Page 1

especial

BKO chega a Curitiba *Por Eduardo Batista e Fabio Luis Garbossa

Conquistar novos mercados, buscando atender as necessidades dos consumidores de outros estados brasileiros, faz parte dos planos da BKO para os próximos anos. De acordo com esta estratégia, a empresa apontou o estado do Paraná, mais especificamente a capital, Curitiba, como um dos primeiros focos de atuação fora do estado de São Paulo. Iniciou a construção do residencial Reserva EcoVille e, agora, marca sua primeira atuação como incorporadora fora de São Paulo com a incorporação e construção do iGLOO, modelo residencial que foi sucesso de vendas entre os paulistas. A opção pela capital paranaense para este início de expansão foi feita após uma sequência de pesquisas que apontaram, na cidade, grandes possibilidades de crescimento econômicosocial. Segundo dados do Ipardes (Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social), Curitiba deve conquistar desenvolvimento acima da média nacional nos próximos anos, tornando-se a responsável por mais de 6% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro.

mos anos. Aliados a este fato, estão os dados publicados pelo Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI) que afirmam que o setor pode crescer 6,54% em 2011 somente no estado do Paraná sendo que as grandes cidades da região são as impulsionadoras. Como Curitiba está em franco processo de expansão imobiliária, boa parte deste crescimento deve ocorrer na capital. Além da excelente situação econômica e social da capital paranaense, outros fatores foram fundamentais para essa decisão. Como, por exemplo, o fato de Curitiba ser considerada, pela Secretaria Municipal de Habitação, como cidade 100% urbanizada.

Informativo da BKO Edição 13 | Jan/Fev/Mar 2011

Ainda segundo o Ipardes, os investimentos do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de Curitiba na busca pela redução de impostos para indústrias e serviços diminuirá a taxa de desemprego, que segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) publicados em dezembro de 2010, é de 2,8%. Como consequência, garantimos o aumento da renda per capita e a ascensão da população a outras classes sociais. Isso sem falar no intenso processo de verticalização das residências pelo qual a cidade tem passado, o que nos dá a certeza de que o mercado imobiliário curitibano estará bastante aquecido nos próxi-

Seguindo nossas premissas sustentáveis, a BKO leva a Curitiba toda sua infraestrutura de construção. Já no canteiro de obras do Reserva EcoVille, há um grande esforço com a gestão de resíduos, projeto que disponibiliza baias para a separação do lixo e possibilita a destinação adequada de todo o montante de resíduos provenientes da construção. Para que o processo obtenha os melhores resultados, toda a equipe passa por treinamentos periódicos que permitem, inclusive, a reutilização das sobras de madeira, aço e concreto na construção de vergas e contra-vergas.

Hoje, a BKO enxerga grande potencial produtivo em todo o estado do Paraná e já pensa em expandir dentro do estado levando empreendimentos modernos e sustentáveis às principais cidades da região.

*Eduardo Batista é diretor de Incorporação e Fabio Luis Garbosa atua como diretor de Operações.


editorial

depoimentos

Edição 13 Jan/Fev/Mar 2011

Parceiros e colaboradores agradecem pelo evento Sou + BKO “Parabenizo a organização do evento e a escolha da programação. Foi uma manhã agradável e bastante proveitosa” – Ubirajara Figueiredo, Gerente Comercial da Gasômetro Madeiras.

A primeira edição de 2011 do Viver BKO traz, a todos vocês, leitores fieis, uma boa oportunidade de conhecer os novos projetos da empresa. Além disso, apresentamos dados do mercado da construção civil que comprovam o grande crescimento do setor. Já na matéria de capa, assinada por nossos diretores Eduardo Batista e Fábio Luis Garbossa, você pôde visualizar as grandes possibilidades de desenvolvimento dentro da capital paranaense, Curitiba. Na editoria Negócios, confira dados oficiais que demonstram o crescimento do mercado de trabalho da construção civil em um comparativo com o alto número de contratações da BKO no ano de 2010. Confira, também, em uma seção exclusiva do informativo, alguns depoimentos de parceiros que contribuíram para o sucesso do evento Sou + BKO, além de uma palavra do diretor da Run&Fun, Mario Sérgio Andrade Silva, nosso novo parceiro na área esportiva. A doação para o Projeto Ampliar, do Secovi-SP, a campanha interna “É Comigo

“Gostaria de registrar o meu agradecimento pelo momento que passamos no Sou + BKO. Durante a execução do Hino Nacional com uma orquestra sensacional, me emocionei demais e tive a certeza de que estamos no caminho certo e que o futuro planejado será alcançado. Agradeço muito pela oportunidade de fazer parte da equipe da BKO, com pessoas tão especiais.” – Edmundo Ervolino Junior, Gerente Geral de Obras da BKO. “Quero agradecer pela oportunidade de participar do evento Sou + BKO. Poucas vezes na minha vida profissional trabalhei com uma empresa que tivesse tanto amor pelo que faz e, principalmente, respeito e carinho com seus fornecedores e parceiros. Tenho orgulho de fazer parte desta equipe. A felicidade de todos os presentes foi a maior demonstração de que vocês estão no caminho certo. A emoção que senti ao estar no meio de uma orquestra me deu a dimensão exata do que é pertencer a este time vencedor” – Duilio Malfatti, iDo Comunicação. “Gostaríamos de cumprimentá-los pelo lindo evento e agradecer pela oportunidade de estarmos lá, desfrutando deste momento com vocês. É muito importante reunir a Comunidade BKO para que possamos compartilhar os planos da empresa, suas metas e valores, e conhecermos pessoalmente aqueles que fazem acontecer na empresa e para a empresa. Apesar de sermos “caçulas”, já nos sentimos como membros da Família BKO” – Eduardo Lafer, Sama Brasil Desenvolvimento de Negócios. novos contratos

BKO atua na capital e no litoral de São Paulo Edifício Parque Ana Costa – Em 2010 a BKO anunciou a construção do edifício comercial Parque Ana Costa, em Santos, litoral de São Paulo. Com a primeira fase finalizada (fundação e contenção), a empresa é a responsável por todos os serviços da segunda fase da obra a ser entregue em novembro de 2012. Incorporado pela SDI Desenvolvimento Imobiliário, o complexo terá duas torres e diversas opções de metragem (de 146 m² até 920 m²).

Sim!” e a implantação de aquecedores solares e medidas sustentáveis nas obras também integram o conteúdo desta edição. Boa leitura a todos Joe Yaqub Khzouz

Grand Club Condomínio Jardim Botânico – Incorporado pela Rezende Empreendimentos Imobiliários, o condomínio residencial instalado no bairro da Saúde, zona sul da capital paulista, terá duas torres de 17 pavimentos cada (além de 5 subsolos). Os apartamentos, residenciais, terão de 32m² à 73m². Responsável pela construção da obra por completo, a BKO prevê a entrega para agosto de 2013.

curtas Projeto Ampliar – A BKO realizou, no dia 2 de março, uma doação de R$ 10 mil em nome de seus clientes e parceiros para o Projeto Ampliar, do Secovi-SP. O projeto oferece cursos de formação educacional e profissional a jovens entre 16 e 24 anos de idade com o objetivo de afastá-los de situações de risco ampliando suas chances de inserção no mercado de trabalho. A BKO foi representada pelo CEO Joe Yaqub Khzouz e pela coordenadora de Marketing Eliane Mendes. É comigo Sim! – A campanha “É Comigo Sim!”, iniciada em fevereiro junto aos colaboradores da BKO, visa conscientizar a equipe da importância da excelência no atendimento aos clientes e parceiros. Durante os dois meses de realização da ação, os profissionais da BKO receberam ligações de um “Contato Virtual”, que ficou conhecido internamente como Big Fone, e tem como objetivo analisar a excelência no atendimento. SOS Rio – Sensibilizada com a tragédia proporcionada pelas fortes chuvas na região serrana do Rio de Janeiro, a BKO reuniu esforços na arrecadação de cestas básicas, alimentos diversos e produtos de higiene pessoal. A arrecadação foi entregue à Cruz Vermelha do Rio de Janeiro.


projeto

Edição 13 Jan/Fev/Mar 2011

A segurança de um apartamento, o conforto de uma casa Ideal para as famílias que optam por morar em apartamentos devido à segurança e tranquilidade oferecidas pelos condomínios, mas sentem falta da amplitude e privacidade de casas, o conceito de “plantas casas” da BKO, como o MO.R.E Alphaville, oferece a junção de todos esses benefícios. Com opções de plantas de 196 m² ou 155 m², 4 ou 3 dormitórios, os apartamentos desse empreendimento contam com muito espaço interno e total harmonia com a natureza. O projeto, realizado por Marcos Ferreira Galvão e Associados a partir da concepção arquitetônica inicial de Ricardo Julião, é recheado de diferenciais. “Pensamos em fazer um apartamento que somasse suas vantagens tradicionais aos aspectos peculiares das casas”, comentou Galvão. Um dos destaques do empreendimento é a entrada pelo elevador social, como comenta o arquiteto: “as unidades têm um arranjo muito diferente dos apartamentos comuns. O acesso se faz do elevador para o terraço, que é uma área externa”.

Outros detalhes fazem do MO.R.E Alphaville “a casa dos seus sonhos no seu apartamento”. Nenhum dos dormitórios, em nenhuma das unidades, tem medidas face a face inferiores a três metros. Além disso, a ampla cozinha conta com integração total tanto com o living quanto com o terraço, o que permite maior facilidade de circulação interna. Isso sem falar no depósito individual que, ao contrário de muitos condomínios, localiza-se no hall de serviço junto ao apartamento, e não na garagem.

A entrada ao apartamento ocorre em um espaço repleto de atrativos como churrasqueira, espaço para horta e local exclusivo para o animal de estimação. Representa, com todas as características principais, o quintal das casas ao aproximar a natureza do apartamento de forma harmoniosa.

No térreo, “acessíveis por uma simples descida de elevador”, como assinalou Galvão, estão atrações como espaço zen, solário, orquidário, lan house, playgrounds, espaço gourmet, espaço mulher, miniquadra e piscinas. Instalado em um terreno de 4.500 m², o MO.R.E (Movimento Residencial Ecológico) terá 27 pavimentos, quatro opções de plantas, incluindo o projeto duplex que simula a planta de um sobrado. O paisagismo do empreendimento é assinado pela Calux Jardins.

vida

BKO patrocina Run&Fun – Uma nova parceria no mundo esportivo “Nós, da equipe Run&Fun, estamos muito orgulhosos da nossa mais recente parceria, firmada com a BKO. Apesar de atuarem em áreas bastante distintas, ambas são empresas jovens, que primam pela qualidade acima da quantidade, encaram seu papel no mercado de forma responsável e têm como missão o atendimento ao indivíduo, tanto na realização de seus sonhos como na constante busca por uma vida com mais qualidade. Temos certeza que essa fase que se inicia com esse novo relacionamento renderá muitos e bons frutos para todos os envolvidos. E muita saúde, qualidade de vida, bem-estar e, claro, muitas corridas pela frente! Mario Sérgio Andrade Silva, Diretor da Run&Fun, fala sobre os objetivos e projetos fundamentados nesta nova parceria. A partir da próxima edição do Viver BKO, você poderá acompanhar uma coluna sobre qualidade de vida assinada pela diretoria da Run&Fun.


negócios

sustentabilidade

Novos investimentos e crescimento do setor aumentam o número de contratações

Aquecedor solar para aquecimento de água torna o canteiro de obras ainda mais sustentável

Em 2010, o setor da construção civil teve papel fundamental e estratégico para o desenvolvimento socioeconômico do Brasil. Como um dos carros-chefes da recuperação após o fraco período de 2009, no qual a crise internacional afetou economias mundiais, a construção apresentou um crescimento aproximado de 13,6% entre os meses de janeiro e outubro de 2010 enquanto o país, como um todo, cresceu 8,4%. Acompanhando o ritmo de desenvolvimento do setor, o mercado de trabalho ganhou novos postos possibilitando a inclusão e o desenvolvimento de profissionais da área. Neste mesmo período (janeiro a outubro de 2010), o emprego formal da construção civil cresceu mais de 15%. Isso representa uma geração de 341.627 vagas no período (em janeiro contávamos com 2,263 milhões de profissionais registrados no setor e, em outubro, este número cresceu para 2,604 milhões). Como uma das construtoras e incorporadoras que mais se desenvolveu nos últimos anos, a BKO apresentou um crescimento em seu contingente de profissionais que representa o desenvolvimento do setor como um todo. Durante o ano de 2010, a BKO teve um aumento de 103% no número de contratações. De 140 colaboradores em 1º de janeiro de 2010, passou a 284 em dezembro. A publicação “Construção Civil: análise e perspectivas”, divulgada em dezembro de 2010 pela CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil), mostra alguns dados de crescimento que impressionam. Segundo o documento, o PIB setorial cresceu acima de 11% no ano passado, sendo este o melhor resultado nos últimos 24 anos. A perspectiva para os próximos anos é boa e, para 2011, esperase um crescimento de 30% na BKO, já que os investimentos devem aumentar, como afirma Maria Isabel Stefano, gerente de Gestão de Pessoas: “vamos acompanhar o mercado e, este ano, a BKO investirá mais do que investiu em 2010, além de expandir sua atuação para outras regiões do país, o que nos dá a certeza do aumento no número de contratações”. O Brasil encontra, no déficit habitacional, um de seus principais problemas. Essa grande demanda por moradias impulsiona o crescimento do mercado. Além disso, as expectativas para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, a serem realizados no Brasil, trazem boas possibilidades de desenvolvimento para a construção civil. Isso sem citar os investimentos no pré-sal e as novas fases do programa “Minha Casa Minha Vida” e do PAC (Programa de Aceleração do Desenvolvimento). É importante destacar que, daqui para frente, os resultados não devem ser tão expressivos quanto os obtidos neste primeiro trimestre, pois o comparativo entre 2010 e 2009 traz números elevados devido ao período pós-crise. A tendência é que o mercado sofra uma estabilização e mostre crescimento significativo, mas não tão intenso.

Edição 13 Jan/Fev/Mar 2011

A sustentabilidade tem sido foco em todos os setores da economia e, na construção civil, não é diferente. Esta preocupação tem impulsionado o desenvolvimento de pesquisas e projetos na busca por construções mais “verdes”. Hoje em dia, o nível de sustentabilidade das obras é tão importante quanto o nível de qualidade das mesmas. Dentre os diversos projetos de sustentabilidade nas obras já apresentados pela BKO, um deles tem sido muito citado: a construção de aquecedores solar com materiais recicláveis. Conforme afirma o engenheiro responsável pela obra do iGLOO Alphaville, Marcelo Ziquinatti, um aquecedor solar construído com garrafas PET e embalagens de longa vida pode gerar, diariamente, 100 banhos quentes de até cinco minutos cada. “Para implantar este aquecedor, são necessárias 2.500 garrafas PET transparentes, além de algumas unidades de caixas longa vida e um sistema de encanamento”, disse. Para o engenheiro, este sistema é plenamente confiável: “as caixas e garrafas funcionam como placas que são aquecidas pelos raios solares, não dependendo somente de grandes irradiações, já que se aquecem, inclusive, em dias nublados”. O sistema foi planejado pelo catarinense José Alcino Alano. “Criado por Alano, este aquecedor foi implantado com sucesso em casas populares do Paraná”, afirmou Ziquinatti. O excelente custo-benefício é um dos pontos positivos. A implantação deste sistema de aquecimento na obra do iGLOO Alphaville representará, para a BKO, um investimento de aproximadamente R$ 5 mil. Normalmente, a energia gasta com 100 banhos diários durante um mês custa R$ 5.475 (considerando que não há gastos com a instalação do sistema). Caso o aquecimento da água seja proveniente de gás natural, muito comum em condomínios atuais, este gasto se eleva para R$ 7.772 e chega a R$ 10.872 se considerado o valor de instalação do sistema. Além destas ações específicas, a BKO conta com um programa de sustentabilidade que treina seus colaboradores para que o dia a dia das obras seja repleto de projetos em prol do meio ambiente. Dentre eles estão a captação da água da chuva para utilização nos banheiros e na limpeza das ruas e da obra, a coleta seletiva e a destinação adequada de resíduos, o reaproveitamento de materiais e a redução da emissão de poluentes e ruídos. Expediente A Viver BKO é uma publicação da empresa BKO, direcionada a clientes, colaboradores e parceiros. Coordenação: Eliane Mendes e Ana Carolina Toledo - Marketing Institucional Projeto Gráfico, diagramação e produção: MarkeThings Comunicação & Eventos (Tel.: 11 5090 6133) / www.markethings.com.br Fotos: Departamento de Marketing Revisão: Generoso Visconte - Redação: Ariane Ferreira Jornalista Responsável: Marcela Marques (MTb. 47.833)

Viver BKO - Edição 13  

O Viver BKO é uma publicação da empresa BKO, direcionada a clientes, colaboradores e parceiros. Coordenação: Eliane Mendes e Ana Carolina To...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you