Page 1

Nunca iremos nos calar – Lucas 19.28-40 PROÊMIO: ADVENTO, À ESPERA DO REI Um culto de Confirmação em pleno Advento abre oportunidades interessantes para uma mensagem. Advento, como vimos antes, é tempo de espera. Ao mesmo tempo em que aguardamos o Natal, esperamos ansiosamente pela Volta de Cristo. A Instrução de Confirmandos nada mais é do que “preparar os jovens para viver essa ESPERA”. Muito mais do que fazer os confirmandos memorizem fórmulas doutrinárias, a Igreja quer CAPACITAR os jovens a ESPERAR pela Volta do Rei da Glória. Durante a Instrução, Mateus Timm, Mateus Hoffmann, Júlia Souza e Vitória Cutz ouvira o evangelho de Cristo. Aprenderam que “fomos comprados não com ouro ou prata, mas... [deixar os confirmandos completarem] com o santo e preciso sangue de Cristo.” É essa notícia, chamada de Boa Nova, que nos CAPACITA a viver com a ESPERANÇA da vida eterna e salvação. Os confirmandos também aprendem que viver essa ESPERANÇA nunca é passiva, mas deve ser ativa. Todos nós, que recebemos o Espírito Santo no batismo somos CAPACITADOS a levar a luz de Cristo para todos. No entanto, esse desafio de anunciar a vitória de Cristo é permeado por momentos de perseguição e silêncio. Há momentos em que estamos cheios de coragem e ânimo para “falar daquilo que vimos e ouvimos”. Mas, há também outros tempos de desânimo e silêncio, quando somos perseguidos por falar de Cristo. Nesses momentos tenebrosos, Deus, em sua misericórdia, “faz as pedras falarem” por nós!

1


À ESPERA DO REI (AS PEDRAS DOS DEZ MANDAMENTOS) Há um ataque sistemático do discurso da moda contra tudo que se possa chamar de “cristão”. Até a frase “Deus seja louvado” será retirada das cédulas de real! Mas, isso não é tudo. Um dos ataques do discurso da moda é negar a existência do pecado. “Calem a boca! Essa história de pecado é invenção da igreja!” - eles dizem. Podemos até nos calar, mas as pedras gritam! As tábuas de pedra dos Dez Mandamentos revelam nosso pecado. Não honramos o nome de Deus, desrespeitamos nossos pais, sonegamos impostos, assassinamos o próximo com palavras, cobiçamos o sucesso de outras pessoas. As pedras que Moisés recebeu gritam para nós e para o mundo: “Todos pecaram e estão afastados da glória de Deus!” (Rm 3.23) O pecado, quando encarado de forma realista, revela que “merecemos a morte” (Rm 6.23). Não há saída humanamente possível! Graças a Deus, sempre há esperança! Já nos tempos de Adão e Eva Deus prometeu enviar o Rei da Paz, o Salvador. O profeta Jeremias, que viveu 500 a.C., escreveu sobre essa promessa: Jr 33.15-16: “Nesse dia e nesse tempo, farei surgir um verdadeiro descendente de Davi, e ele fará nesta terra o que é direito e justo. Quando esse dia chegar, o povo de Judá será salvo, e o povo de Israel viverá em segurança.” O REI CHEGOU O texto do evangelho de hoje descreve o povo judeu recebendo o descendente de Davi prometido por Deus. Ao se aproximar de Jerusalém, Jesus, o Rei da Paz, entra em Jerusalém montado em um jumentinho. Um rei sanguinário e guerreiro geralmente retornava montado em um cavalo. Mas, Jesus não é um Rei terreno, de conquistas territoriais. Ele vem trazer paz aos céus e ao mundo. Jesus é exaltado pelo povo:

2


Lc 19.38: “Bendito aquele que vem em nome do Senhor! Paz nos céus e glória a Deus”. Obviamente o louvor não agradou os adversários de Jesus que pediram: “Mande essa turma calar a boca!” A resposta de Jesus é direta e não deixa dúvidas: Lucas 19.40: “Eu afirmo a vocês, se eles se calarem, as pedras gritarão!” E, de fato, quando seus seguidores se calaram, as pedras gritaram. A MORTE DO REI TRAZ A PAZ AOS CÉUS (A PADRA ANGULAR) O mesmo povo que recebeu Jesus com tanto entusiasmo mudou rapidamente de atitude rapidamente. Após seis dias, o canto de adoração transformou-se em pedido sanguinário: “Crucifica-o! Crucifica-o!” – foi o clamor de muitos na SextaFeira Santa. Os discípulos permaneceram em silêncio. No entanto, foi em meio ao silêncio de todos que a PEDRA gritou: “Está consumado!” Jesus, a PEDRA ANGULAR, gritou a nossa Salvação! De fato e de verdade, queridos confirmandos, quando o assunto é Salvação e vida eterna, nós não temos voz alguma. Podemos gritar, clamar e exultar, mas nossa voz não é capaz de conquistar Salvação. É por essa razão que o brado de Cristo é solitário, pois somente Ele poderia trazer perdão, vida e salvação. Foi com sua morte na cruz que Jesus, o Rei da Glória, trouxe Paz a nós todos.

3


JESUS VIVE (A PEDRA DO SEPULCRO) A Paz que Jesus trouxe é testemunhada por outra pedra. Quando as mulheres, em silêncio, se aproximavam do túmulo de Cristo para embalsamar seu corpo, a pedra do sepulcro falou alto: “Ele não está aqui! Ele vive!” É sobre essa ESPERANÇA que aprendemos na Instrução de Confirmandos. O voto que vocês farão hoje só é possível porque Jesus, a PEDRA ANGULAR, morreu por nós e ressuscitou, conforme a PEDRA do sepulcro mostrou para todos. Agora, nossa responsabilidade e falar dessa Esperança ao mundo. Não vamos deixar as pedras falarem sozinhas. Vamos falar ao mundo sobre o Rei da Paz e da Glória. Vamos proclamar a Salvação com nossas vozes, atitudes, ações e pensamentos. Até quando isso? Bom, respondam vocês [confirmandos]: “anunciamos a morte do Senhor até que Ele venha”. Isso mesmo! Até a Volta de Cristo, o fim do Advento, da Espera. Mas, até lá, o mundo tentará calar vocês. Vocês serão perseguidos até por seus amigos. Mas, iremos nos calar? “Nunca iremos nos calar!” Com todas as pedras da Bíblia e deste mundo seremos o grande coral que proclama: “Que Deus abençoe o Rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória a Deus!” PERORAÇÃO: PEDRA BRANCA DE APOCALIPSE! Quando o Advento terminar, isto é, quando o Rei da Paz voltar em glória, uma última Pedra falará. Jesus diz:

4


“Ao que vencer darei a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito,...” (Ap2.17) Queridos confirmandos, queridos irmãos e amigos, que a Pedra Angular nos mantenha da fé verdadeira até o dia de recebermos a pedra branca da vitória! Mário R. Y, Fukue 02/12/2012

5

Lucas 19.28-40 - Nunca iremos nos calar  

Mensagem 1o Domingo de Advento

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you