Page 1

Reuso das águas cinzas Como reutilizar nas residências, as águas provenientes dos chuveiros, lavatórios, lavanderias e lavagens de autos.

futur

mund


Reuso das águas cinzas Como reutilizar nas residências, as águas provenientes dos chuveiros, lavatórios, lavanderias e lavagens de autos.

Pesquisa e redação

Arquiteto Mário Hermes Stanziona Viggiano marioviggianoarquiteto@yahoo.com.br

C LaBSiP - Laboratório de Bioarquitetura e Sistemas Produtivos Brasília 2008

1ª revisão: maio de 2010

futur

mund

edições mundo futuro SQS 211- bloco F - apto 302 cep 70274-060 brasília - distrito federal

papel reciclado


O que são águas cinzas? São aquelas derivadas dos chuveiros, lavatórios de banheiro, banheiras, tanques, máquinas de lavar roupas e lavagens de autos, sejam de uso doméstico ou comercial.

E as outras águas? Além das águas cinzas, temos as chamadas águas negras que são as derivadas dos vasos sanitários, bidês, pias de cozinha e tanques de lavagem de gordura e óleos.

Posso misturar as águas e fazer o reuso? Sim mas não é o aconselhável visto que as águas negras são ricas em matéria orgânica e bactérias patogênicas, que necessitam de tratamentos de 3


água muito específicos e controlados. Além disto, contém grande concentração de gordura, que é uma substância que causa entupimento dos filtros e mau cheiro. Por esses motivos, o tratamento somente das águas cinzas acaba sendo mais fácil, prático, barato e seguro.

Qual a importância de se fazer o reuso das águas cinzas? Podemos falar na importância ecológica pois, com o reuso, diminui a demanda por novas estações de tratamento de água e esgoto. Mas temos também a importância financeira, visto que a substancial redução do consumo de água da residência propicia o retorno do investimento em poucos anos.

Como posso fazer o Reuso das águas cinzas? Para se fazer o reuso, deve-se, necessariamente, separar a rede de esgoto da residência ou comércio, procedendo-se da seguinte forma: 1) Separar as águas cinzas das águas negras; 2) Instalar um equipamento de tratamento para as águas cinzas; 4


3) Prever um sistema de irrigação adequado; 4) Direcionar as águas cinzas tratadas para o sistema de irrigação.

Como devo fazer a separação da minha rede de esgotos? É importante que esta separação ocorra ainda na etapa de obras, para se evitar gastos com a troca dos revestimentos dos banheiros. É aconselhável que se contrate um profissional para fazer um projeto de instalações sanitárias que contemple a separação entre as águas cinzas e negras.

Separação da rede de esgotos

5


As águas cinzas são isentas de matéria orgânica? Não. Apesar da matéria orgânica estar em baixa proporção, as águas cinzas contém sangue, sêmem, pelos e urina, que devem ser retirados para que possa se obter uma água com qualidade mínima para reuso.

Como deve ser o tratamento das águas cinzas? É aconselhável que o tratamento contenha as seguintes etapas: 1) Retenção de sólidos; 2) Retenção de óleos e gorduras; 3) Retirada de matéria orgânica por reação aeróbica; 4) Retenção de lodo orgânico (decantação); 5) Filtragem em filtro de areia; 6) Filtragem em filtro de carvão ativado;

Esquema completo de tratamento das águas cinzas

6


Como posso usar a água tratada? A água procedente do tratamento das águas cinzas deve ser usada exclusivamente na irrigação de plantas ornamentais e do gramado. Seguindo as normas norte-americanas que tratam do uso das águas cinzas, recomendamos que a irrigação dos jardins seja subterrânea ou através de gotejamento ou micro aspersão. Na irrigação subterrânea, a água se distribui por baixo da terra, atingindo diretamente as raízes das plantas, não havendo a possibilidade de contato humano com a água. No gotejamento, pequenas quantidades de água são adicionadas à terra de forma contínua, proporcionando uma irrigação homogênea ao longo de um determinado período de tempo. Os micro aspersores distribuem a água superficialmente através de finas linhas de água.

Irrigação subterrânea

7


Posso usar a água tratada para irrigar minha horta? Não. A água tratada é rica em produtos químicos, oriundos dos diversos sabões utilizados nas lavagens e que podem ser prejudiciais se ingeridos juntos às verduras e legumes.

Posso usar a água tratada para irrigar meu pomar? Sim, desde que a irrigação seja por gotejamento na base da planta.

Irrigação por gotejamento

Posso usar a água tratada para a descarga do vaso sanitário? Não é aconselhável, devido à possibilidade de surgimento de odor desagradável e coloração 8


esbranquiçada na água, causando desconforto ao usuário.

Posso usar a água tratada no chuveiro e na máquina de lavar roupas? Não. Em hipótese alguma a água tratada pode ser usada em substituição à água potável.

Posso usar as águas cinzas sem tratamento algum? Sim, mas somente para utilização em irrigação subterrânea. Mesmo assim, a água deve ser pelo menos filtrada, para evitar o entupimento dos aspersores da irrigação.

Utilização sem tratamento

9


O tratamento retira totalmente os produtos das águas cinzas? Não. Os tratamentos disponíveis ao nível doméstico não são capazes de retirar totalmente os produtos diluídos na água. No entanto, para o uso de irrigação, esta retirada total não é necessária.

A água tratada pode prejudicar todas as minhas plantas e o gramado? Não, algumas espécies são mais sensíveis aos sabões diluídos na água mas, no geral, poucas são as que poderão vir a morrer em função de uma irrigação continuada com água cinza tratada.

Quais são as espécies mais indicadas para o paisagismo irrigado com água cinza tratada? As águas provenientes do reuso são consideradas alcalinas. Deve-se utilizar, nos jardins, espécies que aceitem com facilidade este tipo de ambiente, tais como os Oleandros, Bouganvilleas, Juníperos, Agapantus, Grama Bermuda e Roseiras. 10


Espécies recomendadas:

Oleandros

Agapantus

Bouganvillea

Roseira

Quais as espécies vegetais devo evitar no meu paisagismo? Deve-se evitar as espécies que se adaptam aos ambientes ácidos, tais como Azáleas, Begônias, Gardênias, Hibiscos, Camélias, Violetas, Filodendros e Impatiens. Sugerimos que seja consultado um profissional paisagista a fim de determinar corretamente que espécies devem ser utilizadas ou evitadas na concepção de seu jardim.

Existe uma norma sobre o reuso das águas cinzas? O Brasil ainda é carente de normas e diretrizes que definam plenamente os conceitos, parâmetros e restrições ao reuso das águas servidas a nível residencial, comercial e industrial. 11


No entanto, podemos extrair alguns parâmetros das normas fornecidas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). A NBR 13969, de 1997, no item que trata do reuso local, afirma que “no caso do esgoto de origem essencialmente doméstica ou com características similares, o esgoto tratado deve ser reutilizado para fins que exigem qualidade de água não potável, mas sanitariamente segura, tais como irrigação dos jardins, lavagem dos pisos e dos veículos automotivos, na descarga dos vasos sanitários, na manutenção paisagística dos lagos e canais com água, na irrigação dos campos agrícolas e pastagens etc.”

Como posso me informar melhor sobre este assunto? A ANA- Agência Nacional das Águas produziu uma importante publicação sobre o assunto, que pode ser baixada no endereço: http://www.ana.gov.br/bibliotecavirtual/arquivos/ conservação%20e%20reúso.pdf O LaBSiP (Laboratório de Bioarquitetura e Sistemas Produtivos) abriga uma página sobre o assunto no endereço: www.aguascinzas.com.br

12

cartilha águas cinzas  

cartilha que ensina os passos para o reuso das águas cinzas

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you