Page 1

Polícia Civil realiza operação Cisne Negro em Felixlândia

Ministério Público afasta dois diretores do presídio e um agente de segurança em Curvelo

Página 11

Página 11

EDIÇÃO 003 - CURVELO/MG, 22 DE JUNHO DE 2013

O Jornalismo a serviço de Curvelo e Região

Curvelanos vão às ruas

Curvelo não poderia ficar fora de um momento histórico como esse em que o gigante, antes adormecido, acordou para protestar contra a corrupção, os maus serviços prestados pela administração pública, o uso inadequado das verbas oficiais e os desmandos da classe política brasileira. Curvelo deu um show de civilidade, civismo e de organização ao comandar uma manifestação pacífica sem espaço para vândalos. Foram reunidas pessoas de todas as idades, incluindo idosos e crianças. Em primeiro plano estava o descontentamento, a exemplo das manifestações por todo o país. Isso porque os jovens

não estavam preocupados em sentar para debater uma pauta de reinvindicações. Quem cuida disso são os especialistas e os técnicos, uma vez que a população brasileira não entende de gestão hospitalar e seus meandros para fazer uma pauta específica sobre o setor, só para citar um exemplo. Mas a população brasileira sabe, sim, o que é ficar quatro horas ou mais na fila para ser atendido em um pronto socorro. A população brasileira sabe o que é esperar meses para confirmar um diagnóstico de câncer pelo SUS. E a população brasileira, por fim, não sabe como deve ser tecnicamente essa tal reforma polí-

tica. Mas ela sabe que ela tem de ser feita no intuito de diminuir a roubalheira e a compra de votos. Isso ficou claro na manifestação: os jovens podem não saber exatamente o que querem e como promover jurídica e constitucionalmente essas mudanças. Mas, assim como o Brasil, os jovens – e demais participantes - da manifestação Acorda Curvelo sabem o que NÃO querem. Confiram os cartazes e as fotos do protesto. Mais preocupados estavam – assim como toda a população brasileira – em dizer BASTA! CHEGA! O GIGANTE ACORDOU!

Editorial

Picada de Vespa

Reportagem completa

Página 03

Página 04

Página 05

Morte de curvelano acidentado em BH durante manifestação choca a cidade. Nota de pesar e reportagem na página 07 Verde- Vai para o bom exemplo que os jovens curvelanos deram durante a manifestação. Amarelo- Não é a primeira reclamação que nos chega em relação aos peritos do INSS. E o pior, ninguém se manifesta em favor das vítimas. Amarelou pro lado deles. Vermenho- Não tem como não criticar. Está uma vergonha a falta de médicos e remédios nos postos de saúde de Curvelo. Isso vai até quando?

Perícia médica na berlinda Filha de paciente bastante debilitada faz grave denúncia contra médico perito do INSS em Curvelo. Segundo ela, sua mãe foi tratada com descaso e passou momentos de terror nas mãos do perito. Página 11


02

CURVELO - MG, 22 DE JUNHO DE 2013

Padaria Big Pão de cara nova São 30 anos de bom atendimento e qualidade Padaria Big Pão, com novas instalações para servir aos clientes

Lanchonete agora com sanduíches, deliciosas pizzas e choperia

Pão quentinho a cada duas horas

Sorveteria Fruto da Fruta

Venha conhecer as novidades EDITAL DE SEGUNDO E ÚLTIMO PÚBLICO LEILÃO E INTIMAÇÃO CARBONITA-MG Data do leilão: 09/07/13 A partir das: 17:00 Local:CAIXA ECONOMICA FEDERAL - AGENCIA ITAMARANDIBA - RUA TRAVESSA TIRADENTES NUM 45, ITAMARANDIBA-MG ISAIAS ROSA RAMOS JUNIOR, Leiloeiro Oficial matricula JUCEMG: 831 estabelecido a AVENIDA FRANCISCO DE PAULA FERREIRA, Nº 959, PATOS DE MINAS, MG, telefone 3438142286 faz saber que devidamente autorizado pelo Agente Fiduciário do EX_BNH, venderá na forma da lei Nº 8004, de 14/03/1990 e Decreto Lei Nº 70 de 21/11/66 e regulamentaçao complementar RC 58/67, RD 08/70 e CFG 10/77, no dia e local acima referidos, os imóveis adiante descritos para pagamento de dívidas hipotecárias em favor de EMPRESA GESTORA DE ATIVOS - EMGEA.A venda à vista, sem utilização de recursos do FGTS ou Carta de Crédito, será feita mediante pagamento à vista, podendo o arrematante pagar, no ato, como sinal 20% (vinte por cento) do preço de arrematação e o saldo devidamente corrigido no prazo impreterível de 08(oito) dias, sob pena de perda do sinal dado.A venda com financiamento da EMPRESA GESTORA DE ATIVOS EMGEA será feita através de Carta de Crédito, conforme normativo do Agente Financeiro, que poderá ser obtida junto a qualquer Agencia especificada ao lado dos contratos, após análise cadastral e comprovação de renda.Os interessados na obtenção de Carta de Crédito para aquisição dos imóveis constantes deste edital e/ou utilização dos recursos do FGTS deverão procurar uma Agencia da EMPRESA GESTORA DE ATIVOS - EMGEA indicada com no mínimo 5 (cinco) dias de antecedência com relação a data do leilão.As vendas serão realizadas pelo maior lance.É vedada a participação de empregados e dirigentes da CAIXA, seus companheiros ou cônjuges, casados sob o regime de comunhão universal ou comunhão parcial de bens, ofertando lances no 1º e 2º leilões das execuções extrajudi-

Maior comodidade: ligue (38) 3721-7667 Av Timbiras, 171 - Curvelo

ciais.As despesas relativas a comissão de leiloeiro, registro, imposto e taxas, inclusive condomínio, e despesas com execução extrajudicial correrão por conta do arrematante. Caso o imóvel esteja ocupado, o arrematante fica ciente que será o responsável pelas providências de desocupação do mesmo. O leiloeiro acha-se habilitado a fornecer aos interessados, informações pormenorizadas sobre os imóveis.Ficam desde já intimados do presente leilão, os mutuários, caso não sejam localizados. SED 39867 - CONTRATO 8011200000372- EMPRESA GESTORA DE ATIVOS EMGEA - 01120 TEIXEIRA FREITAS JOAQUIM DA ROCHA SOARES, BRASILEIRO(A), SUPERVISOR DE EQUIPE, CPF 50988395649, CI M-3565731 SSP/MG, CASADO(A) COM, APARECIDA DO ROSARIO AZEVEDO SOARES, BRASILEIRO(A), FUNCIONARIA PUBLICA ESTADUAL, CPF 67969496687, CI M-4420368 SSP/MG. DESCRIÇÃO DO IMÓVEL: PREDIO RESIDENCIAL, A RUA RITA DE DODO, Nº 49, LOTE Nº 07, QUADRA A, BAIRRO DO CRUZEIRO, EM CARBONITA, CONTENDO QUATRO DORMITORIOS, UM BANHEIRO, UMA COZINHA, UMA AREA DE SERVIÇO, UMA SALA, UMA VARANDA, COM AREA CONSTRUIDA DE 120,39M2, AREA DE 310M2, COM TODAS AS SUAS INSTALAÇOES, BENFEITORIAS, PERTENCES, ACESSORIOS E GARAGEM SE HOUVER. EXISTE ACAO DO(S) MUTUARIO(S) CONTRA CAIXA/EMGEA AINDA PENDENTE DE DECISAO, QUE TEM COMO OBJETO O IMOVEL EM QUESTAO, SEM OCORRENCIA DE DEFERIMENTO DE LIMINAR OU TUTELA ANTECIPADA QUE INVIABILIZE A VENDA DO BEM EM HASTA PUBLICA. PATOS DE MINAS, 15/06/13 ISAIAS ROSA RAMOS JUNIOR


CURVELO - MG, 22 DE JUNHO DE 2013

03

Iluminação Pública:

Agora será de responsabilidade dos municípios Desde a publicação da Resolução Normativa - Nº 414, da Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL, os administradores públicos mineiros passam a ter mais uma preocupação. Com a Resolução, a competência da gestão dos ativos da iluminação pública será dos Municípios, que passarão a se responsabilizar pelo funcionamento e manutenção do braço da luminária, até a lâmpada e equipamentos indispensáveis para o funcionamento do serviço. Além disso, as cidades também passam a ser responsáveis pelos serviços de elaboração de projeto, implantação, expansão, operação e manutenção das instalações de iluminação pública. Ainda sem uma resposta, os gestores mineiros não sabem qual o tamanho do impacto dessa ação para os cofres públicos e nem como gerir essa nova demanda que, até então, vai ser de responsabilidade das prefeituras,

a partir de fevereiro de 2014. Uma das grandes preocupações dos municípios é como gerir os ativos, uma vez que esse processo necessita de um quadro de funcionários qualificados na área de energia elétrica, além de diversos equipamentos com valores elevados para a manutenção do serviço. É preciso lembrar ainda que o atual momento financeiro das cidades mineiras é muito preocupante, devido à falta de receitas para cumprir com suas obrigações constitucionais, principalmente, pela perda com a política de desoneração de impostos adotada pelo Governo Federal nos últimos tempos. A Associação Mineira de Municípios - AMM, representante legítima das cidades mineiras, preocupada com essa situação, tem - se mobilizado para encontrar a melhor solução para essa nova demanda que se apresenta aos municípios do estado. Conhecedora

de que quase nenhuma cidade mineira possui informações claras acerca dos custos que a transferência acarretará às cidades, a AMM, até o momento, já fez uma consulta sobre o tema ao Tribunal de Contas do Estado - TCE/MG e enviou um ofício à ANEEL pedindo esclarecimentos da Resolução. Promoveu ainda o 1º Fórum Mineiro de Iluminação Pública e ajuizará uma ação, em defesa dos municípios, para impedir a transferência dos ativos de iluminação pública para as cidades. O Presidente da AMM e Prefeito de Barbacena, Antônio Carlos Andrada, acredita que este tema ainda precisa de uma atenção especial. "A transferência dos Ativos de Iluminação Pública para os municípios mineiros ainda é muito obscura. Não temos posições claras dos atores desta discussão, ainda não conhecemos os ônus ou bônus desta

transferência. É preciso muito cuidado no momento em que estivermos nas mesas de negociações, uma vez que esta decisão vai ter impacto direto nos cofres municipais e principalmente no cotidiano de nossos cidadãos", destaca. A AMM, durante esse processo, tem assumido um papel de grande relevância, já tendo prorrogado a data da transferência, que antes aconteceria em 2012, para o ano de 2014, além de estar sempre atenta às discussões deste tema em todo o território nacional, fazendo visitas a estados onde os municípios já são responsáveis por esta demanda. Agora, a Associação sai mais uma vez em busca de resposta ao realizar recentemente o 2º Fórum Mineiro de Iluminação Pública. O Objetivo da AMM é encontrar respostas para os anseios dos gestores mineiros quanto a essa nova obrigação e promover uma discussão mais aprofundada do tema.

Oração ao Divino Pai Eterno Pai Eterno, Senhor de toda a força e poder, dai-me hoje a segurança do Vosso amor e a certeza de que estais comigo. Peço ajuda e proteção, nesta hora tão difícil de minha vida. Preciso da Tua assistência, Pai Eterno, do teu amor e da tua misericórdia. Tira de mim o medo, tira de mim esta dúvida, esclarecendo meu espírito abatido com a luz que ilumina o Teu Divino Filho Jesus Cristo, aqui na terra. Que eu possa receber toda a Tua grandeza, Pai Eterno, a Tua presença em minha vida, hora a hora, minuto a minuto. Que eu sinta o Teu Espírito e a Tua voz dentro de mim, ao meu redor, nas mi-

nhas decisões deste dia. Que eu sinta o Teu maravilhoso poder pela oração e com este poder, Pai Eterno, espero pelos milagres que podes realizar em favor da resolução dos meus problemas. Não me deixes e nem me abandones, para que eu não caia em desespero e nem perca a fé nesta caminhada rumo à eternidade. Entrego-te, neste dia, a minha vida e a de minha família. Livraime de minhas moléstias, ainda que seja por milagre. Obrigado, Pai Eterno, meu Deus, meu mestre e amigo. Sei que vais me dar à solução do que tanto preciso.Amém!(Missa todas as quarta-feiras às 19hs na Matriz de Santo Antônio em Curvelo)

Oração a Santa Rita de Cássia

Não permitais que tenha de me afastar dos vossos pés sem ser atendido. Se houver em mim algum obstáculo que me impeça de obter a graça que imploro, auxiliai-me para que o afaste. Envolvei o meu pedido em vosso preciosos méritos e apresentai-o a vosso celeste esposo, Jesus, em união com a vossa prece. Ó Santa Rita, eu ponho em vós toda a minha confiança; por vosso intermédio, espero tranquilamente a graça que vos peço. Santa Rita, advogada dos impossíveis, rogai por nós.

Ó poderosa e gloriosa Santa Rita, eis a vossos pés um alma desamparada que, necessitando de auxílio, a vós recorre com a doce esperança de ser atendida por vós que tendes o incomparável título de SANTA DOS CASOS IMPOSSÍVEIS E DESESPERADOS. Ó cara Santa, interessai-vos pela minha causa, intercedei junto a Deus para que me onceda a graça de que tanto necessito (dizer a graça que deseja).

Acorda Curvelo O gigante acordou! Não principal da mudança e do foi o aumento de R$ 0,20 das processo histórico. passagens de ônibus superloJá dizia “Teixeira Pascoatados e sucateados. O gigante res” a nação deixará de ser um acordou pelo descaso. O gi- fim em si próprio, para ser um gante acordou porque a classe meio, através do qual se possa política brasileira abusou. alcançar um objetivo maior -a Abusou e muito. Em meio a humanidade. hospitais sucateados com méCompreende assim a afirdicos sem material de sutura mação de Fernando Pessoa: ou ele”A nação “E é este o recado que o gigante é o camifantes brancos adormecido que acordou como um n h o sem mé- dragão cuspindo fogo está man- entre o d i c o dando a todos os governantes” i n d i v í algum, o gigante acordou. Sim, duo e a humanidade.” Por isso o gigante acordou ao ver está- podemos concluir que o nadios superfaturados diante do cionalismo do passado poderá seu amor (in) condicional dar lugar ao espírito supra napelo futebol. O gigante acor- cionalista do futuro, mas com dou reagindo ao apetite voraz a presença da ideia de uma do governo em arrecadar im- identidade nacional. postos e pagar tão mal os proJá Samuel Pinheiro Guifessores. O gigante acordou marães em um de seus artigos cutucado pela corrupção. descreve: “Nação (...) é uma Acordou para mostrar que comunidade de indivíduos todo poder emana do povo e vinculados social e economipelo povo será exercido! camente, que compartilham E é este o recado que o gi- certo território, que reconhegante adormecido que acor- ceu um passado em comum dou como um dragão (...) que tem uma visão do fucuspindo fogo está mandando turo comum e que acreditam a todos os governantes – de ve- que esse futuro será ainda mereador e prefeito a governado- lhor se nos mantivermos unires e presidente da República. dos.” Não se esqueçam, senhores adEnganaram-se aqueles que ministradores, que o povo deve acreditaram que o povo estava ser ouvido, respeitado e bene- dormindo. Esse foi o grito de ficiado com bons serviços, alerta para aqueles que goverboas escolas (incluindo aqui nando achavam que o povo professores valorizados, obvia- absorvia tudo que deles vinha. mente), bons hospitais (inTodo cuidado será pouco cluindo bom atendimento e daqui por diante, a força da medicamentos). E isso é só união do povo brasileiro foi para cocolocada “Com certeza o Brasil será mais meçar. a prova e Brasil, Curvelo será mais CurBasta ver sem dúa fúria velo, daqui por diante de um povo vida ela é nas ruas que resolveu querer e ser melhor” a suprepara comprovar que a demo- macia da nação. Quando se cracia e os direitos do povo saí- aprende o caminho, a rédea ram efetivamente do papel, ou perde muito de sua função. melhor, daquela bonita e moApesar de algumas infiltraderna Constituição da Repú- ções desordeiras e radicais, o blica de 1988. que estamos vendo até agora é Em meio a tudo isso, a boa uma verdadeira aula de civilinotícia, além do despertar dade onde a exemplo de Curpuro e desse nosso país mara- velo, os conceitos de vilhoso e sofrido, é a recupera- educação, união e objetividade ção da autoestima do povo são evidentes. A voz do povo brasileiro. É com essa autoes- brasileiro se fez ouvir por tima que o brasileiro está todos os cantos do Brasil, das agora, mais do que nunca, fa- capitais aos rincões, com a zendo nascer um espírito na- mesma intensidade, conduta e cionalista e patriótico há competência. muito não visto e nem sentido. A história temporal não é Este sim, muito mais impor- apenas um fato isolado, mas tante e grandioso que qual- sim peça integrante de um quer outro movimento: o marco incisivo na história real exercício pleno da cidadania e de um povo, de uma nação e da democracia. São esses com- de uma época. portamentos que fazem com Com certeza o Brasil será que cada cidadão seja mais do mais Brasil, Curvelo será mais que um mero coadjuvante do Curvelo, daqui por diante de processo evolutivo. Ele é o um povo que resolveu querer protagonista, o ator e o agente e ser melhor.


04

CURVELO - MG, 22 DE JUNHO DE 2013

Passeata Um dos assessores do prefeito de primeiro escalão, quando com ele, comentaram sobre o fato de os manifestantes do Movimento Acorda Curvelo estarem protestando em frente à Prefeitura e que Maurílio poderia não gostar, mas não se fez de rogado. Soltou essa: “que nada, ele nem vai se abalar, pois no início do seu primeiro mandato fizeram até seu enterro simbólico. Mas ele seguiu em frente, trabalhando, imagina se agora ele vai se importar?”.

Aqui é a voz do Povo mostra, é mesmo a corrupção associada aos maus serviços prestados e aos serviços caros. Que os políticos brasileiros coloquem suas barbas de molho. O gigante despertou com ódio de político corrupto e não vai deixar barato. A impunidade está com os dias contados. Se a justiça não cuidar, o caldo terminará de entornar. E aí, salve-se quem puder. Correios

Passeata I O caldo entornou, o balde transbordou. E foi aquela gota d’ água, o vintém, os vinte centavos... Mas a verdade é que o grito entalado saiu da garganta e entre um vândalo e outro, que nem nas manifestações deveriam estar, o povo brasileiro acordou. E o curvelano também. Em todo o país, o principal e mais forte motivo, pelo que vimos e a mídia

Tudo bem que as novas instalações dos Correios ficaram uma maravilha em Curvelo. Mas a demora do atendimento está demais, principalmente, nos dias de pique nos bancos. Nesses dias, então, a situação fica muito pior, só não ganham do Banco do Brasil. Tem gente que fica até 40 minutos na fila. Quando acaba o atendi-

Vende-se lote Vendo lote com 200m2, contendo um barracão de laje com três cômodos, situado na rua Fernando de Noronha, 208 no São Pedro. Curvelo. Contato: Rodrigo (38) 9934-88060

mento, aí o funcionário (coitado) vem oferecer produtos dos Correios. É tele sena, loteria e o escambau. Sabemos que os funcionários não têm culpa de nada, eles estão lá cumprindo ordens. São educadíssimos e gentis, diga-se de passagem, mas todos têm seus afazeres e querem agilidade no atendimento. Cadê a superintendência dos Correios que não toma providência? Será que tem o mesmo pensamento do Banco do Brasil? Não estão nem aí para o povo aqui, importando-se só em faturar e faturar. Mas tem uma coisa (grande diferença): a gerência dos Correios em Curvelo nem se compara com os gerentes do Banco do Brasil. Bom, ela é daqui faz o que pode, quanto aos gerentes do BB são de fora. Ficam aqui por um tempo, fazem é desagradar a clientela e aí vão embora...

Apelo à imprensa A senhora Marilúcia Ribeiro está pedindo que toda a imprensa curvelana publique a sua reclamação. Como este jornal é a voz do povo, aqui vai a sua reclamação: “por favor faça uma matéria sobre os quebra-molas na cidade. Está difícil passar de carro nos bairros aqui em Curvelo. Cada um quer fazer um maior que o outro. Só depois que acontecer uma desgraça é que a prefeitura tomará providências. No bairro dos Pinheiros então, tá uma calamidade, não se cria mais filhos nas ruas. Ou é pra dificultar passagem de carros ou por algum outro motivo. Curvelo está ficando uma cidade sem lei, todos fazem o que querem, é uma vergonha pra nossas autoridades que há muito nos tratam com descaso”.

Mais descaso O Dnit, departamento responsável pelas estradas federais, há anos fechou o acesso final da rua Alto Bom Jesus com a BR 135, próximo ao Denise ll. Segundo o Dnit, na época, era para evitar acidentes. Mas só que para onde foi liberado para dar acesso a BR os acidentes triplicaram até com morte. Será, que, agora, em Curvelo, vai ter político com P maiúsculo para resolver isso?

surpresa pelo fato do deputado Vanderlei Miranda expor uma crítica tão rasteira ao Conselho Federal de Psicologia. Penso que este assunto exige de nós maior conhecimento e certa maturidade para evitar que o "calor do momento" nos faça posicionar de forma superficial. Ressalto que encaminhei esta edição do jornal para uma conselheira do Conselho Federal de Psicologia e gostaria de saber se o seu jornal, espaço democrático que deve ser, cederá espaço para que o conselho federal de psicologia possa expor também suas ideias. Aguardo sua resposta.Att.,Eliane Paixão.”

Recado aos políticos Cara leitora, “Confesso que fiquei impactada com a última edição, especificamente com a reportagem sobre como a política de Curvelo tem discutido um assunto tão sério como o combate às drogas. Sou psicóloga e fiquei

Vende-se

VENDE – SE UMA CASA

Pick up fiorino Em otimos estado Ano:93/93 Gasolina Motor Argentino R$ 6.000,00 (38) 9862-8866 Matheus

AV. OTHON BEZERRA DE MELLO Nº 714 BAIRRO: MARIA AMÁLIA TRATAR COM SANDRO TEL.:9902-2389

O JORNAL CENTRO DE MINAS está aberto a todas as tendências e opiniões. Será enriquecedor ampliar o debate em torno do assunto tão polêmico e importante. Estamos à disposição.

Aluga-se sítio rural para festa, temporada ou moradia. São cinco mil metros puro lazer, à três kms do centro de Curvelo. Contato:

(31) 99820476 (38) 9962-8866


CURVELO - MG, 22 DE JUNHO DE 2013

05

Manifestação Acorda Curvelo agita a cidade Jovens, idosos e crianças participaram do ato cívico Cerca de mil pessoas, segundo cálculos da Policia Militar, lideradas por jovens estudantes saíram da Praça da Estação, no último dia 20, percorreram as principais ruas de Curvelo e formaram coro aos demais manifestantes que lotaram as praças públicas de todo o país. Os protestos e atos cívicos que começaram para registrar o descontentamento da população com os frequentes e aviltantes aumentos dos preços das passagens de ônibus, principalmente nos grandes centros, ganhou corpo tão logo foi feita a conjugação entre inflação, maus serviços e míseros investimentos na saúde e educação em contraponto aos gastos exorbitantes para a realização das Copas das Confederações e do Mundial (2014). O caldeirão terminou de ferver diante das frequentes denúncias de corrupção e assim, o gigante despertou. Cartazes como os “Desculpe o transtorno, estamos mudando o Brasil”, “Não faltam médicos no país, mas sim investimentos na saúde” e “O poder vem do povo” coloriram as passeatas, e o descontentamento extrapolou os vinténs (R$ 0,20), chegando inclusive às prefeituras. O mesmo aconteceu em Curvelo, onde os manifestantes, em frente ao prédio da administração municipal, mesmo cientes da justifi-

cada ausência do prefeito Maurílio Guimarães em audiência na Cidade Administrativa, deixaram um recado: jovens e demais cidadãos de Curvelo estarão mais atentos e atuantes aos gastos públicos, bem como à pauta de investimentos. Querem ser ouvidos quando o dinheiro do povo for aplicado em uma escola, ou praça pública, ou hospital e ampliação do quadro de funcionários. O mesmo recado foi dado aos vereadores quando um dos cartazes questionava o salário de um parlamentar curvelano em comparação às horas trabalhadas e comparecimento a apenas quatro reuniões mensais. A reportagem do Jornal CENTRO DE MINAS, registrando a competência da Polícia Militar em organizar e dar cobertura durante todo o trajeto feito pelos manifestantes, verificou também a boa organização e o aspecto pacífico do protesto. Foram ouvidos diversos participantes, entre os quais o jovem Frederico que destacou: “não temos especificamente nada contra a presidente Dilma e nem contra os nossos políticos daqui. Mas temos que cobrar deles - prefeito e vereadores, afinal nós os elegemos. Cobramos deles para eles cobrarem dos políticos lá de cima”. Já o estudante Matheus disse que os comporta-

Não apenas os jovens estudantes de Curvelo fizeram presença no movimento

Curvelo respondeu sim ao apelo do gigante adormecido que agora despertou

Cartazes deixavam claro que a população quer mesmo retomar as rédeas do poder que vem do próprio povo

Contagiante foi o movimento em Curvelo já que muitos aderiram à manifestação pelo caminho

mentos de comodismo e alienação não serão mais frequentes entre os jovens. “Muita coisa acontecia debaixo de nosso nariz e a gente não fazia nada, corríamos para o mato, para nos escondermos. Agora não, as coisas vão ser diferentes, pois qualquer insatisfação voltamos às ruas”. Segundo João Paulo “a gente tem obrigação de ficar sabendo das coisas. Só hoje que tomei conhecimento que o nosso prefeito comprou um veículo de mais de R$150 mil para servir ao seu gabinete. Não acreditávamos que seu salário é de R$ 20 mil, dos seus secretários R$8 mil, os vereadores tem o seus vencimentos de R$8 mil também. É muito dinheiro tirado do nosso bolso para pouca gente com resultado insatisfatório”. A estudante Raquel vai além ao questionar o critério de prioridade e emergência: “realmente temos que ter as nossas praças bem cuidadas. Fiquei sabendo que o Prefeito conseguiu junto aos seus deputados milhões para reformar a praça Benedito Valadares. Tudo bem. Merece. Mas o que queremos de imediato é faculdade. Temos dois excelentes hospitais, vai vir agora o do Câncer. Porque os nossos políticos aqui não correm atrás de uma Faculdade de Medicina?". Os questionamentos, protestos e descontentamento frente aos políticos e administradores públicos no geral foram diversos. Teve quem protestou contra o precário atendimento do Banco do Brasil, a cobrança da taxa de esgoto, a falta de ajuda da prefeitura no combustível para os ônibus dos estudantes que estudam em outras cidades, além da falta de segurança e a crescente onda de assaltos e de drogas. A falta de médicos e remédios nos postos de saúde também esteve em pauta. A assessoria da Prefeitura Municipal informou que o prefeito Maurílio Guimarães está à disposição para ouvir as lideranças e avaliar a lista de reivindicações.


06

CURVELO - MG, 22 DE JUNHO DE 2013

Nota de pesar: O JORNAL CENTRO DE MINAS se solidariza com familiares e manifesta pesar pelo falecimento do jovem curvelano, Douglas Henrique de Oliveira, 21 anos(foto), em consequência do traumatismo craniano proveniente da queda sofrida do viaduto nas proximidades do Mineirão, em Belo Horizonte, na última quarta-feira, por ocasião do ato cívico junto ao jogo da Seleção Brasileira e Uruguai pela Copa das Confederações. Douglas Henrique faleceu na madrugada da última quinta-feira, no Hospital João XXIII, para onde foi levado após o acidente. Referência em traumas em todo o país, o Hospital João XXIII confirmou a morte do jovem ainda no início do dia. Sepultado em Curvelo, sua terra natal, no cemitério Santa Rita, morava atualmente em Contagem

com a mãe, Dona Neide e duas irmãs. Ele era filho do sr. Francisco de Souza. O jovem engajado no movimento pela participação pono processo pular democrático e pela ética política no nosso país, provavelmente foi vítima de uma fatalidade já que, segundo vem sendo apurado, pulou do

viaduto imaginando ter outra rampa. Douglas, era chamado carinhosamente pelos amigos curvelanos de “Chororó”, conforme relatos em sua página no facebook, era um jovem sensível às causas sociais. Sonhava com um Brasil melhor e mais justo. Torçamos para que seu sonho se realize.

Foto: Pedro Gontijo/AFP

Momento em que os Bombeiros socorre Douglas Henrique que caiu da ponte durante protestos


CURVELO - MG, 22 DE JUNHO DE 2013

07


08

CURVELO - MG, 22 DE JUNHO DE 2013

Jubileu de Cemitério do Peixe – 2013 Raimundo Nonato de Miranda Chaves

Fevereiro de mil novecentos e quarenta e quatro, com dez anos de idade, cinco horas da manhã, eu acordei com badaladas fortes e rápidas do sino bem abaixo da janela; dormia no segundo piso. Levantei a cabeça meio atordoado, na minha frente, dezenas de camas em fila dupla, alguns colegas já se vestiam quando irrompeu no dormitório, como um furacão – era o jeito dele –, o reverendíssimo padre Caio, magro, agitado, cabelo escovinha, sempre com pressa; na direita, uma sineta que não parava de badalar, com a esquerda, ia puxando as cobertas de quem ainda permanecia deitado; ao mesmo tempo que exortava os dorminhocos: Benedicamus domine! Dizia ele, e, quem já estava acordado, respondia: Deo gracias! Hoje, o cenário é diferente: O reverendíssimo padre Mauro Carvalhais, ainda, exortando os romeiros: Bendigamos ao Senhor! E, todos nós respondemos: Graças a Deus! Mas, eu sou, apenas, a sineta a anunciar, com meu artigo: o Jubileu do Cemitério do Peixe se aproxima! Está na hora de visitar a localidade Cemitério do Peixe, rever sua casa, fazer aquele pequeno reparo, uma caiação ligeira, carpir o mato no entorno da casa e, aguardar a terceira semana de agosto para celebrar o Jubileu. São Miguel e Almas estão nos aguardando. Se você não tem casa, então, exponha ao sol a barraca e toda a tralha de acampar, há que se tirar o mofo. Se você não tem casa e não tem barraca, mas, gosta de cavalgar, pois, vá cuidar dos arreios para se apresentar elegante na chegada das cavalgadas. Sempre há o que fazer, o importante é estar preparado e se fazer presente à romaria. Padre Mauro Carvalhais, evangelizador experiente, extremamente dedicado, nunca se cansa de falar sobre a romaria e sempre convida gente e mais gente para visitar, para conhecer o Cemitério do Peixe. Ele é um apologista do Jubileu e me envolveu nesta paixão: divulgar o Jubileu do Cemitério do Peixe. Certa ocasião, ali pelo fim do século passado, o jubileu andava assim meio que decadente. Padre Carvalhais, destemido e dedicado, tomou o pião na unha e revitalizou a romaria. Atualmente, é secundado pelo padre Carlos, nascido em Capitão Felizardo, comunidade vizinha e padre Itamar, pároco de Córregos, também, não muito distante. Além do padre Alessandro, bisneto do criador da romaria, o Canequinha. Neste ano de 2013 estamos aguardando um grande impulso, com a participação do Cônego Paulo Henrique, novo titular da Paróquia, sacerdote dinâmico e culto, atento para as questões sociais e que compreende e valoriza a história.

É um excelente time para as questões religiosas. A administração civil cabe a Luiz Rodrigues de Oliveira, presidente da Associação dos Amigos do Cemitério do Peixe, no que é apoiado pelas comunidades vizinhas: Mandaçaia, Vassalo, Capitão Felizardo, Córrego da Luz... O Peixe fica, cada dia, mais conhecido. A academia já se tocou, a mestranda da Universidade Federal de Minas Gerais, estudante Lúcia Tânia está escrevendo sua dissertação de mestrado sobre o tema: Cidades Fantasmas, com enfoque especial no Cemitério do Peixe. Ela trabalha sob a orientação do professor José Moreira de Souza, presidente da Comissão Mineira de Folclore. Maria Luiza da Silva apresentou, em 2008, monografia com título Cemitério do Peixe: Origem, Mito e Religiosidade, à Faculdade de Filosofia e Letras de Diamantina, como prérequisito para conclusão do Curso de História. No site www.afagouveia.org.br você encontra grande número de artigos e de fotos descrevendo e mostrando o Cemitério do Peixe para o mundo. Padre Carvalhais convida a todos, romeiros antigos e novos, mas, ele quer mais. Ele quer sensibilizar e levar, também, aquelas pessoas que não conhecem o Peixe e, para isso, me pediu que escrevesse sobre a história. Tarefa difícil! As informações orais vão sofrendo alterações ao longo do tempo, vão se modificando e muitas vezes se contradizem. Tenho que juntar os retalhos e costura-los e, muitos deles estão rotos. Rezo a São Miguel, o exterminador de demônios, para que ele destrua os meus demônios, concedendo-me coerência, lógica, discernimento e correção nas minhas afirmações. Friedrich Nietszche disse: Não existem fatos, apenas interpretações. Aqui, vão as minhas. Ressalto, inicialmente, que estou escrevendo sobre uma localidade situada na margem esquerda do Rio Parauna, a montante das corredeiras onde está projetada a instalação de Pequenas Centrais Hidroelétricas. A localidade é denominada Cemitério do Peixe, e, qualificada como Cidade Fantasma, pela academia. Município de Conceição do Mato Dentro e Paróquia de Santo Antônio de Gouveia. Uma a duas centenas de casas que permanecem fechadas durante cinqüenta e uma semanas em cada ano, uma delas fica aberta o ano inteiro. Na terceira semana de agosto a situação muda inteiramente; a Cidade Fantasma se transforma num caldeirão, contando cerca de cinco mil romeiros vindos de todas as partes do estado Quando se iniciou este fenômeno e por que neste local? Trata-se de uma história em dois atos: O primeiro ocorreu

Este ano para festa de 2013 espera-se milhares de romeiros

ainda no século dezoito, coincide e é conseqüência da exploração de diamantes no arraial do Tijuco e nas áreas adjacentes. O conjunto das áreas mineradoras constituiu o que se denominou: Distrito Diamantino. Região com legislação própria, governado com mão de ferro pelo Intendente dos Diamantes; regime de terror, considerado uma mancha negra na história de Minas Gerais. A demarcação do Distrito Diamantino, mandada fazer pelo governador da província: Gomes Freire de Andrade, em 1739, formava uma poligonal, com um vértice em São Francisco do Paraúna (Costa Sena), outro na barra do Ribeirão de Areia (próximo de Capitão Felizardo) e um terceiro na barra do Rio Pardo Pequeno (Fazenda da Forquilha); daí, para o Rio Inhai e o rio Jequitinhonha, até fechar a poligonal. Portanto, o Cemitério do Peixe estava fora da área demarcada. Não havia lavras de diamantes a jusante da foz do Ribeirão de Areia. Associar o Cemitério do Peixe à ação de mineradores não tem sustentação! Durante oitenta e cinco anos de duração do sistema que ordenava e fiscalizava a exploração do diamante, a legislação, no Distrito Diamantino, garantia a propriedade dos diamantes à Coroa Portuguesa e, o Intendente mantinha corpos de tropas em pontos avançados para coibir o contrabando. Ora, a ligação do Distrito Diamantino com o sertão era impedida por grande e quase intransponível cordilheira, com duas passagens conhecidas: Contagem do Galheiro e Cemitério do Peixe, portanto, é provável que um destes corpos de tropas tenha se estabelecido nas imediações destas passagens. Há informações que existe alicerce de construção muito antiga, próximo e a oeste do Cemitério do Peixe. Eu dou testemunho de ter ouvido, quando criança, em Camilinho, as pessoas se referirem ao Quartel do Peixe e não ao Cemitério do Peixe. E mais: Por que as Pequenas Centrais Hi-

droelétricas, a que me referi, da Hidrotérmica S.A., são denominadas Quartel I, II e III? Porque a comunidade aceita e transmite a informação de que ali se estabeleceu um quartel. Aceita a existência dos militares, fica fácil entender que a intoxicação e morte de alguns deles por ingerir peixe deteriorado era muito provável. Era difícil enviar suprimentos, talvez, a orientação fosse no sentido de os militares cuidarem de seu próprio sustento, através da caça, da pesca e até de algum plantio. Há que pensar, também, na pesca como diversão. A conservação dos alimentos era precária; sal era, naquela época, artigo de luxo. Considerando que alguém morreu, por que transportar o corpo para a cidade? A solução era sepultar ali mesmo. Assim, o local que deveria chamar: Cemitério onde foram sepultados os militares que comeram peixe estragado ficou denominado, simplesmente, Cemitério do Peixe. Estes fatos, se verdadeiros, ocorreram antes da independência do Brasil porque a legislação referente ao Distrito Diamantino foi revogada antes da independência (1822). O intervalo entre o primeiro e o segundo ato da história durou quase um século. O segundo ato começa em 1915 com a construção da capela de São Miguel e Almas pelo senhor Antônio Francisco Pinto, conhecido como Canequinha. Canequinha era proprietário da fazenda do Vassalo, possivelmente, a maior naquela região e, o Cemitério do Peixe era parte dela. Coloca-se a seguinte questão: Canequinha tinha à sua disposição área muito extensa de terras, por que, então, construir a capela justamente onde foram sepultados os militares? Respondo, salientando que é minha interpretação, aquele cemitério primitivo, de um século atrás, continuou sendo usado pela comunidade para sepultar os seus mortos, ligando, assim, os dois atos da história. Não havia outro cemitério. O mais próximo, loca-

lizado na comunidade do Tigre foi construído na década de 1860, quando houve um surto de cólera morbus na região. Canequinha, natural de Camilinho, filho de Antonio Francisco Pinto Mundéo e Idalina Bernardina da Conceição, casouse com Carlota Augusta de Miranda e, em segunda núpcias, com Rozaura Dumont Pinto; com Carlota gerou oito filhos e Rosaura não teve filhos. Parte da geração de Canequinha reside na região, mas, a grande maioria engrossou o êxodo rural, ocorrido na segunda metade do século XX, principalmente, para Belo Horizonte. Em 1915, Canequinha, casado com Rosaura, construiu a Capela e, possivelmente, a murada do cemitério e fez a doação do imóvel, inclusive os terrenos, a São Miguel e Almas. Conseguiu autorização da Arquidiocese para fazer a romaria que foi realizada pelos padres redentoristas do Santuário de São Geraldo de Curvelo – Padre Carvalhais é um lídimo representante desta congregação de abnegados sacerdotes. Ele serviu durante muitos anos neste Santuário –. A doação, de Canequinha e Rosaura, respeitada por quase um século, foi questionada nos anos recentes. Os santos são poderosos, mas não têm personalidade jurídica e, portanto, não têm competência para ser proprietários. Partes das terras foram invadidas e são irrecuperáveis. Luiz Rodrigues, orientado e apoiado pelo advogado Luiz Dumont, organizou a Associação dos Amigos do Cemitério do Peixe para proteger o que restou. Trata-se de associação forte e que pode ser muito mais com seu apoio, portanto, em participando da romaria não deixe de procurar Luiz e se associar. Hoje, com oitenta anos e freqüentando o Peixe desde criança, registro que presenciei tropeiros, vindos de Córregos e Tapera, trazendo café e muares que vendiam para sertanejos vindos da região do Rio Cipó. Havia negócios realizados para paga-

mento no ano seguinte. Nenhum documento. A palavra era suficiente para garantir a transação. Presenciei a bronca do padre Gaspar, pregador competente, entusiasta da romaria, mas, inflexível com os rapazes que escondiam as namoradas sob as capas gaúchas, ele bradava: Não aceito estas capas com quatro pernas na minha romaria!. Presenciei os cegos que vinham de Belo Horizonte com seus chocalhos e sua cantoria. Os mascates com as novidades da cidade grande, eu vi, pela primeira vez, um canivete suíço. Tomei muito guaraná quente baixado direto da prateleira e muito xarope de groselha. Apreciei muitos cartuchos – pequenos cones de papel colorido recheados de amendoim torrado, peletes de açúcar com extrato de baunilha ou coisa parecida. A romaria do Peixe, importante do ponto de vista religioso, muitos romeiros, ali, se confessavam, recebiam a eucaristia e ouviam a pregação apenas uma vez ao ano. Importante do ponto de vista social, era ali que os jovens se conheciam, iniciavam o namoro, casavam-se no ano seguinte e, nos próximos, faziam os batizados dos filhos. Atualmente, as condições são diferentes, muitos jovens, outros nem tanto, não respeitam tradições, costumes, nem autoridades, muito menos os mais velhos. Este grupo tem a seu favor uma tecnologia que lhes fornece carros potentes, equipados com sons automotivos e, principalmente, a vaidade que os leva a disputar quem produz o som mais alto. Ai, a coisa deixa de ser som para se tornar barulho, sobrepondo ao som dos alto-falantes do pregador. Eu sou testemunha de uma caminhonete, das grandes, talvez uma D20, com vidros fumê que tornavam seus ocupantes invisíveis, música de cabaré, som no limite máximo, passando em frente à Igreja na hora de pregação. Isto é uma afronta e tem que ser inibido. O pedido do sacerdote não é atendido. A ordem deve ser definida através de normas estabelecidas pela Associação de Amigos do Cemitério do Peixe, limitando áreas de estacionamento, áreas de barracas, áreas públicas, isto é, de interesse de todos e que não podem ser ocupadas por atividades particulares. Fazem churrasco e vendem quinquilharias na frente da Capela nas horas de celebrações. Definida esta áreas há que se contar com a mão firme do senhor presidente da associação, Luiz Rodrigues de Oliveira, com o apoio do Reverendíssimo Cônego Paulo Henrique, titular da paróquia. O Cemitério do Peixe se localiza no município de Conceição, mas, é Paróquia de Gouveia, então porque não somar as forças policiais dos dois municípios? A policia militar é estadual.


09

CURVELO - MG, 22 DE JUNHO DE 2013

Espaço CM Gráfica Na CM Gráfica a qualidade do serviço e preço-benefício são certos. Faça seu cartão de visita e receba um anúncio grátis no Jornal CENTRO DE MINAS

COOPERATIVA REGIONAL GARIMPEIRA DE CORINTO LTDA-COOPERGAC CNPJ 09.539.319/0001-64 – Inscrição Estadual: 007.818.562.9668 Rua: Major Clarindo R. Gloria,103 Br. Maciel – Corinto/MG – CEP.39200-000 COOPERATIVA REGIONAL GARIMPEIRA DE CORINTO LTDA. COOPERGAC ASSEMBLEIA GERAL EXTAORDINÁRIA EDITAL DE COVOCAÇÃO O Presidente da Cooperativa Regional Garimpeira de Corinto Ltda., usando das atribuições que lhe são conferidas pelo Art. 29 e Art. 30 do Estatuto Social, convoca os cooperados, registrados e adimplentes com a cooperativa, que somente poderão votar e serem votados os que estiverem quite com suas obrigações estatutárias, para comparecerem à Assembleia Geral Extraordinária, a ser realizada no dia 29 de junho de 2013 às 08:00, (oito) horas, na sua sede e administração, à Rua Major Clarindo R. Gloria N°103, Bairro Maciel, CEP39200-000 nesta cidade, em primeira convocação, quando deliberará com a presença mínima de 2/3 (dois terço) do total de associados. Não havendo “quorum” ficam os associados desde já convocados para a comparecerem à segunda convocação, às 09:00 (nove) horas com a presença de metade e mais um dos associados. Persistindo a falta de “quorum”. A assembleia será realizada em terceira convocação, às 10:00 (dez) horas com presença mínima de 10 (dez) associados. ORDEM DO DIA 1. Eleição para o cargo de Diretor Vice-presidente em substituição diretor Vice-presidente Cezar Alves Gomes; 2. Alterar e Adequar o Art. 31 do quadro da diretoria da cooperativa; 1. Mandato de 3 (anos) para 4 (quatro) anos; 2. Criar diretoria Financeira e diretoria Comercial; 3. Eleger os novos diretores; 3. A fixação do valor dos honorários pró-labore da diretoria e de verbas de representação da cooperativa; 4. Exclusão dos Cooperados inadimplentes, conforme Art.10; 5. Reajuste do valor das cotas para novos Cooperados; 6. Criar um novo nome fantasia (UNIQUARTZ) em substituição a COOPERGAC; 7. Quaisquer assuntos de interesse social, excluídos os enumerados no artigo 46 da Lei n.º 5.764, de 16.12.71. Corinto (MG), 01 junho de 2013. Enilson de Souza Presidente

OPORTUNIDADE DE EMPREGO!! A ANDARES ENGENHARIA contrata: - Portadores de necessidades especiais. Os interessados deverão encaminhar seu currículo para a Avenida Bias Fortes, 2163 A, Tibira (ao lado do Centro Social Urbano) ou para o e-mail : gpessoas.andares@gmail.com Informações: 3721.6612 (Recursos Humanos)


10

CURVELO - MG, 22 DE JUNHO DE 2013

Prefeitura realiza limpeza e operação tapa-buracos em São José da Lagoa Os moradores de São José da Lagoa - Distrito JK Curvelo, estão sensibilizados e agradecidos com os serviços prestados pela administração municipal na localidade. Segundo o vereador José Ernesto Marinho, há mais de quatro anos as ruas do Distrito estavam totalmente sujas. Aquelas pavimentadas se encontravam com enormes crateras, dificultando muito o trânsito dos

veículos. José Ernesto disse que fez apenas uma reivindicação junto ao prefeito Maurílio Guimarães e este não mediu esforços, pondo fim a triste novela dos buracos com apenas seis dias. Em nome da comunidade, o vereador parabeniza e agradece o prefeito e a todos os funcionários que trabalharam na execução dos serviços.

Requerimento de Licença POSTO FAISÃO V LTDA.,CNPJ Nº 06.243.454/000170 por determinação do Conselho Estadual de Política Ambiental – COPAM, torna público que solicitou através do Processo COPAM nº 18829/2008, Licença de Operação Corretiva),para a Atividade de Postos revendedores, postos de abastecimento, Instalações de Sistema Retalhistas e Postos Flutuantes de Combustíveis para o empreendimento localizado à Rodovia BR 040,Km 423,São José da Lagoa, Curvelo –MG. EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA PARA ELEIÇÃO DA DIRETORIA COMUNIDADE DA BÍBLIA HIPPIES DE CRISTO MISSÃO A COMUNIDADE DA BÍBLIA HIPPIES DE CRISTO MISSÃO, com sede na localidade de São José do Buriti, na Rua Nova Era s/n, Bairro Campina Grande, no município de Felixlândia-Minas Gerais, Convoca através do presente edital, todos os associados, para Assembleia Geral Extraordinária, que será realizada na sede da comunidade, às 13:00 em primeira chamada, com a presença da maioria dos associados, e às 14:00 com a presença de quaisquer números dos associados, no dia 20/07/2.013, com a seguinte ordem do dia: 1-Apreciação e aprovação do relatório de atividades da diretoria anterior. 2-Apreciação e aprovação das contas da diretoria anterior, mediante parecer do Conselho Fiscal. 3-Eleição da Nova Diretoria para o período de 20/07/2.013 a 19/07/2015. 4-A inscrição das chapas deverá ocorrer na Secretaria da COMUNIDADE até 30/06/2.001,devendo as mesmas respeitarem os ditames do Estatuto que se encontra à disposição para cópias na sede da Comunidade. 5-A Assembleia Geral instalar-se-á em primeira convocação às 13:00 horas, com a presença da maioria dos associados e, em segunda convocação, e às 14:00 com qualquer número dos associados. São José do Buriti-MG, 18 de Junho de 2013 Lucas Faria Lima Filho

Edital de Convocação para Assembleia de Fundação ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE CAPOEIRA FILHOS DE DANDARA, Convida as pessoas interessadas para a Assembleia de Fundação da Associação Cultural de Capoeira Filhos de Dandara a comparecerem, no dia 04/07/2.013 às 18:00 horas, à Rua Singapura n.75,bairro Residencial Lourdes, para participarem da mesma, na qualidade de sócio fundador, ocasião em que será discutido e votado o projeto de estatuto social e eleitos membros do Conselho de Administração, do Conselho Fiscal e da Diretoria. Curvelo –MG,18 de Junho de 2013 Pela Comissão Organizadora Carlito Mário Rodrigues

Convocação COCK’S CLUBE DE CURVELO CNPJMF 20.597.340./0001-59 Convidamos os senhores sócios, nos termos do artigo 14º do ESTATUTO do COCK’s Clube de Curvelo, para reunião de assembleia geral extraordinária, que se realizará no dia 28/06/2013 à Rua: Barão do Rio Branco nº218, Bairro: Centro, na Cidade de Curvelo às 18:00 horas em primeira convocação, com a presença que represente, no mínimo, 20% (vinte por cento) dos sócios com direito a voto e em segunda convocação, 1 (uma) hora após, ou seja, às 19:00 horas, com qualquer número, com a seguinte Ordem do Dia: a) Eleição do Conselho deliberativo e seus suplentes; b) Eleição do Presidente, vice-presidente da sociedade e o conselho fiscal, bem como empossá-los; c) Adaptação do Estatuto Social do Cock’s Clube de Curvelo á Lei 10.406/2.002, art. 2.013; d) Deliberar sobre os atos praticados no período de Fevereiro de 1.998 a 27.06.2013, e) Outros assuntos de interesse geral. Curvelo-MG, 14 de junho de 2013


11

CURVELO - MG, 22 DE JUNHO DE 2013

Filha passa humilhação e denuncia perícia médica “Minha mãe está com 77 anos, tem diabetes, hipertrofia do coração, lombalgia aguda, bico de papagaio, hérnia de disco, osteoartrose na coluna, necessita de prótese total nos joelhos (osteoartrose), mas não pode operar por causa da idade e problemas de saúde (trata com Dr.Toninho de Melo), pressão alta (toma 100mg de losartana de manhã e 100mg à noite), toma anticoagulante (MAREVAN), toma remédio para controlar os batimentos cardíacos (para não dar fibrilamento). Está tentando aposentar e não consegue, na primeira perícia passamos por humilhação, o Dr. João Henrique Milward de Azevedo Filho era o perito , e toda vez que ela entrava (com a senha) ele gritava colocando-a para fora, eu pegava outra senha, esperava... isto se repetiu por 6 vezes. Minha paciência acabou, falei para o segurança que ia bater no médico! Chamaram o responsável técnico para conferir o computador, o erro era do perito. Quando minha mãe entrou, acompanhei por causa da dificuldade para andar, ele examinou os laudos, raios-X, tudo. Mandou que ela deitasse e foi incapaz de ajudá-la. Durante

o exame forçou os joelhos dela, dobrando com força, ela chorava, falava que estava doendo muito, ele disse que era assim mesmo. Ajudei minha mãe a descer e sentar na cadeira, ele disse na maior frieza que ela podia trabalhar até 99 anos, que estava ótima. Ele deve ser filho de (......), sem respeito e cínico... ela saiu apoiada no meu braço, quase sem conseguir andar, e tive que pedir ajuda ao meu irmão para conseguir chegar ao carro, gemia de dor. Obs. Ele pediu o SIMA (prontuário de hospital, médicos, clínicos, postos de saúde...tudo). Fiquei revoltada com o desprezo, falta de atenção e de humanidade. Voltei, peguei o número da denúncia e denunciei o médico por maus tratos, ele não serve nem para cuidar de bichos, e deve ser com certeza um péssimo profissional (com um detalhe, chegamos ao INSS ás 08h45min e saímos ás 13h20min, diabético tem que se alimentar de três em 3 horas para não desregular a glicose). Falei durante a denúncia que toda sala deveria ter uma câmera para filmar o atendi-

mento, que é muita falta de respeito com quem já está tão fragilizado e debilitado passar por tanta humilhação, e só me responderam que iriam fazer uma averiguação, como?? Até os funcionários viram e ficaram impressionados com tamanho descaso. Durante toda a noite minha mãe não conseguiu dormir de tanta dor, e por causa do anticoagulante, ela não pode tomar quase nada. De manhã fomos para o consultório do Dr.Toninho de Melo, e, após examiná-la, disse que jamais poderia dobrar e muito menos forçar os joelhos dela. Arrumamos toda documentação necessária, raios-X, tudo de 10 anos anteriores. Dia 14 de maio de 2013, voltamos no mesmo perito para levar a documentação. Chegando lá o médico folheou rapidamente os prontuários, escutou os batimentos do coração dela e disse que ela não tinha problema cardíaco, que era mentira do Dr. Rogério Sampaio, o coração dela tinha batimentos normais, ele nem olhou a pressão dela e não leu os prontuários, só falou para pegar o resultado na portaria.

“INDEFERIDO”. Motivo: “Não constatação de Incapacidade Laborativa.” Fomos para casa, liguei para Dr. Rogério Sampaio e perguntei para que servia o remédio para coração que minha mãe tomava e qual o real problema dela,e então ele me explicou que é para regularizar os batimentos cardíacos e que após a internação dela no CTI para tomar choque, por causa do fibrilamento, ela nunca mais poderia ficar sem o remédio. Isso é falta de ética por parte do perito falar de um colega de profissão dessa maneira. Agora o “Pedido de Auxílio Doença” será por ordem judicial! E espero que haja justiça para aqueles que necessitam de auxílio e são tratados com tanto descaso.” Ass: Cibelle Carneiro Nota da Redação: os fatos ocorridos nessa denúncia são de total responsabilidade da autora. O médico da perícia citado foi procurado pelo Jornal CENTRO DE MINAS, mas não foi encontrado para se manifestar sobre a denúncia.

OPERAÇÃO CISNE NEGRO

Combate ao Tráfico de Drogas em Felixlândia No dia 07 de junho, foi deflagrada a Operação da Polícia Civil, coordenada pela Delegacia Regional de Curvelo, na cidade de FELIXLÂNDIA. A operação foi batizada como “CISNE NEGRO” (O município de Felixlândia possui um ponto turístico denominado Lago dos Cisnes, onde alguns dos autores agiam) que teve por objetivo a repressão ao Tráfico de Drogas e outros crimes relacionados na Região de Felixlândia. As investigações iniciaramse há mais de seis meses, após o recebimento de várias denúncias (via 181) sobre o tráfico de drogas na cidade de Felixlândia. O município é uma cidade turística, localizada às margens da BR-040.

O trabalho de investigação levado a efeito pelo Setor de Inteligência e executado pelas equipes de investigadores das cidades de Curvelo, Felixlândia e Três Marias, conseguiu identificar vários indivíduos envolvidos com a comercialização de drogas na cidade de Felixlândia. Durante as investigações, foram identificados como principais traficantes que agiam naquela cidade os seguintes indivíduos: GUILHERME FERNANDO DOS SANTOS, vulgo “Lacraia”e FERNANDO VINÍCIUS DOS SANTOS. Estes indivíduos chefiavam uma quadrilha com a participação de diversos indivíduos, inclusive menores.

A Polícia Civil representou pela decretação da PRISÃO PREVENTIVA de 04 indivíduos e, para dar cumprimento aos mandados e buscar outras provas, foi representado pela expedição de 09 MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO. A operação, deflagrada nesta data, contou com a participação de 35 policiais civis em 09 viaturas, que lograram êxito em cumprir os mandados de prisão e busca apreensão. Foram apreendidos os seguintes materiais:11 PEDRAS DE CRACK, 01 ESPADA NINJA, 01 VEÍCULO FIAT/UNO. Foram presos, nesta data: WESLEY PEREIRA NEVES, V. BOMBRIL (Mandado de

Fotos Policia Civil

Lucas Junio

Guilherme Fernando

Grace Kelly

Prisão); GUILHERME FERNANDO DOS SANTOS, V. LACRAIA (Mandado de Prisão); enquanto que LUCAS JUNIO DA SILVA e GRACE KELLY GONÇALVES SANTOS foram presos em Flagrante Delito. A primeira etapa desta

operação foi desencadeada há um mês, quando foram presos outros membros da mesma quadrilha investigada: FERNANDO VÍNICIUS DOS SANTOS (Mandado de Prisão e APFD); GABRIELE RODRIGUES SANTOS DA SILVA (APFD) e VINICIUS

MENDES RIBEIRO (APFD), ocasião em que foram apreendidos com estes indivíduos: crack, maconha e munição. Foi instaurado Inquérito Policial Civil para completa apuração dos fatos, que deverá ser encaminhado à Justiça no prazo de 30 dias.

Diretores do presídio de Curvelo são afastados das funções Um dos afastados era diretor-geral da unidade prisional O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) afastou dois diretores do presídio e um agente de segurança em Curvelo, na região Central do Estado, após denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) de que o trio facilitava a entrada de drogas e celulares no presídio da cidade. O julgamento aconteceu

nessa segunda-feira (11). De acordo com informações do MPMG, agentes de segurança penitenciária informaram o esquema em abril deste ano. Um inquérito foi instaurado pelos promotores de Justiça Cláudio de Paula Costa, Luciana Gonçalves Bretas e Valéria Fernandes Andrade e deferido

•Matéria reproduzida do Jornal O Tempo funcional de advogados, pela juíza Mariani Siani. omissão de socorro a agente Outro caso Em 2012, um ex-diretor- penitenciário, além de inobgeral já havia sido afastado de servância do procedimento suas funções no presídio de operacional padrão por violar Curvelo. Ele foi acusado de normas procedimentais da abuso de autoridade por Secretaria de Estado de Deagressão a detentos, atentado fesa Social e práticas reiteraa direitos e garantias legais as- das de assédio moral contra segurados ao exercício profis- servidores do estabelecisional por violar prerrogativa mento.


12

CURVELO - MG, 22 DE JUNHO DE 2013

O prefeito de Inimutaba, Rafael Sales se preparando para o Forró 2013. Apesar das dificuldades financeiras, com criatividade e planejamento de sua boa equipe, vai fazer a festa com uma programação de qualidade. Podem aguardar.

A escola do Cefet em Curvelo está hoje, como está a todo vapor sempre, com boas novidades. Tudo bem que tem o apoio do deputado Gabriel Guimarães, mas a dedicação da diretora Vitalina Borges está sendo fundamental.

Foto: Oscar Santos

Experiência, amor à profissão, educação e 60 anos dedicados a saúde das pessoas, é raro. Estamos falando da pessoa de Herci Napoleão. Hoje passa esta aula para filhos e netos que estão à frente das três drogarias Marilda em Curvelo. Aquele velho ditado, quem planta... colhe, se confirma mais uma vez. Quando plantamos com muita dedicação e carinho, melhores serão os frutos. Estamos falando de Luiz Reis, conhecido por “Bilu”, que acaba de se aposentar pela Prefeitura de Curvelo. Lá dedicou décadas de trabalho. Bilu não lar-

gou o esporte, sendo historicamente um dos destaques entre os curvelanos. Sempre que sobra espaço ainda joga uma “partidinha”. Além de dirigir hoje uma das mais destacadas indústrias de produtos alimentícios, dentre eles tempero e corante, leia-se “Marcelle”.

Cuidar hoje de praça pública não é fácil, isso é notório principalmente em Curvelo. Dá gosto ver o servidor Bira que desde a inauguração do Fórum vem cuidando do jardim. E olha, não deixou a peteca cair. Cada dia sempre bonito. Bira você é um exemplo.

Larissa completou os seus 15 anos. Ela filha do casal Sidney e Sonaly Tatiane

A opção certa no Forró de Curvelo 2013 é no Espaço Estação, com cerveja estupidamente gelada e um precinho camarada, sob direção do nosso amigo Cássio Malaquias. Local agradável e com estacionamento em frente é a pedida para reunir amigos e curtir um bom papo.

A Distribuidora Amaral em breve terá novidades. Ela é a responsável pelos produtos da Ambev. Curvelo e região saíram ganhando. É isso aí. Também pudera, uma boa equipe coordenada pelo Carlinhos, só podia mesmo ter bons resultados.

Quem trabalha sempre é reconhecido. Em roda de amigos, o Vereador Ricardo, presidente da Câmara de Presidente Juscelino, comentou: “achávamos que o povo da região não ia ver um deputado como Eliseu Resende tão cedo. Pelo o que o Gabriel Guimarães (foto) vem fazendo, está a caminho de substituir muito bem o nosso saudoso Eliseu”

Ediçao 003 email  
Advertisement