Page 1

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC

TRANSMISSÃO DE INFORMAÇÃO SEM FIO

Plano de aula

Autor: Prof. Orivaldo Gonçalves de Mello (E.E. Pe Simon Switzar)

Alunos da 2ª e 3ª séries ensino médio da E.E. Pe Simon Switzar Raphaela Rodrigues Tatiane Aparecida Dantas de Brito Ricardo Guedes de Oliveira

Supervisão Profa. Marisa Almeida Cavalcante (PUC/SP) e Profa. Cristiane Rodrigues Caetano Tavolaro (PUC/SP)

Julho de 2009


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC

Introdução É importante reconhecer que os alunos têm a intenção de aprender, mas talvez não o que a escola lhes pretende ensinar atualmente. Ou seja, o projeto de ensino muitas vezes tem pouco a ver com o projeto de aprendizagem. Assim, o que a Física deve buscar no ensino médio é assegurar que a competência investigativa resgate o espírito questionador, o desejo de conhecer o mundo em que se habita. Não apenas de forma pragmática, como aplicação imediata, mas expandindo a compreensão do mundo, a fim de propor novas questões e, talvez, encontrar soluções. Ao se ensinar Física devemse estimular as perguntas e não somente dar respostas a situações idealizadas. A Física também deve ser entendida como cultura, na medida em que a escola tem o dever de assegurar o acesso da população a uma parcela dos saberes produzidos. Não se trata, todavia, de abandonar os conteúdos ou partir para generalidades; os conteúdos devem ser explorados com rigor, mas devem passar por escolhas criteriosas e tratamento didático adequado, a fim de que não se resumam a amontoados de fórmulas e informações desarticuladas. Só a história não é suficiente, pois é necessário ir além do processo e compreendê-lo, para garantir a investigação. Longe de noções vazias e sem sentido, necessita-se ensinar “como as coisas funcionam”. É nessa perspectiva que propomos esta atividade em que conteúdos específicos relacionados à eletricidade e Física Moderna serão abordados, de modo a compreender um pouco mais “como as coisas funcionam”. Através de um circuito elétrico muito simples será possível compreender o principio de funcionamento de sistemas de comunicação sem fio o que permitirá aos alunos um contato com conteúdos específicos de eletricidade, mas aplicados em dispositivos presentes no seu cotidiano, tais como a tecnologia envolvida no uso de controles remotos, alarmes com infravermelhos, cabeamento de fibras óticas, dentre outros. Toda atividade foi articulada de modo a possibilitar desenvolver competências e habilidades como: Compreender que tabelas, gráficos e expressões matemáticas podem ser diferentes formas de representação de uma mesma relação, com potencialidades e limitações próprias, para ser


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC capaz de escolher e fazer uso da linguagem mais apropriada em cada situação, além de poder traduzir entre si os significados dessas várias linguagens. Elaborar relatórios analíticos, apresentando e discutindo dados e resultados, seja de experimentos ou de avaliações críticas de situações, fazendo uso, sempre que necessário, da linguagem física apropriada.

Objetivos Levar aos alunos o princípio da transmissão sem fio por “controle remoto”.

Conteúdo Os conteúdos abordados nesta atividade possibilitam tratar os seguintes temas estruturadores: Som, imagem e comunicação tratados na 2ª série do Ensino Médio

Grade Curricular e Temas Estruturadores

Esta atividade pode ser trabalhada tanto nas 2ª series quanto nas 3ª series do Ensino Médio, dependerá apenas das questões que se deseja responder.

Tema Estruturador 4: Som, Imagem e Informação (2ª serie do EM)

Para situar-se no mundo contemporâneo é necessário compreender os atuais meios de comunicação e informação, que têm em sua base a produção de imagens e sons, seus processos de captação, suas codificações e formas de registro e o restabelecimento de seus sinais nos aparelhos receptores. Estudar esses mecanismos significa propiciar competências para


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC compreender, interpretar e lidar de forma apropriada com aparatos tecnológicos, como a televisão, os aparelhos de CDs e DVDs, o computador, o cinema ou mesmo a fotografia.

Tema Estruturador 3: Equipamentos Eletromagnéticos e Telecomunicações ( 3ª série do EM) Grande parte dos aparelhos e equipamentos que fazem parte de nosso dia-a-dia requer energia elétrica para seu funcionamento, permitindo a execução de diferentes funções como iluminar, aquecer, esfriar, centrifugar, triturar, emitir sons e imagens, e assim por diante. Além disso, uma parte significativa das informações hoje disponíveis circula no planeta através de ondas eletromagnéticas, dispensando meios materiais para sua transmissão. Que processos e fenômenos ocorrem no interior dos aparelhos para que uma mesma energia elétrica proporcione tantos efeitos diferentes? Como rádios e televisões transmitem informações? A compreensão do mundo eletromagnético que permeia nosso cotidiano em indispensável para possibilitar o uso adequado, eficiente e seguro de aparelhos e equipamentos, além de condições para analisar, fazer escolhas e aperfeiçoar essa utilização.

Atividade Quantidade de aulas necessárias para a atividade: 4 aulas

Primeira Aula -Explicar o objetivo do experimento, sua relação com o cotidiano; O controle remoto é de uso comum em nosso cotidiano, portanto vamos demonstrar que cada tecla tem uma freqüência diferente, e esta varia de uma marca para outra. Vamos usar um sistema de recepção para essa demonstração, que consiste em um fototransistor ligado à placa de som do computador, onde é feita a leitura através Software Audacity.

Materiais usados e seu funcionamento a) Controle remoto. Sua função é enviar sinais de infravermelho ao fototransistor.


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC

Fig.1: controles remotos

b) Fototransistor. Sua função é converter os sinais de infravermelho em sinais elétricos, que serão enviados a placa de som do computador.

Fig. 02: Fototransistor

c) Suporte com resistor de 470 ohms. O resistor detecta variação da corrente elétrica e da DDP em seus terminais. d) Cabo em que um dos extremos do fio sem tem dois jacarés e no outro extremo um conector “Jack mono” macho (para áudio). Os “jacarés” ligados aos terminais do resistor de 470 ohms fazem a conexão do PC (na entrada da placa de som) e o resistor. e) Pilhas ou baterias de 9 volts. Principal fonte de energia para o experimento.


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC

Fig.03: resistência em série com LED, bateria e fototransistor. Sinal sendo captado pelos “jacarés” em paralelo com a resistência.

f) O conector para o classmate PC deve ser ligado na entrada para “mic” (cor rosa). g) LED para indicar o funcionamento do circuito.

Fig. 04: conector Jack ligado a entrada “mic” do classmate.

h) Software Audacity, disponível na internet e essencial para analisar os sinais enviados pelo controle remoto. (http://audacity.sourceforge.net/download/)

A fig. 05 mostra um exemplo de sinal observado a partir do acionamento de uma tecla de um controle remoto em frente ao fototransistor do circuito da fig.02 e 03.


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC

Fig. 05: Tela do Audacity.

A figura 6 mostra o equipamento completo para fazer a leitura da transmissão sem fio.

Fig. 06: Visão completa de todos os componentes utilizados.

Instruções para ligar os componentes: O resistor, o LED, o fototransistor e a bateria devem ser ligados em série, constituindo o sistema receptor.


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC

A figura 07 mostra o diagrama elétrico do circuito. Bateria

LED

resistencia

fototransistor

Fig. 07: Diagrama do circuito elétrico do sistema receptor.

Importante!!! Dica sobre a polaridade: Tanto o LED quanto o fototransistor deve ser conectados respeitando a polaridade para sua condução. Para verificar se esta polaridade está sendo respeitada faça o seguinte: 1.

Conecte apenas o LED no circuito da fig.07, retirando o fotransistor e verifique se

o LED acende. 2.

Se acender sua polaridade está correta. Se não acender troque a polaridade da

bateria e mantenha pelo menos um destes pólos ligados para não perder esta referência. 3.

Em seguida conecte o fototransitor e incida sobre ele um feixe de luz (de uma

lanterna ou uma ponteira laser) e veja se com esta incidência o LED acende. 4.

Se acender a polaridade do fototransitor está correta.

5.

Se não acender inverta a polaridade do fototransistor (não mexa na bateria, pois

a polaridade do LED também deve ser respeitada). 6.

Em seguida posicione o controle remoto em frente ao fotransistor e acione uma

tecla qualquer. Observe o LED. Ele piscará com a freqüência do controle remoto.

Fazendo a captura do sinal a.

Com o circuito devidamente montado coloque um “jacaré” ao lado do

resistor e o outro ao lado oposto (sendo que os dois fiquem paralelos ao resistor). b.

Conecte a saída dos “jacarés” a uma placa de som de um computador.


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC c.

Faça a leitura no software Audacity (Leitura do tempo em segundos).

Segunda Aula Executar o experimento.

a.

Monte o equipamento e inicie o software Audacity, apertando o botão gravar do

programa, deixando a leitura do tempo em segundos.

Fig. 08: mudando a configuração do audacity para que seja possível medir os tempos em segundos

b.

Aperte uma tecla do controle remoto na frente do fototransistor.


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC

Fig. 9: Controle remoto acionado em frente ao fototransistor. c.

Observe o gráfico que o software recebeu do comando do controle. Amplie o sinal

clicando na lupa do software.

Fig.10: um exemplo para as medidas efetuadas dos intervalos de tempo de cada “parcela” do sinal.

d. Para a medida posicione o cursor sobre o sinal e selecione o intervalo de tempo correspondente a um período de onda. e.

Anote cada intervalo de tempo que julgar importante e calcule também a freqüência

de cada controle. f.

“Exportar” os arquivos como wav no Audacity para que seja possível a leitura em

qualquer máquina. Dê o nome para cada arquivo tecla_controle (por exemplo tecla 1_controle Sanyo DVD), assim será possível localizar facilmente a medida realizada para análise posterior.


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC g.

Repita este procedimento para controles diferentes.

Terceira Aula A partir do tempo em segundos que o software mediu você poderá calcular e analisar a freqüência de cada tecla, pois f = 1/T. Exemplos de gráficos de sinais emitidos:

Fig.11: Código do controle Universal tecla Power (http://picintelproforivaldo.blogspot.com/2009/09/controle-universal-power.html).

Fig.12: Sinal mostrando o intervalo correspondente ao período do controle Universal tecla Power (http://picintelproforivaldo.blogspot.com/2009/09/controle-universal-power.html).

Fig. 13: Código do controle LG tecla Power (http://picintelproforivaldo.blogspot.com/2009/09/codigo-e-grafico-do-sinal-controle-lg.html).


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC

Fig. 14: Sinal mostrando o intervalo correspondente ao período do controle LG tecla Power (http://picintelproforivaldo.blogspot.com/2009/09/codigo-e-grafico-do-sinal-controle-lg.html). .

Fig. 15: Código do controle Sanyo tecla Power (http://picintelproforivaldo.blogspot.com/2009/08/codigo-da-tecla-power-do-controlesanyo.html).

Fig. 16: Sinal mostrando o intervalo correspondente ao período do controle Sanyo tecla Power (http://picintelproforivaldo.blogspot.com/2009/08/codigo-da-tecla-power-do-controlesanyo.html).


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC Quarta aula

Fazer a análise dos resultados

Para efetuar uma análise dos resultados o professor deve pedir aos alunos que comparem:

1.

Sinais de teclas distintas de um mesmo controle

2.

Mesma tecla de controles diferentes.

Os alunos deverão responder as seguintes questões:

Para um mesmo controle e teclas diferentes:

a. O que ocorre com a freqüência do sinal? É a mesma? Difere de tecla para tecla? b. E a duração do sinal? É a mesma ou difere de tecla para tecla? c. E a seqüência de máximos e mínimos (seqüência lógica) muda?

Para uma mesma tecla de controles distintos:

a. O que ocorre com a freqüência do sinal? É a mesma? Difere de controle para controle? b. E a duração do sinal? É a mesma ou difere para controles distintos? c. E a seqüência de máximos e mínimos (seqüência lógica) muda?

De acordo com as observações experimentais você poderia responder por que um dado controle remoto só funciona para o aparelho em que foi planejado?


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Iniciação Cientifica Junior na PUC/SP e o desenvolvimento de atividades experimentais em Física utilizando o Classmate PC

Links • Vídeos que mostra a montagem do equipamento http://picintelproforivaldo.blogspot.com/2009_07_01_archive.html • Texto sobre conversão de sinais analógico- digital http://xviiisnefnovastecnologias.blogspot.com/2009/01/texto-de-orientao-paraoficina-de-novas.html • Cavalcante, M.A; Bonizzia, A.,Gomes,L.C.P Aquisição de dados em laboratórios

de física: um método simples, fácil e de baixo custo para experimentos em mecânica Rev. Bras. Ensino Fís. vol.30 no.2, São Paulo, 2008

Transmissão de sinais sem fio  

Plano de aula que mostra atraves de experimentos de baixo cu...