gráficas S.A. // TIRAGEM CIRCULATION 15.000 exemplares // DEPÓSITO LEGAL LEGAL DEPOSIT 366449/13 // BANCO DE IMAGEM IMAGE BANK shutterstock.com

Companhia das Cores – Design e Comunicação Empresarial, Lda. Rua Sampaio e Pina, n.º 58, 2.º Dto, 1070-250 Lisboa Tel.: 21 382 56 10 Publicidade/Advertising: marketing@companhiadascores.pt // Produção/Production: design@companhiadascores.pt

04

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Produtos disponíveis

Products available

Procure este símbolo ao longo da revista e encontre todos os produtos em / Look for this symbol throughout the magazine and find all products at: Marques Soares Rua das Carmelitas, 92 4000-499 Porto Tel.: +351 222 042 200


BACCUS BETTY BARCLAY BIANCA BRAX BURBERRY CALVIN KLEIN CINZIA ROCCA DECENIO DIELMAR ELENA MIRO ELISABETTA FRANCHI ESCADA SPORT ESCORPION ESPRIT FRED PERRY HACKETT HUGO BOSS INTROPIA LACOSTE LAURÈL LION OF PORCHES MALVA MARELLA MAXMARA STUDIO MENTA MICHAEL KORS

MY TWIN NAULOVER PAL ZILERI PAUL & SHARK PINKO POLO RALPH LAUREN RIVIERA TOMMY HILFIGER TWIN-SET WEEKEND MAXMARA

CARTEIRAS E ACESSÓRIOS Handbags and accessories ARMANI JEANS BURBERRY CALVIN KLEIN COCCINELLE DKNY FURLA ACRD GUESS LONGCHAMP MARELLA MAXMARA MICHAEL KORS

MOSCHINO TOUS & TOUS

ARTIGOS DE VIAGEM, MARROQUINARIA E ESCRITA Travel articles, leather and writing instruments BOSS CAMEL ACTIVE MONTBLANC SAMSONITE

SAPATARIA Shoes ALMA EN PENA ANGEL AS BRUNO PREMI CAFÉ NOIR CAMEL CARLOS SANTOS CHICCO CUBANAS DANIELA LIMA

© Max Mara Weekend

© Dielmar MODA Fashion

FELEY FLY LONDON GANT GEOX GIOSEPPO GUESS HISPANITAS LUIS ONOFRE MICHAEL KORS PANAMA JACK PEPE JEANS ROCKPORT SKECHERS SOFIA COSTA STONEFLY TIMBERLAND TOMMY HILFIGER TOSCA BLU UGG XUZ

JOIAS E RELÓGIOS Jewels and watches CK ETERNIS EUGÉNIO CAMPOS FASHION GANT GOFREY MICHAEL KORS MONTBLANC ONE PANDORA RAIMOND WEIL SEIKO SWAROVSKI TIMBERLAND TISSOT TOUS & TOUS

JOVEM E DESPORTO Young people and sports ADIDAS ORIGINAL CARHARTT CONVERSE DESIGUAL ELEMENT FRACOMINA GUESS LEVIS MERRELL NEW BALANCE NIKE ONLY PEPE JEANS PUMA REEBOK SALSA SUPERDRY

RES AS , PORTO O PORTO A O RTO S S T E I N OPO ORE) AD L LO) U W IX L E E A O L Q T B N M A R IA W KST O RAR RE N MA DAS CAR RE IN D HE LELLO BOO NT STO RIGOS E À LIV O E T S M T T R N T DEPA S CLÉ ARTME TOWER AND RUA O SEU UR DEP RRE DO S (JUNTO

À TO

O YO CLÉRIG (BY THE


© Marella

© Brax

O DEPARTMENT STORE QUE FAZ PARTE DA CIDADE

THE DEPARTMENT STORE THAT BELONGS TO THE CITY

TIFFOSI VANS

CRIANÇA Children BÓBOLI CNSG CHICCO DESIGUAL ELEMENT LARANJINHA LION OF PORCHES MAYORAL PEPE JEANS TIFFOSI

LINGERIE, INTERIORES MASCULINOS Lingerie, male underwear CALVIN KLEIN CHANTELLE DIM ESPRIT FELINA GUESS PASSIONATA SLOGGI TOMMY HILFIGER TRIUMPH

ÓTICA Optics PRADA DOLCE & GABBANA GUCCI FENDI DIOR VALENTINO GIORGIO ARMANI LINDBERG

BOSS TOM FORD SILHOUETTE BVLGARI MARC JACOB MICHAEL KORS PERSOL MIU MIU CAROLINA HERRERA CAZAL OAKLEY ROBERTO CAVALLI CHANEL ESSILOR CARL ZEISS

PERFUMARIA Beauty shop ARMANI CAROLINA HERRERA CHANEL DIOR CLARINS CHLOÉ CLINIQUE DKNY DOLCE & GABBANA ESCADA ESTÉE LAUDER HERMÈS LA MER LANCÔME MICHAEL KORS PRADA SENSAI SHISEIDO TOM FORD YVES SAINT LAURENT

OARES ES.PT SSOAR NSMARQUESS E U Q R A E WWW.M OM/ARMAZ B.C .F W W W


ENCONTRO MEETING

Perfil ATUAL PRESIDENTE DO TURISMO DE PORTUGAL. COM UMA SÓLIDA CARREIRA NO MUNDO DA HOTELARIA.

LUÍS © Fotos / Photos Pedro Bettencourt

ARAÚJO

“ O PORTO É UM DESTINO QUE VALE POR SI ” "OPORTO IS A DESTINATION THAT SPEAKS FOR ITSELF"

08

MAGAZINE WITH ATTITUDE


Profile Current President of Tourism of Portugal. With a solid career in the hospitality industry. NUMA ALTURA EM QUE PORTUGAL ESTÁ NAS BOCAS DO MUNDO E O TURISMO NÃO PÁRA DE BATER RECORDS, O ATUAL PRESIDENTE DO TURISMO DE PORTUGAL, FÃ CONFESSO DE FRANCESINHAS, CELEBRA O PRESENTE, MAS NÃO DESVIA, NEM POR UM SEGUNDO, OS OLHOS DO FUTURO. AT A TIME WHEN PORTUGAL IS TALKED ABOUT ALL OVER THE WORLD AND CONTINUES TO BEAT RECORDS, THE CURRENT PRESIDENT OF TOURISM OF PORTUGAL, A PUBLICLY ASSUMED FAN OF FRANCESINHAS (OPORTO’S FAMOUS SANDWICH), CELEBRATES THE PRESENT; HOWEVER, HE DOES NOT DETRACT, NOT EVEN FOR A SECOND, HIS EYES FROM THE FUTURE.

Escolheu Direito enquanto formação académica, mas foi na área do Turismo que acabou por desenvolver a sua carreira. Porquê? Fui viver para a Madeira aos seis meses e fiquei lá até aos 18 anos. Crescer na Madeira é respirar turismo todos os dias, portanto acho que independentemente da área que escolhesse iria sempre parar ao Turismo. O curso de Direito foi mais uma questão de rebeldia interna porque eu era sempre a voz discordante à hora de almoço (risos). Mas claramente, quando acabei o curso, percebi que o meu papel não era numa barra de tribunal. Entretanto, surgiu a oportunidade de trabalhar no Grupo Pestana…

You chose to study Law; nevertheless, it was in Tourism that eventually you developed your career. Why? I went to live in Madeira Island when I was six months old and stayed there until I was 18. Growing up in Madeira Island is breathing tourism every single day and, therefore, I think regardless of the area I chose, I would always end up in Tourism. The Law degree was more a matter of inner rebellion because I was always the discordant voice at lunchtime (laughs). Nevertheless, clearly, when I finished the degree, I realised that my role was not in a court of law. Meanwhile, the opportunity arose for me to work in the Pestana Group... In the Pestana Group you held several important positions both,

No Grupo Pestana ocupou várias funções de destaque tanto a nível nacional como internacional e foi também chefe de gabinete de Bernardo Trindade, secretário de Estado do Turismo. De que forma estas experiências influenciaram a sua visão (e estratégia) em relação ao turismo em Portugal? Trabalhar no principal grupo hoteleiro a nível nacional e, ainda por cima, ter tido o privilégio de trabalhar em diversas áreas, com várias pessoas e em diferentes regiões, é uma experiência marcante. Depois, o facto de ter sido chefe de gabinete deu-me alguma bagagem de contacto e interpretação do que são as necessidades reais do sector. Costumo dizer que antes eu estava numa margem (no sector privado) e agora passei para a outra (o sector público), mas o rio continua a ser o mesmo. A grande diferença é que agora tenho a oportunidade de deixar de ser jogador de bancada e passar a ter um papel mais ativo deste lado, do sector público.

nationally and internationally, and you were also chief of staff of Bernardo Trindade, Secretary of State for Tourism of Portugal. How did these experiences influence your vision (and strategy) in relation to tourism in Portugal? Working for the leading hotel group at a national level and above all, having the privilege to work in many different areas, with several people and in different regions, is a remarkable experience. In addition, the fact that I have been chief of staff, provided me with some experience of contact and interpretation of what the real needs of the sector are. I used to say that: before I was on one side (in the private sector) and now I went to the other (the public sector); however, the river remains the same. The big difference is that now I can stop being a bench player and take a more dynamic role on this side in the public sector. Nowadays, we are experiencing a period of optimism in the tourism sector. The country is talked about all over the world and at the top

Atualmente, atravessamos um período de otimismo no sector do turismo. O país está nas bocas do mundo e no topo dos motores de busca. Este crescimento deve-se, em grande parte, à aposta do Turismo de Portugal no marketing digital. Qual é a estratégia a partir daqui? É uma ótima pergunta! Até porque é essa mesma pergunta que nos fazemos todos os dias. Em março, apresentámos a estratégia

of search engines. This growth is due, in large part, to Turismo de Portugal's commitment to digital marketing. What is the strategy moving forward? That is a great question! It is the very same question we ask ourselves every day. In March, we presented the strategy for the next 10 years, precisely because we believe it is in good times that we must think and plan. There has been an intense work developed by both public and pri-

MAGAZINE WITH ATTITUDE

09


ENCONTRO MEETING para os próximos 10 anos, precisamente porque acreditamos que é nas épocas boas que temos que pensar e planear o futuro. Tem havido um intenso trabalho desenvolvido tanto por órgãos públicos como por privados, não só na parte de promoção, mas também na parte de estruturação de produto. É evidente a preocupação com o tipo de produto que se oferece e com o serviço se presta. Houve uma aprendizagem muito grande nesta área… Mas precisamos de mais. Portugal tem todas as condições para ser ainda melhor no sector do turismo, não só numa perspectiva económica, mas também na componente de visibilidade do país. Portanto... daqui a 10 anos, vemos Portugal como um dos destinos mais competitivos do mundo, a ser um hub para experimentação de novas ideias de qualquer empresa, vinda de qualquer parte do mundo.

vate entities, not only in the promotion part, but also in the product structuring part. The concern with the type of product that is offered, as well as with the service that is provided is obvious. There was a lot of learning in this area... Nonetheless, we need more. Portugal has all the conditions to become even better in the tourism sector, not only in an economic perspective, but also in the country’s exposure. Therefore, in 10 years’ time, we see Portugal as one of the most competitive destinations in the world, becoming a hub for experimenting with new ideas from any company, coming from anywhere in the world. The case study of Portuguese tourism is presented by the World Tourism Organization (WTO) as "an example to follow". What do you think contributed to this distinction? Several reasons. Firstly, because we know what we want and where we

O caso do turismo português é apresentado pela Organização Mundial do Turismo (OMT) como “um exemplo a seguir”. O que acredita ter contribuído para esta distinção? Várias razões. Primeiro, porque sabemos o que é que queremos e onde quereremos apostar. Depois, estamos a preparar o futuro, o que nos coloca um passo à frente daquilo que são as preocupações atuais da grande maioria dos países. E terceiro, porque acho que, finalmente, reconhecemos a valência do turismo como atividade transversal a todas as outras. E atenção não é só a OMT a apresentar o caso do turismo português como um exemplo. No ano passado, ganhámos um prémio de inovação com o Turismo 4.0; a OCDE também já reconheceu o nosso trabalho na área da formação; e a European Commission também o fez na parte da promoção digital. Esta é a prova de que estamos “a apostar nos cavalos certos”.

want to bet on. Then, because we are preparing the future, which puts us one-step ahead of what the current concerns of the vast majority of countries are. Thirdly, because I think we finally recognise the valence of tourism as an activity that transcends all others. Moreover, it is not only the WTO that presents the case of Portuguese tourism as an example. Last year, we won an innovation award with Tourism 4.0; the OECD has also already recognised our work in the area of training; ​​ and so has the European Commission regarding the digital promotion part. This is proof that we are "betting on the right horses". Nevertheless, regardless of these distinctions, I think the most important thing is the recognition of people. At this time, you must feel it is a privilege being the President of Turismo de Portugal... No doubt. Nevertheless, it is a privilege that also gives you a lot of work. At this stage of euphoria, it is very difficult to draw attention to the need of programming and structuring. Even though it is now that most critical

Nesta altura, deve ser um privilégio ocupar o lugar de Presidente do Turismo de Portugal… É, sem dúvida. Mas é também um privilégio que dá muito trabalho. Nesta altura de euforia, é muito difícil chamar à atenção para a necessidade de programar e estruturar. Até porque é nesta altura que se ouvem mais vozes críticas... É preciso trabalhar e ganhar escala em áreas onde o lucro é menos fácil.

voices are heard... It is necessary to work and increase the scale in areas where profit is less easy to obtain. Which areas would these be? In terms of growth, our priorities are to grow throughout the territory and grow also during low seasons. We currently have a seasonality rate of around 36.5%. What we intend is to show a country with great diversity, which has its main entry doors, however that there are other

E que áreas são essas? As nossas prioridades são crescer ao longo de todo o território e crescer nas épocas baixas. Atualmente, temos uma taxa de sazonalidade à volta dos 36,5%. O que nós pretendemos é mostrar um país com grande diversidade, que tem as suas portas de entrada, mas que há coisas para fazer e produtos para experimentar ao longo de todo o ano, e em todas as regiões. Foi precisamente por isso que na campanha promocional “Can’t skip” começamos com a famosa frase “esta cena foi totalmente gravada em dezembro.” E é verdade! O clima em Portugal é um ótimo atrativo por isso, uma das coisas que nós passámos a apresentar nos placards das feiras internacionais é a temperatura porque percebemos que é algo que tem muito impacto nos estrangeiros.

things to do and products to experience throughout the year and in all regions. That is precisely why in the promotional campaign "Can’t Skip" we start with the famous sentence "this scene was totally recorded in December." Moreover, it is true! The climate in Portugal is a great attraction and therefore one of the things that we start to show on the placards of international fairs is the temperature, because we realise that it is something that has a lot of impact on foreigners. How can this diversity be used to counter the phenomenon of seasonality and decentralize demand? It can be used by betting on three aspects: Structuring of the product – throughout solutions that encompass several regions, in areas, such as gastronomy, oenology, culture, art, etc. Promotion, it is important to focus on a joint promotion that shows several areas of the country, pre-

10

MAGAZINE WITH ATTITUDE


ENCONTRO MEETING

Como pode esta diversidade ser aproveitada para contrariar o fenómeno da sazonalidade e descentralizar a procura? Pode ser aproveitada apostando em três vertentes: estruturação do produto – através de soluções que englobem várias regiões nas mais diferentes áreas, seja gastronomia, enologia, cultura, arte, etc.; promoção, é importante apostar numa promoção conjunta que mostre várias zonas do país, preservando a autenticidade de cada uma, de forma a que se consiga passar a mensagem que, apesar de termos as nossas portas de entrada, “a nossa casa” tem mais divisões que podem ser visitadas facilmente, graças a um sistema rodoviário absolutamente extraordinário (o segundo melhor da Europa). A terceira vertente tem a ver com a fidelização. Queremos que os que vêm, voltem, invistam e sirvam de embaixadores lá fora. Isso tem acontecido e é fruto da experiência que nós lhes proporcionamos, a maneira como os acolhemos, os produtos que lhes damos a experimentar. É o nosso saber receber. Acredita que o saber receber é o nosso melhor cartão de visita? Completamente, não tenho a menor dúvida em relação a isso. O nosso foco são as pessoas. E quando falo em pessoas não me refiro apenas aos turistas, mas também às pessoas que vivem no território e às pessoas que trabalham no setor, onde é preciso investir em termos de formação.

serving the authenticity of each one, so that we can pass the message that despite our main entry doors, "our home" has more rooms, which can be easily visited thanks to an extraordinary road system (the second best

Um dos destinos que tem ganho uma grande visibilidade nos últimos tempos é a cidade do Porto, eleita pela terceira vez enquanto “Melhor destino Europeu” … O que é que esta distinção representa para o turismo de Portugal e, em particular, para a cidade do Porto? É claramente um orgulho! O facto de o Porto ser reconhecido como o Melhor Destino Europeu tem um peso valiosíssimo quer em termos de promoção quer de atratividade. Temos um destino que vale por si próprio e valoriza todo o território, que serve de trampolim a todas as regiões que estão à volta. O Porto tem feito um trabalho notável a nível de captação de rotas e posicionamento da cidade no mapa da Europa. Daqui para a frente, acho que o caminho passa por diversificar mercados. A experiência do Porto, e de qualquer região ou cidade, está muito relacionada com a variedade da oferta e de como fazemos chegar essa mensagem a quem nos visita.

in Europe). The third aspect has to do with loyalty. We want those who come once, to come back, to invest and become our ambassadors out there. This has been happening and it is the result of the experience we provided them, the way we welcome them, the products we offer them to experience. It is our knowing how to welcome. Do you believe that knowing how to welcome is our best business card? Absolutely, I have no doubt about that at all. Our focus is on people. Moreover, when I speak of people I do not mean only tourists, I speak also about people living in the territory and people working in the sector, where it is necessary to invest in terms of training. If there is no balance between these three elements, we are clearly not performing our role well. One of the destinations that has gained great visibility in recent

Que outras potencialidades turísticas associa a esta região do país? A tradição do norte associada à modernidade é notável! A capacidade de dar a volta, transformar coisas sem nunca esquecer a tradição, a cultura e o património… acho que reinventar é apanágio do que o Porto tem feito. E isto, associado ao bem receber, é uma mistura explosiva que tem sido transversal a tudo. Vê-se nas mais variadas áreas, desde a gastronomia, à arquitetura, indústria… em tudo. Até na forma como a reabilitação urbana está a transformar a cidade do Porto com novos projetos de arquitetura e novas ideias… O Norte já está a dar muito ao turismo nacional.

12

MAGAZINE WITH ATTITUDE

times is the city of Oporto, elected for the third time as the "Best European destination"... It is clearly a source of pride! The fact that Oporto is recognised as the Best European Destination has a very valuable importance, both in terms of promotion and attractiveness. We have a destination that is worthy of its own and values the whole territory, which preforms as a springboard for all the regions around. Oporto has been doing a remarkable job in capturing routes and positioning the city on the map of Europe. Going forward, I believe the way is to diversify markets. The experience of Oporto and of any region or city, is related very much to the variety of the offer and how we get this message across to those


ENCONTRO MEETING

who visit us. If we make people realise that Oporto is not only the historic centre, the Cathedral and the Ribeira, there is much more to visit

“Um roteiro no Porto é algo que precisa de tempo: ou muitos dias ou muitas vindas porque é um lugar para admirar e desfrutar.”

and there are interesting regions around it, so tourists end up staying longer. What other tourist potential do you associate with this part of the country? The northern tradition associated with modernity is remarkable! The

“A tourist guide in Oporto is something that requires time: either many days or many visits, because it is a place to appreciate and enjoy.”

ability to turn around, transform things without ever forgetting the tradition, culture and heritage... I consider that reinventing is an asset of what Oporto has done. This, together with a good welcoming, becomes an explosive mixture, which has been transverse to everything. It is noticed in the most varied areas, from gastronomy, architecture, industry... in everything. Even in the way that urban rehabilitation is transforming the city of Oporto, with new architectural projects and new ideas... The North is already giving a lot to national tourism. There is an enormous ease in "selling" this region, of convincing tourists when talking about the North.

Quais os locais que considera imperdíveis num guia turístico da cidade do Porto? Um roteiro no Porto é algo que precisa de tempo: ou muitos dias ou muitas vindas porque é um lugar para admirar e desfrutar. Então se for numa época como o São João…! No entanto, recomendo uma visita à Marques Soares, de onde sou cliente há muitos anos ‒ e este local sugiro não só para ir às compras, mas também para admirar a arquitetura do edifício que é verdadeiramente especial. Desafio a atravessar a ponte D. Luís e admirar o Porto de uma outra perspetiva. Depois, passear pela Ribeira, visitar Serralves e percorrer os jardins do Palácio de Cristal. Subir as escadinhas até à Sé… ir até ao Freixo, andar pela Rua Santa Catarina, visitar a Foz e conhecer a Sala Árabe do Palácio da Bolsa, que foi recuperada recentemente. E não deixar de observar o património de azulejos que há no Porto e que é único. Aproveitar também para conhecer umas quintas ali à volta… E não ir embora sem experimentar a famosa francesinha (adoro francesinha e adoro sobretudo aquele molho!). Além disso, o Porto tem algo muito interessante: a luz/sombra da cidade muda muito consoante a época do ano e as horas do dia.

Which places do you consider unmissable in a tourist guide of the

O fenómeno crescente do turismo em Portugal, levanta necessariamente a questão da sustentabilidade. Acredita que as cidades portuguesas estão preparadas para dar resposta a este boom turístico? É preciso entender que as nossas cidades vivem uma dinâmica completamente diferente daquela que vivíamos há 20 anos. É fundamental que estejam preparadas para todos e neste aspeto, há que frisar o trabalho que está a ser desenvolvido pelas autarquias em adaptar as cidades. Se conseguirmos isto – e eu acredito que conseguimos – atingimos o equilíbrio perfeito: cidades abertas que acolhem da melhor maneira possível, que são plenamente vividas pelas pessoas que as habitam e desfrutadas por todos.

The growing phenomenon of tourism in Portugal necessarily raises

14

MAGAZINE WITH ATTITUDE

city of Oporto? A tour guide in Oporto is something that requires time: either many days or many visits, because it is a place to appreciate and enjoy. Especially, if it is in a time like São João...! However, I recommend a visit to Marques Soares, where I have been a customer for many years – and this place I suggest not only to go shopping, but also to admire the architecture of the building, which is truly special. I dare you to cross the bridge D. Luís and appreciate Oporto from another perspective. Afterwards, stroll through the Ribeira, visit Serralves and walk through the gardens of the Palácio de Cristal (Crystal Palace). Go up the steps to Sé (the Cathedral)... go to Freixo, walk along Rua Santa Catarina, visit Foz and visit the Sala Árabe of Palácio da Bolsa, which was recently refurbished. In addition, do not miss the heritage of tiles that are in Oporto and that are unique. Take advantage to get to know some of the farms around there ... And do not leave without experiencing the famous Francesinha (I love Francesinha and I especially enjoy that sauce!). In addition, Oporto has something very interesting: the light / shadow of the city changes much depending on the time of year and the time of day.

the issue of sustainability. Do you believe that Portuguese cities are prepared to respond to this tourist boom? We must understand that our cities live a completely different dynamic from the one we lived 20 years ago. It is essential that they are prepared for everyone, because cities are not just for tourists or for residents. It is also important to preserve their authenticity, which is their greater asset and in this respect, we must emphasise the work being done by local authorities in adapting the cities. If we can achieve this – and I believe we have – we achieve the perfect balance: open cities that welcome visitors in the best possible way, which are fully lived by the people who inhabit them and enjoyed by all.


O PESO DO TURISMO EM PORTUGAL THE IMPORTANCE OF TOURISM IN PORTUGAL

6,9 % do PIB / 6.9% of GDP 48,3 % das exportações de Bens e Serviços 48.3% of exports of Goods and Services

14º país mais competitivo do mundo 14th most competitive country in the world

TURISMO CRESCE DE ANO PARA ANO TOURISM GROWS FROM YEAR TO YEAR

+ 8,5 % Dormidas / + 8.5% Accommodation + 9,6 % Hóspedes / + 9.6% Guests + 20,0 % Receitas / + 20.0% Revenue 52 mil novos empregos / 52 thousand new jobs Fonte: INE (Ano 2017 – acumulado julho Última atualização: 20 de setembro)

360º Nasceu a 13 de junho de 1970, em Vigo, mas mudou-se para a Madeira com apenas seis meses. Numa família de médicos, escolheu Direito como formação académica, mas cedo percebeu que o futuro não iria passar por ali. Começou como assessor jurídico no Grupo Pestana e mais tarde, tornou-se responsável pelos negócios na América Latina do Grupo e membro do conselho de administração. Ao longo do seu percurso, completou diversas especializações em hotelaria pela Universidade norte-americana de Cornell e, entre 2005 e 2007, foi chefe do Gabinete do Secretário de Estado do Turismo no XVII Governo Constitucional. Em fevereiro de 2016, assumiu a Presidência do Turismo de Portugal.

Born on 13th June, 1970, in Vigo, he moved to Madeira Island when he was only six months old. In a family of doctors, he chose law as an academic background, however soon realised that his future would not be Law related. He began as a legal advisor in the Pestana Group and later became responsible for the Latin American business of the Group and a member of the board of directors. Throughout his career, he completed several specialisations in hospitality Cornell University, in United States of America and between 2005 and 2007 he was head of the Office of the Secretary of State for Tourism in the 17th Constitutional Government. In February, 2016, he embraced the Presidency of Tourism of Portugal.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

15


wood

sculpting FOTOGRAFIA PHOTOGRAPHY Frederico Martins assistido por/assisted by Pedro Sá e/and Diogo Oliveira STYLING Nelson Vieira assistido por/assisted by Pedro Neto CABELOS HAIRSTYLING Rui Rocha MAQUILHAGEM MAKE UP Patrícia Lima MODELOS MODELS Catarina Santos (L'Agence) e/and José Nogueira (Central Models) AGRADECIMENTOS SPECIAL THANKS TO Paulo Neves pela cedência do seu Atelier

Produtos disponíveis

Products available

Catarina Vestido Dress WEEKEND MAX MARA Camisa Shirt UNIVEST Bomber FRANKLIN MARSHALL Carteira Handbag BURBERRY Botas Boots LUIS ONOFRE Meias Socks NEW BALANCE Brincos e Colar Earrings and Necklace EUGÉNIO CAMPOS José Camisola de gola alta, Blazer e Calças Turtleneck, Blazer and Trousers BOSS Camisa Shirt SALSA JEANS Sapatilhas Sneakers ADIDAS STAN SMITH


Camisola Sweater SPORT MAX CODE Calças Trousers SAHOCO Carteira Handbag NANO DE LA ROSA Botas Boots LUIS ONOFRE Pulseira Bracelet SWAROVSKI Brincos Earrings EUGÉNIO CAMPOS Óculos de sol Sunglasses GUCCI


Sobretudo Overcoat BOSS Casaco Coat FRED PERRY Camisa Shirt LACOSTE Calรงas Trousers LEVI'S


Fato Suit SNOBE Camisola Sweater NIKE Camisa Shirt LACOSTE


Trench coat MICHAEL KORS Hoodie FRANKLIN MARSHALL Camisola de gola alta Turtleneck MALVA Calças Trousers MAX MARA STUDIO Sapatilhas Sneakers VANS Colar e Brincos Necklace and Earrings SWAROVSKI   Anel Ring EUGÉNIO CAMPOS Pocket DROP BARCELONA


Blazer WEEKEND MAX MARA Camisa Shirt ELISABETTA FRANCHI Saia Skirt MAJA Meias Socks NEW BALANCE Cinto Belt CARTEL Botas Boots LUIS ONOFRE Óculos de Sol Sunglasses GUCCI Pulseira e Anel Bracelet and Ring SWAROVSKI


Camisa Shirt KOCCA Casaco Coat MAXMARA WEEKEND Collants Tights CÓNDOR BARCELONA Colar e Pulseira Necklace and Bracelet SWAROVSKI Anel Ring EUGÉNIO CAMPOS


Catarina Camisola Sweater CALVIN KLEIN Trench coat BURBERRY Meias Socks NEW BALANCE Mala Handbag LOVE MOSCHINO Colar e Anel Necklace and Ring SWAROVSKI José Camisa Shirt LACOSTE Jeans e/and Blusão Jacket LEVI'S Óculos de sol Sunglasses RAY-BAN


À DESCOBERTA QUEST FOR DISCOVERY

PORTO LUGAR DE ARTE E CULTURA OPORTO: a place of art and culture

26

MAGAZINE WITH ATTITUDE


CIDADE MONUMENTAL, DE ARTISTAS E GRANDE OBRAS, O PORTO É HOJE UM ESPAÇO PARA VIVER, TOCAR E SENTIR A ARTE EM TODAS AS SUAS FORMAS, SEJA DENTRO OU FORA DE PORTAS.

A MONUMENTAL CITY OF ARTISTS AND GREAT WORKS, OPORTO NOWADAYS, IS A PLACE TO LIVE, TO TOUCH AND TO FEEL ART IN ALL ITS FORMS, BE IT INDOORS OR OUTDOORS.

Eleita pela terceira vez o Melhor Destino Europeu, a cidade invicta soma e segue, multiplica-se e diversifica-se com uma oferta cultural cada vez mais atrativa. Dos quatros cantos do mundo chegam visitantes dispostos a desvendar os seus segredos e a cidade retribui, acolhendo de braços abertos quem a escolhe para viver e fruir – seja por uns dias ou para o resto da vida. Excecional nas suas mais variadas formas e com uma programação cultural cada vez mais inspiradora, o Porto é, a cada esquina que se dobra, uma surpresa infinita. Um verdadeiro museu ao ar livre, onde a arte ocupa um lugar cativo, integrando dos estilos mais clássicos aos mais irreverentes, visíveis nos discursos artísticos contemporâneos, no seu valioso centro histórico ou no património histórico-cultural que ganha vida um pouco por toda a cidade. E a verdade é que nem todas as cidades se podem orgulhar da quantidade e da qualidade dos seus museus. Mas o Porto pode. Há museus para todos os gostos, que convidam a reviver diferentes épocas, com temáticas que vão desde escultura à imprensa, do futebol à pintura, da música aos transportes. Com fachadas recuperadas e instalações em diversos espaços públicos, a arte na cidade tem ganho um novo ânimo, dinamizada, em grande parte, pelos serviços de Património Cultural (ver caixa). Vibrante e criativa, o seu coração bate cada vez mais forte, alimentado por novas gerações de artistas que se misturam com os artistas portuenses consolidados no panorama das artes, desenvolvendo novas linguagens artísticas. Parte integrante do mapa da cultura à escala internacional, a cidade é palco de exposições e eventos provenientes das variadas geografias, mas é na Rua Miguel Bombarda que se encontra a verdadeira Meca da Arte da cidade. Ali, florescem, a cada dia que passa, novos espaços – de exposição ou comerciais – com conceitos artísticos inovadores, que convidam a um olhar atento e contemplativo. Com novas galerias, mais museus e uma aposta clara na arte pública, a cultura artística vive dentro e fora de portas. Seja nos azulejos que revestem a tão aclamada arquitetura portuense ou na arte urbana que enche de vida os muros e paredes dos edifícios, a verdade é que a arte está cada vez mais presente na cidade e já foi convidada a entrar em espaços comerciais.

Elected, for the third time, as Best European Destination, the Invicta city moves onwards and upwards, multiplies and diversifies with an increasingly attractive cultural offer. From all over the world visitors arrive willing to unveil its secrets and the city responds, welcoming with open arms those who choose to live and enjoy – be it for a few days or for the rest of their lives. Exceptional in its most varied forms and with an increasingly inspiring cultural program, Oporto is, at each corner that one turns, an infinite surprise. A true open-air museum, where art conquers a captive place. Incorporating from the most classical styles to the most irreverent, visible in contemporary artistic dissertations, in its valuable historical centre or in its historical cultural patrimony that comes alive all over the city. The truth is that not all cities can be this proud of the quantity and quality of their museums. However, Oporto can. There are museums for all tastes, which invite you to recreate different times, with themes ranging, from sculpture to the press, from football to painting, from music to transport. With refurbished facades and facilities in various public spaces, art in the city has been gaining a new spirit, dynamised, in large scale, by the services in Cultural Heritage (see box). Vibrant and creative, its heart is beating stronger and stronger, fuelled by new generations of artists, who blend with the already consolidated artists of Oporto in the arts panorama, developing new artistic languages. An integral part of the culture map on an international scale. The city is the stage of exhibitions and events from various geographic origins; it is however, on Miguel Bombarda Street that one can find the city’s true Mecca of Art. There, new spaces flourish every day – for exhibitions or retail – with innovative artistic concepts, which invite an attentive and contemplative gaze. With new galleries, more museums and a clear bet on public art, artistic culture lives indoors, as well as outdoors. Either in the tiles that line up the acclaimed architecture of Oporto or in the urban art that fills with life walls and buildings facades, the truth is that art is increasingly present in the city and it has already been invited to enter commercial spaces.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

27


À DESCOBERTA QUEST FOR DISCOVERY

Marques Soares abre as portas à arte

Herdeira de uma longa e reputada história na arte de bem-vestir, Marques Soares é ponto de passagem obrigatório para quem visita a cidade do Porto. Localizada no coração da invicta, com uma vizinhança que dispensa apresentações – desde a famosa Livraria Lello, à aclamada Torre dos Clérigos ou a célebre Reitoria – Marques Soares deu as boas-vindas à arte. “O crescimento do turismo representou um desafio para a Marques Soares. Sentimos necessidade de nos adaptar a esta nova realidade por isso desenvolvemos um Programa de Turismo para receber ainda melhor os turistas que nos visitam”, explica Paulo Antunes, Administrador da Marques Soares. A aposta na cultura é um dos focos do programa, através da aquisição da obra “A Medida de Todas as Coisas ” do artista Isaque Pinheiro. “Quisemos encontrar uma obra de arte que tivesse significado para nós. Esta obra do artista Isaque Pinheiro conquistou-nos porque representa a nossa origem no comércio tradicional do tecido a metro. Acaba por funcionar como um marco comemorativo da época e é intemporal, porque representa hoje e sempre a nossa história. É, sem dúvida, um elemento diferenciador e reforça a posição da Marques Soares não só enquanto ponto comercial, mas também como ponto de interesse cultural para nacionais e estrangeiros”. “A Medida de Todas as Coisas” pode ser apreciada na Marques Soares, no número 92 da Rua das Carmelitas, Porto.

Parta à descoberta da arte pública Amplo museu de arte pública, aberto a todos os olhares, a cidade do Porto conta com mais de duas centenas de obras que foram sendo implantadas no último século e meio, mas que muitas vezes escapam à atenção de quem passa. Para reverter esta situação, a Câmara Municipal do Porto lançou, no início de julho, um Mapa de Arte Pública do Porto. Com a configuração de um normal mapa turístico, o desdobrável identifica a localização de 219 obras, entre esculturas, bustos, placas, painéis, monumentos e edifícios. Mas vai mais longe, fazendo uma seleção de 50 dessas peças, organizando-as em cinco rotas temáticas: da História, da Água, das Letras, da Escola das Belas Artes e da Arte Contemporânea. O Mapa de Arte Pública do Porto está disponível, gratuitamente, em locais como os postos de turismo, o aeroporto e outros pontos estratégicos da cidade.

28

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Marques Soares opens the door to art

Heir to a long and reputed history in the art of well dressing, Marques Soares is a mandatory waypoint for those who visit Oporto city. Placed at Invicta’s heart, with a neighbourhood that does not need an introduction – from the famous Lello Bookstore, to the acclaimed Tower of Clerics or the famous Rectory – Marques Soares welcomed art. “The growth of tourism was a challenge for Marques Soares. We feel the need to adapt to this new reality, therefore we have developed a Tourism Program to better welcome the tourists who visit us”, explains Paulo Antunes, administrator of Marques Soares. The bet on culture is one of the focuses of the program, through the acquisition of the work “A Medida de Todas as Coisas #2” (A Measure of All Things #2), by the artist Isaque Pinheiro. “We wanted to discover a work of art, which had a meaning for us. This work, by the artist Isaque Pinheiro has conquered us because it represents our origin in the traditional trade of fabric by metre. It ends up working as a commemorative landmark of the timeless era, because it represents our history today and always. It is, undoubtedly, a differentiating element and reinforces the position of Marques Soares, not only as a retail point, however as a point of cultural interest also, for both nationals and foreigners”. “A Medida de Todas as Coisa #2” (The Measure of All Things #2) may be appreciated at Marques Soares, at Rua das Carmelitas No 92, Porto.

Start discovering public art Vast museum of public art, open to all eyes, the city of Oporto counts with more than two hundred works of art, which have been built in the last century and a half. Nevertheless, these often escape the attention of passers-by. To reverse this situation, the City Council of Oporto launched, in early July, a Public Art Map of Oporto. With the design of a normal touristic map, the leaflet identifies the location of 219 works of art, among sculptures, busts, plaques, panels, monuments and buildings. It goes even further, by making a selection of 50 of these pieces and organising them in five thematic routes: History, Water, Literature, Fine Arts School and Contemporary Art. The Public Art Map of Oporto is available, free of charge, in places such as tourist offices, the airport and other strategic points of the city.


A UNICEF não endossa qualquer marca ou produto. Parte dos lucros da “Coleção UNICEF da Montblanc” será doada à UNICEF, para os seus projetos de alfabetização, num montante mínimo de 1,5 milhões de dólares garantidos pela Montblanc.

Hugh Jackman e a Coleção UNICEF da Montblanc Montblanc apoia UNICEF

A coleção UNICEF da Montblanc celebra o dom da escrita. Em parceria com a UNICEF, procuramos contribuir para a melhoria das condições de aprendizagem de mais de 5 milhões de crianças, através de materiais didáticos e de um ensino de melhor qualidade. Mais informações em montblanc.com/unicef Crafted for New Heights.* * Manufaturado para Novos Desafios.


© Fotos / Photos Pedro Bettencourt

INVICTATION

E U Q ISA

O R I E PINH

NASCEU EM LISBOA, MAS A VIDA ARTÍSTICA E CULTURAL DA INVICTA ROUBOU-LHE O CORAÇÃO. HOJE É UM DOS ARTISTAS MAIS CONCEITUADOS DO PORTO, UM PRESTÍGIO QUE SE ESTENDE AO TERRITÓRIO NACIONAL E A PARAGENS MAIS DISTANTES. O AUTOR DE “A MEDIDA DE TODAS AS COISAS”, EM EXPOSIÇÃO PERMANENTE NO NÚMERO 92 DA RUA DAS CARMELITAS, DESCOBRIU NA MARQUES SOARES UM INTERESSE GENUÍNO PELA ARTE E CULTURA, O QUE NA SUA VISÃO CONTRIBUI PARA QUE SE MANTENHA UMA EMPRESA JOVEM E DINÂMICA.

HE WAS BORN IN LISBON BUT THE ARTISTIC AND CULTURAL LIFE OF THE INVICTA STOLE HIS HEART. TODAY HE IS ONE OF THE MOST RESPECTED ARTISTS OF OPORTO, A STATUS THAT EXTENDS NOT ONLY TO THE NATION BUT TO MORE DISTANT PLACES. THE AUTHOR OF “A MEDIDA DE TODAS AS COISAS” (“THE MEASURE OF ALL THINGS”), A PERMANENT EXHIBITION AT NUMBER 92, RUA DAS CARMELITAS (CARMELITAS STREET), DISCOVERED IN MARQUES SOARES A GENUINE INTEREST FOR ART AND CULTURE, WHICH IN HIS POINT OF VIEW CONTRIBUTES TO PRESERVE IT AS A YOUNG AND DYNAMIC COMPANY.

30

MAGAZINE WITH ATTITUDE


Fale-nos um pouco sobre “A Medida de Todas as Coisas”. Que inspiração e conceito estão na sua base? O que é, afinal, a medida de todas as coisas no contexto desta obra? Um grande amigo meu, o Fernando Cocchiarale, excelente pensador e crítico de Arte, disse-me certo dia: “Já entendi o teu trabalho! É a relação entre o engenho humano e a ordem da natureza”. Creio que, nesse momento, sintetizou grande parte do meu trabalho e, seguramente, esta obra segue essa linha de pensamento. Protágoras (487-410 a.C.) chegou à máxima “O Homem é a medida de todas as coisas”, mas continuaremos a assistir à Natureza a impor-se como a medida de todas as coisas.

Tell us a little about “A Medida de Todas as Coisas”. What inspiration and concept are in its base? What is, after all, “the measure of all things” in the context of this work? A great friend of mine, Fernando Cocchiarale, an excellent thinker and critic of Art, told me one day: “I have already understood your work! It is the relation between human ingenuity and the order of nature.” I believe that, at that moment, he synthesised much of my work and sure enough, this work follows that line of thinking. Protagoras (487-410 BC) reached the maxim “Man is the measure of all things”; however, we will continue to see Nature impose itself as the measure of all things. The selection of materials – cedar wood, plastic paint, bronze, sisal

A escolha dos materiais – madeira de cedro, tinta plástica, bronze, sial – é parte integrante do conceito? O mais importante do conceito é o facto de ser parte de uma árvore. Aliás, a peça vive disso.

– Is it an integral part of the concept? The most important part of the concept is that it is part of a tree. In fact, the work of art lives from it. This is a piece that has the very particular characteristic of taking on

Esta é uma peça que tem a característica muito particular de assumir diferentes formas mediante o espaço onde está a ser instalada. Porquê esta opção? Na verdade, não foi uma opção. A obra é que se apresentou com essa feliz possibilidade. Num primeiro momento, nem considerei que fosse uma característica muito importante. No entanto, técnica e formalmente, a peça dá-se a isso. Digamos que foi um bónus que acabou por se transformar numa característica muito relevante. É muito gratificante quando as ideias ganham vida própria!

different shapes through the space where it is to be installed. Why this option? It was not an option. The work presented itself with this pleasant possibility. At first, I did not even consider it to be a very important feature. Nevertheless, technically and formally, the work offers this possibility. Let us say that this was a bonus, which turned out to be a very relevant feature. It’s so rewarding when ideas come to life! How does it integrate into the store space and incorporate the identity, values and history of Marques Soares?

De que forma se integra no espaço da loja e incorpora a identidade, valores e história da Marques Soares? “A Medida de Todas Coisas” pareceu-me perfeita para o espaço vertical e estrangulado que quase nos obriga a apreciá-la por segmentos, de piso em piso. E tem tudo a ver com a origem da Marques Soares, que começou por vender tecido a metro.

“A Medida de Todas Coisas” seemed to be perfect due to its vertical and strangulated space that almost compels us to enjoy it by segments, from floor to floor. Moreover, it has everything to do with the origin of Marques Soares, that started by selling cloth by the metre. How was the meeting with Marques Soares and the selection process of this work?

Como foi o encontro com a Marques Soares e o processo de seleção desta obra? Conheci casualmente o Paulo Antunes, da direção da Marques Soares, que, ao descobrir a peça, me convidou a apresentar uma proposta. Este foi um daqueles casos raros e felizes de ideias que parecem já vir feitas, ou seja: não houve dúvidas em relação a nenhum aspeto da peça. Foi perfeito!

I met Paulo Antunes the director of Marques Soares, casually. When he got to know my work, he asked me to present a proposal. This was one of those rare and cheerful cases of ideas that seem to have already been had, that is: there was no doubt about any aspect of the work. It was perfect! What do you feel today when you see this work in its “final home”? I am pleased that it is exhibited where anyone can see and enjoy it. I feel

O que sente, hoje, ao ver esta obra na sua ‘casa definitiva’? Fico contente por estar exposta onde qualquer pessoa a pode ver e usufruir. Sinto que a sua história ainda não terminou.

that its story is not over yet. You were born in Lisbon; however, you live and work in Oporto. Was it a choice or a result of circumstance?

Nasceu em Lisboa, mas vive e trabalha no Porto. Foi uma escolha ou um fruto das circunstâncias? Há 21 anos, quando vim para o Porto pela primeira vez, foi um fruto das circunstâncias. Deixei a cidade em 1998, mas regressei um ano depois para me juntar a um grupo de amigos que estavam a desenvolver um projeto chamado ‘Maus Hábitos, Espaço de Inter-

Twenty-one years ago, when I first came to Oporto, it was a result of circumstances. I left the city in 1998. Nonetheless, I returned a year later to join a group of friends who were developing a project called “Maus Hábitos, Espaço de Intervenção Cultural” (“Bad Habits, a Cultural Intervention Space”. I definitely fell in love with the city and did not even think about leaving again.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

31


INVICTATION “O Porto tem uma comunidade artística viva e pulsante.” “Oporto has a lively and pulsating artistic community.”

venção Cultural’. Apaixonei-me definitivamente pela cidade que não voltei a pensar em partir. Como sente o pulso da cidade no que diz respeito à Arte e à Cultura? Felizmente, nos últimos anos tivemos um vereador da Cultura que parecia ter nascido para o cargo: Paulo Cunha e Silva fez do Porto uma cidade amiga da cultura. Ainda hoje estamos a colher os frutos do seu legado. Infelizmente, a sua morte prematura tirou um pouco o tapete à cultura, mas espero que recupere rapidamente desse choque. Uma das formas de apoiar a cultura tem sido a promoção de espaços, dando liberdade à massa cultural para se manifestar. O Porto tem uma comunidade artística viva e pulsante – e foi graças a essa comunidade que o projeto ‘Maus Hábitos” cresceu, entusiasmou-me e convenceu-me a ficar.

How do you feel the pulse of the city with regards to Art and Culture? Fortunately, in recent years we have had a councillor for Culture who seems to have been born for that post: Paulo Cunha e Silva made Oporto a culture-friendly city. Nowadays we are still reaping the fruits of his legacy. Unfortunately, his premature death pulled the rug from under our feet. Nevertheless, I hope we will recover quickly from that shock. One of the ways to support culture has been the promotion of spaces, giving freedom to the cultural mass to manifest itself. Oporto has a lively and pulsating artistic community – and it was thanks to this community that the “Maus Hábitos” project grew, which encouraged me and convinced me to stay. How do you see Marques Soares? Not only in its commercial aspect,

Como é que olha para a Marques Soares, não só na sua vertente comercial, mas também histórica e cultural, no contexto deste novo Porto? Posso dizer-lhe que senti da parte da Marques Soares um interesse muito genuíno pela Cultura e pelo que esta vertente pode oferecer. Falo de um interesse natural, nada forçado. Embora tenha tanto tempo de vida, a Marques Soares mantém-se uma empresa jovem e atual e talvez isso também se deva a bons hábitos culturais.

but also in its historical and cultural aspects, in the context of this new Oporto? I can tell you that I felt a very genuine interest in Culture and what this aspect can offer from Marques Soares. I am talking about a natural interest, nothing forced. Although Marques Soares has been around for a while, it remains a young and up-to-date company and perhaps this is also due to good cultural habits What are your next projects?

Quais são os seus próximos projetos? Entre outros projetos, na minha agenda do próximo ano estão uma exposição individual na galeria Mário Sequeira, em janeiro, outra na galeria Caroline Pagès, em maio, e no Paço Imperial, no Rio de Janeiro, entre janeiro e outubro.

32

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Among other projects, next year’s agenda includes an individual exhibition at the Mário Sequeira gallery, in January. Another exhibition at the Caroline Pagès gallery, in May and at the Paço Imperial (Imperial Palace), in Rio de Janeiro, between January and October.


FREDPERRY.COM


INSPIRAÇÃO INSPIRATION

#patternlove

NAULOVER

DECENIO Produtos disponíveis

Products available

TWIN-SET

JÓIA GOFREY

LION OF PORCHES

LONGCHAMP

SALSA JEANS

TWIN-SET

CALVIN KLEIN

NAULOVER 34 MAGAZINE WITH ATTITUDE

PINKO

HISPANITAS

GIOSEPPO


COM HISTÓRIA WITH HISTORY

Amongst paintings and sculptures Museu Nacional de Soares dos Reis National Museum of Soares dos Reis 36

MAGAZINE WITH ATTITUDE


Se é de histórias que se fazem os museus, na do Museu Nacional de Soares dos Reis, cruzam-se reis e rainhas, ditadura e democracia, até chegar à página que marca o presente. Parta numa viagem de descoberta, onde a História da Arte e de Portugal é ilustrada por pinturas e esculturas de notáveis artistas. If it’s from stories that museums are made; at the National Museum of Soares dos Reis, kings and queens cross paths, dictatorship and democracy, leading up to the present day. Set off on a journey of discovery, where the History of Art and of Portugal is illustrated in paintings and sculptures, by notable artists.

Fundado em 1899 sob a égide do liberalismo, o então Museu Portuense de Pinturas e Estampas, destinava-se a recolher os bens confiscados aos conventos abandonados ou extintos durante a guerra civil que opôs absolutistas e liberais. Instalado no Convento de Santo António da Cidade, a dois passos do Jardim de S. Lázaro, o museu seguia um programa cultural de apoio aos artistas da Academia Portuense de Belas Artes, entidade que, mais tarde, haveria de ficar responsável pelo acervo do museu. Com as reformas institucionais da Implantação da República e, em homenagem ao célebre escultor António Soares dos Reis, o Museu Portuense de Pinturas e Estampas passa a Museu Soares dos Reis e só em 1932, quando conquista o estatuto de Museu Nacional, adquire a designação que resiste até aos dias de hoje: Museu Nacional de Soares dos Reis. Mas a história do Museu não se fica por aqui. Em 1940, muda de localização e inicia-se um novo capítulo na sua história.

Founded in 1899 under the aegis of liberalism, the then Museu Portuense de Pinturas e Estampas (Portuguese Museum of Paintings and Prints), was intended to collect the confiscated property from the abandoned convents or those that were abolished during the civil war, which opposed absolutists and liberals. Based in the Convent of Santo António da Cidade, two steps away from the Jardim de S. Lázaro (Park), the museum followed a cultural programme to support the artists of the Academia Portuense de Belas Artes (Academy of Fine Arts of Oporto), an institution that later became responsible for the collection of the museum. With the institutional reforms of the Implantation of the Republic, and in honour of the famous sculptor António Soares dos Reis, the Academia Portuense de Belas Artes becomes the Museum Soares dos Reis and only in 1932, when it achieved the status of National Museum, does it acquire the designation that remains to the present date: National Museum of Soares dos Reis. Nevertheless, the history of the Museum does not stop here. In 1940, it changes location and begins a new chapter in its history.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

37


COM HISTÓRIA WITH HISTORY

Uma morada com coroa

As paredes do edifício onde mora, desde 1940, o museu público mais antigo do país, guarda memórias com mais de dois séculos de vida. Construído nos finais do século XVIII para habitação e fábrica dos Moraes e Castro – família de prósperos negócios, proprietária da Fábrica de Tirador de Ouro e Prata na rua dos Carrancas –, a sua arquitetura neoclassicista valeu-lhe a classificação de imóvel de interesse público. Transformado em Paço Real em 1861, este foi local de passagem de reis e rainhas até ao último reinado de Portugal. Anos mais tarde e, após obras de adaptação, o Palácio dos Carrancas passa albergar o espólio do Museu Nacional de Soares dos Reis, que traz as suas coleções de cerâmica, escultura, gravura, joalharia, mobiliário, ourivesaria, pintura, têxteis e vidros da antiga morada no Convento de António da Cidade. De 1992 a 2001, o arquiteto Fernando Távora é o autor da mudança da página da história do Museu Nacional de Soares dos Reis, sendo responsável pela grande intervenção arquitetónica que ocorreu no espaço. Preservando as características do edifício histórico, dotou-o de novos e qualificados espaços interiores e exteriores e ofereceu-lhe novas áreas de vivência que convidam à descoberta.

À descoberta do museu

Quem chega para visitar o Museu Nacional de Soares dos Reis entra pela porta principal do Palácio dos Carrancas, onde encontra a Receção, a Loja do Museu e a Cafetaria, ideal para tomar um café ou uma refeição ligeira e, se o tempo o permitir, usufruir da esplanada no antigo picadeiro do palácio. Subindo a escada, aguarda-nos a Exposição Permanente do Museu, que nos conduz por um percurso cronológico pela pintura e escultura portuguesa do século XIX e primeira metade do século XX. A viagem no tempo inicia-se com o Romantismo, representado através das temáticas do Retrato, Costumes Populares e Pintura de História até chegarmos ao ciclo do Naturalismo, que constitui a maior coleção do Museu. Na Galeria de Escultura expõe-se a obra de António Soares dos Reis, o artista que dá nome ao museu. Em gesso, mármore ou bronze são apresentadas obras do escultor enquanto aluno (na Academia Portuense de Belas Artes ou como pensionista em Paris e Roma) e como artista reconhecido. Passando pela Galeria de Escultura temos acesso à área nova do museu, resultado da ampliação verificada em 2001, com acesso a duas salas de exposições temporárias e ao auditório. Continuando o percurso pela pintura do séc. XIX destaque para a obra de Henrique Pousão, a que se seguem uma série de pintores naturalistas e, mais à frente, estão expostas as obras que anunciam a renovação estética. Na última sala da galeria de pintura, um pequeno núcleo de objetos egípcios dá conta da diversidade artística presente no museu.

38

MAGAZINE WITH ATTITUDE

An excellent address The walls of the building where, since 1940, the oldest public museum in the country has been placed, hold two centuries of memories. Built in the late eighteenth century for housing and for the factory of the Moraes e Castro – family that owned prosperous businesses, owner of the Tirador de Ouro e Prata (Gold and Silver Handyman) Factory, at Rua dos Carrancas – Its neo-classicist architecture granted it the classification of property of public interest. Transformed into a Royal Palace in 1861, this was a place for kings and queens, up to the last reign of Portugal. Years later and after works of adaptation, the Carrancas Palace starts hosting the National Museum of Soares dos Reis exhibition, which brings its collections of ceramics, sculpture, engraving, jewellery, furniture, silversmithing, painting, textiles and glasses from the former residence at the Convent of António da Cidade. From 1992 to 2001, the architect Fernando Távora was the author of the big change of the history of the National Museum of Soares dos Reis, being responsible for the great architectural intervention that took place. Preserving the characteristics of the historic building, he has given it new and qualified interior and exterior spaces and has provided it with new living areas that make you want to discover more.

Discovering the museum Those arriving to visit the National Museum of Soares dos Reis enter through the main door of the Carrancas Palace, where the Reception, the Museum Store and the Cafeteria, ideal for a coffee or a light meal are found. Weather permitting, the esplanade in the old palace arena can also be enjoyed. Going up the staircase, the Permanent Exhibition of the Museum awaits us, leading us through a chronological journey through Portuguese painting and sculpture of the nineteenth and first half of the twentieth century. The journey in time begins with Romanticism, represented through the themes of Portrait, Popular Customs and History Painting, until we reach the cycle of Naturalism, which constitutes the largest collection of the Museum. In the Sculpture Gallery the work of António Soares dos Reis, the artist who gives the name to the museum is exhibited. In plaster, marble or bronze the works of the sculptor as a student (at the Academy of Fine Arts or as a pensioner in Paris and Rome) are presented, as well as that of a renowned artist. Passing through the Sculpture Gallery, we access the new area of the museum, a result of the enlargement that took place in 2001. Thus, accessing two temporary exhibition halls and the auditorium. Continuing the journey throughout the painting of the twentieth century the highlight is the work of Henrique Pousão, followed by a series of naturalist painters and, further ahead, works that announce aesthetic renewal are on display. In the last room of the painting gallery, a small core of Egyptian objects provides an account of the artistic diversity present in the museum.


Continuando a subir a escada principal chegamos ao andar nobre do palácio, cujo restauro manteve os elementos decorativos, desde os estuques e pinturas das paredes aos tetos de algumas salas. Dedicado à faiança portuguesa, mobiliário, pratas e têxteis, este é um piso que o fará sentir-se no limbo entre o século XVII e XVIII. Ao centro, no salão nobre do palácio, enquanto este foi residência da Família Real no Porto, encontram-se agora expostas peças relacionadas com a presença portuguesa no Oriente, com destaque para o par de biombos Namban ‒ japoneses ‒ do séc. XVII com cenas que representam a chegada de uma nau portuguesa ao Japão, móveis e outras peças preciosas Indo-portuguesas, ou ainda a grande vitrine de porcelana chinesa. A viagem pelo museu não termina sem antes visitar a sala com referências orientais, um outro espaço com uma notável coleção de vidros dos séculos XVII e XVIII, a sala de joalharia ou desfrutar da serenidade dos jardins que fazem parte do Museu Nacional de Soares dos Reis: o Jardim da Cerca e o Jardim das Camélias.

Continuing up the main staircase, we arrive at the noble floor of the palace, where the decorative elements were kept after the restoration. From the plasters and wall painting to the ceilings of some of the rooms. Dedicated to the Portuguese faience, furniture, silver and textiles, this is a floor, which will make you feel in limbo between the seventeenth and eighteenth centuries. In the centre, in the noble hall of the palace, whilst in the past this was the residence of the Royal Family in Oporto, we can now see pieces related to the Portuguese presence in the Orient, highlighting the pair of screens Namban – Japanese – twelfth century, with scenes that represent the arrival of a Portuguese ship in Japan, furniture and other precious IndoPortuguese pieces or even the great window with Chinese porcelain. The journey throughout the museum does not end without first visiting the room with oriental references. Another space with a remarkable collection of glass from the seventeenth and eighteenth centuries, the jewellery room or enjoying the serenity of the gardens, which are part of the National Museum of Soares dos Reis: Jardim da Cerca (Garden of the Fence) and the Jardim das Camélias (Garden of the Camellias).

MAGAZINE WITH ATTITUDE

39


COM HISTÓRIA WITH HISTORY

Um segredo nas traseiras A secret in the back Quem passa na rua não desconfia. E mesmo quem visita o Museu, pode não reparar. Mas o facto é que, nas traseiras do Museu Nacional Soares dos Reis, mais precisamente no Jardim da Cerca, existe um velódromo mandado construir pelo Rei D. Carlos. Inaugurado em 1894, o antigo velódromo Maria Amélia, era palco de corridas de bicicleta. Hoje já não funciona, mas alberga várias peças da coleção de Lapidária do Museu e pode ser visitado marcando previamente com o Museu Nacional de Soares dos Reis.

Passing by, you don’t even suspect. Moreover, those who visit the Museum may not notice. Nevertheless, the fact is that, behind the Soares dos Reis National Museum, more precisely in Jardim da Cerca, there is a velodrome, built by King D. Carlos. Inaugurated in 1894, the old velodrome Maria Amélia, was the scene of bicycle races. Nowadays it is no longer used, however it houses several pieces from the Lapidária collection of the Museum and can be visited by previously booking with the National Museum of Soares dos Reis.

Museu Nacional de Soares dos Reis: Rua D. Manuel II, 4050 - 342 Porto • T. + 351 223 393 770 GPS: 41.147709, -8.621550

40

MAGAZINE WITH ATTITUDE


INSPIRAÇÃO INSPIRATION

hello rain! BOSS INTROPIA

Produtos disponíveis

Products available

TWIN-SET

DECENIO

MARELLA

BURBERRY MAX MARA WEEKEND

42

MAGAZINE WITH ATTITUDE

LEMON JELLY


S H O P O N L I N E AT E S CA DA . C O M


COM HISTÓRIA WITH HISTORY

c

AFÉS

com história CAFÉS WITH HISTORY

Os cafés contam muito da história do Porto no último século. Locais de encontro, de debate e de conforto, iluminam a vida da cidade durante o dia e a noite. São a sua alma e coração. À volta de uma bebida que faz parte do nosso dia a dia.

Cafés reveal a lot about Oporto’s history throughout the last century. Places of gathering, debate and comfort light up the life of the city during the day and at night. They are its heart and soul. Over a beverage, that is part of our everyday life.

44

MAGAZINE WITH ATTITUDE


© CC BY-NC-ND “Associação de Turismo do Porto e Norte, AR

MAJESTIC CAFÉ É UM DOS ESPAÇOS INCONTORNÁVEIS DA CIDADE.

Majestic Café is one of the most unforgettable spaces in the city.

MAJESTIC CAFÉ

Os cafés fizeram a Europa, disse um dia o filósofo George Steiner. Nos séculos XVII e XVIII, por toda a Europa, os cafés tornaram-se locais públicos onde os cidadãos se encontravam para conversar, ou para fazer negócios, enquanto bebiam café. Se antes dessa mudança o café era utilizado sobretudo para fins medicinais, transformou-se numa bebida social. Nos cafés as pessoas sabiam as notícias do dia e conversavam sobre temas importantes. Em Londres, por exemplo, os cafés tiveram uma grande importância no desenvolvimento dos mercados financeiros. Ali também se falava de política ou dos escândalos sociais. Na Idade das Luzes, tornaram-se ponto de referência para a troca de ideias. E assim aconteceu no Porto, a partir do final do século XIX. O momento do café simboliza o começo de um dia, o epílogo de um almoço ou o correr das horas mortas. Abre espaço para as ilusões. Assim é, desde a sua entrada na corte de Luís XVI até ao primeiro café da Florença aberto ao público. Esta bebida instalou-se primeiro nos salões cheios de espelhos e mesas de mármore que, com a Revolução Francesa, se transformaram em espaços para filosofar e organizar tertúlias políticas e literárias. Eram lugares onde se conspirava e se namorava, se escrevia e se denunciava, se trocavam ideias e se meditava solitariamente. A História da Europa foi marcada com cafés antigos e modernistas que acolheram as vanguardas: o Florian, de Veneza, onde Casanova seduzia as suas amantes e Proust tomava alento; a mesa do Flore, onde Sartre escrevia os seus textos sobre o existencialismo, ou o Antico Caffè Greco de Roma (considerado o umbigo do mundo) que inspi-

“Cafés made Europe”, the philosopher George Steiner once said. In the seventeenth and eighteenth centuries, throughout Europe, cafés became public places where citizens would meet to chat or do business while drinking a coffee. If before this, coffee was used mainly for medicinal purposes, it later also became a social beverage. In the cafés, people would learn the news of the day and talk about important topics. In London for example, cafés were of great importance in the development of the financial markets. There too would they discuss politics or social scandals. In the Age of Enlightenment, cafés became a point of reference for the exchange of ideas. Towards the end of the nineteenth century, the same happened in Oporto. Coffee time symbolises the start of a day, the epilogue of a lunch or the passing of idle time. It opens things up to illusion. It has been this way since it was introduced to the court of Louis 16th, up to the first café in Florence being opened-up to the public. This beverage first settled in the mirror and marble table-filled halls, which with the French Revolution became places for philosophising and organising political and literary societies. They were places of conspiracy and romantic encounters, writing and denouncing, exchanging ideas and meditating alone. The history of Europe was marked by old and modern cafés, which welcomed the vanguards: the Florian of Venice, where Casanova seduced his lovers and Proust got support; the table of the Flore, where Sartre wrote his texts on existentialism; or the Antico Caffè Greco of Rome (considered the navel of the world), which inspired Lord Byron, Schopenhauer, Wagner, Henry James and Leopardi. Times have changed; nevertheless, the old and large cafés are full of memories, as is visible

MAGAZINE WITH ATTITUDE

45


COM HISTÓRIA WITH HISTORY

CAFÉ PROGRESSO

rou Lorde Byron, Schopenhauer, Wagner, Henry James e Leopardi. Os tempos mudaram, Mas os antigos e grandes cafés estão cheios de memórias, como é visível no Porto. Eles são o reflexo da transformação da cidade e também do debate de ideias. Muitas destas mudanças na Invicta acontecem a partir da segunda metade do século XVIII, com o crescimento rápido da população citadina, fruto do desenvolvimento da atividade mercantil, nomea– damente o comércio e exportação do vinho do Porto. Mas em meados do século XIX já o pólo da vida social, intelectual, cultural, política e administrativa assim como o centro comercial portuense estão localizados na zona da Praça Nova e áreas circundantes, a chamada “Baixa”. Na segunda metade de oitocentos, dá-se uma importante reorganização das vias de trânsito com a abertura de novas ruas que cortam e se sobrepõem à zona urbana existente. São exemplos a Rua de Ferreira Borges (a partir de 1838), a Rua de Mouzinho da Silveira (1872) e a Rua Nova da Alfândega (1869-1871). Na verdade o Porto do século XIX industrializou-se, mas manteve a tradicional e próspera atividade mercantil, afirmou-se como centro polarizador de toda a região norte do país, como entreposto atlântico e mostrou-se uma cidade moderna, aberta à vida social, política e cultural, plena de vitalidade com os seus teatros, tertúlias, cafés, feiras, livrarias, exposições internacionais, os seus passeios públicos e jardins românticos. Os cafés são o reflexo visível dessa mudança. E muitos deles, nascidos em tempos de mudanças, são hoje verdadeiras memórias de outros tempos. É certo que a cultura do café mudou bastante, mas muitos desses símbolos históricos mantêm vida a alma do Porto. Os grandes cafés, que hoje designamos como históricos, são um dos frutos desta mudança, mais

46

MAGAZINE WITH ATTITUDE

in Oporto. They are the reflection of the transformation of the city, as well as of the debate of ideas. Many of these changes in Invicta take place from the second half of the eighteenth century, with the rapid growth of the city population, as a result of the development of commercial activity: namely the trade and export of Port wine. However, in the middle of the nineteenth century the social, intellectual, cultural, political and administrative centre of the city and the commercial centre of Oporto are located in the area of Praça Nova and surrounding areas, the so called “Baixa” (downtown). In the second half of the nineteenth century, there is a major reorganisation of the traffic lanes, with the opening of new streets, which cut and overlap the existing urban area. Examples are: Rua de Ferreira Borges (from 1838), Rua de Mouzinho da Silveira (1872) and Rua Nova da Alfândega (1869-1871). In fact, the Oporto of the nineteenth century was industrialised, however it maintained the traditional and prosperous commercial activity. It was established as a polarising centre of the entire northern region of the country, as an Atlantic warehouse and proved to be a modern city open to social, political and cultural life, full of vitality with its theatres, societies, cafés, markets, bookstores, international exhibitions, public walks and romantic gardens. Cafés are the visible reflection of this transformation. Moreover, many of them, created in times of change, are now memories. It is true that the coffee culture has changed a lot, however many of these historical symbols keep the soul of Oporto alive. The great cafés, which we nowadays call historical, are one of the results of this change, more emphasised during the twentieth century. Passing through them is a way of understanding the history of the city. According to what is said, Café Progresso, which opened its doors in


COM HISTÓRIA WITH HISTORY A ATMOSFERA DESTES ESPAÇOS EMBLEMÁTICOS FAZ-NOS VIAJAR NO TEMPO.

MAJESTIC CAFÉ

acentuada durante o século XX. Percorrê-los é uma forma de compreendermos a história da cidade. Segundo se diz o Café Progresso, que abriu as portas na baixa do Porto (Rua Actor João Guedes, 5) em 1899, foi o primeiro café da cidade. É uma herança viva, carregada de memórias. Ali continua a ser obrigatório entrar para sentir o pulsar do Porto, entre os clientes de sempre e os viajantes ocasionais. Hoje é um espaço moderno, renovado há alguns anos, onde se descobrem sempre diferentes atividades culturais, de encontros com escritores ou poetas a música jazz ao vivo. Algo que tem a ver com o passado: fruto da proximidade à Praça Carlos Alberto e ao Teatro, sempre teve uma ligação forte com a cultura. Hoje os menus de pequeno-almoço continuam a ser marcantes. Um hino à beleza é o Majestic Café (Rua Santa Catarina, 112). Nasceu no tempo da “Belle Époque”, em plenos anos 20, mais exatamente a 17 de Dezembro de 1921, quando a elite do Porto (os seus políticos, artistas, escritores) o frequentava quotidianamente. Nessa altura ainda ostentava o seu nome de batismo, “Elite”. Sendo um exemplar perfeito de Arte Nova continua a ser afamado pelas rabanadas da casa (com creme de ovo e frutos secos). Passou por momentos diferentes ao longo da sua vida, mas em 1994 reabriu com estilo, tornando-se novamente num café incontornável da cidade. Outro dos grandes símbolos da idade dos grandes cafés, é o Guarany, inaugurado em 1933, e que está localizado na principal avenida do centro da cidade (Avenida dos Aliados 85/89), um local de passagem obrigatório. Era principalmente frequentado por músicos, escritores, intelectuais e homens de negócios.O seu nome

48

MAGAZINE WITH ATTITUDE

© Hotel Internacional

© Blog Mafalda Agante

The atmosphere of these emblematic spaces makes us travel in time.

CAFÉ GUARANY

downtown Oporto (Rua Actor João Guedes, 5), in 1899, was the first café in the city. It is a living heritage, laden with memories. It is still compulsory to go in to feel the pulse of Oporto, among the regular customers and the occasional travellers. Nowadays, it is a modern space, refurbished a few years ago, where you can always discover different cultural activities, from meetings with writers or poets to live jazz music. Something that has to do with the past: because of the proximity to the Praça Carlos Alberto (Square) and the Theatre, always had a strong connection to culture. Currently, the breakfast menus continue to be remarkable. A hymn to beauty is the Magestic Café (Rua Santa Catarina, 112). It was created in the Belle Époque era, in the 1920s, more precisely on the17th of December 1921, when Oporto’s elite (its politicians, artists, and writers) frequented it on a daily basis. At that time, it still had its initial name, “Elite”. Being a perfect example of Art Nouveau, it continues to be famous for the house French toasts (with egg cream and nuts). It went through different moments throughout its life; nonetheless, in 1994 it reopened with style, becoming again an inescapable café in the city. Another of the great symbols of the age of the great cafés is the Guarany, inaugurated in 1933, which is located on the main avenue of the city centre (Avenida dos Aliados 85/89), a place of mandatory passage. It was mostly frequented by musicians, writers, intellectuals and businessmen. Its name indicates everything: its decoration makes us travel to the indigenous peoples of South America and especially, to Brazil,


INSPIRAÇÃO INSPIRATION

style & comfort

GEOX FRED PERRY

PANDORA DESIGUAL

LACOSTE GUESS

LEVI’S

TOSCA BLU

FRED PERRY

Produtos disponíveis

LION OF PORCHES

Products available

DESIGUAL

NEW BALANCE

DESIGUAL

FLY LONDON MAGAZINE WITH ATTITUDE

49


“Percorrer os cafés históricos do Porto é uma forma de compreendermos a história da cidade.” “Going through Oporto’s historic cafés is a way of understanding the history of the city.” indica tudo: a sua decoração faz-nos viajar até aos povos indígenas da América do Sul, e principalmente ao Brasil, o maior produtor de café do século XX. Na verdade o seu interior é de uma beleza comovente. Para além do alto relevo de Henrique Moreira (“O Guarany”), conta com painéis de Graça Morais, que evocam a vida das tribos amazónicas. Beber na esplanada um chocolate quente numa tarde fria é um prazer que o Guarany garante. Um dos mais conhecidos cafés do Porto é o Piolho (Praça Parada Leitão, 45). O seu nome original não é esse, mas sim, Café Âncora D’Ouro. Só que, como noutros tempos, era o único café ao lado das faculdades, estava sempre tão repleto de estudantes de bata preta que muitos frequentadores começaram a dizer que “pareciam piolhos” e o nome acabou por ficar para sempre. E, de facto, ainda hoje é um café de estudantes. O espaço é pequeno, mas tem uma esplanada cá fora com vista privilegiada para as igrejas do Carmo e Carmelitas. Outro café que não deixa ninguém indiferente no Porto é o Ceuta (Rua de Ceuta Avis, 27), outro local que nasceu na década de 50 do século passado e que acabou por ser o local favorito de políticos e outras personalidades incontornáveis da vida da Invicta. Nele encontramos um equilíbio perfeito entre painéis e pinturas que retratam a conquista de Ceuta pelos portugueses e referências mais modernas. Os mármores das paredes, as paredes espelhadas e as pinturas de Coelho de Figueiredo são algumas das imagens que celebrizam aquele que

50

MAGAZINE WITH ATTITUDE

CAFÉ PIOLHO

CAFÉ CEUTA

the largest coffee producer of the twentieth century. In fact, its interior is of a touching beauty. Besides the embossing of Henrique Moreira (“The Guarany”), it holds Panels of Graça Morais, which evoke the life of the Amazonian tribes. Drinking a hot chocolate, on the terrace, on a chilled evening is a pleasure that Guarany guarantees. One of the most well-known cafés in Oporto is the Piolho (Praça Parada Leitão, 45). Its original name is not this one, but rather, Café Âncora D’Ouro. However, as in the past, it was the only café next to the colleges and was always packed with black-clad students, so that many regulars began to say that they looked “like lice” and the name ended up sticking. Moreover, in fact, even nowadays this is a student’s café. The place is small, however there is a terrace outside with a privileged view to the churches of Carmo and Carmelitas. Another café that does not leave anyone indifferent in Oporto is the Ceuta (Rua de Ceuta Avis, 27), another place that was created in the 50’s, last century and that turned out to be the favourite place of politicians and other invincible personalities of the life of Invicta. There, we find a perfect balance between panels and paintings that portray the conquest of Ceuta by the Portuguese and more modern references. The marble of the walls, the mirrored walls and the paintings of Coelho


OS CAFÉS CONTINUAM A SER PONTOS DE ENCONTRO DE DIFERENTES GERAÇÕES PORTUENSES.

Cafés continue to be meeting points of different generations Portuenses (Oporto natives).

CHIADO CAFÉ LITERÁRIO

CAFÉ AVIZ é um dos Cafés Históricos do Porto. É um bom local para almoçar ou para jogar bilhar. Com mais de meio século, o Café Aviz (Rua do Avis, 27) é um fulgurante local de encontro de diferentes gerações de portuenses. Está no coração da vida noturna do Porto, na zona das Galerias, é um belo local para ir comer uma francesinha ao início da noite, quando o estômago começa a refilar. A sua esplanada é extremamente convidativa. Tem também um pormenor que o diferencia: a existência de bilhares, esse desporto tentador para quem tem calma e destreza. Outro dos locais emblemáticos da Invicta, é a Casa da Boavista (Avenida da Boavista, 919), onde se “esconde” o Chiado Café Literário. É um local onde a palavra é rainha. Logo na primeira sala, os livros enchem as paredes, convidando a ocupar as poltronas para os ler. Para acompanhar a leitura servem-se panquecas e chá quente. Um complemento perfeito para o alimento da alma. Todos eles são símbolos dos cafés históricos que marcam a cidade. Com um olhar para o passado, são o reflexo do presente e um vislumbre do futuro.

de Figueiredo, are some of the images that celebrate one of the Historical Cafés of Oporto. It is a good place to have lunch or play billiards. For over half a century, Café Aviz (Rua do Avis, 27) has been a great meeting place for different generations of Portuenses (locals from Oporto). It is located in the heart of the Oporto nightlife, in the Galerias area. It is a great place to go to eat a Francesinha (typical Oporto sandwich) at the beginning of the evening, when the stomach calls for food. Its esplanade is extremely inviting. There is another detail that makes it stand out: the billiards tables, this tempting sport for those who are calm and dexterous. Another of the emblematic sites of Invicta is the Casa da Boavista (Avenida da Boavista, 919), where Chiado Café Literário is “hidden”. It is a place where words rule. In the first room, the books fill the walls, inviting us to take a seat in an armchair and read. Pancakes and hot tea are served to accompany the reading. A perfect complement to feed the soul. All of them are symbols of the historic cafés that mark the city. With a look into the past, they are the reflection of the present and a glimpse of the future.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

51


inspiração inSPIRATION

© João Messias

Swarovski

soft cosy winter Casa da Música

salsa jeans Lion of porches

salsa jeans

m Michael kors

furla

naulover marella 52

MAGAZINE WITH ATTITUDE

tosca blu


must-have

Bienvenue,

Mademoiselle Longchamp estreia-se este outono como um must-have da temporada. Considerada a nova carteira hobo, esta carteira orgulhosamente francesa chega com uma pitada de atrevimento, pronta a suprimir as necessidades de uma mulher cosmopolita e autoconfiante, que não abre mão da sua liberdade. Com detalhes sofisticados como a fivela icónica e um selo gravado com acabamento em esmalte – símbolo de autenticidade do artesanato e perícia de Longchamp –, a linha surge numa paleta que preconiza os tons da estação: Preto elegante, Cinzento delicado, Conhaque intenso e Mimosa. Elegante e estruturada, e simultaneamente casual e sensual, Mademoiselle Longchamp é inspirada nas heroínas dos anos 70, evocando a imagem da Jane Birkin e da Françoise Hardy, ícones ferozmente independentes para o seu tempo. Usada a tiracolo, Mademoiselle Longchamp é uma declaração feminista, uma peça descontraída destinada a facilitar a vida das mulheres, deixando-as livres de restrições e disponíveis para amar a vida. É caso para dizer: c’est un plaisir, Mademoiselle!

Mademoiselle Longchamp debuts this fall with a must-have of the season. Considered the new hobo handbag, this proudly French handbag arrives with a dash of daring, ready to suppress the needs of the cosmopolitan and self-confident woman, who refuses to give up her freedom. With sophisticated details, such as the iconic buckle and a stamp engraved with enamel finish – symbol of authenticity of craftsmanship and expertise of Longchamp – the line appears in a palette that favours the shades of the season: elegant black, delicate grey, intense cognac and Mimosa. Elegant and structured, whilst simultaneously casual and sensual, Mademoiselle Longchamp is inspired by the heroines of the 70s, evoking the image of Jane Birkin and Françoise Hardy, icons that were fiercely independent for their time. With a shoulder strap, Mademoiselle Longchamp is a feminist statement, a casual piece designed to make life easier for women, leaving them free of constraints and available to love life. One could say: c’est un plaisir, Mademoiselle!

Produtos disponíveis

Products available

54

MAGAZINE WITH ATTITUDE


READY-TO-WEAR & ACCESSORIES


onofre Luis

© Fotos / Photos Pedro Bettencourt

INVIcTATION

56

MAGAZINE WITH ATTITUDE

«A indústria do calçado tem potencial para ser uma das que mais progride em Portugal» «The footwear industry has the potential to be one of the most progressive in Portugal»


A história de Luís Onofre confunde-se com a do calçado português. Representa a terceira geração de fabricantes de calçado Conceição Rosa Pereira, sua avó e fundadora da empresa e criou a sua própria marca, com um conceito que faz sucesso nacional e internacional. Recentemente, lançou-se no desafio de ser o presidente da Associação Portuguesa dos Industriais do Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS), e fala-nos dos seus planos para um setor que se modernizou e está em constante evolução. The story of Luís Onofre is confused with that of Portuguese footwear. It represents the third generation of shoe manufacturers Conceição Rosa Pereira. His grandmother and founder of the company, created her own brand, with a concept that is nationally and internationally successful. Recently, he challenged himself into becoming the president of the Associação Portuguesa dos Industriais do Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS) (Portuguese Association of Footwear, Components, Leather Goods and Substitutes). He tells us of his plans for a sector that has been modernised and is constantly evolving.

Nos últimos anos, o setor do calçado tornou-se uma indústria jovem, moderna, em permanente evolução. O que tem contribuído para esta mudança? O calçado português sempre se diferenciou pela qualidade que vem de um saber antigo, embora nos últimos dois anos tenha havido uma evolução também a esse nível. Há uma geração a entrar neste setor que conjuga este know-how com ideias voltadas para o futuro. São pessoas que estudaram fora, que conheceram o mundo e trazem consigo essa experiência, que é fundamental para a evolução desta indústria. O marketing também tem sido essencial para divulgar aquilo que sabemos fazer: não é uma aposta de agora, mas que estamos a intensificar. Veja, por exemplo, o último número do Portuguese Soul, um magazine da APICCAPS: está fantástico! Também nos temos associado a pessoas, marcas e até setores que nos trazem valor. Um exemplo recente foi a iniciativa Showcase MODAPORTUGAL, no âmbito da Semana da Moda de Paris, em que calçado, vestuário e joalharia apresentaram, em conjunto, o que de melhor se faz em Portugal.

In recent years, the footwear industry has become a young, modern industry, constantly evolving. What has contributed to this change? Portuguese footwear has always been distinguished by the quality, which comes from an ancient knowledge; although in the last two years, there has also been an evolution. There is a generation entering this sector, which combines this know-how with ideas for the future. They are people who have studied abroad, who have known the world and bring with them this experience, which is fundamental to the evolution of this industry. Marketing has also been instrumental in spreading what we know how to do: currently it is not a bet yet; however, we are stepping up. Take as an example the latest issue of Portuguese Soul, an APICCAPS magazine: It is fantastic! Also relating to people, brands and even sectors that bring us value. A recent example was the Showcase MODAPORTUGAL initiative, at the Paris Fashion Week, in which footwear, clothing and jewellery, all together, presented the best that is made in Portugal.. Portugal is one of the world’s largest producers of footwear. How is the Made in Portugal brand perceived at an international level? It is recognised by its quality and by its promptness of production. If it

Portugal é um dos maiores produtores mundiais de calçado. Como é que a marca Made in Portugal é percecionada a nível internacional? É reconhecida pela qualidade e também pela rapidez da produção. Se for necessário produzir e entregar num curto espaço de tempo, os portugueses conseguem-no sem sacrificar a qualidade. É algo muito valorizado pelos grandes grupos e department stores internacionais.

is necessary to produce and deliver in a short space of time, the Portuguese can do it without compromising quality. This is something highly valued by large groups and international department stores. In the last decade, new Portuguese brands have emerged, which have stood out for their concept and design and among them Luis Onofre. What makes these brands winning concepts? A lot of work, good networking, interesting marketing and being surrounded by the right people. Becoming medias’ favourite can also

Na última década têm surgido novas marcas portuguesas que se têm destacado pelo seu conceito e design, entre as quais a Luís Onofre. O que torna essas marcas conceitos vencedores? Muito trabalho, um bom networking, um marketing interessante e estar-se rodeado pelas pessoas certas. Cair nas graças dos media também pode amplificar uma marca de forma estrondosa, e aí

amplify a brand in a deafening way, and here we see the importance of having a concept: it’s easier to communicate – and sell – a concept with a good story than a shoe of excellent design without this factor. Nonetheless and above all, I consider it important to have a vision of what the brand will be in the future, to know what you want to achieve. If we have an ambition, which is reflected in the effort, anything is possible.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

57


INVIcTATION entra a importância de ter um conceito: é mais fácil comunicar – e vender! – um conceito com uma boa história do que um sapato de excelente design, mas sem esse fator. Mas, acima de tudo, considero importante ter uma visão do que a marca vai ser no futuro, saber onde se quer chegar. Se tivermos uma ambição que se reflita no esforço, tudo é possível. Foi recentemente eleito presidente da APICCAPS. Considera que o dinamismo e projeção alcançados pela indústria do calçado português são, em grande parte, causa e efeito do associativismo existente na indústria? Sem dúvida. Aliás, A APICCAPS é capaz de ser uma das poucas associações em que há uma certa unanimidade. Sempre lutei pelo selo Made in Portugal e quando vejo uma marca portuguesa a triunfar lá fora fico muito feliz. Não sinto qualquer inveja, pelo contrário: sei que vai ser bom para todos nós, para o país. E também sei que, felizmente, não sou o único a pensar assim.

“Para construir algo tão artístico como um sapato é preciso ter magia nas mãos.” “To make something as artistic as a shoe you need to have magic in your hands.”

You were recently elected president of APICCAPS. Do you consider that the dynamism and projection reached by the Portuguese footwear industry are, in large part, the cause and effect of the existing association in this industry? No doubt. In fact, APICCAPS is probably one of the few associations in which there is some harmony. I have always fought for the Made in Por-

Que ações estão previstas para o seu mandato na APICCAPS? Um dos nossos projetos mais grandiosos é a entrada na indústria 4.0. O mercado dos EUA é também uma das nossas grandes apostas. Outra ação passa pelo apoio às empresas nas áreas de design e marketing.

tugal seal and when I perceive a Portuguese brand succeeding abroad, I am very happy. I do not feel any envy at all, on the contrary: I know it will be good for all of us and for the country. Besides, I also know that, fortunately, I am not the only one thinking like that.. Which actions are foreseen for your directive in APICCAPS?

Quais são os principais desafios que a indústria do calçado português enfrenta? Um dos grandes desafios é trazer mais jovens para esta indústria, sobretudo para a parte produtiva. Ainda há um preconceito relacionado com esta área que não faz muito sentido nos dias de hoje. A vertente artesanal está desde sempre ligada a este setor e poucos imaginam a mestria necessária para construir algo tão artístico como um sapato. Não é um trabalho menor: é preciso ter magia nas mãos. Outro desafio é reduzir a utilização de pele, substituindo-a por outros materiais compatíveis com a exigência dos consumidores. E mesmo no que respeita ao uso da pele, queremos fazê-lo de forma mais sustentável, sem químicos ou substâncias nocivas para o ambiente. A própria evolução do setor é, por si só, um desafio. Hoje estamos a criar sapatos que não imaginávamos há dez anos. Chegámos a um ponto de cruzamento entre o industrial e o artístico que está a tornar o sapato, cada vez mais, um ícone de moda.

One of our greatest projects is entering the 4.0 industry is also one of our big bets. Another action is to support companies in the areas of design and marketing.. What are the main challenges facing the Portuguese footwear industry? One of the great challenges is to bring more young people into this industry, especially to the production part. There is still a prejudice in this area, which does not make much sense these days. The artisanal side has always been linked to this sector and few imagine the mastery necessary to build something as artistic as a shoe. It is not a minor job: you have to have magic in your hands. Another challenge is to reduce the use of leather, by replacing it with other materials compatible with consumer requirements. Furthermore, even with regard to the use of leather, we wish to do it in a more sustainable way, without chemicals or substances harmful to the environment. The evolution of the industry itself is a challenge. Nowadays, we are

Como é que perspetiva o futuro desta indústria? A indústria do calçado tem crescido todos os anos de forma bem visível e sustentável. Tem tudo para ser um os setores que mais progride em Portugal.

creating shoes that we had not imagined ten years ago. We have come to a point between the industrial and the artistic, which is turning the shoe, more and more, into a fashion icon. How do you perceive the future of this industry?

Representa a terceira geração da fabricante de calçado Conceição Rosa Pereira, fundadora da empresa. Que memórias de infância guarda da fábrica do seu pai? A fábrica era quase uma quinta, havia muito verde e uma liberdade completamente diferente. Os funcionários eram muito simpáticos

58

MAGAZINE WITH ATTITUDE

The footwear industry has been growing every year in a very visible and sustainable way. It has everything to be one of the sectors that most develops in Portugal.


A indústria do calçado português em Factos & Números The Portuguese footwear industry in Facts & Figures • 95% da produção anual é exportada para 150 países; • 81.6 mil milhões de pares de sapatos exportados, correspondendo a um total de 1.9 milhões de euros; • França é o principal destino das exportações (22%), seguida pela Alemanha (18%), Holanda (14%), Espanha (10%) e Reino Unido (7%); • 1.473 empresas deste setor empregam 38.661 pessoas; • A produção concentra-se no Norte do país, sobretudo em Felgueiras, Guimarães, Santa Maria da Feira, Oliveira de Azeméis e São João da Madeira.

• 95% of the annual production is exported to 150 countries; • 81.6 billion pairs of shoes exported, corresponding to a total of 1.9 million euros; • France is the main export destination (22%), followed by Germany (18%), the Netherlands (14%), Spain (10%) and the United Kingdom (7%); • 1.473 companies in this sector employ 38,661 people; • Production is concentrated in the north of the country, especially in Felgueiras.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

59


INVIcTATION e faziam-me espadas de cartão com couro. Vivi muitas situações engraçadas.

Did this experience help you shape your future as a shoe professional? At the age of 15, I began to help my father during vacations and I went

Essa vivência ajudou-o a moldar o seu futuro enquanto profissional do calçado? Aos 15 anos comecei a ajudar o meu pai durante as férias e fui-me aprofundando na cultura do calçado. Confesso que nunca me senti atraído pela parte de produção. Contudo, quando fui fazer o curso de calçado, e vi o meu primeiro modelo transformar-se em realidade, percebi que era realmente aquilo que queria fazer. Desde o primeiro momento, ambicionei ter a minha marca.

deeper into the culture of footwear. I confess I was never attracted to the production part. However, when I did the footwear course and saw my first model come true, I realised that it was really what I wanted to do. From that time on, I wanted to have my own brand. Until the moment that you finally created the brand Luís Onofre and took over the helm of the company. Yes! Moreover, my father – who still works with me – recognised my abilities and gave me total freedom. Previously, in 1999, I had already

Até que, finalmente, criou a marca Luís Onofre e assumiu o leme da empresa. Sim! E o meu pai – que ainda hoje trabalha comigo – reconheceu as minhas capacidades e deu-me total liberdade. Anteriormente, em 1999, já tinha criado a minha marca. Foi um início conturbado, porque tinha ideias muito interessantes, mas dispersava-me facilmente. Fiz desde relógios a calçado de criança e de homem, sem ter realmente a estrutura necessária para manter esses negócios. Hoje recebo convites para criar roupa, joalharia, relojoaria, que recuso por falta de tempo. O pouco tempo que tenho é dedicado àquilo que realmente sei fazer: calçado.

created my brand. It was a disturbed beginning, because I had very interesting ideas; however, I would be distracted easily. I made everything from watches to men and children’s footwear, without really having the structure needed to maintain those businesses. Nowadays, I receive invitations to create clothing, jewellery, and watches, which I decline due to lack of time. The little time I have is dedicated to what I really know how to do: footwear. Like the footwear industry, Oporto has also been modernised. How do you perceive this transformation that the city has been experiencing? Oporto is cool! I travel a lot, I visit many European cities ... and there is

Tal como a indústria do calçado, também o Porto se modernizou. Como olha para esta transformação que a cidade tem vivido? O Porto está porreiro! Eu viajo muito, visito muitas cidades europeias… e não há nada como o Porto – e nem como Lisboa, já agora… –, que tem tantas coisas: espaços verdes e tranquilos, rio, mar, uma gastronomia maravilhosa, o aeroporto… e tudo muito próximo entre si. Mas esta transformação também traz desafios. Por exemplo, os portuenses têm uma simpatia muito natural mas, com o crescimento do turismo, é preciso profissionalizar essa ‘arte de bem receber’ sem perder a genuinidade.

nothing like Oporto - nor Lisbon, – which has so many things: green and peaceful spaces, river, sea, a wonderful gastronomy, the airport ... and everything very close to each other. Nevertheless, this transformation also brings challenges. For example, the Portuenses (Oporto locals) have a very natural empathy; however, with the growth of tourism, it is necessary to professionalise this “art of welcoming”, without losing the authenticity..

Gosto! I like it!

O calçado que não deve faltar no closet de uma mulher... um par de sapatos pretos, de sapatos nude, de sapatos e salto médio e de salto alto. The footwear that should be always be in a woman’s closet: a pair of black shoes, nude shoes, a medium heels shoes and high heels shoes. Um sapato perfeito é aquele que… ainda não foi inventado. A perfect shoe is one that... has not yet been invented. Um dia gostaria de calçar… Seria mais quem gostaria de ter calçado: algumas atrizes dos anos 40-50, que eram maravilhosas. One day I would like to put on shoes... It would be more a case of who I would like to have put shoes on: some actresses from the 40s and 50s, who were magnificent. Inspira-me… dizerem-me que gostam daquilo que estou a fazer e procurar fazê-lo cada vez melhor. It’s inspiring... to be

told that people like what I am doing and try to do it better and better.

60

MAGAZINE WITH ATTITUDE


baccus:

A reinventar a arte da camisaria

Reinventing the art of shirt making Nascida em 2007, e alicerçada pela DCD – empresa que se orgulha em manter viva a arte de cortar e coser tecido sob a forma de camisaria e gravataria, BACCUS chegou disposta a reinventar a tradição do mestre camiseiro. Cem por cento portuguesa, inspira-se nas mais recentes tendências mundiais da moda, imprimindo um cunho pessoal a cada camisa que confeciona. Jovem e moderna e com um estilo sério, dedica-se a uma busca constante pelos materiais mais inovadores, pela qualidade exímia dos tecidos e concede uma especial atenção ao pormenor no processo de fabrico. Com duas coleções anuais – Outono/Inverno e Primavera/Verão – e ainda algumas peças intemporais, BACCUS surpreende com uma seleção de camisas de qualidade superior e materiais inovadores, como os têxteis com capacidade de absorção e neutralização de odores desagradáveis. Disponível em vários padrões e estilos – desde o clássico ao contemporâneo, do casual à cerimónia – uma camisa BACCUS é muito mais do que uma simples peça de vestuário. É um motivo de orgulho no universo masculino e a exultação máxima da personalização. Presente em vários países da Europa, Angola e EUA, BACCUS oferece a possibilidade customizar camisas, desde o tecido ao colarinho e dos botões ao acabamento.

62

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Born in 2007 and founded by the DCD – a company that is proud to keep alive the art of cutting and sewing fabrics in the form of shirts and ties, BACCUS appears to reinvent the tradition of the shirt master. A brand one hundred percent Portuguese, it finds inspiration in the latest trends of the fashion world, giving a personal stamp to every shirt it makes. Fresh, modern and with a serious style, the brand dedicates itself to a constant search for the most innovative materials, the excellent quality of the fabrics and gives special attention to detail in the manufacturing process. With two annual collections - Autumn / Winter and Spring / Summer – and with some timeless pieces, BACCUS surprises us with a selection of top quality shirts and innovative materials, such as textiles that not only absorb but neutralise unpleasant odours. Available in various patterns and styles – from classic to contemporary, from casual to formal – a BACCUS shirt is much more than a simple piece of clothing. It is a reason to feel proud in the male universe and the maximum exultation of personalisation. Present in several countries in Europe, Angola and the USA, BACCUS offers the possibility to fully customise shirts, from the choice of fabrics to the shirt collar, from buttons to the finishing’s. Produtos disponíveis

Products available


baccus.pt


inspiração inSPIRATION

go

Let’s for a Ride!

Bleu de Chanel

tommy hilfiger

decenio

levi’s salsa Jeans

diesel

nikon Máquina Fotográfica Nikon d3300 18/55+55/200vr

salsa Jeans montblanc

new balance 64

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Produtos disponíveis

Products available


BEM-ESTAR WELL-BEING

Wine Experience

spa

Refúgio da alma e dos sentidos Refuge of soul and senses

66

MAGAZINE WITH ATTITUDE


Imerso num ambiente onde se respira vinha e natureza, o Wine Experience Spa é um verdadeiro paraíso de experiências sensoriais no mundo da enologia e da vinoterapia, num apelo ao relaxamento, saúde e beleza. Immersed in an environment where you can breathe vineyards and nature, the Wine Experience Spa is a true paradise of sensorial experiences in the world of oenology and wine therapy, appealing to relaxation, health and beauty.

Quem chega ao Monverde Wine Experience Hotel entrega-se de corpo e alma aos rituais da vinoterapia. Numa aliança harmoniosa entre o bem-estar físico e o bem-estar mental, este espaço envolto numa atmosfera de tranquilidade liberta-nos do ritmo frenético do dia a dia e cuida profundamente do nosso interior. Vencedor de inúmeros prémios internacionais e recentemente considerado o melhor da Europa, o Spa do Monverde leva a sabedoria ancestral da vinoterapia ao seu expoente máximo, onde cada terapêutica associada aos vinhos e castas é pensada para nos mergulhar em momentos de puro deleite. A filosofia do spa enquadra-se na perfeição com o conceito do hotel, inserido na Rota dos Vinhos Verdes, em Amarante, e rodeado por uma luxuriante paisagem que pode ser contemplada dos terraços que se debruçam sobre as vinhas ou das janelas rasgadas nas fachadas de pedra e madeira. Dos 32 hectares da quinta, apenas uma pequena parte é ocupada pela unidade hoteleira, sendo a res-

Whoever arrives at the Monverde Wine Experience Hotel surrenders, body and soul, to the rituals of wine therapy. In a harmonious alliance between physical well-being and mental well-being, this space embraced in an atmosphere of tranquillity frees us from the hectic pace of everyday life and takes good care of our inner self. Winner of numerous international awards and recently considered the best in Europe, the Monverde Spa takes the ancestral wisdom of wine therapy to its ultimate exponent, where each therapy associated with varieties of wines is thought out to plunge us into moments of pure delight. The philosophy of the spa fits perfectly with the concept of the hotel, implanted in the Rota dos Vinhos Verdes (Verde Wines Tour), in Amarante and surrounded by a lush landscape, which can be appreciated from the terraces that overlook the vineyards or from the windows ripped from the stone and wood facades of the building. Of the 32 hectares of the farm, only a small part is occupied by the hotel unit, the

MAGAZINE WITH ATTITUDE

67


BEM-ESTAR WELL-BEING

tante área reservada à produção de vinho que dá o tema ao hotel e o qual se respira em cada recanto, incluindo nos tons, materiais e obras de arte que decoram o espaço.

remaining area is reserved to produce wine, which provides the theme

Revigorar corpo e mente

Refresh body and mind

Entre no Wine Experience Spa e deixe-se tentar por um menu extenso e voluptuoso para inesquecíveis momentos a sós ou a dois. Pode mergulhar num banho quente aromatizado com cítricos e especiarias ou deleitar-se com um tratamento assinatura de videira vermelha. Experimente o ritual de corpo “Castas Divínicas”, das variedades da videira Cabernet Sauvignon e Chardonnay e fascine-se com a luminosidade, nutrição e oxigenação que propiciam à sua pele, ou descubra os segredos da terapia “Aromas de Castas” para dar leveza às suas pernas. A “Satori Massage” é ideal para aliviar o stress quotidiano e ajudar a encontrar o equilíbrio pessoal, mas se pretende relaxamento e nutrição unidos num só momento, opte pela massagem “Ritual Vindima”, rica em cor e aromas, a lembrar a produção tradicional do vinho. Para que a experiência atinja o seu esplendor, usufrua da piscina interior, ginásio, banho turco e sauna.

to the hotel and which can be breathed in every corner, including the shades, materials and works of art that decorate the space.

Enter the Wine Experience Spa and let yourself be tempted by an extensive and voluptuous menu for unforgettable moments alone for two. You can immerse yourself in a hot bath flavoured with citrus and spices or indulge in a red vine signature treatment. Experience the “Castas Divínicas” (Diwine Breeds), a body ritual of the Cabernet Sauvignon and Chardonnay vine varieties and be fascinated by the luminosity, nourishment and oxygenation that they provide to your skin or discover the secrets of “Grape Aroma” therapy for heavy legs. The “Satori Massage” is ideal for relieving everyday stress and helping to find personal balance. However, if you are looking for relaxation and nutrition together in only one moment, choose the massage “Ritual Vindima” (Wine Harvest Ritual), rich in colour and aromas, reminiscent of traditional production of wine. For the experience to reach its splendour, enjoy the indoor swimming pool, gym, Turkish bath and sauna.

Wine Experience Spa T. +351 255 143 100 • geral@monverde.pt

68

MAGAZINE WITH ATTITUDE


BELEZA BEAUTY CLARINS

© Clarins

Double Serum

Produtos disponíveis

LA PRAIRIE

Skin Caviar Absolute Filler

Products available

CLARINS

Multi-Intensive Lotion de Jeunesse

CUIDADOS

MAJESTOSOS

CLARINS

Masque-Sérum Liftant Multi-Intensif

MAJESTIC CARE

TEXTURAS E FÓRMULAS QUE OFERECEM EXPERIÊNCIAS SENSORIAIS ÚNICAS E RESULTADOS EXCECIONAIS DE HIDRATAÇÃO E REVITALIZAÇÃO DA PELE. TEXTURES AND FORMULAS THAT OFFER UNIQUE SENSORY EXPERIENCES AND EXCEPTIONAL RESULTS OF SKIN HYDRATION AND REVITALISATION. VALMONT

L’Elixir des Glaciers Cure Majesteuse Visage

CHANEL

ESTÉE LAUDER

Advanced Night Repair Eye Concentrate Matrix

70

MAGAZINE WITH ATTITUDE

VALMONT

L’Elixir des Glaciers Masque Majestueux Visage

Le lift Masque de nuit réparateur

CHANEL Le lift lotion

CHANEL Le lift serum


NOVO

Double Serum Para si, o nosso mais poderoso concentrado antienvelhecimento de sempre.

2

1

séruns em . Cuidado Completo Antienvelhecimento Intensivo. Agora com [20+1] poderosos extratos de plantas, Double Serum descodifica a linguagem da juventude para atuar visivelmente sobre os sinais de envelhecimento. Uma nova etapa na arte de formulação, com o extrato de curcuma, descoberto pelos Laboratórios Clarins, capaz de estimular as 5 funções vitais da pele. Após 7 dias*�: · luminosidade imediata · poros e rídulas atenuados · pele visivelmente rejuvenescida Para todos os tipos de pele. * Teste

de satisfação – painel multiétnico – 362 mulheres.

Tudo por si.


BELEZA BEAUTY CLARINS

Máscara SOS Pure

CLARINS

© Clarins

Máscara SOS Hydra

CLARINS

Máscara SOS Comfort

ESSENTIALS

DETOX & BOOSTER RITUAIS QUE RESGATAM A BELEZA DA PELE E RESTAURAM A SUA AURA ORIGINAL. RITUALS THAT RESCUE THE BEAUTY OF THE SKIN AND RESTORE ITS ORIGINAL AURA.

CHANEL

La Crème Main

CLARINS

Huile “Tonic”

BIOTHERM

SHISEIDO

Skin Oxygen

Waso Color-Smart Cream SPF 30

Produtos disponíveis

Products available

DIOR

SHISEIDO

Waso Clear Mega Hidrating Cream

72

MAGAZINE WITH ATTITUDE

One Essential Skin Boosting Super Serum


HISPANITAS.COM


ANITA DA COSTA

My Beauty Routine

@ANITADACOSTA ANITAANDTHEBLOG.COM

#MYRITUALS DE MANHÃ / IN THE MORNING

1.º Passo 1st Step: Limpo o rosto I clean my face com with 2-in-1 Cleansing Micellar Gel + Light Makeup Remover Clinique. 2.º Passo 2nd Step: Hidrato e protejo a pele I hydrate and protect my skin com with Superdefense SPF 20 Clinique.

À NOITE / AT NIGHT

Retiro a maquilhagem I take off my make-up com with Take The Day Off Clinique e aplico um creme de noite and I apply a night cream.

FIM DE SEMANA / WEEKEND

Faço uma exfoliação I exfoliate my skin com with Exfoliating Scrub Clinique e uma máscara hidratante and I apply a moisturising mask.

74

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Estudou teatro, mas não é atriz. É licenciada em Direito, mas não é advogada ‒ ainda! Afinal, quem é a portuense Anita da Costa? “Uma storyteller”, diz. Mas não só: a autora do “Anita & The Blog” soma mais de 142 mil seguidores no Instagram e é atualmente uma das digital influencers mais conhecidas do país. Dona de um estilo irrepreensível, Anita da Costa conta-nos o seu segredo de beleza. She studied acting, nevertheless she is not an actress. She has a law degree, however she is not a lawyer – yet! After all, who is the Portuense (Oporto native) Anita da Costa? "A storyteller", she says. Nevertheless, she is also: the author of "Anita & The Blog" has more than 142,000 followers on Instagram and is currently one of the country's best-known digital influencers. Owner of an impeccable style, Anita da Costa tells us about her beauty secret.

#MAKEUPKIT

Lápis de olhos Pencil eyeliner Cream Shaper for eyes 105 Chocolate lustree Clinique, máscara de pestanas mascara Pure Color Envy Multi Effects Estée Lauder e o batom and lipstick Pure Color Love – Blasé Buff Estée Lauder.

Para uma saída à noite adiciono uma sombra, um lápis em tons de castanho e um bocadinho de pó bronzeador For an evening out, I add an eyeshade, a brown shade pencil eyeliner and a little tanning powder Bronze Goddess – medium Estée Lauder. Produtos disponíveis

Products available

#MYMOMENT

Chegar a casa e retirar a maquilhagem é um dos meus rituais preferidos. Significa que é tempo de me sentar no sofá, com um prato de massa na mão, enquanto vejo um filme ou uma série. É a fórmula mágica para acabar o dia! Arriving home and taking off my make-up is one of my favourite rituals. It means it is time for me to sit down on the couch, with a plate of pasta in my hands while I watch a film or a TV series. It is the magic formula to end a day!


Lulu wears the mid-blue denim trucker jacket. Photographed in Brooklyn, April 2017. calvinklein.com


FRAGRÂNCIAS FRAGRANCES

elie saab

Girl of Now EDP

PO w er chloé

© DKNY

Absolu de Parfum EDP

michael kors

DKNY

Sexy Ruby EDP

Nectar Love EDP

Armas de sedução que conquistam o mundo. Weapons of seduction, which conquer the world. PRADA

carolina herrera CH L’eau EDT

76

MAGAZINE WITH ATTITUDE

La Femme Intense EDP

Produtos disponíveis

Products available


WWW.SALSAJEANS.COM

@SALSAOFFICIAL


FRAGRÂNCIAS FRAGRANCES

Dior

Miss Dior EDT

lo ve ly chanel

Gabrielle EDP

lancôme

Escada

La Vie est Belle éclat EDP

Celebrate N.O.W EDT

A sensualidade sob a forma de fragrâncias.

hermès

Twilly d’Hermès EDP

Sensuality in the Form of Fragrances. gucci Bloom EDP

Produtos disponíveis

Products available

78

MAGAZINE WITH ATTITUDE


Ref.: CJR88-16 PVR: 162.00€

Ref.: CLR88-03 PVR: 349.00€


Fragrâncias FRAGRANCES

Givenchy Gentleman EDT

IN Ten SE paco rabane

© Givenchy

Pure XS EDT

Prada

diesel

L’Homme Prada Intense EDP

Bad Intense EDT

Uma dose de confiança a cada gota. in A dose of confidence with every drop. issey miyake

L’Eau Majeure D’Issey EDT

80

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Yves Saint Laurent Y EDT

Produtos disponíveis

Products available


MAKE UP

lancôme

Artliner Eyeliner Tracé Dense

Clarins

Teint Haute Tenue Compact

shiseido

Full Lash Multi-Dimension Mascara

Clarins

clinique

Eclat Minute Pinceau Perfecteur

Even Better Glow

chanel

Stylo Yeux Waterproof 857 Legendary Green

shiseido

Paperlight Cream Eye Color

shiseido

Inkstroke Eyeliner Brush

yves saint laurent

estée Lauder

Volupté Tint-in-Oil

Double Wear Nude

estée Lauder Double Wear Cushion BB All Day Wear Liquid Compact

high intensity

Clarins

Graphik Ink Liner

lancôme

Teint Idole Ultra Wear Stick Camouflage

Clarins

Metalizados, bold lips e pestanas XL. Esta estação coloca tudo em evidência.

Clarins

06 Forest

Ombre Iridescente Produtos disponíveis

Products available

Metallic, Bold lips and XL Eyelashes. This season places everything in prominence.

dior

Metalizer Eyes & Lips

Chanel

380 So Close

dior

DiorBlush Colour & Light

clarins

09 Golden Pink

estée lauder Pure Color Envy Matte

chanel

Le Vernis 604 e 580

chanel

Rouge Allure Velvet

Clarins

754 Deep Red

Lâncome

Absolu Gloss

clarins

Lipliner Pencil 06 Red

dior

Vernis

Lancôme Le Vernis Moderato


À DESCOBERTA QUEST FOR DISCOVERY

Eugénio Campos

joias

de eterna

beleza

© Fotos / Photos Pedro Bettencourt

Jewellery of Eternal Beauty Peças contemporâneas e intemporais inspiradas na elegância e requinte das mulheres portuguesas, são os traços distintivos das criações Eugénio Campos. Fundador da marca e autor de muitas das suas colecções exclusivas, leva-nos a percorrer 30 anos de história, marcados pelo saber feito de experiência e pela paixão por uma arte perpetuada no talento de exímios artesãos. Contemporary and timeless pieces inspired by the elegance and refinement of Portuguese women, these are the distinctive features of Eugénio Campos creations. Founder of the brand and author of many of its exclusive collections, he takes us through 30 years of history, marked by his knowledge gained through experience and his passion for an art perpetuated by the talent of skilled craftsmen.

84

MAGAZINE WITH ATTITUDE


A celebrar 30 anos de carreira, Eugénio Campos não esconde o orgulho da sua história de sucesso. Além das novas instalações num renovado armazém que transformou no seu espaço de sonho, o joalheiro lançou uma coleção especial comemorativa em que todas as peças ostentam uma coroa – o símbolo utilizado pela marca – encimado por três estrelas em destaque que representam as três décadas de existência. A mulher portuguesa, fonte de inspiração das suas criações, é também homenageada nesta edição dos 30 Gold Years. “Uma joia não brilha num busto nem numa montra. A minha joia brilha quando é usada pelas mulheres portuguesas” e é por isso que elas “são também as estrelas da marca”. É, aliás, nas pessoas que Eugénio Campos sustenta o seu processo criativo, o qual revisita também edições antigas na busca do tema que o ajudará a “escolher o caminho” das suas coleções, para as quais faz questão de desenhar as peças principais. Do atelier criativo passa-se às oficinas, onde cerca de 12 artesãos dão forma à arte que apaixonou Eugénio Campos desde muito novo, executando à mão as joias com técnicas de fabrico artesanal, que continuam a ser dos principais fatores distintivos da marca. É assim que nascem as joias modernas e intemporais, atributos aos quais o joalheiro acrescenta um caráter surpreendente, criativo e irreverente. “O meu público-alvo será sempre a mulher exigente, elegante, requintada, moderna, mas intemporal. A mulher Eugénio Campos não tem idade”, afirma o joalheiro.

O melhor do mundo alia-se ao melhor da joalharia

As coleções de joias em prata com assinatura própria continuam a ser o core business da Eugénio Campos, mas a diversidade de materiais e de segmentos de mercado é hoje uma aposta ganha. Há cerca de 4 anos a alta joalharia veio dar mais glamour às já habituais coleções de ouro do segmento moda e à joalharia com design da autoria de Eugénio Campos, mas foi em 2015 que a marca mais

Celebrating 30 years of his career, Eugénio Campos does not hide the pride he feels in his success story. In addition to the new facilities in a refurbished warehouse that he transformed into his dream place, the jeweller has launched a special commemorative collection in which all the pieces have a crown engraved – the symbol used by the brand – topped by three prominent stars, which represent the three decades of existence. The Portuguese woman, source of inspiration for his creations, is also honoured in this edition of the 30 Gold Years. "A jewel does not shine on a bust or in a showcase. My jewellery shines when it is worn by Portuguese women" and that is why they "are also the stars of the brand". It is, in fact, in people that Eugénio Campos sustains his creative process, which also revisits old editions in the search of the theme that will assist him to "choose the way" of his collections and for which he makes it a point to design the main pieces. From the creative studio to the workshops, where around 12 craftsmen give form to the art that made Eugénio Campos fall in love with, from a very young age, handcrafting the jewels with techniques of artisan manufacture, which remain the main distinctive factors of the brand. This is how modern and timeless jewels are born, attributes to which the jeweller adds a surprising, creative and irreverent character. "My target audience will always be the demanding, elegant, refined, modern but timeless woman”. “The Eugénio Campos woman is ageless", says the jeweller.

The best of the world combines with the best of jewellery Silver jewellery collections, with its own signature remain the core business of Eugénio Campos, however the diversity of materials and market segments is nowadays a winning bet. About 4 years ago, high end jewellery came to provide more glamor to the usual gold collections of the fashion segment and to designer signature jewellery, by Eugénio Campos. Nevertheless, it was in 2015 that the brand was the most surprising with the launching of Eugénio Campos by CR7. A

MAGAZINE WITH ATTITUDE

85


À DESCOBERTA QUEST FOR DISCOVERY

surpreendeu o público com o lançamento da Eugénio Campos by CR7. Uma parceria que une o melhor da joalharia Portuguesa ao melhor jogador de futebol do mundo – Cristiano Ronaldo – dando origem a uma irresistível coleção de joias para homem. Eugénio Campos garante que esta é uma união para durar, pois além de ser o melhor jogador do mundo e o português mais conhecido além-fronteiras, é também uma “excelente pessoa e, por isso, um privilégio”. Reconhecidas figuras públicas têm sido, aliás, a imagem de marca da empresa, em que se destacam as embaixadoras Sónia Araújo Diana Pereira. Em ano de celebração entendeu-se que a marca “precisava de respirar por si própria” com a campanha 30 Gold Years, mas a associação a figuras públicas é para continuar “porque são as pessoas com quem nos identificamos e que se identificam com a marca”, explica o joalheiro.

Do sonho à realidade

Para assinalar os 30 anos de existência, mas sobretudo a pensar nos próximos 30 anos, a mudança de morada foi um passo que Eugénio Campos considerou essencial para “criar uma nova era para a empresa e ter umas instalações à imagem e prestígio da marca de hoje”. O seu sonho era ter um armazém semelhante às caves do vinho do Porto e foi no centro empresarial Candal Park que encontrou o local com todas as características que procurava. Aos traços originais das duas naves, como a talha de pedra e as traves, aliou-se o trabalho da designer de interiores Susana Camelo que transformou as quatro paredes num espaço estruturado para acolher todas as áreas da empresa – escritório, atendimento, produção e showroom – com as condições de conforto e de estética que os clientes e colaboradores merecem. “Quando o cliente entra pela porta principal, vê a fábrica logo ao fundo. Era este o nosso sonho”, revela. É também com os olhos postos no futuro que Eugénio Campos está a preparar um projeto que será inovador em Portugal no setor da joalharia. Trata-se da sua loja online, através da qual a marca irá comercializar os seus produtos junto dos representantes, mantendo o princípio de não vender diretamente ao público. Este “grande projeto”, que será dirigido pelos filhos Rafaela e Diogo Campos, é, nas palavras do joalheiro, “um investimento muito significativo porque envolve todos os representantes da marca”. No que toca à internacionalização, o percurso deverá continuar a ser moderado. “Não é a nossa prioridade neste momento”, diz Eugénio Campos. Mesmo assim, os EUA são o segundo maior mercado da marca, logo a seguir ao português, e as feiras internacionais garantem “clientes nos quatro cantos do mundo, normalmente nos segmentos médio-alto e alto”.

86

MAGAZINE WITH ATTITUDE

partnership, which brings together the best of Portuguese jewellery with the best soccer player in the world – Cristiano Ronaldo – putting together an irresistible collection of jewellery for men. Eugénio Campos guarantees that this is a partnership to last, as more than being the best player in the world and the most well-known Portuguese person abroad, he is also an "excellent person and therefore it is a privilege". Well known public figures have been the company's brand image, in which the ambassadors Sónia Araújo and Diana Pereira stand out. In a year of celebration, it was decided that the brand "needed to breathe on its own", with the 30 Gold Years campaign. Nevertheless, the partnership with public figures is to continue "because they are the people with whom we identify ourselves with and who identify with the brand", explains the jeweller.

From a dream to reality To celebrate 30 years of existence, but especially thinking about the next 30 years, the change of address was a step that Eugénio Campos considered to be essential to "create a new era for the company and to have the facilities that reflect the image and prestige of today's brand". His dream was to have a warehouse, like the Port wine cellars and it was in the Candal Park business centre that he found the place with all the features he was looking for. To the original features of the two naves, such as the stone carving and the beams, the work of the interior designer Susana Camelo was added, transforming the four walls into a structured space to accommodate all areas of the company – office, reception, production and showroom – with the comfort and aesthetic conditions that customers and employees deserve. "When the customer walks through the main door, he sees the factory immediately in the background”. “This was our dream", he says. It is also with his eyes on the future that Eugénio Campos is preparing a project, which will be innovative in Portugal in the jewellery sector. It is through his online store that the brand will market its products to representatives, maintaining the principle of not selling directly to the public. This "big project", which will be directed by his children Rafaela and Diogo Campos, is, in the jeweller own words, "a very significant investment, because it involves all representatives of the brand". As far as internationalisation is concerned, progress should continue to be moderate. "It is not our priority at the moment", says Eugénio Campos. Even though, the US is the brand's second largest market, right after the Portuguese, the international fairs guaranteeing "customers all over the world, usually in the high-end segments".


O homem que dá vida à história da marca “Tudo aconteceu há 30 anos e parece que foi ontem.” Foi com este espírito que Eugénio Campos abriu as portas das suas novas instalações e nos conduziu por três décadas de história de um dos nomes incontornáveis da joalharia portuguesa. A sua firmeza de caráter e determinação impeliram “um jovem de vinte e poucos anos” a trilhar um caminho que nem sempre foi fácil, mas que com “muita força de vontade e muito trabalho”, foi crescendo até se tornar na primeira empresa portuguesa com uma marca de joias própria. Formado em Gestão, cedo percebeu que seria no ramo da ourivesaria que iria construir o seu futuro, decidindo, para tal, fundar a sua própria empresa e dedicar-se à comercialização de joias em prata. “Era um setor muito tradicional e conservador” – recorda – mas a sua audácia levou-o a percorrer o país de lés a lés com “uma mala cheia de produtos em prata”, numa experiência que o “fez crescer e valorizar o que conquistou com respeito pelo próximo”. Com ímpeto inovador, Eugénio Campos depressa começou a dar atenção ao detalhe para se diferenciar dos outros vendedores e a explorar outros segmentos, como a comercialização de pratas decorativas, área na qual se tornou muito forte. Conquistou clientes, consolidou o negócio, contratou vendedores, criou a sua própria oficina e, naturalmente, foi criando as condições para anos mais tarde subsistir à crise que afetou o setor das pratas decorativas. Sempre à frente do seu tempo, entendeu, então, que era o momento de se lançar na criação de joias com assinatura própria, dando origem à marca “Eugénio Campos Joias”, numa iniciativa que “foi claramente pioneira em Portugal”.

The man who brings life to the history of the brand “It all happened 30 years ago and it seems just like yesterday". It was in this spirit that Eugénio Campos opened the doors of his new premises and led us through three decades of history of one of the most important names in Portuguese jewellery. His firmness of character and determination drove "a young man in his twenties" to take a path that was not always easy, however with "a lot of willpower and hard work", he grew to become the first Portuguese company with a brand of jewellery of its own. With a degree in Business, he soon realised that it would be in as a goldsmith that he would build his future, deciding, for such, to build his own company and to dedicate himself to the sale of silver jewellery. "It was a very traditional and conservative sector", he recalls, however his audacity led him to travel across the country with a "suit-

-case full of silver products", an experience that "made him grow, value what he had achieved and respect others". With an innovative motivation, Eugénio Campos quickly began to pay attention to detail, to differentiate himself from the other sellers and explore other segments, such as: selling decorative silverware, an area in which he became very important in. He conquered customers, consolidated the business, hired vendors, set up his own workshop and, of course, created the conditions to survive the crisis that affected the decorative silverware industry years later. Always ahead of his time, he decided, then, that it was time for him to start creating jewellery with his own signature, creating the "Eugénio Campos Jóias" brand, an initiative that "was clearly revolutionary in Portugal.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

87


Thset be T GIF SHOPPING INGLÊS

Produtos disponíveis

Products available

FRACOMINA

GUESS

MONTBLANC

CALVIN KLEIN

1

2 3 MARELLA

1. SWAROVSKI; 2. PANDORA; 3. GOFFREY


TOMMY HILFIGER

FLY LONDON

CAROLINA HERRERA

YVES SALOMON

UGG

TOUS

BOUCHERON


Thset be T GIF SHOPPING INGLÊS

Produtos disponíveis

Products available

MONTBLANC

ANTONY MORATO

CAMEL ACTIVE

SEIKO

ARMANDO SILVA

ELEMENT

PACO RABANNE


inspiração inSPIRATION

Shining out loud Produtos disponíveis

Products available

pandora

VIP Loung e Porto Pa lácio Congress H otel & Spa

salsa jeans

twin-set

molly bracken tommy hilfiger elisabetta franchi max mara weekend

FLY LONDON

LOVE MOSCHINO TWIN-SET

92

MAGAZINE WITH ATTITUDE

sofia costa


KARLIE KLOSS NAOMI CAMPBELL

UMA COLEÇÃO DE NATAL

PARA QUE TODOS POSSAM BRILHAR


inspiração inSPIRATION pandora

gofrey

#reddyornot

Pestana P alácio do Freixo

marella molly bracken

boss

Produtos disponíveis

Products available

elisabetta franchi

tosca blu

pinko

boss marella

tosca blu 94

MAGAZINE WITH ATTITUDE


PARCEIROS DE DISTRIBUIÇÃO

Hotéis

DISTRIBUTION PARTNERS

Hotels

AC HOTEL PORTO BY MARRIOTT R. Jaime Brasil, 40 4350-005 Porto T.: (+351) 225 072 650

DESIGN & WINE HOTEL Praça do Conselheiro Silva Torres 4910-122 Caminha T.: (+351) 258 719 040

www.ac-hotels.com

www.designwinehotel.com

BESSA HOTEL BOAVISTA R. Dr. Marques de Carvalho, 111, 4100-325 Porto T.: (+351) 800 225 500

DOURO ROYAL VALLEY HOTEL & SPA Lugar de Portela do Rio, Ribadouro, 4640-400 Baião T.: (+351) 255 070 900

EUROSTARS RIO DOURO

www.douroroyal.com

www.eurostarshotels.com

EUROSTARS DO HEROÍSMO Rua do Heroísmo, 235 - 237 4300-259 Porto T.: (+351) 220 123 520

FLORES VILLAGE HOTEL & SPA R. das Flores, 139 4050-266 Porto T.: (+351) 222 013 478

ww.eurostarshotels.com.pt/ eurostars-heroismo.html

www.floresvillage.com

www.casadacalcada.com

CASA DE SEZIM R. de Sezim, S/N S. Tiago de Candoso 4835-249 Guimarães T.: (+351) 253 523 000

EUROSTARS DAS ARTES HOTEL R. do Rosário, 160 4050-521 Porto T.: (+351) 222 071 250

HOLIDAY INN PORTO - GAIA R. Diogo Macedo, 220 4400-107 Vila Nova de Gaia T.: (+351) 223 747 500

www.bessahotel.com

CASA DA CALÇADA RELAIS & CHATEAUX

Lg. do Paço 6 4600-017 Amarante T.: (+351) 255 410 830

EUROSTARS PORTO DOURO Av. de Gustavo Eiffel 20, 4000-279 Porto T.: (+351)22 340 2750

www.eurostarshotels.com

HOTEL & SPA

E.N. 222, km 41 4550-631 Castelo de Paiva T.: (+351) 255 690 160

www.hotelhiportogaia.com

www.solaresdeportugal.pt

www.eurostarsdasartes.com

CROWNE PLAZA PORTO Av. da Boavista, 1466 4100-114 Porto T.: (+351) 226 072 500

EUROSTARS OPORTO HOTEL R. Mestre Guilherme Camarinha, 212 4200-537 Porto T.: (+351) 225 072 090

HOTEL AS 1829 Largo de Sao Domingos, 45 a 55 4050-545 Porto T.: (+351) 249 530 690

www.eurostarsoporto.com

www.as1829hotel.pt

www.ihg.com/crowneplaza/ porto

HOTEL CARRIS PORTO RIBEIRA R. do Infante D. Henrique, 1 4050-296 Porto T.: (+351) 220 965 786

HOTEL INTERCONTINENTAL Praça da Liberdade, 25 4000-322 Porto T.: (+351) 220 035 600

www.ihg.com/intercontinental

www.carrishoteles.com

hotelmeloalvim.com/pt/

HOTEL MERCURE BRAGA CENTRO Praceta João XXI 4715-036 Braga T.: (+351) 253 206 000

HOTEL DA MÚSICA Mercado do Bom Sucesso, Largo Ferreira Lapa, n.º 21 a 183, 4150-323 Porto T.: (+351) 226 076 000

HOTEL MINHO E.N. 13 – Vila Meã 4920–140 Vila Nova de Cerveira T.: (+351) 251 700 245

www.hoteldamusica.com

www.hotelminho.com/pt

HOTEL DOM HENRIQUE R. Guedes de Azevedo, 179 4049-009 Porto T.: (+351) 223 401 616

HOTEL MOLICEIRO R. João Mendonça / Barbosa de Magalhães, 15/17 3800-154 Aveiro T.: (+351) 234 377 400

www.hoteldomhenrique.pt

www.hotelmoliceiro.pt

HOTEL INFANTE SAGRES Pç. D. Filipa de Lencastre, 62 4050-259 Porto T.: (+351) 223 398 500

HOTEL MONVERDE Quinta de Sanguinhedo Castanheiro Redondo 4600-761 Telões (AMARANTE) TLF:+351 255 143 100

HOTEL CASA MELO ALVIM Av. Conde Carreira 28, 4900-343 Viana do Castelo Tel: + 351 258 808 200

– DOWNTOWN

www.hotelinfantesagres.pt

www.accorhotels.com

www.monverde.pt


HOTEL NH COLLECTION PORTO BATALHA Praça da Batalha, 60-65 4100-101 Porto T.: (+351) 227 660 600

www.nh-hotels.com

Hotéis

Institucional

Institucional

Hotels

Institutional

Institutional

HOTEL TEATRO R. Sá da Bandeira, 84 4000-427 Porto T.: (+351) 220 409 620

PESTANA VINTAGE PORTO Praça da Ribeira, 1 4050-513 Porto T.: (+351) 223402300

ROSA ET AL TOWNHOUSE R. do Rosário, 233 4050-524 Porto T.: (+351) 916 000 081

www.hotelteatro.pt

www.pestana.com

www.rosaetal.pt

Desporto & lazer

Sports & leisure

PALÁCIO DA BOLSA /ASS. COMERCIAL DO PORTO R. Ferreira Borges 4050-253 Porto T.: (+351) 223 399 000

MERCADO BOM SUCESSO Pç. Bom Sucesso 4200-132 Porto T.: (+351) 226 056 610

CLUBE DE GOLF DE MIRAMAR Av. Sacadura Cabral 4405-013 V.N.Gaia T.: (+351) 227 622 067 HOTEL PORTO PALÁCIO CONGRESS & SPA

Av. Boavista 1269 4100-130 Porto T.: (+351) 226 086 600

MÉLIA PALÁCIO DA LOUSÃ R. Viscondessa do Espinhal 3200-257 Lousã T.: (+351) 239 990 800

PORTO RIVER APARTHOTEL Rua dos Canastreiros, 50 4050-149 Porto T.: (+351) 223 401 210

www.palaciodalousa.com

www.portoriver.pt

www.hotelportopalacio.com

THE ARTIST PORTO HOTEL & BISTRÔ R. da Firmeza, 49 4000-228 Porto T.: (+351) 220 132 700

www.theartistporto.pt

CLUBE FLUVIAL PORTUENSE R. Aleixo da Mota 4150-044 Porto T.: (+351) 226 198 460/1 COMPLEXO DESPORTIVO MONTE AVENTINO R. Monte Aventino 4350-233 Porto T.: (+351) 225 093 761

HOTEL RURAL QUINTA NOVA DE NOSSA SENHORA DO CARMO – Quinta Nova 5085-222 Covas do Douro T.: (+351) 254 730 430

PACHECA WINE HOUSE HOTEL Rua do Relógio do Sol, 261 Cambres - 5100-424 Lamego T.: (+351) 254 331 229

www.quintanova.com

quintadapacheca.com

HOTEL SOLVERDE CASINO DE CHAVES Lugar do Extremo – Valdanta 5400-001 Chaves T.: (+351) 276 309 600

PEDRAS SALGADAS

www.solverde.pt

www.pedrassalgadaspark.com

SPA & NATURE PARK

Parque de Pedras Salgadas 5450-140 Bornes de Aguiar Tel: (+351) 259 437 140

QUALITY INN PORTUS CALE Av. da Boavista, 1060 4100-113 Porto T.: (+351) 226 083 900

THE YEATMAN HOTEL R. do Choupelo, Sta Marinha 4400-088 Vila Nova de Gaia T.: (+351) 220 133 100

www.choisehotels.fr

www.the-yeatman-hotel.com

GOLF DE AMARANTE Quinta da Deveza - Fregim 4600-593 Amarante T.: (+351) 255 446 060

QUINTA DO PESSEGUEIRO Lugar da Afurada 5130-114 Ervedosa do Douro T.: (+351) 254 422 081

www.quintadopessegueiro.com

VINTAGE HOUSE HOTEL (NAU HOTELS, GOLF & RESORTS)

Rua Manuel António Saraiva 5085-034 Pinhão T.: (+351) 254 730 230

www.csvintagehouse.com

HOTEL SOLVERDE Av. da Liberdade, 212 4410-154 Vila Nova de Gaia T.: (+351) 227 338 030

PESTANA PALÁCIO DO FREIXO Estrada Nacional 108, 4300 Campanhã, Porto T.: (+351) 225 311 000

www.solverde.pt

www.pestana.com

SPA & WELLNESS CENTER

DOURO MARINA R. da Praia S/N 4400-554 V.N.Gaia T.: (+351) 220 907 300

QUINTA DO VALLADO Vilarinho dos Freires 5050-364 Peso da Régua T.: (+351) 254318081

www.quintadovallado.com

ATENEU COMERCIAL DO PORTO R. Passos Manuel 44 4000-381 Porto T.: (+351) 223 395 410

MUSEU NAC. DE SOARES DOS REIS R. D. Manuel II 4050-342 Porto T.: (+351) 223 393 770

GOLFE DO FOJO R. Nova do Fojo 4400 Vila Nova de Gaia T.: (+351) 227 727 070 PLACE FOZ HEALTH CENTER R. Marta Mesquita da Câmara, 114 4150-485 Porto T.: (+351) 226 178 046 SOLINCA HEALTH AND FITNESS CLUB Av. da Boavista, 1269 4100-130 Porto T.: (+351) 226 091 553


PARCEIROS DE DISTRIBUIÇÃO

Restaurantes

DISTRIBUTION PARTNERS

Restaurants

QUARENTA E 4 R. Roberto Ivens, 44 4450-246 Matosinhos T.: (+351) 229 363 706

www.quarentae4.pt Clérigos

Restaurante DOP

Oficina

17.º RESTAURANTE & BAR R. do Bolhão, 223 4000-112 Porto T.: (+351) 223 401 617

CLÉRIGOS VINHOS & PETISCOS R. das Carmelitas, 151 4050-162 Porto T.: (+351) 223 400 770

LIVRARIA DA BAIXA R. das Carmelitas, 15 4050-162 Porto T.: (+351) 220 946 320

www.decimosetimo.pt

www.clerigos.net

www.fb.com/livrariadabaixa

BH Av. Brasil 498, 4150-153 Porto T.: (+351) 910 993 040

CLUBE 3 C R. Cândido dos Reis, 18 4050-151 Porto T.: (+351) 222 018 247

LSD LARGO DE SÃO DOMINGOS Largo de São Domingos, 78 4050-545 Porto T.: (+351) 223 231 268

www.clube3c.pt

www.fb.com/largodesaodomingos

DEBOURO R. Santo António das Travessas, Nº30-32, 4700-040 Braga T.: (+351) 253 261 609 www.debouro.pt FERRUGEM R. das Pedrinhas, 32 – Portela 4770-379 Vila Nova de Famalicão T.: (+351) 252 911 700 www.ferrugem.pt FORNO VELHO R. do Infante D. Henrique, 1 4050-296 Porto T.: (+351) 220 965 786 www.carrishoteles.com FRIDA R. Adolfo Casais Monteiro, 135 4050-014 Porto T.: (+351) 226 062 286

MUNDO DE SABORES NO MUSEU INTERATIVO E TEMÁTICO WORLD OF DISCOVERIES Rua de Miragaia, 106 4050-387 Porto T.: (+351) 220 439 770

www.cocinamestiza.pt

O PAPARICO R. de Costa Cabral, 2343 4200- 232 Porto T.: (+351) 225 400 548

www.bhfoz.pt BOCA DO LOBO Praça D. Filipa de Lencastre, 62 4050-259 Porto T.: (+351) 223 398 500

www.hotelinfantesagres.pt BOM SUCESSO GOURMET Lg. Ferreira da Lapa, 21 a 138 (Mercado do Bom Sucesso) 4150-323 Porto T.: (+351) 226 076 000

www.hoteldamusica.com BUBBLES FOOD & BAR Rua Conde de Vizela, 149 4050-152 Porto T.: (+351) 222 086 780

www.fb.com/bubblesfoodbar/ BUGO ART BURGERS R. Miguel Bombarda, 598 4050-379 Porto T.: (+351) 226 062 179 www.bugo.com.pt CAFEÍNA R. do Padrão, 100 4150-557 Porto T.: (+351) 226 108 059

www.cafeina.pt/pt/cafeina CANTINHO DO AVILLEZ R. Mouzinho da Silveira, 166 4050-416 Porto T.: (+351) 223 227 879

www.joseavillez.pt CASA AGRÍCOLA R. do Bom Sucesso, 241 4150-150 Porto T.: (+351) 226 053 350

www.casa-agricola.com CASA DE CHÁ DA BOA NOVA Av. da Liberdade (junto ao farol) 4450-705 Leça da Palmeira T.: (+351) 229 940 600

www.ruipaula.com CASA VASCO R. do Padrão, 152 4150-557 Porto T.: (+351) 226 180 602

www.casavasco.pt

GÓSHÒ Av. da Boavista, 1277 4100-130 Porto T.: (+351) 226 086 708 www.gosho.pt GULL Rua Cais das Pedras, 15 4050-465 Porto T.: (+351) 914 300 038 www.gull.pt ICHIBAN Av. Brasil 454, 4150-153 Porto T.: (+351) 226 186 111 www.ichiban.pt LA RICOTTA R. de Passos Manuel, 18 4000-381 Porto T.: (+351) 222 023 300

www.laricotta.pt LARGO DO PAÇO 4600-017 Amarante T.: (+351) 255 410 830

www.largodopaco.com

RESTAURANTE DOC E. N. 222 5110-204 Armamar T.: (+351) 254 858 123

www.ruipaula.com RESTAURANTE DOP Palácio das Artes – Largo S. Domingos, 18, 4050-545 Porto T.: (+351) 222 014 313

www.ruipaula.com RESTAURANTE TRAÇA Lg. São Domingos, 88 4050-545 Porto T.: (+351) 222 081 065

www.restaurantetraca.com

O COMERCIAL Palácio da Bolsa R. Ferreira Borges 4050-253 Porto T.: (+351) 223 322 019

SÃO GIÃO Av. Comendador Joaquim de Almeida Freitas, 56 4815-270 Moreira de Cónegos T.: (+351) 253 561 853 SIZE Rua das Carmelitas, 92, 4º Piso 4009-804 Porto T.: (+351) 220 001 820

www.ocomercial.com

www.fb.com/sizerestaurante

www.worldofdiscoveries.com

OFICINA R. Miguel Bombarda, nº273-282 4050-377 Porto T.: (+351) 220 165 807 / 936 712 384

reservas@oficinaporto.com

www.opaparico.com POIVRON ROUGE Av. da Boavista, 1466 (Crowne Plaza Porto), 4100-114 Porto T.: (+351) 226 072 500

www.ihg.com/crowneplaza PORTAROSSA R. Côrte Real, 289 4150-235 Porto T.: (+351) 226 175 286 www.portarossa.pt PORTOBEER Av. da Boavista, 1269 4100-130 Porto T.: (+351) 226 086 600

www.hotelportopalacio.com/ restaurante-cervejaria-portobeer.html PORTUCALE R. da Alegria, 598 4000-037 Porto T.: (+351) 225 370 717

www.miradouro-portucale.com

SUSHIHANA R. Prof. Mota Pinto, 138 4100-354 Porto T.: (+ 351) 224 045 549

www.sushihana.pt SUSHIHANA & THE GIN HOUSE Rua Galeria Paris, 92 4050-284 Porto T.: (+ 351) 223 252 616

www.sushihana-theginhouse.pt TERRA R. do Padrão 103, 4150-559 Porto T.: (+351) 226 177 339 www.cafeina.pt/pt/terra THE ARTIST BISTRÔ R. da Firmeza 49, 4000-228 Porto T.: (+351) 220 132 700 www.theartistporto.pt THE YEATMAN RESTAURANT R. do Choupelo, 250 4400-088 Vila Nova de Gaia T.: (+351) 220 133 100 www.the-yeatman-hotel.com/pt/

gastronomia/restaurante/ WISH RESTAURANTE & SUSHI Largo da Igreja da Foz, 105/107, 4150-400 Porto T.: (+351) 223 196 831 www.facebook.com/wishfoz


Saúde

Hairstyle & SPA

ALBERTO MARINHO Av. Brasil 365, 4150-152 Porto T.: (+351) 226 177 581 Av. da Boavista, 1758 4100-116 Porto T.: (+351) 226 067 710 ALFREDO MARINHO R. Professor Mota Pinto, 238 4100-354 Porto T.: (+351) 226 160 251 ANABELA DA POÇA R. Formosa 409, 4000-253 Porto T.: (+351) 222 012 554 BANG BANG BARBER SHOP R. Pedro Homem de Melo, 272 Aviz, 4150-598 Porto T.: (+351) 226 108 963 CHI CLINIC Praça do Bom Sucesso, 131, Ed. Península, Sala 406 4150-146 Porto T.: (+351) 226 090 761 CLÍNICA DR. JOÃO BRAVO Alameda das Antas, 217 4350-413 Porto T.: (+351) 220 998 912 DEEP SENSES R. de Gondarém 493, Foz do Douro 4150-377 Porto T.: (+351) 226 105 889 FÁTIMA VIANA - CABELEIREIROS E SPA R. da Alegria, 2111 4200-027 Porto T.: (+351) 225 023 001 FERNANDO AMARO HAIRMASTER R. do Aleixo da Mota, Complexo Piscinas do Fluvial 4150-044 Porto T.: (+351) 220 993 965 FERNANDO PINTO CABELEIREIROS Rua Diogo Botelho, 1870 4150-260 Porto T.: (+351) 226 102 296 HAIR & BODY CABELEIREIRO R. da Senhora da Luz, 67 4150-696 Foz do Douro T.: (+351) 224 051 939 HAIRSTUDIO CABELEIREIROS R. Marechal Saldanha, 68 4150-650 Foz T.: (+351) 226 161 015

INÊS PEREIRA (AVIZ) R. Pedro Homem de Melo, 401 Edifício Aviz, 4150-600 Porto T.: (+351) 226 109 053 INSTITUTO DO CORPO - CLÍNICA RENAISSANCE Av. da Boavista, Ed. Oceanus, 3211, Salas 4.1 e 4.2 4100-137 Porto T.: (+351) 226 188 525 JOAQUIM GUERRA CABELEIREIROS R. Jerónimo Mendonça, 128 4200-335 Porto T.: (+351) 225 503 828 JORGE LIMA CABELEIREIROS Praça de Liège, 98 4150-455 Porto T.: (+351) 226 107 117 LEONOR FREITAS CABELEIREIROS R. Pedro Homem de Melo, 226 4150-598 Porto T.: (+351) 226 171 008 LILI DE SOUSA, CABELEIREIROS & ESTÉTICA Av. da Boavista, 1471 4100-131 Porto T.: (+351) 226 097 110 LIM – CABELEIREIROS E ESTÉTICA Via Futebol Clube do Porto, 699 4350-415 Porto T.: (+351) 225 180 165 LÚCIA CABELEIREIROS Esplanada do Castelo, 35, Foz do Douro, 4150-195 Porto T.: (+351) 226 189 962 LURDES REIS CABELEIREIROS Av. da Boavista, 3229 4100-137 Porto T.: (+351) 226 104 875 MAFALDA PERFEITO HAIRSTYLE R. do Ouro, 430 4150-553 Porto T.: (+351) 223 274 196 MAGIK HAIR Av. de França, 256, Lj. 42, Ed. Capitólio, 4050-276 Porto T.: (+351) 224077397 MIGUEL VIANA Av. Brasil, n.º 276 4150-152 Porto T.: (+351) 226 109 945

PORTO DE VISTA Av. de França, 358 - BL. B - Lj. 63 4050-276 Porto T.: (+351) 228 314 187 REGINA CRUZ CABELEIREIROS R. Senhora da Luz, 316 4150-694 Porto T.: (+351) 224 932 387 SAUDARTE R. Pedro Homem de Melo, 415 4150-600 Porto T.: (+351) 224 028 582 URBAN COMPANY R. o 1º de Janeiro (Estádio do Bessa), Espaço Holmes Place 4100-365 Porto T.: (+351) 226 092 341 Av. da Boavista, 3477, Ed. Aviz, Lj. 13, 4100-139 Porto T.: (+351) 226 189 368 Av. da Boavista, 1653, Ed. Bristol 4100-132 Porto T.: (+351) 220 930 395 R. Sá da Bandeira, 13/15 4000-433 Porto T.: (+351) 220 997 502 R. do Rosário, 69 4050-523 Porto T.: (+351) 222 088 449 R. Alferes Malheiro, 197 4050-059 Porto T.: (+351) 224 060 333 WELL DOMUS FITNESS & SPA SERVICES R. Aleixo da Mota 4150-044 Porto T.: (+351) 225 323 420 WELLNESS & BEAUTY LAB Av. da Boavista, 1281 4100-130 Porto T.: (+351) 226086797

Health

CLÍNICA DE NUTRIÇÃO DO PORTO R. Arq. Cassiano Barbosa, 6F - S/21, 4100-009 Porto T.: (+351) 226 162 112 CLÍNICA DR. FERNANDO PÓVOAS Av. Fernão Magalhães, 1585 4350-170 Porto T.: (+351) 225 573 130 CLÍNICA MÉDICA E DENTÁRIA DOS PINHAIS DA FOZ R. Alfredo Keil, 263, 4150-049 Porto T.: (+351) 226 182 183 HOSPITAL CUF PORTO Estrada da Circunvalação, 14341 4100-180 Porto T.: (+351) 220 039 000 HOSPITAL DA LAPA Largo da Lapa, 1, 4050-069 Porto T.: (+351) 225 502 828 HOSPITAL LUSÍADAS PORTO Av. da Boavista 171, 4050-115 Porto T.: (+351) 800 201 000 INSTITUTO CUF PORTO R. Fonte das Sete Bicas, 170 4460-188 Senhora da Hora T.: (+351) 220 033 500 LIV INN CLINIC Alameda das Antas nº 217 4350-413 Porto T.: (+351) 22 099 8912 MALÓ CLINIC HEALTH & WELLNESS Av. da Boavista, n.º 1243 4100-130 Porto T.: (+351) 220 127 300


gourmet

A ARTE DA GASTRONOMIA THE ART OF GASTRONOMY

O Oficina não é apenas um restaurante. É um espaço de encontros entre a Arte e a Gastronomia. É o sonho concretizado pelo galerista Fernando Santos e materializado pelo Chef Marco Gomes. No coração do Porto.

The Oficina Restaurant is not just a restaurant. It is a meeting place for Art and Gastronomy. It is the dream come true of gallery owner Fernando Santos and materialised by Chef Marco Gomes. In the heart of Oporto.

100

MAGAZINE WITH ATTITUDE


HALL DE ENTRADA

Portugal é uma terra de sabores e de saberes. Os sabores portugueses estão cheios de memória, aproveitando uma culinária riquíssima. Poderíamos reler Eça de Queiroz em “Os Maias”: “Afonso, – como confessava, sorrindo e humilhado – ia-se tornando com a velhice um gourmet exigente; e acolhia, com uma concentração de crítico, as obras de arte do chef francês que tinham agora, um cavalheiro de mau génio, todo bonapartista, muito parecido com o imperador, e que se chamava Mr. Theodore. Os almoços no Ramalhete eram sempre delicados e longos; depois, ao café, ficavam ainda conversando; e passava da uma hora, da hora e meia, quando Carlos, com uma exclamação, se lembrava do seu consultório. Bebia um cálice de Chartreuse, acendia à pressa um charuto: – Ao trabalho, ao trabalho! – exclamava”. Gozar os prazeres da vida, fosse no tempo de Eça, seja no nosso, é também um destino. Portugal está cheio de tesouros escondidos que é preciso redescobrir e acarinhar. Para mais quando a gastronomia se encontra com uma irmã de sonho: a arte. É isso que acontece no restaurante Oficina que é, no Porto, um tesouro radioso. Foi um sonho que demorou muito tempo até ver a luz do dia. Nasceu no espaço de uma antiga garagem mecânica de restauro de automóveis, e é a concretização dos sonhos do galerista Fernando Santos. Aliou-se ao Chef Marco Gomes e a utopia concretizou-se. Por isso o Oficina não é apenas um restaurante. É um espaço de encontros entre a Arte e a Gastronomia, um local de referência de sabores e saberes. Desta forma o Oficina é, ao mesmo tempo, um restaurante e uma extensão do espaço de um dos mais antigos galeristas da cidade, na Rua

ACESSOAO PISO1

Portugal is a land of flavours and knowledge. Portuguese flavours are full of memory, taking advantage of an extremely rich cuisine. We could re-read Eça de Queiroz in “Os Maias”: “Afonso, as he confessed, smiling and embarrassed, was becoming a demanding gourmet with old age; and welcomed, with the concentration of a critic, the works of art of the French chef they now had, who, had a bad temper, was all Bonapartist much alike the emperor and whose name was Mr. Theodore. Lunches at Ramalhete were always delicate and long; afterwards they would still be talking over coffee and one o’clock would pass, then half past one, when Carlos, with an exclamation, would remember his surgery. He drank a chalice of Chartreuse and light a cigar in a rush: “Back to work, back to work! He exclaimed”. To enjoy pleasures of life, whether in the time of Eça or in ours, is also a destiny. Portugal is full of hidden treasures, which we must rediscover and cherish. Furthermore, when gastronomy meets its dream sister: art. This is what happens in the Oficina Restaurant, which is a glowing treasure in Oporto. This was a dream that took a long time to see day light. It was born in the space of an old mechanical garage, for car refurbishment and is the fulfilment of the gallery owner Fernando Santos’ dream. He associated himself to Chef Marco Gomes and the utopia became true. It is a meeting point amongst Art and Gastronomy. It thus seeks to be a place of reference for flavours and knowledge. Subsequently, Oficina Restaurant is, simultaneously, a restaurant and an extension of the space of one of the oldest gallery owners in the city, on Rua Miguel Bombarda, the street of Oporto known for its dedication to art and in a building where a first artistic intervention, signed by Pedro Cabrita Reis is clear.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

101


gastronomia

gourmet

SALA PRINCIPAL

Miguel Bombarda a artéria do Porto conhecida pela sua dedicação à arte, e num edifício onde foi nítida uma primeira intervenção artística assinada por Pedro Cabrita Reis. O galerista Fernando Santos explica como se materializa o cruzamento destes dois mundos, o da Arte e o da Gastronomia: “O Oficina não é, não obstante possa parecer ou o conceito – possa sugerir, um restaurante – galeria. É um restaurante sonhado e planeado por um galerista, sonho este que demorou cerca de 25 anos a ser concretizado. Este é um projeto que foi muito amadurecido, juntaduas áreas onde a criatividade é pedra-de-toque para o sucesso das mesmas, áreas essas que de resto já tanto uma como a outra afloraram: Arte e Gastronomia. É que todos sabemos que muitos dos grandes artistas foram grandes gastrónomos e cada vez mais temos conhecimento de parcerias entre artistas plásticos e Chefs, ou pelo menos, entre os primeiros e o mundo da alimentação. Este conceito não é descabido: veja-se a performance da artista Marina Abramovic, ‘Volcano Flambé’, ou as autênticas obras de arte (em sabor e visuais) dos pratos dos grandes Chefs. Não é também um conceito que se fica pelas palavras ou pela “decoração” do espaço com obras de arte. Isso seria fácil e literal. O que fazemos é fomentar a interação entre criadores, quer através dos jantares temáticos, quer através da colocação de uma obra de arte em parede do espaço a isso reservada, obra essa concebida para o efeito. Relativamente aos jantares temáticos, os mesmos têm como objetivo a troca de experiências contando para isso com convidados dos diferentes campos culturais e científicos (já recebemos a presença

102

MAGAZINE WITH ATTITUDE

The gallery owner Fernando Santos explains how the blend of the two worlds, Art and Gastronomy happen: “Oficina Restaurant is not, however it may seem, or the concept may suggest, a gallery-restaurant. It is a restaurant dreamed and planned by a gallery owner, this dream that took about 25 years to become true. It is, therefore, a project that was very mature and consequently the intention was never to make of it an exhibition space. Nevertheless, it was never my intention to make out of Oficina Restaurant just a restaurant either. My dream was to blend two areas where creativity is a cornerstone for their success, areas that meet one another: Art and Gastronomy. We all know that many of the great artists have been great gourmets and we are increasingly aware of partnerships between artists and chefs, or, at least, between the former and the world of food. This concept is not nonsense: take as an example the performance of the artist Marina Abramovic, “Volcano Flambé” or the authentic works of art (in flavour and visual) of the dishes of the great Chefs. It is also not a concept that is all about words or even the “decoration” of the space with pieces of art. That would be easy and literal. What we do is to foster the interaction between creators, either through thematic dinners or with the placing of a work of art on the wall of the reserved space, a work designed for this purpose. Regarding the thematic dinners, these have the objective of exchanging experiences by having guests from different cultural and scientific fields (we have already had the presence of Professor Sobrinho Simões, as well as the company of the artist Pedro Cabrita Reis and the writer Mario Cláudio). Guests suggest a dish or a food of their choice and, in agreement with Chef Marco Gomes, a whole menu is prepared and tasted with diners


Fernando Santos Galerista // xxxxxxxxxx

Chef Marco Gomes

do Professor Sobrinho Simões, mas também já contámos com a companhia do artista Pedro Cabrita Reis ou do escritor Mário Cláudio). Os convidados sugerem um prato ou um alimento da sua preferência e, em consonância com o Chef Marco Gomes, todo um menu é preparado e degustado com comensais que partilham as suas experiências gastronómicas – e de vida – com o convidado. Após concluirmos o ciclo de 12 jantares temáticos, será editada uma publicação.” Uma iniciativa que continuará em 2018. O Oficina procura proporcionar novas experiências a quem o visita, como acrescenta Fernando Santos: “Os convidados escolhidos até agora têm-se destacado na área de onde provêm e representam-na. Mas essa (ou essas) área não está confinada à baliza das chamadas Artes. Interessa-nos ver esta ideia da criação explorada por pessoas que aparentemente não se movimentam na área artística mas que, por isso mesmo, podem apresentar de forma diferente as ramificações que a criatividade estende e estabelece entre a Ciência, a Pintura, a Literatura, a Música e a Gastronomia. São, acima de tudo, pessoas que gostam de partilhar experiências e conhecimentos à mesa.” E é aí que a Arte se alia à gastronomia, pelas mãos avisadas de Marco Gomes, um Chef oriundo de uma família de Alfândega da Fé e para quem cozinhar sempre foi uma forma de comunicar e partilhar formas e conteúdos diversos. Marco Gomes procura extrair o máximo dos produtos nacionais e regionais. Este descreve a parte de cozinha como sendo “de conforto, com res-

sharing their gastronomic experiences, as well as life experiences, with the guest. After completing the cycle of 12 thematic dinners, a publication will be published”. An initiative that will continue in 2018. Not being a gallery, Oficina Restaurant is more than just a restaurant, trying to provide new experiences to those who visit it, as Fernando Santos explains: “Guests chosen so far have stood out in the area where they come from and represent. Nevertheless, this (or these) area is not confined to the so-called Arts. We are interested in seeing this idea of creation explored by people who seemingly do not move in the artistic area, nonetheless, for this very same reason, can present in a different way the ramifications that creativity extends and establishes between Science, Painting, Literature, Music and Gastronomy. They are, above all, people who like to share experiences and knowledge at the table”. Moreover, that is where Art meets Gastronomy, through the experienced hands of Marco Gomes. A Chef from a family from Allfândega da Fé and to whom cooking has always been a way of communicating and sharing different forms and contents. Marco Gomes seeks to extract the maximum of national and regional products.He describes the part of the cuisine as being “of comfort, with respect for the Portuguese tradition and simple, in the confection and plating “. He enhances: “Oficina Restaurant’s space is, of course, different from the others. Oficina Restaurant helped to sculpture the concept of the signature cuisine I brought with me. Oficina Restaurant cuisine has my image. It is Marco Gomes. In addition, he is passionate about traditional Portuguese cui-

MAGAZINE WITH ATTITUDE

103


arte

gourmet

ZONA EXTERIOR

peito pela tradição portuguesa, e simples, na confeção e no empratamento”. E acrescenta: “O espaço do Oficina, naturalmente, é diferente dos outros. O Oficina ajudou a lapidar o conceito de cozinha de autor que eu trazia. A cozinha do Oficina tem a minha imagem. É o Marco Gomes. E ele é um apaixonado pela gastronomia tradicional portuguesa e um defensor dos produtos portugueses. Tal como é defensor do receituário português de norte a sul e um curioso e investigador que quer saber tudo sobre a nossa tradição. É assim a cozinha do Oficina e por isso mesmo tem a base da cozinha tradicional portuguesa com um toque moderno. A nossa cozinha é das melhores do mundo. Ao longo dos anos a nossa gastronomia andou sempre de fato-macaco. E o que tenho de fazer é ir ao encontro da tradição e retirar-lhe o fato-macaco e colocar-lhe um fato de gala”. Não é por acaso que a carta de vinhos do Oficina permite uma viagem pelo Portugal vinícola. É um percurso feito de descobertas, de vinhos fantásticos, e diversificados. O objetivo é conseguir a harmonia perfeita com os pratos propostos numa Carta singular. O local também é fundamental, como explica Fernando Santos: “A Miguel Bombarda é, desde há cerca de 25 anos, a artéria cultural da cidade do Porto. Só que é necessário ir mantendo o clima de romance: a Miguel Bombarda faz o que pode para trazer e fixar em si novos pontos de interesse para além das galerias. Cabe às autoridades que se enamoraram por este patinho feio e o tornaram cisne, aprovar os projetos para a rua, alocar nela eventos que a dinamizem, fazer cumprir a lei e claro, evitar assim que este cisne cante.” O objetivo é que este cisne se torne ainda mais belo e a rua se torne mais movimentada. Repleta de arte e gastronomia.

104

MAGAZINE WITH ATTITUDE

sine and a defender of Portuguese products. A defender of Portuguese recipes from north to south and a curious researcher who wants to know everything about our traditions. This is the cuisine of Oficina Restaurant, the basis of traditional Portuguese cuisine with a modern twist. It is reinvented! Our cuisine is one of the best in the world. Over the years, our gastronomy has always been wearing overalls. What I need to do is go to the tradition, take off the overalls and put on a gala suit”. It is not by accident that the wine list of Oficina Restaurant allows a journey through Portugal’s’ winery. It is a journey made of discoveries, of fantastic and diversified wines. The goal is to achieve the perfect harmony with the dishes proposed in a singular Menu. The place is also fundamental, as Fernando Santos explains: “Miguel Bombarda Street has been, for about 25 years, the cultural route of the city of Oporto. Nevertheless, it is necessary to preserve the romantic atmosphere: Miguel Bombarda Street does what can be done to bring and set within, new points of interest in addition to the galleries. It is up to the authorities who fell in love with this ugly duckling and turned it into a swan, to approve the projects for the street, to allocate in it events that streamline it, to enforce the law and, of course, to avoid this swan singing. “The aim is that this swan becomes even more beautiful and the street becomes busier. Full of art and gastronomy.


PATE N TE I TA LI A N A


GARRAFEIRA

1

WINE CELLAR

EDIÇÕES LIMITADAS LIMITED EDITION

PRAZER EM ESTADO LÍQUIDO

1. TAYLOR’S 325º ANIVERSÁRIO TIPO DE VINHO: PORTO TAWNY REGIÃO: DOURO

PLEASURE IN LIQUID FORM

CASTAS: TOURIGA NACIONAL, TOURIGA FRANCESA, TINTA BARROCA, TINTA RORIZ, TINTO CÃO E OUTRAS TYPE OF WINE: PORTO TAWNY REGION: DOURO GRAPE VARIETIES: TOURIGA NACIONAL, FRENCH TOURIGA, TINTA BARROCA, RED RORIZ, RED CÃO AND OTHERS

CASTAS: TOURIGA FRANCA, TOURIGA NACIONAL, TINTO CÃO, TINTA RORIZ.

O tawny comemorativo dos 325 anos da Taylor’s – limitado a 100 mil exemplares ‒ apresenta-se numa garrafa que recria o modelo existente à data da fundação da empresa. Com cor avelã intensa com auréola atijolada, aroma complexo a frutos secos, paladar doce e rico, serve-se sozinho, com frutos secos ou à sobremesa. Taylor’s 325th anniversary commemorative tawny – limited

REGION: DOURO DOC SUB-REGION: CIMA CORGO; GRAPE VARIETIES:

to 100,000 bottles – is presented in a bottle that recreates the existing

TOURIGA FRANCA, TOURIGA NACIONAL, TINTO CÃO, TINTA RORIZ

model at the time the company was founded. With an intense hazelnut col-

RESERVAS RESERVES

1

2

1. QUINTA NOVA TERROIR BLEND RESERVA TINTO REGIÃO: DOURO DOC SUB-REGIÃO: CIMA CORGO;

De cor intensa e com complexidade de aromas de amoras silvestres, cássis e mirtilos. Grande equilíbrio entre a estrutura musculada e a textura suculenta que entrelaçam com o corpo do vinho e o fazem terminar tenso, longo e profundo. With an intense colour, complexity and aromas of wild berries, cassis and blueberries. The great balance between the muscular structure and the succulent texture, are intertwined in its body and provide a lasting, long and deep finish. 2. BONS RAPAZES RESERVA TINTO 2014 REGIÃO: DOURO DOC CASTAS: TOURIGA BRANCA, TINTA RORIZ E TOURIGA NACIONAL REGION: DOURO DOC GRAPE VARIETIES: WHITE TOURIGA, TINTA RORIZ AND TOURIGA NACIONAL

De cor vermelha viva e profunda, este tinto revela-se muito aromático e elegante, predominando as notas de frutos vermelhos maduros, como a cereja preta e o cassis. Ao mesmo tempo, denota frescura, tornando-o um vinho equilibrado, de boa estrutura e que promete longevidade em garrafa. Deep,

our and an auburn aura, a complex aroma of nuts, with a sweet and rich palate, to be served alone, accompanied with nuts or desserts. 2. QUANTA TERRA BRANCO 2011 REGIÃO: DOURO SUPERIOR CASTAS: VIOSINHO E GOUVEIO

Com aromas intensos e notas de fruta de pomar e baunilha, na boca é intenso, equilibrado e de boa estrutura, à qual se junta uma elegante acidez. Beneficiando de um estágio em barricas de 6 anos, um processo pouco comum nos vinhos brancos, este é um vinho que vive per si. Edição limitada a 900 garrafas de 0,75 litros e 100 garrafas de 1,5 litros. With intense aromas and notes of orchard fruits and vanilla. It is intense and balanced on the palate, and of good structure, to which is added an elegant acidity. Benefiting from a 6-year aging pe-

bright and red in colour, this wine is very aromatic and elegant. It has predominant notes

riod in barrels, an unusual process in white wines, this is a wine

of ripe red fruits, such as black cherry and cassis. At the same time, it denotes fresh-

that lives of itself. Limited edition of 900 bottles of 0.75 litres

ness, providing a balanced wine of good structure that promises longevity once bottled.

and 100 bottles of 1.5 litres.

VINHOS BRANCOS WHITE WINES

MOSCATEL MOSCATEL

QUINTA DO SÍBIO ARINTO BRANCO 2016

FAVAIOS OBLITI - LATE HARVEST

REGIÃO: DOURO DOC CASTAS: ARINTO

REGIÃO: FAVAIOS, DOURO DOC CASTAS: MOSCATEL GALEGO

REGION: DOURO DOC GRAPE VARIETY: ARINTO

REGION: FAVAIOS, DOURO DOC GRAPE VARIETY: MOSCATEL GALEGO

Elegante e muito fresco, revela-se com aromas florais integrados e uma forte nuance mineral típica da Arinto. Na boca mostra-se cheio de sabores frutados e minerais, terminando com uma acidez muito viva característica desta casta portuguesa. Apresenta uma invulgar capacidade de evolução em garrafa.

De cor dourada, este moscatel é de grande intensidade aromática, onde se destacam os florais, os frutos secos, alperce, citrinos e alguns aromas fúngicos típicos de vinhos com podridão nobre. Na boca apresenta-se intenso, com elevada doçura e complexidade. With

Elegant and very fresh, this wine reveals integrated floral aromas and

a golden colour, this muscatel is of great aromatic intensity,

a strong mineral nuance, typical of the Arinto. On the palate, it is full

with noticeable floral, nut, apricot, citrus, along with some

of fruity and mineral flavours, finishing with a very lively acidity, char-

fungal aromas, typical of wines with noble rot. It is intense

acteristic of this Portuguese variety. It evolves unusually once bottled.

on the palate, with high level of sweetness and complexity.

VINHOS TINTOS RED WINES

QUINTA DA MANOELLA VINHAS VELHAS 2014

QUINTA DE CIDRÔ PINOT NOIR TINTO 2014

REGIÃO: DOURO CASTAS:MISTURA DE CERCA DE 30 CASTAS INDÍGENAS DO DOURO.

REGIÃO: VINHO REGIONAL DURIENSE CASTAS: PINOT NOIR

REGION: DOURO GRAPE VARIETIES: MIXTURE OF ABOUT 30 INDIGENOUS VARIETIES OF

REGION: REGIONAL WINE DURIENSE GRAPE VARIETY: PINOT NOIR

THE DOURO

Com estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês, este elegante Pinot Noir apresenta cor rubi e revela notas típicas de cereja e groselha harmoniosamente integradas com nuances de baunilha. Um final de boca longo e frutado, que se aperfeiçoa após umas horas de decantação. Aged in

Apresenta-se extremamente elegante e aveludado, com bastantes nuances de frutos pretos, especiarias e notas minerais. Subiu ao pódio dos ‘Melhores Vinhos do Ano’, pela Revista de Vinhos, e ao TOP de ‘Melhores do Ano’, da Revista Wine – A Essência do Vinho. Extremely elegant and velvety, with an abun-

French oak barrels for 12-months, this elegant Pinot Noir presents a

dant nuance of black fruit, spices and mineral notes. It has been given

ruby colour and reveals typical notes of cherry and currant, harmoni-

a place on the podium of the “Best Wines of the Year”, by the magazine

ously integrated with nuances of vanilla. It has a long and fruity finish

Revista de Vinhos (Wines Magazine) and it is in the TOP of “Best of the

on the palate, which is perfected after a few hours after decantation.

Year”, by Wine Magazine – A Essência do Vinho (The Essence of Wine).

106

MAGAZINE WITH ATTITUDE

2

REGION: DOURO SUPERIOR GRAPE VARIETIES: VIOSINHO AND GOUVEIO

te duplamen o premiad


INSPIRAÇÃO INSPIRATION

SWAROVSKI

Produtos disponíveis

Products available

romantic cold days

INTROPIA

DECENIO

MOLLY BRACKEN INTROPIA

TWIN-SET

BURBERRY

LUIS ONOFRE 107

MAGAZINE WITH ATTITUDE


CHEF ÁLVARO COSTA Chef das cozinhas do Hotel Porto Palácio e conselheiro técnico da Casa do Vale is the Chef at Hotel Porto Palácio and technical advisor to Casa do Vale

CASA DO VALE

Os produtos Casa do Vale, revelam uma notável e reconhecida qualidade, dando aos meus pratos o sabor que sempre desejei." Casa do Vale's products show a remarkable and renowned quality, “providing my dishes with the flavour that I have always desired."

Na vanguarda dos sabores At the forefront of flavours

Fruto da paixão de Jorge Cardoso pela experimentação gastronómica nasceu, em 1992, a Casa do Vale. Uma marca que homenageia os sabores e aromas do norte ‒ mais precisamente de Baião ‒, e está a conquistar o mundo com a criação de deliciosas e inovadoras compotas gourmet, shiitakes, chutneys e mostardas. Elaborados com ingredientes biológicos criteriosamente selecionados, muitas vezes com propriedades medicinais, os produtos Casa do Vale ‒ distinguidos tanto a nível nacional como internacional ‒ são confecionados com recurso à sabedoria ancestral, onde uma pitada de inovação faz com que cada produto seja um prazer absoluto. Desenvolvidas em parceria com o chef Álvaro Costa, conselheiro técnico da marca, as receitas Casa do Vale primam pela constante procura de novas texturas e combinações, resultando numa explosão vanguardista de sabores, que conduzem numa viagem sensorial pelos vales do Douro ("Sabores da Terra") ou por rotas mais longínquas como Argentina, Índia e Japão ("Sabores do Mundo").

Born of Jorge Cardoso’s passion for the gastronomic experimentation, Casa do Vale (the House of the Valley) was created, in 1992. A brand that honours the flavours and aromas of the north – more precisely of Baião – and it is conquering the world by creating delicious and innovative gourmet jams, shiitakes, chutneys and mustards. Made with carefully selected organic ingredients, often with medicinal properties, Casa do Vale products – a national and international awards winner – are made with ancestral wisdom, where a touch of innovation makes each product an absolute pleasure. Developed in partnership with Chef Álvaro Costa, technical advisor to the brand, Casa do Vale's recipes excel due the constant search for new textures and combinations, resulting in an avant-garde explosion of flavours, which lead us on a sensory journey throughout the Douro valleys "Sabores da Terra” (“Flavours of the Earth") or further afield, to Argentina, India and Japan “Sabores do Mundo” ("Flavours of the World").

CASA DO VALE | www.casadovale.com.pt

108

MAGAZINE WITH ATTITUDE


GOURMET

MARQUES SOARES

gourmet

SABORES PORTUGUESES NO NOVO ESPAÇO

XXXXXXXXXX XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

110

MAGAZINE WITH ATTITUDE


Sabores e aromas made in Portugal, conservados com sabedoria e paixão, alinham-se nas prateleiras da nova Mercearia Portuguesa da Marques Soares. Suba até ao 4º piso e delicie-se com os prazeres gastronómicos que fazem de Portugal um destino tão apetecível. Immersed in an environment where you can breathe vineyards and nature, the Wine Experience Spa is a true paradise of sensorial experiences in the world of oenology and wine therapy, appealing to relaxation, health and beauty.

A Marques Soares ampliou a sua oferta com a criação de um espaço gourmet, onde tradição e inovação se unem aos melhores ingredientes e fintam a tão tipicamente saudade portuguesa. Localizada no último piso dos Armazéns Marques Soares, na movimentada Rua das Carmelitas, a Mercearia Portuguesa homenageia não só os sabores da região, mas de todo o país. Vinhos de mesa, vinhos do porto, licores, azeites, compotas e conservas são alguns dos produtos típicos que se alinham elegantemente nas prateleiras de madeira, recriando a experiência de uma pequena mercearia de bairro. Com ingredientes criteriosamente selecionados e combinações originais, os produtos apresentam-se em embalagens convidativas para que possa oferecer ou levar os sabores de Portugal além-fronteiras. A oferta inclui ainda Cabazes de Natal, com uma seleção dos produtos mais icónicos. Se este espaço gourmet lhe abrir o apetite, pode sempre desfrutar de uma refeição leve ou um snack no Restaurante Size, mesmo ao lado da Mercearia Portuguesa. Um espaço de restauração de excelência onde os sabores típicos da cozinha portuguesa se servem reinventados com um toque de criatividade.

Whoever arrives at the Monverde Wine Expe-

The philosophy of the spa fits perfectly with

rience Hotel surrenders, body and soul, to the

the concept of the hotel, implanted in the

rituals of wine therapy. In a harmonious alli-

Rota dos Vinhos Verdes (Verde Wines Tour),

ance between physical well-being and mental

in Amarante and surrounded by a lush land-

well-being, this space embraced in an atmo-

scape, which can be appreciated from the

sphere of tranquillity frees us from the hectic

terraces that overlook the vineyards or from

pace of everyday life and takes good care of

the windows ripped from the stone and wood

our inner self.

foments alone for two. You cange “Ritual Vin-

Winner of numerous international awards

dima” (Wine Harvest Ritual), rich in colour and

and recently considered the best in Europe,

aromas, reminiscent of traditional production

the Monverde Spa takes the ancestral wis-

of wine.

dom of wine therapy to its ultimate exponent,

For the experience to reach its splendour,

where each therapy associated with variet-

enjoy the indoor swimming pool, gym, Turkish

ies of wines is thought out to plunge us into

bath and sauna.

moments of pure delight.

Mercearia Portuguesa Marques Soares Rua das Carmelitas, 92, 4º Piso, 4009-804 Porto Restaurante Size T.: +351 220 001 820 • size@marquessoares.pt

MAGAZINE WITH ATTITUDE

111


GOURMET

Bacalhau à Gomes de Sá

O ‘FIEL AMIGO’ DO PORTO OPORTO’S “FAITHFUL FRIEND”

SE EXISTEM MIL E UMA MANEIRAS DE COZINHAR BACALHAU, O BACALHAU À GOMES DE SÁ ESTÁ, CERTAMENTE, ENTRE AS MAIS TRADICIONAIS E DELICIOSAS. CRIADA POR UM COMERCIANTE PORTUENSE – DE BACALHAU, POIS CLARO – A RECEITA FEZ SUCESSO EM TODO O PAÍS E ATÉ ATRAVESSOU O OCEANO, RUMO AO BRASIL, ONDE O BACALHAU É ‘DO PORTO’.

IF THERE ARE A THOUSAND AND ONE DIFFERENT WAYS TO COOK CODFISH, THEN CODFISH GOMES DE SÁ’S WAY IS CERTAINLY AMONG THE MOST TRADITIONAL AND DELICIOUS. CREATED BY A PORTUGUESE CODFISH MERCHANT, THE RECIPE WAS A SUCCESS THROUGHOUT THE COUNTRY AND EVEN CROSSED BORDERS TOWARDS BRAZIL, WHERE CODFISH IS “OF OPORTO”.

134

MAGAZINE WITH ATTITUDE


Algures entre os finais do século XIX e o início do século XX, José Luís Gomes de Sá Júnior – comerciante de bacalhau com negócio num armazém da rua do Muro dos Bacalhoeiros – tinha o costume de reunir os amigos e deliciá-los com os seus bolinhos de bacalhau. Mas um dia, olhou para os ingredientes de sempre e teve uma ideia: porque não para criar um novo e requintado prato? Ao sabor da criatividade, suprimiu a farinha, acrescentou o leite (para dar ‘uma entaladela’ no bacalhau) e apurou o sabor com uma cebolada. Saída a caçarola do forno, acrescentou o ovo cozido cortado às rodelas e as azeitonas pretas que conferem ao prato o seu inconfundível (e bom!) aspeto. Nascia assim, o afamado e delicioso Bacalhau à Gomes de Sá. Tão delicioso que o autor vendeu a receita – por cinquenta mil reis – ao seu colega e amigo João, cozinheiro no Restaurante Lisbonense. Mas com uma advertência no manuscrito, não fosse ‘varrer-se’ da memória do cozinheiro: “João, se alterar qualquer coisa desta receita, já não fica capaz”. Mas ficou capaz. Tal foi o sucesso deste prato típico do Porto que hoje é apreciado em todo o país. E também no Brasil, grande admirador deste peixe, onde por vezes lhe chamam “bacalhau do Porto”, provavelmente porque foi povoado, sobretudo, por portugueses da Região Norte. Por essa razão, em 1988, o cônsul do Brasil no Porto, João Frank da Costa, homenageou José Luís Gomes de Sá Júnior, mandando colocar uma placa na parede da casa onde nasceu, na rua do Muro dos Bacalhoeiros. “Aqui nasceu José Luís Gomes de Sá (1851-1926) que inventou para o mundo o Bacalhau à Gomes de Sá, glória da culinária portuguesa”, pode ler-se para a posteridade.

Somewhere, between the end of the nineteenth century and the beginning of the twentieth century, José Luís Gomes de Sá Júnior – a codfish merchant, with his business based in a warehouse on the rua do Muro dos Bacalhoeiros (Codfish Merchants Wall Street) – had the habit of gathering friends and delighting them with his codfish dumplings. One day, he looked at the usual ingredients and had an idea: why not to create a new and exquisite dish? Creatively, he took out the flour, added milk (to parboil the codfish) and flavoured it with an onion. After removing the casserole from the oven, he added the boiled sliced egg and black olives, which provide the dish with its unmistakable (and good!) look. Thus, the famous and delicious Bacalhau à Gomes de Sá (Codfish Gomes de Sá’s Way) came to be. It is so delicious, that the author sold the recipe – for fifty thousand escudos (old Portuguese currency) – to his colleague and friend João, who was a Chef at the Lisbonense Restaurant. Nevertheless, with a warning in the recipe, to prevent anything being “swept away” from the Chef’s memory: “João, if you change anything in this recipe, you will not get the same good result”. The result was very good. Such was the success of this typical dish from Oporto, that these days, it can be appreciated all over the country. As well as in Brazil, where this fish is greatly appreciated and where they sometimes call it “Oporto’s codfish”, probably because Brazil was mainly populated by Portuguese, from the North Region of the country. For this reason, in 1988, the Brazilian consul in Oporto, João Frank da Costa, paid tribute to José Luís Gomes de Sá Júnior, having a plaque placed for posterity on the wall of the house where he was born, on Rua do Muro dos Bacalhoeiros. “Here was born José Luís Gomes de Sá (1851-1926), who invented Codfish Gomes de Sá for the world, glory of the Portuguese cuisine”.

A receita original do Bacalhau à Gomes de Sá A receita original do Bacalhau à Gomes de Sá “Pega-se no bacalhau demolhado e deita-se numa caçarola. Depois, cobre-se tudo com água a ferver e, depois, tapa-se com uma baeta grossa ou um pedaço de cobertor e deixa-se, então, assim, sem ferver, durante 20 minutos. A seguir, ao bacalhau que está na caçarola e que devem ser 2 quilos pesados em cru, tiram-se-lhe todas as espinhas e faz-se em lascas e põe-se num prato fundo, cobrindo-se com leite quente, deixando-o em infusão durante uma hora e meia a duas horas. Depois, em uma travessa de ir ao forno, deita-se três decilitros de azeite fino do mais fino (isto é essencial), quatro dentes de alho e oito cebolas a alourar. Ter já dois quilos de batatas (cortadas, à parte, com casca) às quais se lhes tira a pele e se cortam às rodelas da grossura de um centímetro e bota-se as batatas mais as lascas do bacalhau, que se retiram do leite. Põe-se, então, na mesma travessa, no forno, deixando-se ferver tudo, por dez a quinze minutos. Serve-se, na mesma travessa, com azeitonas grandes pretas, muito boas, e mais um ramo de salsa muito picada e rodelas de ovo cozido. Deve-se servir bem quente, muito quente.”

Take the soaked codfish and lay it in a casserole (about 2 kilos). Cover it with boiling water and then cover it with a thick fabric or a blanket and let it sit without boiling, for 20 minutes. Then, you remove all the fish bones and put it in flakes in a deep plate. Cover it with hot milk leaving it to infuse for one and a half to two hours. Then, in a baking dish, pour three decilitres of fine olive oil (this being essential) and sauté four garlic cloves and eight onions. You should have already prepared two kilos of potatoes (set aside, cut with peel), you peel them and slice them about one centimetre thick. Then you place the potatoes and the flaked codfish, which was in the milk in the same baking tray. Then, place it in the oven, allowing it to boil, for ten to fifteen minutes. It is served on the same tray that was in the oven, with very good large black olives. Garnish with finely chopped parsley and sliced boiled egg. You should serve it hot, very hot.“

MAGAZINE WITH ATTITUDE

135


INSPIRAÇÃO INSPIRATION

WHIRLPOOL

Desfrute de uma experiência de lavagem silenciosa. Enjoy a silent washing experience. Máquina de Lavar Roupa Supreme Care O motor ZEN, sem escovas nem correias, oferece uma performance avançada e silenciosa. Washing Machine Supreme Care The ZEN motor, without brushes nor belts, provides an advanced and silent performance.

Produtos disponíveis

Products available

Design e elegância Design and elegance

MOULINEX

WHIRLPOOL

Máquina de Cozin

ha

A combinação entre o desempenho e a simplicidade. The combination of performance and simplicity. Forno e Forno-microondas Absolute Os sensores 6º SENTIDO adaptam os parâmetros de cozedura para uma experiência verdadeiramente intuitiva. Oven and Microwave Oven Absolute The 6th SENSE sensors adjust the cooking parameters for a truly intuitive experience.

114

MAGAZINE WITH ATTITUDE

KRUPS Máquina de Café


Supreme Clean

Lavagem Suprema com Máxima Flexibilidade.

Máquinas de Lavar Loiça Supreme Clean Descubra uma experiência suprema de lavagem e secagem em apenas 1 hora*. A tecnologia PowerDry oferece resultados perfeitos em apenas 1 hora, deixando a loiça brilhante e sem manchas de vapor, até mesmo em plásticos. A tecnologia PowerCleanPro assegura uma limpeza perfeita da sua loiça sem ter de a pré-lavar, até mesmo a sujidade mais difícil, e a nova estrutura interior oferece até mais 30% de espaço. *Utilizando o programa 1 Hora Wash&Dry. Com base em resultados de testes internos (Outubro 2013). A função PowerClean não pode ser usada com o programa 1 Hora Wash&Dry.

www.whirlpool.pt


APPLE

Produtos disponíveis

iMac Uma visão mais brilhante do que nunca

Products available

CONNECTED

APPLE

iPhoneX A nossa visão passou sempre pela criação de um iPhone que fosse todo ecrã. Tão envolvente que se tornasse parte da própria experiência. E tão inteligente que respondesse ao seu toque, voz e até mesmo ao olhar. Com o iPhone X, esta visão tornou-se realidade. Diga olá ao futuro.

116

MAGAZINE WITH ATTITUDE

APPLE

MacBook Pro É ultra fino, leve como uma pena, mais rápido e potente que nunca. Apresenta o  ecrã  mais brilhante e colorido alguma vez visto num portátil Mac. Inclui a Touch Bar, uma barra de vidro Multi-Touch integrada no teclado, para ter as ferramentas certas à mão, sempre que precisar. Feito de ideias inovadoras, o MacBook Pro está pronto para as suas.

SAMSUNG

Galaxy S8 O design revolucionário do Samsung Galaxy S8 e S8+ começa de dentro para fora. Repensámos todas as partes do desenho do telefone com o objetivo de romper as fronteiras do ecrã do smartphone. O que vê é conteúdo puro e praticamente sem moldura. É o maior e mais envolvente ecrã de um smartphones Galaxy deste tamanho. E é fácil de agarrar com uma mão.


INSPIRAÇÃO

© Piubelle

INSPIRATION

Produtos disponíveis

Products available

Cosy Nights

PHILIPS

Piubelle

THIERRY MUGLER

Angel Étoile des Rêves EDP de Nuit

118

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Relógio despertador HF 3505 Acorde rivigorado. Na natureza, a vida diária começa quando o sol nasce e termina quando o sol se põe. No entanto, na sociedade moderna actual, precisamos frequentemente de nos levantar antes do nascer do sol. Nos dias em que o despertador toca mas ainda está escuro lá fora, pode ser difícil sair da cama. Inspirado no nascer do sol natural, o Wake-up Light da Philips utiliza uma combinação única de luz e som para o acordar de uma forma mais natural. Este ajuda-o a sentir-se mais fresco, para que seja mais fácil sair da cama.


À DESCOBERTA QUEST FOR DISCOVERY

Q 120

MAGAZINE WITH ATTITUDE

ui nta do Bom fim CULTIVAR AS PAIXÕES ANCESTRAIS CULTIVATE ANCESTRAL PASSIONS


Sobranceira ao Douro, a Quinta do Bomfim oferece um dos mais esplêndidos olhares pelas encostas e socalcos do cenário vinhateiro, onde a história secular da propriedade, da família Symington e do próprio vinho se fundem num lugar de rara beleza.

No coração da mais antiga região demarcada do mundo, encontra-se a Quinta do Bomfim, um local imperdível para quem aprecia as deslumbrantes paisagens que o Douro proporciona. Mesmo ao lado da pequena vila de Pinhão, esta propriedade é uma das mais belas da família Symington e tem as suas portas abertas ao público para que todos possam desfrutar da quietude das suas vinhas e da vista privilegiada. A um conjunto de atividades criadas para tornar perfeitos os momentos a dois ou em família, a quinta alia o Centro de Visitas, onde são revelados alguns dos segredos da produção do vinho do Porto e onde é contada a fascinante história da família que há quase quatro séculos se dedica a engrandecer esta região. Numa afinidade natural entre vinho e família, os Symington estão no Douro há cinco gerações – desde 1882 – mas, se seguirmos a linhagem através da bisavó da atual geração, a sua ligação à produção vinícola no Douro recua 14 gerações, transportando-nos até meados do século XVII e às próprias origens do vinho do Porto. In the heart of the oldest demarcated region in the world, is Quinta do Bomfim, a must see for those who appreciate breath-taking landscapes, which Douro provides. Right next to the small village of Pinhão, this property is one of the most beautiful of the Symington family and has its doors open to the public so that everyone can enjoy the tranquillity of its vineyards and its privileged sights. A set of activities has been created to perfect moments for two or together as a family. The property joins the Visitor Centre, where some of the secrets of Port wine production are revealed as well as the fascinating family history, which for almost four centuries has been dedicated

Overlooking the Douro, Quinta do Bomfim offers one of the most splendid views over the slopes and terraces of the vineyard landscapes, where the centuries-old history of the estate, owned by the Symington family and the wine itself blend into a place of rare beauty.

to enhancing this region. In a natural affinity between wine and family, the Symington’s have been in the Douro for five generations - since 1882. However, if we follow the lineage through the great-grandfather of the present generation, their connection to the wine production in the Douro recedes 14 generations, transporting us to mid seventeenth century and to the very origins of Port wine.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

121


À DESCOBERTA QUEST FOR DISCOVERY

Memórias seculares

Uma pequena e antiga adega, hoje transformada num pequeno museu, exibe o riquíssimo legado desta antiga região vitivinícola, acolhendo um raro acervo fotográfico e documental do Douro de finais do século XIX e início do século XX, bem como peças e utensílios utilizados na viticultura e vinificação. É daqui que se parte à descoberta deste lugar, por entre terraços cobertos de videiras e ao longo dos quais se avistam as encostas circundantes e os belos socalcos de pedra seca, muitos deles construídos à mão há mais de 150 anos. Na Quinta do Bomfim, galardoada pelo prestigiado Best of Wine Tourism 2017, a viagem pelo tempo culmina com uma prova na luminosa sala de provas a qual abre-se ao espetacular cenário criado pelas vinhas de encosta, tornando a degustação num momento mágico de puro prazer. Antes de terminar a visita na sala de provas, aprecia-se o imponente interior do armazém erguido em 1896 e que ainda hoje contém os centenários tonéis onde os vinhos iniciam o seu envelhecimento após cada vindima. No Bomfim, pode ainda aventurar-se numa caminhada ou num delicioso piquenique, que o leva a saborear as mais típicas especialidades da região, na companhia de alguns dos melhores vinhos produzidos pela família.

Secular Memories A small old cellar, now transformed into a small museum, exhibits the rich legacy of this ancient wine region, hosting a rare photographic and documentary collection of the river Douro of the late nineteenth and early twentieth century, as well as pieces and utensils used in viticulture and winemaking. The discovery of the region begins here, among terraces covered with vines and along which one can see the surrounding slopes and the beautiful terraces of dry stone, many of them hand built more than 150 years ago. At Quinta do Bomfim, recognised by the prestigious Best of Wine Tourism 2017, the journey throughout time culminates with a wine tasting in the radiating tasting room, which opens up to the spectacular scenery created by the hillside vineyards, proving the tasting with a magical moment of pure pleasure. Before finishing the visit in the tasting room, one can appreciate the imposing interior of the warehouse, erected in 1896 and that still nowadays contains the centenary vats, in which the wines begin their aging period after each harvest. At Bomfim, one can also venture on a stroll or a delicious picnic, which leads you to taste the most typical specialties of the region, accompanied by of some of the best wines produced by the family.

Quinta do Bomfim 5085-060 Pinhão, Alijó

122

MAGAZINE WITH ATTITUDE


BLOCO DE NOTAS NOTE BOOK

4 DEZ 2017 | 21H30 04TH DEC 2017 | 9.30 P.M.

ATÉ 31 DEZ 2017 UNTIL 31ST DEC 2017

ATÉ 31 DEZ 2017 UNTIL 31ST DEC 2017

PATRICIA BARBER

IDALÉCIO - METALÚRGICO SEXAGENÁRIO

THE WORLD OF STEVE MCCURRY

CASA DA MÚSICA

GALERIA CRUZES CANHOTO

ALFÂNDEGA DO PORTO

De regresso a Portugal após um interregno de 9 anos, Patricia Barber é um dos principais rostos do jazz vocal. Com um estilo muito próprio, desde cedo mostrou não ser uma cantora jazz limitada aos moldes convencionais. Com uma voz gutural, concilia o seu talento de vocalista com o de compositora e letrista, sendo uma personalidade respeitada no campo do jazz avant-garde. Patricia Barber, a renowned vocal jazz singer, has returned to Portugal after a 9-years absence. With her very own style, she has always proven to be a jazz singer but not constrained by conventional moulds. Her guttural voice combines her talent as a singer with that of composer and songwriter, being a respected personality in the world of avant-garde jazz.

Janeiro January

ATÉ 7 JAN 2018 UNTIL 7TH JAN 2018

27 JAN 2018 | 21:30

JORGE PINHEIRO: D›APRÈS FIBONACCI E AS COISAS LÁ FORA

CARLA BRUNI

FUNDAÇÃO SERRALVES

©Serralves

A exposição reúne cerca de 80 obras ‒ entre pinturas, desenhos e esculturas ‒ do influente artista português Jorge Pinheiro. Baseada numa ideia de Cabrita Reis, a mostra será apresentada com desenho de instalação concebido pelo arquiteto Eduardo Souto Moura e conta com o contexto da arquitetura do Museu da autoria de Álvaro Siza. The exhibition brings together circa 80 pieces of art of the influential Portuguese artist Jorge Pinheiro including paintings, drawings and sculptures. Based on an idea by Cabrita Reis, the exhibition will be presented with an installation design planned by the architect Eduardo Souto Moura with the context of the architecture of the Museum by Álvaro Siza.

124

Depois do enorme sucesso da exposição de 2016, “D’Idalécio… Todos Temos Um Pouco”, a Cruzes Canhoto recebe uma nova exposição de pinturas e esculturas de Idalécio, o artista autodidata que, através de um estilo outsider, está a conquistar o mundo das artes com as suas obras coloridas. After the huge success of the 2016 exhibition, “We All Have a Little of Idalécio in Us”. Cruzes Canhoto Gallery welcomes a new exhibition of paintings and sculptures by Idalécio, the selftaught artist who, through an outsider style, is conquering the world of the arts with his colourful works of art. ©Cruzes Canhoto

Dezembro December

MAGAZINE WITH ATTITUDE

27TH JAN 2018 | 9:30 P.M.

COLISEU DO PORTO

Carla Bruni regressa a Portugal com a digressão “French Touch”, o título do seu quinto álbum de estúdio. Um disco inteiramente de-dicado a versões de músicas icónicas, que conta com a produção de David Foster, do qual fazem parte te-mas como “Enjoy the silence”de Depeche Mode, ou “Miss You” dos Rolling Stones, interpretados pela voz da cantora com uma roupagem minimalista. Carla Bruni returns to Portugal with the “French Touch” tour, the title of her fifth studio album. A record entirely dedicated to versions of iconic songs, which features the production of David Foster and includes songs like “Enjoy the silence”, by Depeche Mode; or “Miss You”, by the Rolling Stones, vocalised by the singer’s voice with a minimalist ensemble.

©Miguel Ângelo Afonso

A exposição “The World of Steve McCurry” é uma viagem extraordinária pela objetiva de um dos mais notáveis mestres da fotografia contemporânea. Ao todo, são 250 os trabalhos que Steve McCurry vai apresentar ao público, incluindo o retrato da menina afegã que se tornou um ícone do Ocidente. The exhibition “The World of Steve McCurry” is an extraordinary journey through the lens of one of the most remarkable masters of contemporary photography. Altogether, there are 250 pieces that Steve McCurry will present to the public, including the portrait of the Afghan girl who has become an icon of the West.

Fevereiro February

11 DE JAN A 25 FEV 2018 11TH JAN TO 25FEB 2018

AVENIDA Q TEATRO SÁ DA BANDEIRA

O espetáculo que esgotou salas e apaixonou os lisboetas chega, finalmente, ao Porto! Irreverente, emocionante e genial, Avenida Q conta com um elenco jovem, do qual fazem parte Ana Cloe, Diogo Valsassina, Samuel Alves, Gabriela Barros, Inês Aires Pereira, Rui Maria Pêgo, Rodrigo Saraiva, Manuel Moreira, André Galvão e Luís Neiva. A não perder! The show that crowded showrooms and made Lisboetas (Lisbon natives) fall in love, finally arrives to Oporto! Irreverent, exciting and ge-nial, Avenue Q has a young cast, such as: Ana Cloe, Diogo Valsassina, Samuel Alves, Gabriela Barros, Inês Aires Pereira, Rui Maria Pêgo, Rodrigo Saraiva, Manuel Moreira, André Galvão and Luís Neiva. A must see!


T: 226 051 240 E-mail: marcotex@marcotex.pt

Rua Arq. Marques da Silva, 57 – 4150-484 Porto – Portugal

MARCOTEX Empresa de Confecções e Representações, Lda.

Representado em Portugal por:


sugenss tões LEITURA READING

“MUITOS HOMENS INICIARAM UMA NOVA ERA NA SUA VIDA A PARTIR DA LEITURA DE UM LIVRO.” HENRY DAVID THOREAU

“How many a man has dated a new era in his life from the reading of a book.”

suggestio

LIVRARIA LELLO re Lello Booksto

Marques, Luís Ferreira aria Lello vr Li da livreiro arques, M ira Luís Ferre ore Lello Bookst at r lle se ok bo

UM SALTINHO AO PORTO A SHORT VISIT TO OPORTO Autores | Authors: João Fazenda e Isabel Zambujal Editora | Publisher: Oficina do Livro, 2017 Classificação | Classification: Livro infantil. Children’s book Idioma | Language: Português. Portuguese

Pelo olhar do João, a criação que “quando for grande quer desenhar novas pontes para o Douro”, Isabel Zambujal faz-nos uma visita ao Porto. Through João’s eyes, the creation of “when he’s big, he wants to design new bridges over the Douro,” Isabel Zambujal guides on a tour of Oporto.

HENRY DAVID THOREAU

CAMINHAR PELO PORTO THE ULTIMATE PORTO GUIDE Autor | Author: Germano da Silva Editora | Publisher: Porto Editora, 2017 Idioma | Language: Português (tem edição em inglês). Portuguese (with an English edition)

PORTO E DOURO PANORÂMICO OPORTO AND PANORAMIC DOURO Autor | Author: Nuno Cardal Editora | Publisher: Lidel, 2017 Idiomas | Languages: Português, Inglês, Espanhol, Alemão, Francês e Mandarim. Portuguese, English, Spanish, German, French and Mandarin.

Nuno Cardal, é como ele próprio diz “ um português que adora o seu país e que tenta dentro das suas valias, dar a conhecer Portugal”. Historiador e fotógrafo, associa conhecimento e imagem para registar o que o sensibiliza, o que descobre como particular e essencial... Nuno Cardal is, as

Jornalista, investigador da cidade do Porto, Germano da Silva diz que este é o livro que mais quis escrever. Para o historiador, o interesse está em revelar, através do livro, “as curiosidades”, que vai desfiando nos seus percursos, sobre a cidade que “se fez pelo rio”. Journalist and researcher of the city of Oporto, Germano da Silva says that this is the book that he most wanted to write. For the historian, his interest is in revealing, through the book, “the curiosities” of the city that “became due to the river”, which are unravelled along the way.

PORTO WALLPAPER CITY GUIDE PORTO WALLPAPER CITY GUIDE Editora | Publisher: Phaidon Press, 2016 Idiomas | Languages: Português, Inglês. Portuguese and English

to make Portugal known”. As a historian and pho-

O guia Wallpaper City Guide oferece ao visitante/turista do Porto uma forma inteligente e sumária de apreender os locais emblemáticos da cidade. Focando a sua arte, a arquitetura, o design, a comida ou a história, mas também as tendências contemporâneas, estes guias vão ao encontro de um olhar perspicaz, num curto espaço de tempo. The Wallpaper City Guide provides the visitor / tourist of Oporto a smart

tographer, he combines knowledge and image to

and brief way to grasp the emblematic sites of the city. Focusing on its art, architec-

register what moves him, what he discovers as

ture, design, food or history, as well as on contemporary trends, these guides are

being private and essential...

aimed at providing a quick look for those with a keen eye.

he himself says “a Portuguese who adores his country and who tries, within his competencies,

126

MAGAZINE WITH ATTITUDE


CRÓNICA CHRONICLE

RAQUEL PORTO Oporto

Oporto is a city with history. Stories of lives and people who have the river Douro for company, the Majestic as a place of conviviality, sharing of passions and disappointments. Where the Teatro Nacional (National Theatre) fills our soul and where the Casa da Música (The House of Music) packs us on chilled nights. This is the city that has Serralves, with both present and past artists. Oporto is the city where the food tastes good from the first to the last bite, from the Francesinha (typical beef, sausage, egg, ham and cheese sandwich with sauce) to the gilthead sea bream fillet at the seashore. This city is part of my history and yours. Above all, it is the city where I met you!

Raquel Strada

128

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Perfil APRESENTADORA, BLOGGER E ESCRITORA, RAQUEL STRADA É UMA DAS “IT GIRLS” MAIS CONHECIDAS DO PAÍS.

Profile Presenter, blogger and writer, Raquel Strada is one of the country’s bestknown “it girls”

© Foto/ Photo Pxxxxxxxxxxx

O Porto é uma cidade com história. História de vidas e de gente que tem o Douro como companhia, o Majestic como ponto de convivio, de partilha de paixões e desamores. Onde o teatro nacional nos enche a alma, e onde a casa da música nos embala nas noites frias. É a cidade que tem Serralves, com os seus artistas de hoje e de tempos idos. Porto a cidade onde a comida me sabe bem da primeira à ultima garfada, desde a francesinha à dourada escalada ao pé do mar. Esta cidade é parte da minha história e da tua. Acima de tudo é a cidade onde te conheci!


MIRANDA KERR LOS ANGELES, MARCH 2017 MARELLA.COM T. +351 226 168 432


WEEKENDMAXMARA.COM

T. +351 226 168 432

Magnitude Nr. 8  
Magnitude Nr. 8