Page 1

Sobre a Marca A MARCA Cantão é moda de viver bem. A moda do Cantão tem um espírito de vanguarda e há mais de 40 anos cria coleções de alma brasileira: leve, livre , colorida e alegre. Gerações de mulheres cresceram desejando a marca que hoje tem 44 lojas e está presente em mais de 1000 multimarcas em todo o país, além de exportar para regiões como Austrália, Portugal, Espanha, Japão, Emirados Árabes e EUA. DE espírito jovem e original, Cantão cria peças para mulheres de bem com a vida, de mente aberta, cosmopolitas. A mulher que veste a marca tem personalidade marcante, é espontânea e autêntica, prefere revelar de forma natural e despojada a sua sensualidade. Sem ser refém dos clichês da moda, Cantão valoriza o que a mulher tem de melhor.

História

Iniciada por um jovem e inovador casal - Leila Barreto e Peter Simon, a história de sucesso do Cantão começa em 1967, véspera de um intenso momento em que uma geração inteira dizia não ao conformismo. A partir daí, a marca consolidou-se no mercado de moda, ao mesmo tempo em que manteve-se sempre renovada, para despertar o desejo das novas gerações. Sofisticou-se, com o passar dos anos, mas sem perder a ternura do Flower Power. Identificadas pelas estampas originais e marcantes, pela extensa linha jeans de peças com caimento perfeito e acessórios que perduram décadas, as coleções da marca, desde 2005, são apresentadas durante o Fashion Rio. Assim, o Cantão segue trilhando uma história de grandes conquistaas e ajuda a contar de forma substancial e relevante o comportamento da mulher brasileira e o desenvolvimento da moda do país.A primeira loja foi aberta no bairro da Tijuca, Rio de Janeiro. Nos anos 80, a marca passa a ser um grande pólo catalisador de tendências, tornando-se sinônimo de moda para o público feminino. O Cantão foi pioneiro no varejo de moda especializada no Brasil e no final dos anos 90 já desenvolvia três coleções anuais - inverno, verão e alto verão. Gerações de mulheres cresceram desejando as coleções da marca que lançou hits como a mochila jeans, a febre das agendas, o tênis chamado Redley - que de tanto sucesso virou spin off e há 24 anos é uma das mais importantes marcas de seu segmento, as tshirts, os vestidos, sempre recordistas de venda, e as estampas, característica da marca desde sua criação. Além de ser a primeira grife a investir na profissionalização do atacado no Brasil, o Cantão também foi pioneiro em recursos humanos, criando departamentos como a programação visual, visual merchandising e sistemas de informação. O estilo colorido, descontraído e de bem com a vida da marca atrai diversos empreendedores que vêem nela a possibilidade de inserção em novos mercados e, mais ainda, o sucesso que o estilo de vida brasileiro faz em qualquer parte do mundo.

O resultado de uma história de lançamento de tendências e de uma gestão com os olhos abertos para o novo pode ser percebida, por exemplo, no sucesso dos desfiles da marca no Fashion Rio e pela penetração da marca em todo o território nacional. Assim o Cantão segue trilhando uma história de grandes conquistas e ajuda a contar, de forma substancial e relevante, o desenvolvimento da moda brasileira.


Projetos Especiais

O CANTÃO DESEJA QUE 2014 SEJA O VERÃO DAS BICICLETAS!O movimento EU AMO PEDALAR ganha as ruas do Rio com apoio da Prefeitura e do Rio Eu Amo Eu Cuido. Participe e celebre a ocupação das ruas e a harmonia no espaço que é de todos.

O evento também contou com a distribuição de mimos para quem passou por ali e participou. Foram oferecidos bottons, adesivos e brindes para customização, cartilhas e consertos de bikes com um mecânico exclusivo em cada tenda.

Eu amo escrever Não é novidade que vira e mexe o Cantão apoia e incentiva movimentos artísticos e culturais. A marca, que desde 1967 veste mulheres de todas as gerações do Brasil, tem um trabalho consistente de estímulo à cena cultural e artística brasileira. Nas décadas de 80 e 90 apoiou eventos como Rock in Rio 1, a peça Confissões de Adolescente e shows e projetos especiais com bandas como Chico Science, Nação Zumbi, Paralamas do Sucetsso, Blitz, Barão Vermelho e, além de ações com o Grupo Corpo de dança e a ONG Viva Cazuza.Desde 2007, o Cantão desenvolve diferentes projetos como o “Eu Amo Ler”, “Eu Amo Pedalar”, “Palco Cantão” e “Reciclagem Cantão”, sempre trabalhando sobre o tripé: cultura, arte e comportamento. Em 2011, iniciou o ano com uma parceria com a EAV (Escola de Artes Visuais do Parque Lage, do Rio de


Janeiro) onde o lucro das vendas de produtos (usando obras de artistas consagrados que doaram suas obras para a escola) será revertido para a instituição. Também tivemos o prazer de concluir o EU AMO ESCREVER, concurso cultural promovido na internet, onde o internauta foi convidado a escrever um conto com o tema “Viver bem”. Foram 3.146 contos recebidos e mais de 6 mil seguidores nas redes sociais. Sucesso absoluto!Em 2012, foi dado um passo ainda maior. Lançamos o selo EU AMO ESCREVER, evolução do concurso realizado em 2011, onde iniciamos uma sequência de lançamentos de livros de escritores profissionais ou amadores, em livrarias físicas e online. A implementação ocorreu a partir de junho de 2012 e será concluída em setembro de 2013, com tiragem inicial de 100 exemplares por título.

Reciclagem Reciclando ideias, marca encontra uma nova função para seu lixo têxtil ao doar materiais descartados para a composição de figurinos e cenários.Incorporado à cultura da marca, o movimento Reciclagem Cantão propõe uma maneira leve, simples, alegre e autêntica de tratar o assunto do desenvolvimento sustentável. Já que a temática tende a ser abordada sob uma ótica crítica e talvez trágica, o Cantão resolveu apresentar soluções criativas para cuidar dos excessos que gera. Reciclando ideias, encontra novas funções para seu lixo têxtil. Materiais descartados como tecidos, refugo de calçados e embalagens são reformulados constantemente para virarem produtos inéditos.

Somado à verve cultural da marca, o Movimento ReciclagemCantão encontrou ainda outra função para o lixo têxtil e sobras de Visual Merchandising ao doar materiais descartados para a composição de figurinos e cenários de instituições como a Cia. dos Atores, CAL, Casa da Gávea e muitos outros. Desde 2007 sobras de coleções antigas são desconstruídas para darem vida ao figurino de peças de teatro, assim como restos de paletes de madeira, espelhos, gavetasetc,que antes ambientaram lojas, ganham forma de cenário.A cada estação, a marca desenvolve brindes, ações culturais ou de Visual Merchandising que ajudam a evitar o desperdício internamente ao mesmo passo que divulga a cultura do não-disperdício externamente.


Logo

Cantão  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you