Page 1

PANORAMA Edição Nº 23 - janeiro/fevereiro/março - 2009

Encontro reuniu estrelas da Marinho Despachantes

Durante o evento, a empresa apresentou os resultados obtidos em 2008 e as metas para 2009

Empreendedor Brasil 2008

Pgs. 04 e 05

Veja também: Entrevista com Elza Aguiar Pg. 03

Cinco anos de Aconseg Pg. 06

Artigo de Cyro Vidal Pg. 07

Entrevista na Rádio Imprensa Pg. 07

Marinho Despachantes arrecada alimentos Pg. 08

História de empreendedorismo é reconhecida com premiação

Pg. 06

www.marinhodespachantes.com

1


ENTRE NÓS

Bons votos a todos nós

Dois mil e oito foi muito importante para a Marinho Despachantes. Completamos 40 anos de atividades, nos firmamos como umas das mais importantes empresas de documentação de veículos do Brasil e recebemos quatro prêmios como reconhecimento pela nossa história e pelos serviços que prestamos. Ampliamos nossa atuação na comunidade, oferecendo primeiro emprego a adolescentes carentes do Pari, bairro de São Paulo onde estamos estabelecidos. Também adotamos canteiros da Avenida Carlos de Campos, desenvolvemos ações de solidariedade e amor na Vila dos Idosos e levamos ensinamentos sobre educação no trânsito para estudantes de uma escola pública. Procuramos ainda mais valorizar e ajudar nossos colaboradores, no seu desenvolvimento profissional, por meio de cursos, campanhas, atividades internas e concursos. Já para os

estagiários, promovemos uma semana inteira de palestras e efetivamos grande parte deles. Ainda em 2008, firmamos parcerias importantes com profissionais e entidades relacionadas com os segmentos para os quais prestamos serviços, como a Câmara dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo (CCSP). Enfim, são tantos acontecimentos que não há como citar todos aqui. Mas apenas com este resumo, é possível concluir que temos um grande desafio para 2009: superar todas as conquistas obtidas no ano que se passou. Esta é a nossa meta. E para atingi-la, iremos continuar trabalhando como sempre fizemos, com agilidade, confiança, credibilidade e respeito pelas pessoas. A Marinho Despachantes é assim. E a você, seja nosso cliente, colaborador ou parceiro, que de alguma forma contribui

para que alcancemos nossos objetivos, desejamos um ótimo 2009, também de muita superação, conquistas, crescimento e realização.

Mario Abicalam Presidente da Marinho Despachantes

A árvore de Natal que tem a sua cara Neste ano a decoração da árvore de Natal da Marinho Despachantes recebeu um toque todo especial: uma

foto de cada colaborador da empresa. Para a diretora de negócios, Elza Aguiar, o Natal representa amor,

Os colaboradores da Marinho Despachantes montaram juntos a árvore de natal da empresa 2

fraternidade, união e solidariedade. “Pensando nisso, a área de Recursos Humanos preparou uma ação para que todos montassem juntos a nossa árvore de Natal”, relata. Assim, com muita alegria, vários colaboradores percorreram os departamentos da empresa, levando o tradicional gorro vermelho e branco usando no Natal e um complemento da decoração para cada estação de trabalho. “Outros entregavam uma bola de Natal com a foto de um colaborador. Quem as recebia, com satisfação, escrevia uma mensagem”. Esses objetos foram colocados como enfeites na árvore de Natal da Marinho Despachantes. “Foi lindo. Agora nossa árvore está repleta de sorrisos, com os quais convivemos durante todo o ano. Essa ação demonstrou que a empresa valoriza o potencial humano e investe muito nisso”, afirma Elza.


PARCERIAS E NEGÓCIOS

Perspectivas para o mercado em 2009 A cada começo de ano, costumamos fazer um balanço de tudo que nos aconteceu nos últimos 12 meses e estabelecemos nossas metas e objetivos para os próximos 365 dias. Com uma organização, não é diferente. E para saber quais são as perspectivas da Marinho Despachantes para 2009, o Panorama entrevistou a diretora de negócios da empresa, Elza Aguiar. Qual foi a maior conquista obtida pela Marinho Despachantes em 2008? E dificuldades, houve? Como foram superadas? Sem dúvida alguma completar 40 anos foi a mais importante vitória. Como em toda empresa, as dificuldades fazem parte do dia-a-dia, mas estamos aqui para superálas. A cada obstáculo enfrentado, tiramos uma lição que nos impulsiona a seguir em frente.

como apurar. É assim que pretendemos alcançar nossos objetivos: aprimorando os serviços já existentes, desenvolvendo outros e, como somos bastante exigentes, também iremos melhorar ainda mais nosso atendimento. Há algum investimento previsto para 2009? Qual? Continuaremos investindo em tecnologia, pois uma empresa é formada por pessoas capacitadas e por recursos de ponta. Diversas ferramentas serão apresentadas aos nossos clientes. O objetivo é facilitar os controles e a avaliação dos resultados da nossa prestação de serviços e dos vários segmentos que atendemos. Isso sim é poder medir uma parceria de sucesso e a Marinho Despachantes não se limita, busca constantemente inovar. Observamos o que acontece no mercado em que atuamos e buscamos oportunidades de gerar novos negócios, para que todos possam ganhar.

Podemos afirmar que 2008 foi um ano positivo no que se refere à relação da empresa com o mercado segurador? Por quê? Sim, pois conquistamos o reconhecimento desse segmento, para o qual prestamos serviços há 10 anos. Nossa parceria com o Sincor SP e com a Câmara dos Corretores do Estado de SP tem trazido frutos e beneficiado essa aproximação. Com base nos resultados apresentados em 2008, qual o foco da empresa para 2009? Continuaremos acreditando em todos os segmentos em que atuamos. Também iremos desenvolver, de acordo com as necessidades já apuradas do mercado, novos produtos que vão agregar ainda mais valor aos nossos clientes, pois nesses mais de 40 anos de experiência, temos observado que eles precisam de soluções que vão além da documentação de veículos. Por isso, queremos oferecer informações que muitas vezes nossos clientes não têm

Elza Aguiar, diretora de negócios da Marinho Despachantes

De maneira geral, quais são suas expectativas sobre o mercado em que a Marinho Despachantes atua? São as melhores. Todos estão apreensivos com a atual "crise mundial", mas durante minha vida profissional, já presenciei muitas mudanças na economia. Sempre tive em mente, mesmo quando bem jovem, que não devemos olhar para a dificuldade, mas sim ter consciência da situação e buscar alternativas para que crise alguma possa prejudicar nossos negócios. É nossa obrigação buscar alternativas e "driblar" os momentos ruins, até que tudo se normalize. Todos devem arregaçar as mangas e fazer sua parte. A Marinho Despachantes vai continuar fazendo a dela. Uma nova gestão terá início na Prefeitura de São Paulo e, com isso, possíveis investimentos no trânsito serão feitos. Qual sua expectativa sobre isso? Como a empresa pretende acompanhar e/ou colaborar com as melhorias no trânsito? A nova gestão deverá iniciar projetos e dar andamento aos já existentes, mas o problema do trânsito de São Paulo não se resolve da noite para o dia. A Marinho Despachantes já colabora de maneira tímida, mas, como empresária, sempre acreditei que é meu dever olhar para todas as questões que envolvem o segmento em que atuamos, e o trânsito da cidade é uma delas. Nosso programa de capacitação profissional em 2008, por exemplo, já levou para jovens estudantes de uma escola do bairro a visão que eles, que serão os motoristas do futuro, devem ter sobre cidadania e responsabilidade no trânsito. Cada um de nós é capaz de avaliar e fazer a sua parte, afinal a melhor lei de trânsito é a educação e educar para o trânsito é uma obrigação de pais, professores, empresários, enfim, de toda a sociedade. 3


CIRCUITO

Na Marinho Despachantes, as

Todos assinaram o banner, como forma de assumir um compromisso com a empresa

Quem não foi perdeu! O Encontro de Estrelas 2008, realizado pela Marinho Despachantes em 29 de novembro no Hotel Holiday Inn, em São Paulo, foi marcado por alegria e comemoração. O objetivo do evento era compartilhar com todos os fatos mais importantes que ocorreram em 2008 e apresentar as metas estabelecidas para 2009. E a cada dado apresentado pela diretora de negócios da empresa, Elza Aguiar, o barulho e a euforia eram gerais. Isso por que todos os participantes receberam matracas e buzinas, além de óculos coloridos e plumas, que deram o tom de festividade ao evento. “Queremos que vocês tenham essas informações, pois os resultados obtidos até hoje foram conquistados com a ajuda de vocês. A Marinho Despachantes não completou 40 anos sozinha”, disse Elza. De acordo com ela, em 2008 a empresa obteve crescimento, mas ainda não atingiu a rentabilidade esperada. “Por essa razão, rentabilidade continuará sendo nossa meta em 2009, junto com organização”. Para conquistar esses propósitos, segundo Elza, todos continuarão trabalhando unidos. “Também faremos novos investimentos em tecnologia e ampliaremos alguns departamentos que estão em desenvolvimento. Acreditamos que ao mostrar o caminho a ser percorrido para alcançar os objetivos propostos, garantimos o companheirismo e a dedicação de todos”.

A cada dado apresentado, a comemoração era geral

“Ingressei na Marinho Despachantes aos 17 anos como estagiária do Ensino Médio. Superei as dificuldades iniciais, fui efetivada e hoje, como coordenadora do Call Center, posso dividir meus conhecimentos com todos do departamento. Agora tenho um novo desafio e conto com vocês para superá-lo”, Ana Paula Leão Ferreira Custódio 4

“Iniciei na Marinho Despachantes como estagiária. Dois anos depois fui para a área de sinistros, onde aprendi muito, até ter a oportunidade de atuar no departamento Salvados. Hoje sou coordenadora de Produção e acredito que assim como eu consegui, todos são capazes, basta fazer a sua parte”, Alessandra Midori Tahira

“Há três anos iniciei na Marinho Despachantes, no departamento Sinistros, fui adquirindo conhecimentos e a empresa me deu oportunidades, até me tornar coordenadora. Me orgulha trabalhar em uma empresa considerada pelos clientes como referência em solução de documentos”, Aline Gellacic


CIRCUITO

estrelas são os colaboradores Encontro de Estrelas também proporcionou formação profissional Já como forma de começar a oferecer subsídios para que os colaboradores possam contribuir com os objetivos da empresa, durante o Encontro de Estrelas todos passaram por um treinamento ministrado pela consultora organizacional Cris Olival. Segundo ela, ter uma equipe alinhada é um dos fatores responsáveis pela sobrevivência das empresas no mercado. “Diferente de um grupo, uma equipe é formada por pessoas que conhecem seus papéis individuais e respeitam a competência dos outros integrantes. Elas acreditam nos ideais da organização e contribuem para que eles aconteçam”, explicou. Mas, para Cris, existem detalhes que são mais importantes ao fazer parte de uma equipe. “É saber ser parceiro, cultivar networking dentro e fora da empresa, confiar e ser confiado, ganhar respeito sendo aberto e justo, respeitar as diferenças, “Iniciei como estagiário no Call Center, tive a oportunidade de ir para o período integral, ingressei em outro departamento onde adquiri muitos conhecimentos e recentemente comecei a atuar no jurídico. Como essa é uma área que eu gosto, no ano que vem irei estudar Direito. A empresa confiou em mim, sou assistente no departamento e por isso afirmo que se acreditarmos e nos esforçamos, conseguimos”, José Ivan Farias

Elza Aguiar e a consultora organizacional, Cris Olival

cooperar efetivamente e lidar com conflitos de forma construtiva”, citou. A consultora acrescentou que o ser humano é visto como a verdadeira vantagem competitiva das empresas. “Somos a chave do sucesso ou do fracasso das estratégias inovadoras de uma organização. A tecnologia é importante, mas no fim, são as pessoas quem dão vida para esses aspectos. Além disso, trabalhamos com serviços e precisamos ter proximidade com o lado humano”. Cris ainda apresentou a todos uma carta elaborada pelos colaboradores “Encontrei aqui a oportunidade que eu não tinha em outros locais nos quais trabalhei, pois a empresa acreditou em meu potencial desde o início. Participei de vários coachings com a Cris Olival, que me proporcionaram muito amadurecimento profissional, mas reconheço que meu crescimento dependeu muito da minha dedicação. Agora que tenho uma nova responsabilidade como gerente de operações, farei de tudo, juntamente com a equipe, para alcançarmos o objetivo traçado”, Vitor Cavalhero

Renata Vieira e Fábio Simões. Após terem perdido o prazo para se inscrever no evento, os dois não mediram esforços para conseguir estar presentes e tiveram a iniciativa de escrever uma carta para a organização do encontro, solicitando a inscrição. “Queria muito participar, pois acredito e quero fazer parte do crescimento da empresa”, contou Renata. Para Cris essa é a diferença. “É de profissionais assim que as organizações precisam. Dessa forma mostramos se queremos fazer parte da equipe ou não”. Ao final, todos assinaram um banner com a frase: Vou fazer minha estrela brilhar em 2009. “O convite foi feito e está na mão de vocês. Vamos escrever a nossa história”, finalizou Elza.

Durante o evento, os colaboradores foram convidados a escrever suas metas para 2009 5


ACONTECEU

Marinho Despachantes recebe Prêmio Empreendedor Brasil

A Marinho Despachantes teve início há 40 anos, graças ao espírito empreendedor de seu fundador, Mario Abicalan. Com ousadia e coragem, o jovem buscou sua emancipação para investir no sonho de ter o próprio negócio. E é por causa dessa história marcada por iniciativa e sucesso, que a Marinho Despachantes foi uma das mais de vinte empresas homenageadas no prêmio

Empreendedor Brasil, na categoria “Pioneirismo e Empreendedorismo”. A cerimônia de premiação foi promovida em 25 de novembro, no Buffet Baiúca Rebouças, em São Paulo, pela Brasil Notícias Editora e Comunicação Empresarial. Empresas de diversos setores e que apresentam resultados satisfatórios ao desenvolvimento da economia brasileira foram selecionadas para o evento. “O Prêmio Empreendedor Brasil é um reconhecimento para líderes de mercado, pioneiros e empresas que inovaram e hoje estão em destaque”, explicou o editor da Brasil Notícias Editora e Comunicação Empresarial, João Carlos Labruna. Para a diretora de negócios da Marinho Despachantes, Elza Aguiar, essa premiação é um incentivo para que a empresa continue empreendendo. “Sempre acreditamos em nossas idéias e procuramos colocá-las em prática”, disse Elza.

Palestra destaca empreendedorismo Ainda durante o Empreendedor Brasil, o consultor Antônio Carlos Teixeira ministrou uma palestra sobre o tema da premiação. Segundo Teixeira, o empreendedor é aquele que, com criatividade, consegue ver oportunidades em momentos de crise. “Essa é a hora de inovar, oferecer o ‘algo a mais’ e criar diferenciais competitivos, pois os consumidores estão cada vez mais exigentes. Ter visão empreendedora é pensar em algo que ainda não exista”. Ainda de acordo com Teixeira, o empreendedor precisa estar atento ao mercado em que ele atua e a todos os outros. “Também é necessário conhecer muito bem nossos concorrentes e seus produtos, e nos questionar sobre quais idéias podemos ter, para sermos os melhores. E mais importante do que ter invenções empreendedoras, é colocá-las em prática”.

Aconseg completa cinco anos e realiza jantar comemorativo A Associação das Empresas de Assessoria e Consultoria de Seguros do Estado de São Paulo (Aconseg) realizou um jantar em novembro de 2008 para comemorar os cinco anos de atividades da entidade. No evento, promovido em um tradicional hotel da capital paulista, estiveram presentes presidentes de seguradoras e corretores de seguros. “A Aconseg-SP reúne 26 assessorias no Estado, com uma produção estimada em R$ 500 milhões. Nossa função é ser o elo entre seguradoras e corretoras de seguros, com efetiva prestação de serviços a ambas”, disse o presidente da Aconseg, Luiz Gustavo Miranda de Sousa. 6

A Marinho Despachantes também foi convidada, como empresa prestadora de serviços. “Nosso primeiro contato com o presidente da Aconseg aconteceu durante o café da manhã que realizamos no ano passado em parceria com a Câmara dos Corretores. Depois disso, iniciamos um relacionamento com ele”, explicou a diretora de negócios da Marinho Despachantes, Elza Aguiar, que acrescentou. “Nosso objetivo é firmar uma parceria para atingir os 6 mil corretores atendidos pela entidade e divulgar o Doc Fácil Corretor, nosso serviço exclusivo a esse público”.

O presidente da Aconseg, Luiz Gustavo Miranda de Sousa, entre o colaborador Vitor Cavalhero e Elza Aguiar


EDUCA DOC E TRÂNSITO

A partir desta edição do Panorama, o advogado, professor universitário, corregedor, presidente da Comissão de Assuntos e Estudos do Direito do Trânsito da OAB-SP, e um dos autores

do ante Projeto do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), Cyro Vidal, terá esta seção fixa no informativo, para tratar diferentes assuntos ligados ao trânsito. Nesta edição, ele, que também foi

delegado de polícia por 36 anos e diretor do Detran SP entre 1979 e 1995, aborda os acidentes de trânsito e os possíveis recursos para diminuir esse problema.

Qual é a Solução?

Cyro Vidal

Uma pergunta que costumeiramente é feita se refere ao motivo do grande número de pessoas mortas no trânsito brasileiro. Os números são assustadores e muito maiores do que os das guerras registradas em pontos diversos do nosso planeta. No Iraque, por exemplo, nestes anos de batalha foram registrados pouco mais de 2 mil óbitos de soldados americanos. Em 2006, segundo dados oficiais do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), morreram cerca de 35 mil pessoas em acidentes viários no Brasil. O assunto é tão preocupante que o jornalista Marc Tawil escreveu um pequeno grande livro sob o título “Trânsito Assassino. As mortes aumentaram. Ninguém liga”, cujo conteúdo espelha a realidade do caos no trânsito nacional.

ACONTECEU

O Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea), órgão do Governo Federal, afirmou recentemente que os custos anuais com acidentes de trânsito no Brasil ficam em torno de R$ 28 bilhões, previsão esta confirmada pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP). As duas entidades prestam excelentes serviços ao país. Por ano, são 400 mil feridos e 100 mil pessoas com deficiências temporárias ou permanentes. Até quando? Embora as estatísticas nomeadas não tenham cunho científico adequado, tendo em vista que se tratam de dados obtidos no local do acidente, não existindo acompanhamento posterior, não margeia dúvida que estão próximas da verdade, talvez, até mesmo abaixo do que realmente acontece. De acordo com o manifesto “Pela Paz no Trânsito”, como afirmou a jornalista Luciana Nanci, um acidente com morte é registrado a cada 13 minutos no país. A região metropolitana de São Paulo é uma megametrópole com aproximadamente 19 milhões de habitantes em seus 39 municípios, estando em 5º lugar entre os maiores aglomerados humanos do mundo, atrás de Tóquio, Nova York, Cidade do México e Mumbai.

Somente nas vias públicas da capital paulista, com cerca de “11 milhões de almas”, são registradas 4,3 mortes por dia, das quais 1 envolve o condutor ou o passageiro de veículo, 1,3 ocorre com motoqueiros e 2 acontecem com pedestres. Buscam-se soluções empíricas para o morticínio no trânsito, esquecendo-se que atitudes pontuais não resolvem o problema. Trânsito significa educação, planejamento, execução do planejamento e fiscalização. No mundo moderno e principalmente nas grandes cidades, não adianta somente adotar medidas paliativas, como por exemplo as “blitz” policiais. As barreiras fiscalizadoras são necessárias mas, com o tempo, são desgastantes e de resultado menor. Veja-se, como exemplo, a fiscalização da “Lei Seca”, já agora caindo na rotina. O Código de Trânsito Brasileiro, no capitulo VI, como direito e obrigação, diz que a Educação para o trânsito é um dever prioritário a ser adotado pelos componentes do Sistema Nacional de Trânsito (artigos 74 e 79). A letra da Lei é excelente, mas e a sua aplicação? É por isso que o Código de Trânsito deve passar por revisão redatorial, tratando, por exemplo, do comportamento dos motociclistas, da penalização menos severa e do destino público rigoroso do produto arrecadatário das multas lavradas.

Elza Aguiar na Rádio Imprensa

Em setembro e em novembro de 2008 a diretora de negócios da Marinho Despachantes, Elza Aguiar, foi a entrevistada do programa “A Grande Jornada Pelo Mundo dos Seguros”, pelo locutor, corretor de seguros e presidente da Câmara dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo, Pedro Barbato Filho.

Na primeira vez em que esteve no programa, que vai ao ar às 7h pela rádio Imprensa FM (102,5MHz), Elza falou sobre os serviços que a Marinho Despachantes oferece para os diversos segmentos em que a empresa atua. Já na segunda ocasião, a diretora abordou especificamente os serviços prestados para o mercado segurador.

Pedro Barbato e Elza Aguiar no estúdio da Rádio Imprensa, em SP

7


ASA - AÇÃO, SOLIDARIEDADE E AMOR

Campanha da Marinho Despachantes arrecadou mais de 3 toneladas de alimentos Em dezembro, o Comitê de Qualidade da Marinho Despachantes realizou uma campanha para arrecadar mantimentos. A ação é promovida anualmente na empresa. Como em 2007 a Marinho Despachantes conseguiu angariar mais de meia tonelada de doações, para 2008 a meta estabelecida foi 700 quilos de alimentos. “A campanha superou, e muito, as expectativas da empresa, pois para a surpresa de todos, coletamos quase cinco vezes a quantidade estipulada. No total, foram arrecadadas três toneladas e 375 quilos de alimentos”, revela Alessandra Midori Tahira, do Comitê de Qualidade da Marinho Despachantes. Todas as doações foram divididas em várias cestas básicas e a distribuição aconteceu em 15 de dezembro. O Comitê de Qualidade da Marinho Despachantes e outros colaboradores levaram os mantimentos às seguintes instituições, selecionadas pela empresa: Vila dos Idosos, Comunidade do Pari, Instituto Chama, Asilo Lar da Vila Medeiros, Igreja Santo Antônio do Pari e Família Quaresma. “Acredito que tenha sido uma troca, uma vez que levamos algumas

cestas básicas e trouxemos muita paz em nossos corações, ao ver satisfação e alegria naqueles rostos. Isso faz com que a gente sinta-se mais humano e aprenda, a cada dia, a dar mais valor para tudo na vida”, diz o colaborador Edson Mendes Costa. Também para o colaborador Felipe Duarte Conceição foi importante presenciar a alegria de diversas pessoas e

levar solidariedade a quem necessita. “Ver a felicidade em cada rosto que recebeu as doações conseguidas com empenho, dedicação e amor foi muito gratificante. Espero que com esta motivação outras pessoas também tenham o mesmo sentimento e ajudem os menos favorecidos. Vale a pena ressaltar também todo o trabalho em equipe que realizamos, pois a união faz a força” .

Alguns colaboradores foram escolhidos para fazer a entrega das doações, junto com o Comitê de Qualidade

LEGISLAÇÃO

Marinho Despachantes facilita o pagamento do IPVA Todo começo de ano é igual. São contas e mais contas para se pagar e quem é proprietário de veículo já sabe: essa é também a época de acertar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). E como já é de costume, o imposto pode ser pago em janeiro, à vista, com desconto de 3%. Os que decidirem pagá-lo à vista em fevereiro, perdem o desconto. A última opção é fazer o parcelamento do IPVA em janeiro,

fevereiro e março, também sem desconto. Mas para obter facilidade na hora de cuidar de toda a documentação do veículo, basta entrar em contato com a Marinho Despachantes pelo e-mail docfacil@marinhodespachantes.com. Segundo a Secretaria da Fazenda de São Paulo, o valor do IPVA para carros a gasolina, bicombustível e picapes cabine dupla é de 4% sobre o valor venal do veículo, e de 3% para automóveis a álcool ou gás.

Os utilitários com cabine simples, ônibus, micro-ônibus, tratores e motocicletas pagam 2%, caminhões 1,5% e os veículos com mais de 20 anos de fabricação são isentos. Veja abaixo a tabela com os valores venais de veículos utilizada no cálculo do IPVA 2009. Para obter mais informações sobre o IPVA e conferir a tabela de vencimentos, acesse o site www.fazenda.sp.gov.br.

O informativo PANORAMA é uma publicação trimestral da Marinho Despachantes - Rua Rio Bonito, 1088/1110 - Pari - 03023-000 - São Paulo - SP - (11) 4081-3922 Edição: Press Office Comunicação Integrada • Jornalista Responsável: Ana Claudia Fagundes - MTB 38212 Produção e Diagramação: Verbo Comunicação • Tiragem: 45.000 exemplares. PARTICIPE ENVIANDO COMENTÁRIOS E SUGESTÕES: panorama@marinhodespachantes.com 8 ESTE INFORMA TIVO É IMPRESSO EM P APEL 100% RECICLADO. RESPONSABILIDADE PÓS-CONSUMO DA MARINHO DESP ACHANTES. INFORMATIVO PAPEL DESPACHANTES.

panorama 23 - 01/01/2009  

Marinho DespachantesMarinhoDespachantesMarinhoDespachantesMarinhoDespachantesMarinhoDespachantes arrecada alimentosarrecadaalimentosarrecada...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you