Issuu on Google+

Conselho Regional de Serviço Social Boletim do CRESS

Nº 291 Dia Mundial de Serviço Social

Recife, 20 de Março de 2012

Veja a mensagem da Federação Internacional de Trabalhadores Sociais "Comprometemo-nos plenamente e com caráter de urgência com as pessoas de forma a que tenham poder sobre as suas próprias vidas e para resolver as causas profundas da opressão e desigualdades, trabalhando todos/as, em conjunto, para criar um mundo socialmente mais justo e equitativo, que tenhamos orgulho em deixar às gerações futuras". Esta é a chamada da Federação Nacional de Trabalhadores Sociais (FITS) no Dia Mundial do Serviço Social, celebrado sempre na terceira terça-feira de março. "É a oportunidade anual para todas as organizações de Serviço Social darem visibilidade ao papel significativo do Trabalho Social e dos/as trabalhadores/as em todo mundo", diz o site da FITS. Ainda de acordo com a Federação, assistentes sociais de todo o mundo são pauCartaz do Dia Mundial de Serviço Social tados pelos princípios em português (Divulgação FITS) da justiça social e direitos humanos. Em um vídeo gravado especialmente para a data, o presidente da Federação, Gary Bailey, homenageia todos/as os/as assistentes sociais do mundo, convidando/as a participarem do debate sobre os rumos da profissão e se juntarem aos compromissos firmados na Agenda Global proposta pelas entidades internacionais. "A atual situação do mundo requer unidade e engajamento em nossas ações, para uma mudança significativa em defesa da justiça social e para a implementação universal dos direitos humanos", afirma Bailey. O presidente da FITS cita Paulo Freire, afirmando que o papel do/a assistente social não é só refletir e agir com as pessoas, mas tornar-se consciente junto com elas sobre a realidade.

Ainda no vídeo, Bailey destaca que até o dia 26 de março, Dia do Serviço Social da Organização das Nações Unidas (ONU), atividades em todo mundo devem ser realizadas para a "promoção do trabalho do/a assistente social". Neste dia será entregue à ONU o documento "Agenda Global de Serviço Social e Desenvolvimento Social – compromissos para a ação", elaborado em pela FITS em conjunto com a Associação Internacional de Escolas de Trabalho Social (AIETS) e Conselho Internacional de Bem Estar Social (ICSW). Um de seus compromissos é a promoção da igualdade social e econômica, central para o enfrentamento das expressões particulares da "questão social" no capitalismo contemporâneo e para projeto ético-político profissional dos/as assistentes sociais brasileiros/as. "Nosso foco principal é nos prepararmos para o pós2015 da agenda de desenvolvimento, que inclui, por exemplo, a iniciativa piso de proteção social, trabalho decente e normas internacionais do trabalho", completa o presidente da FITS. Acompanhe a migre.me/8miIi

mensagem

de

Bailey:

http://

"A data do dia mundial do Serviço Social coincide, este ano, com um momento importante para o Brasil. Isso porque acabamos de realizar um Workshop com a participação da FITS, da AIETS, da Associação Latinoamericana de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ALAIETS) e de várias organizações de trabalhadores/ as sociais da América Latina, que expressou um esforço coletivo de construção de uma definição mundial de Serviço Social que respeite e contemple as particularidades regionais. E ssa iniciativa pautou-se na perspectiva de defesa dos princípios ético-políticos da liberdade, democracia, direitos humanos e no combate a desigualdade, defendidos pelo projeto profissional do Serviço Social brasileiro" afirmou a presidente do CFESS, Sâmya Ramos. Leia a matéria completa em www.cfess.org.br

Presidente da Câmara promete votar PEC do Trabalho Escravo na semana da Abolição Brasília - O deputado federal Marco Maia (PT), presidente da Câmara dos Deputados, comprometeu-se na manhã desta quarta-feira, 14 de março, a colocar em votação a Proposta de Emenda Constitucional 438, mais conhecida como PEC do Trabalho Escravo, na semana antes de 13 de maio, data em que se comemora a Abolição da Escravidão no Brasil. A promessa foi feita em encontro com a Comissão Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae), frente que reúne representantes da sociedade civil e de diversos órgãos do governo, e da qual a Repórter Brasil faz parte. Maia deve escolher o dia 8 de maio para a votação.

"Para ser aprovada, a proposta precisa de 308 votos. No PT, não vejo dificuldades para isso. É preciso conversar com os líderes dos outros partidos. A pressão é dos setores mais conservadores", afirmou Maia. A PEC 438 prevê a expropriação de terras em que for constatada a exploração de trabalhadores em condições análogas às de escravos. Sujeitar pessoas à escravidão contemporânea é crime previsto na legislação brasileira, no artigo 149 do Código Penal.

Lei a matéria completa no site www.humanosdireitos.org.br


BOLETIM DO CRESS

Página 2

Aggeu Magalhães inscreve para mestrado

Seminário Internacional de Política Social

O Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães (CPqAM), ligado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) está com inscrições abertas para o Mestrado Profissional em Saúde Pública.

O V Seminário Internacional de Política Social do Programa de Pós-Graduação em Política Social da Universidade de Brasília (PPGPS-UnB), pretende reunir análises sobre temas relacionados às condições engendradas pela sociabilidade capitalista na contemporaneidade. O encontro ocorrerá nos dias 13, 14 e 15 de junho na Universidade de Brasília.

Profissionais das áreas de gestão de vigilância, ciência e tecnologia e avaliação de serviços e programas de saúde, em instituições públicas pernambucanas do setor podem candidatar-se às 20 vagas oferecidas nas áreas de Gestão de Sistemas de Vigilância em Saúde e Gestão e Avaliação de Serviços de Saúde. O curso terá a duração de meses, sendo composto de 11 módulos semanais presenciais, um a cada mês. As inscrições seguem até o dia 30 de março site www.sigass.fiocruz.br .

Os/as interessados/as em participar do V Seminário Internacional de Política Social com apresentação de trabalhos nas mesas temáticas deverão enviar os resumos expandidos de seus artigos ao email do evento: politicasoci-al@unb.br . Os trabalhos devem ser encaminhados até 15 de abril de 2012.

Fundo Juventude Urbana recebe inscrições

Livro sobre trabalho social para download

A ONU-HABITAT, através do Fundo Juventude Urbana, vai destinar um milhão de dólares para projetos liderados por jovens, de 15 a 32 anos, que estejam implementando projetos inovadores para geração de emprego, boa governança urbana, habitação e garantia de propriedade.

Un nuevo aporte latinoamericano para profundizar la comprensión de nuestra profesión. Compilado por Ana Arias, Barbara García y Romina Manes, docentes de la Carrera de Trabajo Social de la Universidad de Buenos Aires, Argentina, socializamos el libro "Trabajo social, lecturas teóricas y perspectivas. Aportes para repensar la formación profesional desde la intervención". Descargue este libro y otros que se encuentran en nuestra Biblioteca Virtual de Trabajo Social, con solo dar click en la siguiente liga: www.ts.ucr.ac.cr/ ts.php

Cada projeto receberá até 25 mil dólares e as candidaturas podem ser apresentadas até 15 de abril. http://www.rets.org.br/?q=node/1491

O Gigante que transforma tudo “Mudo tudo o que encontro pela frente, o que eu faço nunca está terminado.” O “Gigante do Papelão” é assim: está sempre criando, montando, construindo. Nunca para. De suas mãos nascem favelas, casarões coloniais, bairros e cidades. Tudo em miniatura, de papelão e material reciclado. As casas têm sofá, cadeira, mesa, TV, geladeira. Em suas mãos um canudo de refrigerante vira um cano e uma lata de óleo torna-se um caminhão. O “Gigante do Papelão” nasceu Sergio Cezar, no Rio de JaneiO “Gigante do Papelão”, Sergio Cezar, no Rio de ro, há 54 anos. Janeiro. Foto: Adriana Lorete

Seu poder de provocar mudanças em tudo o que vê chega até as favelas cariocas, onde ele tem o dom de transformar os participantes de suas oficinas, ministradas gratuitamente. Um deles é Robson Alves de Sousa, um ex-detento que se reintegrou à sociedade graças ao trabalho com papelão e hoje é seu assistente.

No momento, Robinho está dirigindo oficinas nas favelas da Maré, Dona Marta e Nova Holanda. “Nosso trabalho é feito com o reaproveitamento do lixo”, explica o “Gigante do Papelão”. Este exercício de criação, garante, contribui para que os participantes recuperem a auto-estima e comecem eles próprios a passar o que aprenderam para outros, estabelecendo um efeito multiplicador. “Quando ensinamos a arquitetura do papelão nas favelas, percebemos que há muita gente querendo aprender”, conta. “Passamos uma semana trabalhando em comunidades comandadas pelo fuzil e ao terminar sabemos que deixamos uma semente; as pessoas sempre querem mais.” As oficinas são divulgadas através das associações de moradores e atraem participantes entre 6 e 80 anos. Já houve casos de ex-alunas que depois se dedicaram à confecção de enfeites para festas e bolos de aniversário. Mas só o fato de atrair rapazes que poderiam trabalhar para o tráfico, caso não estivessem em uma oficina, já tem um significado muito importante para ele. Leia a matéria completa em www.cartacapital.com.br

Esta é uma publicação do Conselho Regional de Serviço Social 4ª Região Gestão 2011-2014 “Amarra o teu arado a uma estrela”l Rua 19 de Novembro, 154. CEP : 50610-240 Madalena - Recife /PE . Fone : (81 ) 3227 .73 89 / www.cresspe.org.br | cresspe@cresspe.org.br | Comissão de Comunicação Assessora de Comunicação e Jornalista Responsável : Alana Moreira - DRT-PE 3616


Boletim 291