Page 1

ENTREVISTA / INTERVIEW

RICARDO VALENTE

VEREADOR ECONOMIA, TURISMO E COMÉRCIO C.M.PORTO

MODA / FASHION

RIO D’OURO COM HISTÓRIA / WITH HISTORY

O COLISEU E A CIDADE

THE COLISEUM AND THE CITY INSPIRAÇÕES E LAZER / INSPIRATIONS AND LEISURE BELEZA E BEM-ESTAR / BEAUTY AND WELL-BEING GOURMET E CULTURA / GOURMET AND CULTURE DESTINOS INESQUECÍVEIS / MEMORABLE DESTINATIONS

ECONOMY, TOURISM AND COMMERCE COUNCIL MEMBER OF THE CITY OF OPORTO

À DESCOBERTA / QUEST FOR DISCOVERY

INSTITUTO DOS VINHOS DO DOURO E DO PORTO

10

MAGAZINE WITH ATTITUDE P.V.P. 6


EDITORIAL

Descobrir o Douro

EXCECIONAL, IDÍLICO, SUBLIME

Discover the Douro – Exceptional, idyllic, sublime Começa no Porto esta viagem Harvest, já há muito iniciada por Marquês de Pombal, Forrester, ou pela Ferreirinha, cujo legado não ficou por mãos alheias. O Instituto dos Vinhos do Douro e Porto aguça-nos a curiosidade e desvenda-nos segredos daquela que é a Primeira Região Demarcada e Reconhecida do Mundo. Daqui, seguimos pelas margens do rio, que se converte num dos mais emblemáticos cartões de visita de Portugal, e rumamos às quintas, onde a verdadeira magia acontece. Entre bagos e videiras, gentes incansáveis e labor sem fim, ganham vida os néctares que, lá fora, identificam a Invicta como uma das capitais de grandes vinhedos. As paisagens deixam-nos sem fôlego. A gastronomia, em êxtase. O Douro presenteia-nos sempre com mais. Este Douro que se reinventa, que se transforma, mas que nunca perde o norte. Ao leme da embarcação o espírito é jovem, sofisticado e glamoroso. Não fossem as nossas capitãs as mulheres da continuidade, líderes de vinhos com nome, com história. A esta viagem, propomos um brinde!

02

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Begins in Oporto this Harvest journey, long time begun by Marquês de Pombal (Marquis of Pombal), Forrester Baron and Ferreirinha, whose legacy was not left on others' hands. The Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (Port and Douro Wines Institute) sharpens our curiosity and unveils secrets of what is the First Demarcated and Recognised Region of the World. From here, we follow the banks of the river, which becomes one of Portugal's most emblematic visiting cards. We then headed to the Quintas (Estates), where true magic happens. Among berries and vineyards, tireless people and endless labour, comes to life the syrup, which, abroad, identifies the Invicta as one of the great vineyards capitals. The landscapes leave us breathless. The gastronomy, in ecstasy. The Douro always offers us more. The Douro that reinvents itself, that transforms itself, nevertheless it never loses the North. At the helm of the vessel, the spirit is young, sophisticated and glamorous. Since our captains are the women of continuity, leaders of wines with names and with history. We propose a toast to this journey!


LISBOA | PORTO LONGCHAMP.COM


ÍNDICE CONTENTS

42

08

72 28

08

ENCONTRO MEETING

Ricardo Valente

14

À DESCOBERTA QUEST FOR DISCOVERY Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto

28

42

58

66

96 72

BEM-ESTAR WELL-BEING Six Senses Douro Valley

76

BELEZA BEAUTY

INVICTATION Francisca van Zeller Luisa Amorim Maria Manuela Poças Sandra Tavares

82

FRAGRÂNCIAS NO FEMININO FRAGRANCES FOR HER

COM HISTÓRIA WITH HISTORY O Coliseu e a cidade

92

INVICTATION Isabel Silva

96

MODA FASHION Rio D’ Ouro

88

FRAGRÂNCIAS NO MASCULINO FRAGRANCES FOR HIM

104

NEWS

114 BLOCO DE NOTAS NOTE BOOK PARCEIROS DE DISTRIBUIÇÃO DISTRIBUTION PARTNERS GOURMET Chef José Avillez

118 LEITURA READING 120 CRÓNICA CHRONICLE

Susana Esteban

Produtos disponíveis

Products available

Revista semestral, edição outono/inverno, é uma marca registada propriedade de Marques Soares, S.A. Biannual magazine, Autumn/Winter issue, Is a registered trademark, property of Marques Soares, S.A. Marques Soares, S.A. Rua das Carmelitas, 92, 4000-499 Porto | Tel.: +351 222 042 200 | www.marquessoares.pt EDIÇÃO EDITION Companhia das Cores, Design e Comunicação Empresarial, Lda. // DIREÇÃO DIRECTION Raul Mendes Pinto // EDITORA EDITOR M.ª João Mendes Pinto // COORDENAÇÃO COORDINATION Marques Soares // MARKETING E PROMOÇÃO

MARKETING AND SALES Aurora Gonçalves // REDAÇÃO TEXTS BY Companhia das Cores // FOTOGRAFIA PHOTOGRAPHY Pedro Bettencourt // TRADUÇÃO TRANSLATION Teresa Cardia // DIREÇÃO DE PRODUÇÃO PRODUCTION Luís Assunção // DESIGN Companhia das Cores //

PAGINAÇÃO PAGE LAYOUT Ana Gil // IMPRESSÃO PRINTED BY Lidergraf, Artes Gráficas S.A. // TIRAGEM CIRCULATION 15.000 exemplares // DEPÓSITO LEGAL LEGAL DEPOSIT 366449/13 //

BANCO DE IMAGEM IMAGE BANK freepik, shutterstock

Companhia das Cores – Design e Comunicação Empresarial, Lda. Rua Sampaio e Pina, n.º 58, 2.º Dto, 1070-250 Lisboa Tel.: 21 382 56 10 Publicidade/Advertising: marketing@companhiadascores.pt // Produção/Production: design@companhiadascores.pt

04

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Procure este símbolo ao longo da revista e encontre todos os produtos em / Look for this symbol throughout the magazine and find all products at: Marques Soares Rua das Carmelitas, 92 4000-499 Porto Tel.: +351 222 042 200


MODA Fashion BACCUS BETTY BARCLAY BIANCA BRAX BURBERRY CALVIN KLEIN CINZIA ROCCA DECENIO DIELMAR ELENA MIRO ELISABETTA FRANCHI ESCADA SPORT ESCORPION ESPRIT FRED PERRY GANT HACKETT HUGO BOSS LACOSTE LAURÈL LION OF PORCHES MALVA MARELLA MAXMARA STUDIO MENTA MICHAEL KORS MY TWIN NAULOVER

SAPATARIA Shoes PAUL & SHARK PINKO POLO RALPH LAUREN RIVIERA TOMMY HILFIGER TWINSET YVES SALOMON WEEKEND MAXMARA

CARTEIRAS E ACESSÓRIOS Handbags and accessories ARMANI JEANS BURBERRY CALVIN KLEIN COCCINELLE DKNY FURLA GUESS LONGCHAMP MARELLA MAX MARA MICHAEL KORS MOSCHINO

ALMA EN PENA ANGEL ARMANDO SILVA BRUNO PREMI CAFÉ NOIR CAMEL CARLOS SANTOS CHICCO CUBANAS DANIELA LIMA FELEY FLY LONDON GANT GEOX GIOSEPPO GUESS HISPANITAS LUIS ONOFRE MICHAEL KORS PANAMA JACK PEPE JEANS ROCKPORT SKECHERS SOFIA COSTA STONEFLY TIMBERLAND

TOMMY HILFIGER TOSCA BLU UGG XUZ

JOIAS E RELÓGIOS Jewels and watches CK ETERNIS EUGÉNIO CAMPOS GANT GOFREY MICHAEL KORS MONTBLANC ONE PANDORA RAIMOND WEIL SEIKO SWAROVSKI TIMBERLAND TISSOT TOUS & TOUS

JOVEM E DESPORTO Young people and sports ADIDAS ORIGINALS CARHARTT CONVERSE DESIGUAL ELEMENT FRACOMINA GUESS LEVI’S MERRELL NEW BALANCE NIKE ONLY PEPE JEANS PUMA REEBOK SALSA SUPERDRY TIFFOSI VANS

CRIANÇA Children ABSORBA BÓBOLI CNSG CATIMINI CHICCO DESIGUAL ELEMENT LARANJINHA LEVI’S LION OF PORCHES MAYORAL PEPE JEANS TIFFOSI

RES AS , PORTO O PORTO A O RTO S S T E I N OPO ORE) AD L LO) U W IX L E E A O L Q T B N M A R IA W KST O RAR RE N MA DAS CAR RE IN D HE LELLO BOO NT STO RIGOS E À LIV O E T S M T T R N T DEPA S CLÉ ARTME TOWER AND RUA O SEU UR DEP RRE DO S (JUNTO

À TO

O YO CLÉRIG (BY THE


LINGERIE, PRAIA Lingerie, beach

O DEPARTMENT STORE QUE FAZ PARTE DA CIDADE

THE DEPARTMENT STORE THAT BELONGS TO THE CITY

CALVIN KLEIN CHANTELLE DIM ESPRIT FELINA GUESS PASSIONATA SLOGGI TOMMY HILFIGER TRIUMPH

ÓTICA Optics BOSS BVLGARI CARL ZEISS CAROLINA HERRERA CAZAL CHANEL DIOR DOLCE & GABBANA ESSILOR FENDI GIORGIO ARMANI GUCCI LINDBERG MARC JACOBS MICHAEL KORS MIU MIU OAKLEY PERSOL PRADA ROBERTO CAVALLI SILHOUETTE TOM FORD VALENTINO

PERFUMARIA Beauty shop ARMANI BIOTHERM BOTTEGA VENETA CAROLINA HERRERA CHANEL DIOR CLARINS CHLOÉ CLINIQUE DKNY DOLCE & GABBANA ESCADA ESTÉE LAUDER HERMÈS HUGO BOSS JEAN PAUL GAULTIER LA MER LANCÔME LA PRAIRIE MICHAEL KORS PRADA SENSAI SHISEIDO THIERRY MUGLER TOM FORD VALMONT YVES SAINT LAURENT

OARES ES.PT SSOAR NSMARQUESS E U Q R A E WWW.M OM/ARMAZ B.C .F W W W


ENCONTRO MEETING

Profile Council member of the City of Oporto: Head of the Economy, Tourism and Commerce and Head of the Management of Community Funds. Master of Finance. MBA in Finance.

© Fotos / Photos Pedro Bettencourt

RICARDO

VALENTE

Perfil Vereador da Câmara Municipal do Porto: Pelouro da Economia, Turismo e Comércio; Pelouro da Gestão de Fundos Comunitários. Mestre em Finanças. MBA em Finanças.

“ O VINHO MAIS DO QUE UMA BEBIDA, É UMA EXPERIÊNCIA. ” "WINE, MORE THAN A DRINK, IS AN EXPERIENCE." 08

MAGAZINE WITH ATTITUDE


À FRENTE DO PELOURO DA ECONOMIA, TURISMO E COMÉRCIO DA CÂMARA MUNICIPAL DO PORTO, PRECISAMENTE NUMA ALTURA EM QUE O ENOTURISMO ESTÁ A GANHAR FORMA E EM QUE A REGIÃO DO DOURO SE ASSUME COMO UMA DAS MELHORES CAPITAIS DO VINHO, RICARDO VALENTE VALORIZA A PARTICIPAÇÃO DO PORTO NA GREAT WINE CAPITALS GLOBAL NETWORK, ENALTECE A SINGULARIDADE DA REGIÃO E QUEBRA, SEM RECEIOS, O MITO DA DESERTIFICAÇÃO.

COUNCILMAN, HEAD OF ECONOMY, TOURISM AND COMMERCE OF THE OPORTO TOWN HALL AT A TIME WHEN WINE TOURISM IS BEGINNING TO TAKE SHAPE AND THE DOURO REGION CLAIMS TO BE ONE OF THE BEST WINE CAPITALS. RICARDO VALENTE HIGHLIGHTS THE INVOLVEMENT OF THE CITY OF OPORTO IN THE “GREAT WINE CAPITALS GLOBAL NETWORK”, ENHANCING THE UNIQUENESS OF THE REGION AND FEARLESSLY SHATTERS THE MYTH OF DESERTIFICATION.

O vinho é um produto de excelência que identifica esta região. De que forma o enoturismo tem vindo a promover e a valorizar o território do Douro? O vinho, em primeiro lugar, mais que uma bebida, é uma experiência o que lhe permite esse papel fundamental de desenvolvimento do turismo. O Porto não vende praia e também não é só um destino de património. A única forma de aumentarmos a estadia média é aproveitarmos aquilo que temos de muito diferenciador e aqui temos uma mais-valia enorme do ponto de vista de posicionamento, que se chama vinho. Isto para lhe dizer que nós definimos o enoturismo como um eixo estratégico de desenvolvimento do turismo para a região e isto para nós é fundamental há muito tempo, porque o Porto faz parte das grandes capitais vinhateiras do mundo, as chamadas Great Wine Capitals (GWC) e nós aqui temos um posicionamento muito claro que é um reconhecimento enorme. Para além disso, é importante que os turistas tenham uma estadia o mais longa possível e o vinho permite-nos oferecer uma área gigantesca, porque vamos até Trás-os-Montes, como vamos até ao Alto Minho, portanto o enoturismo para nós foi fundamental para criar esta dinâmica de um turismo mais sustentado, já que nós hoje somos das regiões do país que mais crescem em receita média por turista, porque o turista também mudou. O segmento que mais cresce aqui é o mercado norte-americano que faz muito turismo na lógica do vinho e está a escolher Portugal, o que produz efeitos tremendos.

Wine is a product of excellence, which identifies this region. How has Wine tourism been promoting and enhancing the Douro territory? Wine is more than a drink; it is an experience, which allows for this fundamental role of the development of tourism. Oporto does not sell beach tourism and it is not just a heritage destination. The only way to increase the average length of stay is to take advantage of what we have, to make it different. We have a huge strength, from a positioning point of view, which is wine. This is to say that we define Wine tourism as a strategic axis of tourism development for the region and for us this has been fundamental for a long time. Oporto is part of the great vineyard capitals of the world, called Great Wine Capitals (GWC) and here, we have a very clear ranking, which is a huge acknowledgement. In addition, it is important that tourists have the longest length of stay possible and wine allows us to offer a huge geographic area, as we can go to Trás-os-Montes or we can go to Alto Minho. Therefore, Wine tourism for us was fundamental to create this dynamic of a more sustainable tourism. Since we are one of the fastest growing regions of the country in average revenue per tourist and because the type of tourist has also changed. The segment that grows the most here is the North American market, which does much tourism in the logic of wine and is choosing Portugal as a destination, which is providing remarkable results. Nevertheless, the potential of wine is not limited to Wine tourism. How great is the dimension of wine nowadays? Architecture and landscape, gastronomy and art and culture, these are

Mas o potencial do vinho não se esgota no enoturismo. Até onde vai hoje a dimensão do vinho? Arquitetura e paisagem, gastronomia, arte e cultura são as várias dimensões que o enoturismo comporta e que se sistematizam, grosso modo, nas categorias para atribuição de prémios. Com efeito, o enoturismo é muito mais abrangente do que as provas de vinhos e as visitas guiadas às quintas produtoras e às caves. O conceito contém em si todas as atividades turísticas associadas ao vinho, desde o alojamento nas quintas, às diversas experiências que permitem ao turista conhecer um pouco mais sobre a história do vinho e o processo produtivo, passando pelas refeições cuidadosamente harmonizadas com os vinhos da região.

the several dimensions that Wine tourism embraces, and these are systematised, roughly, in the categories for awarding prizes. In fact, Wine tourism is much more comprehensive than wine tastings and guided tours to the producing farms and cellars. The concept comprehends within itself all the tourist activities associated with wine, from the accommodation on the farms, to the various experiences, which allow the tourist to know a little more about the history of the wine and the production process; including the meals carefully harmonised with the wines of the region. Is wine culture, effectively, a pillar in the development of new tourism products and in the diversification of this offer? I would say that the issue of wine and Wine tourism, above all, has to do

MAGAZINE WITH ATTITUDE

09


ENCONTRO MEETING “O Porto diferencia-se pela singularidade das caraterísticas das suas regiões, que permitem a produção de vinhos exclusivos não passíveis de reproduzir em nenhum outro lugar do mundo.” "Oporto is distinguished by the uniqueness of the characteristics of its regions, which allow the production of exclusive wines, which cannot be reproduced anywhere else in the world." A cultura do vinho é, efetivamente, um pilar no desenvolvimento de novos produtos turísticos e na diversificação desta oferta? Eu diria que a questão do vinho e do enoturismo tem acima de tudo a ver com a questão do território. Nós hoje quando olhamos para o número de quintas que o Douro tem estamos num contraciclo tremendo. Quais são os sítios do país que têm mais crescimento de negócio, mais crescimento de economia local, mais quintas a surgirem, mais plantação, mais vendas e mais exportação? São claramente as Regiões do Douro e do Vinho Verde e isto significa que é possível lutar contra a desertificação, sem ser com retórica. Precisamos é de valorizar e tentar vender aquilo que temos e isto é muito importante em termos de economia local, do ponto de vista patrimonial e ambiental. O Património da Humanidade existe, porque há Humanidade e isto resulta de uma coisa que as pessoas às vezes não entendem, que é a economia e sem economia não há pessoas e sem pessoas não há paisagem. É por isso que nós temos um carinho especial pelo vinho, porque permitiu criar economia local, permitiu defender uma paisagem, permitiu criar circuitos turísticos onde nunca se pensava poder acontecer, permitiu reter pessoas nessas zonas e isto para nós é muito relevante sobretudo para a região.

with the issue of the land. Nowadays, when we look at the number of farms that the Douro region has, we are in a remarkable counter-cycle. Where is the country's largest business growth sites? Where is the highest local economy growth? Where are there more farms, more plantations, more sales and more exports? These are clearly the Douro and Vinho Verde regions and this means that it is possible to fight against desertification without rhetoric. We need to value what we have and try to sell it. This is very important in terms of local economy and from a heritage and envi-

Quais as principais ações promovidas pela autarquia (quer internas, quer externas) para a dinamização deste produto? O vinho é algo que faz parte da identidade da cidade e da Região que ela representa. É uma questão de marketing institucional. Isto significa que a cidade apoia as iniciativas e eventos “facilitados” pelo Instituto dos Vinhos do Douro e Porto – IVDP, da zona dos Vinhos Verdes e da Associação de Produtores de Vinho, realizando desta forma um trabalho conjunto na promoção de vinho. Para lhe dar um exemplo, vamos ter um evento que alia a mulher ao vinho, já que a figura feminina tem um papel, cada vez mais, importante na área vínica. O evento é da iniciativa da nossa Câmara e vai chamar-se “Women in Wine” e acontece agora em outubro. Depois, manter o Porto como membro da rede GWC na qual já estamos presentes desde 1999, é outra prioridade. O objetivo é posicionar a cidade e as regiões que representa como destino de topo para enoturistas, funcionando como selo de qualidade de uma oferta que sabemos que é premium.

10

MAGAZINE WITH ATTITUDE

ronmental point of view. The World Heritage exists, because there is mankind. This results from something that people sometimes do not understand, called Economy. Without economy, there are no people and without people there is no landscape. That is why we have a special affection for wine, because it allowed us to generate local economy, it allowed us to defend a landscape, it allowed us to create tours where we never thought we would. It allowed us to preserve people in those areas and for us this is very relevant and particularly for the region. Which are the main actions encouraged by the Council (both, internal and external) to boost this product? Wine is something that is part of the identity of the city and of the region that it represents. It is a matter of institutional marketing. This means that the city supports the initiatives and events "facilitated" by Port and Douro Wines Institute – IVDP, the area of the ​​ Vinhos Verdes and the Association of Wine Producers, thus carrying out a joint work in the wine promotion. To give you an example, we will have an event that combines women


ENCONTRO MEETING “(O vinho) permitiu criar economia local, defender uma paisagem, criar circuitos turísticos, reter pessoas nessas zonas e isto para nós é muito relevante, sobretudo para a região.” "(Wine) allowed us to generate local economy, to defend a landscape, to create tours, to preserve people in these areas and for us this is very relevant and particularly for the region." with wine, since women play an increasingly important role in the vinous area. The event is an initiative of our City Hall, which will be called "Women in Wine" and will take place this October. Then, another priority is to maintain Oporto as a member of the GWC network, in which we have been present since 1999. The goal is to position the city and the

O que diferencia o Porto dos outros membros da rede? O Porto diferencia-se pela singularidade das caraterísticas das suas regiões vinícolas, que são três e que permitem a produção de vinhos exclusivos não passíveis de reproduzir em nenhum outro lugar do mundo. Para além disso, o Douro é a Região Demarcada mais antiga do mundo, conhecida mundialmente pelo Vinho do Porto e a Região Demarcada Vinhos Verdes é a maior zona vitícola portuguesa que, ano após ano, continua a bater recordes nas exportações. Por outro lado, e o que torna a Rede mais rica e interessante, é o facto dos seus membros terem em comum regiões vitivinícolas de demonstrado valor e qualidade, mas cada um com caraterísticas únicas e muito diferentes entre si, que se refletem não só na própria tipologia de vinhos apresentados, mas também em termos de oferta enoturística, paisagem e, naturalmente, aspetos culturais.

regions it represents as a top destination for wine tourists, acting as a quality seal for an offer, which we know is a premium destination. What differentiates Oporto from the other members of the network? Oporto is distinguished by the unique characteristics of its wine regions, which are three. This allows the production of exclusive wines that cannot be reproduced anywhere else in the world. In addition, the Douro region is the oldest Demarcated Region in the world, known worldwide for Port Wine and the Demarcated Region for the Vinhos Verdes. It is the largest Portuguese wine-growing region, which continues beating export records year after year. On the other hand, what makes the Network richer and more interesting, is that its members have in common wine-growing regions of validated value and quality. Each one of them with unique and very different characteristics, which are reflected not only in the type of wines presented, but also in terms of wine tourism offer, landscape and, of course, cultural aspects.

A rede GWC promove os prémios Best of Wine Tourism. Que prémios já foram conquistados pela Região e em que é que esses prémios se traduziram? O concurso para atribuição dos prémios Best of Wine Tourism está aberto a todas as entidades que prestem serviços de enoturismo na região dos vinhos do Douro, Porto e Vinhos Verdes, que apresentem um projeto de excelência e diferenciador. A competição engloba sete categorias: Alojamento, Restaurantes Vínicos, Arquitetura e Paisagem, Arte e Cultura, Experiências Inovadoras, Serviços de Enoturismo e Práticas Sustentáveis. Já muitos prémios foram atribuídos e traduzem-se, acima de tudo, em reconhecimento. A plataforma Great Wine Capitals é uma plataforma 100% digital, em que todos os vencedores locais passam a estar e em que cada um dos países vai fazer a sua divulgação durante um ano, quer na plataforma GWC, quer na plataforma Best of Wine Tourism, assim como no Facebook, Instagram, etc. Esta é uma montra digital para estes destinos e as candidaturas surgem para poderem chegar ao mundo inteiro, sobretudo o mundo com poder de compra. É com grande orgulho que os vencedores mostram o símbolo do prémio Great Wine Capitals, que fica logo na entrada, o que lhes dá bastante prestígio.

12

MAGAZINE WITH ATTITUDE

The GWC network promotes the Best of Wine Tourism awards. Which awards has the Region already won and in what did these awards translate into? The competition for the awarding of the Best of Wine tourism awards is open to all entities that provide wine tourism services in the regions of Douro wines, Port and Vinhos Verdes, which present a project of excellence and differentiator. The competition comprises seven categories: Accommodation, Wine Restaurants, Architecture and Landscape; Art and Culture; Innovative Experiences; Wine Tourism Services and Sustainable Practices. Many prizes have already been awarded and translate, above all, into acknowledgement. The Great Wine Capitals platform is a 100% digital platform, where all the local winners are included and in which each country will do the promotion for one year, on both, the GWC platform and the Best of Wine Tourism platform, as well as on Facebook, Instagram, etc. This is a digital showcase for these destinations and applications come in to reach the whole world, especially the world with purchasing power. It is with great pride that the winners show the symbol of the Great Wine Capitals prize, which is right at the entrance and which provides them with great prestige.


NEW YORK STORIES GRACE HARTZEL

T. +351 226 168 432


ENCONTRO À DESCOBERTA MEETING QUEST FOR DISCOVERY

MANUEL DE NOVAES CABRAL

© Pedro Bettencourt

“ O DOURO REPRESENTA A LIGAÇÃO DO HOMEM À NATUREZA ”

"DOURO REPRESENTS THE CONNECTION OF MAN TO NATURE" 14

MAGAZINE WITH ATTITUDE


O VINHO DO PORTO É MUITO MAIS DO QUE UM NÉCTAR NASCIDO NAS MARGENS DO DOURO. É UMA FONTE DE HISTÓRIA, DE MEMÓRIA E DE CULTURA. MANUEL DE NOVAES CABRAL, PRESIDENTE DO IVDP, COMPREENDE A RAZÃO PELA QUAL O CONHECIMENTO DO PASSADO É FUNDAMENTAL PARA SE SABER O QUE SE FAZ NO PRESENTE E SE DESEJA CRIAR NO FUTURO. E CONTA-NOS POR QUE RAZÃO O VINHO DO PORTO É UM PONTO DE PARTIDA PARA SE CONHECER MELHOR O DOURO E O SEU UNIVERSO ÚNICO. PORT WINE IS MUCH MORE THAN JUST A SYRUP BORN ON THE DOURO RIVER BANKS. IT IS ALSO A SOURCE OF HISTORY, MEMORY AND CULTURE. MANUEL DE NOVAES CABRAL, PRESIDENT OF THE IVDP, UNDERSTANDS THE REASON FOR WHICH THE ACKNOWLEDGEMENT OF THE PAST IS FUNDAMENTAL TO KNOW WHAT ONE IS DOING IN THE PRESENT AND WHAT TO WISH TO CREATE FOR THE FUTURE. MANUEL DE NOVAES CABRAL TELLS US WHY PORT WINE IS A STARTING POINT TO KNOW THE DOURO AND ITS EXCLUSIVE UNIVERSE BETTER.

Ponto de Encontro

Manuel de Novaes Cabral está à frente do IVDP (Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto), cujo edifício no centro histórico da cidade do Porto é um primeiro ponto de contacto com a herança do Vinho do Porto e onde nos recebeu para nos “conduzir” pela história da região. Um espaço que permite despertar a curiosidade para se conhecerem outros pontos vitais da rota do vinho do Douro, a começar pelas caves de Vila Nova de Gaia e a acabar, para quem tem mais tempo, na própria região produtora e nas suas quintas. Esta casa é do século XVIII e foi construída para ser a sede do Banco Comercial do Porto. Mas, olhando para a lista dos acionistas desse banco e respetivos capitais, verificamos que esta casa foi sempre ligada ao Vinho do Porto. Aqui celebra-se o vinho, mas o edifício do IVDP também está aberto às artes e letras e, claro, à cidade, que encontra muito da sua história aqui.

Figuras que o Douro não esquece

Na história do Vinho do Porto há nomes incontornáveis, como não deixa de recordar o presidente do IVDP: “O Marquês de Pombal, porque encarna a classificação, a Ferreirinha e o Barão Forrester com os seus mapas. Mas há outras personagens do Douro que podemos identificar, por exemplo os monges de Cister. Sem eles provavelmente nós não tínhamos o desenvolvimento vitivinícola que o Douro tem hoje. Depois podemos dar um salto histórico para um senhor que foi presidente desta casa chamado Moreira da Fonseca e que criou um método de classificação do território e das parcelas, que se mantém sem alteração durante tantos anos. O papel de Dona Antónia Adelaide Ferreira foi importantíssimo ao nível económico, social, político e de benemerência. Juntou património do pai e da mãe, que eram primos e que já eram famílias produtoras de vinho do Porto, mas a Ferreirinha multiplicou isso de uma forma brutal. Fez isto com uma influência muito grande na

Meeting Point Manuel de Novaes Cabral is the head of the IVDP – Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (Port and Douro Wines Institute). Its building is situated in the historic centre of Oporto city and it is the first contact point with the Port Wine heritage. Here he has welcomed us to "take us” through the history of the region. A place that allows one to awaken curiosity, to get to know other vital points of the Douro wines route. Starting with the cellars in Vila Nova de Gaia and finishing, for those who have more time, in the wine-producing region itself and in their farms. This house is from the 18th century and was built to become the headquarters of Banco Comercial do Porto (Commercial Bank of Oporto). Nevertheless, by going through the list of the shareholders of this bank and its capitals, one can confirm that this house has always been associated with Port Wine. Here the wine is celebrated; nonetheless, the IVDP building is also open to arts and culture and, of course, to the city, which finds in here much of its history.

Personalities that the Douro does not forget In the history of Port Wine there are unforgettable names, as the President of the IVDP makes sure to remember: the Marquês de Pombal (Marquis of Pombal), because he embodies the classification; Ferreirinha and Forrester Baron with their maps. Nevertheless, there are other personalities of the Douro that one can recognise, for example the Cistercian monks. Without them, we probably did not have the wine development that the Douro enjoys nowadays. Afterwards, one can make a historical leap for a gentleman who was a president of this house, called Moreira da Fonseca and who has created a method of categorising the land and the parcels, which has remained unchanged for so many years. The role of Dona Antónia Adelaide Ferreira was extremely important at the level of economics, social, politics and charity. She brought together the inheritance of her father and her mother, who were cousins to each other and ​​ were already Port Wine producing families.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

15


À DESCOBERTA QUEST FOR DISCOVERY

© João Ferrand

A VOCAÇÃO VITIVINÍCOLA DO VALE DO DOURO REMONTA À ÉPOCA ROMANA.

Corte e no Governo, porque estas coisas não se fazem sozinhas, fazem-se com uma rede social muito forte, que ela tinha e criou, não ela pessoalmente, mas sobretudo com o segundo marido, Silva Torres, amigo do rei D. Carlos, que tinha grande influência e de quem se fala pouco”. Já Joseph Forrester, transformou-se, de resto, no século XIX, num símbolo do vinho do Porto. A ligação ao mundo fascinante da Ferreirinha, e a sua figura apaixonante, tornaram-no uma lenda. O rio Douro tornou-se o seu horizonte preferido, onde via os homens, nas íngremes escarpas e em luta constante contra a inclemência do tempo, na labuta da agricultura. Mas era o rio que o encantava. Não admira que tenha mandado construir um barco rabelo, onde juntava os amigos. Era nesse constante vaivém entre o Porto e Barca de Alva que ficava a desenhar os pormenores das margens. Conseguiu assim criar um monumento único: um mapa do Douro feito num desenho, de três metros de comprimento e de 68 cm de largura, a que chamou “O Douro Portuguez e Paiz Adjacente”. O estudo que fez do rio, dos seus pormenores misteriosos, mostrou uma paixão irrepreensível pelo Douro, fruto do divino vinho do Porto. Quando morreu, num acidente no próprio rio, em 1861, o Douro ficou mais pobre. Mas a beleza do seu mapa publicado em 1848 sobreviveu. É a memória viva de um panorama geográfico único entre terraços de xisto e de um vinho cheio de virtudes, que reflete esse mundo cheio de memórias. Mas, como refere Manuel de Novaes Cabral, a história é mais antiga e fascinante.

Os factos

O Presidente do IVDP conhece bem a memória histórica do Vinho do Porto e conta-nos que, mesmo antes da Ferreirinha ou do Barão Forrester, “nós já exportávamos vinho chamado do Porto porque

16

MAGAZINE WITH ATTITUDE

The winegrowing vocation of the douro valley goes back to the roman times.

Nonetheless, Ferreirinha multiplied this in a brutal way. She did it with a very large influence on the Court and on the Government, because these things are not done by themselves, they are achieved with a very strong social network, which she had and has created. Not just herself personally; however, especially with her second husband, Silva Torres, who was a friend of King D. Carlos, who had great influence and of whom very little is said. Joseph Forrester, on the other hand, became a symbol of the Port Wine, in the 19th century. The connection to the fascinating world of Ferreirinha and his passionate character, have made of him a legend. The Douro River became his favourite horizon, where he could see the men on steep slopes and in a continuous struggle against the mercilessness of weather, in the toil of agriculture. Nevertheless, it was the river, which enchanted him. No wonder he had built a Rabelo Boat and in which he gathered his friends. It was in this constant come and go movement between Porto and Barca de Alva that he was drawing the details of the banks of the river. He managed, therefore, to create a unique monument: a map of the Douro made as a drawing with three metres (» 3.28 yd) long and 68 cm (» 2.23 ft) wide, to which he called "O Douro Portuguez e Paiz Adjacente" (The Portuguese Douro and the Adjacent Country). The study that he made of the river, of its mysterious details, revealed an irreproachable passion for the Douro, fruit of the divine Port Wine. When he died, in an accident on the river itself, in 1861, the Douro became poorer. Nevertheless, the beauty of his map, published in 1848, has subsisted. It is the living memory of a unique geographical panorama, between shale terraces and a wine full of virtues, which reflects that world full of memories. Nevertheless, as Manuel de Novaes Cabral states, the history is more ancient and more fascinating.


eram vinhos que afluíam de toda a região e que eram exportados do porto do Porto” e acrescenta: “Há uma data incontornável que é setembro de 1756, que é quando é publicado o diploma que cria a Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro. Através desta Companhia entrámos na época do Iluminismo. O Marquês de Pombal estabelece os pilares daquilo que são hoje as denominações de origem - DOC. Tornando-nos na mais velha zona Demarcada e Regulamentada do mundo. Nós criámos os pilares da gestão das denominações de origem nas regiões vitícolas, sobretudo europeias. Os franceses chamam-lhes "appellations d'origine" e isso tem outra força, porque associa um produto, neste caso o vinho, a um território, a uma cultura, a uma forma de fazer as coisas. Os pilares fundamentais são a demarcação geográfica, um corpo normativo e uma entidade fiscalizadora”. Mas com outras datas se vai escrevendo a história do Douro e

The Facts

Manuel de Novaes Cabral destaca-as: “A formação da Casa do Douro, que agregava todos os viticultores, do Grémio dos Exportadores, que agregava todos os exportadores (na altura havia uma grande diferença entre a produção e comercialização/exportação), e da entidade reguladora que é o Instituto do Vinho do Porto. Estas três entidades são criadas entre 1932 e 1933. Há ainda uma terceira data que é importante, 2003, que é quando o Instituto do Vinho do Porto passa a chamar-se Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto. A mudança está associada à produção de vinho do Douro, com praticamente as mesmas castas, nos mesmos terrenos que o vinho do Porto, agregando uma realidade mais recente que são os DOC Douro. É uma região que se inicia ao longo do rio Douro, no troço português, com cerca de 100 quilómetros, do Porto até à fronteira de Espanha, e essa é a região de produção. O vinho

the wine, to a region, to a culture, to a way of doing things. The funda-

The President of the IVDP knows well the historical memory of Port Wine and tells us that, even before Ferreirinha or Forrester Baron, "we already exported wine called Port, because they were wines that flowed from all over the region and were exported from the port of Oporto" and adds: "September 1756, is an unavoidable date, it is when the diploma that created the Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro (General Company of Agriculture of the Vineyards of Alto Douro) was published. By the hand of this Company, one entered the period of the Enlightenment. The Marquis of Pombal established the pillars of what are, nowadays, the appellations of origin – PDO and becoming the oldest demarcated and regulated area in the world. We have created the pillars of the management of appellations of origin in wine-growing regions, especially in Europe. The French call them "appellations d'origine" and this has another strength, because it associates a product, in this case mental pillars are the geographical demarcation, a normative body and a regulatory authority". Nonetheless, there are other dates, which also write the history of the Douro and Manuel de Novaes Cabral highlights them: "The establishment of the Casa do Douro (Douro House), which comprised all the winegrowers; of the Grémio dos Exportadores (Port Wine Shipper’s Guild), which gathered all the exporters (at the time there was a large difference between production and trading / exporting); and the regulatory body, which is the Instituto do Vinho do Porto (Port Wine Institute). These three organisations were created between 1932 and 1933. There is also a third date that is important: 2003, which is when the Instituto do Vinho do Porto (Port Wine Institute) is renamed to the Instituto do Vinhos do Douro e do Porto (Port and Douro Wines Institute). This change is associated with the Douro wines production, with essentially the same grape varieties, on the same lands as Port Wine, however adding a more recent reality, which are the Douro wines with PDO. It is a region that begins

SÓ É GENUÍNO O VINHO QUE TENHA APOSTO NA GARRAFA O SELO DE GARANTIA.

© Pedro Bettencourt

Only the wine that has affixed the guarantee seal in the bottle is genuine.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

17


À DESCOBERTA

© Pedro Bettencourt

QUEST FOR DISCOVERY

Manuel de Novaes Cabral Manuel de Novaes Cabral (1960) é licenciado em Direito e pós-graduado em Estudos Europeus (dominante Económica) pela Universidade Católica Portuguesa, e auditor do Instituto da Defesa Nacional (CDN-94). É Presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. desde novembro de 2011. Entre muitas atividades públicas e privadas que desenvolveu ao longo dos anos, foi também docente na Universidade Fernando Pessoa (1995-98). No âmbito do setor vitivinícola, foi Secretário-Geral da AREV, Assembleia das Regiões Europeias Vitícolas, Bordéus (1998-01) e representante da Câmara do Porto na Rede das Capitais dos Grandes Vinhedos (2003-11). Foi perito internacional do programa que o Governo da Argentina, com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento, organizou para estudar as condições do País para o enoturismo. Foi colaborador regular da revista Wine Essência do Vinho (2007-11) e conferencista. Publicou “Aspects de la politique vitivinicole des régions d’Europe” (3 vols., 2000 e 01) e “Territórios do Vinho – Territories of Wine” (1ª ed. 2009; 2ª ed.2010), para além de inúmeros artigos em revistas científicas e da especialidade, portuguesas e estrangeiras. Manuel de Novaes Cabral (1960) holds a university degree in Law and a post-graduation degree in European Studies (Economics programme), by the Universidade Católica Portuguesa. He is an auditor at the Instituto de Defesa Nacional (National Defence Institute) (CDN-94). He is the President of the Port and Douro Wines Institute, I.P. since November 2011. Among many public and private activities, which he has developed over the years, he was also a lecturer at the Fernando Pessoa University (1995-1998). In the wine sector, he was Secretary-General of the AREV – Assembleia das Regiões Europeias Vitícolas (Assembly of European Wine-producing Regions), Bordeaux (1998-2001) and a representative of the Oporto Town Hall in the Rede das Capitais dos Grandes Vinhedos (Global Network of Great Wine Capitals) (2003-2011). He was an expert for the international Inter-American Development Bank, organised to study the conditions of the country for wine tourism. He was a regular contributor to the Wine – Essência do Vinho magazine (Wine – Essence of the Wine) (2007-2011) as well as a lecturer. He has published “Aspects de la politique vitivinicole des régions d’Europe” (Aspects of the wine-making policy of the Regions of Europe" (3 vols. 2000 and 01) and "Territórios do Vinho – Territories of Wine" (1st ed. 2009, 2nd ed. 2010), and published numerous articles in scientific and specialised, Portuguese and foreign magazines.

do Porto é um vinho particular porque é para exportação e era um vinho que vinha pelo rio, pelos barcos rabelos e que era armazenado nas caves de Vila Nova de Gaia, onde ficava a estagiar para ser exportado para Inglaterra, que foi o grande centro de distribuição de vinhos mundiais até determinada altura”. Por aqui, Manuel de Novaes Cabral também nos faz a ligação entre o vinho do Porto e o mercado inglês, relação que acaba por ser fundamental para a história e desenvolvimento do vinho do Porto: “Os ingleses, durante séculos, foram a principal plataforma de importação, exportação e distribuição de vinhos, porque gostavam de vinhos e porque tinham acesso aos principais mercados. Quando perderam a Aquitânia, para os franceses, tiveram de ir procurar vinhos bons a outros sítios. Um dos sítios foi exatamente ao Porto, à região do Douro, pois já sabiam da existência de vinhos de qualidade. Daí o papel dos ingleses e não só, também dos holandeses e dinamarqueses. Se olharmos para as ruas de Gaia não vemos só nomes portugueses, vemos ingleses, e outros, até mais que os portugueses”.

O Rio

Tudo acaba por desembocar no rio Douro, fonte de vida, alma do vinho do Porto: “Eu costumo dizer que é um canal civilizacional. Às vezes parece que o rio começa na fronteira com Espanha, mas tem 900 quilómetros: começa na serra de Urbião em Duruelo de la Sierra, um pequeno ‘pueblo’, na província de Sória, e tem pouco mais de 200 quilómetros em território nacional. Nós temos grande parte classificado pela Unesco. Desde logo temos aqui a zona histórica do Porto, mas depois temos 25.000 hectares classificados, dentro da Região Demarcada do Douro, como paisagem cultural,

along the Douro River, in the Portuguese section, about 100 kilometres (» 62.14 mi) from Oporto to the Spanish border and that is the region of the production. Port Wine is a singular wine, because it was aimed for export. Besides, it was a wine that came along the river, on Rabelos Boats and which was then warehoused in the cellars in Vila Nova de Gaia, where it would stay aging. Afterwards, it would be exported to England, which was the greatest centre of distribution of world wines until a certain time". At this point, Manuel de Novaes Cabral explains to us, as well, the connection between Port Wine and the English market. A relationship that turns out to be fundamental for the history and development of Port Wine: "For centuries, the English have been the main platform for importing, exporting and distributing wines, because they enjoyed wines and they had access to the main markets. When they lost Aquitaine to the French, they had to seek for good wines elsewhere. One of the places they have sought for this was exactly in Oporto and the Douro region, since they already knew of the existence of quality wines there. Hence the role of the English. However, not just English, Dutch and Danes as well. If we look at the streets of Gaia we do not see only Portuguese names there, we can see English names as well as other nationalities, even more than the Portuguese names".

18

MAGAZINE WITH ATTITUDE


À DESCOBERTA

© Pedro Bettencourt

QUEST FOR DISCOVERY

evolutiva e viva e esta expressão viva é importante porque a Unesco não quer que se torne num museu no sentido muito tradicional, parado. Pelo contrário, deve ser um espaço onde as pessoas vivem, onde têm gosto em viver, onde as pessoas desempenham a sua atividade económica e, para isso, é preciso mexer no território, tem que ser uma paisagem dinâmica. Depois ainda temos a zona de Foz Côa, com as gravuras. Por isso o rio é civilizacional, foi absolutamente determinante durante séculos para o transporte do vinho, através dos barcos rabelos que faziam parte da paisagem do rio e das histórias, das desgraças, mas também das venturas. Também por alguma razão, no Douro superior não havia cultivo de vinha até meados do séc. XIX. Só depois da abertura do canal do Cachão da Valeira. Do Cachão para baixo o rio era navegável com as dificuldades da época, mas para cima não era e, portanto, o cultivo da vinha com a Ferreirinha é determinante na última fase da sua vida, que é quando desenvolve a viticultura no Douro superior, mudando o paradigma por causa do transporte. Aí o caminho-de-ferro tem também um papel importante, mas basicamente isto tem a ver com o rio. Quanto à classificação, a questão que eu coloco é se a Unesco teria classificado o rio e as montanhas pela sua beleza. Eu acho que não. A Unesco classificou a interação cultural, a ligação do homem à natureza. É o cultivo da vinha e o vinho resultante que modificam a paisagem e é esse esforço civilizacional, esse encontro de culturas, que se torna património mundial. É evidente que o rio tem aqui um papel importantíssimo como canal de comunicação, como canal de transporte, um canal económico e depois na sua foz, através da transferência do vinho dos barcos para os armazéns e depois dos armazéns para os barcos e para o mundo”.

20

MAGAZINE WITH ATTITUDE

The River Everything ends up leading into the Douro River, the source of life and soul of Port Wine: "I usually say that it is a civilizational canal. Sometimes it seems that the river begins at the border with Spain, however it has 900 kilometres (» 559.23 mi) length. It begins in the mountain range of Urbião, in Duruelo de la Sierra, a small “pueblo” (village), in the Pronvicia de Sória (County of Soria). It has just a little more than 200 kilometres (» 124.27 mi) in length within the Portuguese territory. We have a large proportion of it classified by UNESCO. To begin with, we have the historic area of Oporto, nonetheless after that we have 25,000 hectares (» 96.53 sq mi) classified, within the Demarcated Region of the Douro as a cultural, evolutionary and living landscape. Moreover, this living expression is important, because UNESCO does not want it to become a museum, in the very traditional sense, standing still. On the contrary, it must be a place where people live, where they enjoy living and where they carry out their economic activity. For that, it is necessary to change the land; it has to be a dynamic landscape. In addition, we still have the Foz Côa area with the prehistoric engravings. For this reason, the river is civilizational; it was absolutely determinant through the centuries for the transport of wine on Rabelo Boats, which were part of the river landscape and of its stories, of the misfortunes, however of the ventures as well. Furthermore, for some reason, in the upper Douro there was no vineyard growing until the middle of the 19th century. This only happened after the opening of the Canal of Cachão da Valeira. From the Canal of Cachão da Valeira downwards the river was navigable, with the difficulties of those times; however, upwards the river was not navigable. Therefore, the growing of the vineyard with Ferreirinha was decisive in the last phase of her life, which is when she develops the viticulture in the upper Douro, changing the paradigm due to the transport. At this


À DESCOBERTA QUEST FOR DISCOVERY

Região Demarcada do Douro Douro Demarcated Region 250 000 ha Área Património Mundial World Heritage Area 24 600 ha Área de vinha Area of vineyard 43 500 ha A Região Demarcada do Douro divide-se em três sub-regiões. A história e a ocupação humana ditaram os ritmos de implantação da vinha. O trabalho do Homem, as diferenças climáticas e orográficas produziram distintos terroirs. Assim, os vinhos do Baixo Corgo têm características muito diferentes dos do Douro Superior. The Douro Demarcated Region is divided into three sub-regions. The history and the human occupation have dictated the rhythms of implantation of the vineyard. Man's work, the climatic and orographic differences produced different terroirs. Consequently, the wines from Baixo Corgo (Lower Corgo) have characteristics very different from those from the Douro Superior (Upper Douro). Baixo Corgo

Cima Corgo

Douro Superior

Área Area 45 000 ha Clima Atlântico Atlantic Climate Precipitação Rainfall 16,2 mm - 204,3 mm Adequado à produção de Suitable for the production of Vinhos do Porto mais leves de amadurecimento precoce Lighter Port Wines, with an early maturity

Área Area 95 000 ha Clima Mediterrânico Mediterranean Climate Precipitação Rainfall 6,9 mm Adequado à produção de Suitable for the production of Vinhos mais concentrados e com maior potencial de envelhecimento More concentrated wines with a higher potential of quality aging

Área Area 110 000 ha Clima Desértico Desert Climate Precipitação Rainfall 50,6 mm Adequado à produção de Suitable for the production of Vinhos Vintage Vintage Wines

Região Demarcada do Douro em números The Douro Demarcated Region in figures

A Região Demarcada do Douro (RDD) é a principal região vitivinícola de Portugal em termos de produção de vinho, representando 38% da produção de vinhos portugueses com DOP e 22% da produção total de vinho em Portugal. Assume 48% do total das exportações portuguesas de vinho e 73% das exportações de vinho com DOP. The Douro Demarcated Region (DDR) is the main wine-producing region of Portugal in terms of wine production. It represents 38% of the production of Portuguese wines with PDO and 22% of the total wine production in Portugal. It undertakes 48% of the total of the Portuguese wine exports and 73% of wine with PDO exports. Desde os primeiros registos das suas exportações (em 1678) a DOP Porto evidenciou sempre uma vertente eminentemente exportadora; hoje em dia, por si só, o Vinho do Porto representa 40% do total das exportações portuguesas de vinho e 61% das exportações de vinho com DOP. Since the first records of its exports (in 1678) the PDO Port Wine has always revealed an eminently export side; nowadays, Port Wine alone represents 40% of the total of Portuguese wine exports and 61% of wine with PDO exports.

22

MAGAZINE WITH ATTITUDE

O Porto é o vinho da RDD em que as exportações têm uma quota mais elevada (81% em valor e 83% em quantidade), contribuindo fortemente para que 67% do valor das vendas de vinhos da região com DOP/IGP sejam para exportação (64% da quantidade). Port Wine is the RDD wine in which exports have a higher share (81% in value and 83% in quantity), strongly contributing so that the 67% of the sales value of the wines of the region with PDO / PGI are for exporting (64 % of the quantity). Em 2017 a RDD bateu mais um recorde ao atingir 556 milhões de euros de vendas totais de vinhos com DOP/IGP, correspondentes a 123 milhões de litros (164 milhões de garrafas). In 2017 the DDR has beaten another record by reaching 556 million euros of total sales of wines with PDO / PGI, corresponding to 123 million litres (» 27,056,217 gal) (164 million bottles). 524 é o numero de operadores que comercializam esses vinhos (109 Porto; 510 Douro). 524 is the number of merchants that trade these wines (109 for Port Wine and 510 for Douro wines). O vinho do Porto é comercializado em 113 mercados e o do Douro em 103. Port Wine is traded in 113 markets and the Douro wines are traded in 103 markets.


À DESCOBERTA QUEST FOR DISCOVERY

In every year, only one third of the port wine that is in stock at the end of the previous year can be marketed: this is called the law of the third.

© João Ferrand

EM CADA ANO, SÓ PODE SER COMERCIALIZADO UM TERÇO DO VINHO DO PORTO EM STOCK NO FINAL DO ANO ANTERIOR: É A CHAMADA LEI DO TERÇO.

point, railways also have an important role here; nevertheless, essentially this also has to do with the river. Concerning the classification, the question I raise is whether UNESCO would have classified the river and the mountains just for their splendour alone. I do not think so. UNESCO has classified the cultural interaction, the connection of man to nature. It is the vineyards growing and its resulting wine that modify the landscape

No fundo, o mundo do Douro é mais do que a história de um rio, das suas margens de xisto e dos vinhos que marcam uma civilização. É um encantamento que é fruto do encontro do homem com a natureza. Como faz questão de sublinhar o presidente do IVDP.

O passado de olhos postos no futuro

É impossível dissociar o vinho do Porto do Douro. São histórias que se complementam, como recorda Manuel de Novaes Cabral: “A história é importantíssima. Se não conhecemos a história e a geografia não nos conhecemos a nós próprios. O passado é importante, para sabermos o que estamos a fazer no presente e nos posicionarmos para o futuro. É determinante. Nós temos sido capazes ao longo dos tempos, e especialmente nas últimas dezenas de anos, de incorporar no produto, na região, na maneira de fazer as coisas, o conhecimento, a ciência e o desenvolvimento. Isto tem também a ver com as universidades, e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro tem aqui um papel muito importante. Há uns anos atrás não havia enólogos na região, hoje há centenas de enólogos com uma formação muito sólida, com vivências internacionais, com experiências noutras regiões, inclusivamente do Novo Mundo. É importante o conhecimento na vinha, das adegas, dos processos de fazer o vinho e também das coisas que estão depois do vinho, que são o marketing, o design, a forma de apresentar os vinhos, o serviço. Porque queremos ter uma presença cada vez maior em certos mercados, quer mercados tradicionais já sustentados pelo vinho do Porto, quer novos mercados. Seja com os vinhos do Porto, seja com os vinhos do Douro, que têm cada vez mais importância na região”.

24

MAGAZINE WITH ATTITUDE

and that is this civilizational effort, this encounter of cultures, which becomes world heritage. It is obvious that the river has a very important role at this time; as a communication channel, as a transport channel and an economic channel. Moreover, afterwards at the river’s mouth, on the transferring of the wine from the boats into the warehouses and subsequently from the warehouses into the ships and afterwards to the world". In reality, the world of the Douro is more than just the history of a river, of its banks of shale and of the wines that defined a civilization. It is an enchantment, which is the result of the man's encounter with nature. As the president of the IVDP makes sure to emphasis.

The past looking into the future It is impossible to disassociate Port Wine from the Douro. These are stories that complement each other, as Manuel de Novaes Cabral remembers: "History is extremely important. If we do not know our history and our geography, then we do not know ourselves. The past is important, in order to know what we are doing in the present and to allow us to position ourselves for the future. It is fundamental. We have been able to incorporate into the product, into the region and into the way of doing things, our knowledge, science and development. We have been doing it over the years and especially in the last few decades. This has to do with the universities, as well. The University of Trás-os-Montes and Alto Douro plays a very important role here. A few years ago, there were no oenologists in the region. Nowadays, there are hundreds of oenologists with a very solid formation, with international experiences and with experiences in other regions, including in the New World. The knowledge in the vineyard, of the cellars, of the processes of making the wine and of the other things that come after the wine, as well as, which are


À DESCOBERTA © João Ferrand

© João Ferrand

QUEST FOR DISCOVERY

Nas palavras do presidente do IVDP “depois do domínio inglês e, posteriormente, francês, em 2017, o mercado português passou a ser o primeiro mercado em valor, porque em quantidade continua a ser a França a liderar. Para Portugal ter alcançado esta posição, há que ter em conta o turismo, mas parece-nos inegável que há um novo interesse dos portugueses pelo vinho do Porto. Tem a ver com toda esta valorização do que é português. Há também aqui um fator importante que é o serviço. Quando alguém pede um vinho do Porto, se tem uma boa experiência, obviamente que se torna um embaixador. Mas se tem uma má experiência, o efeito é exatamente o contrário. É nossa obrigação zelar pela qualidade do serviço e o serviço implica a temperatura, os copos, a harmonização com a comida, o tipo de vinho a aconselhar em cada momento… Tanto as empresas como nós, IVDP, temos vindo a fazer um esforço muito grande para trabalhar com os intermediários do consumo, nesse sentido. Depois, os portugueses oferecem hoje muito mais vinho do Porto, mas não têm a tradição de consumir. E há aqui um trabalho importante a fazer: a simplificação da linguagem, dada a complexidade, os estilos, as famílias, os tipos de vinho de Porto existentes, a diversificação do próprio consumo. O vinho do Porto não é apenas um ritual, não é apenas um vinho para brindar num dia festivo. O vinho do Porto, até pela sua versatilidade e pelo facto de termos várias famílias de vinho do Porto, o Tawny, o Rubi, o Rosé e o Branco, o Vintage ou o LBV, permite-nos a versatilidade e o facto de podermos ter um Porto para qualquer hora do dia.” O Vinho do Porto é mais do que um néctar abençoado pelos deuses. É um marco cultural, que permite aos portugueses conhecerem-se melhor a si próprios. Manuel de Novaes Cabral, presidente do IVDP, sabe isso muito bem. O Vinho do Porto é uma herança, uma memória e um desafio. Um mapa para percebermos melhor o Douro e Portugal.

marketing, design, the way to present the wines and the service, are important. Since we want to have a growing presence in certain markets, both traditional markets already supported by Port Wine, as well as, new markets. Whether with Port Wines, or with the wines from the Douro, which have an increasing importance in the region". In the words of the president of the IVDP "after the British domain and subsequent French domain, in 2017, the Portuguese market became the leader in value, since in quantity France continues to be the leader. For Portugal to have achieved this position one must take into account the tourism; nevertheless, it seems to us undeniable that there is a new interest of the Portuguese on Port Wine. It is also related with all this appreciation of what is Portuguese produce. There is also another important factor here, which is the service. When someone orders a Port Wine, if one has a good experience, obviously one becomes its ambassador. However, if one has a bad experience, the effect is just the opposite. Therefore, it is our duty to watch over the quality of the service and the service comprises the temperature, the glasses, the harmonisation with the food, the type of wine to recommend in every moment,... Both, the companies as well as ourselves, the IVDP, have been making a great effort to work with the middle man in this sense. In addition, nowadays the Portuguese offer much more Port Wine; nevertheless, they do not have the tradition of consuming it. And there is an important work to be done here: the simplification of the language, given the complexity, styles, families, the existing types of Port Wine and the diversification of the consumption itself. Port Wine is not just a ritual; it is not just a wine to toast on a festive day. Port Wine due to its versatility and to the fact that we have several families of Port Wine; Tawny, Ruby, Rosé and White, Vintage or the LBV, allow us the resourcefulness and consents that one can have a Port Wine at every time of day". Port Wine is more than just a syrup blessed by the Gods. It is a cultural landmark, which allows the Portuguese to get to know themselves better. Manuel de Novaes Cabral, president of IVDP, recognises this very well. Port Wine is an inheritance, a memory and a challenge. A map to better understand the Douro and Portugal.

26

MAGAZINE WITH ATTITUDE


O Douro segue calmo e sereno. Vai escavando, por entre as margens xistosas, os vales que o conformam. As suas encostas socalcadas, que já muito viram suor e cansaço, desenham, ao cair do sol, uma paisagem encantada, mágica, sublime. Aqui, entre a Régua e o Pinhão, na margem direita do Douro, nasce o supremo néctar divino, fruto do bago, do esforço, do labor sem fim. No Crasto entra de rompante e sem pedir licença, este Douro que nos convida ao hedonismo, ao carpe diem. A aproveitar o cenário idílico, a dois. Convida-nos a viver um romance ora poderoso, ora delicado, tal qual o “Doiro sublimado”, ao sabor do vinho que brota dos cálices e se bebe, de um trago, à saúde de alguém. The Douro River continues tranquil and peaceful. It flows wallows between the schistose banks of the valleys that constrain it. Its terraced slopes, which have long witnessed sweat and weariness, draw, at the sunset, an enchanted, magical and sublime landscape. Here, between Régua and Pinhão, on the right bank of the Douro River, is born the supreme divine syrup, fruit of the berries, of the effort and of the endless labour. At the Crasto arrives abruptly and without asking permission, this Douro that invites us to the pleasure-seeking, to the carpe diem (enjoy the day). To take advantage of the idyllic setting, together. It invites us to live a romance, sometimes powerful and some others delicate, just like the "Doiro Sublimado" (Sublimated Gold), to the flavour of the wine that springs from the goblets and one drinks, in a sip, to toast the health of someone.

rio

d'ouro


Produtos disponíveis

Products available

Fato Suit BOSS Camisa Shirt BACCUS Gravata Tie CZAQUA Robe IMPETUS Sapatos Shoes YUCCA

FOTOGRAFIA PHOTOGRAPHY Frederico Martins assistido por/assisted by Pedro Sá e/and Diogo Oliveira STYLING Nelson Vieira assistido por/assisted by Pedro Neto CABELOS HAIRSTYLING Rui Rocha MAQUILHAGEM MAKE UP Patrícia Lima MODELOS MODELS Jonathan Sampaio e/and Sandra Martins (We Are Models) AGRADECIMENTOS ACKNOWLEDGMENTS Quinta do Crasto – Gouvinhas - Sabrosa (Terroir Cima Corgo)


Camisola Sweater e/and Camisa Shirt TWINSET Vestido Dress MY TWIN Brincos e AnĂŠis Earrings and Rings GOFREY Carteira Handbag TWINSET


Casaco comprido Long cardigan TWINSET Camisa Shirt WEEKEND MAX MARA Soutien Bra CHANTELLE Saia Skirt LAURÈL Brincos, Colar e Anéis Earrings, Necklace and Rings EUGÉNIO CAMPOS Mala Shoulder bag PINKO


Bomber MARELLA Camisola Sweat TOMMY HILFIGER Calças Trousers LAURÈL Colar Necklace SWAROVSKI Brincos Earrings EUGÉNIO CAMPOS Sandálias Sandals LUIS ONOFRE


Jonathan Fato Suit DIELMAR Camisa Shirt CALVIN KLEIN JEANS

Gravata Tie VANDOMA Robe IMPETUS Sandra Camisa Shirt PINKO Vestido Dress SPORTMAXCODE Brincos e Pulseira Earrings and Bracelet SWAROVSKI Anel Ring GOFREY Lenรงo Scarf ESPRIT ร“culos de Sol Sunglasses GUCCI


Jonathan Fato Suit PAL ZILERI Camisa Shirt BACCUS

Gravata Tie CZAQUA Colar Necklace GOFREY Lenรงo Scarf PRIVATE LABEL MARQUES SOARES Sapatos Shoes YUCCA


Sandra Jacket Coat TWINSET

Camisa Shirt ESCADA SPORT Calças Trousers SPORTMAXCODE Brincos Earrings SWAROVSKI Anéis Rings GOFREY Botins Ankle boots LUIS ONOFRE


Fato Suit BOSS Pรณlo Polo GANT Lenรงo Scarf PRIVATE LABEL MARQUES SOARES ร“culos de Sol Sunglasses DIOR Sapatos Shoes YUCCA


Vestido Dress LAURÈL Camisola Sweater TWINSET Brincos e Anel Earrings and Ring EUGÉNIO CAMPOS Colar e Anel Necklace and Ring GOFREY


Vestido Dress LAURÈL Camisola Sweater e/and Lenço Scarf TWINSET Carteira Handbag TOSCA BLU Brincos e Anel Earrings and Ring EUGÉNIO CAMPOS Colar e Anel Necklace and Ring GOFREY


Casaco Coat PINKO Camisa Shirt ELISABETTA FRANCHI Calças Trousers MARELLA Camisola Sweater BURBERRY Brincos Earrings EUGÉNIO CAMPOS Anéis Rings GOFREY Sapatos Shoes LUIS ONOFRE


Jonathan Fato Suit DIELMAR Camisa Shirt CALVIN KLEIN JEANS Gravata Tie VANDOMA Sandra Fato Suit PINKO Camisa Shirt BURBERRY Brincos Earrings EUGÉNIO CAMPOS

Colar Necklace SWAROVSKI


Casaco Coat WEEKEND MAX MARA Soutien Bra GUESS Fato de Treino Tracksuit LAURÈL Colares e Brincos Necklaces and Earrings SWAROVSKI


INVICTATION

nobre

casta NOBLE WINE VARIETY

© Fotos/Photos Boa Onda

Não transformam, miraculosamente, a água em vinho, mas, cada uma em sua área, retira o maior partido da uva, matéria-prima que tratam por “tu” e pela qual têm muito respeito. O resultado? Néctares divinos que elevam o Douro como destino enoturístico e que deixam bem lá atrás os tempos em que a mulher era apenas figurante, num mundo de homens. Assim se apresentam Francisca van Zeller, Luísa Amorim, Maria Manuel Poças e Sandra Tavares.

They do not miraculously transform water into wine. Nevertheless, each one of them, in their own area of expertise, make the most of the grapes, a raw material that they know extremely well and for which they have a lot of respect. The result? Divine syrups, which elevate the Douro as to a wine touristic destination and leave far behind the times when the woman was just an extra, in a world of men. This is how Francisca van Zeller, Luísa Amorim, Maria Manuel Poças and Sandra Tavares introduce themselves.

42

MAGAZINE WITH ATTITUDE


© IVDP - João Ferrand QUINTA NOVA NOVA ESTATE

O legado da FERREIRINHA

Dona Antónia Adelaide Ferreira marcou a atividade vinícola do Douro e deixou abertas as portas para que outras mulheres lhe seguissem as pisadas. Empresária de sucesso à frente do seu tempo, nunca deixou que o preconceito travasse os seus projetos, nunca esqueceu as pessoas – característica que Sandra Tavares lhe exalta – e é inquestionável o impacto que produziu neste setor. Maria Manuel Poças destaca ainda o seu papel na busca de soluções para combater a filoxera – uma praga que marcou, pelos piores motivos, a história do vinho. Impôs mudanças e introduziu inovações, quando ainda nem se avistavam os tempos em que seria comum uma mulher tomar as rédeas de um negócio. Francisca van Zeller refere-se a Dona Antónia como “destemida” e diz que essa característica, aliada ao seu conhecimento e boa vontade, é o que mais a motiva. Já Luísa Amorim destaca-lhe a faceta independente e a força na gestão de “um património de várias quintas ainda hoje de valor incalculável”. Inspiradas pelo seu exemplo, as quatro

The Legacy of FERREIRINHA Dona Antónia Adelaide Ferreira has marked the Douro winery activity and opened the doors so that other women would follow her footsteps. Successful businesswoman, ahead of her time, she never let prejudice obstruct her projects, she never forgot people – a characteristic that Sandra Tavares exalts on her – and the impact she has produced in this sector is unquestionable. Maria Manuel Poças also highlights her role in the search for solutions to combat phylloxera – a pest that has marked, for the worst reasons, the history of wine. She imposed changes and introduced innovations, in a time when one could not predict it would become common for a woman to take a business in hand and determine its course. Francisca van Zeller refers to Dona Antónia as "fearless" and she says that this characteristic, together with her knowledge and goodwill, is what motivates her the most. On the other hand, Luísa Amorim highlights her independent facet and her strength in the management of "a heritage of several estates that still nowadays are of an incalculable value". Inspired by her example, the four female characters that have launched them-

MAGAZINE WITH ATTITUDE

43


INVICTATION

© Bruno Simão

“Sinto que estou a levar um bocadinho da nossa terra à volta do mundo, a quem nos quer conhecer melhor.” “I feel that I am taking a little of our land around the world, to whom wishes to know us better.”

Francisca van Zeller PERFIL PROFILE

Naturalidade City of birth Porto Oporto Formação Education História, Mestrado em Jornalismo e Pós-graduação em Viticultura e Enologia History, Master's in Journalism and Postgraduation in Viticulture and Winemaking Profissão Occupation Gestora de Marca na Quinta Vale Dona Maria e Van Zellers & Co. Brand Manager in Quinta (Estate) Vale Dona Maria and in Van Zellers & Co. Hobbies Surf, provar vinhos, ir ao teatro, ir a concertos, ao cinema Surfing, wine tasting, going to the theatre, going to music festivals and going to the cinema Projetos atuais Current projects Rebranding da Van Zellers & Co. e lançamento de novos vinhos da Quinta Vale Dona Maria Rebranding of Van Zellers & Co. and the launching of new wines from Quinta (Estate) Vale Dona Maria Projetos futuros Future projects Desenvolvimento do enoturismo na Quinta Vale Dona Maria. Development of wine tourism in Quinta (Estate) Vale Dona Maria Prémios/Distinções Awards / Distinctions Muito boas pontuações nos tintos 2015 e fomos eleitos Produtor do ano pela Revista Vinhos Very good scores in the 2015 red wines and we have also been elected Producer of the Year by the Revista "Vinhos" (Wines Magazine)

44

MAGAZINE WITH ATTITUDE

QUINTA VALE DONA MARIA ESTATE VALE DONA MARIA

figuras femininas lançaram-se neste território, outrora confinado ao homem e, em áreas diferentes, mas que complementam o negócio, as quatro wine girls vão enriquecendo o setor, com projetos inovadores, muita dedicação e a sofisticação que lhes é característica. Dizem não encontrar grandes obstáculos pela sua condição biológica, aliás, Francisca van Zeller reconhece que “nunca houve uma geração de mulheres que tivesse um palco por serem mulheres”, acrescentando que “a nossa oportunidade agora é transformar essa condição e passar a ser chamada não porque sou mulher, mas porque sou uma expertise na minha área”, contudo a brand manager já foi confrontada com algumas situações

selves in this field, once confined to man and in different areas, which, however complement the business. The four wine girls are enriching the sector with innovative projects, a lot of dedication and the sophistication that characterises them. They say that they do not find big obstacles because of their biological condition. In fact, Francesca van Zeller acknowledges that "there was never a generation of women who had a stage just because they were women" and she complements that "our opportunity now is to transform this condition and to be called not because I am a woman, but because I am an expert in my area". Nevertheless, the brand manager has already been confronted with some unreasonable situations. Maria Manuel Poças also points out that although in her com-


#riseandshinewithlaurel


INVICTATION

despropositadas. Maria Manuel Poças refere também que, apesar de na sua empresa não acontecer, sabe que, em não raros casos na região, a remuneração, comparativamente aos pares homens, é menor “nomeadamente com as empregadas agrícolas”.

pany this does not happen, she is aware that it is not uncommon in the

A relação com o Douro

With names related to the wines, their childhoods included running

region, that the payment, when women are compared to men, is lower "particularly with agricultural employees".

The Relationship with the Douro

Com nomes ligados aos vinhos, das suas infâncias fizeram parte as corridas pelas quintas e o pisar das uvas, memórias que inevi-

throughout the estates and the treading of grapes, memories that inev-

tavelmente não se dissociaram das suas decisões sobre o futuro. Maria Manuel Poças é natural do Porto, mas é a “primeira pessoa da família a viver no Douro”, encontrando lá a sua casa. Fã confessa da paisagem duriense, não sente o seu trabalho na empresa da família como um peso e ter-se mudado para a quinta “contribuiu de forma positiva para estarmos mais perto da origem dos nossos vinhos e conhecer melhor a região, o que ajuda ao bom funcionamento das nossas quintas e dos nossos negócios”, afirma. Formada em Engenharia Agrícola, gere a viticultura das quintas Poças, empresa da família há quatro gerações. A engenheira agrícola pretende passar o legado que lhe foi deixado e acrescenta: “o meu trabalho diário é um caminho para chegar a esse objetivo”. “Antes do vinho ser uma indústria, era parte de mim”, afirma orgulhosamente Francisca van Zeller, no início da nossa conversa. A brand manager da Quinta Vale D. Maria e da Van Zellers & Co. recorda os momentos da sua infância no Douro, como as melhores memórias que guarda e diz ter “uma relação emocional muito forte com esta terra e com estas pessoas”. Começou-lhe a sentir a falta, quando se mudou para Inglaterra, onde se licenciou em História. “Quanto mais me afastava do mundo dos vinhos, destes cheiros, desta natureza, do Douro, das vindimas, mais falta sentia e foi-se cimentando uma ideia que tinha desde pequenina, que era um dia fazer vinhos, mas de uma forma leve”, confessa-nos Francisca van Zeller, que vai mais longe: “se tivesse que vir embora do Douro, não sei se continuava nos vinhos. Eu não consigo dissociá-los”. Sandra Tavares cresceu na quinta da família e, apesar de ter pisado algumas das maiores passerelles do mundo durante a sua juventude, nunca perdeu o encanto pelo cheiro da terra. Foi a curiosidade que a fez subir ao Douro, inicialmente para um estágio durante a vindima de 99. Ironia do destino: perdeu-se de amores pela região… e pelo marido. Trocou o salto alto pela bota, um meio cosmopolita pelo campo, “uma mudança muito natural”, afirma, e diz não se arrepender da sua decisão. Da moda, que fez parte da sua vida durante 15 anos, trouxe “o respeito pelo outro, perseverança, paciência, dedicação e paixão”, qualidades que Sandra Tavares considera fundamentais “enquanto enóloga e empresária”.

Manuel Poças was born in Oporto; nonetheless, she is the "first person of

46

MAGAZINE WITH ATTITUDE

itably did not dissociate from their decisions about their future. Maria her family to live in the Douro", making her home there. She assumes to be a fan of the Douro landscape. Maria Manuel Poças states, she does not perceive her work at the company of her family as a heavy weight and having moved into the estate "has contributed positively for being closer to the origin of our wines and to acknowledge better the region, which helps the good running of our estates and our businesses". Graduated with a university degree in Agricultural Engineering, she manages the viticulture of Poças estates, a company of her family for four generations. The agricultural engineer intends to pass on the legacy that has been left to her and complements: "my daily work is a path to reach that goal". "Before wine became an industry, it was part of me," proudly states Francisca van Zeller at the beginning of our conversation. The brand manager of Quinta Vale D. Maria and Van Zellers & Co. remembers the moments of her childhood in the Douro as the best memories she preserves and says that she has "a very strong emotional relationship with this land and with these people". She began to miss it when she moved to England, where she obtained a university degree in History. "The more I moved away from the world of the wines, of these scents, of this nature, of the Douro, of the grape harvest, the more I missed it. It was enhancing an idea that I had since my childhood, which was that one day would produce wines; however, in a light way", acknowledges Francisca van Zeller. Moreover, she complements: "If I had to leave the Douro, I do not know if I would still stay in the wines business. I cannot disassociate them". Sandra Tavares grew up in the family estate and, despite having walked on some of the world's greatest catwalks during her youth; she never lost the charm of the scent of the land. It was her curiosity that made her go up to the Douro, initially for an internship, during the grape harvest in 1999. Irony of destiny: she fell in love for the region... and for her husband. She swapped the high heels for the boots, a cosmopolitan milieu around the countryside, "a very natural change", she says and she highlights that she does not regret her decision. From the fashion world, which was part of her life for 15 years, she carried "the respect for the other, perseverance, patience, dedication and passion", qualities that Sandra Tavares considers essential "as an oenologist and as a businesswoman". The Wine&Soul, one of the projects she manages, arouse from her passion for


T: 226 051 240 E-mail: marcotex@marcotex.pt

Rua Arq. Marques da Silva, 57 – 4150-484 Porto – Portugal

MARCOTEX Empresa de Confecções e Representações, Lda.

Representado em Portugal por:


INVICTATION

“A inspiração pode vir de várias pessoas, mulheres e homens, mas sobretudo, vem sempre do reconhecimento de uma obra.” “Inspiration can come from many people, women and men, nevertheless and above all, it comes from the recognition of work.” A Wine&Soul, um dos projetos que gere, surgiu da sua paixão pelos vinhos, pelo Douro e pelo marido, parceiro de negócios. Com Luísa Amorim a história desenhou-se de outra forma. Foi “já” com 24 anos que a empresária descobriu o Douro e o vinho não é um amor antigo, mas para Luísa, formada em Gestão Hoteleira e Marketing, “há amores que nunca mais se esquecem”. A gestora, que tem a seu cargo vários projetos no Grupo Amorim, na Quinta Nova Nossa Senhora do Carmo, no Douro e ainda uma associação sem fins lucrativos, reconhece que o vinho é “um negócio de paixão”, explicando também a razão do fascínio pela área: “é algo que nos atrai de maneira diferente na natureza, na origem do produto e assim ficamos, naturalmente, agarrados às suas culturas, às suas gentes, às suas dificuldades e alegrias”.

Mulheres (de negócios)

São empresárias de sucesso, condição que lhes ocupa muito tempo. Maria Manuel Poças, por exemplo, divide o seu dia a dia entre o escritório e as terras. Tem a seu cargo, diz-nos “uma parte de planeamento, orçamentação, organização dos trabalhos a fazer nas vinhas e o acompanhamento da sua execução”. Também a vertente promocional dos vinhos lhe ocupa alguns dias. Contudo, Maria Manuel Poças, sempre que pode, gosta de ler, de ver um bom filme e de praticar desporto. Sandra Tavares, com raízes açorianas, assume não ter muito tempo para ela, até porque integra, para além da Wine&Soul, outros projetos relevantes no setor dos vinhos: a Quinta da Chocapalha, Foz Torto e Crochet&Tricot, todavia diz tentar “arranjar um tempinho para ir ao ginásio” e quando viaja aproveita “umas escapadelas para fazer umas compras!”. Francisca van Zeller, quando arranja tempo, não perde a oportunidade de apanhar umas ondas ou de fazer um programa cultural, mas os vinhos, para além de serem a sua profissão, são também um bom passatempo. Para a gestora de marca “é uma motivação brutal quando vejo que o vinho dá um certo prazer à vida de diferentes pessoas, em diferentes momentos” e acrescenta “gosto muito de levar um produto português por esse mundo fora, de falar sobre a terra, sobre aquilo que nos torna únicos, a nossa identidade, as nossas emoções, as nossas tradições… sinto que estou a levar um bocadinho da nossa terra à volta do mundo, a quem nos quer conhecer melhor”.

48

MAGAZINE WITH ATTITUDE

the wines, for the Douro and for her husband, her business partner. With Luísa Amorim the story was drawn in different way. She was "already" 24 years old when the entrepreneur discovered the Douro and the wine is not an old love. Nevertheless, for Luísa, who has a university degree in Hospitality Management and Marketing, "there are loves that are never forgotten". The manager, who is in charge of several projects in the Amorim Group, in Quinta Nova Nossa Senhora do Carmo, in the Douro, as well as a non-profit association. She recognises that wine is "a business of passion", explaining as well the reason for her attraction for the area: "it is something that attracts us differently in nature, in the origin of the product and so we are naturally clinging to their cultures, their people, their difficulties and their joys".

(Business) Women They are successful entrepreneurs, a condition that takes them a lot of time. Maria Manuel Poças, for example, shares her day to day between the office and the lands. She is in charge for, she tells us "a part of the planning, budgeting, organisation of the work that needs to be done in the vineyards and the monitoring of its implementation". In addition, the promotional aspect of the wines take her a few days. Nonetheless, whenever she can, Maria Manuel Poças enjoys reading, watching a good movie and practicing sports. Sandra Tavares, with Azorean roots, assumes she does not have much time for herself, also because she participates, in addition to Wine&Soul, in other relevant projects in the wine sector: Quinta da Chocapalha, Foz Torto and Crochet&Tricot. Nevertheless, she tries to “get some time to go to the gym" and when travelling, she enjoys "some getaways to do some shopping!". Francisca van Zeller, when she finds the time, does not miss the opportunity to catch some waves or to have a cultural programme. However, the wines, besides being her profession, are a good hobby as well. For the brand manager "is a brutal motivation when I perceive that wine brings a certain pleasure to the lives of different people, at different times". She complements: "I really enjoy taking a Portuguese product around the world, to talk about the land, about what makes us unique, our identity, our emotions, our traditions... I feel that I am taking a little of our land around the world, to whom wishes to know us better".


luísa amorim

PERFIL PROFILE

Naturalidade City of Birth Porto Oporto Formação Education Gestão Hoteleira, Marketing Hospitality Management and Marketing Profissão Occupation Empresária Businesswoman Hobbies Desenho, Decoração, Jardinagem, Viagens Drawing, Decorating, Gardening and Travels

QUINTA NOVA NOVA ESTATE

Luísa Amorim encontra no desenho, na decoração, na jardinagem e nas viagens os seus hobbies de eleição, mas reconhece que as suas funções são também muito aprazíveis: “é um trabalho que dá imenso prazer em desenvolver, porque nunca nada está verdadeiramente acabado e temos sempre a sensação que a obra cresce”.

Luísa Amorim finds her hobbies of choice in

O contributo d’Elas

Wine&Soul's oenologist, Sandra Tavares,

A enóloga da Wine&Soul, Sandra Tavares, afirma: “Acho fundamental as mulheres estarem cada vez mais presentes em todos os setores, pois temos formas diferentes de encarar e resolver situações”. De facto, ao longo do tempo, as mulheres foram provando ter as características certas para

drawing, decorating, gardening and travelling. Nevertheless, she recognises that her duties are also very enjoyable: "it is a work that gives

Projetos atuais Current projects Vários no Grupo Amorim, nos vinhos Quinta Nova no Douro e um na área de apoio social – Associação Bagos d'Ouro Several within the Amorim Group, with the wines Quinta Nova in the Douro and one in the area of social support – Associação Bagos d'Ouro (Bagos d’Ouro Association). Projetos futuros Future projects Taboadella no Dão e Herdade Aldeia de Cima no Alentejo. The Taboadella in Dão and the Herdade Aldeia de Cima (Homestead) in Alentejo.

us a huge pleasure to develop, because nothing is ever truly finished and we are always under the impression that the work grows".

Their Contribution states: "I consider it is fundamental that women are increasingly present in all sectors, because we have different ways of looking at and resolving situations". In fact, over time, women have been proving that they have the right features to lead companies. The easiness they find in teamwork, their concerns with social responsi-

MAGAZINE WITH ATTITUDE

49


© João Ferrand

INVICTATION

Maria Manuel Poças PERFIL PROFILE Mãe de Mother of 1 filha 1 daughter Naturalidade City of Birth Porto Oporto Formação Education Licenciatura em Engenharia Agrícola, Pós-graduação em Enologia University Degree in Agricultural Engineering, Post-graduation in Winemaking

QUINTA DE VALE DE CAVALOS - NUMÃO VALE DE CAVALOS ESTATE - NUMÃO

Profissão Occupation Engenheira Agrícola Agricultural Engineer Hobbies Ler, cinema, desporto Reading, going to the Cinema and doing Sports Projetos atuais Current projects Mantenho-me a gerir o Departamento de Viticultura da Poças I continue managing the Viticulture Department of Poças Projetos futuros Future projects O meu futuro passa por manter-me a trabalhar na Poças My future will be to continue working at Poças

50

MAGAZINE WITH ATTITUDE

liderar empresas. A facilidade que encontram no trabalho em equipa, preocupações com responsabilidade social, a sensibilidade e a boa capacidade de comunicação são algumas delas. Maria Manuel Poças exemplifica bem este argumento referindo que “gostaria de contribuir para a redução da pegada ecológica da nossa atividade. Através da implementação de sistemas que permitam a poupança de recursos e de uma viticultura cada vez mais sustentável”. Luísa Amorim também se assume como um exemplo na hora de unir o seu trabalho a preocupações sociais e que possam ter um impacto significativo na sociedade. Dessa união surge a Bagos d’Ouro, uma organização sem fins lucrativos “com vista à promoção da Educação”, diz-nos a empresária do Grupo Amorim. No que diz respeito aos projetos da família, estes não a deixam mais tranquila, aliás, a empresária admite

bility, their sensitivity and their good communication skills, are just a few features. Maria Manuel Poças demonstrates this argument well, by stating: "I would like to contribute to the reduction of the ecological footprint of our activity. Through the implementation of systems, which will allow the saving of resources and the implementation of an increasingly sustainable viticulture". Luísa Amorim assumes herself as well, as an example, when joining her work to social concerns that can have a significant impact on society. From this merger arises Bagos d'Ouro, a non-profit organisation "with a view to promoting Education", the businesswoman of the Amorim Group tells us (please see box). With regards to family projects, these do not give her more peace, in fact, the businesswoman acknowledges that: "the responsibility is something that one gets since one’s childhood and should be independent of the family status". She complements with: "we must take into


E S C A DA . COM

# E S CA DAOF F I C I A L


INVICTATION

“Sou a primeira pessoa da família a viver no Douro. Julgo que isso contribuiu de forma positiva para estarmos mais perto da origem dos nossos vinhos e conhecer melhor a região.” “I'm the first person of the family to live in the Douro. I suppose it has contributed positively for being closer to the origin of our wines and to acknowledge better the region.” Maria Manuel Poças

que “a responsabilidade é algo que se ganha desde pequeno e deve ser independente do estatuto familiar”, acrescentando ainda que “devemos ter em consideração a sustentabilidade do negócio a longo prazo, o respeito pelos trabalhadores e suas famílias e julgo que nada tem a ver com a vertente do projeto ser ou não familiar”. Da área enoturística, a empresária diz-nos gostar de “partilhar com as pessoas, que apreciam vinho e gostam de viver a vida, os segredos por detrás de uma garrafa de vinho, vivenciar a alma do lugar e descobrir que um consumidor que é nosso visitante é parte integrante do projeto, da nossa quinta”. Também o percurso sui generis de Francisca van Zeller (com Licenciatura em História, Mestrado em Jornalismo e Pós-graduação em Viticultura e Enologia) foi essencial para que hoje desempenhe com distinção o seu papel enquanto gestora de marca. “Eu acho que me especializei na comunicação de vinhos: como explicar a mesma coisa a vários tipos de públicos, de países, de línguas e de culturas e por isso acho que história e jornalismo estão completamente interligados”, conta. Em defesa da sua área de atuação, a brand manager acrescenta ainda que “quando nós dizemos ‘está no mundo dos vinhos’, pouco se fala da parte da comunicação, que é essencial. Nós temos de conseguir comunicar um produto, contar a história por detrás dele”.

O futuro

A história dos vinhos nunca mais será a mesma. O contributo destas quatro mulheres para a indústria é inegável, mas o percurso ainda se apresenta longo. Sandra Tavares reconhece que, hoje, o consumidor nacional “tem mais conhecimento e curiosidade em explorar o vinho português”, já lá fora, apesar do nosso vinho estar a atravessar um bom momento, a enóloga admite: “ainda temos um longo caminho pela frente na promoção e posicionamento num patamar mais elevado em termos de prestígio”. Francisca van Zeller diz que “aqui há um certo respeito e carinho pelo vinho. Nas culturas onde não se produz vinho, ele só é tratado com técnica”, ressalvando a importância de levar a esses consumidores

52

MAGAZINE WITH ATTITUDE

account the long-term sustainability of the business, the respect for the workers and their families and I believe that this has nothing to do with whether or not the project is a family business". From the wine tourism area, the businesswoman tells us that she enjoys: "to share with people who appreciate wine and enjoy living their lives, the secrets behind a bottle of wine, experiencing the soul of the place and discover that a consumer, who is our visitor, is an essential part of the project and our estate". In addition, the sui generis (unique) course of Francisca van Zeller (with a university degree in History, a master's degree in Journalism and a post-graduation degree in Viticulture and Winemaking) was essential for her to play her role nowadays as a brand manager. "I believe I have specialised in wine communication: how to explain the same thing to different types of audiences, to different countries, different languages ​​and cultures and therefore I consider that history and journalism are completely interconnected", she says. In defence of her area of ​​activity, the brand manager complements with: "when we say: it is in the world of the wines, little is said about the communication part, which is essential. We have to be able to communicate a product and tell the story behind it".

The Future The history of the wines will never be the same again. The contribution of these four women to the industry is undeniable. Nevertheless, the pathway still indicates to be a long one. Sandra Tavares acknowledges that nowadays, the Portuguese consumer "has more knowledge and more curiosity to explore the Portuguese wine". On the other hand, although, abroad our wine is going through a good moment, the winemaker acknowledges: "we still have a long way ahead in the promotion and positioning ourselves at a higher level in terms of prestige ". Francisca van Zeller states that "in here there is a certain respect and affection for the wine. In other agricultures where it is not normal for wines to be produced, they are treated only with formality", stressing out the importance of bringing to those consumers "the emotion, which is normal for us" and she recognises that in Portugal "there has been training in the handling area, which has developed in recent years, with all the young


THE CLASSICS. Reinvented by Tommy Hilfiger


INVICTATION

“Acho fundamental as mulheres estarem cada vez mais presentes em todos os setores, pois temos formas diferentes de encarar e resolver situações.” "I consider it is fundamental that women are increasingly present in all sectors, because we have different ways of looking at and resolving situations."

Sandra Tavares PERFIL PROFILE

Mãe de Mother of Francisco, Maria e/and António Naturalidade City of Birth Ponta Delgada, São Miguel, Açores Ponta Delgada, São Miguel, Azores Formação Education Engenharia Agronómica ( ISA), Mestrado Enologia, (Universidade Católica em Piacenza, Itália) Agronomic Engineering (ISA), Masters in Winemaking, (Catholic University in Piacenza, Italy) Profissão Occupation Enóloga Oenologist Hobbies Jardinagem quando tenho tempo… Gardening, when I have time to...

Prémios/Distinções Awards / Distinctions O mais recente: a Wine&Soul é uma das Wine&Spirits TOP 100 Wineries 2018 The most recent one: the Wine&Soul is one of Wine&Spirits TOP 100 Wineries 2018.

© Diogo Branco

Projetos atuais Current projects Wine&Soul, Quinta de Chocapalha, Foz Torto, Crochet&Tricot Wine&Soul, Quinta da Chocapalha (Estate), Foz Torto and Crochet&Tricot

“a emoção que para nós é normal” e reconhece que em Portugal “tem havido um trabalho de educação ao nível do tratamento, que tem evoluído nos últimos anos com todas as camadas jovens que estão muito mais focadas na Hotelaria”. Se lá fora sabem beber vinho português? Francisca van Zeller responde: “ainda têm de aprender”.

54

MAGAZINE WITH ATTITUDE

QUINTA DA MANOELLA MANOELLA ESTATE

people that are much more focused on hospitality". To the question, if abroad do they know how to drink Portuguese wine? Francisca van Zeller answers: "they still have to learn".


sica / Alexandre De

lmar

INSPIRAÇÃO

© Casa da Mú

INSPIRATION

Stunning night out

Casa da Mús ica

LAURÈL

PANDORA

ANTONY MORATO

YVES SALOMON

FRACOMINA

BACCUS

PINKO

GANT Produtos disponíveis

SALSA JEANS

Products available

MONTBLANC BOSS DESIGUAL

LONGCHAMP ARMANDO SILVA HISPANITAS


www.naulover.com


COM HISTÓRIA WITH HISTORY

O

coliseu e a CIDADE THE COLISEUM AND THE CITY

UM LUGAR ECLÉTICO QUE SE ADAPTA A TODOS OS PÚBLICOS, GERAÇÕES E GÉNEROS ARTÍSTICOS, CARACTERÍSTICA DA CIDADE COSMOPOLITA QUE O ACOLHE, O PORTO.

AN ECLECTIC PLACE THAT SUITS ALL THE AUDIENCES, GENERATIONS AND ARTISTIC STYLES, A CHARACTERISTIC OF THE COSMOPOLITAN CITY THAT HOSTS IT, OPORTO.

Os nossos olhos percorrem todos os detalhes do edifício modernista e, a cada passo, sentimos a história das artes a desenrolar-se debaixo dos nossos pés. A curiosidade de quem o visita aumenta a cada virar de esquina. “O conjunto composto pelos camarotes, pelas tribunas, pelas frisas, pela galeria e pela geral encaixa-se de forma orgânica e natural”, lê-se “n’ O Coliseu e a Cidade: 75 anos de história” pela voz de Henrique Cayatte. O Coliseu, uma instituição de serviço público na área da cultura e espetáculos, reúne num único espaço a beleza da arquitetura

58

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Our eyes run throughout all the details of the modernist building and, in every step, we feel the history of the arts unfolding underneath our feet. The curiosity of those who visit the building increases at every turn of a corner. “The assembly composed by the cabins, by the tribunes, by the friezes, by the gallery and by the general audience fits in an organic and natural way”, one can read in “n’O Coliseu e a Cidade: 75 Anos de História” (in the Coliseum and the City: 75 Years of History), through the voice of Henrique Cayatte’s.


modernista e uma programação variada com concertos de todos os estilos – do pop-rock à música clássica, ballet e circo – que fazem deste edifício um símbolo da cidade do Porto. A mais recente aposta é na ópera, com o objetivo de preencher uma lacuna cultural, bem como para devolver ao Coliseu a magnificência dos seus tempos áureos. A sua sala principal, construída de forma a permitir uma leitura quase total do espaço, já recebeu figuras emblemáticas como Beatriz Costa, Hermínia Silva, Marcel Marceau e Rudolf Nureyev. O Coliseu conta ainda com um bar, mais intimista, que convida a eventos de menor dimensão como conversas, exposições, apresentações e concertos e, na Sala Dois, poderá assistir a recitais, conferências ou até jantares e festas. A sua decoração clássica,

The Coliseum is a public service institution in the field of culture and enter-

conjugada com as mais recentes tecnologias e equipamentos, fazem deste espaço histórico uma visita a não perder.

parties. Its classic decoration, combined with the latest technologies and

História e arquitetura

History and architecture

Inaugurado a 19 de dezembro de 1941, o edifício que hoje vemos foi projetado não por um, mas por seis arquitetos. De Cassiano Branco – o arquiteto que mais marcou o aspeto exterior do edifício – a Mário Abreu, José Porto, Júlio de Brito, Charles Siclis e Yan Wils, todos ajudaram a marcar um século de entretenimento nas áreas da cultura, música e dança. O anteprojeto da fachada do Coliseu, bem como o interior da sala principal, são da autoria de José Porto. Cassiano Branco, o arquiteto dirigente da obra, teve a seu lado os arquitetos Júlio de Brito e Charles Siclis. Mário Abreu participou na fase final da construção, tornando o seu interior esplêndido. Mas a história do Coliseu começa antes da sua construção, com o Salão de Cynematographo, agora denominado Salão Jardim Passos Manuel que abriu as suas portas em 1908. O espaço de enorme sucesso, moldou os hábitos de entretenimento da sociedade portuense no início do século XX. Em 1938, o salão foi desativado e deu-se início à construção do Coliseu.

tainment. It brings together, in a single space, the beauty of modernist architecture and a varied programme, comprising concerts of all styles – from pop-rock to classical music, ballet and circus – that makes this building a symbol of the Oporto’s city. The latest bet is on opera, with the goal of filling in a cultural gap, as well as to return to the Coliseum the magnificence of its golden age. Its main hall, built in a way that allows an almost total reading of the space, has previously welcomed emblematic people, such as: Beatriz Costa, Hermínia Silva, Marcel Marceau and Rudolf Nureyev. The Coliseum also has a more intimate bar, which invites smaller size events, such as: talks, exhibitions, presentations and concerts. In addition, in hall “Sala Dois” one can attend recitals, conferences or even dinners and equipment, make of this historical place a must visit.

Inaugurated on 19th December 1941, the building that one can see today was designed not by one, but by six architects. From Cassiano Branco – the architect who marked the most the exterior aspect of the building – to Mário Abreu, José Porto, Júlio de Brito, Charles Siclis and Yan Wils, all of them have helped to mark a century of entertainment in the areas of culture, music and dance. The preliminary design of the Coliseum’s facade, as well as the interior of the main hall, are José Porto’s authorship. Cassiano Branco, the master architect of the project, had architects Julio de Brito and Charles Siclis by his side. Mário Abreu participated in the final phase of the construction, providing it with a splendid interior. Nevertheless, the history of the Coliseum begins even before its construction, with the Salão de Cynematographo (Cynematographo’s Hall), now

A relação íntima Coliseu – cidade do Porto

Os últimos anos foram um período de celebrações e transformações. A maior transformação ocorreu em 2015, quando, numa tentativa de aproximação do espaço à cidade, o edifício mudou de nome passando a intitular-se Coliseu Porto. Em Abril de 2018, e durante os próximos três anos, fruto de um protocolo com uma seguradora, o Coliseu voltou a mudar de nome assumindo-se agora como Coliseu Porto Ageas. No entanto, o significado último mantém-se inalterado: quando se fala do Coliseu, fala-se da cidade do Porto. A aposta na programação própria tem crescido cada vez mais desde então, prova disso foi o ano de 2017 em que dos 142 espetáculos, 54 foram de produção própria, totalizando 240 mil bilhetes comprados. Mas, a partir de maio de 2018, poderá atingir valores ainda mais elevados. O maior teatro da região Norte pode agora receber 4,000 espectadores devido ao aumento da sua lotação em 500 lugares.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

59


COM HISTÓRIA WITH HISTORY

Casa do circo por tradição e excelência, apresenta, este ano, o I Festival Internacional de Circo do Porto. O objetivo é entrar no roteiro dos maiores festivais internacionais, contribuindo para reforçar o posicionamento do Porto como centro das artes e da cultura. No dia 31 de janeiro de 2018, foram encerradas as celebrações dos 75 anos da sua fundação, que incluíram a exposição e lançamento do catálogo de coleção “O Coliseu e a cidade: 75 anos de Histórias” de tiragem limitada a 250 exemplares e com venda exclusiva no Coliseu. “Prevejo que um dia vá ser um objeto muito procurado nos alfarrabistas”, afirma o presidente Eduardo Paz Barroso. 75 anos de programação e serviço sublimes. 75 anos a proporcionar momentos de extrema felicidade e diversão. O Coliseu não é só um espaço, é um cosmos de emoções e sensações.

named Salão Jardim Passos Manuel (Passos Manuel Garden Hall), which opened its doors in 1908. A place of an enormous success, has shaped the entertainment habits of the Oporto’s society in the early twentieth century. In 1938, the hall was deactivated and the construction of the Coliseum began.

The Intimate Relationship Coliseum – City of Oporto The last years were a time of celebration and transformation. The greatest transformation occurred in 2015, when, in an attempt to bring closer the place and the city, the building changed its name to Coliseu do Porto (Oporto´s Coliseum).

TOME NOTA DOS PRÓXIMOS EVENTOS:

In April 2018 and throughout the following three years, as

8 de nov. – Concerto de Rodrigo Leão 24 de nov. – O Quebra-nozes – Russian Classical Ballet 14 de dez. a 1 de jan. – Circo de Natal 5 de jan. – Concerto de Ano Novo com a Orquestra Metropolitana

to-Ageas Coliseum). However, the ultimate meaning remains

a result of a protocol with an insurance company, the Coliseum was renamed again as Coliseu do Porto Ageas (Oporunchanged: when one speaks of the Coliseum, one speaks of the city of Oporto. Since then, the bet on internal-production has been gradually increasing. The proof of this was the year 2017, which, out of a total of 142 shows, 54 shows were of internal-production, totalling 240 thousand tickets purchased. However, as from May 2018, it can reach even higher values. The largest theatre in the North region can now welcome 4,000 spectators, due to the increase of its capacity of 500 seats. House of circus by tradition and excellence, presents, this year, the 1st Oporto‘s Circus International Festival. The objective is to enter the guide of the biggest international festivals, contributing to strengthen Oporto’s position as an

TAKE NOTE OF THE UPCOMING EVENTS: 8th Nov – Concert by Rodrigo Leão 24th Nov – The Nutcracker – Russian Classical Ballet 14th Dec to 1st Jan – Christmas Circus 5th Jan – New Year’s Concert with the Metropolitan Orchestra

arts and culture centre. The 31st January, 2018, was the last day of the celebrations of the 75th anniversary of its foundation, which included the exhibition and launching of the collection catalogue “O Coliseu e a Cidade: 75 Anos de Histórias” (The Coliseum and the City: 75 Years of History), with a limited edition of 250 copies and with exclusive sale at the Coliseum. “I foresee that, one day, it will be a very pursued item in the bookshops”, states the president Eduardo Paz Barroso. 75 years of sublime event schedules and service. 75 years providing moments of extreme happiness and fun. The Coliseum is not just a space; it is a universe of emotions and sensations.

60

MAGAZINE WITH ATTITUDE


SHARE THE POWER

Discover more at desigual.com


INSPIRAÇÃO INSPIRATION

today’s mood: relaxed MARELLA

FeelViana H otel

PEPE JEANS

FRED PERRY

TWINSET

GANT

TOSCA BLU

FRED PERRY

CALVIN KLEIN JEANS

TOMMY HILFIGER Produtos disponíveis

DESIGUAL

Products available

FRACOMINA

ADIDAS GUESS

SALSA JEANS MERREL


H E R E

D

O

Y

O

U

F

I

T

? SAL S A JE AN S .C OM

*OND E É QU E S E E NCA I X A ?

W


MUST-HAVE

LONGCHAMP

A CELEBRAR 70 ANOS DE LUXO E SAVOIR-FAIRE CELEBRATING 70 YEARS OF LUXURY AND SAVOIR-FAIRE Para celebrar o seu 70.º aniversário, a Longchamp apresenta a sua nova musa, Kendall Jenner, a amazona do século XXI. Ativa, talentosa e multifacetada, demonstra as diferentes facetas da mulher Longchamp na campanha de Inverno 2018, onde participou. Em cada um dos visuais utilizou vários modelos da estrela da estação, a carteira Amazone. Inspirada nas mulheres seguras da sua feminilidade e que desafiam o status quo, a elegante e versátil Amazone pode ser usada como clutch, ao ombro ou a tiracolo, para looks descontraídos ou mais formais. As comemorações do aniversário Longchamp incidiram em dois eventos que decorreram no mês de setembro: uma festa única e exclusiva no local onde tudo começou, o Palais Garnier, em Paris, e, pela primeira vez, a marca realizou um desfile na Semana da Moda em Nova Iorque. 70 anos de luxo e savoir-faire em que Longchamp evoluiu de especialista em artigos de pele para uma marca de estilo de vida.

“Este é o lema da nossa família: avançar, inovar e estar sempre à procura de melhor.” Produtos disponíveis

Products available

“This is the motto of our family: to move forward, to innovate and always to be seeking for the best.” Sophie Delafontaine To celebrate its 70th anniversary, Longchamp presents its new muse, Kendall Jenner, the Amazon of the 21st century. Active, talented and multifaceted, she demonstrates the different facets of the Longchamp woman in the 2018 winter campaign, where she has participated. In every one of the looks she has worn several models of the star of the season, the cross body bag Amazone. Inspired by women who are confident of their femininity and who challenge the status quo, the elegant and versatile Amazone can be used as a clutch, as a shoulder bag or as a cross body bag, for a more relaxed or a more formal look. The celebrations for the Longchamp anniversary focused on two events, which took place in September: a unique and exclusive party at the place where it all began, the Palais Garnier, in Paris. For the first time, the brand held a fashion show parade at the New York Fashion Week. 70 years of luxury and savoir-faire, during which Longchamp has developed from a specialist in leather articles to a lifestyle brand.

64

MAGAZINE WITH ATTITUDE


oversized comfort

© Pedro Bette

INSPIRATION

ncourt

INSPIRAÇÃO

WEEKEND MAX MARA

Conservató rio de Músic a do Porto

ELISABETTA FRANCHI

TWINSET

BRAX

ELISABETTA FRANCHI

Produtos disponíveis

Products available

TWINSET

PEPE JEANS

DECENIO LAURÈL

BOSS

BOSS

CAFÈNOIR

CALVIN KLEIN JEANS LOVE MOSCHINO

MAGAZINE WITH ATTITUDE

65


INVICTATION Fotos Photos © André Nogueira

isabel SILVA

“O Porto continuará a ser genuíno e autêntico, porque a sua gente assim o é”

"Oporto will continue to be genuine and authentic, because its people are as well" A PRONÚNCIA DO NORTE EXALTA A SUA ORIGEM, DA QUAL MUITO SE ORGULHA. DO ECRÃ, ONDE CONSOLIDOU O SEU LUGAR, SALTOU PARA O BLOG E PARA AS REDES SOCIAIS, ONDE VAI ATUALIZANDO OS SEUS MAIS DE 460 MIL SEGUIDORES. APESAR DE TER UM DIA A DIA FRENÉTICO, ISABEL SILVA NÃO DESCURA O ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL E O SEU AMOR PELA VIDA.

THE PRONUNCIATION OF THE NORTH EXALTS HER ORIGINS, OF WHICH SHE IS VERY PROUD. FROM THE TV SCREEN, WHERE SHE HAS CONSOLIDATED HER PLACE, SHE HAS JUMPED INTO THE BLOG AND INTO THE SOCIAL NETWORKS, WHERE SHE IS CONSTANTLY UPDATING OVER 460 THOUSAND OF HER FOLLOWERS. ALTHOUGH SHE HAS A HECTIC DAILY ROUTINE, ISABEL SILVA DOES NOT NEGLECT THE HEALTHY LIFESTYLE AND HER LOVE FOR LIFE.

A Isabel começa a sua carreira na TVI, onde ainda hoje se mantém, e rapidamente conquistou um lugar de destaque na apresentação do canal. Como é que foi feito este percurso? A minha estreia foi em daytime no programa "Você na TV", apresentado pelo Manuel Luís e pela Cristina Ferreira. Foi aí que acumulei a experiência que hoje me define como repórter e apresentadora. Trabalhar em daytime é um desafio - todos os dias temos temas novos aos quais temos de dar resposta. Eu trabalhei na parte de pesquisa, reportagem e edição. Aliás, é o que gosto de fazer:

66

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Isabel, you begin your career in TVI (Portuguese TV Channel), where you still remain until nowadays. You quickly acquire a place of prominence in the presentation of the channel. How did this progression occur? My debut was in daytime, on the program "Você na TV" programme (You on TV), presented by Manuel Luís and Cristina Ferreira. It was there and then that I have gathered the experience, which defines me today as a reporter and a presenter. Working in daytime is a challenge – every day we have new themes to which we must respond. I worked on the


produzir conteúdos! Por tudo isto, o "Você na TV" foi muito importante, mas o "Somos Portugal" também, porque é o programa com mais capital humano que conheço.

research, reporting and editing area. By the way, that is what I enjoy doing: producing contents! For all this, the "Você na TV" programme (You on TV) was very important. Nevertheless, "Somos Portugal" programme (We are Portugal) was important as well, because it is the programme with

A verdade é que não é só da TV que o grande público conhece a “Belinha”. Fã confessa de um estilo de vida saudável, faz questão de o partilhar no Instagram e no Blog “I am Isabel Silva”, tendo até já lançado dois livros sobre o tema. O exemplo claro de que o desporto não tem de ser por obrigação, quem corre por gosto não cansa? Claro! Aliás, na vida, quem corre por gosto não cansa! Seja a praticar atletismo ou outra modalidade qualquer, acredito que o mais importante é as pessoas sentirem-se felizes e gostarem do que fazem. Se assim for os estímulos são diferentes e as motivações também. A vida existe para a vivermos com intensidade e

the most human capital that I know.

entusiasmo. Se assim não for, algo está mal. Sempre me conheci adepta de comida saudável e de desporto e aí devo muito aos ensinamentos dos meus pais.

If so the encouragement, as well as the motivations are different. Life

The truth is that it is not only from TV that the general public knows "Belinha". An absolute fan of a healthy lifestyle, she makes a point of sharing it on Instagram and on the blog "I am Isabel Silva" and has already edited two books on the subject, as well. You are the evident example that sport does not have to be a duty, is that “whom runs for pleasure does not get tired” (Portuguese saying)? Of course! In fact, in life, those who “run for pleasure do not get tired”! Whether it is practicing athletics or any other sport. I believe that the most important thing is for people to feel happy and enjoy what they do. exists for us to live it with intensity and enthusiasm. If not, something is wrong. I have always known myself as a fan of healthy food and sports and I owe much of that teaching to my parents.

Fora das corridas, a Isabel privilegia a sofisticação na hora de vestir. Sendo a Marques Soares uma referência enquanto Department Store no Porto, o que mais valoriza na experiência em loja? A oferta, diversidade e qualidade são as três premissas que definem este grupo. E estes três pontos para mim, tendo em conta o meu gosto e a minha vida profissional (tenho dias que troco de roupa mais do que três vezes), são muito válidos. Sou uma apaixonada pela Max Mara, disponível na Marques Soares. Gosto de me fidelizar a marcas que privilegiam o conforto e a simplicidade e visto-a há muitos anos. Dentro do grupo Max Mara existem várias vertentes, pelo que consigo vestir-me para um look mais casual ou mais sofisticado.

Outside the running, Isabel favours the sophistication in regards to dressing. Being Marques Soares a reference, as a Department Store in Oporto, what in store experience do you value the most? The offer, the diversity and the quality are the three main reasons that define this group. Moreover, these three points for me, given my preferences and my professional life (in some days I have to change clothes more than three times), are very valid. I am in love with Max Mara, available at Marques Soares. I like to stay loyal to brands that privilege comfort and simplicity and have been wearing it for many years. Within the Max Mara group, there are several styles and, therefore, I can get dressed with a more casual or more sophisticated look. A woman from the North, nevertheless, soon moved to Lisbon, where

Mulher do Norte, cedo se mudou para Lisboa, onde se licenciou em Ciências da Comunicação. É com orgulho que preserva o seu sotaque, tão característico? Claro. Nunca fiz nada para o mudar. É algo que nasceu comigo e nunca vai desaparecer.

you graduated with your university degree in Sciences of Commu-

O que representa para si o Norte e o que há lá que não encontra na capital? O Norte é a minha casa. Foi lá que nasci e não vivo sem. A gente do Norte tem o coração fora do peito. Fala com o coração, com emoção e é do toque e do apego. É isso que eu adoro e que me faz sempre sentir a verdadeira mulher do Norte. Tenho muitas saudades das pessoas e de alguns espaços. Por essa razão, vou a casa, em Santa Maria de Lamas, pelo menos uma vez por mês, onde é obrigatório estar com a minha família e alguns amigos. Depois gosto sempre de correr em Espinho. A minha segunda cidade que tanto me toca!

What does the North represent for you and what exists there, which

nication. Are you proud to preserve your distinctive pronunciation from the North? Of course. I have never done anything to change it. It is something that was born with me and it will never disappear.

you cannot find in the capital? The North is my home. I was born there and I cannot live without it. The people from the North have their hearts outside their chests. They speak with their hearts, with their emotion, which is of touch and affection. That is what I love and that is what will always make me feel like a real woman from the North. I miss people deeply as well as some places. For this reason, I go home at least once a month, in Santa Maria de Lamas, where it is compulsory to be with my family and some friends. In addition, I always like to run in Espinho. My second city, which touches me so much!

MAGAZINE WITH ATTITUDE

67


INVICTATION

Também já correu no Porto. A Invicta é uma cidade onde se sente sempre bem? Sempre bem! Aliás, no Porto já corri duas vezes a Maratona. O que acha desta nova dinâmica, com mais turistas e mais estudantes a chegarem à cidade? Eu adoro este dinamismo e esta multiculturalidade nas cidades. Ganham vida e corações, ganham juventude e ideias frescas. É sempre positivo e traz também um outro calor às gerações mais antigas, mas o Porto continuará a ser genuíno e autêntico, porque a sua gente assim o é. Comunicadora, apresentadora, “runner girl”, “fit girl”, escritora, blogger e influencer. No meio de tantos “afazeres”, como é um dia da Isabel Silva? E falta acrescentar Mãe do Caju! (risos). O meu dia a dia é preenchido, mas muito organizado. Sou ótima a gerir as minhas tarefas e os meus compromissos e isso permite que tenha sempre tempo para tudo. Para além disso, sou extremamente focada e dedicada em relação a tudo com o que me comprometo, daí que na grande maioria das vezes o resultado seja muito positivo. O que mais a motiva? Motiva-me ter objetivos e metas para alcançar.

You have also ran in Oporto. Is Invicta a city where you always feel good? Always! In fact, I have already ran the Marathon in Oporto twice.

As escolhas da Isabel Isabel's choices

What do you think of this new dynamic, with more tourists and more students arriving to the city?

Um look mais desportista A more sportive look: umas calças de ganga e um top a pair of jeans and a top.

I love this dynamism and this multiculturalism in the cities. They come to

Um look mais “apresentadora” A more "presenter" look: um vestido fluído a flowing dress

brings another warmth to the older generations, as well. Nevertheless,

Um look para um jantar entre amigos A look for a dinner among friends: um macacão a jumpsuit Um acessório An accessory: brincos ou um fio simples earrings or a simple necklace Uma maratona A marathon: a próxima, que ainda é segredo the next one, that is still a secret... Uma expressão do Norte An expression from the North: qualquer frase ou expressão que tenha “anda para a minha beira” any sentence or expression that contains " anda para a minha beira” (come to my side)

life and get hearts, gain youth and fresh ideas. It is always positive and Oporto will continue to be genuine and authentic, because its people are as well. Communicator, TV presenter, "runner girl", "fit girl", writer, blogger and influencer. In the midst of so many "chores", what is the Isabel Silva's day like? Moreover, you forgot to add Caju's Mother! (laughs). My day to day is very occupied. Nevertheless, it is very organised. I am great at managing my tasks and my commitments and that allows me to always have time for everything. In addition, I am extremely focused and dedicated to everything I commit to and, therefore, most of the time the result is very positive. What motivates you the most? It motivates me to have objectives and targets to achieve.

68

MAGAZINE WITH ATTITUDE


calvinklein.com


INSPIRAÇÃO INSPIRATION

stay warm in color Restaurante

DOP

Produtos disponíveis

DECENIO

Products available

DECENIO

MARELLA

LAURÈL

TWINSET WEEKEND MAX MARA FRACOMINA

BURBERRY

GUESS

PEPE JEANS SOFIA COSTA


HISPANITAS.COM


BEM-ESTAR WELL-BEING

six senses

DOURO VA L L E Y

EXPERIÊNCIAS QUE APURAM SENTIDOS EXPERIENCES THAT ENHANCE SENSES

É UM SPA COM ASSINATURA SIX SENSES, USUFRUI DE UMA VISTA SEM IGUAL PARA O RIO DOURO E DE UMA ATMOSFERA SERENA, EM QUE A NATUREZA SE ASSUME COMO UM DOS PRINCIPAIS ANFITRIÕES NESTA CATEDRAL DEDICADA À SAÚDE. AQUI, A PROCURA DO BEM-ESTAR E O PRAZER CRUZAM-SE NUMA EXPERIÊNCIA DE LUXO, ONDE A SIMPLICIDADE GANHA CONTORNOS ELEGANTES E REQUINTADOS.

WITH THE SIX SENSES SIGNATURE, THIS SPA HAS AN UNIQUE VIEW OVER THE DOURO RIVER AND A PEACEFUL ATMOSPHERE.HERE, NATURE CONSENTS TO BEING THE MAIN HOST IN THIS CATHEDRAL DEDICATED TO HEALTH, AND THE PURSUIT OF WELL-BEING AND PLEASURE OVERLAP IN A LUXURY EXPERIENCE WHERE SIMPLICITY ACHIEVES ELEGANCE AND EXQUISITE SHAPES.

72

MAGAZINE WITH ATTITUDE


Com 11 resorts e 29 spas espalhados pelos lugares mais bonitos do mundo, o Six Senses Hotels Resorts Spas alia a natureza ao barefoot luxury, originando experiências de exceção para quem procura momentos relaxantes, longe dos gadgets e do stress que aceleram o quotidiano e desviam a atenção dos pequenos prazeres da vida. Do ADN da marca fazem parte as experiências personalizadas para os hóspedes estimularem o corpo e a alma e se conectarem com eles próprios, bem como os tratamentos holísticos, de rejuvenescimento e de beleza, a preservação e a sustentabilidade ambiental e ainda a preocupação com o design dos espaços. Um cocktail apetecível, para quem respeita a natureza e gosta de cuidar de si! A sua forma de estar e os valores que pautam a marca, levaram o Six Senses à descoberta deste vale no Douro, onde se instalou, transformando-o num dos mais sofisticados espaços aliados à saúde do corpo e da mente. O Six Senses Douro Valley, está inserido na região classificada pela UNESCO como património da Humanidade que lhe dá o nome, apresentando, por isso, uma série de recursos locais que acrescenta valor à odisseia dos visitantes. Nesta propriedade, para além dos 57 quartos, suites e villas, que proporcionam uma estadia plena de comodidades, encontra-se também a joia da coroa – um Spa com 2200 metros quadrados e um design único que, harmoniosamente, combina os elementos naturais com a tradição portuguesa. Uma das principais áreas do Spa consagra o bem-estar e os produtos locais. Assim, no Alchemy Bar, os hóspedes utilizam uma variedade de ervas, frutas e especiarias da região, com as quais aprendem a criar produtos de beleza, num ambiente misterioso, onde móveis de ferro e madeira se fundem com frascos de farmácia. No Spa existem 10 salas de tratamento, todas elas com uma vista privilegiada, quer para o vale do Douro, quer para o jardim “secreto” do resort e uma piscina interior com jatos de água e uma vista de exceção, onde floresta e rio se encontram.

With 11 resorts and 29 spas spread around the most beautiful places in the world, the Six Senses Hotels Resorts Spas combines nature with barefoot luxury, creating exceptional experiences for those searching for relaxing moments away from gadgets and stress that accelerate everyday life and distract from the little pleasures in life. The DNA of the brand includes personalised experiences for guests to stimulate body and soul and to connect with themselves. As well as the holistic treatments of rejuvenation and beauty, the preservation and the environmental sustainability and, in addition, the concern with the design of spaces. A delightful cocktail, for those who respect nature and enjoy taking care of themselves! Its way of being and the values t​​ hat guide the brand, led Six Senses to discover this valley in the Douro, where they settled down transforming it into one of the most sophisticated spaces connected to health of body and mind. The Six Senses Douro Valley is within the region classified by UNESCO as a World Heritage Site, which gives it its name, thus presenting a series of local resources that adds value to the visitors’ odyssey. In addition to the 57 rooms, suites and villas that provide a stay full of amenities, this property is also home to the crown jewel – a 2,200 square meter Spa (» 2,631 yd2) with a unique design, which harmoniously combines the natural elements with Portuguese tradition. One of the main areas of the Spa enshrines the wellness and local products. At the Alchemy Bar, guests use a variety of local herbs, fruits and spices from the region, with which they can learn how to create beauty products in a mysterious atmosphere where iron and wood furniture merge with pharmacy bottles.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

73


BEM-ESTAR WELL-BEING

Neste lugar de culto, a panóplia de tratamentos disponíveis adequa-se aos mais variados gostos e engloba massagens, rituais, atividades Fitness e Wellness, tratamentos faciais, de corpo e de beleza, bem como sessões de yoga. Mas a oferta não se fica por aqui! Os hóspedes podem também usufruir de tratamentos de manicura e pedicura no Nail Bar, enquanto desfrutam de umas tapas ou de um queijo, regados com um bom copo de vinho evidenciando o que de melhor se faz na região. O Six Senses Douro Valley reúne todas as condições para que os visitantes tenham, ao seu dispor, uma experiência de redescoberta pessoal e de reconexão com o mundo exterior, usufruindo dos melhores tratamentos, das vistas mais deslumbrantes e da qualidade superior dos produtos que o Douro oferece. Uma experiência que, certamente, apura sentidos!

WINE LIBRARY

In this place of worship, the range of treatments available suits the most

E porque o Douro é indissociável da atividade vinícola, os amantes de Enoturismo não podem deixar de conhecer a Wine Library. Aqui, realizam-se diariamente provas de vinhos e encontram-se alguns tesouros escondidos, como é o exemplo de Portos verdadeiramente raros. Neste espaço, é disponibilizada informação sobre os vinhos da região e algumas paredes estão decoradas com instalações artísticas feitas a partir de peças anteriormente usadas nos trabalhos da vinha. O Wine Library prima pelo bom gosto nas suas áreas interior e exterior e é um dos locais de paragem obrigatória no Six Senses Douro Valley.

varied tastes and include massages, rituals, fitness and wellness activi-

In addition, because the Douro is inseparable from the winemaking

ties, facials, body and beauty treatments as well as yoga sessions.

activity, Wine tourism lovers cannot miss the Wine Library. Here, wine

Nevertheless, the offer does not end here! Guests can also enjoy a man-

tastings are held on a daily basis and there are some hidden treasures,

icure and pedicure at the Nail Bar, while enjoying some tapas or cheese,

such as truly rare Port wines. In this space, information about the wines

washed down with a good glass of wine, highlighting what is best done

of the region is made available and some walls are decorated with

in the region.

artistic installations made from pieces previously used in the vineyard

The Six Senses Douro Valley gathers all the necessary conditions for

works. The Wine Library excels in its interior and exterior areas good

visitors to have at their disposal an experience of personal rediscovery

taste and is one of the must-see places in the Six Senses Douro Valley.

In the Spa there are 10 treatment rooms, each one of them with a privileged view of both the Douro valley and the “secret” garden of the resort and an indoor pool with water jets and an exceptional view, where forest and river merge.

and reconnection with the outside world, enjoying the best treatments, of the most stunning views and the superior quality of the products that the Douro offers. An experience that certainly cleanses senses!

74

MAGAZINE WITH ATTITUDE


BELEZA BEAUTY

LA PRAIRIE Skin Caviar Collection

LA MER

Treatment Lotion Hydrating Mask

SUBLIMADORES DE BELEZA EMBELLISHMENT OF BEAUTY

Products available

TEXTURAS LUXUOSAS ALIAM-SE A EXPERIÊNCIAS SENSORIAIS PARA DEVOLVEREM À PELE ENERGIA, HIDRATAÇÃO E REGENERAÇÃO PROFUNDA. LUXURIOUS TEXTURES COMBINED WITH SENSORY EXPERIENCES TO RESTORE ENERGY, HYDRATION AND DEEP REGENERATION TO THE SKIN. LANCÔME Absolue

BIOTHERM

Skin Oxygen Day & Night

76

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Produtos disponíveis

CHANEL

Sublimage L’Essence Fondamentale


M I C H A E L KO R S . C O M


BELEZA © Clarins

BEAUTY

CLARINS

Pore Control

HEALTY

VALMONT

AWF5 V-Line Lifting + V-Shape Filling

RADIANCE

Produtos disponíveis

Products available

CUIDADOS DE BELEZA QUE NEUTRALIZAM DANOS, REPARAM E PREVINEM, CONFERINDO À PELE HIDRATAÇÃO, FIRMEZA E LUMINOSIDADE. BEAUTY CARE THAT NEUTRALISES DAMAGE, REPAIRS AND PREVENTS, PROVIDING HYDRATION, FIRMNESS AND LUMINOSITY TO THE SKIN.

ESTÉE LAUDER

Advanced Night Repair Eye Supercharged Complex

SHISEIDO

Essential Energy Eye Definer

78

MAGAZINE WITH ATTITUDE

SENSAI

Extra Intensive 10 Minute Revitalising Pads


MUST-HAVE FRAGRÂNCIAS FRAGRANCES

Produtos disponíveis

CALVIN KLEIN WOMEN

Products available

The pride of being a woman Sensual, leve e com um toque de frescura, numa fusão entre força e fragilidade, surge a nova fragrância de Calvin Klein, a primeira do Diretor Criativo Raf Simons, inspirada na mulher que se reinventa, que anseia ser livre e autêntica. De tom rosado, este Eau de Parfum concebido pelas perfumistas Honorine Blanc e Annick Menorado, evoca a essência, a liberdade e a força feminina, através de uma composição floral amadeirada, constituída por três elementos-chave – as pétalas graciosas de flor de laranjeira, as bagas frescas de eucalipto e a explêndida madeira de cedro do Alasca, que ganham vida com a pimenta preta, o limão Sfuma, a Magnólia Grandiflora, o Jasmim e a força arrebatadora do óleo essencial de Olíbano e Ambrox Super. O perfume, num jogo de contrastes dinâmico e moderno, faz justiça à personalidade feminina multifacetada e atual e o seu frasco ultrapassa as fronteiras da arte e da moda, recusa o conformismo e quebra barreiras, tal e qual a marca Calvin Klein. Numa homenagem que exalta e celebra o espírito feminino, o perfume e a campanha Calvin Klein Women são uma mensagem universal que honra ícones do passado e enaltece heroínas do presente, um hino ao poder da mulher, uma epopeia às múltiplas identidades que se encerram dentro de si.

80

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Calvin Klein’s new fragrance, the first by the Creative Director Raf Simons, is inspired in the woman that reinvents herself and who longs to be free and authentic. It is sensual, light and has some fresh notes, in a fusion of strength and fragility. With a pinkish tint, this Eau de Parfum conceived by the perfumers Honorine Blanc and Annick Menorado, suggests the essence, the freedom and the feminine force, through a woody floral composition. This Eau de Parfum is composed by three key elements – the graceful petals of flower of the orange tree, the fresh eucalyptus berries and the dazzling Alaskan cedar wood, which come to live with the black pepper, the Sfuma lemon, the Magnolia Grandiflora, the Jasmine and the overwhelming force of the Oliban essential oil of Frankincense and Ambrox Super. The perfume, in a game of dynamic and modern contrasts, does justice to the multifaceted and contemporary feminine personality and its bottle goes beyond the frontiers of art and fashion, refuses the conformity and breaks barriers, just like the Calvin Klein brand. In a tribute that exalts and celebrates the feminine spirit, the perfume and the Calvin Klein Women campaign are a universal message that honours icons of the past and exalts heroines of the present. It is a hymn to the power of women, an epic to the multiple identities that are enclosed within.


INSPIRAÇÃO

shout out

© Element

INSPIRATION

ADIDAS

loud

TOMMY HILFIGER

CALVIN KLEIN JEANS Produtos disponíveis

Products available

EMPORIO ARMANI

ELEMENT

LEVI’S SAHOCO

FRED PERRY

LEVI’S

MOSCHINO

MICHAEL KORS

MAGAZINE WITH ATTITUDE

81


FRAGRÂNCIAS FRAGRANCES

BOSS

JEAN PAUL GAULTIER Scandal By Night EDP

The Scent Private Accord EDP

FLO RAL VIBES

BOUCHERON

Quatre en Rose EDP

DIOR

© Dior

Joy EDP

MIU MIU

Fleur d’Argent EDP

NOTAS CONTEMPORÂNEAS DE FEMINILIDADE. ZADIG & VOLTAIRE

Girls Can Do Anything EDP

CONTEMPORARY NOTES OF FEMININITY.

GUCCI

DKNY

Stories EDP

Bloom Nettare di Flori EDP Produtos disponíveis

Products available

82

MAGAZINE WITH ATTITUDE


FRAGRÂNCIAS FRAGRANCES

DOLCE & GABBANA The Only One EDP

INS TIN CT

GIVENCHY L’Interdit EDP

BURBERRY

© Burberry

Burberry EDP

THIERRY MUGLER Aura Mugler EDP

TIFFANY & CO Intense EDP

MICHAEL KORS

UMA ODE AO PRAZER E À VIDA.

Wonderlust Eau Fresh EDT

AN ODE TO PLEASURE AND LIFE. Produtos disponíveis

Products available

ELIE SAAB

Girl of Now Shine EDP

84

MAGAZINE WITH ATTITUDE


INSPIRAÇÃO INSPIRATION

glittering vibes Hotel Porto Palácio Congress & Spa

BRAX

MOLLY BRACKEN

TWINSET Produtos disponíveis

Products available

PINKO

GIOSEPPO GUESS

TWINSET

MICHAEL KORS

LUIS ONOFRE

ESCADA SPORT

MICHAEL KORS


MAKE UP

LANCÔME

L’Absolu Rouge Drama Matte

CHANEL

Eyes Collection 2018

CHANEL

LONGWEAR

Le Volume Révolution de Chanel

BEAUTY

ERBORIAN

CC Red Correct

SHISEIDO

Visionairy Gel Lipstick

UM JOGO DE CORES E TEXTURAS CONTRASTANTES, QUE COMBINAM LUXO E CONFORTO. A GAME OF CONTRASTING COLOURS AND TEXTURES, WHICH COMBINE LUXURY AND COMFORT.

CLINIQUE

Clinique Pop Splash Lip Gloss + Hydration

ESTÉE LAUDER

Double Wear Light Soft Matte Hydra Makeup

CLARINS

Skin Illusion

YVES SAINT LAURENT

All Hours Foundation Stick + Encre de Peau

86

MAGAZINE WITH ATTITUDE


FRAGRÂNCIAS FRAGRANCES

ISSEY MIYAKE

L’Eau Super Majeure D’Issey EDT

YSL

Y Eau de Parfum EDP

GRAN DIO SITY

DOLCE & GABBANA

The One Grey For Men EDT

HUGO BOSS

© Issey Miyake

The Scent Private Accord EDT

CHANEL

Bleu de Chanel EDT

FRAGRÂNCIAS VIBRANTES REPLETAS DE CHARME.

TOM FORD

Ombré Leather EDP

VIBRANT FRAGRANCES FULL OF CHARM.

HERMÈS

Terre d’Hermès Eau Intense Vétiver EDP

Produtos disponíveis

Products available

88

MAGAZINE WITH ATTITUDE


BOSS.COM

HUGOBOSS.COM


APPLE

Airpods

CINZIA ROCCA Casaco Overcoat

SAHOCO

Camisola Sweater

wi shlist

Produtos disponíveis

Products available

FOR HER

CLARINS

CHANEL

No5 Red Edition EDP

LUIS ONOFRE Botim Ankle boot

90

MAGAZINE WITH ATTITUDE


MICHAEL KORS Relรณgio Watch

SWAROVSKI Colar Necklace

EUGร‰NIO CAMPOS Anel Ring

LONGCHAMP Mala Handbag

AUKEY

Powerbank

NAULOVER

MAGAZINE WITH ATTITUDE

91


PARCEIROS DE DISTRIBUIÇÃO

Hotéis

DISTRIBUTION PARTNERS

Hotels

HOTEL NH COLLECTION PORTO BATALHA Praça da Batalha, 60-65 4100-101 Porto T.: (+351) 227 660 600 nh-hotels.com

4 - SUITES BATALHA RESIDENCE Rua de Santa Catarina 17 4000-153 Porto T.: (+351) 914 150 474 4suitesbatalharesidence@gmail.com

DOURO PALACE Lugar do Carrapatelo, 4640-423 Sta Cruz do Douro T.: (+351) 254 880 000 douropalace.com

FLORES VILLAGE HOTEL & SPA R. das Flores, 139 4050-266 Porto T.: (+351) 222 013 478 floresvillage.com

HOTEL DOM HENRIQUE

AC HOTEL PORTO BY MARRIOTT R. Jaime Brasil, 40 4350-005 Porto T.: (+351) 225 072 650 ac-hotels.com

EUROSTARS DO HEROÍSMO Rua do Heroísmo, 235 - 237 4300-259 Porto T.: (+351) 220 123 520 eurostarshotels.com.pt/ eurostars-heroismo.html

HOLIDAY INN PORTO - GAIA R. Diogo Macedo, 220 4400-107 Vila Nova de Gaia T.: (+351) 223 747 500 hotelhiportogaia.com

HOTEL FEEL VIANA R. Brás de Abreu Soares, 222, Praia do Cabedelo 4935-159 Viana do Castelo T.: (+351) 220 965 786 hotelfeelviana.com

HOTEL PORTO PALÁCIO

BESSA HOTEL BOAVISTA R. Dr. Marques de Carvalho, 111, 4100-325 Porto T.: (+351) 800 225 500 bessahotel.com

EUROSTARS DAS ARTES HOTEL R. do Rosário, 160 4050-521 Porto T.: (+351) 222 071 250

HOTEL INFANTE SAGRES Praça D. Filipa de Lencastre 62, 4050-259 Porto T.: (+351) 223 398 500 infantesagres.com

eurostarsdasartes.com

HOTEL AS 1829 Largo de Sao Domingos, 45 a 55 4050-545 Porto T.: (+351) 249 530 690 as1829hotel.pt

HOTEL RURAL QUINTA NOVA DE NOSSA SENHORA DO CARMO – Quinta Nova 5085-222 Covas do Douro T.: (+351) 254 730 430 quintanova.com

EUROSTARS PORTO CENTRO R. Sampaio Bruno 77 4000-124 , Porto T.: (+351) 220 046 800 eurostarshotels.com

HOTEL CARRIS PORTO RIBEIRA R. do Infante D. Henrique, 1 4050-296 Porto T.: (+351) 220 965 786

HOTEL INTERCONTINENTAL Praça da Liberdade, 25 4000-322 Porto T.: (+351) 220 035 600

HOTEL SOLVERDE CASINO DE CHAVES Lugar do Extremo – Valdanta 5400-001 Chaves T.: (+351) 276 309 600 solverde.pt

CROWNE PLAZA PORTO Av. da Boavista, 1466 4100-114 Porto T.: (+351) 226 072 500 ihg.com/crowneplaza/porto

– DOWNTOWN

R. Guedes de Azevedo, 179 4049-009 Porto T.: (+351) 223 401 616 hoteldomhenrique.pt

ihg.com/intercontinental

carrishoteles.com

DOURO ROYAL VALLEY HOTEL & SPA Lugar de Portela do Rio, Ribadouro, 4640-400 Baião T.: (+351) 255 070 900 douroroyal.com

EUROSTARS PORTO DOURO Av. de Gustavo Eiffel 20, 4000-279 Porto T.: (+351)22 340 2750 eurostarshotels.com

HOTEL DA MÚSICA Mercado do Bom Sucesso, Largo Ferreira Lapa, n.º 21 a 183, 4150-323 Porto T.: (+351) 226 076 000 hoteldamusica.com

HOTEL MONVERDE Quinta de Sanguinhedo Castanheiro Redondo 4600-761 Telões (Amarante) T.: :+351 255 143 100 monverde.pt

CONGRESS & SPA

Av. Boavista 1269 4100-130 Porto T.: (+351) 226 086 600 hotelportopalacio.com

HOTEL SOLVERDE SPA & WELLNESS CENTER

Av. da Liberdade, 212 4410-154 Vila Nova de Gaia T.: (+351) 227 338 030 solverde.pt


HOTEL TEATRO R. Sá da Bandeira, 84 4000-427 Porto T.: (+351) 220 409 620 hotelteatro.pt

MELIÁ BRAGA HOTEL & SPA Av. General Carrilho da Silva Pinto, 8 4715-380 Braga T.: (+351) 253 144 000 meliabraga.com

MELIÁ RIA HOTEL & SPA Cais da Fonte Nova, Lote 5 3810-200 Aveiro T.: (+351) 234 401 400 meliaria.com

PACHECA WINE HOUSE HOTEL Rua do Relógio do Sol, 261 Cambres - 5100-424 Lamego T.: (+351) 254 331 229 quintadapacheca.com

PEDRAS SALGADAS SPA & NATURE PARK

Parque de Pedras Salgadas 5450-140 Bornes de Aguiar T.: (+351) 259 437 140 pedrassalgadaspark.com

PESTANA PALÁCIO DO FREIXO Estrada Nacional 108, 4300 Campanhã, Porto T.: (+351) 225 311 000 pestana.com

ROSA ET AL TOWNHOUSE R. do Rosário, 233 4050-524 Porto T.: (+351) 916 000 081 rosaetal.pt

PESTANA VINTAGE PORTO Praça da Ribeira, 1 4050-513 Porto T.: (+351) 223 402 300 pestana.com

SHERATON PORTO HOTEL & SPA R. do Tenente Valadim 146, 4100-476 Porto T.: (+351) 220 404 000 sheratonporto.com

PESTANA PORTO A BRASILEIRA Rua de Sá da Bandeira 91 4000-427 Porto T.: (+351) 210 417 160 pestana.com

PORTO RIVER APARTHOTEL Rua dos Canastreiros, 50 4050-149 Porto T.: (+351) 223 401 210 portoriver.pt

QUALITY INN PORTUS CALE Av. da Boavista, 1060 4100-113 Porto T.: (+351) 226 083 900 choisehotels.fr

Hotéis

Institucional

Hotels

Institutional

TOREL AVANTGARDE HOTEL Rua da Restauraçāo, 336 4050-501 Porto T.: (+351) 220 110 082 torelavantgarde.com

Desporto & lazer

Sports & leisure

BB DOURO Rua da Praia – Douro Marina 4400-554 Vila Nova de Gaia T.: (+351) 935 301 930 bbdouro.com

CLUBE DE GOLF DE MIRAMAR Av. Sacadura Cabral 4405-013 V.N.Gaia T.: (+351) 227 622 067

THE ARTIST PORTO HOTEL & BISTRÔ R. da Firmeza, 49 4000-228 Porto T.: (+351) 220 132 700 theartistporto.pt

THE HOUSE RIBEIRA HOTEL Rua do Infante D. Henrique, 26 4050-492 Porto T.: (+351) 220 119 006 https://www.shotelscollection. com/thehouse/home

THE YEATMAN HOTEL R. do Choupelo, Sta Marinha 4400-088 Vila Nova de Gaia T.: (+351) 220 133 100 the-yeatman-hotel.com

VINCCI HOTEL PORTO Alameda Basílio Teles, 29 4150-127 Porto T.: (+351) 220439620 pt.vincciporto.com

ATENEU COMERCIAL DO PORTO R. Passos Manuel 44 4000-381 Porto T.: (+351) 223 395 410 ateneucomercialporto.pt CASA DA MÚSICA Av. da Boavista 604-610 4149-071 Porto T.: (+351) 220 120 220 casadamusica.com CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DO PORTO Pç. de Pedro Nunes 126 4050-010 Porto T.: (+351) 222 073 250

conservatoriodemusicadoporto.pt MUSEU NAC. DE SOARES DOS REIS R. D. Manuel II 4050-342 Porto T.: (+351) 223 393 770 museusoaresdosreis.gov.pt PALÁCIO DA BOLSA /ASS. COMERCIAL DO PORTO R. Ferreira Borges 4050-253 Porto T.: (+351) 223 399 000 palaciodabolsa.com TORRE DOS CLÉRIGOS Rua de S. Filipe de Nery 4050-546 Porto T.: (+351) 220 145 489 torredosclerigos.pt

CLUBE FLUVIAL PORTUENSE R. Aleixo da Mota 4150-044 Porto T.: (+351) 226 198 460/1

COMPLEXO DESPORTIVO MONTE AVENTINO R. Monte Aventino 4350-233 Porto T.: (+351) 225 093 761

DOURO MARINA R. da Praia S/N 4400-554 V.N.Gaia T.: (+351) 220 907 300

GOLFE DO FOJO R. Nova do Fojo 4400 Vila Nova de Gaia T.: (+351) 227 727 070

PLACE FOZ HEALTH CENTER R. Marta Mesquita da Câmara, 114 4150-485 Porto T.: (+351) 226 178 046

SOLINCA HEALTH AND FITNESS CLUB Av. da Boavista, 1269 4100-130 Porto T.: (+351) 226 091 553


PARCEIROS DE DISTRIBUIÇÃO

Restaurantes

DISTRIBUTION PARTNERS

O RIB - Beef & Wine 17.º RESTAURANTE & BAR R. do Bolhão, 223 4000-112 Porto T.: (+351) 223 401 617 www.decimosetimo.pt BH Av. Brasil 498, 4150-153 Porto T.: (+351) 910 993 040 www.bhfoz.pt BOM SUCESSO GOURMET Lg. Ferreira da Lapa, 21 a 138 (Mercado do Bom Sucesso) 4150-323 Porto T.: (+351) 226 076 000 www.hoteldamusica.com BUGO ART BURGERS R. Miguel Bombarda, 598 4050-379 Porto T.: (+351) 226 062 179 www.bugo.com.pt CAFEÍNA R. do Padrão, 100 4150-557 Porto T.: (+351) 226 108 059 www.cafeina.pt/pt/cafeina CANTINHO DO AVILLEZ R. Mouzinho da Silveira, 166 4050-416 Porto T.: (+351) 223 227 879 www.joseavillez.pt CASA AGRÍCOLA R. do Bom Sucesso, 241 4150-150 Porto T.: (+351) 226 053 350 www.casa-agricola.com CASA DE CHÁ DA BOA NOVA Av. da Liberdade (junto ao farol) 4450-705 Leça da Palmeira T.: (+351) 229 940 600 www.ruipaula.com CASA VASCO R. do Padrão, 152 4150-557 Porto T.: (+351) 226 180 602 www.casavasco.pt FERRUGEM R. das Pedrinhas, 32 – Portela 4770-379 Vila Nova de Famalicão T.: (+351) 252 911 700 www.ferrugem.pt

Restaurants

Restaurante DOP FORNO VELHO R. do Infante D. Henrique, 1 4050-296 Porto T.: (+351) 220 965 786 www.carrishoteles.com FRIDA R. Adolfo Casais Monteiro, 135 4050-014 Porto T.: (+351) 226 062 286 www.cocinamestiza.pt GULL Rua Cais das Pedras, 15 4050-465 Porto T.: (+351) 914 300 038 www.gull.pt ICHIBAN Av. Brasil 454, 4150-153 Porto T.: (+351) 226 186 111 www.ichiban.pt LA RICOTTA R. de Passos Manuel, 18 4000-381 Porto T.: (+351) 222 023 300 www.laricotta.pt LIVRARIA DA BAIXA R. das Carmelitas, 15 4050-162 Porto T.: (+351) 220 946 320 www.fb.com/livrariadabaixa LSD LARGO DE SÃO DOMINGOS Largo de São Domingos, 78 4050-545 Porto T.: (+351) 223 231 268 www.fb.com/largodesaodomingos O COMERCIAL Palácio da Bolsa R. Ferreira Borges 4050-253 Porto T.: (+351) 223 322 019 www.ocomercial.com OFICINA R. Miguel Bombarda, nº273-282 4050-377 Porto T.: (+351) 220 165 807 / 936 712 384 reservas@oficinaporto.com O PAPARICO R. de Costa Cabral, 2343 4200- 232 Porto T.: (+351) 225 400 548

www.opaparico.com

Oficina POIVRON ROUGE Av. da Boavista, 1466 (Crowne Plaza Porto), 4100-114 Porto T.: (+351) 226 072 500

www.ihg.com/crowneplaza PORTAROSSA R. Côrte Real, 289 4150-235 Porto T.: (+351) 226 175 286 www.portarossa.pt PORTOBEER Av. da Boavista, 1269 4100-130 Porto T.: (+351) 226 086 600 www.hotelportopalacio.com/ restaurante-cervejaria-portobeer.html PORTUCALE R. da Alegria, 598 4000-037 Porto T.: (+351) 225 370 717 www.miradouro-portucale.com RESTAURANTE DOC E. N. 222 5110-204 Armamar T.: (+351) 254 858 123 www.ruipaula.com RESTAURANTE DOP Palácio das Artes – Largo S. Domingos, 18, 4050-545 Porto T.: (+351) 222 014 313 www.ruipaula.com RESTAURANTE TRAÇA Lg. São Domingos, 88 4050-545 Porto T.: (+351) 222 081 065 www.restaurantetraca.com SIZE Marques Soares Rua das Carmelitas, 92, 4º Piso 4009-804 Porto T.: (+351) 220 001 820 www.fb.com/sizerestaurante SUSHIHANA R. Prof. Mota Pinto, 138 4100-354 Porto T.: (+ 351) 224 045 549 www.sushihana.pt SUSHIHANA & THE GIN HOUSE Rua Galeria Paris, 92 4050-284 Porto T.: (+ 351) 223 252 616 www.sushihana-theginhouse.pt

Size TERRA R. do Padrão 103, 4150-559 Porto T.: (+351) 226 177 339 www.cafeina.pt/pt/terra THE ARTIST BISTRÔ R. da Firmeza 49, 4000-228 Porto T.: (+351) 220 132 700 www.theartistporto.pt THE YEATMAN RESTAURANT R. do Choupelo, 250 4400-088 Vila Nova de Gaia T.: (+351) 220 133 100 www.the-yeatman-hotel.com/pt/ gastronomia/restaurante/ WISH RESTAURANTE & SUSHI Largo da Igreja da Foz, 105/107 4150-400 Porto T.: (+351) 223 196 831 www.facebook.com/wishfoz


Saúde

Hairstyle & SPA

ALBERTO MARINHO Av. Brasil 365, 4150-152 Porto T.: (+351) 226 177 581 Av. da Boavista, 1758 4100-116 Porto T.: (+351) 226 067 710 BANG BANG BARBER SHOP R. Pedro Homem de Melo, 272 Aviz, 4150-598 Porto T.: (+351) 226 108 963 CHI CLINIC Praça do Bom Sucesso, 131, Ed. Península, Sala 406 4150-146 Porto T.: (+351) 226 090 761 CLÍNICA DR. JOÃO BRAVO Alameda das Antas, 217 4350-413 Porto T.: (+351) 220 998 912 DEEP SENSES R. de Gondarém 493, Foz do Douro 4150-377 Porto T.: (+351) 226 105 889 FÁTIMA VIANA - CABELEIREIROS E SPA R. da Alegria, 2111 4200-027 Porto T.: (+351) 225 023 001 FERNANDO AMARO HAIRMASTER R. do Aleixo da Mota, Complexo Piscinas do Fluvial 4150-044 Porto T.: (+351) 220 993 965 FERNANDO PINTO CABELEIREIROS Rua Diogo Botelho, 1870 4150-260 Porto T.: (+351) 226 102 296 HAIR & BODY CABELEIREIRO R. da Senhora da Luz, 67 4150-696 Foz do Douro T.: (+351) 224 051 939 HAIRSTUDIO CABELEIREIROS R. Marechal Saldanha, 68 4150-650 Foz T.: (+351) 226 161 015

INÊS PEREIRA (AVIZ) Av. da Boavista, 4143 4100-140 Porto T.: (+351) 226 109 255 INSTITUTO DO CORPO - CLÍNICA RENAISSANCE Av. da Boavista, Ed. Oceanus, 3211, Salas 4.1 e 4.2 4100-137 Porto T.: (+351) 226 188 525 JOAQUIM GUERRA CABELEIREIROS R. Jerónimo Mendonça, 128 4200-335 Porto T.: (+351) 225 503 828 JORGE LIMA CABELEIREIROS Praça de Liège, 98 4150-455 Porto T.: (+351) 226 107 117 LILI DE SOUSA, CABELEIREIROS & ESTÉTICA Av. da Boavista, 1471 4100-131 Porto T.: (+351) 226 097 110 LIM – CABELEIREIROS E ESTÉTICA Via Futebol Clube do Porto, 699 4350-415 Porto T.: (+351) 225 180 165 LÚCIA CABELEIREIROS Esplanada do Castelo, 35, Foz do Douro, 4150-195 Porto T.: (+351) 226 189 962 LURDES REIS CABELEIREIROS Av. da Boavista, 3229 4100-137 Porto T.: (+351) 226 104 875 MAFALDA PERFEITO HAIRSTYLE R. do Ouro, 430 4150-553 Porto T.: (+351) 223 274 196 MAGIK HAIR Av. de França, 256, Lj. 42, Ed. Capitólio, 4050-276 Porto T.: (+351) 224077397 MIGUEL VIANA Av. Brasil, n.º 276 4150-152 Porto T.: (+351) 226 109 945 PORTO DE VISTA Av. de França, 358 - BL. B - Lj. 63 4050-276 Porto T.: (+351) 228 314 187

REGINA CRUZ CABELEIREIROS R. Senhora da Luz, 316 4150-694 Porto T.: (+351) 224 932 387 SAUDARTE R. Pedro Homem de Melo, 415 4150-600 Porto T.: (+351) 224 028 582 URBAN COMPANY R. o 1º de Janeiro (Estádio do Bessa), Espaço Holmes Place 4100-365 Porto T.: (+351) 226 092 341 Av. da Boavista, 3477, Ed. Aviz, Lj. 13, 4100-139 Porto T.: (+351) 226 189 368 Av. da Boavista, 1653, Ed. Bristol 4100-132 Porto T.: (+351) 220 930 395 R. Sá da Bandeira, 13/15 4000-433 Porto T.: (+351) 220 997 502 R. do Rosário, 69 4050-523 Porto T.: (+351) 222 088 449 R. Alferes Malheiro, 197 4050-059 Porto T.: (+351) 224 060 333 WELL DOMUS FITNESS & SPA SERVICES R. Aleixo da Mota 4150-044 Porto T.: (+351) 225 323 420 WELLNESS & BEAUTY LAB Av. da Boavista, 1281 4100-130 Porto T.: (+351) 226086797

Health

CLÍNICA DE NUTRIÇÃO DO PORTO R. Arq. Cassiano Barbosa, 6F - S/21, 4100-009 Porto T.: (+351) 226 162 112 CLÍNICA DR. FERNANDO PÓVOAS Av. Fernão Magalhães, 1585 4350-170 Porto T.: (+351) 225 573 130 CLÍNICA MÉDICA E DENTÁRIA DOS PINHAIS DA FOZ R. Alfredo Keil, 263, 4150-049 Porto T.: (+351) 226 182 183 HOSPITAL CUF PORTO Estrada da Circunvalação, 14341 4100-180 Porto T.: (+351) 220 039 000 INSTITUTO CUF PORTO R. Fonte das Sete Bicas, 170 4460-188 Senhora da Hora T.: (+351) 220 033 500 LIV INN CLINIC Alameda das Antas nº 217 4350-413 Porto T.: (+351) 22 099 8912


GOURMET

CHEF

JOSÉ AVILLEZ

Fotos Photos © Boa Onda

“ ESPERO QUE O MINI BAR POSSA CONTRIBUIR DE FORMA ESPECIAL PARA A EVIDENTE DINAMIZAÇÃO QUE ESTÁ A ACONTECER NA VIDA NOTURNA DO PORTO ”

“ I HOPE THAT THE MINI BAR DINING ROOM CAN CONTRIBUTE IN A SPECIAL WAY TO THE OBVIOUS REVITALISATION THAT IS HAPPENING IN THE NIGHTLIFE OF OPORTO ” 96

MAGAZINE WITH ATTITUDE


Apaixonado pelo Porto, o Chef José Avillez regressa à Invicta. O conceito que traz agora divide-se em atos e encontra nos Menus de Degustação as grandes estrelas de uma experiência gastronómica, onde nem tudo o que parece é. Passionate with Oporto, Chef José Avillez returns to the Invicta. The concept that he now brings is divided into acts and can be found in the Tasting Menus of the big stars of a gastronomic experience, in which not everything is what seems to be. Cada vez mais presente na cidade do Porto, a marca José Avillez surge agora, 4 anos depois do Cantinho do Avillez, sob a forma de Mini Bar. Fazia falta o Mini Bar aqui? O Mini Bar tem feito grande sucesso em Lisboa. Desde que abriu no Chiado, vários clientes do Porto pediam-nos que o trouxéssemos para a Invicta. Já há algum tempo que tínhamos este projeto, mas faltava encontrar o espaço certo.

Increasingly present in the city of Oporto, the brand José Avillez now

A Rua da Picaria foi um acaso ou tem um apelo especial? Quando vi este espaço pela primeira vez gostei muito e encantei-me pela zona, achei que fazia sentido para o conceito. A configuração e a divisão do espaço determinaram a escolha. Este local tem uma enorme montra e duas salas em pisos diferentes. Em termos visuais, pareceu-me interessante fazer aqui uma reinterpretação do conceito Mini Bar e não uma cópia. É um espaço que surpreende até quem já conhece o Mini Bar no Chiado.

Was Rua da Picaria (street) a coincidence or does it have a special

appears, 4 years after the Cantinho do Avillez Restaurant, in the form of a Mini Bar Dining Room. Was there the need for the Mini Bar here? The Mini Bar Dining Room has been very successful in Lisbon. Since its opening in Chiado, several customers from Oporto have requested us to bring it to the Invicta as well. We have had this project for some time now; nevertheless, we needed to find the right space for it.

appeal? When I saw this space for the first time, I liked it very much and I was delighted with the area, I thought that it made sense for the concept. The arrangement and division of space have determined the choice. This place has a huge window and two dining rooms on different floors. In visual terms, it seemed very interesting to me to have here a reinterpretation of the Mini Bar Dining Room concept and not just a copy of it. It is a space that surprises, even those who already know the Mini Bar in Chiado.

MAGAZINE WITH ATTITUDE

97


GOURMET CHARTREUSE VITELA VEAL CHARTREUSE

TOMAHAWK RIBEYE STEAK

Como é que Ana Anahory e Felipa Almeida reinterpretaram o conceito Mini Bar através da decoração? A decoração não é uma réplica do espaço de Lisboa, mas uma releitura do conceito Mini Bar, evocando o ambiente de elegantes clubes, num registo sofisticado, contemporâneo e sensual. Aqui predomina um tom quente e avermelhado de terra, acentuado por detalhes dourados. Gosto muito do resultado final.

How did Ana Anahory and Felipa Almeida reinterpret the Mini Bar

O Porto, tal como o Mini Bar, é intimista, sensual e sofisticado? O que há na Invicta que não encontra em mais lugar nenhum? Fomos muitíssimo bem recebidos quando abrimos aqui o Cantinho do Avillez em 2014, estou muito reconhecido por isso. O Porto tem vindo a renovar-se e tem tirado cada vez mais partido do seu potencial. Pelo que conheço, a vida noturna do Porto é bastante sofisticada e espero que o Mini Bar possa contribuir de forma especial para a sua evidente dinamização.

Is Oporto, just like the Mini Bar Dining Room, intimate, sensual and

Dining Room concept through the decoration? The decoration is not a replica of the Lisbon space. In addition, it is a rereading of the Mini Bar Dining Room concept, reminiscent of the atmosphere of the elegant clubs, in a sophisticated, contemporary and sensual register. Here, a warm reddish earth tone predominate, emphasised by golden details. I really appreciate the final result.

sophisticated? What is there in Invicta that you cannot find anywhere else? We were welcomed when we opened the Cantinho do Avillez Restaurant here, in 2014. I am very grateful for it. Oporto has been renovating itself and it has been taking more and more advantage of its potential. As far as I know, the nightlife of Oporto is quite sophisticated and I hope that the Mini Bar Dining Room can contribute in a special way to its obvious revitalisation.

O Mini Bar é um “conceito diferente”, onde, quem o visita recebe muito mais do que uma refeição. Hoje, em dia, oferecer uma experiência gastronómica singular é uma das principais preocupações de um Chef? Hoje, jantar fora é um programa que concorre com uma ida a um cinema ou ao teatro. Apesar da refeição ter um papel central e ser fundamental trabalhar com bons produtos, há todo um outro conjunto de detalhes que interfere na avaliação dessa refeição: a decoração, a luz, a temperatura da sala, o ambiente, o serviço, a carta, os cocktails… Um Chef deve ter a visão do todo, apostar na qualidade (ajustada ao conceito) e ter gosto em receber bem.

The Mini Bar Dining Room is a “different concept”, where the visitor receives much more than just a meal. Is it providing a unique gastronomic experience nowadays one of the main concerns of a Chef? Nowadays, dining out is a programme that competes with a night out to watch a film at the cinema or to go to a play at the theatre. Although the meal itself has the dominant role and it is essential to work with good products, there is a host of details that interfere with the evaluation of that meal: the decoration, the lighting, the room temperature, the atmosphere, the service, the menu, the cocktails... A Chef should have the visualisation of the whole experience, bet on the quality (adjusted to the concept) and have the pleasure on welcoming well.

98

MAGAZINE WITH ATTITUDE


“Hoje, jantar fora é um programa que concorre com uma ida a um cinema ou ao teatro” “Nowadays, dining out is a programme that competes with a night out to watch a film at the cinema or to go to a play at the theatre” VIEIRAS SALTEADAS COM SABORES THAI SAUTÉED SCALLOPS WITH THAI FLAVOURS Consequently, how would you present this restaurant to someone who does not know this concept? At the Mini Bar Dining Room not everything is what it seems to be. In an inti-

Então, como é que apresentaria este restaurante a alguém que desconhece este conceito?

mate setting, maybe even clandestinely sophisticated, we serve different

No Mini Bar nem tudo o que parece é. Num cenário intimista e até clandestinamente sofisticado, servimos diferentes pratos, em pequenas doses, que apostam na surpresa, nos jogos entre o que vemos e o que saboreamos. Os cocktails têm um lugar de destaque. É um espaço ímpar que nos faz viajar.

what we see and what we flavour. Cocktails have a prominent place. It is a

dishes, in small portions, that play the surprise card, on the games between unique space that makes us travel. Furthermore, what would you recommend them for their first time? I would recommend them some of the “classics” of the Mini Bar Dining Room, such as the Algarve Prawns in Ceviche, the Avocado in Tempura

E o que lhes aconselharia para a primeira vez? Aconselhava alguns dos “clássicos” do Mini Bar, tais como as Gambas do Algarve em Ceviche, o Abacate em tempura com Kimchi desidratado, rebentos de coentros, lima e limão ou as Vieiras salteadas com sabores Thai. Porém, a melhor forma de conhecer a carta do Mini Bar seria escolher um dos menus de degustação.

with dehydrated Kimchi, coriander sprout, lime and lemon and the sautéed Scallops with Thai flavours. Nevertheless, the best way to get to know the Mini Bar Dining Room menu would be to choose one of the tasting menus. Can we say that going to the Mini Bar Dining Room is like going to the Theatre? When we created the concept, we have organised the menu into different

Podemos afirmar que ir ao Mini Bar se assemelha a uma ida ao Teatro? Quando criámos o conceito organizámos a carta em diferentes “atos”. As grandes estrelas são os menus de degustação “Épico” e “Em Cartaz”, que permitem viajar pelos vários “atos” que compõem a carta, apesar da escolha também poder ser feita à carta. O Mini Bar é um espaço diferente, com um serviço muito atento e simpático.

“acts”. The big stars are the tasting menus “Epico” (Epic) and “Em Cartaz” (What’s On), which allow one to travel throughout the various “acts” that make up the menu, although one can choose à la carte, as well. The Mini Bar Dining Room is a different place with a very attentive and friendly service. “Not everything is what it seems to be” is the motto of the Mini Bar Dining Room. Do you think it is important to give second chances to first impressions, not only in a gastronomic experience of this nature, but

“Nem tudo é o que parece” é a máxima do Mini Bar. Acha que é importante dar segundas oportunidades às primeiras impressões, não só numa experiência gastronómica deste tipo, mas também na vida? No Mini Bar brincamos com a surpresa e com a diversão. Talvez possamos falar em entretenimento gastronómico. Na vida, confio muito na minha intuição, apesar de às vezes as primeiras impressões poderem não ser as mais corretas.

also in life? At Mini Bar Dining Room we play with surprise and amusement. Maybe we can talk about gastronomic entertainment. In life, I rely heavily on my intuition, although sometimes the first impressions may not be the most accurate ones. Is being such an award-winning and recognised Chef less glamorous than it seems, as well? I would say that it is more demanding and arduous than it seems. You have

Ser um Chef de cozinha tão premiado e reconhecido também é menos glamouroso do que o que parece? Diria que é mais exigente e trabalhoso do que parece. É preciso estar disposto a trabalhar muito, a fazer sacrifícios e ter uma excelente equipa, muito profissional e comprometida em dar o melhor. É este o segredo.

to be willing to work very hard, make sacrifices and have an excellent team, very professional and committed to giving their best. This is the secret. Being this pronouncedly a wine region, is it your understanding that the Douro only has to win from Enogastronomy and the increasing concern to harmonise wines and food? Wines and gastronomy have a very close relationship and the interest that

MAGAZINE WITH ATTITUDE

99


GOURMET

Sendo esta uma região marcadamente vinícola, sente que o Douro só tem a ganhar com a Enogastronomia e com a crescente preocupação em harmonizar os vinhos e os alimentos? Os vinhos e a gastronomia têm uma relação muito próxima e o interesse que a gastronomia hoje suscita promove o desenvolvimento da restauração, da produção de vinhos e do turismo. Acredito que não só o Douro, mas Portugal em geral, tem tudo para ser um destino de excelência, pois temos um património gastronómico riquíssimo.

the gastronomy raises, nowadays, encourages the development of the restaurant sector, wine production and tourism. I believe that, not only the Douro, however Portugal in general, as well, has everything required to be a destination of excellence, because we have a very rich gastronomic heritage.

O Chef Avillez é Chef e empresário de sucesso. Com tantos projetos, como é um dia na pele do Chef Avillez? O dia a dia é organizado quase ao minuto e é dividido entre a cozinha e a gestão da empresa. Gosto muito de ser cozinheiro e de ser gestor, mas sou uma pessoa normal, que gosta de estar em família e com os amigos, sempre que possível. Por isso, para além de uma boa gestão da agenda, é fundamental o apoio da equipa que me acompanha.

Chef Avillez, you are a Chef and a successful entrepreneur. With so many projects, how is a day like in the life of Chef Avillez? The daily agenda is organised almost to the minute and it is divided between the kitchen and the management of the company. I really enjoy being a chef and being a manager. Nevertheless, I am a normal person, who enjoys being with his family and with friends, whenever is possible. Therefore, in addition to good management of the daily agenda, the support of the team that accompanies me is fundamental.

O que se segue na história, ainda recente, do Mini Bar do Porto? Para já, estamos ainda empenhados nesta abertura. Ainda é cedo para falar no futuro do Mini Bar Porto.

What is it that is still to follow in the recent history of the Mini Bar Dining Room of Porto? For the time being, we are still engaged in this opening. It is still too early to talk about the future of Mini Bar Dining Room Oporto.

No ponto! On the spot!

Se não fosse Chef... Creio que seria um criador na mesma. Adoro o processo. Talvez fosse arquiteto ou artista de marcenaria. If you were not a Chef... I believe that I would still be a creator anyway. I love the process. Maybe I would be an architect or carpentry artist. Qual é o prato que o deixa em êxtase? Mergulho no Mar do Belcanto… Nunca me canso. What is the dish that leaves you in a trance? “Mergulho no Mar” of Belcanto Restaurant... I can never get tired of it. Qual é o ingrediente que mais o fascina? Peixe e marisco português. What is the ingredient, which fascinates you the most?

Portuguese fish and seafood. Como define uma refeição perfeita? (a ementa, o local, a companhia, etc.) Bom peixe, em Portugal, com a minha família. How do you define a perfect meal? (the menu, the place, the people that share the meal with you, etc.): Good fish, in Portugal, with my family. Quando não está a cozinhar, quem gosta que cozinhe para si? Quem cozinhe com gosto e alma. When you are not cooking, who do you like to cook for you? Whomever cooks with pleasure and soul.

100

MAGAZINE WITH ATTITUDE


INSPIRAÇÃO INSPIRATION

WEEKEND MAX MARA

Natural

camouflage SWAROVSKI Pedra s Salga das Spa & Nature Park

MICHAEL KORS

YVES SALOMON BOSS

MARELLA

MICHAEL KORS

TWINSET

WEEKEND MAX MARA

GIOSEPPO Produtos disponíveis

TWINSET

GUESS

Products available

MICHAEL KORS

PEPE JEANS

GIOSEPPO

MAGAZINE WITH ATTITUDE

101


GARRAFEIRA WINE CELLAR

VINHOS TINTOS RED WINES

HARVEST

SEASON

1. QUINTA DA GAIVOSA TINTO 2015 REGIÃO: DOURO CASTAS: TOURIGA NACIONAL, TOURIGA FRANCA E TINTO CÃO REGION: DOURO GRAPE VARIETIES: NATIONAL TOURIGA, TOURIGA FRANCA

VÉRTICE MILLÉSIME 2011

Lançado pela primeira vez em 1992 e apenas produzido em anos de qualidade excecional, o Quinta da Gaivosa Tinto anuncia longa vida. Sólido e com grande estrutura, na sua base estão cerca de 20 castas autóctones da região. Launched for the first time

REGIÃO: DOC DOURO REGION: DOURO

in 1992, it is only produced in years of exceptional quality. The

ESPUMANTES SPARKLING WINES A profunda acidez e a estrutura firme com um tom seco e picante concedem a este vinho um caráter sedutor e carismático, acentuado pela bolha fina e persistente, que liberta aromas frescos e profundos. O par perfeito para pratos de peixe e marisco. The deep acidity and firm structure with a dry

Quinta da Gaivosa Tinto announces a long life. It is solid and with a large structure, its structure is composed by about 20 native varieties of the region. 2. OBOÉ SOM DE BARRICA 2015

and spicy tone provide this wine with a seductive and charismatic

REGIÃO: DOURO CASTAS: GRANDE MISTURA DE CASTAS

character, emphasised by the fine and persistent bubble, which

REGION: DOURO GRAPE VARIETIES: GREAT VARIETIES MIXTURE

2

Um vinho complexo, diversificado e elegante feito a partir de uvas cuidadosamente selecionadas provenientes de Vinhas Velhas, do qual foram apenas produzidas 2 mil garrafas. Um equilíbrio perfeito entre aroma, frescura e persistência. It is a complex, diversified

releases fresh and deep aromas. Perfect to complement fish and seafood dishes.

VINHOS DO PORTO E LICOROSOS PORT WINE AND LIQUEUR

1

AND TINTO CÃO

1

and elegant wine made from carefully selected grapes from Vinhas Velhas (Old Vines), from which only 2,000 bottles were produced. It has a perfect balance between aroma, freshness

1. QUINTA DA GAIVOSA VINTAGE PORTO 2016

and persistence.

REGIÃO: DOURO CASTAS: SOUSÃO, TOURIGA NACIONAL, TOURIGA FRANCA REGION: DOURO GRAPE VARIETIES: SOUSÃO, NATIONAL TOURIGA AND TOURIGA FRANCA

Cativante no aroma, com notas de ameixas pretas secas, chocolate amargo e apontamentos florais. Um vinho envolvente, com grande elegância e profundidade, ao qual foram concedidos 91 pontos na escala de Robert Parker. Fascinating

3. CASA VELHA RESERVA TINTO 2016 REGIÃO: DOURO CASTAS: TOURIGA FRANCA, TINTA RORIZ E TOURIGA NACIONAL REGION: DOURO GRAPE VARIETIES: TOURIGA FRANCA, TINTA RORIZ AND NATIONAL TOURIGA

in aroma, with notes of dried black plums, dark chocolate and floral hints. An enveloping wine, with great elegance and depth, to which were awarded 91 points on the Robert Parker rating. 2. KROHN VINTAGE 2016, DA WIESE & KROHN REGIÃO: DOURO CASTAS: OLD VINES

2

REGION: DOURO GRAPE VARIETIES: OLD VINES

Caracterizado pelos seus contrastes entre aromas puros e vibrantes e um paladar voluptuoso, apesar da primeira impressão ser de uma pureza etérea, o vinho desenvolve uma intricada complexidade no copo exibindo os poderosos taninos que são a marca deste ano. Characterised by its contrasts between pure and vibrant aromas and a voluptuous taste. Although the first impression is of an ethereal purity, the wine develops an intricate complexity in the glass, displaying the powerful tannins that are the mark of this year.

Um vinho elaborado a partir de uvas típicas da região colhidas manualmente, seguindo o estágio em barricas de Carvalho Francês. Límpido, de cor rubi intenso e com boa complexidade, destacam-se os aromas florais, os frutos vermelhos maduros e especiarias. A wine made from grapes typical of the region manually harvested, followed by the aging in barrels of French Oak. Brilliant, with an intense ruby colour and a good complexity, stand out the floral aromas, the ripe red fruits and the spices.

VINTAGE 2016

Um ano lendário para o vinho do Porto A legendary year for Port wine TIPO DE VINHO: PORTO VINTAGE REGIÃO: DOURO WINE TYPE: PORTO VINTAGE

VINHOS BRANCOS WHITE WINES

A Lavradores de Feitoria lança uma dupla da colheita de 2017. Três Bagos branco é um vinho de lote elaborado com castas autóctones, Três Bagos Sauvignon Blanc é feito a partir de uma casta internacional. Em comum têm os aromas frescos e frutados. The Lavadores de Feitoria launches a double of

James Suckling, reconhecido crítico de vinhos norte-americano, atribuiu altas pontuações aos Porto Vintage 2016 da Taylor’s, Croft e Fonseca. Na sua avaliação, destacou a elevada qualidade, afirmando que este poderá ser um ano lendário para o vinho do Porto. O enorme potencial de envelhecimento destes vinhos, tornam-nos numa valiosa adição para qualquer garrafeira. James Suckling,

the harvest of 2017. The Três Bagos White is a wine from

a renowned American wine critic, attributed high scores to Taylor’s, Croft and

an elaborated batch with native varieties, The Três Bagos

Fonseca’s Vintage 2016 Port. In his evaluation, he highlighted the high qual-

Sauvignon Blanc is made from an international variety. In

ity, stating that this could be a legendary year for Port wine. The enormous

common, they have the fresh and fruity aromas.

aging potential of these wines, make us a valuable addition to any cellar.

TRÊS BAGOS BRANCO 2017 E TRÊS BAGOS SAUVIGNON BLANC REGIÃO: DOURO CASTAS: VIOSINHO, GOUVEIO E RABIGATO REGION: DOURO GRAPE VARIETIES: VIOSINHO, GOUVEIO AND RABIGATO

102

REGION: DOURO

MAGAZINE WITH ATTITUDE

3


MARQUES SOARES ESPAÇO GOURMET GOURMET SPACE

É com requinte, sofisticação e um toque gourmet que os sabores da nossa tradição vão dando vida às prateleiras da Mercearia Portuguesa da Marques Soares. Para lá chegar, basta subir ao 4.º piso, onde enquanto idealiza o cabaz de natal que vai oferecer, poderá desfrutar no restaurante de uma leve refeição. It is with refinement, sophistication and a gourmet touch that the flavours of our tradition bring life to the shelves of the Mercearia Portuguesa of Marques Soares (Portuguese Grocery Store). To get there, you just have to go up to the 4th floor, where, while you choose the ideal Christmas hamper that you will offer, you can enjoy a light meal in the restaurant.

Mercearia Portuguesa Marques Soares Rua das Carmelitas, 92, 4.º Piso, 4009-804 Porto Restaurante Size T.: +351 220 001 820 • size@marquessoares.pt


N

NEWS

‘MELHOR ADEGA 2017’ ‘BEST WINERY 2017’

A Adega de Favaios, situada na região demarcada do alto Douro Vinhateiro e produtora de um dos mais emblemáticos moscatéis portugueses, “o Moscatel de Favaios”, foi nomeada como melhor Adega Cooperativa em Portugal no ano de 2017. De forma a dar eco às tradições, através do enoturismo faz uma ligação entre o passado e o presente. Num ambiente descontraído, pode visitar a adega e conhecer a vinificação dos moscatéis de Favaios e os segredos da casta do Moscatel Galego Branco, provar os vinhos e visitar uma das aldeias vinhateiras mais belas de Portugal “Favaios”. The Favaios Winery, located in the Demarcated Region of the upper Douro Winegrowing and producer of one of the most emblematic Portuguese Muscatel, “Moscatel de Favaios”, was named Best Cooperative Winery in Portugal in 2017.In order to echo the traditions, through the wine tourism, it makes a connection between the past and the present. In a relaxed environment, you can visit the winery and discover the winemaking of the Favaios Muscatels, as well as the secrets of the White Galician Muscatel grape variety, to taste the wines and visit one of Portugal’s most beautiful wine-growing villages, “Favaios”. Lugar dos Pousados, Favaios reservas@adegadefavaios.com.pt

17•56 MUSEU & ENOTECA DA REAL COMPANHIA VELHA

© Luís Ferreira Alves

The 17•56 Museum and Wine Shop of Real Companhia Velha (RCV) is a space where wine, gastronomy and history complement each other. Located on the banks of the Douro River, in the Cais de Gaia, this new visitor centre has the ambition of becoming the reference in the international circuit of wine connoisseurs. In the museum, the history of the Douro is told, the oldest demarcated and regulated region in the world, inseparable from the history of RCV itself. The Enoteca (Wine Shop) intends to contribute to the endorsement of Oporto as one of the ten world capitals of wine. The panoramic terrace and lounge area complete the experience harmonised with sublime wines.

104

MAGAZINE WITH ATTITUDE

© Pedro Kirilos

© Luís Ferreira Alves

O 17•56 Museu & Enoteca da Real Companhia Velha (RCV) é um espaço onde vinho, gastronomia e história se complementam. Localizado à beira do rio Douro, no Cais de Gaia, este novo centro de visitas tem como ambição ser uma referência no circuito internacional dos apreciadores de vinho. No museu conta-se a história do Douro, a mais antiga região demarcada e regulamentada do mundo, indissociável da própria história da RCV. A enoteca pretende contribuir para a afirmação do Porto como uma das dez capitais mundiais do vinho. O terraço panorâmico e a zona lounge completam a experiência harmonizados com vinhos sublimes.

© Pedro Kirilos

17•56 MUSEUM AND WINE SHOP OF REAL COMPANHIA VELHA

Alameda da Rua Serpa Pinto 44B, Vila Nova de Gaia


JBL

Coluna wireless Wireless speaker

PHILIPS

Aparador de barba Beard trimmer

ANKER

SoundBuds

MONTBLANC

Botões de punho Cufflinks

wi shlist FOR HIM

Produtos disponíveis

Products available

MONTBLANC Caneta Pen

DIELMAR JBL

Rádio despertador Alarmclock w/ radio

MONTBLANC

Capa para smartphone Smartphone cover MAGAZINE WITH ATTITUDE

105


INSPIRAÇÃO INSPIRATION CASA DE CHÁ DA BOA NOVA

BRAX

Checkmate LION OF PORCHES

DECENIO

TOMMY HILFIGER LAURÈL

Produtos disponíveis

Products available

WEEKEND MAX MARA BURBERRY BOSS BLACK

MARELLA

BURBERRY

GUESS


INSPIRAÇÃO INSPIRATION

WHIRLPOOL

Máquina de Lavar Loiça Supreme Clean Moderna, elegante, intuitiva

A chef at home

WMF

Jarro

Produtos disponíveis

Products available

VISTA ALEGRE Decantador aroma

VISTA ALEGRE Chávena com pires

WHIRLPOOL

Placa de indução Verdadeiros resultados de Chef

WMF

Caixa de cozedura a vapor

WMF

Fondue

108

MAGAZINE WITH ATTITUDE


INSPIRAÇÃO

© Hotel Intercontinental Palácio das Cardosas

INSPIRATION

Say hello to a new day!

Produtos disponíveis

Products available

CASTELBEL

Difusor de Aroma

PIUBELLE

Saint Germain

110

MAGAZINE WITH ATTITUDE

PIUBELLE Ferdinand

PIUBELLE Ferdinand


N

NEWS LEVI’S

FRESH LEAVES, LEVI’S® X JUSTIN TIMBERLAKE A Levi’s® lançou mundialmente a coleção “Fresh Leaves”, criada em conjunto com o músico e ator Justin Timberlake. Inspirada pela paixão do artista pela música, a coleção-cápsula remistura algumas das peças mais icónicas da marca. Os valores de artesania e os tecidos premium ditam os novos marcos do streetwear, tais como as camisolas de capuz, os blusões de ganga e as camisas. Levi’s® has launched the worldwide “Fresh Leaves” collection, created in partnership with the musician and actor Justin Timberlake. Inspired by the artist’s passion for music, the capsule collection remixes some of the brand’s most iconic pieces. The values of craftsmanship and premium fabrics dictate the new streetwear milestones, such as hoodie sweaters, the denim jackets and the shirts.

Produtos disponíveis

Products available

EUGÉNIO CAMPOS

AMA-TE, EUGÉNIO CAMPOS JEWELS AMA-TE (LOVE YOURSELF), EUGÉNIO CAMPOS JEWELS

A nova campanha da Eugénio Campos Jewels é uma clara homenagem à mulher, enaltecendo-a como um bem precioso. O tempo é sinónimo de amor-próprio e felicidade, e deve ser aproveitado para nos mimarmos e estarmos junto de quem amamos. A principal joia da coleção é Sónia Araújo, a protagonista da campanha e embaixadora da marca há mais de uma década. The new campaign of Eugénio Campos Jewels is a clear tribute to the woman, praising her as a precious treasure. Time is synonymous of self-esteem and happiness, and should be used to pamper ourselves and to be with whom we love. The main jewel of the collection is Sónia Araújo, who is the campaign’s face and the ambassador of the brand for over a decade.

112

MAGAZINE WITH ATTITUDE


FREDPERRY.COM

LISTEN TO BLACK / CHAMPAGNE / CHAMPAGNE


BLOCO DE NOTAS NOTE BOOK

Junho Dezembro June December

4 DEZ 4TH DEC

HARLEM GOSPEL CHOIR

ATÉ 9 DEZ

Junho Dezembro June December

CASA DA MÚSICA

Pelo décimo ano consecutivo, o talvez mais famoso grupo de gospel do mundo troca Nova Iorque por Portugal. Harlem Gospel Choir apresenta um espetáculo com alguns dos maiores êxitos, assentes na sua carreira de quase três décadas. Promete unir toda a família em torno de algumas das mais famosas canções do mundo. For the tenth consecutive year, perhaps the most famous gospel group in the world swaps New York for Portugal. Harlem Gospel Choir presents a show with some of the greatest hits, based on their career of nearly three decades. It promises to unite the whole family around some of the most famous songs in the world.

Julho Janeiro July January

ATÉ 6 JAN 2019 UNTIL 6TH JAN 2019

ANISH KAPOOR: OBRAS, PENSAMENTOS, EXPERIÊNCIAS MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE SERRALVES

A exposição reúne 56 maquetas de projetos de exterior concebidos por Anish Kapoor nos últimos quarenta anos e representativos da sua linguagem escultórica. O Parque de Serralves foi a localização escolhida pelo artista de forma a criar um itinerário através do tempo, do espaço, das formas de perceção e de atribuição de significado. The exhibition gathers 56 models of exterior projects, designed by Anish Kapoor in the last forty years, which are representative of his sculptural language. The Serralves Park was the place chosen by the artist in order to create an itinerary through time, through space, through the forms of perception and attribution of meaning.

114

MAGAZINE WITH ATTITUDE

UNTIL 9TH DEC

VISITAS D’AUTOR 2018

Junho Dezembro June December

MUSEU E IGREJA DA MISERICÓRDIA DO PORTO

As visitas temáticas com história estão de volta à cidade do Porto. A atividade conta com a colaboração de seis prestigiados historiadores - Germano Silva, Joel Cleto, José Ferreira e Silva, José Ferrão Afonso, José Guilherme Abreu e José Manuel Tedim – com profundos conhecimentos sobre a instituição e a cidade. The thematic visits with history are back to the city of Oporto. The activity counts with the collaboration of six prestigious historians – Germano Silva, Joel Cleto, José Ferreira e Silva, José Ferrão Afonso, José Guilherme Abreu and José Manuel Tedim – with profound knowledge of the institution and city.

Fevereiro February

16 FEV 2019 16TH FEB 2019

BALLET DE L’ÓPERA DE LYON LUCINDA CHILDS & TRISHA BROWN

15 A 30 DEZ 15TH TO 30TH DEC

ABERTURAS NOTURNAS NO NATAL TORRE E IGREJA DOS CLÉRIGOS

Com o objetivo de dar continuidade à oferta cultural e integradas no aniversário dos Clérigos, a Torre e a Igreja dos Clérigos abrem as suas portas entre as 19h e as 23h durante a segunda quinzena do mês de dezembro, proporcionando uma experiência única na cidade portuense. With the purpose of providing continuity to the cultural offerings and integrated in the anniversary of the Clérigos, the Clérigos Tower and the Church open their doors to the public between 7 pm and 11 pm during the second half of December, providing a unique experience in the city of Oporto.

Fevereiro February

21 A 24 FEV 2019 21ST TO 24TH FEB 2019

16ª EDIÇÃO DO ESSÊNCIA DO VINHO PALÁCIO DA BOLSA

TEATRO RIVOLI

As mais importantes coreografias da dança pós-moderna são agora retrabalhadas e reinterpretadas pelo Ballet de L’Ópera de Lyon. Em “Dance” de Lucinda Childs há um enfoque nos padrões repetitivos,enquanto “Set and Reset/Reset” de Trisha Brown cria uma fluidez expressiva, próxima da improvisação. O espetáculo será um rodopio de emoções. The most important choreographies of postmodern dance are now reworked and reinterpreted by the Ballet de l’Opera de Lyon. In “Dance”, by Lucinda Childs, there is a focus on repetitive patterns, while “Set and Reset / Reset”, by Trisha Brown, creates an expressive fluidity, close to improvisation. The show will be a whirling of emotions.

Um dos mais importantes eventos de vinho realizados em Portugal acontecerá em fevereiro no local de sempre, o Palácio da Bolsa. O Essência do Vinho reúne milhares de vinhos, nacionais e internacionais, e alguns dos mais conceituados wine experts que irão, mais uma vez, eleger o “TOP 10 de Vinhos Portugueses”. One of the most important wine events held in Portugal will take place in February at the usual place, the Palácio da Bolsa. The “Essência do Vinho” (Wine Essence) brings together thousands of wines, Portuguese and international, as well as some of the most renowned wine experts who will, once again, choose the “TOP 10 of the Portuguese Wines”.


PA

TE

NT

E

IT

AL

IA

NA

Cortina, Italia


MUST-HAVE

É o olhar que nos confere expressão ao rosto e é através da visão que percecionamos o mundo. Diz-se até que os olhos são o espelho da alma, mas hoje, mais do que nunca, os fatores externos têm condicionado e danificado as nossas faculdades visuais. A radiação ultravioleta (RUV) apresenta-se como um dos principais inimigos dos nossos olhos, atacando-os diariamente, faça chuva ou faça sol, de verão ou de inverno e, para combater os seus efeitos nocivos, os cientistas da ZEISS reestruturaram a gama de lentes orgânicas, para proporcionar, diariamente, a máxima proteção à RUV prejudicial. As lentes com ZEISS UVProtect são incolores, mas oferecem a mesma proteção que as melhores lentes coloridas, absorvem todo o espectro nocivo da RUV e asseguram uma experiência visual única e de extremo conforto a quem usa óculos graduados. Vencedora do Prémio Silmo D’Or e líder de mercado na ótica de precisão, a ZEISS combina a técnica e a inovação, levando até si as melhores soluções oftálmicas, para que nunca perca o seu futuro de vista.

Produtos disponíveis

Products available

116

MAGAZINE WITH ATTITUDE

It is how we cast our eyes that provides expression to our face and it is through our eyesight that we perceive the world. It is even said that the eyes are the mirror of the soul; however, nowadays and more than ever, external factors have been conditioning and damaging the abilities of our eyesight. Ultraviolet radiation (UVR) is one of the major enemies of our eyes, attacking them daily; either raining or shining, either summer or winter. In order to fight their harmful effects, ZEISS scientists have restructured the range of organic lenses, to provide a daily maximum protection to harmful UVR. ZEISS UVProtect lenses are colourless; nevertheless, provide the same protection as the best coloured lenses. They absorb the entire harmful spectrum of the UVR and ensure a unique visual experience and extreme comfort for those wearing graduated spectacles. Winner of the Silmo D’Or Prize and market leader in precision optics, ZEISS combines technique and innovation, bringing the best ophthalmic solutions to you, so you never lose your future from sight.


Máxima protecção UV. Todo o dia. Todos os dias. ZEISS UVProtect Technology

2018 P ré m i o a V isão i r o g e t Ca

Lentes ZEISS com UVProtect Technology O novo padrão para as lentes oftálmicas incolores. • A radiação UV está sempre presente. Ao longo de todo o ano, durante todo o dia, mesmo nos dias nublados. • A radiação UV é um dos maiores desafios de longo prazo para a saúde ocular. • A protecção aos UV é recomendada até aos 400 nm. Mas quase 80 % das actuais lentes incolores não oferecem a máxima protecção UV. www.zeiss.pt/vision


sugenss tões suggestio

LEITURA

LIVRARIA LELLO

READING

Os livros apresentados encontram-se apenas disponíveis na Sala Gemma, na Livraria Lello, uma sala dedicada ao livro antigo, ao livro raro, a primeiras edições e a livros de luxo. The books presented are only available in the Gemma Room, at the Lello Bookstore, a room dedicated to the old books, to the rare books, to first editions and luxury books.

re Lello Booksto

, Rui Moutinho aria Lello livreiro da Livr , ho Rui Moutin ore Lello Bookst bookseller at

THE IMPOSSIBLE COLLECTION OF WINE

Director Creativo | Creative Director: Camile Dubois Editora | Publisher: Assouline Idioma | Language: Inglês English

De dimensão generosa, este livro de acabamento artesanal faz uma retrospetiva das 100 garrafas de vinho mais icónicas de todos os tempos. Contém centenas de imagens relacionadas com o tema, grande parte coladas à mão. Of generous size, this handmade finishing book makes a retrospective of the 100 most iconic wine bottles of all times. It contains hundreds of images related to the theme, mostly hand-glued.

O DOURO MARAVILHOSO THE WONDERFUL DOURO

DICIONÁRIO ILUSTRADO DO VINHO DO PORTO PORT WINE ILLUSTRATED DICTIONARY

Autor | Author: Correia de Azevedo Edição de autor Author’s edition Idiomas | Languages: Português, Francês e Inglês Portuguese, French and English

A obra apresentada conta a história do vale vinícola e da região demarcada mais antiga do mundo, o Douro. The work presented tells the story of the wine valley and the oldest demarcated wine region in the world, the Douro.

Autores | Authors: Manuel Pintão e/and Carlos Cabral Editora | Publisher: Porto Editora Idioma | Language: Português Portuguese

Fruto de seis anos de pesquisa, este dicionário reúne mais de 3000 entradas e 600 imagens com o objetivo de resumir a história do vinho do Porto. Uma obra de grande interesse não só para historiadores e investigadores, como para qualquer amante do Vinho do Porto. The result of six years of research,

VITICULTURA E VINICULTURA VITICULTURE AND VINICULTURE Autor | Author: Visconde Villarinho de S. Romão Editora | Publisher: Imprensa Nacional Idioma | Language: Português Portuguese

the history of Port wine. A work of great interest

Um manual sobre o vinho do Douro e Trás-os-Montes que data do ano 1896. Nesta edição elegante e muito bem conservada, podemos encontrar devidamente ilustradas diversas técnicas e práticas do mundo vinícola. A guidebook on the Douro and Trás-os-

not only for historians and researchers, but also

-Montes wines dating from the year 1896. In this elegant and very well preserved edition, we

for any Port wine lover.

can find duly illustrated various techniques and practices of the wine world.

this dictionary brings together more than 3,000 entries and 600 images, in order to summarise

118

MAGAZINE WITH ATTITUDE


CRÓNICA CHRONICLE

SUSANA

ESTEBAN

Douro: bom vinho e boas amizades Douro: good wine and good friendships Sempre senti uma certa curiosidade pela cultura do vinho e sabia que queria estudar e trabalhar em algo relacionado com a agricultura. Foi assim que comecei a saltar de cursos de prova, para estágios em adegas e nunca mais consegui parar. Para além disso, o Norte sempre fez parte de mim, porque nasci e vivi em Tui toda a minha infância e, habitualmente, vinha para Portugal com a minha família. Mas foi o Vinho do Porto que me fez passar a fronteira quando no final do meu mestrado em Enologia, decidi estagiar numa empresa portuguesa. A região do Douro foi a minha casa durante 8 anos e, ainda hoje, a sinto como minha. Apesar de já não viver no Norte, sinto uma grande ligação à região, nomeadamente à cidade do Porto e nunca esquecerei a Foz, a Ribeira, a baixa e os seus recantos. Também no Norte fiz boas amizades! Foi lá que conheci a minha grande amiga Sandra Tavares que, tal como eu, não sendo do Douro, se apaixonou por ele. Com ela vi nascer o vinho Crochet, um projeto muito importante para mim, porque perpetuou a minha ligação ao Norte, onde vou sempre que posso, para enganar a saudade. I had always been curious about the wine culture and I knew that I wanted to study and work on something related to agriculture. That is how I started, jumping from taste courses to internships in wine cellars and since then I could never stop. Besides this, the North of Portugal has always been a part of me. I was born and lived in Tui all my childhood and, usually, I came to Portugal with my family. Nevertheless, it was the Port Wine that made me cross the border, when at the end of my master’s degree in Oenology, I decided to do traineeship in a Portuguese company. The Douro region was my home for 8 years and I still feel it to be my home. Although I no longer live in the North of Portugal, I feel a great connection to the region, namely the city of Oporto and I will never forget Foz, Ribeira, Baixa (downtown) and its nooks and crannies. I also made good friends in the North of the country! It was there that I met my great friend Sandra Tavares, who, like me, was not from the Douro and fell in love with it. With her, I witness the Crochet wine to be born, a very important project for me, because it perpetuated my connection to the North of the country, where I go whenever I can, to deceive the lost longing.

120

MAGAZINE WITH ATTITUDE

Perfil SUSANA ESTEBAN É GALEGA, É A ÚNICA MULHER COM O TÍTULO DE “ENÓLOGO DO ANO” NO CURRÍCULO E ENCONTRA NO PORTO A SUA SEGUNDA CASA.

Profile Susana Esteban is Galician, she is the only woman holding the title of “Winemaker of the Year” in her curriculum and finds in Oporto her second home.


Le Petit Prince® The Little Prince® © Antoine de Saint Exupéry Estate. Licensed by LPP612. * A criar novos horizontes.

C r e a t i n g n ew h e i g h t s . * Hugh Jackman incentiva o poder da imaginação com a nova caneta Montblanc Meisterstück Le Petit Prince. montblanc.com/petit-prince


Profile for Marques Soares

Magnitude 10  

É com um enorme prazer que apresentamos a 10º edição da nossa revista Magnitude. Nesta edição, embarque connosco numa viagem muito especial...

Magnitude 10  

É com um enorme prazer que apresentamos a 10º edição da nossa revista Magnitude. Nesta edição, embarque connosco numa viagem muito especial...