Issuu on Google+

e-commerce Brasil 2008 Compilado por www.e-commerce.org.br Os 20 países com maior número de usuários da Internet

#

País ou Região

Usuários

1 China 253,000,000 2 Estados Unidos 220,141,969 3 Japão 94,000,000 4 Índia 60,000,000 5 Alemanha 52,533,914 6 Brasil 50,000,000 7 Reino Unido 41,817,847 8 França 36,153,327 9 Korea do Sul 34,820,000 10 Itália 34,708,144 11 Rússia 32,700,000 12 Canadá 28,000,000 13 Turkia 26,500,000 14 Espanha 25,623,329 15 Indonésia 25,000,000 16 México 23,700,000 17 Irã 23,000,000 18 Vietnã 20,159,615 19 Paquistão 17,500,000 20 Austrália 16,355,388 Os 20 Mais 1,115,713,572 Resto do Mundo 347,918,789 Total - Usuários 1,463,632,361 Mundo

Adoção da Internet 19.0 % 72.5 % 73.8 % 5.2 % 63.8 % 26.1 % 68.6 % 58.1 % 70.7 % 59.7 % 23.2 % 84.3 % 36.9 % 63.3 % 10.5 % 21.6 % 34.9 % 23.4 % 10.4 % 79.4 % 25.4 % 15.2 % 21.9 %

1,330,044,605 303,824,646 127,288,419 1,147,995,898 82,369,548 191,908,598 60,943,912 62,177,676 49,232,844 58,145,321 140,702,094 33,212,696 71,892,807 40,491,051 237,512,355 109,955,400 65,875,223 86,116,559 167,762,040 20,600,856 4,388,052,548 2,288,067,740

Crescimento dos Usuários (2000 2008) 1,024.4 % 130.9 % 99.7 % 1,100.0 % 118.9 % 900.0 % 171.5 % 325.3 % 82.9 % 162.9 % 954.8 % 120.5 % 1,225.0 % 375.6 % 1,150.0 % 773.8 % 9,100.0 % 9,979.8 % 12,969.5 % 147.8 % 284.5 % 391.2 %

100.0 % 6,676,120,288

305.5 %

% de usuários 17.3 % 15.0 % 6.4 % 4.1 % 3.6 % 3.4 % 2.9 % 2.5 % 2.4 % 2.4 % 2.2 % 1.9 % 1.8 % 1.8 % 1.7 % 1.6 % 1.6 % 1.4 % 1.2 % 1.1 % 76.2 % 23.8 %

www.e-commerce.org.br Fonte: http://www.internetworldstats.com e institutos diversos

População (2008)


Estatísticas dos Usuários da América Latina

Região

População ( 2008 )

% Usuários da Mundial Internet

5.8 % 104,037,293 América Latina 384,604,198 Resto do 6,291,516,090 94.2 % 1,359,595,068 Mundo 6,676,120,288 100.0 % 1,463,632,361 Total

Penetração Crescimento do Usage % (% da Uso of World População) (2000-2008) 27.1 % 7.1 % 627.9 % 21.6 %

92.9 %

292.2 %

21.9 %

100.0 %

305.5 %

www.e-commerce.org.br Fonte: http://www.internetworldstats.com e institutos diversos

Quantidade de pessoas conectadas a Web no Brasil % da Crescimento Data da População Internautas Nº de Meses População Acumulado (base=jan/96) Pesquisa total IBGE (milhões) (base=jul/97) Brasileira 2008 / 191,9 50,00 26,1% 133 4.248% mar 2007 / 188,6 42,60 22,8% 130 3.604% dez 2006 / 186,7 30,01 17,2% 118 2.508% dez 2005 / 185,6 25,90 13,9% 106 2.152% jan 2004 / 178,4 20,05 11,5% 95 1.686% jan 2003 / 176,0 14,32 8,1% 83 1.143% jan 2002 / 175,0 13,98 7.9% 78 1.115% ago 172,3 12,04 7.0% 67 947% 2001 / set 2000 / 169,7 9,84 5.8% 59 756% nov 1999 / 166,4 6,79 7.1% 48 490% dez 1998 / 163,2 2,35 1.4% 36 104% dez 1997 / 160,1 1,30 0.8% 24 13% dez 160,1 1,15 0.7% 18 1997 / jul

Fontes de pesquisa Internautas InternetWorldStats InternetWorldStats InternetWorldStats InternetWorldStats Nielsen NetRatings Nielsen NetRatings Nielsen NetRatings Nielsen NetRatings Nielsen NetRatings Computer Ind. Almanac IDC Brazilian ISC Brazilian ISC

Compilado por www.e-commerce.org.br / fonte: pesquisas diversas / população: variações anuais estimadas. / Internautas refere-se a quantidade de pessoas que tem acesso à Internet nas residências, no trabalho ou locais públicos.


Acesso a Internet no Brasil - Indicadores Gerais Outubro - 2008 Internautas c/ acesso doméstico - (milhões) Usuários Ativos (milhões) Número médio de sessões na Internet por mês Número de sites visitados por mês Tempo de navegação no mês (hs) Tempo médio gasto em cada página visualizada (seg)

Brasil 36,34 23,67 31 60 38:42 00:47

Fonte NielsenNetratings / Compilação www.e-commerce.org.br Internautas refere-se a quantidade de pessoas que tem acesso à Internet nas residências. Usuários ativos: que tiveram pelo menos um acesso à Internet no mês anterior.

Evolução do Varejo Online - Pesquisa e-Bit Faturamento Anual do Varejo em Bilhões

ANO 2009 (previsão) 2008 2007 2006 2005 2004 2003 2002 2001

FATURAMENTO R$ 10 bilhões R$ 8.20 bilhões R$ 6.30 bilhões R$ 4,40 bilhões R$ 2.50 bilhões R$ 1.75 bilhão R$ 1.18 bilhão R$ 0,85 bilhão R$ 0,54 bilhão

Variação 22% 30% 43% 76% 43% 48% 39% 55% -

Fonte eBit - Compilação www.e-commerce.org.br. Não considera as vendas de automóveis, passagens aéreas e leilões on-line.


Evolução das Vendas do Natal e Ticket Médio

Data da Pesquisa Natal 2008 (15/1123/12) Natal 2007 (15/1123/12) Natal 2006 (15/1123/12) Natal 2005 (15/1123/12) Natal 2004 (15/1123/12) Natal 2003 (15/1123/12)

Faturamento (R$ milhões)

Variação em Relação ao Faturamento Acumulado Ticket Mesmo no Ano Médio Período do Ano Anterior (R$ milhoes)

1.25bi

16%

8.20 bilhões

346,00

1,08 bi

55%

4,4 bilhões

308,00

700,0

53%

1.6 bilhões

296,00

458,0

61%

2.500,0

272,00

284,0

39%

1,750,0

320,00

204,0

55%

1,100,0

315,00

Fonte: Levantamento realizado pela empresa e-Bit www.ebitempresa.com.br / Compilação: www.e-commerce.org.br Nota: não estão incluídos neste indicador o faturamento de sites de leilão, as vendas de passagens aéreas e vendas de automóveis.

Produtos Mais Vendidos no Varejo on-line do Brasil Produtos mais Vendidos % em 2007 Livros, Revistas, Jornais 17% Informática 12% Eletrônicos 9% Saúde e Beleza 8% Telefonia Celular 7% Fonte: Levantamento mensal realizado pela empresa e-Bit www.ebitempresa.com.br / Compilação: www.e-commerce.org.br

Quantidade de e-consumidores no Brasil - eBit (em milhões) 2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

Consumidores na Internet

1.1

2.0

2.6

3.4

4.8

7.0

9.5

Cresc.%

-

81%

30%

31%

41%

46%

36%


Perfil do Consumidor - eBit Renda Familiar - Quantidade de Transações

Faixa Etária - Quantidade de Transações

Escolaridade - Quantidade de Transações


E-commerce fatura R$ 8,2 bilhões em 2008

Fonte: http://www.ebitempresa.com.br/indices-ebit.asp O ano de 2008 foi agitado para o comércio online. De acordo com a e-bit, empresa especializada no setor, a prévia do que foi o faturamento nominal do ano é de R$ 8,2 bilhões, valor 30% superior a 2007. Esse número torna-se ainda mais relevante se lembrarmos que neste ano que se passou, uma grave situação de crise financeira esteve iminente em nossa economia. Porém, no e-commerce, os efeitos não chegaram a contribuir com forte queda no balanço. É válido lembrar que os números finais de 2008 serão apresentados em breve pela e-bit na 19ª edição do relatório WebShoppers. Para o diretor geral da e-bit e Vice Presidente de Estratégia da camara-e.net, Pedro Guasti, o consecutivo crescimento anual do setor deve-se à esperteza do consumidor online: “O e-consumidor está cada vez mais atento às possibilidades no canal web. É um meio que oferece múltiplos tipos de informação para os usuários, que acabam se sentindo mais seguros. Esse é um comportamento que vem mostrando evolução ano a ano, pois muitos já tiveram uma experiência de compra pela internet.” Ainda segundo Guasti, a confiança que a internet vem recebendo de seus usuários é uma importante aliada à elevação dos números: “A confiança do consumidor nas transações online demonstra que o segmento tem cada vez mais credibilidade junto ao público, que procura sanar todo o tipo de dúvida antes de efetuar sua compra. Esse ano, por causa da crise, esse processo tornouse ainda mais explícito.” Para o diretor da e-bit, outro aspecto que favorece a evolução do setor é a gradativa profissionalização das lojas. “De uma forma geral, as lojas estão agindo de forma mais profissional e planejada, tanto no quesito de estoques de produtos, prazos de entregas de mercadorias, quanto na governança de maneira geral.” Outro importante ponto a ser ressaltado é a entrada de grandes redes varejistas que, com elas, trouxeram novos públicos para o comércio eletrônico. “A fidelidade de alguns consumidores faz com que eles associem a marca da loja física a da loja virtual e, chegando ao portal esse consumidor irá se deparar com melhores preços e condições de pagamento, possibilitando a volta daquele consumidor naquela loja”, explica Guasti, que classifica esse fator como mais um dos motivos para o crescimento do canal em 2008. O tíquete médio do setor fechou em R$ 328. Dentre todos os períodos do ano, o mais lucrativo foi, novamente, o Natal, que registrou vendas de R$ 1,25 bilhões com o tíquete médio em torno de R$ 346. E se 2008 foi bom, a perspectiva do para 2009, apesar da crise, também será positiva. Principalmente se compararmos o crescimento do Brasil com o dos Estados Unidos. Enquanto aqui o crescimento foi de 30%, o comércio eletrônico norte-amerciano, segundo o eMarketer, cresceu apenas 7%, gerando um faturamento de U$ 136 bilhões. Mesmo com uma previsão menor se comparada aos anos anteriores, o comércio pela internet deve alcançar a marca inédita de dois dígitos de bilhão de faturamento, crescendo nominalmente entre 20% e 25% em relação a 2008, alcançando, pelo menos, R$ 10 bilhões.


Prêmio foi entregue para as melhores lojas do comércio eletrônico brasileiro na opinião dos consumidores que responderam a pesquisa de satisfação após realizarem uma compra As 17 lojas do comércio eletrônico brasileiro que apresentaram o melhor padrão de serviço no 1° semestre de 2007 na opinião de quem realmente comprou na loja foram premiadas pela e-bit com o troféu ”Excelência em Qualidade Comércio Eletrônico B2C - 2007“. “O troféu, representado por um diamante, é uma premiação única no Brasil. Isso porque significa o reconhecimento dos próprios consumidores com o nível de qualidade exibido por cada uma das empresas e mostra que ela é superior aos padrões do restante do mercado”, revela Pedro Guasti, diretor geral da ebit. Atualmente existem mais de 1.000 lojas participantes do sistema de avaliações de lojas virtuais da e-bit, o bitConsumidor. Essas lojas permitem que cada cliente, ao finalizar uma compra, realize uma avaliação dos serviços prestados. Com a média das notas dadas pelos consumidores, cada loja é classificada por uma medalha de Bronze, Prata, Ouro ou Diamante. Desde 2000 já foram coletadas mais de 5 milhões avaliações. Os prêmios, distribuídos no dia 12 de Setembro, levaram em consideração os pré-requisitos necessários para que a loja receba a medalha diamante no site da e-bit e a exigência de que ela mantivesse essa classificação durante, pelo menos, 100 dias no período compreendido entre janeiro e junho desse ano.

As lojas premiadas, em ordem alfabética, em 2007 foram: -

Atera Computers (www.atera.com.br) Americanas. com (www.americanas.com.br) FNAC (www.fnac.com.br) Livraria Cultura (www.livcultura.com.br) Livraria Saraiva (www.livrariasaraiva.com.br) Loja Abril (www.lojaabril.com.br) Magazine Luiza (www.magazineluiza.com.br) Mania Virtual (www.mainavirtual.com.br) Marisa.com (www.marisa.com.br) Net Shoes(www.netshoes.com.br) Onofre em Casa (www.onofre.com.br) Pão de Açúcar Delivery (www.paodeacucar.com.br) Sack´s (www.sacks.com.br) Submarino (www.submarino.com.br) Uniflores.com (www.uniflores.com.br VideoLar (www.videolar.com.br) Zelo (www.zelo.com.br)

Fonte: http://www.ebitempresa.com.br/imprensa_trofeu.asp


Overview Analítico - Varejo online Fonte: http://vs34.pytown.com:8080/E-Consulting/knowledge/indicadores-de-mercado/varejo-onlinevol • • • •

Varejo online cresce mais que tradicional no último quarter (efeito crise X penetração Web nas Classes A e B), aumentando penetração do online no total. Bens de Consumo lideram crescimento, com leve vantagem no online X offline. Natal online cresce chegando perto da R$ 1bi. Turismo sente efeito do dolar, enquanto autos tem seus números revisados para baixo – expectativa de crescimento cai em 16% Consumidores das classes C e D ainda sofrem com inclusão digital e acesso a crédito (este item estrangulado em Q4/08)

Caso deseje aquirir a análise completa do indicador ou requisitar uma apresentação técnica ou workshop, entre em contato através do contato@ec-corp.com.br.

Ficha Técnica Descrição: O VOL é um indicador trimestral composto pela soma dos volumes de transações de automóveis, turismo e bens de consumo através de lojas virtuais e leilões para pessoa física. Desenvolvimento: TechLab Produção: E-Consulting Corp. Distribuição e Comercialização: K4B Ano Base: 2009 Mês de Release: Janeiro Periodicidade de Publicação: Trimestral


Ranking de lojas on-line de informática (fonte um blog de usuários) (ultima atualização = fevereiro de 2009) FONTE: http://forum.clubedohardware.com.br/qualificacao-lojas-informatica/638498

PONTUAÇÃO DAS LOJAS Ordem: Ranking. Nome da loja - Pontos positivos - Pontuação Total - Pontos negativos – Observações. 1. WAZ - 230 pontos - 230 - 0 2. SmartData -163 pontos-164 - 1 3. Spon - 162 pontos - 164 - 2 4. UMPOUKODETUDO -128 pontos-128 - 0 5. Submarino - 108 pontos - 111 - 3 6. Noli - 98 pontos - 99 - 1 7. Atera -91 pontos- 94 - 3 8. E-Armazem - 54 pontos - 56 - 2 9. Americanas - 42 pontos - 44 - 2 10. RJCasemod - 43 pontos - 43 - 0 11. E-Hardware - 34 pontos - 37 - 3 12. Kabum -36 pontos- 36 - 0 13. Mania Virtual - 32 pontos - 33 - 1 14. E-Coyote - 21 pontos - 21 - 0 15. Oficina dos Bits - 21 pontos - 21 - 0 16. Saraiva - 20 pontos - 21 - 1 17. Hardstore -20 pontos - 21 - 1 18. Balão da Informatica - 16 pontos - 17 - 1 19. Plug Informática - 14 pontos - 16 - 2 20. InterSolução - 12 pontos - 12 - 0 21. World Micros -12 pontos-12-0 22. 3DVirtua - 11 pontos - 11 - 0 23. SuperKit - 11 pontos - 11 - 0 24. Mouses.com.br -11 pontos-11 - 0 25. Suricate - 10 pontos - 11 - 1 26. IntraBox - 9 pontos - 11 - 2 - (¹) 27. LaserShape -10 pontos-10 - 0 28. ShopTime - 4 pontos - 10 - 6 29. DHCP - 9 pontos - 9 - 0 30. StormSystem -9 pontos - 9 - 0 - (¹) 31. TechLabs - 9 pontos - 9 - 0 32. Pichau Informática - 9 pontos - 9 - 0 33. TeraByteShop - 8 pontos - 8 - 0 34. Digímer -8 pontos-8 - 0 35. LinuxMall -7 pontos-7 - 0 36. Ponto Frio -6 pontos- 6 - 0 37. FastShop - 4 pontos - 5 - 1 38. EvoMaster - 4 pontos - 4 - 0 39. TecnoMagazine - 4 pontos - 4 - 0 - (¹) 40. Thermaltake -4 pontos - 4 - 0 41. SoMemorias -4 pontos - 4 - 0 42. Dsystem - 4 pontos - 4 - 0 43. Mauebia - 4 pontos - 4 - 0 44. Kalunga - 4 pontos - 4 - 0 45. E-Facil - 4 pontos - 4 - 0 46. Just Shop - 3 pontos - 3 - 0 -


47. Extra - 3 pontos - 3 - 0 48. VCs1 - 3 pontos - 3 - 0 49. Hardplus - 3 ponto - 3 - 0 50. Weimer - 3 pontos - 3 - 0 51. Loja Virtual do Clube do Hardware - 3 pontos - 3 - 0 - (¹) 52. NewTechSP - 3 pontos - 3 - 0 53. Gazin - 3 pontos - 3 - 0 54. MoboFix - 2 pontos - 3 - 1 55. YOTTAWARE -2 pontos- 3-1- (¹) (x - link) 56. Wittech - 2 pontos - 3 - 1 57. MegaMamute - 2 pontos - 2 - 0 (Loja entrou para a lista recentemente) 58. Fnac - 2 pontos - 2 - 0 59. Lenovo - 2 pontos - 2 - 0 60. Velotronic - 2 pontos - 2 - 0 61. Compra Fácil - 1 ponto - 2 - 1 62. Wal-Mart - 1 ponto -1 - 0 - Adicionada recentemente à lista (16/03/2009) 63. Master Store - 1 ponto - 1 - 0 - Adicionada recentemente à lista (16/03/2009) 64. TerraShop - 1 ponto - 1 - 0 - Adicionada recentemente à lista (28/02/2009) 65. SellTech Informática - 1 - 1 - 0 - Adicionada recentemente à lista (28/02/2009) 66. DigitalRP - 1 ponto - 1 - 0 67. Eletrosens - 1 ponto - 1 - 0 68. InfoBeltech - 1 ponto - 1 - 0 69. Perfil Shop - 1 ponto - 1 - 0 70. LM Computers - 1 ponto - 1 - 0 71. Loja CTIS - 1 ponto - 1 - 0 72. Tech Master - 1 ponto - 1 - 0 73. Netgate - 1 ponto - 1 - 0 74. Taga Informática - 0 ponto - 1 - 1 75. Fator Digital - 0 ponto - 1 - 1 76. Eletrocomprefacil - 0 ponto - 0 - 0 - (¹) (x) 77. TecnoTudoShop - -1 ponto - 0 - 1 - (¹) 78. Stop Play - -1 ponto - 0 - 1 79. EFR - -1 ponto - 0 - 1 80. Foston - -1 ponto - 0 - 1 81. LaserShape - -1 ponto - 0 - 1 82. CWKTEC - -1 ponto - 0 - 1 83. Suprimaq - -1 ponto - 0 - 1 84. Set Computadores - -1 ponto - 0 - 1 85. Note-BR - -1 ponto - 0 - 1 - (¹) 86. InfoWorld - -1 ponto - 0 - 1 - (¹) 87. AltaVia - -1 ponto - 0 - 1 - (¹) 88. DigiPlus - -1 ponto - 0 - 1 89. InfoShop BR - -1 ponto - 0 - 1 - (¹) 90. UNS - -1 ponto - 0 - 1 91. Futura Computadores - -1 ponto - 0 - 1 - (¹) 92. Beckline - -1 ponto - 0 - 1 - (¹) 93. Tecnomidia - -1 ponto - 0 - 1 94. Multi Photo - -1 ponto - 0 - 1 - (¹) 95. Leadership - -1 ponto - 0 - 1 96. MouseTech - -1 ponto - 0 - 1 - (¹) 97. InfoWork - -1 ponto - 0 - 1 98. Memory House - -1 ponto - 0 - 1 - (x - link) 99. Hardleste - -1 ponto - 0 - 1 Audy - -2 pontos - 0 - 2 - (¹) (x) 100. InforPrize - -2 pontos - 0 - 2 101. 102. InfoAssis - -2 pontos - 0 - 2 - (¹) 103. Nacional Info - -2 pontos - 0 - 2 -


104. 105. 106. 107. 108. 109. 110. 111. 112. 113. 114. 115.

WEST INFORMATICA - -2 pontos - 0 - 2 - (¹) SomLivre.com - -2 pontos - 0 - 2 - Pertence à Videolar Marvins - -2 pontos - 0 - 2 - (¹) IShop21 - -2 pontos - 0- 2 Condecom - -2 pontos - 0 - 2 Techmicro - -2 pontos - 0 - 2 Supermercado Informática - -3 pontos - 0 - 3 - (¹) Paty Informatica - -4 pontos - 0 - 4 - (¹) MicroSigol - -4 pontos - 1 - 5 - (¹) (x - link 1 2) 1stLine Informática - -15 pontos - 0 - 15 - (¹) (x) Buy'n'Play - -15 pontos - 0 - 15 - (¹) (x) Gravit - -16 pontos - 4 - 20 - (¹) (x)

(¹) - Site Offline ou com atividade suspensa. (x) - Loja não recomendada - CUIDADO.

Critério de qualificação:

1. Positivo 1. Usuário satisfeito com a negociação. 2. Negativo 1. 2. 3. 4. 5.

Mercadoria não entregue. Atrasos de entrega não justificados. Mercadoria entregue errada, ou com defeitos, sem troca posterior. Mau atendimento. Não cumprimento da garantia.


Lista de Lojas Online NÃO confiáveis (pelo site buscapé) Lojas Não Recomendadas O BuscaPé não recomenda, por se tratarem de empresas com práticas comerciais não confiáveis, se fazer compras nas seguintes lojas abaixo: FONTE: http://www.buscape.com.br/empresas-nao-recomendadas.asp?site_origem=0&iad=0

1

1stLine

42

Lehugo

2

Atamicro

43

Litetelecom

3

Atashop

44

Loja 24 horas

4

Atual micro

45

Maxellinfoshop

5

Audy

46

Maxisound

6

Belashop

47

MAXXI PHOTO & VIDEO

7

Bondcompras

48

Microata

8

Briskol

49

Microfest

9

Buskofertas

50

Microsigol

10

Calcline Calculadoras

51

Navegantes

11

Camera Stars

52

Net Informática

12

CampInfo

53

Pcihouse

13

ciadoshox

54

Pcishop

14

CLIC HOUSE

55

Perfumes Real

15

CNSHOP

56

PHOTOCLUBE

16

Cristalshop

57

Pontual Shox

17

CS Note

58

Portal Micro

18

Cyberfast

59

Radial Shop

19

Ddshop

60

Ravelnet

20

Digicans Informatica e Eletronico

61

RBV INFORMÁTICA

21

Digitalpc

62

Shop Enterprise

22

Doc Info shop

63

Shop K

23

Eletro e Cia

64

Shopamerica

24

Eletromicro

65

Shopsummer

25

Eletrosampa

66

SmallShop

26

EletroUSA

67

Tcabral


27

Euronote

68

Tecno Shop

28

Fiveshop

69

Unique Eletroshop

29

Focomix

70

Viaclic

30

Futura Computadores

71

Video Prime

31

Global E-computadores

72

VNTSHOP

32

Hardvip

73

Eletrocorp

33

Import BR

74

Valemaster

34

Wimax Computer

75

Ipek

35

Zoom Shop

36

Infoshop Web

37

Insidecomputers

38

Kaled

39

Kapella

40

KingPro

41

LANBox Brasil


e-commerce Brasil 2008