Page 1

PANORAMA Edição Nº 15 - janeiro/fevereiro/março - 2007

Assessoria e Consultoria Técnica de Documentos

Vai viajar? Saiba quais são os documentos obrigatórios e os cuidados necessários antes de pegar a estrada Página 7

ATENÇÃO MO AS! MOTTOCICLIST OCICLISTAS! Regras para o uso do capacete mudam a partir de maio

Página 6

ÁLCOOL X DIREÇÃO

CHEGOU A HORA DO IPV A IPVA

EXPECT ATIV AS EXPECTA TIVAS ANO NOVO

Pesquisas mostram que um terço dos motoristas bebem antes de dirigir

RETROSPECTIV A RETROSPECTIVA PROMOÇÃO BUENOS AIRES Marinho Despachantes levou quatro casais à capital argentina

Veja quando e como pagar o imposto obrigatório

Marinho Despachantes é mais em 2007

Página 3

Páginas 4 e 5

Página 6

Página 8

www.marinhodespachantes.com


ENTRE NÓS

SEM ÉTICA NÃO HÁ SUCESSO A ética deve ser o alicerce de qualquer empresa que deseja ter sucesso. Ainda mais no ramo de despachantes, em que lidamos com documentos pessoais dos clientes e fazemos a intermediação entre eles e o Poder Público. Em latim ethica ou em grego ethike, o significado é a mesmo: ética quer dizer ciência da moral, uma disciplina filosófica que tem por objeto os estudos de julgamentos de valor, na medida em que estes se relacionam com a distinção entre o bem e o mal. Ou seja, somente tendo conhecimento da ética é que temos consciência da nossa conduta humana, que pode ser boa ou ruim, seja ela relativa a uma determinada sociedade ou de um modo absoluto. Portanto, as empresas não podem, em

nenhum momento, esquecer que têm de agir de forma ética, principalmente porque nelas trabalham pessoas que têm como exemplo as atitudes de seus dire-

tores e demais colegas de trabalho. Uma empresa que não age eticamente não pode cobrar lealdade de seus colaboradores que, conseqüentemente, não terão a obrigação de valorizar os clientes, a principal riqueza de qualquer empreendimento. A Marinho Despachantes está há quase 40 anos no mercado, adaptando-se às mudanças constantes na sociedade e na legislação brasileira de trânsito, principal condutor ético do setor. Agindo assim, nosso sucesso hoje reflete-se em números – são milhares de clientes em todo o país, mais de 100 colaboradores, dezenas de soluções para nossos clientes e várias ações de pioneirismo e de responsabilidade social. Mário Abicalam Presidente da Marinho Despachantes

PANORAMA ACOMP ANHOU O MAIOR ENCONTRO DE CORRET ORES DE SEGUROS ACOMPANHOU CORRETORES

XII CONEC reuniu cerca de 850 convidados

Temas de interesse dos corretores de seguros, como concorrência desleal, venda casada de seguro e impacto do aumento dos crimes patrimoniais (furtos e roubos) nos negócios do segmento, estiveram na pauta dos debates do 12º Congresso dos Corretores de Seguros (Conec), realizado setembro no Centro de Convenções do Anhembi. E o Panorama, como informativo da Mari-

2

nho Despachantes, que tem grande parcela de clientes formada por esse público, não pôde deixar de registrar o maior encontro anual da categoria. No evento estiveram presentes quase 7 mil convidados, entre eles o ex-governador de São Paulo Cláudio Lembo, e o prefeito da capital, Gilberto Kassab, além de outros 850 prestadores de serviços. Para a diretora de Negócios da Marinho

Despachantes, Elza Aguiar Nogueira, o Conec, mais uma vez, como dito pelo presidente do Sincor, Leôncio Arruda, cumpriu o objetivo de mostrar o nível de evolução dos profissionais e das tendências de mercado. “Nós da Marinho Despachantes, que prestamos serviços a importantes companhias seguradoras, cumprimentamos o Sincor pela organização do evento que já é sinônimo de sucesso”.


PESQUISAS MOSTRAM AL ALTTO NÚMERO DE MO AS ALCOOLIZADOS MOTTORIST ORISTAS Que álcool e direção é uma combinação perigosa, isso todo mundo já sabe. E não é uma dedução, é uma realidade constante mente mostrada na mídia e

também por estatísticas. De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Detran), 70% dos condutores mortos em acidentes com veículos haviam ingerido bebida alcoólica. Mesmo assim, falta conscientização por parte de muitos que assumem o volante. Na Semana Nacional do Trânsito, realizada em setembro, equipes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do Rio de Janeiro realizaram 1.250 testes do bafômetro, entre 20h e 2h da madrugada. A constatação foi de que 85% dos motoristas não tinham condições de dirigir. Em novembro e dezembro, foi a vez da capital paulista. Uma série de blitze pedagógicas realizadas pela Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas (UNIAD) da Universidade Federal Paulista (Unifesp), Sindicato dos Corretores de Seguros de São Paulo e Prefeitura Municipal, também mediram o teor alcoólico dos motoristas em bares e casas noturnas da cidade. O resultado parcial da pesquisa mostrou que um terço das 2,5 mil pessoas entrevistadas durante vários finais de semana continham álcool no sangue. Estudos semelhantes também foram feitos em Belo Horizonte (MG), Vitória (ES), Santos (SP) e Diadema (SP). Nessas cidades, entre 18% e 20% dos condutores abordados apresentaram alcoolemia superior ao permitido pelo código Nacional de Trânsito, que é de 0,06 gramas por litro de sangue. Segundo Sérgio Duailibi e Ronaldo Laranjeira, coordenadores da pesquisa, o Brasil é o quarto produtor mundial de destilados e o álcool está diretamente relacionado a,

Blitz Pedagógica - 1/3 dos motoristas continham álcool no sangue

pelo menos, 10% do total de causas de morbidade e de mortalidade gerais do país. Para o presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros de São Paulo – Sincor, Leôncio de Arruda, a legislação pode ser um pouco mais rígida, mas a questão é mais complexa. “O Brasil detém o primeiro lugar do mundo no consumo de cachaça e suas variações e é o quinto maior produtor de cerveja, sendo que só a Ambev produz 35 milhões de garrafas por dia. Outro ponto preocupante: a idade em que o adolescente começa a tomar álcool está cada vez menor, com a média atual em 13 anos. Além disso, existe um detalhe que é chamado pelos psicólogos de distanciamento da consciência crítica. Isso gera afirmações como ‘comigo não vai acontecer nada’, ‘depois de beber dirijo melhor’ e outras colocações do gênero”, ressaltou Arruda. Algumas regras que já começaram a ser mudadas podem dar um novo direcionamento à questão do uso

do álcool por motoristas no Brasil. Em novembro do ano passado, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), estabeleceu novos requisitos para certificar ou caracterizar o consumo de álcool ou substâncias de efeito análogo. Segundo a Lei 11.275 ao artigo 277 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), mesmo que o condutor se recuse a fazer o teste do bafômetro, exames ou perícias, sinais notórios de embriaguez como sonolência, irritação, odor de álcool no hálito, agressividade, exaltação, euforia, dispersão, dificuldade de equilíbrio, entre outros, poderão ser utilizados como provas no ato da infração. Mas o ideal é nunca esquecer aquele slogan já bem conhecido, mas que vale a pena ser lembrado, sempre. “Se beber, não dirija. Se for dirigir, não beba”. Principalmente porque, na maioria das vezes, o motorista não está sozinho e, portanto, é responsável por mais vidas além da dele.

3


RETROSPECTIVA

PROMOÇÃO BUENOS AIRES LEVOU 4 CLIENTES ACOMPANHAD Sheila Garcia, Célio Abranches e Cristina Ruiz Alavask não são apenas nomes. São clientes da Marinho Despachantes, sorteados na promoção Buenos Aires. Quando se inscreveram, alguns acreditaram que realmente iam ganhar, outros, mais céticos, fizeram a inscrição mais para atualizar o cadastro de cliente. Mas, enfim, todos eles foram sorteados e puderam conhecer gratuitamente, pela primeira vez e junto com um acompanhante, a capital do tango. “Gostei de toda a viagem, é muito difícil eleger apenas um passeio preferido. Mas o que mais me chamou a atenção foram a tranqüilidade e a segurança da noite argentina”, conta a gerente de sinistros da AON Consultores de Seguros e Benefícios, Sheila Garcia, a terceira ganhadora da promoção, que viajou no início de novembro acompanhada do namorado Antonio Vitorino da Silva.

4

A promoção “A Marinho Despachantes leva você e um acompanhante a Buenos Aires” foi lançada no início de 2006. Durante todo o ano, foram realizados quatro sorteios: em maio, setembro e novembro, sendo o último em 29 de dezembro, quando foi sorteada a Homezinda Carvalho Flores. O professor Célio Abranches realizou um verdadeiro sonho ao ser sorteado. “Nunca tinha viajado para o exterior, então aproveitei a oportunidade para fazer uma nova Lua de Mel”, conta. A esposa dele, Maria Cecília Colaço de Almeida, ficou encantada com a viagem. “Parecia que estávamos no Moulin Rouge, Las Vegas ou Brodway. Voltamos para o hotel com o brilho da noite nos olhos!”, descreveu Cecília. A corretora Cristina Ruiz Alavaski ficou até emocionada quando recebeu a notícia de que havia sido a primeira sorteada da promoção. “Nunca tinha ganhado nenhuma

promoção antes. A felicidade foi tanta, que quase não consegui fazer prova à noite na faculdade”. Junto com o noivo Antonio Abellan Junior, ela aproveitou três dias na capital argentina e se divertiu em um show de tango com jantar. “Essa foi a melhor parte da viagem, um espetáculo lindo com dançarinos de tango, assistido por 1500 pessoas”, disse Cristina, que também ficou encantada com a arquitetura de Buenos Aires, além da cultura e hospitalidade do povo argentino. O objetivo da campanha, segundo a diretora de negócios da empresa, Elza Aguiar Nogueira, “foi criar um mecanismo de incentivo para que os próprios clientes atualizassem seus dados”. Para participar, era preciso preencher o cadastro promocional enviado pelo Panorama no lançamento da promoção, e disponibilizado no site da Marinho Despachantes. “A atualização dos dados é importante para que possamos manter nossos clientes informados sobre vencimentos da CNH, IPVA, licenciamento e outros, ajudando-os a evitar multas e constrangimentos”, sintetiza Elza. Por e-mail, a empresa também mantém os clientes atualizados sobre mudanças na legislação de trânsito. Tudo por conta da Marinho Despachantes, que investe sempre em soluções e novidades tecnológicas para facilitar a vida e o trabalho de seus clientes. Acesse www.marinhodespachantes.com e tenha o melhor serviço de despachantes do país. Sheila Garcia, 3ª ganhadora da promoção, com o namorado Antônio Vitorino da Silva


OS PARA A CAPITAL DO TANGO

Maria Cecília e Célio Abranches, 2º ganhador da promoção

Cristina Ruiz Alavask, 1ª sorteada

PESQUISA A VALIOU DESEMPENHO AV DA MARINHO DESP ACHANTES DESPACHANTES A promoção “A Marinho Despachantes leva você e um acompanhante a Buenos Aires” serviu como termômetro para medir a qualidade dos serviços oferecidos pela Marinho Despachantes. Ao preencher o questionário promocional, os clientes também avaliaram o atendimento e o conteúdo do Panorama. Foram mais de mil participantes, de vários Estados brasileiros. As mai-

ores participações foram de São Paulo, Minas Gerais e Paraná, respectivamente. Do total, 69% dos entrevistados eram homens e 65% já utilizam os serviços da Marinho Despachantes. A maioria (58%) cadastrou-se por e-mail, e 94% dos participantes são habilitados. O atendimento prestado pela Marinho Despachantes foi avaliado como ótimo por 53% bom para 21%.

A interação serviu também para colher sugestões. O conteúdo do Panorama, por exemplo, que foi avaliado como ótimo por 38% e bom por 48%, seguirá a linha de pautas sugeridas pelos participantes. Entre os assuntos mais solicitados estão vários já tratados no informativo, como legislação e documentação de veículos, seguros e orientações sobre trânsito.

5


CHEGOU A HORA DO IPV A IPVA O ano começa e os paulistas já têm que arcar com um aumento de 6,5% no IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). Segundo a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, a variação deve-se ao aumento nos valores venais de mercado dos veículos, que dependem da marca, modelo e ano. Mas a alíquota continua fixa, como a de anos anteriores. Para modelos à gasolina ou bicombustíveis e picape de cabine dupla, cobra-se 4% do valor venal. Carros a álcool ou gás pagam 3%. Utilitários de cabine simples,

Automóveis

ônibus, microônibus, tratores e motocicletas têm alíquota de 2% e caminhões, de 1,5%. Já os veículos com mais de 20 anos de fabricação são isentos. Proprietários de veículos zero quilômetro também têm desconto de 3%, desde que o pagamento do IPVA seja integral e efetuado até o quinto dia útil posterior à data de emissão da nota fiscal. A frota tributável para 2007 é de aproximadamente 10,6 milhões de veículos. Com o aumento, o governo paulista deve arrecadar R$ 5,5 bilhões em 2007 com o pagamento do IPVA, R$ 3 milhões a mais

Cota única com desconto ou 1a parcela

que em 2006. Pagamentos O contribuinte tem três opções para fazer o pagamento do IPVA: em janeiro, à vista, com desconto; em fevereiro, à vista, sem desconto; ou em três parcelas, sem desconto, com vencimentos em janeiro, fevereiro e março. Quem pretende conseguir o desconto de 3%, deve ficar atento às datas de pagamento em parcela única em janeiro. Programe seu pagamento, de acordo com a tabela abaixo:

Cota única sem desconto ou 2a parcela

3a parcela

Placa final

Janeiro

Fevereiro

Março

1 2 3 4 5 6 7 8 9 0

10 11 12 15 16 17 18 19 22 23

12 13 14 15 16 22 23 26 27 28

12 13 14 15 16 19 20 21 22 23

Para o pagamento parcelado de IPVA de caminhões, as cotas vencem em março, junho e setembro. Valor venal A apuração do valor venal, que serve de base para o cálculo do IPVA de 2007, foi feita por meio de pesquisa de mercado realizada pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) em setembro, sob supervisão de técnicos da Secretaria da Fazenda.

Inadimplência Em 2005, a taxa de inadimplência do IPVA foi de 5%. Mas o atraso no pagamento do imposto resulta em multa 20%, mais juros. Se o pagamento atrasado ocorrer ainda durante o mês de vencimento, o juro é de 1%. Nos meses subseqüentes, os juros seguirão variação da

taxa Selic e, no mês de vencimento, aplica-se novamente juro de 1%. Quem não recolher o IPVA fica impedido fazer o licenciamento do veículo. Sem o licenciamento, o veículo pode ser apreendido em bloqueios policiais ou em caso de acidentes de trânsito.

MO A DEVE FICAR A TENT O ÀS NOV AS REGRAS PPARA ARA USO DE CAP ACETE MOTTOCICLIST OCICLISTA ATENT TENTO NOVAS CAPACETE Motociclistas e garupeiros agora têm de se preocupar ainda mais com o capacete, item de segurança obrigatório e indispensável para quem gosta de andar sobre duas rodas. É que a partir de maio passa a valer a Resolução 203 do Contran – Conselho Nacional de Trânsito - que determina novas regras para o equipamento. A primeira delas é que todo capacete deve possuir o selo de certificação expedido pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualida-

6

de Industrial) ou outro organismo credenciado. Faixas refletivas de segurança, com pelo menos 18 centímetros quadrados, devem ser colocadas nas laterais e na parte traseira do capacete, para ajudar a aumentar a visibilidade do motociclista no trânsito, principalmente à noite. A viseira também passou a ser outro item obrigatório. Para uso noturno, ela deve ser do padrão cristal. E se o capacete não possui viseira, quem protege os olhos são os óculos de segurança, aqueles que

podem ser utilizados simultaneamente com os óculos de sol ou corretivos. No entanto, nenhum desses pode substituir os óculos de proteção. Andar por aí com capacetes que não estejam de acordo com a nova Resolução pode ser perigoso e até mesmo causar prejuízos. Além da multa de R$ 191,54, descumprir a norma é considerada infração gravíssima, que prevê a suspensão do direito de dirigir e o recolhimento da Carteira Nacional de Habilitação.


PREP ARESE PPARA ARA PEGAR A ESTRAD A PREPAREARE-SE ESTRADA O começo do ano é um dos períodos preferidos para quem gosta de viajar. Com a criançada em férias escolares, fica mais fácil e divertido seguir rumo a um bom destino.E se você é um desses aventureiros, lembre-se que, antes de colocar o pé na estrada, é preciso tomar alguns cuidados para que nada atrapalhe o seu roteiro.Primeiramente, verifique se os documentos pessoais – mesmo de crianças - e do veículo estão em ordem. Quem vai dirigir tem de ter sempre às mãos a Carteira Nacional de Habilitação e o Certificado de Registro e Licenciamento Anual (CRLV) em dia. E fique atento! Com a mudança estabelecida na Legislação de Trânsito em novembro do ano passado, a cópia do licenciamento só será aceita até 15 de abril. Depois disso, só valerá a apresentação do documento original, e o descumprimento dessa norma poderá acarretar em multa de R$ 53,20, três pontos na CNH e a retenção do veículo até a apresentação do documento. Com essa nova regra, deixam de ser de porte obrigatório os comprovantes do Imposto sobre

Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), já que ambos são necessários para a emissão do CRLV. Quem for dirigir tem de estar com o corpo descansado. Mas se no meio do caminho o sono persistir, o melhor a fazer é parar em local seguro para esticar o corpo e caminhar. O recomendável é parar para descansar a cada duas horas. E ainda não acabou. Tem também os cuidados com o veículo, que devem começar com a revisão das partes mecânica e elétrica, como freios e luzes. O cinto de segurança é outro importante item a ser checado, pois todos os ocupantes do carro têm que utilizá-lo. A revisão só termina no posto de combustível. Na hora de abastecer, aproveite para calibrar os pneus (que não podem estar carecas), conferir o nível do fluido do radiador, o óleo (do motor e dos freios) e a água para o limpador de párabrisa. Depois de tudo isso, é só pegar as malas e boa viagem!

Documentação em dia e revisão no veículo fazem parte de uma viagem segura

DICAS PPARA ARA UMA VIAGEM SEGURA Na estrada a atenção deve ser redobrada, principalmente em épocas de férias e feriados prolongados, quando o fluxo de veículos aumenta consideravelmente. Se pegar uma chuva pelo caminho, cuidado com a aquaplanagem, que acontece quando o pneu perde o contato com a pista, por conta de uma grande quantidade de água na estrada. Por isso é importante não utilizar pneus carecas, que têm mais chances de escorregar. Numa situação dessas, olhe pelo retrovisor. Se o seu carro não deixar marcas visíveis dos pneus na pista, reduza aos poucos a velocidade, sem pisar no freio bruscamente. Se o clima for de neblina, ligue o farol baixo, não corra e preste atenção na sinalização da pista, mantendo sempre distância segura do veículo à frente. Só pare fora da rodovia, postos de combustíveis ou local de atendimento ao usuário da rodovia. Use o acostamento em caso de emergência, sempre sinalizando adequadamente e depois saia do veículo. Jamais use o farol alto, que pode prejudicar a visão de outro motorista. Caso cruze com um carro com farol alto, evite olhar diretamente para as luzes, concentrese na pista à frente e oriente-se pelas faixas de sinalização. E lembre-se! Ultrapasse apenas em trechos seguros pela faixa esquerda. Mais informações sobre as concessionárias das rodovias e praças de pedágios no site www.abcr.org.br.

Fontes: Legislação - Departamento Nacional de Trânsito – www.denatran.gov.br Dicas - Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias - www.abcr.org.br

7


MUIT O MAIS EM 2007 MUITO “Soluções inovadoras para todos os segmentos”. Isso é o que Marinho Despachantes irá oferecer agora em 2007, ano em que completa 39 anos de experiência no ramo de despachantes. De acordo com a diretora de negócios da empresa, Elza Aguiar Nogueira, os investimentos serão feitos em todas as áreas de atendimento ao cliente. “Vamos lançar novos produtos e serviços para as seguradoras, corretores de seguros, instituições financeiras e também para nossos clientes pessoas físicas”, explica Elza. Vários serviços serão reformulados para ficarem ainda mais ágeis e eficientes. Mudanças que poderão ser

percebidas também no visual de toda as peças publicitárias da empresa, com uma nova campanha que será lançada nos próximos meses. “Estamos investindo também na imagem da Marinho Despachantes, que tem como objetivo oferecer sempre algo a mais para os clientes”, sintetiza Elza. O Educa Doc, programa de responsabilidade social da Marinho Despachantes, também receberá atenção especial. “Queremos oferecer mais vagas e melhorar o espaço de treinamento”, diz Elza. Desde que foi lançado, há quase dois anos, o Educa Doc já ofereceu treinamento gratuito sobre legislação de trânsito e documentação de ve-

Elza Aguiar Nogueira - diretora de negócios da Marinho Despachantes

ículos para mais de 400 pessoas, e grande parte delas foram contratadas para trabalhar na Marinho Despachantes. Melhorias que irão facilitar ainda mais a vida de milhares de clientes em todo o país e reforçar a posição da Marinho Despachantes como a maior empresa brasileira no segmento.

REQUERIMENT O DEST ACA A A TUAÇÃO D A MARINHO DESP ACHANTES REQUERIMENTO DESTACA ATUAÇÃO DA DESPACHANTES A Câmara Municipal de São Paulo aprovou requerimento de votos decongratulações à Marinho Despachantes,“ pelo excelente tra-

balho desenvolvido, bem como pela contribuição no desenvolvimento da cidade”. A iniciativa do vereador Adilson Amadeu, subscrita por

mais 29 parlamentares, destaca a atuação do empresário Mário Amim Abicalan, diretor da Marinho Despachantes.

O informativo PANORAMA é uma publicação trimestral da Marinho Despachantes. Edição: Press Office Comunicação Integrada • • Produção e Diagramação: Meghaplan Planejamento Propaganda Marketing • Impressão: Fazio Gráfica • Tiragem: 40.000 exemplares. PARTICIPE ENVIANDO COMENTÁRIOS E SUGESTÕES: panorama@marinhodespachantes.com ESTE INFORMA TIVO É IMPRESSO EM P APEL 100% RECICLADO. RESPONSABILIDADE PÓS-CONSUMO DA MARINHO DESP ACHANTES. INFORMATIVO PAPEL DESPACHANTES.

panorama 15 - 01/01/2007  

Edição Nº 15 - janeiro/fevereiro/março - 2007 Página 7

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you