Page 1

| Agosto 2009 | Ano 4 | nยบ 40 | R$ 4,50

www.dtcom.com.br


Sumário 3

Editorial

4

Artigo | Inovação e administração não fazem apenas rima, as redes colaborativas são a maior prova disso

6

Espaço Dtcom | Equipe de Produto explica processo de produção de conteúdos

8

Espaço Dtcom | Comunicação por meio da identidade do Produto Dtcom

10

Dtcom Indica

11

Autodesenvolvimento | A organização produtiva e o compromisso ético | *SP 4/4 | Inédito

12

Gestão Corporativa | Caso concreto de projeção do fluxo de caixa | *SP 2/3 | Inédito

13

Gestão Pública | Gestão estratégica na área pública | *SP 2/4 | Inédito

14

Ênfase

16

Programação de agosto

11

Autodesenvolvimento Canal Autodesenvolvimento Dimensões éticas da atividade empresarial - A empresa envolvida com a ética | *SP 2/4 | Inédito Dimensões éticas da atividade empresarial - A organização produtiva e o compromisso ético | *SP 4/4 | Inédito Dimensões éticas da atividade empresarial - O perfil do ser humano e sua realização | *SP 3/4 | Inédito Editor de textos eletrônicos - Word intermediário I - Recursos de organização externa do documento | *SP 1/4 Dimensões éticas da atividade empresarial - Níveis da vivência ética | *SP 1/4 Aprendendo com a excelência Disney Estratégia dos líderes vencedores Relacionamento interpessoal e comunicação

12

Gestão Corporativa Análise de projetos e investimentos - Caso concreto de projeção do fluxo de caixa | *SP 2/3 | Inédito Entrevista - As inovações empresariais na Europa e o que poderia ser aplicado no Brasil | Inédito Trajetória - Gestão de operações - O valor estratégico dos recursos | Inédito Cálculos financeiros - HP12C - Um instrumento de tomada de decisão financeira I | *SP Cálculos financeiros - HP12C - Um instrumento de tomada de decisão financeira II | *SP Cálculos financeiros - HP12C - Um instrumento de tomada de decisão financeira III | *SP Talk show - O direito como ferramenta de gestão Entenda - Moedas Talk show - Trabalho em equipe

13

Canal Gestão Corporativa

Gestão Pública NR10 - Choque elétrico - Riscos e prevenção | *SP | Inédito Administração pública municipal - Gestão estratégica na área pública | *SP 2/4 | Inédito Conexão elétricas - O grande desafio para o setor elétrico: o meio ambiente | Inédito Conexão elétricas - Oportunidades de negócios com PCHs Entrevista - Assédio moral no setor público O novo perfil do serviço público - Aula 1 O novo perfil do serviço público - Aula 2 O orçamento público - Em busca da eficiência

*SP: curso de uma série profissional. 2 | Agosto 2009

Canal Gestão Pública


Editorial

Expediente

Novo conceito Caros leitores, Já sabemos que todo produto de sucesso tem uma identidade associada a ele. Alguns produtos desenvolveram identidade na medida em que evoluíram. Outros, já nasceram com uma identidade definida. Esta unidade que caracteriza o produto, às vezes, nasceu sem um objetivo específico, enquanto outros carregam estudos extensos que visam adequar a utilização do produto com seu consumidor. Neste mês, apresentamos a vocês a reformulação da identidade dos Canais Dtcom. Você verá a diferença tanto nas teleaulas como no LMS e, nos nossos meios de comunicação. No canal Autodesenvolvimento, que representa o crescimento pessoal, apresenta-se por meio da árvore do conhecimento. Ou seja, o autodesenvolvimento torna-se uma consequência das sementes que plantamos em nosso ser. È o que nos faz ser melhor na vida. E a melhor maneira de fazer esta arvore germinar é por meio da reflexão, do questionamento e da análise contínua das coisas que aprendemos. Já no canal Gestão Pública, a melhor forma que encontramos para representá-lo foi pela formação da cidade. Os conteúdos serão úteis para a administração pública, auxiliarão a gestão cotidiana de secretarias, prefeituras, e organizações públicas em geral. Neste canal, veremos tele aulas voltadas às prefeituras como para o setor elétrico brasileiro. O canal Gestão Corporativa apresenta o propósito da interação entre as pessoas dentro das organizações que, mesmo estando em áreas distintas, buscam o mesmo objetivo: crescimento e desenvolvimento profissional. Na vinheta da TV, simbolicamente, podemos interpretar que a luz do conhecimento passa pelos indivíduos trazendo conhecimento mútuo em busca de resultados comuns. E, se tivermos colaboradores capacitados e atualizados constantemente, melhor será a nossa corporação frente às demais. Faça do conhecimento um diferencial competitivo. Com isto, fechamos este primeiro momento da identidade do nosso produto Dtcom. Os desdobramentos acontecerão ainda neste segundo semestre. Já está em desenvolvimento o novo site, que entrará no ar em breve. Nele, vocês poderão interagir mais com a Dtcom e participar ativamente. Faça parte deste projeto e envie suas sugestões para o Marketing (marketing@dtcom.com.br).

Dtcom – Direct to Company S.A. Presidente Leonardo Petrelli Diretor-Administrativo, Financeiro e RI Marcelo Renato N. Cerqueira Diretor de Conteúdo e TI Marco Antônio Eleutério Diretor de Marketing João Prosdocimo Competência é uma publicação da Dtcom. De longe a melhor forma de transmitir conhecimento Conselho Editorial Andréa S. Marques João Prosdocimo Laila Sol e Silva Colaboradores Andréa S. Marques Laila Sol e Silva Lediane Filus Jornalista Responsável Milene Mayumi Kanda DRT PR 4944 Projeto Gráfico Alysson Pugas Junior Gonçalves Direção de Arte Danilo Carvalho Batista Franchesco Muraro Piekarski Capa e Espaço Dtcom Alysson Pugas Atendimento/Insight-os Rayene Rubbo

Assista nossas teleaulas e plante, voce também, uma semente do conhecimento. Que bons frutos germinem em cada um de nós. Bons cursos e boa leitura.

Marketing Laila Sol e Silva laila@dtcom.com.br

Abraços!

o mural Postado 9n/06/2009 2 m Dtco

da Dtcom, como aluno Boa noite, erfeiçoar ap a di ando a cada sc bu têm o nh ve que nos namentos paz ca o esses ensi izad o um aprend as rs ve di proporcionad s mai volver nas de nos en ber. áreas do sa ra da Silva Hélio Perei LVADOR - SA CORREIOS

João Prosdocimo Editor

Sede Administrativa Rua Marechal Floriano, 2.222 – Rebouças Curitiba – PR – Cep 80230-110 Telefones: 55 41 3330-8200 / 0800 703-3180

Fale Conosco: 0800 703-3180 marketing@dtcom.com.br

>>> Compartilhe sua opinião, ela será publicada na Revista Competência, no InfoMaster e no InfoAluno. Participe! Agosto 2009 | 3


Artigo

Inovação e administração não fazem apenas rima, as redes colaborativas são a maior prova disso Hoje é muito comum encontrar pessoas e empresas falando sobre redes colaborativas, mas o que é isso afinal? [ Edson Zogbi ]

R

edes colaborativas são comunidades estabelecidas com um determinado propósito, um problema para resolver ou um desafio, por exemplo. Uma rede colaborativa pode ter fins empresariais, sociais, ambientais e por aí afora. A partir do momento em que se estabelece um objetivo, as pessoas de qualquer parte do mundo podem aderir e participar com ideias, soluções, conhecimento ou mesmo troca de experiências. Uma rede colaborativa também pode ser mais restrita e aceitar apenas as pessoas que achar interessantes, é uma questão de opção de quem dá início ao processo de colaboração. As redes colaborativas começam a ser descobertas pelas empresas só agora, porque as empresas trabalharam (e algumas ainda trabalham) fechadas nos seus próprios universos, acreditando que seriam capazes de competir a contento no mercado. Esse modelo de empresa fechada ainda é válido para segmentos de mercado embrionários ou mercados mais atrasados, mas todas as demais empresas que sentem uma necessidade de evolução percebem que, só abrindo o negócio à colaboração externa é que se atingem novos níveis de inovação e competição mais global. Mesmo se tratando de uma empresa que atue apenas localmente, se seus consumidores têm um comportamento global, global ela deverá ser. Diante disto percebemos que a importância da inovação, da administração e da colaboração no aumento das possibilidades de sucesso num mercado competitivo é total. Em relação à gestão da inovação, historicamente já sabemos

que apenas ter ideias não é o suficiente, a gestão da inovação adota uma ideia e a torna viável, rentável, ou seja, como devemos agir para não desperdiçarmos boas ideias e nem nos desiludirmos com a sua má implementação. Na colaboração já acontecem duas situações distintas: a primeira é a quantidade gerando a qualidade, ou seja, se a administração abre a empresa para uma rede de colaboradores, aumentase muito a recepção de novas ideias. A segunda é a rede colaborativa ajudando a solucionar problemas durante a gestão da inovação, quando podem surgir obstáculos no desenrolar do seu processo. Esses obstáculos podem ser superados através da atuação de um colaborador externo. Rede de relacionamentos O maior obstáculo para a colaboração tem sido a difusão das ideias que surgem. Estou associado a um portal de difusão de ideias, chama-se RCLP - Rede Colaborativa da Língua Portuguesa (www.rclp.pt, www.rclp.com.br), que tem sede em Portugal, o berço da língua portuguesa. Seu foco é Portugal, Brasil, demais países que falam português e também as pessoas que vivem pelo mundo, mas têm origem lusófona. A RCLP foi criada para fomentar a troca de ideias entre todo o universo lusófono, mais de 280 milhões de pessoas. Já existem portais em língua inglesa fomentando a difusão das ideias, a RCLP é o primeiro em língua portuguesa. Acreditamos que isso deva estimular a troca de ideias e experiências e que habituará as pessoas a colaborar além dos limites do seu relacionamento

Mesmo se tratando de uma empresa que atue apenas localmente, se seus consumidores têm um comportamento global, global ela deverá ser.

4 | Agosto 2009


próximo. Muitas pessoas me perguntam se a colaboração não elas envolvem o que já está instituído e não o que é inovador. pode ser confundida com cooperação. Isso acontece e, para Ela pode basear-se em duas coisas: nas ideias que surgem dos confundir mais um pouco, ainda podemos misturar esses dois pesquisadores e inventores (é o lado mais científico, digamos termos com voluntariado, o que gera assim) e nos desejos dos consumidores insegurança nas pessoas que têm o lado do consumo, mais ligado ao Quando uma empresa se abre (émarketing). ideias, causando um tipo de estagnação Nestas duas pontas da à colaboração, ela dá início cadeia de valor estão as coisas novas, quanto à inovação. Falando especificamente de redes, a uma fase de aprendizado aquilo que ainda não tem histórico, que defino colaborar como: participar com ainda não foi medido, por isso não tem que deve ser respeitada, uma troca preestabelecida, ou seja, pesquisa. Mas, a partir do momento em existe uma moeda de compensação ao restringir ou forçar os que o processo de gestão da inovação entre quem fornece (colabora) e quem avança, as pesquisas devem fazer parte universos participantes, a do cotidiano deste mesmo processo. adquire a colaboração. Pode ser dinheiro, status, escambo, não importa, chance de entraves mais Esse tipo de pesquisa não tradicional mas existe sempre a troca. Sob o é a pesquisa de observação sobre a dificulta do que acelera o mesmo ponto de vista, cooperar é uma aceitação do novo, mais qualitativa e processo de inovação e de baseada em tecnologia, com câmeras, transação associativista, ou seja, quem coopera faz parte do negócio e tem um por exemplo. gestão da inovação. percentual de participação. Isso envolve A gestão da inovação está ligada mais risco, de acordo com o sucesso ou não que uma ideia possa diretamente à gestão de riscos, levando em conta a complexidade ter. A cooperação pode também ser uma forma pré-combinada deste processo: tempo, custo e retorno, mas não é função do de colaboração, desde que ambas as partes, colaborador e gestor da inovação medir o risco, ele deve ter intimidade com o receptor da colaboração estejam de comum acordo quanto risco, por isso tem que ter perfil empreendedor – acredito que aos seus ganhos. Já o voluntariado é declaradamente um tipo este é o grande desafio do administrador moderno. Um gestor de colaboração sem troca, o objetivo é a doação da ideia, de da inovação deve ser assessorado por profissionais da área experiência ou do trabalho envolvidos. Para evitar problemas, toda financeira em relação a este assunto. Estes profissionais ajudam vez que colaborador e receptor da colaboração se aproximam, a não deixar o barco sair do rumo, lastreiam o processo para que devem deixar isso bem claro e acordado antecipadamente. ele não se torne inviável e se perca. O conceito de redes colaborativas não é só fruto de uma visão O importante, importantíssimo, é que os dois, gestor da sistêmica das classes empresarial e acadêmica, essas duas classes inovação e o financeiro, se entendam e tenham o mesmo objetivo podem e devem fazer parte das redes, porque são interessadas comum, viabilizar a inovação. Qualquer administrador que sinta nos benefícios da inovação, mas restringir a colaboração apenas a necessidade de inovar, seja para expandir um negócio ou ao universo das duas é perigoso. Historicamente essas duas para renová-lo, deve envolver-se com este assunto, para poder classes sempre existiram e o nível de colaboração entre elas criar um ambiente favorável à inovação. Vou citar uma ação de ainda é muito pequeno. É bom que inovação feita por uma grande uma rede colaborativa esteja aberta empresa globalizada, a EDP, a quem quiser participar: empresas, porque moro hoje em Portugal. universidades, cidadãos comuns, Ela é uma empresa tradicional profissionais liberais, inventores, de sistemas de distribuição de donas de casa, escolas técnicas, energia elétrica. Este ano ela consultores, etc. inovou lançando a divisão de Quando uma empresa se abre energias renováveis (eólica, das à colaboração, ela dá início a uma ondas do mar, da captação fase de aprendizado que deve ser da luz solar, etc.), apostando respeitada, ao restringir ou forçar os na preservação do ambiente. universos participantes, a chance Isso mudou completamente a de entraves mais dificulta do que estrutura do negócio da EDP, acelera o processo de inovação sendo as ações mais procuradas e de gestão da inovação. Outro do mercado português as ações fator importante é que a gestão da EDP renováveis. Geriu a da inovação não pode basear-se inovação de forma eficaz e somente em pesquisas, porque compensatória. •

Agosto 2009 | 5


Espaço Dtcom

Equipe de produto explica processo de produção de conteúdos Como são feita as teleaulas [ Lediane Filus ]

O

s participantes do I Workshop Master Dtcom

curso, e a avaliação de aprendizagem, que expressa o seu

puderam conhecer a fundo o processo de produção

aproveitamento e gera o certificado em caso de aprovação.

do conteúdo do Sistema de Treinamento Dtcom,

O processo de produção do conteúdo começa com a

disponibilizado por meio de teleaulas e de conteúdo

definição do tema, com base em pesquisas com clientes e

complementar na web, com a apresentação realizada por parte

análise de cenários futuros. No fim de 2008, foi realizada uma

da equipe de Produto. Segundo a gerente de Produto, Andréa

pesquisa com os Masters, em parceria com o departamento

Schoch, que abriu a palestra, o Sistema de Treinamento tem

de Marketing da Dtcom, para saber das demandas e

por objetivo ofertar possibilidades de atualização técnica,

necessidades que cada organização possui em relação aos

cultural e profissional. “As organizações vencedoras hoje

conteúdos de capacitação. Entre os temas mais citados

e amanhã são aquelas que investem nos colaboradores e,

estão: gestão de pessoas, motivação, planejamento de

naturalmente, no desenvolvimento de competências”, afirma.

carreira e gestão financeira orçamentária. “O que nós fazemos

Para nortear a prática que organiza o acervo de

mensalmente é ofertar à nossa base de clientes conteúdos

cursos, a Dtcom trabalha com o conceito de competência,

relacionados a essas temáticas, seja por meio de reprises ou

que reúne: conhecimento, habilidade e atitude. Assim,

de cursos inéditos”, destaca a gerente de Produto.

foram determinadas duas vertentes nesse conceito: a de competências

essenciais,

são

das

a

soma

qualificações,

ao desenvolvimento dos colaboradores; e as específicas, que são aquelas próprias de uma determinada área ou função. competências

são

trabalhadas dentro das áreas de Autodesenvolvimento,

hora/aula, divididas em três blocos,

que

conhecimentos e atitudes necessários

As

A partir do tema, são produzidas as teleaulas de 1

“As organizações vencedoras hoje e amanhã são aquelas que investem nos colaboradores e, naturalmente, no desenvolvimento de competências.”

sempre com a preocupação de inserir esquemas, diagramas e resumos que facilitam a retenção do conhecimento. “Estamos sempre preocupados com essa questão da concentração e da sobrecarga cognitiva.” Segundo um

palestrante

Andréa, com

encontrar domínio

de

conhecimento e boa performance é

Gestão

Corporativa e Gestão Pública, que correspondem aos canais

um desafio. A partir dessa dificuldade, a Dtcom tem buscado

corporativos produzidos pela Dtcom. “As temáticas são

parcerias com universidades, que é onde existe realmente

desenvolvidas e os cursos são preparados para dar conta de

o fomento da pesquisa que dá origem a um conteúdo de

cada uma dessas competências”, explica Andréa. Dentro deste

qualidade. A desenvoltura do profissional diante das câmeras

contexto, a televisão é utilizada para aproximar o conteúdo

também é fundamental. Portanto, aqueles palestrantes que não

dos profissionais, enquanto o conteúdo web tem o papel de

têm em seu portfólio de produção nenhum vídeo, participam

aprofundar e contribuir para a fixação do conhecimento. As

de uma gravação chamada laboratório, que é submetida à

avaliações são divididas em duas modalidades: a de reação,

análise do conselho de TV da Dtcom.

na qual ele pode manifestar sua opinião sobre o curso, que pode ser acionada ou não pelo aluno ao término do 6 | Agosto 2009

Depois

de

aprovado

o

palestrante,

inicia-se

o

desenvolvimento do planejamento do curso, que determina os


objetivos que deverão ser atingidos, os tópicos que deverão

novas regras gramaticais, em vigor desde o início deste ano.

ser destacados e quais elementos visuais serão inseridos.

O design gráfico é a próxima fase a qual o material será

Estas definições darão origem ao pré-roteiro da aula, que,

submetido. O designer é responsável por inserir imagens e

depois de discutido em reunião de pré-produção, permitirá

esquemas que auxiliem na fixação do conteúdo. A pedagoga

a gravação da teleaula. Em seguida, o material bruto passa

então revisa o material novamente para ver se houve integração

para a roteirista “decupadora”, que fará a montagem das

entre as imagens e o texto.

telas para serem inseridas na fase de edição final. Depois

O conteúdo web passa por no mínimo três revisões antes

de disponibilizado o material, começa o processo de edição

de ser disponibilizado aos alunos. As principais características

e inserção de imagens. Quando pronto, o curso é avaliado

analisadas são a linguagem, para que não fique muito técnica

pela equipe de Produto que analisa sua qualidade e se os

e a questão das imagens, para que realmente agreguem

elementos de identificação estão corretos.

conhecimento, sempre com o cuidado de não infantilizar o

A teleula finalizada é encaminhada ao Parque Tecnológico

material. A avaliação final também é analisada criteriosamente.

da Dtcom, em Quatro Barras, região metropolitana de Curitiba,

“É muito importante trazer questões atualizadas que estão

e transmitido via satélite para os pontos de recepção.

fazendo parte do contexto do aluno para que ele possa

O conteúdo disponibilizado na web também obedece a

realmente aprender”, afirma a pedagoga.

todo um processo de produção. Segundo a pedagoga Leilane

Todo o material que foi produzido é complementado com

Soares, responsável por este processo, quando o DVD com o

e-books, vídeos do Youtube, artigos, textos diferenciados, links

material bruto chega às suas mãos é logo encaminhado para o

e até mesmo animações, para que o aluno aprenda por meio

professor conteudista, um profissional universitário, geralmente

de outros métodos também. “Quem faz o curso também pode

com qualificação de mestre ou doutor, ou o próprio palestrante.

participar dos fóruns e chats, que permitem a discussão do que

Ele é o responsável por desenvolver questões reflexivas sobre

foi aprendido na teleaula e na web”, comenta Leilane.

a aula, assim como a avaliação final e uma apostila com os

Ao fim do processo o material está pronto para ser inserido

tópicos que foram abordados pelo palestrante. “Nosso objetivo

no ambiente virtual de aprendizagem (LMS). Todo início de

não é simplesmente que o aluno fixe o conteúdo, mas que ele

mês, os alunos podem acessar os novos conteúdos que foram

reflita sobre aquilo que ele está aprendendo”, explica Leilane.

inseridos na web.

O material elaborado pelo conteudista volta para a

“O nosso trabalho é realmente para trazer um conteúdo

pedagoga que irá desenvolver o projeto instrucional, utilizando

que possa ter significado para as pessoas que assistem e

uma linguagem dialogada, aproximando professor e aluno. Em

assim possam aplicar em seu dia a dia”, finaliza a gerente

seguida, é revisada a ortografia do material, de acordo com as

de produto.

Agosto 2009 | 7


Espaço Dtcom

Comunicação por meio da identidade do Produto Dtcom Nova identidade dos canais Dtcom começa a vigorar em agosto

A

[ Andréa Schoch e Laila Sol e Silva ]

marca da Dtcom é a Educação e a Comunicação Corporativa, isso se traduz na sua identidade. Quando você “bate os olhos” na logomarca, rapidamente, você lembra o que a Dtcom oferece a seus clientes, por meio de seus produtos e serviços. Da mesma forma, nós da Dtcom, quando nos deparamos com a identidade de cada uma das organizações que compõem a nossa base de clientes, nos lembramos de cada um de vocês e da importância da sua organização para o desenvolvimento profissional dos nossos colaboradores.

A marca transmite mais do que a identidade, ela aproxima seus clientes dos seus propósitos. Os estudiosos da etimologia das palavras contam que Comunicação revela a ideia de uma atividade realizada conjuntamente, afastando o isolamento, tornando comum, comungando. Existem duas formas de fazer a comunhão acontecer, uma delas é a troca, a aprendizagem; mas existe outra, que é o nosso foco com este texto: a sensibilidade e a percepção que ocorrem sempre entre emissores e receptores. De um jeito ou de outro, colocar-se em comum ou comunicar-se significa compartilhar. A Dtcom compartilha neste momento um presente feito especialmente para os nossos clientes: a nova identidade dos canais corporativos com reformulação dos conceitos e do compromisso de desenvolver os profissionais. O lançamento acontece em 1º de agosto na TV e na web. Para contar um pouco mais sobre estas novidades e seus significados, entrevistamos os profissionais que pensam e fazem a identidade.

Segundo o diretor de Marketing, João Prosdocimo, a proposta de uma nova versão da identidade dos canais Dtcom reflete o crescimento constante da empresa. “A evolução da marca dos canais é uma consequência do constante desenvolvimento dos nossos produtos, e esta evolução vem acontecendo por um esforço conjunto das equipes envolvidas neste contínuo projeto de aperfeiçoamento: o departamento de Marketing e o Produto.” O Marketing desenvolveu papel de integrador neste processo, teve a responsabilidade de mapear todos os meios de comunicação e planejar o lançamento integrado nas mídias. Além dos canais, as novas identidades serão vistas também na Revista e nos informativos onlines (InfoMaster e InfoAluno). O departamento de Produto da Dtcom é o responsável por desenvolver a identidade, porém, mais importante que isto, formulou o conceito de cada canal, desde a vinheta até as telas do LMS. Segundo a web designer Amanda Pickel, ao desenvolver os novos layouts das telas do LMS, procurou aproximar e alinhar a identidade visual com a da TV, afinal quando os alunos acessam a web procuram a complementação dos programas que foram transmitidos. “O aluno deve reconhecer visualmente a relação entre estes dois meios e sentir harmonia ao navegar entre nossas telas.” A mesma harmonia citada por Amanda precisa existir nas vinhetas da TV.

8 | Agosto 2009

A gerente de produto, Andréa Schoch, conta que uma vinheta nada mais é do que uma composição de curta duração, na qual figuram elementos gráficos somados a uma trilha sonora. Esta composição passa uma mensagem a fim de ser lembrada com facilidade. “Pare e pense nos diversos canais de TV que você assiste e procure lembrar das vinhetas de abertura. Tenho certeza de que você lembrou até mesmo da trilha sonora, não é mesmo? Então, como a Dtcom é uma empresa que trabalha para capacitar, treinar e educar pessoas, as vinhetas de seus programas têm um sentido simbólico e ideológico e o objetivo maior é

fazer um convite inicial ao aluno para aproveitar o conteúdo da mensagem que será transmitida em cursos, entrevistas e demais programas.” Ainda com a equipe de Produto, entrevistamos o designer de TV Alysson Pugas, que com muita criatividade transforma os conceitos em elementos gráficos


e, depois de animados, estes ganham trilha sonora dando origem às vinhetas. Revista Competência: Alysson, qual era o conceito e a identidade dos canais Dtcom antes desta nova versão? Alysson: O canal Gestão Pública anteriormente apresentava imagens circulares que envolviam a logo do canal e, em movimento contínuo espalhavam partículas que se destacavam do centro do círculo, dando a ideia de que dali se destacavam pequenas partes “iluminadas” que compunham o conteúdo de gestão pública como um todo. Já o canal Autodesenvolvimento apresenta como símbolo a árvore traduzida como vitalidade, desenvolvimento, equilíbrio entre as partes: raiz, tronco, caules, folhas, fruto e talvez o elemento mais importante disso tudo: a semente, que gera mais vida. Esta identidade nos reporta a pensar em se “autodesenvolver”, isto é, gerenciar a si mesmo, buscando aperfeiçoar os relacionamentos, a comunicação, o compartilhamento, a motivação, etc. É exatamente a proposta do canal que se revela na identidade. Resumidamente, o canal Gestão Corporativa, versão 2007/2008, apresentava imagens em traços geométricos e uma seta que indicava o rumo certo, específico, apontado por um especialista da área, um consultor ou palestrante. RC: E quais são as novidades para agosto de 2009? Alysson: A grande novidade são as novas identidades e vinhetas do canal GC e GP. Observe na imagem abaixo, a ideia da vinheta do canal Gestão Corporativa é composição de pessoas que fazem

parte das corporações em diferentes departamentos, mas que recebem uma mensagem, representada por meio do feixe de luz que contagia todos no circuito. O circuito também representa o mundo corporativo. A vinheta finaliza apontando

a possibilidade de que pessoas e organizações se conectem em busca de desenvolvimento e produtividade. O canal AD mantém a sua ideia original, pois é uma ideia atemporal e traduz o que realmente acreditamos sobre o autodesenvolvimento. O único ajuste feito foi na logo, observe na imagem acima, a logo anterior

e a atual. E, para o canal GP, como você observa na figura abaixo, a imagem das cidades, dos prédios que se levantam está sendo atribuída à busca de crescimento, de desenvolvimento urbano, fruto da evolução nos diversos municípios e estados pelo país afora e principalmente da capacidade de aperfeiçoamento dos governos que investem em educação e desenvolvimento.

inspiração. Foi exatamente esta lógica que apliquei para a criação de cada uma das vinhetas novas. RC: Como foi o processo de criação? Alysson: O processo começou simplesmente de um esboço das novas logos, procurando remeter a tecnologia, equilíbrio e simetria. Para remeter a tecnologia e equilíbrio, busquei a base de Gestalt (ângulos agudos remetem a tecnologia, na forma como um todo a percepção das linhas tem boa continuação) e em simetria, se notar, as três logos se encaixam perfeitamente uma em cima da outra. Após apresentadas e aprovadas as logos, deu-se o início do processo de criação da identidade dos canais. RC: Qual a expectativa de aceitação por parte dos clientes? Alysson: A expectativa é grande! Algumas mudanças já realizadas trouxeram bons resultados, como por exemplo a inclusão de ilustração nos cursos, a aceitação foi comprovada por pesquisas realizadas pelo Dtcall, entre os meses de maio e junho. Vamos aguardar novas considerações após o lançamento da nova identidade. Acreditamos nas possibilidades da educação flexível e trabalhamos para que os clientes da Dtcom aprendam cada vez melhor, aplicando para isso o meu conhecimento de designer educativo. •

RC: Qual é a base para as suas elaborações das vinhetas e da identidade? Alysson: Meu embasamento é basicamente toda fundamentação teórica absorvida e trazida da vida acadêmica e influências artísticas no meio de produção de vinhetagem buscadas como fonte de

Agosto 2009 | 9


Dtcom Indica Livros

Filme

Setor Elétrico Brasileiro – Aspectos Regulamentares, Tributários e Contábeis

Manual para Desenvolvimento de uma Universidade Corporativa

Antonio Ganim (Ed. Canal Energia, 506 páginas)

JB Vilhena e Luís Roberto Mello (Ed. ABTD)

A 2° edição de Setor Elétrico Brasileiro - Aspectos Regulamentares, Tributários e Contábeis está atualizada até dezembro de 2008, com todas as alterações regulamentares ocorridas desde a primeira edição em 2003, bem como uma atualização das principais questões tributárias, principalmente quanto às alterações ocorridas na legislação do PIS/Pasep e da Cofins, do ISS e dos diversos encargos setoriais. O objetivo da revisão não é esgotar os temas abordados, mas sim proporcionar aos profissionais que militam no Setor Elétrico uma consolidação legislativa de cada tema, disponibilizando uma fonte de conhecimento e pesquisa para os trabalhos desenvolvidos no seu dia a dia.

A aprendizagem ocorre através de todas as atividades da organização, em diferentes níveis e velocidades. É sua função primordial encorajar e coordenar as várias interações no processo de aprendizado. Desta maneira, é preciso que dentro da empresa haja uma estrutura específica voltada para a gestão dos vários processos de aprendizagem que ocorrem simultaneamente. As decisões que envolvem a atuação da Universidade Corporativa englobam quatro principais áreas: decisões estratégicas; decisões táticas; decisões operacionais e outras áreas de decisão estratégica. Abordar essas quatro áreas através da descrição e análise das ferramentas e técnicas que podem ser aplicadas nessa tarefa é o propósito deste manual.

Os Segredos da Mente Milionária

Coach Carter – Treino para a Vida*

T. Harv Eker (Ed. Sextante, 176 páginas)

2005

Se as suas finanças andam na corda bamba, talvez esteja na hora de você refletir sobre o que T. Harv Eker chama de “o seu modelo de dinheiro” - um conjunto de crenças que cada um de nós alimenta desde a infância e que molda o nosso destino financeiro, quase sempre nos levando para uma situação difícil. Neste livro, Eker mostra como substituir uma mentalidade destrutiva pelos “arquivos de riqueza”, 17 modos de pensar e agir que distinguem os ricos das demais pessoas. O autor também ensina um método eficiente de administrar o dinheiro e aumentar o seu patrimônio líquido. A ideia é fazer o seu dinheiro trabalhar para você tanto quanto você trabalha para ele. Para isso, é necessário poupar e investir em vez de gastar.

Complemente o conhecimento adquirido com a Série Profissional As Dimensões da Ética Empresarial assistindo a esse filme, que conta a história de um ex-campeão de basquete que é convidado para treinar um time sem regras, sem normas e sem nenhum tipo de princípio ético. O trabalho como treinador do time, realizado pelo ex-campeão, gera um resgate da autoestima para cada componente do time, além de que cada um dos componentes da equipe passa a reconhecer a importância de regras e princípios dentro de uma sociedade.

* A dica é da gerente de Produto da Dtcom, Andréa Schoch.

Os livros mais vendidos na área de Business 1. Como Chegar ao Sim: a Negociação de Acordos sem Concessões Roger Fisher (Editora Imago)

3. O Monge e o Executivo: Uma História Sobre a Essência da Liderança James C. Hunter (Editora Sextante)

5. Blink: A Decisão em um Piscar de Olhos Malcolm Gladwell (Editora Rocco)

2. Casais Inteligentes Enriquecem Juntos Gustavo Cerbasi (Editora Gente)

4. Feitas para Durar: Práticas Bemsucedidas de Empresas Visionárias James C. Collins (Editora Rocco)

Fonte: Submarino www.submarino.com.br

Indique o seu livro ou filme pelo telefone 0800 703-3180.

As melhores indicações estarão na próxima edição da Revista Competência. 10 | Agosto 2009


Autodesenvolvimento Série Profissional - Dimensões éticas da atividade empresarial A empresa envolvida com a ética | 2/4 | Inédito

Antonio Raimundo dos Santos / 1 hora/aula na TV 2 horas/aulas na web. Apresentação Você já parou para pensar que a gestão empresarial, além do desempenho, avalia também posturas? E que a nossa postura ética tem tudo a ver com o que estamos fazendo quando ninguém está olhando? O curso em questão discute a Ética como um conjunto de caminhos da realização humana, dentro dos limites e oportunidades da cultura ocidental materialista balizada pelas organizações produtivas. Objetivos • Reconhecer a postura ética pessoal como fundamento para a ética empresarial.

Série Profissional - Dimensões éticas da atividade empresarial

A organização produtiva e o compromisso ético | 4/4 | Inédito Antonio Raimundo dos Santos / 1 hora/aula na TV 2 horas/aulas na web. Apresentação Você vê algo de positivo em fazer o bem de olho em alguém? Frase interessante, não é mesmo? Para saber mais, assista a esta teleaula em que o professor Antonio Raimundo responde a esta pergunta e ainda fala sobre o importante papel das empresas no estímulo aos valores da bondade e da responsabilidade social corporativa. Objetivos • Reconhecer a condição hegemônica da organização produtiva e seu consequente compromisso ético.

Série Profissional - Dimensões éticas da atividade empresarial O perfil do ser humano e sua realização | 3/4 | Inédito

Antonio Raimundo dos Santos / 1 hora/aula na TV 2 horas/aulas na web. Apresentação Para e pense: o homem medieval foi um fiel, o moderno um súdito, o pós-moderno foi um cidadão. Todos agiam e se realizavam pelo mesmo critério ético? Se você quer a resposta para esta pergunta, assista a esta teleaula e aprenda muito sobre a ética de ontem, de hoje e de amanhã.

Objetivos • Reconhecer a evolução da cultura ocidental e as influências sobre a realização humana.

Série Profissional - Editor de textos eletrônicos

Word intermediário I - Recursos de organização externa do documento | 1/4 Eduardo Ramiro de Assis / 1 hora/aula na TV - 2 horas/aulas na web. Apresentação: Cientes de que a maioria das corporações já utilizam, como ferramenta de trabalho, o editor de texto Word, oferecemos a você o curso Word Intermediário I: Recursos de Organização Externa do Documento, que apresenta alguns comandos básicos e dicas para facilitar a aplicação do Word no seu dia a dia. Objetivos • Identificar comandos básicos e recursos que otimizam o uso do Word.

Série Profissional - Dimensões éticas da atividade empresarial Níveis da vivência ética | 1/4

Antonio Raimundo dos Santos / 1 hora/aula na TV 2 horas/aulas na web. Apresentação Você já parou para pensar que a ética é o conjunto de conceitos, valores, princípios e normas utilizados por um grupo humano, como sua referência de bem e justiça? Esta aula, ministrada pelo professor Antonio Raimundo dos Santos, além de definir a ética empresarial, vai mostrar por que as empresas devem se envolver em questões éticas. Objetivos • Identificar o conceito de ética empresarial. • Reconhecer as novidades da ética na empresa. • Identificar as razões para a ética na empresa. • Reconhecer a ética como questão pessoal.

Aprendendo com a excelência Disney

Júnior é especialista em Atendimento ao Cliente e Excelência em Serviços pelo Instituto Disney. Objetivos • Entender por que a Walt Disney Company é referência mundial em serviços. • Conhecer o conceito de que 90% é serviço e 10% produto. • Mostrar como os colaboradores podem encantar os clientes e de que forma isso se reflete nos resultados.

Estratégia dos líderes vencedores Eduardo Shinyashiki / 1 hora/aula na TV - 2 horas/ aulas na web. Apresentação Neste curso, Eduardo Shinyashiki fala sobre as competências para a liderança e, de uma maneira agradável, aborda a autoestima e a autoconfiança como capacidades para transformar obstáculos em oportunidades. Objetivos • Identificar os processos repetitivos de reação aos desafios cotidianos. • Reconhecer novas atitudes com base numa nova percepção do seu papel na criação de seus contextos.

Relacionamento interpessoal e comunicação Marcelo Miranda / 1 hora/aula na TV - 2 horas/aulas na web. Apresentação Várias pesquisas mostram que competências de relacionamento interpessoais são a chave determinante para o progresso e a realização organizacional. Este curso trata da importância de se comunicar e se relacionar como elemento fundamental para o desenvolvimento de locais de trabalho desejáveis e sadios. Objetivos • Apresentar as habilidades pessoais necessárias a serem desenvolvidas no exercício da gestão eficaz. • Estimular a reflexão pessoal sobre as questões da ética, dos valores e dos hábitos.

Daniel Godri Júnior / 1 hora/aula na TV - 2 horas/ aulas na web. Apresentação Cerca de 75% dos que visitam os parques da Disney retornam. O segredo por trás desse alto índice de fidelização é o mote deste curso, que aborda técnicas e padrões utilizados pela Walt Disney Company para encantar seus clientes. Daniel Godri

Agosto 2009 | 11


Gestão Corporativa Série profissional - Análise de projetos e investimentos Caso concreto de projeção do fluxo de caixa | 2/3 | Inédito

Série Profissional - Cálculos financeiros HP12C: Um instrumento de tomada de decisão financeira I

Marcos Heringer / 1 hora/aula na TV - 2 horas/ aulas na web.

Marcos Heringer / 1 hora/aula na TV - 2 horas/aulas na web.

Apresentação Nesta teleaula, o professor Marcos Heringer desenvolve o estudo da alavancagem de negócios com base em capital de terceiros e, na sequência, apresenta os dados referentes a um caso concreto de investimento orientando a projeção do fluxo de caixa.

Apresentação A série aborda o desenvolvimento de operações básicas, intermediárias e avançadas na calculadora financeira HP 12C. Neste primeiro curso, o palestrante apresenta as operações financeiras básicas, como as que requerem o uso das funções somatórias. Marcos Heringer é mestre pelo Instituto Militar de Engenharia e professor de Finanças na Fundação Getulio Vargas.

Objetivos • Identificar conceitos e ferramentas disponíveis para o desenvolvimento das análises de viabilidade econômico-financeira dos projetos de investimentos.

Entrevista - As inovações empresariais na Europa e o que poderia ser aplicado no Brasil | Inédito Edson Zogbi / 1 hora/aula na TV - 2 horas/aulas na web. Apresentação Em entrevista concedida à Dtcom, Edson Zogbi, que atualmente reside e atua no exterior, apresenta um panorama das inovações empresariais na Europa e o que poderia ser aplicado no Brasil. Objetivos • Identificar as inovações empresariais da Europa e o que poderia ser aplicado no Brasil.

Trajetória - Gestão de operações - O valor estratégico dos recursos | Inédito Deise Bautzer / 1 hora/aula na TV - 2 horas/aulas na web. Apresentação O Trajetória deste mês apresenta o tema: Gestão de Operações. Deise Bautzer, experiente mediadora, conversa com a engenheira e vice-presidente da Positivo Informática, Marielva Andrade Dias. A renomada engenheira contextualiza a importância da gestão de operações e enfatiza o papel estratégico dos recursos envolvidos nesse processo para o posicionamento de grandes empresas. Objetivos • Identificar o papel da área de operações e quais são os recursos envolvidos nessa ação.

12 | Agosto 2009

Objetivos • Aplicar as operações de matemática básica. • Identificar as operações financeiras envolvendo equivalência de capitais. • Abordar a Tabela Price e a abordagem numérica de seu modelo padrão.

Série Profissional - Cálculos financeiros HP12C: Um instrumento de tomada de decisão financeira II Marcos Heringer / 1 hora/aula na TV - 2 horas/aulas na web.

Objetivos • Conhecer as séries antecipadas e diferidas.

Talk show - O direito como ferramenta de gestão Tarses Nametala / 30 min de aula na TV - Não há conteúdo na web. Apresentação: Tarses Nametala é procurador federal e coordenador dos cursos de Direito do Ibmec do Rio de Janeiro, uma das mais conceituadas escolas de negócios do país. Nesta entrevista, a segunda de uma série realizada com profissionais do Ibmec, ele defende que o departamento jurídico é uma ferramenta gerenciadora que deve auxiliar nas decisões da empresa, a fim de evitar problemas legais e até mesmo custos.

Entenda - Moedas Marina Belomo / 11 min de aula na TV - 1 hora/aula na web. Apresentação Você sabe quando surgiram as moedas? Não? Então assista ao programa Entenda Moedas e conheça várias curiosidades sobre as moedas do mundo inteiro.

Apresentação A série aborda o desenvolvimento de operações básicas, intermediárias e avançadas na calculadora financeira HP 12C. Marcos Heringer é mestre pelo Instituto Militar de Engenharia e professor de Finanças na Fundação Getulio Vargas.

Talk show - Trabalho em equipe

Objetivos • Aplicar as operações de matemática básica. • Identificar as operações financeiras envolvendo equivalência de capitais. • Abordar a Tabela Price e a abordagem numérica de seu modelo padrão.

Apresentação Trabalhar em equipe exige o desenvolvimento de uma gama de habilidades e a adoção de atitudes que, em alguns casos, entram em choque com interesses pessoais e demandas sociais. Este programa vai tratar desse desafio, apontando caminhos para formar equipes eficazes, com as habilidades e atitudes necessárias. Os palestrantes são consultores do Instituto MVC, especializado em educação corporativa.

Série Profissional - Cálculos financeiros HP12C: Um instrumento de tomada de decisão financeira III Marcos Heringer / 1 hora/aula na TV - 2 horas/aulas na web. Apresentação Neste terceiro curso, o palestrante apresenta as séries antecipadas e diferidas, entre outros assuntos. Marcos Heringer aborda os temas em nível intermediário.

Américo Marques Ferreira e Denize Athayde Dutra da Costa / 1 hora/aula na TV - Não há conteúdo na web.

Objetivos • Conceituar a diferença entre grupo e equipe. • Identificar as características essenciais para um grupo ser uma equipe.


Gestão Pública Série Profissional - NR10 Choque elétrico - Riscos e prevenção | Inédito

Rodrigo Ferrarini / 1 hora/aula na TV - 2 horas/aulas na web. Apresentação Você sabia que um choque elétrico pode desencadear uma parada cardíaca? Este curso apresenta de maneira simples e clara os riscos e as consequências do choque elétrico para o corpo humano e como prevenir acidentes. Objetivos • Identificar formas de agir perante riscos com choque elétrico.

Série Profissional Administração pública municipal - Gestão por resultados

Gestão estratégica na área pública | 2/4 | Inédito Daniel Rossi / 1 hora/aula na TV - 2 horas/aulas na web. Apresentação O curso ministrado pelo doutor Daniel Rossi, aponta que o estudo das estratégias de administração aplicadas à gestão pública pode permitir ao gestor desenvolver procedimentos, projetos que visam ampliar e melhorar os serviços e obras públicas. Objetivos • Identificar características da gestão estratégica. • Reconhecer como implementar o planejamento estratégico.

Conexão elétricas - O grande desafio para o setor elétrico: o meio ambiente | Inédito Eduardo Felga Gobbi / 1 hora/aula na TV - Não há conteúdo na web. Apresentação Em entrevista concedida à Dtcom, o doutor Eduardo Felga Gobbi discute as possibilidades de geração de energia sustentável para o setor elétrico, considerando os desafios de agir de forma sustentável. Objetivos • Identificar as possibilidades de geração de energia sustentável para o setor elétrico.

Conexão elétricas - Oportunidades de negócios com PCHs

O orçamento público - Em busca da eficiência

Phillippe Lisbona / 30 min de aula na TV - Não há conteúdo na web.

Valmir Alberto Thomé / 1 hora/aula na TV - 2 horas/ aulas na web.

Apresentação O Conexão Elétricas veicula o painel Experiência de Negócios com Projetos de Reflorestamento de Margens de Reservatórios apresentado no Simpósio Internacional sobre Mudança de Clima & Oportunidade de Negócio com Créditos de Carbono, ocorrido em Florianópolis - abril de 2008 - promovido pela FUNCOGE. Por meio deste painel, Phillippe Lisbona apresenta as oportunidades de negócios com as PCHs.

Apresentação O curso Orçamento Público: Em Busca da Eficiência trata da execução orçamentária pautada nos princípios da eficiência, eficácia e economicidade. O mote do curso é o ciclo orçamentário com ênfase nas fases da programação, empenho e liquidação da despesa como bases para a execução orçamentária eficiente.

Objetivos • Conhecer as oportunidades de negócios com as PCHs.

Entrevista - Assédio moral no setor público

Objetivos • Identificar quais são as peças orçamentárias. • Reconhecer as peças orçamentárias como instrumentos de gestão para as entidades governamentais. • Reconhecer a necessidade de incentivo à adoção de práticas que facilitam o trabalho com as peças orçamentárias.

Sérgio Henrique Tedeschi / 30 min de aula na TV Não há conteúdo na web. Apresentação Nesta entrevista o doutor Sérgio Tedeschi aborda o tema Assédio Moral no Setor Público. Trata do conceito de assédio moral passando pelas características principais, causas frequentes e as formas de prevenção, culminando com as leis e projetos de leis que existem atualmente sobre o assunto. Objetivos • Reconhecer o conceito de assédio moral no setor público. • Identificar as causas e características do assédio moral no setor público.

O novo perfil do serviço público - Aula 1 O novo perfil do serviço público - Aula 2 Sarah Maria Linhares de Araújo / 2 horas/aulas na TV - 4 horas/aulas na web. Apresentação O curso analisa as reformas estatais, desde o período do absolutismo até o neoliberalismo. Apresenta também a influência da globalização do Estado e como ocorreu a Reforma Administrativa no Brasil e finalmente discute o novo perfil do serviço público. Objetivos • Identificar as mudanças ocorridas no serviço público e como a relação serviço público-comunidade modificou-se devido à inserção do princípio da eficiência.

Gestão estratégica na área pública “O planejamento é uma função essencial nas nossas vidas, sobre nós colocamos todas as demais funções que são utilizadas nas empresas, nas nossas vidas pessoais, como por exemplo a organização e os aspectos de liderança.” Daniel Rossi

Agosto 2009 | 13


Ênfase

Bons exemplos para lidar com dinheiro [ Por Andréa Schoch ]

O

Ênfase deste mês começa com uma história verídica sobre um mexicano chamado Carlos Slim. Vamos conhecê-la?

“De uma infância simples e humilde, o empresário mexicano Carlos Slim passou a ser o homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 67,8 bilhões -– US$ 8,6 bilhões a mais do que Bill Gates, que por 13 anos liderou o ranking. O segredo: anotações em um pequeno livro de todos os gastos da mesada desde os oito anos de idade. A prática era insistida pelo pai, Julián Slim, que costumava dar cinco pesos a Carlos todos os domingos. Esta disciplina, dizia ele, era necessária para se dar bem na vida.”

de investimentos são instrumentos essenciais para a alavancagem dos negócios de sua organização. Por isso, a Dtcom colocou ao seu dispor a Série Profissional Análise de Projetos e Investimentos, com um mestre no assunto, o professor da FGV Marcos Heringer. Assista e descubra como investir de forma segura. Assista também ao programa inédito deste mês, o ENTENDA MOEDAS, e descubra várias curiosidades sobre o dinheiro, dentre elas, o valor da moeda “peso”, aquela moeda que Slim recebia do pai todos os domingos, conforme história relatada. Com estas novidades, o Produto Dtcom deseja que cada vez mais a sua organização faça grandes negócios e tenha muito sucesso. • Até o próximo Ênfase!

Diário da Manhã Goiânia 16 de julho de 2007.

A história contada por Carolina Oliveira, no jornal Diário da Manhã, ainda aponta que, graças à disciplina e à análise dos investimentos feitos por Slim, ele é hoje proprietário de um império que conta com 218 mil trabalhadores. Já pensou? Como você pode ver, o fluxo de caixa e a análise

Parceiros do Mês Américo Marques Ferreira américo@institutomvc.com.br (11) 3171-1645 Antonio Raimundo dos Santos kondutta@yahoo.com.br Daniel Godri Júnior danieljr@godri.com.br (41) 3024-2445 Daniel Rossi danielrossi@up.edu.br (41) 3317-3134 Deise Bautzer deise.20@globo.com (14) 9914-2320 Denize Athayde Dutra da Costa (11) 3171-1645

14 | Agosto 2009

Empresas Eduardo Felga Gobbi efgobbi@ufpr.br Eduardo Ramiro de Assis SOFHAR marianaw@sofhar.com.br (41) 3350-1561 Eduardo Shinyashiki edu@edushin.com.br (11) 2807-5550 Edson Zogbi edson.zogbi@rclp.pt Marcelo Miranda www.treinar.com.br (48) 3226-1616 Marcos Heringer heringer@fgvmail.br (21) 8114-6399 / 2230-2918

Marielva Andrade Dias deise.20@globo.com Phillippe Lisbona philippe.lisbona@ersabrasil.com.br Sarah Maria Linhares de Araújo sarahlinhares@yahoo.com.br (41) 9995-1512

Fundação COGE www.funcoge.org.br

Sérgio Henrique Tedeschi tedeschi@tedeschiepadilha.adv.br (41) 3584-1261

Instituto MVC Costacurta 11 9988-2309

Tarses Nametala contactcenter@ibmecrj.br

Revista MundoPM www.mundopm.com.br

Valmir Alberto Thomé thome.valmir@gmail.com (41) 9102-5720 / 3339-2906

Iesde 0800 725-9797 www.iesde.com.br

Treinar On Line www.treinar.com.br 48 3226-1616


Agosto 2009 | 15


PROGRAMAÇÃO

AGOSTO2009 Caro profissional, Neste mês de agosto, vocês perceberão que a identidade de nossos canais está se consolidando por meio das novas vinhetas nas teleaulas, nas telas do LMS e também na sua Revista Competência. Nos três canais, cada identidade representa o conceito do canal: Autodesenvolvimento, a árvore do conhecimento que carrega os frutos de sua semente; no Gestão Pública, representamos o desenvolvimento e crescimento das cidades, por meio de conteúdos para administração pública e, por fim, no Gestão Corporativa, buscamos evidenciar a luz do conhecimento que envolve os indivíduos integrando-os aos objetivos de suas organizações. Também neste mês, apresentamos novos resultados do I Workshop Master. A partir de agora, os programas Entenda terão complementação web, com conteúdos no LMS. Aproveite e a amplie seus conhecimentos. Bons cursos e fique à vontade para enviar suas sugestões pelo e-mail marketing@dtcom.com.br João Prosdocimo Diretor de Marketing


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

P R O G R A M A Autodesenvolvimento

Canal Autodesenvolvimento

1

09h, 13h, Dimensões éticas da atividade empresarial - A empresa envolvida com a ética | 2/4 | Inédito 17h, 21h Dimensões éticas da atividade empresarial - A organização produtiva e o compromisso 08h, 12h, ético | 4/4 | Inédito 16h, 20h

2

3

4

Editor de textos eletrônicos - Word intermediário I - Recursos de organização externa do documento | 1/4

07h, 11h, 10h, 14h, 07h, 11h, 15h, 19h 18h, 22h 15h, 19h

Dimensões éticas da atividade empresarial - Níveis da vivência ética | 1/4

10h, 14h, 18h, 22h

09h, 13h, 17h, 21h

Cálculos financeiros - HP12C - Um instrumento de tomada de decisão financeira I Cálculos financeiros - HP12C - Um instrumento de tomada de decisão financeira II Cálculos financeiros - HP12C - Um instrumento de tomada de decisão financeira III Talk show - O direito como ferramenta de gestão Entenda - Moedas Talk show - Trabalho em equipe

Canal Gestão Pública

Gestão Pública

1

2

1

2

3

07h, 11h, 15h, 19h 07h, 11h, 15h, 19h

4

08h, 12h 16h, 20h

5

6

7

07h, 11h, 15h, 19h 10h, 14h, 18h, 22h 09h, 13h, 17h, 21h 08h, 12h, 08h, 12h, 16h, 20h 16h, 20h

07h, 11h, 15h, 19h

5

8

9

09h, 13h, 17h, 21h 09h, 13h, 17h, 21h 10h, 14h, 18h, 22h

09h, 13h, 17h, 21h 10h, 14h, 18h, 22h 07h, 11h, 15h, 19h 07h37, 11h37, 15h37, 19h37

10h, 14h 18h, 22h

6

7

10

10h, 14h 18h, 22h 07h, 11h 15h, 19h

07h, 11h, 15h, 19h 07h, 11h, 09h, 13h, 15h, 19h 17h, 21h 10h, 14h, 18h, 22h 08h, 12h, 08h, 12h 16h, 20h 16h, 20h 08h, 12h, 09h, 13h 16h, 20h 17h, 21h 08h37, 12h37, 09h37, 13h3 16h37, 20h37 17h37, 21h3 10h, 14h, 18h, 22h

8

9

10

07h, 11h, 15h, 19h

08h, 12h, 07h, 11h, 16h, 20h 15h, 19h 09h, 13h, 09h, 13h, 08h, 12h, 10h, 14h 17h, 21h 17h, 21h 16h, 20h 18h, 22h 07h, 11h, 09h, 13h, 15h, 19h 17h, 21h

09h, 13h, 17h, 21h

10h, 14h, 18h, 22h

08h, 12h, 16h, 20h

07h, 11h, 15h, 19h

08h, 12h, 08h, 12h, 16h, 20h 16h, 20h

09h, 13h, 10h, 14h, 10h, 14h, 10h, 14h, 17h, 21h 18h, 22h 18h, 22h 18h, 22h 08h, 12h, 16h, 20h

10

09h, 13h 17h, 21h

09h, 13h, 17h, 21h

08h, 12h, 16h, 20h

08h, 12h, 16h, 20h

O novo perfil do serviço público - Aula 1

O orçamento público - Em busca da eficiência

4

10h, 14h, 09h, 13h, 18h, 22h 17h, 21h

Conexão elétricas - Oportunidades de negócios com PCHs

O novo perfil do serviço público - Aula 2

9

10h, 14h, 07h, 11h 18h, 22h 15h, 19h

07h, 11h, 08h, 12h, 15h, 19h 16h, 20h

Conexão elétricas - O grande desafio para o setor elétrico: o meio ambiente | Inédito

Entrevista - Assédio moral no setor público

3

09h, 13h, 10h, 14h, 17h, 21h 18h, 22h 10h, 14h, 10h, 14h, 07h, 11h, 18h, 22h 18h, 22h 15h, 19h 08h, 12h, 16h, 20h 09h, 13h, 08h, 12h, 17h, 21h 16h, 20h 09h, 13h, 08h, 12h, 10h, 14h, 17h, 21h 16h, 20h 18h, 22h 07h, 11h, 15h, 19h 07h, 11h, 07h, 11h, 15h, 19h 15h, 19h 07h37, 11h37, 07h37, 11h37, 15h37, 19h37 15h37, 19h37 08h, 12h, 09h, 13h, 16h, 20h 17h, 21h

NR10 - Choque elétrico - Riscos e prevenção | Inédito Administração pública municipal - Gestão estratégica na área pública | 2/4 | Inédito

10h, 14h, 18h, 22h

07h, 11h, 09h, 13h, 07h, 11h, 07h, 11h, 15h, 19h 17h, 21h 15h, 19h 15h, 19h

Relacionamento interpessoal e comunicação

Trajetória - Gestão de operações - O valor estratégico dos recursos | Inédito

8

10h, 14h, 18h, 22h 07h, 11h, 15h, 19h 07h, 11h, 08h, 12h, 07h, 11h, 15h, 19h 16h, 20h 15h, 19h 08h, 12h, 16h, 20h

10h, 14h, 08h, 12h, 09h, 13h, 08h, 12h, 08h, 12h, 09h, 13h, 18h, 22h 16h, 20h 17h, 21h 16h, 20h 16h, 20h 17h, 21h

Estratégia dos líderes vencedores

Entrevista - As inovações empresariais na Europa e o que poderia ser aplicado no Brasil | Inédito

7

09h, 13h, 09h, 13h, 17h, 21h 17h, 21h

Aprendendo com a excelência Disney

Gestão Corporativa

6 07h, 11h, 15h, 19h 10h, 14h, 18h, 22h

10h, 14h, 18h, 22h 08h, 12h, 16h, 20h

Dimensões éticas da atividade empresarial - O perfil do ser humano e sua realização | 3/4 | Inédito

Canal Gestão Corporativa Aná l i s e de projetos e investimentos - Caso concreto de projeção do fluxo de caixa | 2/3 | Inédito

5

09h, 13h, 17h, 21h 08h, 12h, 08h, 12h, 10h, 14h, 16h, 20h 16h, 20h 18h, 22h

10h, 14h, 18h, 22h

08h, 12h, 16h, 20h

08h, 12h 16h, 20h

10h, 14h, 10h, 14h, 07h, 11h 18h, 22h 18h, 22h 15h, 19h

09h, 13h, 07h, 11h, 07h, 11h, 10h, 14h, 09h, 13h, 09h, 13h, 09h, 13h 17h, 21h 15h, 19h 15h, 19h 18h, 22h 17h, 21h 17h, 21h 17h, 21h


Ç Ã O 11

12

13

h, h

08h, 12h, 16h, 20h 08h, 12h, 09h, 13h, 08h, 12h, 16h, 20h 17h, 21h 16h, 20h h, 07h, 11h, 10h, 14h, h 15h, 19h 18h, 22h 10h, 14h, 18h, 22h

A G O S T O 14

15

16

17

09h, 13h, 09h, 13h, 17h, 21h 17h, 21h 08h, 12h, 08h, 12h, 09h, 13h, 16h, 20h 16h, 20h 17h, 21h 07h, 11h, 10h, 14h, 15h, 19h 18h, 22h 10h, 14h, 18h, 22h

09h, 13h, 17h, 21h

07h, 11h, 15h, 19h

07h, 11h, 08h, 12h, 15h, 19h 16h, 20h

h, 10h, 14h, h 18h, 22h

09h, 13h, 17h, 21h

10h, 14h, 18h, 22h

h, h

07h, 11h, 15h, 19h

10h, 14h, 08h, 12h, 18h, 22h 16h, 20h

11

12

13

11

12

13

14

15

08h, 12h, 16h, 20h

14

17

15

16

18

17

18

19

19 09h, 13h, 17h, 21h 08h, 12h, 16h, 20h

07h, 11h, 07h, 11h, 15h, 19h 15h, 19h

10h, 14h, 08h, 12h, 18h, 22h 16h, 20h

21

22

07h, 11h, 15h, 19h 07h, 11h, 10h, 14h, 15h, 19h 18h, 22h 09h, 13h, 17h, 21h 10h, 14h, 18h, 22h 08h, 12h, 16h, 20h

h, 07h, 11h, 10h, 14h, 08h, 12h, 07h, 11h, 09h, 13h, 07h, 11h, h 15h, 19h 18h, 22h 16h, 20h 15h, 19h 17h, 21h 15h, 19h

07h, 11h, 15h, 19h

09h, 13h, 17h, 21h

10h, 14h, 09h, 13h, 09h, 13h, 10h, 14h, 18h, 22h 17h, 21h 17h, 21h 18h, 22h

26

20

21

08h, 12h, 16h, 20h 09h, 13h, 08h, 12h, 17h, 21h 16h, 20h

22

27

07h, 11h, 07h, 11h, 15h, 19h 15h, 19h 10h, 14h, 08h, 12h, 18h, 22h 16h, 20h

28

29

10h, 14h, 18h, 22h 08h, 12h, 08h, 12h, 16h, 20h 16h, 20h 10h, 14h, 18h, 22h 07h, 11h, 09h, 13h, 15h, 19h 17h, 21h

10h, 14h, 18h, 22h

07h, 11h, 15h, 19h

10h, 14h, 18h, 22h 08h, 12h, 16h, 20h

23

24

25

10h, 14h, 09h, 13h, 18h, 22h 17h, 21h

08h, 12h, 16h, 20h

26

27

28

08h, 12h, 16h, 20h 07h, 11h, 15h, 19h

29

07h, 11h, 15h, 19h

30

10h, 14h, 08h, 12h, 18h, 22h 16h, 20h

09h, 13h, 07h, 11h, 10h, 14h, 17h, 21h 15h, 19h 18h, 22h 08h, 12h, 10h, 14h, 16h, 20h 18h, 22h 07h, 11h, 10h, 14h, 15h, 19h 18h, 22h

23

09h, 13h, 17h, 21h 08h, 12h, 16h, 20h

24

25

31 10h, 14h, 18h, 22h 09h, 13h, 17h, 21h 08h, 12h, 16h, 20h

07h, 11h, 07h, 11h, 15h, 19h 15h, 19h 10h, 14h, 18h, 22h 09h, 13h, 09h, 13h, 07h, 11h, 17h, 21h 17h, 21h 15h, 19h 10h, 14h, 18h, 22h 08h, 12h, 08h, 12h, 08h, 12h, 16h, 20h 16h, 20h 16h, 20h 08h37, 12h37, 08h37, 12h37, 08h37, 12h37, 16h37, 20h37 16h37, 20h37 16h37, 20h37 09h, 13h, 09h, 13h, 10h, 14h, 07h, 11h, 09h, 13h, 07h, 11h, 17h, 21h 17h, 21h 18h, 22h 15h, 19h 17h, 21h 15h, 19h

26

27

28

29

30

09h, 13h, 09h, 13h, 10h, 14h, 07h, 11h, 17h, 21h 17h, 21h 18h, 22h 15h, 19h 10h, 14h, 10h, 14h, 07h, 11h, 09h, 13h, 18h, 22h 18h, 22h 15h, 19h 17h, 21h 09h, 13h, 10h, 14h, 17h, 21h 18h, 22h 07h, 11h, 08h, 12h, 08h, 12h, 07h, 11h, 15h, 19h 16h, 20h 16h, 20h 15h, 19h 08h, 12h, 16h, 20h

31 09h, 13h, 17h, 21h

07h, 11h, 10h, 14h, 09h, 13h, 09h, 13h, 07h, 11h, 15h, 19h 18h, 22h 17h, 21h 17h, 21h 15h, 19h

09h, 13h, 17h, 21h 07h, 11h, 15h, 19h

10h, 14h, 09h, 13h, 08h, 12h, 18h, 22h 17h, 21h 16h, 20h

09h, 13h, 17h, 21h 10h, 14h, 08h, 12h, 18h, 22h 16h, 20h

30 09h, 13h, 17h, 21h

08h, 12h, 10h, 14h, 16h, 20h 18h, 22h

09h, 13h, 09h, 13h, 17h, 21h 17h, 21h

07h, 11h, 15h, 19h 10h, 14h, 18h, 22h

25

08h, 12h, 09h, 13h, 16h, 20h 17h, 21h

07h, 11h, 15h, 19h 07h37, 11h37, 15h37, 19h37 08h, 12h, 08h, 12h, 09h, 13h, 16h, 20h 16h, 20h 17h, 21h

07h, 11h, 09h, 13h, 15h, 19h 17h, 21h

10h, 14h, 09h, 13h, 18h, 22h 17h, 21h

h, h

20

08h, 12h, 16h, 20h 07h, 11h, 15h, 19h

24

10h, 14h, 18h, 22h

09h, 13h, 10h, 14h, 17h, 21h 18h, 22h 08h, 12h, 07h, 11h, 16h, 20h 15h, 19h 09h, 13h, 17h, 21h

10h, 14h, 10h, 14h, 18h, 22h 18h, 22h 08h, 12h, 08h, 12h, 16h, 20h 16h, 20h

08h, 12h, 16h, 20h

23

07h, 11h, 07h, 11h, 15h, 19h 15h, 19h

08h, 12h, 10h, 14h, 08h, 12h, 16h, 20h 18h, 22h 16h, 20h 08h37, 12h37, 10h37, 14h37, 08h37, 12h37, 16h37, 20h37 18h37, 22h37 16h37, 20h37 10h, 14h, 07h, 11h, 08h, 12h, 09h, 13h, 18h, 22h 15h, 19h 16h, 20h 17h, 21h

07h, 11h, 15h, 19h

07h, 11h, 15h, 19h

22

08h, 12h, 16h, 20h

08h, 12h, 16h, 20h

08h, 12h, 16h, 20h 09h, 13h, 10h, 14h, 10h, 14h, 08h, 12h, 17h, 21h 18h, 22h 18h, 22h 16h, 20h 09h, 13h, 17h, 21h 10h, 14h, 09h, 13h, 08h, 12h, 10h, 14h, 18h, 22h 17h, 21h 16h, 20h 18h, 22h 08h, 12h, 07h, 11h, 16h, 20h 15h, 19h

07h, 11h, 15h, 19h

21

09h, 13h, 07h, 11h, 08h, 12h, 17h, 21h 15h, 19h 16h, 20h 07h, 11h, 10h, 14h, 10h, 14h, 15h, 19h 18h, 22h 18h, 22h 09h, 13h, 17h, 21h 08h, 12h, 16h, 20h

2 0 0 9

09h, 13h, 17h, 21h

09h, 13h, 07h, 11h, 07h, 11h, 09h, 13h, 17h, 21h 15h, 19h 15h, 19h 17h, 21h

09h, 13h, 10h, 14h, 17h, 21h 18h, 22h 09h, 13h, 17h, 21h h, 07h, 11h, 10h, 14h, h 15h, 19h 18h, 22h 08h, 12h, 08h, 12h, 16h, 20h 16h, 20h

h, 09h, 13h, h 17h, 21h

20

10h, 14h, 18h, 22h

07h, 11h, 15h, 19h

16

19

10h, 14h, 10h, 14h, 08h, 12h, 18h, 22h 18h, 22h 16h, 20h

07h, 11h, 09h, 13h, 15h, 19h 17h, 21h

h, 07h, 11h, h 15h, 19h h, 08h, 12h, h 16h, 20h 08h, 12h, 09h, 13h, 09h, 13h, 16h, 20h 17h, 21h 17h, 21h 09h, 13h, 07h, 11h, 17h, 21h 15h, 19h 07h, 11h, 15h, 19h h, 10h, 14h, 10h, 14h, h 18h, 22h 18h, 22h h, 08h, 12h, h 16h, 20h 37, 08h37, 12h37, 37 16h37, 20h37 10h, 14h, 18h, 22h

18

10h, 14h, 07h, 11h, 18h, 22h 15h, 19h 09h, 13h, 08h, 12h, 17h, 21h 16h, 20h 09h, 13h, 07h, 11h, 17h, 21h 15h, 19h 07h, 11h, 09h, 13h, 15h, 19h 17h, 21h

D E

31

09h, 13h, 17h, 21h 10h, 14h, 18h, 22h 08h, 12h, 16h, 20h

08h, 12h, 16h, 20h 10h, 14h, 07h, 11h, 07h, 11h, 18h, 22h 15h, 19h 15h, 19h

07h, 11h, 10h, 14h, 10h, 14h, 08h, 12h, 07h, 11h, 15h, 19h 18h, 22h 18h, 22h 16h, 20h 15h, 19h

08h, 12h, 16h, 20h

10h, 14h, 18h, 22h

07h, 11h, 15h, 19h 09h, 13h, 17h, 21h

Revista Competência - Agosto 2009  

Revista Competência de agosto de 2009

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you