Issuu on Google+

ano 12 - edição 62 - agosto de 2012 - www.unibrasil.com.br

Retrospectiva primeiro semestre 2012

Instituição é referência em eventos com intelectuais.

No esporte, atletas

Compromisso com

Grupo de Teatro

comemoram

a formação e com

UniBrasil completa

conquistas.

a comunidade.

cinco anos. 1


2


Índice UniBrasil, A CASA DOS GRANDES INTELECTUAIS EM CURITIBA 01

Rua Konrad Adenauer, 442 |Tarumã | Curitiba | Paraná Telefone: (41) 3361.4200 | www.UniBrasil.com.br

EXPEDIENTE Informativo oficial das Faculdades Integradas do Brasil Ano 12– Edição 62 – Retrospectiva – Primeiro semestre de 2012 Presidência: Clèmerson Merlin Clève Direção Geral: Sérgio Ferraz de Lima Direção Acadêmica: Jairo Marçal Diretor Administrativo, Financeiro e de Infraestrutura: Eraldo Luiz Silvestrin. Gerência de Marketing: Patrícia Russo Gibran Assessora de Comunicação: Geanine Ditzel MTB/PR 2884 (Redação e Edição) Colaboração: Janifer Magri, Helton Liça, Projeto Gráfico e Diagramação: Wessley Junior de Oliveira

A sua opinião é importante para nós. Envie suas críticas, sugestões e elogios. Nosso e-mail é asscom@unibrasil.com.br

ReCOnhecimento

04

Curso de Publicidade conquista excelente avaliação no MEC Curso de Biomedicina da UniBrasil é o melhor de Curitiba Cursos recebem renovação automática de reconhecimento Egressos de Nutrição conquistam vaga em concurso público

04 04 05 05

Integração com a comunidade

06

Fisioterapeutas UniBrasil: formação generalista e conquistas Incentivo à pesquisa UniBrasil recebe seis premiações no Sangue Novo Alunos de Nutrição realizam aula prática no Recanto Tarumã Administração forma com foco no empreendedorismo e na inovação XCom multiplicando competências Escola de Saúde participa de evento no Ministério Público Rio+20 - UniBrasil sedia evento da smma e Regional Boa Vista Signatários do Pacto Global – proximidade e ações conjuntas Serviço Social: conceito máximo e compromisso com a cidadania UniBrasil apoia feira de serviços em Pinhais UniBrasil sedia festival de futsal para deficientes intelectuais

06 07 07 08 08 09 09 10 11 11 12 12

ACADEMIA UniBrasil

13

Ciclo Psicologia em debate aborda “O Campo da Psicanálise” UniBrasil e Graciosa trazem a Curitiba Gustavo Franco Advocacia nos Tribunais com Aristóteles Atheniense Mulheres paranaenses são homenageadas pela UniBrasil

18 18 19 21

Direito

24

Presidente da UniBrasil participa de eventos na área de Direito Alunos de Direito participam de julgamento no Tribunal do Júri Direitos Humanos é tema de conferência promovida pelo mestrado Pátrias debate jurisprudência da corte interamericana de DH PET realiza 1.º colóquio interdisciplinar PET - Direito e Cinema promove debates Pós - Graduação em Licitações e Contratos realiza aula magna UniBrasil realiza III Congresso Brasileiro de Direito Eleitoral

24 25 26 26 27 27 27 28

Cultura

29

Grutun! comemora cinco anos no Festival de Teatro de Curitiba Grutun! no Festival de Arte e Cultura Popular do Litoral Paranaense Projeto Ópera Popular UniBrasil

29 30 30

VIDA ACADÊMICA

31

Farmácia na UniBrasil: formação sólida e grandes oportunidades Professores de Jornalismo ministram oficinas a alunos do Colégio Estadual Design: formação generalista e incentivo à pesquisa RP e PP realizam Projeto Nota 10 Sistemas de Informação: desenvolvimento além da tecnologia Curso de Enfermagem realiza V Jornada UniBrasil apresenta cursos na feira de profissões do Marista Curso de Pedagogia apresenta bons resultados

31 32 32 34 35 36 36 37

Esporte

38

Atletismo Vôlei Rugby

39 39 40

INTERCÂMBIO

41 3


UniBrasil, A CASA DOS GRANDES INTELECTUAIS EM CURITIBA

INSTITUIÇÃO CONSOLIDA-SE COMO FONTE DE INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO Instituição que hoje é referência no ensino superior de Curitiba, as Faculdades Integradas do Brasil – UniBrasil surgiram com o rótulo de uma faculdade diferenciada. Fundada por professores doutores com larga experiência, a UniBrasil sempre procurou fugir do comum e oferecer uma educação de excelência no Paraná. Além de um corpo docente altamente qualificado, um campus moderno e acordos de intercâmbios com renomadas universidades internacionais, a entidade busca trazer a Curitiba personalidades do universo jurídico e também de outras áreas do saber em eventos abertos à comunidade.

Em sua palestra Eros Grau ressaltou seus objetivos como escritor

As Faculdades Integradas do Brasil incentivam a realização de eventos abertos à comunidade e os promove dentro da Instituição como forma de democratizar o conhecimento. Assim é o UniBrasil Futuro, um projeto que tem por objetivo manter um canal permanente de discussão e divulgação de ideias, estimulando o diálogo, o debate e a inovação. Nos últimos anos, as Faculdades Integradas do Brasil já receberam por meio do UniBrasil Futuro personalidades de várias vertentes políticas, artísticas e intelectuais, que apresentaram e debateram suas propostas e pensamentos. “A presença de intelectuais para debater ideias e valores sobre aspectos da realidade brasileira reforça nosso compromisso institucional de propagação de saberes”, afirma o presidente da UniBrasil, professor Clèmerson Merlin Clève. Neste semestre, já participaram do UniBrasil Futuro Eros Grau, Nelson Savioli e Miguel Krigsner. Segundo Wanda Camargo, coordenadora do UniBrasil Futuro, o 1

propósito é promover o encontro com profissionais que abordem temas que vão ao encontro do propósito de criação de espaços dialógicos, capazes de propiciar ao público uma visão analítica da sociedade. A primeira edição do ano do UniBrasil Futuro aconteceu no dia 20 de março e contou com a participação de Eros Grau, que falou sobre “O ofício do escritor e meu livro sobre o quartier Saint-Germain-des-Prés”. Advogado, ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, autor de livros fundamentais de várias áreas do Direito e um professor que se declara um “peixe fora d’água” quando não está lecionando, Eros Grau falou sobre sua obra “Paris, quartier Saint-Germaindes-Prés”, que trata da cidade que já foi chamada de lar espiritual de várias gerações, mais especificamente do bairro Saint-Germain-des-Prés.

Segundo o coordenador adjunto do curso de Direito da UniBrasil e padrinho do evento, Carlos Eduardo Dipp Schoembakla, Eros Grau luta incansavelmente pela liberdade e pela democracia do país e engrandece, com sua presença, o meio acadêmico e a UniBrasil. “Não posso deixar de destacar a importância deste intercâmbio de experiências com pessoas de caráter ilibado que o UniBrasil Futuro possibilita aos nossos acadêmicos, que cada vez mais estão carentes de referenciais em suas futuras profissões”, salienta Dipp. O presidente da UniBrasil, professor Clèmerson Merlin Clève, destacou a importância de eventos como o UniBrasil Futuro para a formação dos alunos. “Considero essencial trazer para dentro da Instituição pessoas que transitem por ela, que se aproximem dos alunos para motivá-los e para que eles tenham a convicção de que não é impossível. É um querer, um viver e um fazer”.


Jenifer Magri

Jenifer Magri

Nelson Savioli falou aos acadêmicos da Escola de Negócios sobre emprego verde

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Seção do Paraná, José Lucio Glomb, também esteve presente no evento. “Todos nós, sejamos jornalistas ou advogados, temos que ter uma cultura geral apurada e eventos como esse revelam apoio cultural inegável, mostrando que a UniBrasil cumpre seu papel como entidade na difusão cultural”.

A professora Wanda Camargo, coordenadora do Projeto UniBrasil Futuro, esclarece que o tema abordado por Savioli traz a questão dos empregos verdes e a preservação de memória, um dos objetivos do UniBrasil Futuro. “A cultura e a preservação de memória implica num ato cultural extremamente relevante para complementar a educação formal que o aluno recebe em sala de aula”, lembra. A professora ressalta que Nelson Savioli é atualmente um dos grandes profissionais de recursos humanos do país.

Jenifer Magri

O segundo encontro deste ano do UniBrasil Futuro foi realizado no dia 29 de março tendo como convidado o superintendente executivo da Fundação Roberto Marinho e presidente do Conselho Deliberativo da ABRH-RJ, Nelson Savioli. O evento foi dirigido aos acadêmicos da Escola de Negócios sobre o tema “Empregos verdes, estratégias de formação de Recursos Humanos e o Centro de Referência das Profissões do Futuro”. O palestrante também falou sobre o Projeto de Florestabilidade da Fundação Roberto Marinho.

O coordenador do curso de Administração da UniBrasil e padrinho do evento, Cláudio Marlus Skora, ressaltou a importância da palestra para a Escola de Negócios e para o curso de Administração especificamente. “Nelson Savioli falou sobre a necessidade da consciência dos futuros profissionais para a questão da sustentabilidade, o que é imprescindível, uma vez que um gestor precisa pensar de forma mais sustentável e, a partir daí, criar soluções para a empresa”. Jenifer Magri

Clèmerson Merlin Clève, presidente da UniBrasil, e José Lucio Glomb, presidente da OAB/PR

Segundo Savioli, sustentabilidade verde ou emprego verde são expressões que mostram as profissões que vão surgir nos próximos anos. “São empregos, ligados às novas formas de energia, como a eólica, por exemplo”. Savioli acredita que para o Brasil ser mais “verde” precisa de uma interação entre os três setores. “É preciso que haja uma ligação maior entre os setores público e privado e as ONG´s para fomentar a discussão sobre o que o país está desenvolvendo e o que precisa ser feito para que ele se torne cada vez mais sustentável”.

Jenifer Magri

Homenagem – na ocasião em que participou do UniBrasil Futuro, Eros Grau foi homenageado pelas Faculdades Integradas do Brasil. A sala 156 do bloco 6 da Instituição recebeu o nome do ex-ministro, jurista e escritor

sustentáveis, os funcionários têm de estar conscientes do que é sustentabilidade para aquela organização e para a sua família. “É uma lição de casa que precisa ser feita com exemplos da própria organização, pois não adianta ter um bom discurso se não houver uma boa prática”, afirma Skora.

Claudio Marlus Skora, coordenador do curso de Administração; palestrante Nelson Savioli, professora Wanda Camargo, coordenadora do UniBrasil Futuro e professor Mauro José Kummer

Segundo Savioli os funcionários precisam ter consciência do que é sustentabilidade para a organização e para a sua família

O acadêmico Felipe H. Pizzatto Bassanello, do 1.º período do curso de Administração, entende a sustentabilidade como fator essencial para um administrador. “É primordial para trilhar uma carreira profissional “atualizada” com o cotidiano em que vivemos”.

Savioli revelou em sua palestra que assim como a empresa precisa ter ações, produtos e política 2


Empreendedorismo foi o tema da terceira edição do UniBrasil Futuro realizada no primeiro semestre (30/05), a qual teve como convidado o empresário Miguel Krigsner, fundador de O Boticário e presidente do Conselho de Administração do Grupo Boticário. A palestra também integrou a programação da VII Jornada promovida pela Escola de Negócios da Instituição, que tem como base o empreendedorismo, a inovação e a sustentabilidade.

Diante de uma plateia formada por acadêmicos e profissionais ávidos pela história de sucesso do empresário responsável pela criação da maior rede de franquias em perfumaria e cosméticos do mundo, Miguel Krigsner revelou que não há um perfil único de empreendedor. “São várias as características que devem ser observadas e a principal delas é enfrentar desafios”. Krigsner acrescentou que é importante saber mobilizar pessoas. “Procuramos engajar pessoas em um único sonho, mas de forma a realizar o sonho de cada uma delas. Assim construímos relações benignas em que todos os stakeholders da organização se beneficiam”. 3

Miguel Krigsner: “O Brasil precisa de empreendedores que criem situações para melhorar a vida das pessoas”

Para Krigsner, não há como empreender seguindo uma cartilha. “O que há são profissionais com um perfil mais arrojado, talvez com certo desapego e coragem para enfrentar situações em que as derrotas acontecem. O empreendedor precisa saber encarar os erros e analisar onde falhou para que possa enfrentá-los de outra maneira”, disse. Inovação, visão ampla e respeito à sustentabilidade foram outros pontos destacados pelo empresário. “É preciso levar as coisas muito a sério, pois hoje não existe mais lugar para pessoas ‘mais ou menos’. O Brasil precisa de empreendedores que queiram fazer a diferença com a proposta de tentar transformar o país, criando situações que efetivamente possam melhorar a vida de todos”. O compromisso com a sociedade é também observado em sua revelação sobre uma importante lição que aprendeu ao longo dos anos. “O poder e a vaidade, quando mal administrados, podem ser extremamente prejudiciais às relações humanas. Para haver uma relação harmônica dentro de um negócio é importante que todos tenham satisfação, transparência e equilíbrio para que ninguém se sinta prejudicado”. O presidente da UniBrasil, professor Clèmerson Merlin Clève, recordou que, antes da Eco 92, Krigsner já falava em sustentabilidade, inclusive já tendo estabelecido programas de defesa da ecologia e do meio ambiente por meio da Fundação Boticário. “Miguel Krigsner é um exemplo de empresário que fala a partir de valores e princípios que são importantes para a construção da sociedade brasileira e um estímulo para os nossos alunos, no sentido de dizer: ´você também pode, estude em primeiro lugar e depois realize´”.

A professora Wanda Camargo, coordenadora do Projeto UniBrasil Futuro, entende que Miguel Krigsner é sinônimo de empreendedorismo no Paraná e por esse motivo é relevante que os alunos conheçam a história e a experiência desse empresário. “Além de estimular os acadêmicos a empreender, Krigsner mostra como é possível trabalhar a questão da sustentabilidade e da inovação ao mesmo tempo”. Jenifer Magri

Jenifer Magri Miguel Krigsner, fundador de O Boticário, participou do evento UniBrasil Futuro

Jenifer Magri

Jenifer Magri

Jenifer Magri

Clèmerson Merlin Clève, presidente da UniBrasil, Miguel Krigsner e o coordenador do curso de Administração, professor Cláudio Marlus Skora

O diretor geral da UniBrasil, professor Sérgio Ferraz de Lima, com Nelson Savioli, superintendente executivo da Fundação Roberto Marinho e presidente do Conselho Deliberativo da ABRH-RJ

Wanda Camargo, coordenadora do UniBrasil Futuro, Miguel Krigsner e Ester Proveller, da comunidade Israelita do Paraná

“A empresa é um ícone de como um negócio pode se transformar em uma corporação extremamente forte, que leva o nome de Curitiba e do Paraná para todo o mundo”, afirma o coordenador do curso de Administração da UniBrasil, Cláudio Marlus Skora. Skora ressalta que a palestra de Miguel Krigsner é muito positiva, uma vez que mostra aos acadêmicos como ousar e empreender com consciência ambiental. “Também reforça que as oportunidades estão abertas a todos os alunos, basta sonhar grande e ter ousadia para buscar os objetivos”. O professor do curso de Economia da UniBrasil, Edson Stein, explica que palestras que apresentam casos de sucesso, como a do empresário Miguel Krigsner, estimulam os alunos a empreender, a criar alternativas inovadoras. O professor indica aos alunos que querem empreender escolher bem a área de atuação, se informar e conversar com empreendedores do meio para que possam fazer a diferença no ramo escolhido.


ReCOnhecimento

estamos no caminho certo, em busca da excelência”, afirma o coordenador do curso Publicidade e Propaganda, professor Ney Queiroz.

O curso de Publicidade e Propaganda das Faculdades Integradas do Brasil recebeu ótima avaliação (nota quatro, em uma escala de um a cinco) na renovação de reconhecimento concedida pelo Ministério da Educação (MEC). A avaliação realizada em março avaliou projeto pedagógico do curso, infraestrutura, qualificação e experiência do corpo docente, atividades complementares e de extensão, organização administrativa, entidades conveniadas, metodologia de ensino e outros aspectos educacionais.

Um projeto importante implementado este ano foi o ComUnicativos, que reúne diversas ações voltadas à disseminação da comunicação. O objetivo é potencializar as experiências de sala de aula por meio do intercâmbio de informações e do conhecimento. Uma das ações que integram o Projeto é o TCC ComUnicativos, é desenvolvido em parceria com o GRPCom, Ney Queiroz, coordenador do curso de Publicidade e Propaganda responsável pela indicação das ONG´s que serão atendidas Acesse o blog e conheça mais sobre o ComUnicativos. pelos estudantes em seus Trabalhos de Conclusão http://www.comunicativos.com.br/ de Curso (TCC). O objetivo é que a melhor avaliação acadêmica tenha sua campanha veiculada.

“A renovação do reconhecimento do curso com ótima avaliação é fruto de um trabalho desempenhado por toda nossa comunidade acadêmica, envolvendo professores, funcionários, alunos, coordenação e direção. Este resultado nos dá a certeza de que

O curso de Biomedicina da UniBrasil teve grande destaque no resultado do Enade de 2011. Com a nota 3 (a máxima é 5), o curso foi o melhor conceituado entre os de Biomedicina oferecidos na região de Curitiba. Isso demonstra, segundo a coordenadora do curso Lílian Ferrari, a qualidade do projeto pedagógico. “O curso da UniBrasil é pautado na pesquisa como meio de construção do conhecimento, o que faz com que os alunos aprendam em sala de aula e possam aplicar esses conhecimentos ainda na academia por meio de desenvolvimento de trabalhos de iniciação científica,

projetos de pesquisa e estágios supervisionados”, explica. Em atuação desde 2006, o curso de Biomedicina da UniBrasil também busca dar sua contribuição social, “Temos no curso o desenvolvimento de projetos de extensão junto à comunidade, oferecendo exames parasitológicos a uma associação de moradores do Bairro Alto e também a creches da região. As contribuições sociais incluem também exames bioquímicos como os de glicemia e colesterol em asilos da comunidade”, conta a coordenadora do curso.

Arquivo UniBrasil

CURSO DE BIOMEDICINA DA UniBrasil É O MELHOR DE CURITIBA

Arquivo UniBrasil

CURSO DE PUBLICIDADE CONQUISTA EXCELENTE AVALIAÇÃO NO MEC

Qualidade do curso e trabalho com a comunidade estão entre os diferenciais 4


Sete cursos de graduação das Faculdades Integradas do Brasil receberam a renovação de reconhecimento automática concedida pelo Ministério da Educação (MEC). A informação foi publicada no Diário Oficial da União no dia 09 de janeiro. Os cursos avaliados pelo MEC foram Biomedicina, Educação Física (Licenciatura e Bacharelado), Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia e Serviço Social. Segundo o Diretor Acadêmico da UniBrasil, professor Jairo Marçal, a renovação de reconhecimento dos

Uma boa colocação no mercado de trabalho é o objetivo dos acadêmicos ao deixar a faculdade. Na UniBrasil, egressos do curso de Nutrição vêm participando com êxito de concursos públicos e conquistando boas oportunidades. Segundo Cynthia Matos Silva Passoni, coordenadora do curso de Nutrição das Faculdades Integradas do Brasil, o projeto pedagógico do curso, o compromisso com a saúde pública, os programas de estágio e o grupo de pesquisa credenciado no CNPQ (Promoção da Saúde e do Meio Ambiente) são aspectos determinantes para o sucesso dos egressos e norteiam o perfil do profissional, que ingressa no mercado de trabalho capacitado para atuar junto à população. “Nosso objetivo é formar profissionais focados na prevenção

5

Jairo Marçal, diretor acadêmico da UniBrasil

e na melhor solução para a superação dos problemas de saúde pública, sempre em benefício da sociedade”, afirma a coordenadora. Formação sólida e compromisso com a sociedade Elisabete Brandão Pontes, egressa da UniBrasil, foi aprovada no concurso de nutricionista da Prefeitura Municipal de Curitiba e revela a importância de uma boa formação. “A proposta de ensino, a preparação dos docentes da UniBrasil e a estrutura oferecida pelo curso fizeram toda a diferença, além de minha formação, baseada na ética e no comprometimento”, diz.

Arquivo UniBrasil

EGRESSOS DE NUTRIÇÃO CONQUISTAM VAGA EM CONCURSO PÚBLICO

cursos se deu de forma automática, ou seja, sem a necessidade da visita do MEC, em razão de a Instituição ter alcançado bons resultados no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e no Conceito Preliminar de Curso (CPC). “Isso significa que nosso projeto pedagógico está sendo bem sucedido. Estão de parabéns estudantes, professores, coordenadores de curso, equipes pedagógica e administrativa. Resultados como esse somente são possíveis quando a comunidade acadêmica trabalha conjuntamente com foco nos objetivos institucionais”, afirma o diretor.

Arquivo UniBrasil

CURSOS RECEBEM RENOVAÇÃO AUTOMÁTICA DE RECONHECIMENTO

Rosangela Pontes, também formada em Nutrição pelas Faculdades Integradas do Brasil, é nutricionista na Clínica do Lar de Idosos Recanto do Tarumã e conquistou uma vaga em concurso realizado pela Prefeitura Municipal de Curitiba. “O curso de Nutrição da UniBrasil realmente nos prepara para a vida profissional, de forma clara e objetiva”, afirma Rosangela. Cynthia Matos Silva Passoni, coordenadora do curso de Nutrição


Integração com a comunidade

Criado em 2007, o curso de Fisioterapia da UniBrasil, apesar de relativamente novo, traz no currículo conquistas significativas de egressos da Instituição. Além de excelentes posições no mercado de trabalho, ex-alunos comemoram a aprovação em residências bastante concorridas. Das nove vagas disponíveis para Residência Multiprofissional na Especialidade de Fisioterapia no Hospital das Clínicas (três nas áreas de Saúde do Adulto e do Idoso; três em Urgência e Emergência no Hospital de Clínicas) e no Hospital Erasto Gaertner, três vagas foram conquistadas por egressos da UniBrasil, sendo um primeiro lugar. Contato humano – Todos os anos, cerca de 40 estudantes da UniBrasil formam-se fisioterapeutas e buscam oportunidades no mercado de trabalho.

Um ano antes, no sétimo período, os alunos iniciam os estágios curriculares supervisionados em Centros Municipais de Urgências Médicas, no Hospital Geral de Curitiba, em Unidades de Saúde, na Associação Franciscana de Educação ao Cidadão Especial (Afece), na Escola 29 de Março, no Lar dos Idosos do bairro Tarumã e no Hospital Angelina Caron.

Helton Liça

FISIOTERAPEUTAS UniBrasil: FORMAÇÃO GENERALISTA E CONQUISTAS

Projeto Qualivida oferece sessões gratuitas de fisioterapia à comunidade

Helton Liça

De acordo com a coordenadora do curso de Fisioterapia das Faculdades Integradas do Brasil, professora Vanda Galvão, o curso busca formar profissionais generalistas. “A área de fisioterapia vem se desenvolvendo muito e sendo incorporada à saúde coletiva em virtude das novas políticas do governo voltadas à saúde da família (NASF)”, afirma. Além das especificidades inerentes à formação profissional, o fisioterapeuta precisa estar pronto para motivar o paciente no momento em que ele está bastante vulnerável. “Muitas vezes é o fisioterapeuta quem fica mais tempo ao lado do paciente e ele precisa estar preparado para dar apoio físico e também emocional que ele tanto precisa. Isso é muito gratificante e o mercado busca pessoas com essas características, ligadas pelo contato humano”, diz Vanda Galvão.

Professora Vanda Galvão: “o fisioterapeuta fica mais tempo ao lado do paciente e precisa estar preparado para dar o apoio físico e emocional que ele precisa”

Projeto Qualivida – além dos estágios supervisionados, os acadêmicos participam de um programa

desenvolvido pelo próprio curso. Trata-se do Projeto Qualivida, que leva bem-estar e mais qualidade de vida à comunidade externa, alunos e funcionários. Por meio do Qualivida, os acadêmicos oferecem sessões de fisioterapia gratuitas à população que muitas vezes não tem acesso a esse tipo de tratamento, e também ao público interno da Instituição. O atendimento fisioterapêutico é realizado no contraturno das aulas e supervisionado por professoras do curso. Podem participar das sessões de fisioterapia funcionários da UniBrasil, alunos da Instituição e comunidade em geral, mediante avaliação prévia que será realizada pela equipe de fisioterapeutas da UniBrasil. Para agendar a avaliação (é cobrada uma taxa no valor de R$ 15,00), ligue para 3361.4200. As sessões de fisioterapia acontecem às terças e quintas-feiras, das 13h30 às 17h30.

6


INCENTIVO À PESQUISA O curso de Serviço Social das Faculdades Integradas do Brasil obteve conceito máximo no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). O resultado, divulgado em novembro de 2011, é reflexo do compromisso da Instituição com a formação de profissionais capacitados e comprometidos com o exercício da função.

O curso também prepara os alunos para realizar consultorias, assessorias e capacitações que podem contribuir para o acesso da população a condições sociais favoráveis, que contribui para a expansão da cidadania e para o fortalecimento dos direitos humanos.

é fruto do esforço coletivo entre a direção e a coordenação do curso, o corpo docente e os alunos”. O projeto pedagógico é outro ponto ressaltado pela coordenadora. “Nosso objetivo é atender as demandas contemporâneas do Serviço Social, mantendo a conexão entre a teoria e a prática”, ressalta.

Segundo a coordenadora do curso de Serviço Social da UniBrasil, Raquel Barcelos de Araújo, “o desempenho

UniBrasil RECEBE SEIS PREMIAÇÕES NO SANGUE NOVO Alunos e professores de Jornalismo das Faculdades Integradas do Brasil comemoram os seis trabalhos premiados no Sangue Novo de Jornalismo, prêmio concedido pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná, Sindijor PR . A divulgação do resultado aconteceu no dia 13 de junho, no Canal da Música, em Curitiba. Esta é a 17.ª edição do prêmio que tem como objetivo reconhecer os melhores trabalhos acadêmicos produzidos por alunos de todas as universidades do Paraná, públicas e privadas. Este ano foram 297 trabalhos inscritos de 20 instituições de ensino superior. Para a professora e coordenadora do curso de jornalismo, Maura Oliveira Martins, nesta edição do Sangue Novo os alunos se destacaram na produção de documentários. “Isso revela o amadurecimento das nossas reflexões sobre o audiovisual nas disciplinas e evidencia as técnicas que estão sendo cada vez mais aprimoradas pelos alunos”. Orientador de três dos trabalhos vencedores, o professor Felipe Harmata Marinho acha importante incentivar os alunos a particiar. “Ter um trabalho reconhecido com a premiação no Sangue Novo é importante para os alunos, para os professores e para a instituição.

7

CONFIRA OS TRABALHOS PREMIADOS NO SANGUE NOVO 2012

REPORTAGEM IMPRESSA

VIDEODOCUMENTÁRIO

1.º lugar – “Às vezes é preciso sujar as mãos” de Ramon Voltolini de Assis, David Musso e Carlos E. Liesemberg Dias Ferreira. Orientação: Victor Folquening.

1.º lugar – “Videodocumentário sobre a Liberdade de Expressão: O Caso Gladimir Nascimento na Band News FM” de Douglas Santuccie Marcos Mariano. Orientação: Felipe Harmata Marinho

REPORTAGEM PARA RÁDIO 2.º lugar – “Empregabilidade” de David Musso e Lucio Woytovicz Junior. Orientação: Felipe Harmata Marinho 3.º lugar – “Série de reportagens sobre Hanseníase: Uma doença grave que tem cura” de Giulianne Kuiava e Rafaela Fiala de Alencar. Orientação: Felipe Harmata Marinho

2.º lugar – “Suicídio na Mídia: Um Tema tabu envolto num véu de silêncio”de Anderson Henrique Mariano, Ivonete Francielle Silva Costa e Michele Saide. Orientação: Elaine Javorski 3.º lugar – “Ivo Rodrigues sou legal eu sei” de Wanderli Loyola e Nicole Berald. Orientação: Julius Nunes


Os alunos de Nutrição das Faculdades Integradas do Brasil e a professora do curso, Simone Biesek, realizaram uma visita ao Recanto Tarumã para vivenciar um pouco da teoria na prática. Os estudantes

aplicaram em alguns idosos a Mini Avaliação Nutricional (MAN) para identificar pacientes em risco nutricional. Momentos como esses são fundamentais para a experiência de alunos com diferentes populações.

Arquivo UniBrasil

ALUNOS DE NUTRIÇÃO REALIZAM AULA PRÁTICA NO RECANTO TARUMÃ

Os estudantes realizaram uma avaliação para identificar pacientes em risco nutricional

Helton Liça

ADMINISTRAÇÃO FORMA COM FOCO NO EMPREENDEDORISMO E NA INOVAÇÃO

do Paraná (FIEP) e Universidade Federal do Paraná (UFPR). Atualmente, o grupo trabalha na definição do cronograma para a segunda etapa que será desenvolvida ainda este ano. Já estão previstas viagens para a Europa e para os Estados Unidos para o aprimoramento de conhecimentos obtidos por meio dos cursos realizados no semestre passado.

Helton Liça

Já foi o tempo em que a competitividade era o único foco do administrador. Hoje, além de acompanhar a concorrência, ele precisa gerir a sua empresa Outra ação é a parceria realizada com o de forma sustentável e saber empreender. Mas Curso de Administração da UniBrasil: foco na sustentabilidade, no Senai - Serviço Nacional de Aprendizagem é possível aprender a empreender? Segundo empreendedorismo e na inovação Industrial/PR para ofertar aos acadêmicos da UniBrasil o coordenador do curso de Administração das atividades complementares à distância. Em um (responsabilidade e consciência sustentável). “É preciso Faculdades Integradas do Brasil, professor primeiro momento foram disponibilizadas apostilas formar administradores com consciência de seus Claudio Marlus Skora, não há uma receita exata e sim referentes à segurança no trabalho, tecnologia da atos, pois, atualmente, a capacidade de o planeta se aspectos que o profissional precisa lançar mão para informação, legislação trabalhista, empreendedorismo regenerar é menor do que as práticas que colocam em desenvolver esse perfil tão necessário nos dias de hoje. e propriedade intelectual. “Por meio do estudo risco a sua sustentabilidade”, afirma o coordenador. “Um empreendedor se forma pelo desenvolvimento de desse conteúdo, os alunos poderão complementar a múltiplas competências, e, para isso, é imprescindível formação recebida em sala de aula e realizar testes adquirir conhecimento, demonstrar habilidades e ter É com esse ponto de vista que o curso aprimora a e, se aprovados, receberão certificados - válidos para atitude”, diz Skora. compreensão da inovação como força de transformação currículo profissional e como horas de atividades social por meio da atuação das organizações. De complementares”, diz o coordenador Skora. acordo com Skora, a inovação pode se dar de três Ofertado nos períodos diurno e noturno, o curso de formas: a inovação de produto, a inovação de processos Administração da UniBrasil está focado em ações e a inovação de mercado. “Para voltadas à sustentabilidade, ao empreendedorismo desenvolver a atitude inovadora, então, e à inovação. Como signatária do Prime – Principles é necessário proporcionar aos alunos for Responsible Management Education, que significa diferentes estratégias pedagógicas que ´Princípios para Gerenciamento de uma Educação contemplem os diversos aspectos do Responsável´, vários projetos acadêmicos são processo inovativo”. desenvolvidos nessa linha com o objetivo de estimular a percepção dos estudantes para a importância da sustentabilidade. Além disso, três disciplinas têm O curso também integra o Programa o tema como base de seu conteúdo programático: Formação do Novo Administrador Responsabilidade Social (ações referentes ao Pacto Docentes no Ensino da Administração Global promovido pela ONU), Sustentabilidade Sustentável, criado em parceria pela Empresarial (processos de produção baseados na Coordenador do curso de Administração da UniBrasil, professor Claudio Marlus Federação das Indústrias do Estado Skora, em aula de laboratório redução dos resíduos) e Governança Corporativa 8


XCOM MULTIPLICANDO COMPETÊNCIAS Dentro os quesitos apontados pelo professor Skora como necessários para se tornar um administrador com perfil empreendedor está a capacidade de inovar. “Inovar é achar alternativas para algo quando não sabemos como fazer, mas temos a certeza de que precisa ser feito. É isso que transforma a sociedade”, afirma Skora.

No dia 02 de abril, as Faculdades Integradas do Brasil participaram do Dia da Saúde, evento promovido pelo Ministério Público do Estado do Paraná em comemoração ao Dia Mundial da Saúde. Dirigido ao público interno do MP-PR, o evento realizou uma série de ações com o objetivo de conscientizar os participantes quanto à importância dos cuidados com a saúde e da prática de atitudes solidárias. Os alunos da UniBrasil, dos cursos de Biomedicina, Enfermagem e Nutrição, participaram do Circuito Saúde realizando aferição de glicemia, exames de pressão arterial e orientação nutricional. Segundo a professora Angelita Visentin, coordenadora de Enfermagem da UniBrasil, a ação proposta pelo

Arquivo UniBrasil Interação com o público e atividades práticas enriquecem o aprendizado

9

Ministério Público consolida o objetivo do curso em desenvolver atividades de cunho coletivo, aliando a teoria à prática. A coordenadora do curso de Biomedicina, Lilian Pereira Ferrari, revela que a parceria com o MP-PR possibilita o envolvimento dos alunos com a comunidade. Com base nos exames de glicemia e pressão arterial e também na avaliação física dos participantes, os alunos de Nutrição da UniBrasil orientaram os participantes do evento sobre hábitos de alimentação saudáveis. “Com essas informações em mãos, os Acadêmicos de Nutrição orientam os participantes do evento sobre hábitos de alimentação saudáveis acadêmicos ofereceram orientação nutricional aos participantes, revela muito importante para nós, alunos, e para as pessoas Cynthia Matos Silva Passoni, coordenadora de curso que são diagnosticadas”, afirma Juliana. de Nutrição da UniBrasil. Acupuntura, avaliação do nível Arquivo UniBrasil

ESCOLA DE SAÚDE PARTICIPA DE EVENTO NO MINISTÉRIO PÚBLICO

Um dos projetos desenvolvidos pelo curso com o objetivo de instigar ideias inovadoras e multiplicar competências é o XCOM. Inspirado na frase da poetisa Cora Coralina “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina”, o XCOM incentiva a comunidade externa, alunos, egressos e professores do curso de Administração e Ciências Econômicas da UniBrasil a compartilhar seus conhecimentos. “Partindo da premissa de que todos nós dominamos um conhecimento específico, oportunizamos por meio do XCOM a transferência dessa competência para outras pessoas, sejam elas da comunidade interna ou externa”, afirma o coordenador do curso.

de nicotina em fumantes, ginástica laboral e Oficinas de Qualidade de Vida estavam entre as atividades promovidas no evento. Renato Cardoso, aluno do 7.º período do curso de Nutrição da UniBrasil, destaca a importância de participar de eventos como o Dia da Saúde. “Para nós, alunos de Nutrição, agrega conhecimento e permite interação com o público”, diz. A aluna do 7.° período de Biomedicina, Juliana Leandro Paz, afirma que o contato com o público é essencial. “Fazemos uma triagem com pessoas que não sabem que são diabéticas. Essa proximidade com o público é

Elaine Boleti, aluna do 5.° período do curso de Enfermagem da UniBrasil, que promoveu a aferição de pressão entre os participantes, também revela que eventos como esse enriquecem o aprendizado acadêmico. “Fizemos um circuito de saúde de múltiplos canais, que nos permitiu verificar a existência de algum tipo de anormalidade e, quando se necessário, encaminharmos o participante ao profissional adequado. Para o nosso aluno, o contato com o público alinha a teoria à prática, o que é fundamental”, afirma a professora do curso de Enfermagem da UniBrasil, Vânia Carla Camargo.


RIO+20 - UniBrasil SEDIA EVENTO DA SMMA E REGIONAL BOA VISTA

UniBrasil SEDIA EM CURITIBA REUNIÃO SOBRE A RIO+20

No dia 04 de junho, as Faculdades Integradas do Brasil sediaram o encontro promovido em conjunto pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Regional Boa Vista sobre a Rio+20, que é a Conferência da Organização das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. A Rio+20 foi realizada vinte anos depois da Conferência que aconteceu no Rio de Janeiro em 1992, conhecida como Eco 92, e cujo legado, principalmente a Declaração do Rio, a Agenda 21, a Convenção-Quadro sobre Mudança do Clima e a Convenção sobre Diversidade Biológica, estará sempre associado à intensa participação da sociedade civil nos debates que foram promovidos. O evento contou com a participação dos 193 países e abordou dois grandes temas: a economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável e do combate à pobreza e a estrutura de governança institucional. Durante o mesmo período aconteceu no Rio de Janeiro a Cúpula dos Povos, evento promovido por grupos da sociedade civil, como as organizações não governamentais e as empresas, para debater os mesmos temas da Conferência da ONU.

Aldo Arantes falou aos acadêmicos desenvolvimento sustentável e a rio + 20

sobre

“Desenvolvimento Sustentável e a Rio +20” foi o tema da palestra realizada por Aldo Arantes no dia 27 de abril, na UniBrasil, numa promoção do curso de Serviço Social das Faculdades Integradas do Brasil. O evento fez parte do I Seminário Nacional de Meio Ambiente realizado pela União Brasileira de Mulheres (UBM) e apoiado pelo curso. Segundo Aldo Arantes, não há como resolver a questão da fome e da miséria sem desenvolvimento, sem o qual também não se produzem riquezas para resolver os problemas ambientais. “Há que se encontrar uma solução que compatibilize essas diversas dimensões, ou seja, um projeto de desenvolvimento sustentável que leve em conta essas vertentes da formação social”.

Jenifer Magri

Para Aldo Arantes não se deve tratar a questão social de forma isolada

10


Arquivo UniBrasil

SIGNATÁRIOS DO PACTO GLOBAL – PROXIMIDADE E AÇÕES CONJUNTAS Dia 18 de abril, na sede da FGV/ISAE de Curitiba, a Rede Brasileira do Pacto Global promoveu um encontro de aproximação do Comitê Brasileiro do Pacto Global (CBPG) com todas as organizações signatárias. O Pacto Global é formado por uma rede voluntária de cidadania corporativa internacional, com 8700 adeptos e grupos de interesse em mais de 140 países, constituindo um fórum para aprendizado e troca de experiências. A UniBrasil é signatária deste Pacto, assim como do PRME, como demonstração de seu compromisso de educação para a sustentabilidade. Nilson Pegorini (FAE), Wanda Camargo (UniBrasil), Norman de Paula (FGV/ISAE) e Jorge Soto (Braskem)

O CBPG propôs uma carta de compromissos da comunidade empresarial em seu mais alto nível executivo para a complexa agenda de temas da Rio+20. O documento analisou cinco aspectos de políticas públicas que devem ser estimulados, considerando o papel promotor e incentivador do governo como fundamental para a escala da contribuição empresarial: Fortalecimento da educação, dando destaque à difusão dos princípios e das práticas de desenvolvimento sustentável; Favorecimento de investimentos em inovação, pesquisa e desenvolvimento de ciência e tecnologia;

Promoção da produção e consumo sustentável; Apoio às empresas que assumam os riscos da introdução de novos produtos e serviços mais sustentáveis; Fortalecimento da participação empresarial e de integração das diversas políticas nacionais e globais considerando o equilíbrio entre desenvolvimento econômico, social e ambiental.

No encontro, Petrobras, Copel, Sanepar, FIEP, Itaipu Binacional, Arayara e dezenas de outras empresas estavam presentes, representadas por seus diretores de Sustentabilidade e/ou Responsabilidade Social, a maior parte delas já signatárias do Pacto Global. Entre as instituições de ensino superior, UFPR, FAE e UniBrasil, representada pela professora Wanda Camargo, assessora institucional.

No Brasil são 440 organizações, tendo o Comitê Brasileiro 35 membros e atuação destacada no cenário internacional.

SERVIÇO SOCIAL: CONCEITO MÁXIMO E COMPROMISSO COM A CIDADANIA O curso de Serviço Social das Faculdades Integradas do Brasil obteve conceito máximo no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). O resultado, divulgado em novembro de 2011, é reflexo do compromisso da Instituição com a formação de profissionais capacitados e comprometidos com o exercício da função.

11

O curso também prepara os alunos para realizar consultorias, assessorias e capacitações que podem contribuir para o acesso da população a condições sociais favoráveis, que contribui para a expansão da cidadania e para o fortalecimento dos direitos humanos. Segundo a coordenadora do curso de Serviço Social da UniBrasil, Raquel Barcelos de Araújo, “o desempenho é

fruto do esforço coletivo entre a direção, a coordenação do curso, o corpo docente e os alunos”. O projeto pedagógico é outro ponto ressaltado pela coordenadora. Nosso objetivo é atender as demandas contemporâneas do Serviço Social, mantendo a conexão entre a teoria e a prática, ressalta.


No mês de março foi realizada no município de Pinhais, em conjunto com o SESC Cidadão e o programa Justiça no Bairro, a Feira Municipal de Serviços, em comemoração aos 20 anos de emancipação do município. As Faculdades Integradas do Brasil estiveram presentes com os cursos de Ciências Contábeis, Educação Física e Nutrição. Mais de dezoito mil pessoas foram atendidas, superando a expectativa do ano anterior. Vários atendimentos foram prestados nas mais diversas áreas. Segundo o prefeito da cidade, Luizão Goulart, há muitas demandas e a proposta é aproximar-se cada vez mais da comunidade. O coordenador do curso

de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas do Brasil, professor Cesar Augusto Gaertner, disse que a participação do curso com o esclarecimento de dúvidas sobre o imposto de renda foi bastante importante e demonstrou a integração da UniBrasil com a comunidade. “Sempre que possível estamos à disposição para atender o município”.

Arquivo UniBrasil

UniBrasil APOIA FEIRA DE SERVIÇOS EM PINHAIS

O curso de Educação Física compareceu com a turma de estágio supervisionado em recreação e lazer. Os alunos auxiliaram nas Acadêmicos de Nutrição prestaram atendimento sobre avaliação nutricional atividades propostas pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Pinhais e apoiaram o curso de Nutrição, complementando a avaliação nutricional.

Arquivo UniBrasil

UniBrasil SEDIA FESTIVAL DE FUTSAL PARA DEFICIENTES INTELECTUAIS No dia 07 de maio, as Faculdades Integradas do Brasil sediaram o Festival de Futsal para deficientes intelectuais, do qual participaram mais de 400 alunos de 19 escolas de educação especial. O evento contribuiu para incentivar a prática do esporte e qualificar para os Jogos Inclusivos (JOIN), promovido pela Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (SMELJ). Os acadêmicos da disciplina de Fundamentos de Educação Física Adaptada - bacharelado e licenciatura - participaram das atividades físicas, ressaltando, com isso, o compromisso da Instituição com a formação de profissionais críticos e comprometidos com toda a sociedade. O evento contribuiu para incentivar a prática do esporte e qualificar para os Jogos Inclusivos

12


13


Fomentar o debate sobre temas relacionados a diversas áreas do conhecimento e democratizar a informação é o principal objetivo das Faculdades Integradas do Brasil com a realização de eventos como a Academia UniBrasil, direcionado a alunos e comunidade. A primeira edição do ano, realizada dia 22 de março, recebeu o deputado federal Angelo Vanhoni, em uma iniciativa da Escola de Educação e Humanidades. “O Desafio do Brasil na Área de Educação: o Plano Nacional de Educação” foi o tema do evento. Jenifer Magri

A coordenadora da Academia UniBrasil, professora Wanda Camargo, explica que o objetivo é trazer personalidades que descrevam a sua trajetória profissional ou uma área do conhecimento e contribuam para motivar o acadêmico para uma carreira.

Clèmerson Merlin Clève, presidente da UniBrasil, Angelo Vanhoni e professora Wanda Camargo, coordenadora do evento Academia UniBrasil

Jenifer Magri

“A motivação do discente pode ser significativamente alterada se a instituição conseguir, por meio do seu ambiente de aprendizagem, ampliar suas perspectivas futuras”. Para o professor Clèmerson Merlin Clève, presidente das Faculdades Integradas do Brasil, “é muito importante um parlamentar prestar contas da sua atividade e ao mesmo tempo colher contribuições na universidade a respeito de um tema que é tão relevante”. Angelo Vanhoni falou para os acadêmicos sobre o Plano Nacional de Educação e as principais metas e estratégias para os próximos anos. Segundo Vanhoni, o projeto tem dois eixos, o da inclusão e o da melhoria na qualidade do ensino. O número de jovens em idade escolar para o ensino universitário, segundo o palestrante, atinge cerca de 38 milhões no Brasil e a proporção incluída no sistema é de apenas 13%. Para o deputado, um grande desafio é combinar o esforço da inclusão com a melhoria da qualidade de ensino. “Dentre as metas estão a melhoria da qualidade da proficiência, da educação, da alfabetização e de melhores salários para os professores”. Para a professora Paulla Helena Silva de Carvalho, coordenadora do curso de Pedagogia e madrinha do evento, foi essencial discutir o tema com quem está pensando e poder intervir no processo. Thais Pastre, professora e coordenadora do curso de Educação Física, destacou que a questão da licenciatura está muito atrelada à questão didático pedagógica, principalmente do processo de ensino e de aprendizagem.

Sergio Ferraz de Lima, diretor geral da UniBrasil, Angelo Vanhoni e Jairo Marçal, diretor acadêmico da UniBrasil

14


O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, foi o convidado da segunda edição da Academia UniBrasil realizada no dia 3 de maio. “Os Direitos Fundamentais e a Potencialidade Democrática da Lei de Acesso à Informação” foi o tema da palestra. A nova lei pretende disciplinar as formas de participação do usuário na administração pública direta e indireta, regulando especialmente o seu acesso a registros administrativos e a informações sobre atos de governo, e garantindo que são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito à indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação.

Jenifer Magri

Os acadêmicos Odailson Campos dos Santos, do 6.º período de Educação Física, e Renan de Oliveira Ferreira dos Santos, do 5.º período, também comentaram sobre a importância do debate com Angelo Vanhoni. Odailson disse que o profissional precisa vivenciar essas mudanças propostas e acompanhar se estão de acordo com a realidade. “Se possível intervir com possíveis discussões como as de hoje para melhorar as metas”. Para Renan, a palestra sobre o PNE é de relevância para toda a sociedade. “A educação é ponto de apoio para alavancar uma mudança estrutural em uma sociedade”.

Alunos da Escola de Educação e Humanidades discutem o Plano Nacional de Educação

Segundo o presidente das Faculdades Integradas do Brasil, professor Clèmerson Merlin Clève, a Academia UniBrasil foi idealizada com o objetivo de concentrar conferências de natureza puramente acadêmica, mas com dimensão superlativa. Sobre a nova lei, Clève afirma que ela veio franquear a todos os brasileiros o acesso à informação, com exceção às essenciais para a manutenção da segurança do país.

Para o ministro Paulo Bernardo, a lei consolida a cultura de que o cidadão deve ter acesso às informações sobre as ações realizadas pelos governos. “O cidadão é o patrão, é quem paga a conta. Ao solicitar a informação, o governo tem 30 dias para responder, válido para todos os órgãos públicos”. Sobre as informações sigilosas, o ministro revelou que elas poderão existir, mas precisam ter uma justificativa e, mesmo em casos como esse, é possível recorrer.

Jenifer Magri

Jenifer Magri

Ministro Paulo Bernardo com Wilson Ramos, diretor e sócio fundador da UniBrasil, e Clèmerson Merlin Clève, presidente da UniBrasil

Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo

15


Jenifer Magri

O evento foi direcionado às Escolas de Comunicação e Direito

Transparência – segundo Paulo Bernardo, há dois tipos de transparência, a ativa e a passiva. Na transparência ativa, os governos disponibilizam as informações na internet. “As demais informações são as chamadas passivas, que não estarão disponíveis no portal, mas serão disponibilizadas quando solicitadas, e dentro do prazo estipulado. O ministro acredita que, no início, haverá muitos pedidos de acesso à informação, mas à medida que elas forem sendo disponibilizadas, o processo será normalizado. A coordenadora da Academia UniBrasil, professora Wanda Camargo, revelou que hoje há muita informação, mas falta transparência. “A questão da disponibilização dos dados, da correta interpretação, da possibilidade do cidadão ter acesso a real informação do seu governo é fundamental se quisermos constituir uma cidadania”.

“Direito - a verdade como resultado da complementaridade de ações entre a Comissão da Verdade e os Tribunais” foi o tema abordado pelo Secretário Nacional de Justiça e Presidente da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, Paulo Abrão, na terceira edição da Academia UniBrasil. O evento contou com a participação de alunos do curso de Direito e convidados. A Comissão Nacional da Verdade foi instituída por lei em 18 de novembro de 2011 e tem como objetivo apurar as violações aos Direitos Humanos ocorridos entre os anos de 1946 e 1988, período que abrangeu a Ditadura Militar no Brasil.

organização para que a lei de Acesso à Informação pública seja aplicada com toda sua potencialidade “É necessário que haja uma compatibilidade com o exercício dos direitos humanos e de cidadania, e que a cultura dos nossos organismos de segurança seja voltada para a proteção do cidadão e não para a repressão ao cidadão”, afirmou Abrão.

O Secretário Nacional de Justiça disse que os maiores desafios do Brasil e da sociedade brasileira são o apoio aos trabalhos da Comissão da Verdade e a continuidade aos trabalhos da Comissão de Anistia, além da Helton Liça Jenifer Magri

Silvia Calciolari, Marlene Wiedermann e Kazuco Akamine, do Conselho da Mulher Executiva da ACP e Paulo Bernardo

Secretário Nacional de Justiça, Paulo Abrão, falou sobre a Comissão da Verdade

16


Helton Liça

Alunos do curso de Direito participam da Academia UniBrasil

Abrão afirmou que hoje há uma mudança cultural no Brasil, uma vez que a sociedade de antes se baseava na ideia de esquecimento e agora a sociedade se baseia na ideia de memória. “É importante enfrentar as violações produzidas no nosso passado para apontar para o futuro a não repetição. O que está em disputa é a própria concepção da característica do brasileiro, não apenas como homem cordial, mas também como sujeito que sabe resistir diante da opressão”. Em relação aos avanços conquistados pela sociedade, Abrão revelou que eles podem ser observados no trabalho que as comissões de reparação produziram nesses últimos 15 anos. “A Comissão de Mortos e a Comissão de Anistia e, mais recentemente, a aprovação da lei de Acesso à Informação e a lei que instituiu a Comissão da Verdade contribuem para o cumprimento de agenda pendente da transição brasileira, que

apontam para a concepção de uma sociedade plena de suas liberdades e de seus direitos”. Para o secretário, a juventude deve fortalecer as atuais conquistas. “A expectativa é que a juventude se apodere dessas conquistas e as defenda de forma veemente, como o fez a geração do passado, que tanto lutou”. Para o presidente das Faculdades Integradas do Brasil, professor Clèmerson Merlin Clève, Paulo Abrão desenvolve um trabalho notável no Ministério da Justiça e já esteve à frente da Comissão de Anistia, que vem fazendo um trabalho de purgação das dores que emergiram por conta da ditadura militar. “A Comissão do Verdade vai fotografar o que efetivamente aconteceu durante o período ditatorial. Depois de quase 30 anos de redemocratização e quase 24 da nova constituição já é tempo de vermos efetivamente o que aconteceu durante o regime militar”, diz. Segundo Clève, um país não consegue prosseguir no seu processo de construção de uma sociedade livre e democrática se não aponta para a verdade dos fatos. “Nós devíamos isso para o Brasil”, diz.

17

A coordenadora do Programa de Mestrado em Direito da UniBrasil, professora Carol Proner, afirmou sobre o tema em debate que há uma história do Brasil que ainda não foi concluída. “Os historiadores fizeram um bom trabalho, a historiografia brasileira é muito completa, mas há pontos que ainda não têm explicação e o Brasil precisa conhecer o seu passado”. O presidente do Grupo Tortura Nunca Mais, Narciso Pires, participou do Academia UniBrasil e revelou que a Comissão da Verdade é uma reivindicação antiga dos movimentos que lutam pela verdade, memória e justiça. “Para fazer a transição para a democracia precisamos cumprir etapas necessárias e pergunto: ´foram desmantelados os entulhos autoritários durante a ditadura militar?´”. Para Narciso, para não repetir os erros do passado e consolidar a democracia é preciso promover uma contextualização histórica, um resgate do passado.


CICLO PSICOLOGIA EM DEBATE ABORDA “O CAMPO DA PSICANÁLISE” Agostinho Ramalho explicou que a psicanálise possibilita uma abertura de diálogos com outros campos, pois o que se trata nessa área é a linguagem. “É a fala que se dirige a uma escuta, é a cura pela fala como disse uma paciente de Freud”. Ele ressaltou também que é preciso entender que não se cura a humanidade, mas por meio dessa fala é possível elaborar os sintomas.

Jenifer Magri

O ciclo de palestras Psicologia em Debate, promovido pela coordenação do curso de Psicologia das Faculdades Integradas do Brasil, recebeu, em maio, o psicanalista Agostinho Ramalho Neto para debater o tema “O campo da psicanálise”. O palestrante foi recebido pela coordenadora do curso de Psicologia, professora Carla Regina Françoia, que destacou a importância de demarcar a área da psicanálise. “É uma demarcação de campo no que concerne à sua elaboração teórica e à sua prática clínica, o que distinguie a clínica psicanalítica da clínica psiquiátrica ou psicológica”, diz.

Psicanalista Agostinho Ramalho Neto e a coordenadora Carla Regina Françoia

UniBrasil E GRACIOSA TRAZEM A CURITIBA GUSTAVO FRANCO

Jenifer Magri

O economista Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central do Brasil e um dos criadores do Plano Real, esteve em Curitiba no dia 8 de maio a convite das Faculdades Integradas do Brasil e do Graciosa Country Club. O evento contou com o apoio do Solar do Rosário e BPW e foi realizado na sede do Graciosa.

a Economia” e “A Economia e Machado de Assis”. “Este ano, Gustavo Franco fez uma analogia do personagem Fausto com a economia, o dinheiro e a magia, o que é bastante relevante para os acadêmicos. Uma oportunidade ímpar para toda a sociedade e para os estudantes e professores”, afirma Clève.

O economista falou sobre “Fausto e a tragédia do desenvolvimento brasileiro” e lançou o livro “Dinheiro e Magia” de Binswanger. “É uma história sobre a tensão entre os meios e os fins, e a sua popularidade em todo o mundo é consequência do fato de estar presente em muitos dos dilemas inerentes ao desenvolvimento, como da sustentabilidade, da igualdade e do crescimento”. O economista falou sobre “Fausto e a tragédia do desenvolvimento brasileiro”

Gustavo Franco já participou de outros eventos promovidos pela UniBrasil, como “Shakespeare e 18


Jenifer Magri

Oilson Centra Negrelle, vice-presidente do Graciosa Country Club, explicou que o clube está com uma grande programação de eventos culturais com o objetivo de enriquecer as ações realizadas nessa área. Regina Casillo, proprietária do Solar do Rosário, disse que as parcerias são necessárias, principalmente nas áreas de arte e cultura. “Acho muito bem-vinda a ideia de a UniBrasil promover cultura abrindo a sua marca para outros espaços, como o Solar do Rosário, o Graciosa e a BPW”.

Wanda Camargo, assessora institucional da UniBrasil, Gustavo Franco, Regina Casillo, proprietária do Solar do Rosário, Liana Leão, professora da UFPR e Clèmerson Merlin Clève, presidente da UniBrasil

A convite das Faculdades Integradas do Brasil, o advogado Aristoteles Atheniense participou, no dia 26 de abril, do debate “Advocacia nos Tribunais”. O tema é também o título de uma coletânea de artigos de renomados advogados, ministros e juristas, publicada em 2012 para homenagear o mineiro Aristoteles Atheniense, que em 2010 foi eleito o advogado do ano pelo Instituto dos Advogados de Minas Gerais. O debate, realizado na UniBrasil, também contou com a participação dos advogados René Ariel Dotti e Edson Ribas Malachini.

UniBrasil recebe Aristoteles Atheniense, membro do Conselho Superior do Instituto dos Advogados de Minas Gerais

Aristoteles Atheniense transmitiu aos acadêmicos um pouco de sua experiência nos tribunais e revelou que conheceu vários profissionais que, quando chamados para atuar em segunda instância, sentiam-se acanhados e substabeleciam a procuração para outros advogados especializados na área, um dos motivos que despertou seu interesse por esse conhecimento. Atheniense comentou com os acadêmicos sobre a forma que um advogado deve se apresentar diante do tribunal. “Técnica, ordem, sustentação oral e regimento interno são pontos importantes, além de se conhecer

o relator, o revisor e o vogal. Na primeira sustentação oral, o advogado não deve ficar se justificando, pois demonstra que está despreparado para a função”, revelou. Jenifer Magri

A coordenadora do curso de Direito da UniBrasil, Marta Marília Tonin, revelou que eventos como esse aproximam o acadêmico de advogados que são referência em suas áreas. “A advocacia perante os tribunais exige do advogado muita aprendizagem, tanto na apresentação de memoriais quanto na postura. Quanto mais cedo o acadêmico tiver acesso a essas questões, mais estará preparado e seguro para se tornar um profissional de sucesso”.

Jenifer Magri

Advocacia nos Tribunais com ARISTÓTELES ATHENIENSE

O debate “Advocacia nos Tribunais” reuniu personalidades da área jurídica 19


Jenifer Magri

Para René Ariel Dotti é essencial que os alunos tomem conhecimento das atividades relacionadas ao exercício do profissional do Direito em primeira e em segunda instâncias e na exercida pelos Tribunais Superiores. O advogado também explicou que a defesa de uma causa por meio de uma apelação ou de outro tipo de recurso deve expor o caso com economia de palavras - quais são os fatos e qual é o direito aplicável. “Essa é uma especialização que o advogado deve ter não somente do ponto de vista do trabalho técnico, mas também de sua apresentação pessoal”, afirmou o advogado.

René Ariel Dotti participou do debate “Advocacia nos Tribunais”

Jenifer Magri

Jenifer Magri

Edson Ribas Malachini acredita que o tema contribui para a prática da profissão

Edson Ribas Malachini afirmou que a relevância do tema em discussão está no conhecimento prático que se aprende ao longo da carreira e citou o exemplo de um rábula, que usou dizeres do Padre Antonio Vieira: “Não hei de pedir pedindo, senão protestando e argumentando”.

Os convidados do evento Edson Ribas Malachini, Aristoteles Atheniense e René Dotti com a coordenadora de Direito da UniBrasil, Marta Marília Tonin, e o coordenador adjunto, Carlos Dipp

Para o coordenador adjunto do curso de Direito da UniBrasil, Carlos Dipp, o tema abordado pelos palestrantes é de suma importância para que os alunos constatem que nem tudo se aprende na faculdade. “O aluno do curso de Direito precisa estar sempre um passo à frente nas questões atinentes ao exercício da advocacia. A prática não se aprende, se vivencia”, diz.

20


Mulheres Paranaenses são homenageadas pela UniBrasil O Dia Internacional da Mulher é celebrado pelas Faculdades Integradas do Brasil com o evento “Mulheres Paranaenses”, realizado em parceria com a Associação Amigas da Mama, União Brasileira de Mulheres – UBM e Clubes Soroptimistas. O evento presta homenagem a mulheres que se destacam em várias áreas

sociais e profissionais do Paraná e, principalmente, que têm participação ativa e relevante na construção de um mundo melhor para todos. A edição deste ano aconteceu no dia 8 de março com a apresentação do Coral da Associação das Amigas da

Mama e as palestras “Voluntariado feminino: ações e resultados”, de Dirce Merlin Clève, e “A saúde feminina e os desafios para as políticas públicas”, apresentada por Michelle Hartmann. A homenagem foi conferida a doze mulheres, da comunidade interna e externa à instituição, e também a uma aluna atleta.

PROFISSIONAIS DA COMUNIDADE EXTERNA HOMENAGEADAS EM 2012:

21

Cíntia Peixoto: Editora da revista Top View foi homenageada pela Escola de Negócios

Marleth Silva: Jornalista, editora executiva do jornal Gazeta do Povo foi homenageada pela Escola de Comunicação

Elenice Mara Matos Novak: Pró-reitora de Cultura e Extensão da UFPR foi homenageada pela Comunidade Acadêmica

Nilda Mott: Diretora de Relações Institucionais da Associação Franciscana de Educação ao Cidadão Especial (Afece) foi homenageada pela Escola de Saúde

Liana Leão: Pesquisadora, organizadora de publicações e eventos sobre Shakespeare foi homenageada pela Escola de Educação e Humanidades

Rogéria Dotti: Advogada, Sócia-administradora da Dotti & Advogados Associados foi homenageada pela Escola de Direito


Priscila Fiedler

PROFISSIONAIS DA UniBrasil HOMENAGEADAS EM 2012: Ana Marina Nicolodi: Ouvidora Elizabeth Dorigo Capriglioni: Bibliotecária Chefe Melina Breckenfeld Reck: Assessora Jurídica Paula Figueiredo Ghiraldi: Assessora da Presidência Roseli Rocha Dos Santos: Coordenadora de Cooperação Institucional e Internacional Silmara Marchioretto: Gerente de Infraestrutura Fernanda Richa discursou no início do evento sobre o reconhecimento da mulher

Priscila Fiedler

As Faculdades Integradas do Brasil em homenagem às mulheres paranaenses

A professora Wanda Camargo, assessora institucional da UniBrasil, explicou que o evento tem dois objetivos, o de marcar o posicionamento da UniBrasil na questão de gênero e a preservação da memória, ou seja, quem

são os homenageados, porque e qual a relevância de cada um. “O que nós queremos é que o aluno se lembre dessas pessoas e que elas possam servir de norte para suas futuras profissões”, argumenta.

Fernanda Richa, Secretária da Família e Desenvolvimento Social, homenageada de 2011, discursou no início do evento sobre o reconhecimento da mulher e seu papel, observando a importância das homenagens 22


“É importante mostrar aos jovens que estão na faculdade que com muito trabalho e empenho as mulheres conseguem chegar lá e desempenhar um papel relevante”, afirmou Cíntia Peixoto, editora da Revista Top View. Elenice Mara Matos Novak, próreitora de Cultura e Extensão da UFPR, disse estar feliz por receber a homenagem de uma instituição tão forte, significativa e expressiva. “Essa homenagem é para mim e para minha família um orgulho”. Rogéria Dotti, sócia-administradora da Dotti & Advogados Associados, afirmou que as homenagens são um sinal de que a UniBrasil tem muita sensibilidade e preocupação com a valorização da mulher a respeito do papel importante que elas desempenham na sociedade. “Independente da data, esse dia é para comemorar e para resgatar a igualdade entre os sexos” A homenageada Nilda Mott, diretora de Relações Institucionais da Associação Franciscana de Educação ao Cidadão Especial (Afece), afirmou ao receber a homenagem que “o nosso exemplo deve deixar boas sementes para que tenhamos a continuidade desse trabalho”. Liana Leão, autora de 17 livros infantis e editora brasileira do projeto Global Shakespeares do Massachusets Institute of Technology, nos Estados Unidos, falou sobre a emoção de ser uma das homenageadas e sobre a importância do Dia Internacional da Mulher. “Eu fiquei muito emocionada com o carinho e também por ter companheiras de premiação tão bacanas”.

23

Priscilla Fiedler

feitas pela faculdade. Para ela, esse dia mostra o quanto as mulheres estão crescendo culturalmente em competência, qualificação e capacidade. “Estamos nos colocando hoje em níveis iguais e superiores aos homens não para roubar espaço, mas para mostrar que nós estamos aqui para ter uma competição saudável”.

As Faculdades Integradas do Brasil prestam homenagem às mulheres paranaenses

Marleth Silva, editora executiva do jornal Gazeta do Povo, comentou que a homenagem é muito significativa por vir de uma instituição de ensino. “A acadêmica e atleta da UniBrasil Letícia Saltori representou as alunas da Instituição. “É um dia marcante para todas as mulheres pelo trabalho e dedicação”.

Segundo Michelle Hartmann, mestre em Direitos Fundamentais e Democracia pela UniBrasil, o encontro oportunizou a reflexão sobre o papel na sociedade contemporânea e levantou discussões sobre as ações que podem ser desenvolvidas e desempenhadas pelos poderes públicos.

Ao final das homenagens, Dirce Merlin Clève, membro da Soroptimist International of the Americas e coordenadora da campanha de prevenção ao tráfico de mulheres, falou sobre o papel do voluntariado, seus principais direitos e deveres e sobre a organização Soroptimista. Para ela, o verdadeiro voluntário está na prestação de serviço. “O trabalho voluntário é uma troca, uma questão de amor”.

O evento contou também com a participação do coral da Associação Amigas da Mama e com o apoio da União Brasileira de Mulheres (UBM), do Clube Soroptimistas, O Boticário e Qualinova.


PRESIDENTE DA UniBrasil PARTICIPA DE EVENTOS NA ÁREA DE DIREITO

Helton Liça

O renomado jurista brasileiro e presidente das Faculdades Integradas do Brasil, professor Clèmerson Merlin Clève, participou ativamente de eventos voltados à área de Direito no primeiro semestre de 2012. Entre outros eventos, o presidente da UniBrasil participou do Comgresso Internacional Direito e Poder - Os Caminhos da Democracia, realizado de 16 a 18 de janeiro na Universidade Pablo de Olavide, em Sevilha (Espanha). Professor titular de Direito Constitucional da UniBrasil e da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Clève debateu sobre “Direito e poder a partir de uma teoria crítica: os desafios da democracia”, tendo como mediadora a professora Dra. Carol Proner, coordenadora do Programa de Mestrado em Direito da UniBrasil e Co-Diretora do Programa de MestradoDoutorado em Direitos Humanos, Interculturalidade e Desenvolvimento da UNIA-UPO (Espanha). Em fevereiro, no auditório da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR), Clèmerson Merlin Clève proferiu palestra sobre “Direito Constitucional e Emancipação Social”, em conferência que marcou o início das aulas do primeiro curso de especialização realizado pelo órgão. A UniBrasil é a instituição de ensino superior responsável pelo curso de especialização em “Direito: Capacitação Avançada para o Assessoramento da Jurisdição Trabalhista”, que faz parte do projeto plurianual de capacitação de assessores, assistentes de desembargadores e juízes de todo o Paraná. A solenidade de abertura foi presidida pela presidente do TRT-PR, desembargadora Rosemarie Diedrichs Pimpão. No dia 5 de março, Clèmerson Merlin Clève lançou a obra “O Direito e os Direitos – Elementos para uma Crítica do Direito Contemporâneo”, em que dialoga com pensadores como Foucault, Althusser e Miaille para compreender o lugar epistêmico e político do fenômeno jurídico. Na obra “Para uma Dogmática Constitucional Emancipatória”, o autor expõe cinco textos elaborados em momentos diversos de sua vida que abordam perspectivas críticas na compreensão do Direito.

Presidente da UniBrasil no X Simpósio Nacional de Direito Constitucional

Também foi lançada nesse mês a segunda edição da obra “Fidelidade Partidária e Impeachment”. Nesse livro, o jurista faz uma análise sobre impeachment e a competência da Justiça Eleitoral, em uma linguagem objetiva e direta.

Assembleia Legislativa do Estado em ocasião da Sessão Solene comemorativa aos 319 anos de Curitiba. A homenagem foi concedida “em reconhecimento pela contribuição para o desenvolvimento da nossa cidade nas áreas do direito e da educação”.

Em abril, Clève foi o conferencista convidado para a abertura do II Fórum Brasileiro de Direito Disciplinário, em Curitiba. “Função Pública e Direitos Fundamentais” foi o tema abordado. Nesse mesmo mês, Clève também esteve presente na abertura do III Congresso Brasileiro de Direito Eleitoral realizado na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP) pela UniBrasil e pelo Instituto Paranaense de Direito Eleitoral, com a chancela do Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral e do Conselho Federal da OAB. Em sua conferência “Uma agenda para o Brasil”, o professor Clèmerson Merlin Clève defendeu a necessidade de controlar e coibir toda e qualquer irregularidade referente à propaganda eleitoral.

Reserva de Justiça foi o tema da conferência de Clève no X Simpósio Nacional de Direito Constitucional que abordou a economia como elemento de garantia de Direito. O evento ocorreu de 24 a 26 de maio em Curitiba.

Por proposição do deputado Ney Leprevost, Clèmerson Merlin Clève foi agraciado com Menção Honrosa pela

Para Clève, o Brasil apresenta uma reserva de justiça formada pelos princípios fundamentais, por objetivos e pelo catálogo de Direito da República Federativa do Brasil. O professor esclarece que a reserva de justiça aponta para o modo de conceber o estado, para a maquinaria constitucional e para o compromisso com esta. “Temos compromisso com a inclusão, com a ideia de uma gestão orientada para o contentamento de direitos e objetivos fundamentais da república”.

24


Helton Liça

Helton Liça

Tendências atuais do controle de constitucionalidade foi o tema da palestra proferida pelo professor Clèmerson Merlin Clève no seminário “Direitos Fundamentais, Mediação de Conflitos e Controle de Constitucionalidade”. O evento ocorreu em maio, na Escola Superior de Advocacia (ESA), e contou também com a conferência dos advogados Luciane Moessa de Souza, procuradora do Banco Central do Brasil e professora de Direito Constitucional da Escola da Magistratura do Rio de Janeiro, e Daniel Wunder Hachem, professor de Teoria do Estado e de Direito Constitucional da UniBrasil e da UFPR.

Presidente da UniBrasil autografa obra

Clèmerson Merlin Clève com Daniel Wunder Hachem e Luciane Moessa de Souza em evento na ESA

Ao final das palestras houve sessão de autógrafos dos livros de autoria dos palestrantes.

ALUNOS DE DIREITO PARTICIPAM DE JULGAMENTO NO TRIBUNAL DO JÚRI

O aluno Leandro Nicdzwiccki, do 7.º período de Direito, ficou satisfeito com a nova experiência. “Foi um caso trabalhoso, principalmente porque o recebemos em cima da hora. A oportunidade que a UniBrasil nos proporcionou só vem acrescentar na carreira”. Antoine Youssej Keml, do 8.º período, considera importante vivências como essa oportunizada pelo Núcleo de Prática Jurídica. “Pela prática realizada eu posso afirmar que posso estar, no futuro, entre os poucos que fazem júri no Brasil”. Dia 25 de abril, os estudantes

25

Dr. Rodrigo Faucz, professor da UniBrasil, coordenou os trabalhos do júri real

Paulo Sérgio Ferreira Fortunato

Para participar do júri real, os alunos estudaram detalhadamente o processo e prepararam defensivas, sempre coordenados pelo advogado de defesa do processo, professor de Direito Penal e da Clínica de Tribunal do Júri da UniBrasil, Dr. Rodrigo Faucz. Segundo o professor, a ação oportunizou aos alunos desenvolver algumas técnicas e estudos necessários para atuar profissionalmente. “Os acadêmicos ganharam experiência e analisaram, na prática, como a justiça funciona”.

participaram de mais um júri real no plenário do Tribunal do Júri, em Curitiba. Direito e Processo Penal, Psicologia, Medicina legal e argumentação foram os temas estudados pelos acadêmicos.

Paulo Sérgio Ferreira Fortunato

No dia 11 de abril, alunos do curso de Direito das Faculdades Integradas do Brasil tiveram a oportunidade de participar de um júri real e vivenciar de fato a profissão que escolheram seguir. O julgamento foi realizado no Tribunal de Justiça do Paraná e contou com a participação de 12 acadêmicos da UniBrasil, que acompanharam o advogado de defesa do processo e professor de Direito Penal e da Clínica de Tribunal do Júri da UniBrasil, Dr. Rodrigo Faucz.

Alunos do curso de Direito da UniBrasil participam de júri real


DIREITOS HUMANOS É TEMA DE CONFERÊNCIA PROMOVIDA PELO MESTRADO

Foram abordados no evento os seguintes temas: Desafios contemporâneos do direito: diversidade, complexidade e direitos humanos; Modernidade e sujeitos: reflexões sobre a emancipação, a dominação e a regulação. Sobre o conceito de “historicização” e crítica à visão (de)generadora dos direitos humanos; Notas sobre a racionalidade econômica eficiente e de sacrifício, a barbárie mercantil e a exclusão dos seres humanos concretos e da natureza; Novos colonialismos do capital, propriedade intelectual, direitos dos povos e a herança, recreações, cuidados e espaços comuns ou locais para a humanidade, povos indígenas e direitos humanos.

Jenifer Magri

O Programa de Pós-Graduação e Mestrado das Faculdades Integradas do Brasil promoveu nos dias 2, 3 e 4 de abril, a conferência “Encantos y desencantos de los derechos humanos”, com o Professor Doutor David Sánchez Rubio, da Universidad de Sevillha. A promoção foi do Núcleo de Pesquisa em Direito Civil e Constituição, Núcleo de Pesquisa em Trabalho e Regulação no Estado Constitucional e PPGD das Faculdades Integradas do Brasil.

David Sánchez Rubio, da Universidad de Sevillha, proferiu palestra na UniBrasil

PÁTRIAS DEBATE JURISPRUDÊNCIA DA CORTE INTERAMERICANA DE DH

O coordenador dos debates, professor Eduardo Biacchi Gomes, afirmou que o tema é pertinente à linha II de pesquisa do Grupo do Mestrado. “Representa a

Professora Isabela Piacentini no Ciclo de Palestras do Pátrias

realidade do Direito Internacional e a importância que a UniBrasil confere aos tratados que versam sobre os Direitos Humanos”. O neo constitucionalismo e o novo constitucionalismo latino-americano foi outro tema abordado no Ciclo de Palestras, tendo como convidada a professora da PUC-PR, Amélia Sampaio Rossi. Doutora em

Jenifer Magri

A palestra, realizada dia 27 de abril, foi ministrada pela professora Isabela Piacentini de Andrade, graduada em Direito pela Universidade Federal do Paraná, mestre e doutoranda pela Université de Paris II, com trabalhos voltados às áreas de Direito Internacional Público, especialmente em assuntos relacionados aos Direitos Humanos, Responsabilidade Internacional, Organizações Regionais e Mercosul.

Jenifer Magri

“A concretização dos Direitos Fundamentais na Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos: o dever de garantir como ferramenta de maximização do conteúdo dos direitos fundamentais” foi tema de debate do Ciclo de Palestras promovido pelo Programa de Mestrado em Direito, Escola de Direito e Relações Internacionais e Grupo Pátrias das Faculdades Integradas do Brasil.

Professora Amélia Sampaio Rossi, convidada do Grupo Pátrias, falou sobre o neo e o novo constitucionalismo latino-americano

Direito do Estado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), a professora apresentou a ideia do constitucionalismo contemporâneo e o movimento dos textos constitucionais desde o fim da Segunda Guerra Mundial – quando saíram da condição periférica em relação à importância dentro da ordem jurídica – até os dias de hoje.

26


PET REALIZA 1.º COLÓQUIO INTERDISCIPLINAR

O primeiro evento foi planejado em conjunto com o Núcleo de Pesquisas em Direito Constitucional da UniBrasil – NUPECONST e abordou um debate interdisciplinar sob a perspectiva antropológica, questões contemporâneas e a

judicialização dos diretos fundamentais. Participaram do 1.º Colóquio a Dra. Estefânia Maria de Queiroz Barboza, líder do NUPECONST e professora do mestrado e da graduação de Direito Constitucional, a Dra. Laura Garbini Both, ex-tutora do Pet e professora de Direito e Sociedade I e a Me. Melina Girardi Fachin, professora de Direitos Humanos. O evento foi organizado pelo tutor do PET, professor Me. Ozias Paese Neves e pela líder do NUPECONST, Dra. Estefânia

Maria de Queiroz Barboza.

Jenifer Magri

No dia 23 de maio foi realizado o 1.º Colóquio Interdisciplinar do PET: Direitos fundamentais e democracia, diálogos com o NUPECONST. O projeto que deu origem aos Colóquios Interdisciplinares do Programa de Educação Tutorial (PET) busca fortalecer o diálogo entre a graduação e a pósgraduação strictu sensu da UniBrasil estabelecendo pontes em temáticas que são desenvolvidas na iniciação científica da graduação e do mestrado.

PET realiza debate sobre questões contemporâneas e judicialização dos direitos fundamentais

PET - DIREITO E CINEMA PROMOVE DEBATES O programa Direito e Cinema foi lançado pelo curso de Direito das Faculdades Integradas do Brasil em 2005 e, desde então, já exibiu dezenas de filmes promovendo o debate de temas que relacionam Direito e sociedade. Neste ano, o programa foi incorporado ao Programa de Educação Tutelar (PET) passando a denominar-se PET - Direito e Cinema e realizou, ainda no primeiro

semestre, um ciclo que visa debater, por meio de filmes clássicos e contemporâneos, questões relacionadas à História, ao Direito e à Violência. O Programa PET - Direito e Cinema iniciou em março com a exibição do filme Laranja Mecânica, tendo como debatedores o professor convidado Me. Luiz Carlos

Sereza e o acadêmico do PET, Rafhael Cesar Casalli, seguido de Fahrenheit 451, com debate de Me. Ozias Paese Neves e da acadêmica Alice Gruba. Também foram apresentados os filmes Ônibus 174, com debate realizado por Me. Everton Oliveira e pelo acadêmico Gustavo Henrique de Jesus Luize e M., O Vampiro de Düsseldorf, por Dr. Clóvis Gruner.

PÓS EM LICITAÇÕES E CONTRATOS REALIZA AULA MAGNA

27

O presidente do TC-PR, Fernando Augusto Melo Guimarães, e o coordenador do curso, José Anacleto Abduch Santos

Jenifer Magri

O coordenador do curso de pós-graduação em Licitações e Contratos Administrativos da UniBrasil, professor José Anacleto Abduch Santos, a aula inaugural apresenta aos alunos um panorama amplo e abrangente sobre o tema central do curso, que são as licitações, tratando dos fundamentos do dever de licitar. “A Aula Magna abordou a visão do órgão que tem o dever de controlá-la, desde a configuração, passando por todas as etapas até a fase final que é a prestação de contas”.

Jenifer Magri

O curso de pós-graduação em Licitações e Contratos Administrativos das Faculdades Integradas do Brasil realizou Aula Magna no dia 13 de abril com a presença do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, Fernando Augusto Melo Guimarães, que falou sobre “O regime jurídico administrativo e o dever de licitar sob a ótica do controle externo”.

Aula Magna do curso de pós-graduação em Licitações e Contratos Administrativos


UniBrasil REALIZA III CONGRESSO BRASILEIRO DE DIREITO ELEITORAL

O presidente das Faculdades Integradas do Brasil, professor Clèmerson Merlin Clève, fez a conferência de abertura do evento, que abordou as decisões do Supremo Tribunal Federal e Tribunal Superior Eleitoral, levando aos congressistas aspectos práticos sobre as regras eleitorais que interferem diretamente no pleito deste ano. A Comissão Científica foi composta por grandes nomes do Direito Eleitoral, como os eminentes ministros do TSE, Fernando Neves, Torquato Jardim e Luiz Carlos Madeira, sendo a nova geração de eleitoralistas representada por Luiz Fernando Pereira, Guilherme Gonçalves e Eneida Desirée Salgado, advogados consagrados e autores de diversas obras a respeito do tema. Em sua conferência, “Uma agenda para o Brasil” realizada na abertura do III Congresso de Direito Eleitoral, o presidente das Faculdades Integradas do Brasil, professor Clèmerson Merlin Clève, defendeu a necessidade de controlar e coibir toda e qualquer irregularidade referente à propaganda eleitoral. Para Clève, há um consenso nacional de justiça política que paira sobre a comunidade republicana brasileira para a construção de uma sociedade livre, justa e solidária. Mesmo acreditando no funcionamento do sistema político,

Presidente da UniBrasil, Clèmerson Merlin Clève, proferiu palestra de abertura

Clève alerta para os altos custos, que induzem a práticas antirrepublicanas que ofendem a moralidade nacional. A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carmem Lúcia Antunes Rocha, participou, no dia 18, do III Congresso Brasileiro de Direito Eleitoral. A ministra proferiu conferência especial no evento que levou a debate as mais recentes decisões do Supremo Tribunal Federal e Tribunal Superior Eleitoral e os aspectos práticos sobre as regras eleitorais que interferem diretamente no pleito deste ano. O evento também contou com a presença de Ricardo Lewandowski (STF/ TSE), Henrique Neves da Silva (TSE), Gilson Dipp (STJ/ TSE) e José Antônio Dias Toffoli (STF/TSE), além de juristas e advogados de diversos estados do Brasil, convidados internacionais e demais autoridades. A ministra Carmem Lúcia, primeira mulher a presidir o TSE em 80 anos de história da Justiça Eleitoral e uma das principais defensoras, na Justiça Eleitoral e no Supremo, da aplicação e da validade da Lei da Ficha Limpa, já foi homenageada pelas Faculdades Integradas do Brasil com o nome da sala do Programa de Mestrado em Direito (sala 146 – bloco 6). Em sua conferência no Congresso, Carmem Lúcia afirmou que democracia é uma construção permanente da sociedade e não apenas de um estado. “Uma prática difícil porque todos nós somos livres e tendemos a pensar que aquilo em que acreditamos seja a verdade e deva prevalecer”. A presidente do STE falou sobre os

princípios constitucionais da solidariedade, da igualdade e do absoluto respeito à liberdade, que rigorosamente se repetem na legislação eleitoral. “Esses valores foram conquistados e precisam ser dotados de absoluta responsabilidade por nós. A democracia é mais do que um valor normativo, é um sentimento que todos têm e que é de responsabilidade de todos”. Ao final da premiação, a professora da UniBrasil, Raquel Dias da Silveira Motta, prestou homenagem ao ministro Sepúlveda Pertence pela sua notável contribuição ao direito brasileiro e por dignificar a magistratura constituindo-se num exemplo para os atuais e futuros advogados. Em nome da Instituição, a coordenadora do curso de Direito da UniBrasil, professora Marta Tonin, entregou ao ministro o diploma e uma foto da placa de uma sala da Escola de Direito que leva o nome do ministro Sepúlveda Pertence. Jenifer Magri

Jenifer Magri Ministra Carmem Lúcia abordou o tema “Eleições e Cidadania”

Jenifer Magri

As Faculdades Integradas do Brasil e o Instituto Paranaense de Direito Eleitoral (Iprade) realizaram na Fiep, em Curitiba, de 17 e 19 de maio, o III Congresso Brasileiro de Direito Eleitoral. O evento recebeu a chancela do Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral (IBRADE) e Conselho Federal da OAB e contou cerca de 900 participantes de todo o país para debater o tema “Eleições Municipais e a Lei da Ficha Limpa”.

Marta Tonin, coordenadora do curso de Direito da UniBrasil, entregou ao ministro Sepúlveda Pertence o diploma e a foto da placa de uma sala que leva o nome do ministro 28


O Grutun! Grupo de Teatro da UniBrasil já faz parte da arte cênica da capital e este ano completou cinco anos de atividades. As comemorações alusivas à data aconteceram durante o Festival de Teatro de Curitiba e envolveram produções e uma exposição que apresentou a retrospectiva das dez produções do grupo nesses cinco anos. Para a plateia mais voltada à dramaturgia, três peças foram preparadas especialmente para o Festival de Teatro de Curitiba: Batimpaz – adaptação do texto de Enéas Lour, ator e dramaturgo paranaense que busca discutir o valor da guerra versus a paz; Razão de Estado – texto extraído da obra do advogado, professor e presidente da UniBrasil, Clèmerson Merlin Clève e Novas Diretrizes em Tempos de Paz – texto dramatúrgico solicitado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) para o vestibular e duas Óperas, La Bohème e Le nozze di Figaro. Segundo Alex Wolf, diretor do Grutun!, “fazer parte da história do teatro curitibano e paranaense reforça o posicionamento do Grutun!, especialmente por se tratar de um grupo universitário”.

GRUTUN! COMEMORA FESTIVAL DE TEATR

Criado em 2007, o Grutun! leva informação e cultura por onde passa. Promove apresentações para o público interno – acadêmicos, professores e convidados – e já tem no currículo plateias ilustres, como o próprio Ariano Suassuna, autor de O Santo e a Porca, um dos espetáculos apresentados nesses cinco anos de trabalho e levado pelo grupo para diversas cidades do Paraná. Além desse, o Grutun! se apresentou com Bernarda Alba, de Federico Garcia Lorca; Eu chovo, tu choves, ele chove, de Sylvia Ortoff; O Pagador de Promessas, de Dias Gomes e Maria Minhoca, de Maria Clara Machado. Dirigido por Alex Wolf desde 2007, o grupo conta hoje com mais de 25 integrantes - alunos da UniBrasil e pessoas da comunidade - e atua em quatro frentes: Pesquisa, Comunidade, Literatura e Repertório. “Não é um pequeno grupo universitário de teatro, é um grupo de estudantes que faz teatro com paixão e seriedade, voltado à expansão do conceito de cidadania”, diz Alex Wolf. Lelo Valentin, egresso do curso de Jornalismo, ressalta os cinco anos do grupo. “Faço parte do grupo desde o início e estamos cada vez mais fortes. Sempre falo que o Grutun! é a minha segunda família e os amigos que tenho lá vou levar para a vida toda”, diz.

GRUTUN! NO FESTIVAL DE CULTURA POPULAR DO LITORAL Ricardo Brüning

O Grupo de Teatro UniBrasil - Grutun! esteve presente em mais uma edição do Festival de Arte e Cultura Popular do Litoral Paranaense. Considerado uma das mais importantes ações culturais do litoral paranaense, o evento foi realizado de 13 a 22 de julho nas cidades de Paranaguá, Morretes, Pontal do Paraná e Matinhos. Confira a cobertura completa do evento na fan page oficial: www.facebook.com/festivaldearteeculturapopular dolitoralparanaense

29

GRUT

GRUPO DE TEAT


RA CINCO ANOS NO RO DE CURITIBA

TRO UNIBRASIL

rtun ato ira F o Ferr e Serg io Paul o

TUN

PROJETO ÓPERA POPULAR UniBrasil Lançado em 2011 pelas Faculdades Integradas do Brasil – UniBrasil em parceira com a UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) e a EMBAP (Escola de Música e Belas Artes do Paraná), o Projeto Ópera Popular integrou, em 2012, a programação oficial da 30.a Oficina de Música de Curitiba. A apresentação aconteceu no dia 14 de janeiro, no Paço da Liberdade, com a apresentação da ópera ”La Bohème”, de Giacomo Puccini.

O recital, que conta com direção cênica de Alex Wolf e direção musical de Josianne Dal Pozzo e Jocir Macedo, também integrou a programação do Festival de Teatro de Curitiba. A apresentação ocorreu no dia 29 de março no SESC Paço da Liberdade. Segundo Josianne Dal Pozzo, a intenção do recital é consolidar ainda mais a ópera e o gosto por ela e dar continuidade à tradição de se ver ópera em uma cidade como Curitiba, onde o gênero é muito bem aceito. “A proposta é trazer o público para dentro da ópera, estimulando-o a interagir e conhecer a história”, afirma o diretor Alex Wolf.

O Projeto Ópera Popular UniBrasil também promoveu, em parceria com a Escola de Músicas e Belas Artes do Paraná (EMBAP), a apresentação de “Le Nozze de Fígaro”. O espetáculo aconteceu no dia 24 de maio na Capela Santa Maria.

Paulo Sergio Ferreira Fortunato

UniBrasil apresentou La Bohème no Festival de Teatro de Curitiba

30


Extensão – as atividades de extensão promovem a integração dos alunos com a comunidade O curso de Farmácia das Faculdades Integradas do Brasil foi reconhecido pelo Enade e pelo CPC com conceito ótimo, posicionando-se em 1.º lugar entre as instituições particulares de Curitiba. Com apenas cinco anos de existência, a conquista é mérito de um trabalho conjunto, com forte atuação na área de pesquisa e nos trabalhos práticos desenvolvidos pelos alunos. Pesquisa - o grupo de pesquisa “Investigação Química e Biológica de Plantas Medicinais” é outro grande destaque do curso. Cadastrado no CNPq, o grupo foi instituído no mesmo ano de criação do curso e vem atuando de forma bastante dinâmica. São cinco linhas

de pesquisa voltadas à investigação farmacêutica de plantas medicinais com aplicação terapêutica, que contam com a participação de dez professores e nove alunos, além de pesquisadores de outras instituições. Um grande diferencial e potencializador das pesquisas desenvolvidas pelos acadêmicos são os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC´s), que devem necessariamente culminar com um artigo publicado. A O mercado de trabalho é amplo, com mais de 70 atividades em áreas diversas UniBrasil oferece também um programa de iniciação científica e, atualmente, cinco alunos participam minha colação de grau, fui convidado a fazer parte da desenvolvendo atividades de pesquisa. equipe”. Arquivo UniBrasil

FARMÁCIA NA UniBrasil: FORMAÇÃO SÓLIDA E GRANDES OPORTUNIDADES

Arquivo UniBrasil

Uma das atividades acontece no Lar dos Idosos Recanto do Tarumã, em Curitiba, onde os alunos prestam atendimento a 96 pessoas, analisando as prescrições e auxiliando os moradores do local a evitar interações medicamentosas e intoxicações. Egressos – a maior vitória para o egresso é conquistar uma boa colocação no mercado de trabalho. É o caso de Maick Baptista. Formado há sete meses pelas Faculdades Integradas do Brasil, o farmacêutico hospitalar, hoje supervisor do setor de Dose Unitária do Hospital Pequeno Príncipe, conta que o estágio obrigatório, quando bem desenvolvido, abre portas para o aluno. “No sexto período do curso eu iniciei estágio na farmácia do Hospital Pequeno Príncipe e a equipe de farmacêuticos gostou do meu desempenho. Logo após

31

A egressa da UniBrasil, Kellen C. Santiago de Oliveira, concluiu o curso em setembro de 2011 e também teve no estágio uma grande oportunidade. “Atuo como farmacêutica responsável de indústria cosmética, local onde realizei meu estágio obrigatório, e a formação que tive na UniBrasil contribuiu muito”. A egressa também fez estágios voluntários na área de Farmácia Hospitalar e Análises Clínicas, mas foi com a indústria de cosméticos que mais se identificou. “Consigo interagir com outros campos da área farmacêutica, pois realizei iniciação científica na UniBrasil por mais de dois anos. Formado há nove meses pela UniBrasil, Carlos Alberto Bogo exerce hoje a função de farmacêutico em uma farmácia de dispensação. “Eu já atuava como atendente nessa farmácia e assim que me formei fui promovido imediatamente”, afirma Bogo. Transferido de outra instituição para a UniBrasil, Bogo ressalta a forma como o acadêmico é tratado aqui. “A UniBrasil é uma grande faculdade, um lugar onde os alunos são tratados como verdadeiros cidadãos”.


Os professores do curso de Jornalismo da UniBrasil ministraram, entre os meses de abril e maio, oficinas

para os alunos do Colégio Estadual do Paraná (CEP). O objetivo foi possibilitar aos estudantes a experimentação das práticas jornalísticas, de forma a auxiliá-los nas futuras escolhas profissionais, bem como testar novas possibilidades aos produtos midiáticos elaborados pelos estudantes da UniBrasil. “Jornal na escola”, “Profissionais de educação nos tempos de youtube”, “Mídia alternativa” e “Radiojornalismo” foram os temas abordados nas oficinas.

Paulo Sérgio Ferreira Fortunato

PROFESSORES DE JORNALISMO MINISTRAM OFICINAS A ALUNOS DO COLÉGIO ESTADUAL

Maura Martins, coordenadora do curso de Jornalismo da UniBrasil, ministra oficina a alunos do Colégio Estadual do Paraná

Helton Liça

DESIGN:FORMAÇÃO GENERALISTA E INCENTIVO À PESQUISA Criatividade é a primeira palavra que vem à mente quando se pensa em design, afinal, partem dos profissionais da área muitas das criações sensacionais e desenhos criativos que vemos nas áreas de produto, têxtil, moveleira e web. O impulso para tantas ideias é inovação e informação. Segundo a coordenadora de Design da UniBrasil, professora Débora Jordão, o conteúdo programático do curso propõe uma formação generalista – conhecimentos gráficos e de produto no mesmo curso – que deve vir acompanhada de uma boa dose de investigação pessoal do acadêmico, do interesse dele em participar de eventos, pesquisar e atualizarse. “A pesquisa é muito importante, pois um setor sem pesquisa e inovação está fadado ao insucesso. O profissional precisa ser curioso e manter-se atualizado sempre, uma vez que o design é um setor muito dinâmico”, afirma a coordenadora. Ela ressalta que, apesar de os professores levarem para sala de aula as novidades do setor, bem como suas experiências de mercado, é necessário que o acadêmico crie conceitos, estabeleça um olhar crítico a partir de suas próprias impressões, e esse é um processo individual. Atividades acadêmicas - No primeiro semestre deste ano, o curso de Design da UniBrasil realizou o Singura – Semana Acadêmica que aconteceu de 7 a 11 de maio e da qual participaram alunos de todos os períodos do curso. No evento também foi oficializada a identidade visual da edição 2012 do Singura, desenvolvido pelo aluno do 8.º período de Design da UniBrasil, Nathan Kinap.

Débora Jordão: “o profissional deve ser curioso e manter-se atualizado sempre”

Outra ação, já em execução, está relacionada à parceria firmada com a Embrapa, que propõe aos acadêmicos a geração de ideias para o desenvolvimento de produtos de design usando como matéria-prima compósitos feitos de casca de pinhão triturada e polipropileno. As criações dos alunos do 7.º período do curso serão produzidas por artesãos e pela indústria. No próximo semestre, a missão dos futuros designers é o desenvolvimento de um logo para o projeto.

uma atividade de integração entre os estudantes, que assistiram às apresentações dos formandos. “A proposta é possibilitar aos alunos dos períodos iniciais conhecer mais sobre os trabalhos que precisarão desenvolver adiante. O TCC é o momento de o acadêmico comprovar se está correspondendo ao perfil do egresso proposto pelo plano pedagógico da UniBrasil”, afirma Débora.

Ainda no primeiro semestre (04 a 06/06), os alunos apresentaram seus projetos de conclusão de curso, 32


Jenifer Magri

Jenifer Magri

Professora Adriana Laufer na disciplina de Representação

Acadêmica do 8.º período na execução de seu TCC

Jenifer Magri

33

O curso tem como projeto estratégico o investimento constante na modelaria


Paulo Sérgio Ferreira Fortunato

RP E PP REALIZAM PROJETO NOTA 10 Os cursos de Relações Públicas e Publicidade e Propaganda das Faculdades Integradas do Brasil realizaram no dia 18 de abril a sexta edição do Projeto Nota 10. O evento reúne, semestralmente, profissionais do mercado de comunicação paranaense para comentar os trabalhos acadêmicos de maior destaque do semestre anterior. Participaram desta edição André Graboski, sócio da Light Comunicação, e Sheila Meneguetti, do Amigos do HC.

André Graboski, da Light Comunicação, Carolina Pineli, coordenadora do curso de Relações Públicas e Sheila Meneguetti, do Amigos do HC

Paulo Sérgio Ferreira Fortunato

A coordenadora do curso de Relações Públicas das Faculdades Integradas do Brasil, Carolina Pineli, destaca que o objetivo do Projeto Nota 10 é valorizar os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC´s). “Mostrar a importância do TCC e também desmistificar a ideia de que ele é tão difícil”. Os alunos Nota 10 de 2011 foram Felipe Thiago Maciel, de Publicidade e Propaganda, com o trabalho desenvolvido para a ONG Comunidade Zion, e Franciele Rigoni, Jéssica Schmidt, Lindicy Áquila e Pâmela Vargas, do curso de Relações Públicas, que escolheram o Grupo Barigui para a produção do projeto. Lindicy revela que buscou o melhor para que tudo saísse perfeito. A afirmação da aluna é compartilhada por todas as integrantes da equipe, que acreditam que o Nota 10 é um reconhecimento do esforço que tiveram. A orientadora do TCC de Lindicy, Carolina Pineli, disse que o trabalho foi um desafio tanto para ela quanto para o grupo por se tratar da reestruturação da marca, da comunicação do grupo todo, que envolve segmentos diferentes.

Alunos de Relações Públicas e Publicidade e Propaganda no Projeto Nota 10

34


O curso de Sistemas de Informação das Faculdades Integradas do Brasil – UniBrasil prevê uma formação técnica, porém sem esquecer do desenvolvimento sistêmico do profissional integrando conceitos técnicos, humanos e gerenciais. Durante o curso, os alunos são estimulados a adquirir habilidades como capacidade para a comunicação oral e escrita, facilidade para trabalhar em equipe, concentração e abstração para a análise e implementação de sistemas computacionais e acompanhamento tecnológico, além de otimização, recuperação, segurança e manipulação de dados. Segundo a coordenadora do curso de Sistemas de Informação, Andreia de Jesus, o objetivo é formar profissionais capacitados para a solução de problemas do mundo real, por meio da construção de modelos computacionais e de sua implementação. Andreia explica que o analista de sistemas precisa estar apto para gerir e trabalhar em equipe e interferir nos processos das empresas com soluções tecnológicas que ofereçam apoio e melhorias. “Durante o curso discutimos psicologia e trabalho e a ética e os impactos da tecnologia na sociedade”. Para ampliar a formação, o curso promove palestras, oficinas e mesas redondas, como ocorreu na 11.ª Jornada Acadêmica de Computação e Informática realizada recentemente, além de trabalhos interdisciplinares, atividades de iniciação científica, como as desenvolvidas pelo grupo de pesquisa Informática para o Desenvolvimento Humano, monitoria, visitas técnicas e gincana de programação.

Jenifer Magri

Formação técnica e desenvolvimento humano

35

a tecnologia. A proposta também prevê Iniciação científica – No 1.º a conscientização e a contribuição do semestre de 2012 iniciouacadêmico em projetos de inclusão digital, se outro grupo de pesquisa viabilização de novas oportunidades no curso de Sistemas de de emprego para a comunidade local, Informação, com o objetivo de contribuição para a socialização da estudar uma nova tecnologia, tecnologia, entre outros. Para a professora denominada Smart Grid. As Andreia de Jesus, os profissionais da área atividades desenvolvidas pelos têm uma responsabilidade maior no que diz respeito alunos são avaliadas pelo à inclusão digital. “o conhecimento base da tecnologia professor e orientador do grupo, e temos a responsabilidade de disseminá-lo, pois Henrique Zenoni Machado, que explorar o conceito de inclusão digital não se restringe as vê como um diferencial em disponibilizar computador e internet à sociedade e para o desenvolvimento dos sim ir além, promovendo o desenvolvimento de uma estudantes. “O programa apresenta ao pesquisador Henrique Zenoni Machado é o orientador do grupo de pesquisa dos alunos de uma visão global da aplicação Professor Sistemas de Informação de sistemas e de redes inteligentes de comunicação”. Para Zenoni, o mercado de visão crítica dessas ferramentas e a forma adequada sistemas embarcados com tecnologia Smart Grid de utilizá-las”, afirma a coordenadora. já é uma realidade e vem se solidificando ano a ano. “Algumas empresas de médio e grande porte estão criando equipes de pesquisa para qualificar Desde que iniciou, em 2004, o Informática Cidadã e quantificar as necessidades de mercado, o valor já contou com a colaboração de mais de 80 alunos agregado e, principalmente, o custo de implantação da do curso de Sistemas de Informação, os quais tecnologia”. contribuíram como voluntários; já atendeu mais de Jenifer Magri

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: DESENVOLVIMENTO ALÉM DA TECNOLOGIA

Interdisciplinaridade – visto como um diferencial do curso, o trabalho interdisciplinar vem com a proposta de ensinar os alunos a desenvolver um sistema completo, compreendendo todas as fases de desenvolvimento de sistemas de informação. Para a realização dessa tarefa, os acadêmicos utilizam conceitos estudados em três disciplinas. “Essa prática possibilita uma visão ampla do mercado de trabalho”, afirma a professora Viviane Dal Molin de Souza. De acordo com o professor da disciplina de Sistemas de Banco de Dados, Ricardo Sonaglio Albano, a utilização de diferentes aprendizados em uma única aplicação amplia o conhecimento. O acadêmico Leandro Chaves entende que o trabalho é de grande importância para a formação do aluno e para a empresa. “É muito bom diagnosticar um problema computacional e ter a possibilidade de aplicar as teorias vistas na faculdade. Isso foi motivador e trouxe maior complexidade em comparação a outros trabalhos acadêmicos”. Projeto Informática Cidadã - o curso de Sistemas de Informação da UniBrasil está na 17.a edição do projeto Informática Cidadã, que tem como principal objetivo reduzir a desigualdade social e democratizar

500 pessoas da comunidade interna e externa da UniBrasil; e já recebeu muitas premiações como Certificado de Melhor Atividade de Responsabilidade Social da UniBrasil (2007), Reconhecimento Público da Prefeitura de Curitiba (2007, 2009, 2010); Certificado de Consonância com o Trabalho do Movimento Nós Podemos Paraná para o Alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial e UNVolunteers (ONU - 2009), Certificação com o Selo ODM (2011).


Helton Liça

CURSO DE ENFERMAGEM REALIZA V JORNADA Em comemoração ao Dia do Enfermeiro (12/05), o curso de Enfermagem das Faculdades Integradas do Brasil realizou nos dias 10 e 11 de maio a V Jornada de Enfermagem. A iniciativa de cunho educacional contribuiu para ampliar o conhecimento dos alunos em áreas interdisciplinares e importantes no processo de formação. Segundo a coordenadora do curso, professora Angelita Visentin, a Jornada propôs temas de interesse amplo aos profissionais, como tanatologia, terapia com florais, atribuições do enfermeiro, processos de seleção e acreditação hospitalar. Cerca de 200 acadêmicos participaram do evento, que envolveu ainda apresentação de trabalhos e visitação aos banners. “O desenvolvimento da pesquisa é indispensável e ela é proposta nos campos de aula prática ou estágios curriculares supervisionados”, diz a coordenadora.

Solange C. B. Wiegand, psicóloga e palestrante do evento, e Angelita Visentin, coordenadora do curso de Enfermagem da UniBrasil

As Faculdades Integradas do Brasil participaram do IX Seminário Marista de Profissões, realizado no dia 26 de maio no Colégio Marista Santa Maria, em Curitiba. Ações específicas marcaram a presença da UniBrasil, representada pelas Escolas de Direito e Relações Internacionais, Educação e Humanidades, Saúde, Comunicação e Negócios. A Escola de Direito e Relações Internacionais participou com uma simulação de júri e oportunizou aos estudantes vivenciar como se dá o julgamento de um caso real. Representada pelos cursos de Design, Relações Públicas, Jornalismo e Publicidade e Propaganda, a Escola de Comunicação mostrou aos visitantes da

Jenifer Magri

UniBrasil APRESENTA CURSOS NA FEIRA DE PROFISSÕES DO MARISTA

feira o dinamismo da área, como trabalhos desenvolvidos pelos alunos do curso de Design, a Radio Web do curso de Jornalismo - que fez a cobertura do júri simulado e o blog oficial do curso de Relações Públicas, orientado UniBrasil apresentou a dinâmica dos cursos na Feira de Profissões do Marista pela coordenadora, mas sob responsabilidade dos próprios Os cursos de Fisioterapia e Nutrição desenvolveram alunos. O curso de Publicidade atividades práticas com os estudantes que visitaram e Propaganda foi representado o estande da UniBrasil, como exercícios, medição de pela professora Patrícia Russo Gibran, que por meio de pressão e orientação nutricional. uma palestra apresentou aos estudantes o dia a dia da profissão e as oportunidades da área. 36


Jenifer Magri

Administração e pedagogia apresentaram o curso aos estudantes que visitaram a feira em busca de mais conhecimento sobre as profissões. “A maior gratificação é ver como os alunos do 5.º período já compreendem a importância do curso de Pedagogia, suas áreas de atuação e função social, defendendo nossa profissão aos que ainda não decidiram que carreira seguir”, afirma a professora Paulla Helena Silva de Carvalho, coordenadora de Pedagogia.

Crianças observam com curiosidade o material apresentado pelos estudantes de Pedagogia

O curso de Pedagogia das Faculdades Integradas do Brasil obteve 100% de aprovação no concurso para professores realizado pela rede municipal de ensino, em 2011. O resultado é reflexo de um processo que envolveu, entre outras ações desenvolvidas pela direção acadêmica da Instituição, a reestruturação da grade curricular do curso. Segundo a coordenadora do curso de Pedagogia da UniBrasil, professora Paulla Helena Silva de Carvalho, a integração com alunos e professores contribui significativamente para conquistas importantes como essa e também para promover melhorias constantes no curso.

37

O laboratório de práticas pedagógicas é utilizado em mais de uma disciplina e também para o desenvolvimento da regência de estágios

Egressos – a egressa Kathya Czarnik Correa foi aprovada nos concursos realizados pelos municípios de São José dos Pinhais, Piraquara, Pinhais e Curitiba e está atuando como professora em duas das quatro cidades. Kathya comenta que o curso de Pedagogia da UniBrasil é excelente e que os professores são verdadeiros exemplos a serem seguidos. “Sempre incentivo as pessoas a fazer o curso ou ingressar na educação pelo magistério, pois acredito que somente pela educação seremos capazes de mudar a nossa sociedade. Esse é um discurso que eu defendo e que aprendi com a professora Meire”, diz. Karina Falavinha, aprovada em concurso e no mestrado da UFPR, afirma que contou com a colaboração das professoras da UniBrasil para preparar o projeto selecionado. “Para Karina, o curso de Pedagogia da

UniBrasil oferece conteúdos essenciais para atender à demanda escolar, sobretudo por se articularem com o cotidiano da escola. “Essa integração é percebida no momento da realização do estágio e na própria atuação enquanto docente”, afirma.

Jenifer Magri

Entre as ações desenvolvidas está a aquisição de novas referências bibliográficas e a revitalização da sala Paulo Freire, onde funciona o laboratório de práticas pedagógicas. “Os estudantes passaram a utilizar o espaço em mais de uma disciplina, uma vez que há recurso pedagógico para auxiliá-los nas metodologias, como obras voltadas à literatura infantil e às diretrizes do Ensino Médio, fantoches, jogos e muitos outros materiais didáticos”.

Comunidade – os projetos de intervenção, que possibilitam às alunas da UniBrasil desenvolver aos sábados atividades voltadas à literatura e reforço escolar, colocam as futuras pedagogas em contato direto com a comunidade e atendem à carga horária exigida nos estágios obrigatórios. “Tem escolas que nos ligam solicitando indicações para estágios”, ressalta a professora Paulla.

Jenifer Magri

CURSO DE PEDAGOGIA APRESENTA BONS RESULTADOS

Paulla Helena Silva de Carvalho, coordenadora do curso de Pedagogia da UniBrasil


38


aTLETISMO

Arquivo UniBrasil

eSPOrTE

A atleta das Faculdades Integradas do Brasil, Letícia da Silva Saltori, acumula dezenas de títulos e troféus, o que lhe rendeu em 2011 medalha de reconhecimento pelos bons resultados conquistados. A homenagem foi concedida no primeiro semestre deste ano durante realização do Prêmio Orgulho Paranaense - evento instituído pela Secretaria de Esportes do Paraná com o apoio da Rede Paranaense de Comunicação. E 2012 também começou com vitória para a atleta, campeã do Circuito Montain Do, meia maratona realizada em janeiro no Deserto de Atacama (Chile). A Letícia também participou de outras provas e intensificou os treinos para os compromissos do segundo semestre.

Os próximos desafios são: 25/08 - Montain do Praia do Rosa 02/09 - Circuito das Estações Adidas 30/09 - 5.ª Etapa do CIPO (Guarapuava) 06/10 - Fila Night Run 12/10 a 14/10 - 3.ª Etapa do Cambor (Santa Rosa) 18/10 a 27/10 - Olimpíadas Universitárias em Foz do Iguaçu 19 e 20 e 21/10 - Montain da Lagoa da Conceição (Florianópolis) 28/10 - 4.ª CMOC (Curitiba) 15/11 a 18/11 - Campeonato Sulamericano (Rio Negro) 02/12 - 5.ª do CIPO 02/12 - Circuito das Estações Adidas (Curitiba)

vÔLEI

Arquivo UniBrasil

eSPORTE

No primeiro semestre, o UniBrasil Vôlei seguiu conquistado excelentes colocações nos campeonatos paranaenses. 1.º Lugar na Taça Curitiba Adulto 2.º Lugar na Taça Curitiba Juvenil 2.º Lugar na 1ª etapa do Estadual Adulto 1.º Lugar dos Jogos Universitários Metropolitanos (JUM’s) 1.º Lugar dos Jogos Universitários do Paraná (JUP’s)

A RAÇA DAS MENINAS DO VÔLEI

39

No primeiro semestre de 2012, Letícia Saltori representou a UniBrasil nas seguintes provas: 29/01 - Meia Maratona Circuito Montain Do (Chile) 12/02 - 1.ª Meia Maratona Riomafra (Mafra) 11/03 - Corrida da Mulher (Curitiba) 25/03 - Meia Maratona Internacional de Florianópolis 13/05 - ½ Maratona de Camboriú 27/05 - 2.ª Etapa CMOC 03/06 - Maratona de Porto Alegre 24/06 - Meia Maratona de Curitiba 01/07 - Circuito das Estações Adidas 01/07 - Meia Maratona de Foz do Iguaçu 22/07 - Corrida Track & Field (Curitiba) 05/08 - 4.ª Etapa do CIPO


eSPOTE

rugby Arquivo CRC

RUGBY COM GRANDES CONQUISTAS NO PRIMEIRO SEMESTRE O ano de 2012 iniciou cheio de novos desafios para o elenco do Curitiba Rugby/UniBrasil. Após fechar 2011 com chave de ouro, vencendo o paranaense de rugby 7´(modalidade olímpica) de forma invicta nas categorias juvenil, feminino e adulto, seu elenco masculino participou, em dezembro, no interior de São Paulo, do brasileiro da modalidade, conquistando o vice-campeonato.

Mantendo boa parte da base do ano anterior, mas perdendo alguns jogadores que foram para o exterior, o Curitiba Rugby/UniBrasil voltou a focar sua base numa sólida sustentação física, aproveitando para usar o campeonato paranaense para testar jogadores e dar entrosamento à equipe. Assim, venceu todos os seus adversários com ponto extra e ficou com o título estadual, sagrando-se bi-campeão paranaense

Até o momento, o elenco adulto do UniBrasil já disputou 12 partidas no ano, mostrando o comprometimento da direção técnica em dar respaldo aos atletas e ritmo de jogo a todos. Dentre as partidas destacam-se os jogos contra clubes que disputarão o Super 10 – campeonato brasileiro da 1.ª divisão de rugby –, uma vitória e uma derrota na Taça da Amizade para o Desterro de Santa Catarina e uma heroica vitória fora de casa diante dos gaúchos do Farrapos, em pleno Estádio da Colina em Bento Gonçalves.

Eventos como o “rugby day” atraíram dezenas de garotos. Muitos deles seguem mostrando que dão conta do recado, vencendo as duas etapas da Copa Paraná no semestre e fazendo jogos de muita disposição diante do Templários-SP, Desterro-SC e perdendo por somente 2 pontos do Farrapos numa emocionante partida, provando que o futuro do rugby curitibano está mais que garantido.

Arquivo CRC

Na abertura da temporada 2012, a equipe patrocinada pela UniBrasil venceu o Beach Rugby realizado na arena da praia de Caiobá, evento que serviu para eleição da nova direção da Federação Paranaense de Rugby, que conta com o apoio de ex-atletas e ex-dirigentes do clube para o crescimento da modalidade no Paraná.

adulto. Até hoje, dos sete campeonatos paranaenses disputados venceu seis deles, mostrando deter a hegemonia no Estado.

A renovação do clube segue garantida com um grande número de garotos que entrou para o time juvenil do Curitiba Rugby/UniBrasil. 40


III ENCONTRO DE INTERCAMBISTAS DA UniBrasil

Os estudantes das Faculdades Integradas do Brasil estão prontos para fazer o intercâmbio

Dia 4 de abril aconteceu o III Encontro de Intercambistas das Faculdades Integradas do Brasil. O evento, realizado pela Coordenação de Cooperação Institucional e Internacional da Instituição, foi dirigido a futuros e exintercambistas com o objetivo de promover a troca de experiência e informar os estudantes, entre outros assuntos, sobre o estudo nas universidades, a vida no exterior, estadia e viagens. De acordo com a professora Roseli Rocha dos Santos, coordenadora de Cooperação Institucional e Internacional das Faculdades Integradas do Brasil, o intercâmbio faz parte da política de internacionalização da Instituição “Promovemos o intercâmbio há bastante tempo, com muito sucesso. Mais de 50 estudantes da UniBrasil já foram estudar no exterior por meio do CCII e também já recebemos muitos estudantes de outras universidades”, afirmou. Segundo Roseli, o intercâmbio proporciona uma experiência de vida riquíssima para o jovem estudante. “Essa mobilidade é importante

41

não só virtualmente ou pessoalmente, mas também institucionalmente, uma vez que o estudante traz muita contribuição em termos de currículo, de conhecimento, de novas bibliografias, novos métodos e abordagens”, ressaltou a coordenadora.

em Portugal. Cinco alunos dos cursos de Educação Física, Administração, Publicidade e Propaganda, Comunicação Social e Design da UniBrasil fizeram intercâmbio no primeiro semestre de 2012. Convênios

A professora Wanda Camargo, assessora institucional da UniBrasil, lembra que apenas instituições de alta qualidade tem um programa de intercâmbio bastante ativo. “O intercâmbio implica em cultura, maturidade do aluno e versatilidade porque esse acadêmico vai conviver com pessoas de outros idiomas, culturas e hábitos”, afirma. Os alunos que participaram do programa em 2011 foram: Eliane do Rocio Feu e Vanessa de Lima, do curso de Educação Física; Danielle Debus e Rafael Iankowski Claro, do curso de Sistemas de Informação; e Silvana Veronese, do curso de Direito. Todos os selecionados de 2011 foram para a Universidade de Coimbra,

A UniBrasil já possui convênios com faculdades e universidades de países como México, Espanha, Portugal, Peru, Argentina, Cuba, Itália, Alemanha e Polônia. Os destinos mais procurados pelos estudantes da UniBrasil são Portugal e Espanha. Mais informações pelo telefone (41) 3361-4221 ou pelo e-mail: inter@UniBrasil.com.br.


Rua Konrad Adenauer, 442 路 Curitiba, Paran谩 路 41 3361-4200 路 www.unibrasil.com.br 42


Revista UniBrasil - agosto - 2012