Issuu on Google+

junho 2011 número IX

Jornal Escolar da Escola Básica da Marinheira, Madeira

EDITORIAL

Editado de acordo com o NAO (Novo Acordo Ortográfico) Aproxima-se o desfecho de mais um ano letivo. Ficam recordações, lembranças e relações, de interajuda saudáveis que irão, seguramente, deixar saudade. No entanto, contento-me por rematarmos, esta fase final, com a sensação de “dever cumprido”. A criatividade, a entrega, o espírito de EDUARDA SILVA equipa, as relações interpessoais positivas Diretora da EB1/PE Marinheira e a satisfação social foram evidentes entre os membros da comunidade escolar. Estes fatores contribuíram, certamente, para a ativação da motivação laboral e pessoal de cada ator educativo. Foi, igualmente, notável a motivação de toda a equipa inserida nesta Comunidade Educativa do estabelecimento, tendo-se empenhado em função dos objetivos traçados de forma a atingir o máximo de produtividade. Nem sempre o caminho foi de fácil percurso, pois deparamo-nos com algumas dificuldades. No entanto, com poder de decisão, confiança, comprometimento e motivação conseguimos superá-las com sucesso. É por esta convivência diária da qual muito usufruo e me orgulho, que venho deixar o meu apreço, agradecendo a toda a organização da EB1/PE da Marinheira, pela contribuição, empenhamento, mas sobretudo pela motivação demonstrada e o enorme interesse na progressão dos alunos, de forma a torná-los cidadãos conscienciosos. Saliento ainda, o esforço incessante, por parte de todos nós, na influência sobre os alunos para que estes se interessem pelas aulas, estejam atentos, participem, apresentem comportamentos adequados e obtenham bons resultados escolares. É a todo este núcleo dinâmico, que desejo prestar um simbólica homenagem: - à professora Lucília Neves, subdiretora, que na minha ausência assumiu as tarefas da direção com muita responsabilidade, amor e dedicação, não lhe retirando o mérito aquando da minha chegada, pois manteve-se sempre disponível para colaborar; - às educadoras (Ana Isabel Pereira, Sandra Bicho, Mara Sousa e Cristina Rossas) que foram responsáveis por inúmeras atividades educativas, a nível individual e de grupo, com vista à promoção e incentivo do desenvolvimento físico, psíquico, emocional e social das crianças; - aos professores titulares de turma (Eusébio Silva, Zélia Henriques, Águeda Pimenta, Fábio Martins, Sandra Costa e Idalina Silva) que serviram de ponte, ligando os seus alunos a diversos terminais (família, relações de amizade, educação, ensino e cidadania); - às professoras de Ensino Especial (Lúcia Fragoeiro e Lúcia Andrade) um agradecimento muito especial, por nunca terem desistido dos objetivos a que se propuseram e por valorizarem a parte humana interagindo com os alunos de forma compreensiva e atenta; - ao professor Eduardo Soeiro, coordenador das TIC, que dando uso às novas tecnologias divulgou intensamente o estabelecimento de ensino;

- ao professor Bruno Teixeira que, durante este ano letivo, assumiu o cargo de coordenador do projeto Eco-Escolas, o qual foi desempenhado com bastante dedicação, conseguindo envolver toda a comunidade escolar; - à professora de Inglês Patrícia Petiz que motivou os alunos a despertar para uma língua estrangeira. Escolheu atividades que respeitaram as motivações e interesses dos alunos, explorando o ensino desta disciplina através de um carácter lúdico, aliciante e adequado à faixa etária das crianças; - às professoras Paula Pratas e Marília Santos que com os seus trabalhos deram um brilho especial ao espaço físico da escola; - à técnica superior Mariela Brito que dinamizou e organizou a biblioteca e contribuiu para a melhoria do acervo; - ao professor José Manuel Silva que fez nascer o coro infantil do nosso estabelecimento de ensino; - ao professor André Reis, professor de Educação Física, que desenvolveu nas nossas crianças o espírito de competição saudável através de um projeto inovador: “Encontros inter-escolas”; - ao fisioterapeuta Vitor Martins e à psicóloga Lisandra Fernandes o meu reconhecimento pela gentileza e interesse que demonstraram no tratamento das crianças especiais; - presto um sentido agradecimento à equipa do pessoal não docente (Teresa Pestana, Humberto Cunha, Gorete Figueira, Alda Barros, Sandra Silva, Rosalina Silva e Graça Camacho) e às cozinheiras (Ana Ornelas, Natali Soares e Manuela Pestana) pela forma exemplar que têm vindo a desempenhar as suas funções, pela demonstração de disponibilidade, dedicação, lealdade, profissionalismo, eficácia e espírito de equipa. Com o vosso apoio conseguimos que objetivos a que nos propusemos fossem cumpridos; - às “nossas” crianças que são a razão da nossa existência enquanto profissionais de educação; Agrada-me registar, ainda, a importância da família no âmbito escolar. Tanto o educador como o núcleo familiar são parceiros na construção de valores, dos futuros homens de amanhã. Como tal, um apreço especial às famílias que fizeram questão em acompanhar o percurso escolar dos seus educandos em todos os momentos. Termino reafirmando que me sinto orgulhosa por fazer parte desta equipa de trabalho e aproveito para vos desejar umas boas férias, com merecido descanso. Bem-hajam.

Breves Aconteceu...

» ver PG. 2

Os Nossos Trabalhos...

Dia da Criança...

» ver PG. 6

Festa de Encerramento...» ver PG. 13

Eco-Escolas...

» ver PG. 7

Passeio Final...

» ver PG. 14

Visitas de Estudo...

» ver PG. 9

Últimas...

» ver PG. 15

» ver PG. 11


2  O Marinheiro

ACONTECEU

Dia da Mãe 29 de abril

Aqui na escola, não deixámos passar esta importante data em branco e realizámos um convívio entre os alunos e as suas mães. Foi emotivo! Os alunos prepararam atividades especialmente para as suas mães. Houve declamações de poemas, teatros, canções… A terminar a festa o Coro Infantil da Escola da Marinheira brindou-nos com quatro canções: Cantiga da Água, Al Shlosha D’Varim, De Colores e Adivinha Quanto Gosto de Ti, de André Sardet. Esta última, em especial, emocionou todos os presentes conseguindo levar às lágrimas muitas das mães e não só. Por fim, todos nos dirigimos às salas onde se realizou um lanche convívio entre mães e filhos.

Alfa na Marinheira 19 de maio

O Alfa, oriundo do planeta Maquineta, visitou a nossa escola para agradecer a participação no concurso de Carnaval. em que todas as turmas enfeitaram o Alfa. Foi uma visita muito agradável! O Alfa percorreu as salas, surpreendendo os alunos que não esperavam este seu amigo! Os alunos rodearam e cumprimentaram o Alfa, conversaram e brincaram com ele e até cantaram a sua canção. Foi muito divertido!

Jardinagem 30 de maio

Eu [Humberto] e o Inácio não queríamos trabalhar na sala. A professora Lúcia levou-nos até ao jardim da escola e perguntou se queríamos limpá-lo. Ficámos contentes e começámos logo a limpar. Tirámos as ervas e o lixo que alguns meninos deitam para o jardim. Depois com a ajuda do senhor Humberto, cavámos e plantámos flores, orégãos e segurelha. Por fim regámos. Os professores gostaram e nós ficámos muito contentes. Foi uma boa experiência. Texto elaborado por Humberto, Inácio, Débora Pestana, Débora Liliana e Hugo sob orientação da profª Lúcia Fragoeiro.


O Marinheiro  3

Pequenos Leitores... Grandes Escritores 8 de junho

Foi lançado no dia 8 de junho, no Centro Cultural John dos Passos, na Ponta do Sol, o livro Meninos de Hoje, Histórias para Sempre…, uma obra criada no âmbito do projeto intitulado Pequenos Leitores…Grandes Escritores. Este projeto foi desenvolvido pelas Técnicas de Bibliotecas Escolares da R.A.M., visando promover o interesse pelo livro e pela literatura infantil. Nesta obra, encontramos vários contos criados/recriados a várias mãos pelos alunos das escolas do 1º Ciclo da RAM. Através deste livro, o leitor faz uma viagem pela Região, podendo, assim, conhecer algumas tradições, lendas, entre outros aspectos culturais. A apresentação contou com a presença do Secretário Regional da Educação e Cultura, Francisco Fernandes, que considerou este trabalho como sendo um conjunto de histórias, do imaginário infantil, que vão beber, muitas vezes, a inspiração em coisas que já leram, que já viram, mas às quais deram um enredo e uma roupagem nova, com o apoio dos professores. No dia 21 de junho ocorreu a apresentação na Casa da Cultura em Câmara de Lobos.

Palestra “Problemática do Abuso Sexual” 31 de maio

Neste dia, pelas 18h30m, reunimo-nos para assistir a uma palestra cuja temática incidia sobre a Problemática do Abuso Sexual, proferida pelo Dr. Armando Pereira. Houve uma grande afluência de Encarregados de Educação, Professores, Educadores, Auxiliares e ainda de alguns profissionais externos à nossa comunidade escolar, os quais se mostraram muito interessados e sensibilizados pelo tema em questão. Sendo um tema sempre atual mas difícil de abordar, pelo facto de existir muito preconceito e alguma vergonha, foi extremamente esclarecedor ouvir de um especialista na matéria, o desmistificar de alguns temas, sinais de alerta, reações, pensamentos e vivências sobre este assunto. O palestrante fez questão de salientar que em muitas situações os abusos são executados por pessoas ditas normais e próximas das vítimas, seja um pai, tio, primo... Outro ponto evidenciado e muito curioso foi que não devemos rotular os agressores como diabos nem as vítimas como anjos, uma vez que aqueles têm que perpetuar o delito pelo facto da vítima os ter provocado, alegando, deste modo, a sua impunidade. Foi igualmente mencionado que este tipo de agressor tem uma capacidade exímia de fazer com que as pessoas acreditem nas suas histórias através dos seus argumentos criando, por vezes, uma realidade paralela. Devemos estar muito atentos a todos os indícios e sobretudo saber conversar e interpretar sinais. No que diz respeito ao nosso papel enquanto profissionais da educação, que lidamos diariamente com as nossas crianças ficamos mais alertados para os sinais que estas nos podem apresentar quando vítimas de abuso sexual. Também tomamos consciência de que não devemos pressionar as crianças, pois ao fazê-lo podemos inibi-las. Devemos sim deixar a criança à vontade, conversar com ela normalmente, pois quando esta se sentir preparada e segura, no momento que considerar oportuno irá contar os abusos de que foi alvo e os seus medos. Algo curioso que certamente nos faz pensar é o facto de julgarmos que este tipo de situação só acontece aos outros, no entanto, pode ocorrer próximo de nós. Temos por hábito dizer que o pecado mora ao lado, mas por vezes ele reside na nossa própria casa. Ficou bastante explícito que é o dever de cada cidadão ficar alerta a qualquer sinal evidente e denunciar às entidades competentes.


4  O Marinheiro

Coro Infantil em Digressão No dia 26 de maio, a convite da Fundação Dª Jacinta D´Ornelas Pereira, o coro da nossa escola, sob orientação do professor de Expressão Musical José Manuel, participou nas comemorações do Dia Eco-Escolas daquela instituição. O Coro Infantil interpretou quatro canções abordando a temática do Ambiente e alguns valores a ele associados. As canções foram A Cantiga da Água que fala da importância 26 de maio: atuação na Fundação Dª Jacinta

da água para a vida, o Hino à Floresta – um apelo para salvarmos a floresta que é o pulmão do mundo, Al Shlosha, uma canção israelita que versa os

valores da Paz, da Justiça e da Fé, valores igualmente essenciais à nossa vida e, por último, a canção tradicional do México, De Colores, que fala do colorido da Primavera e da alegria que devemos sentir ao desfrutar a bela Natureza. Os temas apresentados pelo nosso coro deliciaram todos os presentes. Por sua vez, no dia 15 de junho, o Coro Infantil participou na Semana Regional das Artes, atuando no Jardim Municipal do Funchal para uma plateia entusiástica, com a canção De Colores, cantada a duas vozes. No espetáculo Modalidade Artística de Canto Coral participaram catorze escolas do ensino básico. No final do espetáculo todas as escolas participantes cantaram All You Need is Love, em inglês. 15 de junho: Semana das Artes

A atuação do Coro foi muito aplaudida pelo público presente tendo este sido mais um momento prestigioso para os nossos alunos e para a nossa

escola, pois cantaram afinados e encantaram toda a audiência. Finalmente, no dia 21 de junho foram convidados a participar no Dia do Dente São, promovido pelo Programa de Saúde Oral., também no Jardim Municipal do Funchal. Apesar de algumas falhas no som e na organização, os nossos alunos interpretaram três canções do seu reportório, tendo sido muito aplaudidos pelas crianças e público presentes, acabando por ganhar o 2º lugar de entre os vários números apresentados, incluindo dramatizações, danças e canções. Foi mais um motivo de orgulho e dignidade para 21 de junho: Dia do Dente São

os alunos participantes e para a escola que representam.

De salientar que estas atividades proporcionam aos nossos coristas a oportunidade de apreciar o trabalho de outros alunos no âmbito da educação artística e servem também de motivação para outras aprendizagens – como o cantar em grupo - que lhes permite caminhar para uma formação diferente, não só pessoal, mas também de cidadãos participativos e com alegria de viver, dando a conhecer aos outros aquilo que gostam de fazer: cantar! A magnífica Festa de Abertura do Desporto Escolar

DESPORTO

2011 foi o ponto alto de todas as atividades desenvolvidas, ao longo deste 3º período. A nossa escola participou com uma classe de ginástica e, mesmo depois dos vários contratempos, devido às condições climatéricas adversas, os nossos alunos estiveram no seu melhor nível, estando os mesmos de parabéns.

A última atividade deste 3º período, decorreu no parque de Santa Catarina, denominando-se de Multiatividades Desportivas. Nesta, participaram os alunos que, devido ao critério da idade, não foram selecionados para as competições que se implementaram ao longo do ano. Todos saíram satisfeitos e, mais uma vez, com uma boa prestação.


O Marinheiro  5

QIMinis

No passado mês de maio recebemos novamente o Quadro Interativo Multimédia na nossa escola. Na sequência do projeto QIMinis, foi preparado um conjunto de

Quadro Interativo Multimédia atividades para o pré-escolar, desta vez relacionadas com o projeto Eco-Escolas. Estas atividades tiveram como motivação uma história, Teresa e Vicente, os Amigos do Ambiente, onde o tema do ambiente foi abordado sob várias perspetivas, desde a separação do lixo e reciclagem à poluição, tendo como finalidade promover a consciencialização para os cuidados a ter na preservação do ambiente. As atividades que se seguiram permitiram aprofundar conhecimentos fomentando atitudes positivas em relação ao tema. O uso do quadro interativo permitiu que o tema fosse abordado de forma lúdica, com o máximo de interatividade possível, fazendo com que as crianças se envolvessem mais facilmente uma vez que experimentavam e recebiam o feedback imediatamente. Desta vez os alunos sentiram um maior à-vontade face a este instrumento inovador, experimentando sem receio, rentabilizando assim as suas potencialidades.

PRÉ-ESCOLAR

Alunos do pré-escolar durante uma aula com o quadro interativo.

Os alunos do pré-escolar não foram os

TIC

únicos a beneficiar destes momentos pedagógicos com o quadro interativo. Também todas as turmas do 1º ciclo tiveram a oportunidade de utilizar esta ferramenta nas aulas TIC. Foi uma experiência bastante positiva e fica o desejo do regresso do Quadro Interativo Multimédia à nossa escola. <<< Uma aula TIC com o quadro interativo.

O projeto Pensa Rápido, a exemplo dos anos anteriores, atrai bastante a atenção e a participação dos alunos, principalmente porque estes não estão habituados a participar em projetos deste tipo, que envolvam uma competição direta e em tempo real com alunos de outras escolas, numa base diária. Este ano, a nossa escola participou com 12 alunos, distribuídos pelas diversas salas de jogo (português, matemática, estudo do meio, inglês e geral). A Grande Final realizou-se no dia 24 de junho e os resultados não podiam ter sido melhores. Conseguimos o 1º lugar (Mariana Abreu) e o 2º lugar (Adelaide Fernandes), na sala de português. A aluna Esmeralda Pontes conseguiu o 1º lugar na sala de matemática e a aluna Tânia Gonçalves conseguiu o 2º lugar na sala de inglês. Foram quatro prémios individuais (num total de quinze possíveis!) que muito prestigiam a escola e, sobretudo, o trabalho realizado por estes alunos ao longo do ano. Parabéns a todos os que participaram!!


6  O Marinheiro

Como é hábito, comemorámos também este ano o Dia da Criança. Decidimos, aqui na escola, realizar uma pequena festa. O Grupo de Animação do Gabinete Coordenador de Educação Artística deliciou-nos com a apresentação da peça Doze de Abril: Plena Primavera. Depois ainda houve tempo para jogos e, imaginem!!, um concurso de gargalhadas. Foi muito divertido! A festa terminou com uma canção, interpretada pelo nosso aluno Gonçalo Freitas. Antes do almoço ainda se realizou uma atividade que os alunos muito gostaram: pinturas faciais. Foi uma manhã muito divertida!

Dia da CRIANÇA 1 de junho


O Marinheiro  7

Concurso Eco-Código A nossa escola participou no 11º concurso Eco-Código, no âmbito do programa Eco-Escolas. Este concurso pretendeu estimular a participação e a criatividade dos alunos, através da produção de um trabalho de comunicação: o poster. Os nossos alunos neste concurso expressaram uma declaração de objetivos, que todos os membros da comunidade deverão seguir. Neste poster, os alunos traduziram esses objetivos, todos relacionados com o ambiente, através de frases, desenhos e algumas colagens com materiais de desperdício. O trabalho final foi enviado para a ABAE Portugal e a decisão do júri será anunciada no fim do mês de julho.

FRASES ECO-CÓDIGO Utiliza a água com precaução, está ao alcance da nossa mão. Se o Eco-Ponto corretamente utilizar, do ambiente estarei a cuidar. Colocar cada lixo no seu contentor, é para com a Natureza um ato de amor. Para um futuro saudável garantir, hoje é o dia certo para agir. Reduzir os gastos com energia é uma prioridade, dia-a-dia. Sé és atual, e consciente, coloca o ambiente na tua mente. Se o planeta queres preservar, a água tens de poupar. O mar possui muita riqueza, representando energia renovável e uma esplendorosa beleza. O nosso lar é o planeta Terra, a aquém o destruir vamos declarar guerra! Reduzir, Reciclar, Reutilizar, Renovar…há tantas ações novas que podemos encetar para da Terra tratar. Se reduzirmos a poluição e acabarmos com a exploração, estaremos a resolver o drama das espécies em vias de extinção. Plantas, animais…há tanta variedade! Vamos sair à rua e usufruir desta biodiversidade.

Dia Eco-Escolas 7 de junho

O Dia Eco-Escolas pretendeu culminar de forma lúdica e educativa todo o trabalho realizado ao longo do ano letivo neste projeto. Naquele dia, mais que nos restantes, toda a comunidade educativa viveu o Ambiente! Iniciámos a nossa festa com o Desfile Eco-Moda que pretendeu mostrar os fatos realizados pelos alunos em colaboração com os encarregados de educação, utilizando apenas materiais recicláveis. A criatividade demonstrada foi premiada com pequenas lembranças para os autores dos fatos mais originais. Houve também prémios para os melhores trabalhos apresentados no âmbito do Concurso Eco-Ponto. Assistimos também à peça de teatro Os Porquinhos Ecológicos e à atuação do Coro Infantil da nossa escola que nos deliciou com as músicas Cantiga da Água, Hino à Floresta e De Colores. Após o lanche, todas as turmas percorreram as diversas estações espalhadas pelo espaço escolar. Os alunos visitaram a exposição de trabalhos realizados ao longo do ano, viram filmes educativos sobre a temática ambiental, realizaram jogos de mesa e no campo, fizeram pinturas de parede e em papel e muito, muito mais! Tudo atividades muito animadas e que agradaram todos! À semelhança do que aconteceu no ano anterior, durante a tarde, recebemos a visita dos nossos amigos da Malta do Diário. Apresentaram-nos muitas actividades (expressão plástica, construção de marcadores, dança, elaboração de uma notícia, …) mas a que os alunos mais gostaram foi, sem dúvida, a dos insufláveis. Foi um dia muito divertido!


Dia Eco-Escolas

8â&#x20AC;&#x192; O Marinheiro

A escola da Marinheira decidiu criar um espaço online onde pudesse mostrar os projetos, atividades e trabalhos realizados no âmbito do Eco-Escolas.

eco.marinheira.co.cc


O Marinheiro  9

VISITAS DE ESTUDO

Reserva Natural do Garajau No dia 16 de maio, a turma do 4ºB visitou a Reserva Natural do Garajau, no âmbito do projeto Eco-Escolas. A visita começou por volta das 10h e os alunos foram recebidos por dois guias do parque. Eles mostraram as instalações, desde os dormitórios, até ao equipamento de mergulho que é utilizado. De seguida, os guias mostraram o exterior do parque e explicaram aos alunos as delimitações exteriores do mesmo. A atividade seguinte consistiu numa palestra orientada por uma bióloga do parque com o tema Biodiversidade. Posteriormente, os alunos pintaram, em rochas, alguns peixes que tinham visto na palestra. A visita continuou com o lanche perto do mar. De seguida, os guias do parque mostraram aos alunos, através de uma pequena apresentação de diapositivos, as funções dos guias do parque e os animais marítimos protegidos na Reserva Natural do Garajau. A última atividade seria uma pequena volta de barco na reserva, contudo, não foi possível realizá-la, pois o barco tinha sido requisitado para análise de água do mar. Foi pena, pois decerto seria muito divertido. A visita de estudo correu muito bem, não só a nível do conhecimento, mas também pelo entusiasmo e empenho dos alunos nas atividades da visita.

Balcões - Ribeiro Frio No 25 de maio a turma do 3.ºB realizou uma visita de estudo aos Balcões que fica situado no Ribeiro Frio em plena floresta Laurissilva, que no ano de 1999 foi considerada património da humanidade pela UNESCO. Ao chegar ao local os alunos foram recebidos por um vigilante da natureza do Parque Natural da Madeira que nos acompanhou durante toda a caminhada. Antes do início do percurso foi-nos dada alguma informação sobre a Laurissilva bem como algumas regras de segurança que deviam ser adotadas durante o passeio. Ao longo do percurso os alunos puderam ver diferentes árvores características da Laurissiva como o Til, o Vinhático, o Loureiro e o Barbusano, bem como diferentes plantas muitas delas endémicas, ou seja, que só existem na ilha Madeira. No final do percurso encontraram um miradouro com uma vista panorâmica sobre algumas localidades da zona norte da Madeira. Durante o passeio os alunos puderam contactar diretamente com umas pequenas aves, os tentilhões, e alguns insetos existentes na floresta. Esta visita constituiu uma oportunidade para dar a conhecer um pouco melhor a floresta da Laurissilva bem como alertar os discentes para a necessidade de preservar a natureza.

Jardim Botânico No dia 19 de maio, fomos ao Jardim Botânico da Madeira, juntamente com o 3ºB e os nossos professores. Ao chegarmos lá, estava uma guia à nossa espera que se chamava Susana. A primeira coisa que visitámos foi um Museu, com alguns animais que já tinham falecido e estavam embalsamados. Os animais que vimos primeiro foram alguns pássaros que habitam na Madeira, como por exemplo: o pintassilgo e o bis-bis e outros que habitam noutras regiões. Também vimos três tubarões, um atum gigantesco e 3 ou 4 lobos marinhos. Numa sala ao lado desta, tinha fósseis, uma boca de um lobo marinho e um pedaço de madeira de Vinhático encontrado há muitos anos, quando estavam a fazer as primeiras levadas. Continua »»»»


10  O Marinheiro

Ao sairmos do Museu, a senhora Susana mostrou-nos algumas plantas que se encontravam agarradas a algumas árvores e avisou-nos que temos de ter muito cuidado ao cortá-las, porque algumas delas têm um líquido, que se não tivermos cuidado ao pôr na mão ou na cara, podemos ter alergias e se for para os olhos podemos perder a vista. Ficámos também a saber que a Estrelícia não é tradicional da Madeira, mas sim da África do Sul. Também vimos plantas que se encontram na água, presas pela sua própria raiz, e a Senhora Susana tirou uma planta da água e saiu de lá uma rã assustada. Logo de seguida, fomos lanchar e depois vimos alguns cactos com picos muito grandes. Também encontrámos papagaios que falaram conosco e eram de todas as cores. Nesse mesmo lugar, ao pé dos papagaios, avistámos algumas tartarugas grandes e pequenas e um pouco mais à frente vimos pavões brancos e de várias cores, que abriram as suas penas. Foi um passeio muito divertido.

Texto elaborado pelas alunas Inês Freitas e Lurdes Beatriz (4ºA)

Jardim Botânico

Guilherme Rodrigues

Iara Camacho

No dia 20 de maio o grupo da Pré 2 da Escola da Marinheira realizou uma visita de estudo ao Jardim Botânico do Funchal, como complemento de algumas atividades sobre o meio ambiente trabalhadas na escola. Estes desenhos ilustram um trabalho elaborado pelos alunos, após a conclusão da visita. Ficaram bonitos, não acham?? Ao longo do ano, a Expressão Plástica participou no projeto Vai-se Andando - um

EXPRESSÃO PLÁSTICA

olhar com arte pela Europa, a pedido do Gabinete Coordenador de Expressão Plástica. Este projeto baseou-se na elaboração de uma figura humana, com 1,50m de altura, tendo como base o artista espanhol Miguel Barceló. A criação desta figura teve como inspiração o interesse do pintor/escultor por elementos marítimos e as suas criações em cerâmica. Em contexto de sala de aula, foi realizada uma breve descrição da biografia e percurso artístico de Miguel Barceló, assim como a exploração da diversidade das suas obras. Os materiais utilizados foram papel machê, rede, alguidares velhos, tintas e verniz. Todos os alunos do 1ºciclo participaram com entusiasmo no projeto, tendo sido eles a darem o título ao trabalho: Cara de Peixe. Os trabalhos realizados por quase todas as escolas no âmbito desta iniciativa ficaram em exposição na avenida Arriaga, no Funchal, durante a Semana das Artes, realizada em junho.


OS NOSSOS TRABALHOS...

O Marinheiro  11

Uma Experiência Bonita Débora Pestana e Débora Liliana

Desde o ano passado que aprendemos a bordar. Quem nos ajudou foi a senhora Trindade e a Professora Lúcia. Fizemos bordados em ponto de corda e garanitos. O trabalho ficou bonito e bem feito, que pusemos numa caixinha de jóias. Gostámos de aprender a bordar e foi uma experiência bonita. Por isso mandamos grandes beijinhos à Professora Lúcia e à senhora Trindade.

25 de abril Turma do 3ºA

O dia 25 de Abril é feriado no nosso país. Comemora-se o Dia da Liberdade. Antes do dia 25 de Abril de 1974 não havia liberdade de expressão no nosso país. As pessoas não podiam dar a sua opinião sobre o governo, se o fizessem eram perseguidas pela polícia que estava ao serviço do ditador chamada PIDE. Um grupo de soldados intitulado Movimento da Forças Armadas revoltou-se e expulsou o ditador do poder. Não foi uma revolta sangrenta, visto não ter havido derramamento de sangue. Em vez de balas, os soldados colocaram no cano das espingardas cravos vermelhos. Daí a revolução do 25 de Abril ser denominada de Revolução dos Cravos. A partir desse dia passou a haver LIBERDADE, IGUALDADE e FRATERNIDADE.

10 de junho Turma do 3ºA

O dia 10 de junho é feriado nacional, isto é, é feriado em todo o território português (Portugal Continental, Região Autónoma da Madeira e Região Autónoma dos Açores). Comemora-se o Dia de Portugal e das Comunidades Portuguesas espalhadas pelo mundo. Significa que é o dia de todos os portugueses, quer vivam em Portugal ou noutro país. Para comemorar este dia realizam-se cerimónias oficiais com a participação do chefe máximo da República Portuguesa, o Presidente da República e canta-se o Hino Nacional- A Portuguesa. É comum dizermos que este dia é o Dia de Camões porque Luís de Camões foi um poeta português muito importante que escreveu Os Lusíadas, obra que conta a história dos portugueses nos Descobrimentos Marítimos. Para além deste poeta também são homenageados outros portugueses que se destacam em alguma área e que levam o nome de Portugal além-fronteiras, pelo mundo inteiro.


12  O Marinheiro

Santo António Érica (3ºA)

O Santo António comemora-se no dia 13 de junho porque foi nesse dia que o santo morreu. Este santo nasceu em Lisboa, daí se comemorar o Santo António na cidade de Lisboa. O seu nome não era António mas sim Fernando mas ele mudou-o quando se tornou frade. No dia 13 de junho é costume haver festas onde se vendem os manjericos e há marchas populares. Nas noites de Santo António as pessoas costumam comer sardinhas assadas e enfeitam as suas casas com balões e bandeirinhas. Santo António é um santo muito importante porque dedicou a sua vida aos pobres e necessitados e fez muitos milagres, como por exemplo O Sermão aos Peixes.

Matilde

Liliana

Joel

Vem aí o verão! Turma do 1ºA (texto coletivo)

O verão está a chegar. Esta estação do ano começa no dia 21 de junho e termina a 23 de Setembro. É das quatro, a estação mais quente. Os dias tornam-se maiores e as noites mais curtas. Logo após a chegada do verão, as aulas terminam e chega um longo período de férias escolares. O verão, pelas suas caraterísticas, convida as pessoas a longos banhos de sol e de água. As praias enchem-se de veraneantes que procuram refrescar-se do imenso calor. Enquanto estão na praia, nas horas de maior intensidade solar, as pessoas procuram algum descanso e outras aproveitam para lerem um livro ou revista, enquanto outros praticam alguns jogos (futebol e voleibol de praia, lançamento do disco, jogos de raquetes, etc). Os mais novos aproveitam para brincar com a areia e os seixos, fazendo bonitas construções. Esta época é, para os bombeiros, sinónimo de muito trabalho. Infelizmente, devido ao enorme calor e à falta de civismo de algumas pessoas, surgem muitos incêndios, que destroem floresta e casas e põem em perigo a vida de muitas pessoas. Vamos desejar a todos um BOM VERÃO e esperar que não haja

Ilustração de Francisco Miguel

tantos incêndios. E já agora, evitem as horas de maior intensidade solar e coloquem sempre protetor de elevada proteção. Até breve!


DESTAQUE

O Marinheiro  13

Festa de Encerramento 2011 29 de junho

A nossa festa de final de ano foi, mais uma vez, muito bem conseguida e animada. Os alunos apresentaram canções e até assistimos a marchas populares!! Pelo meio ainda houve tempo de premiar alguns alunos pela sua participação em vários projectos ao longo do ano, assim como aqueles que, em cada turma, mais se destacaram pelo seu empenho, resultados escolares, comportamento, dedicação, … Mas, sem dúvida, o ponto alto da festa foi a entrega de diplomas aos alunos finalistas e as surpresas que estes preparraam, em segredo, para as suas professoras. Foi muito emocionante assistir à adaptação da letra Gosto de Ti com que a turma do 4ºA presenteou a sua professora ou à leitura de um poema lido por dois alunos do 4ºB, em nome da turma, dedicado à sua professora. Como já é tradição, a festa terminou com a canção da despedida cantada em uníssono pelos alunos finalistas e todos os presentes. Foi muito emocionante!

Pré 1 - Canção Sou criança, sou assim! 3ºA - Marcha dos Santos Populares 2ºA - Canção Para, Escuta, Olha! Reconhecimento aos melhores alunos 2010/2011 (1º ciclo) Pré 2 - Entrega dos Diplomas Canções de Despedida Chegámos ao Fim e Aqui me Encontro 4ºA e 4ºB - Entrega dos Diplomas 4ªA - Canção Gosto de Ti 4ºB - Leitura de um poema 4ºA e 4ºB - Canção de Despedida A Escola Sorteio de rifas (5º ao 1º prémio) e entrega de prémios.


14  O Marinheiro

30 de junho

Passeio Final

Parque Florestal

Que melhor maneira de terminar o ano letivo senão ir para a serra, brincar, pular e divertirmo-nos??!! Foi o que fizémos. De manhã, saímos da escola nos autocarros, já ansiosos por sentir o ar puro e brincar na relva do parque. Quando chegámos, cada um fez o que mais gosta. Os meninos preferiram jogar à bola. Não é todos os dias que se tem dois campos só para si! As meninas correram e jogaram às escondidas. Também passeámos pelo parque, a apreciar a natureza. Depois de gastar as energias, foi tempo de repousar um pouco à sombra e almoçar. Mais umas brincadeiras, umas conversas e chegou a altura de regressar :) Foi muito divertido!

Montado do

PEREIRO


O Marinheiro  15

ÚLTIMAS

A exemplo de anos anteriores, a escola promove uma vez mais a eleição do melhor aluno de cada ano de escolaridade. Trata-se

E os melhores alunos do ano são... 1ºA Narciso Pereira

2ºA Catarina Jardim

3ºA Liliana Gonçalves

3ºB Renato Santos

4ºA Lurdes Beatriz Araújo

4ºB Rúben Abreu de Sá

PARABÉNS!!

de uma distinção que visa premiar o mérito, o trabalho e a dedicação, assentando em pressupostos como a assiduidade, a pontualidade, a par-

ticipação, o comportamento e os resultados académicos. Pretendemos, assim, motivar todos os alunos para práticas escolares salutares, promotoras de um crescimento e desenvolvimento global. É também nossa intenção incentivar todos os alunos não premiados, no sentido de se envolverem de uma forma mais significativa na sua vida académica. Aos alunos distinguidos, a escola endereça os parabéns pelas excelentes prestações conseguidas ao longo do ano letivo, desejando-lhes uma pausa para férias repleta de alegria e diversão.

Poesia do ADEUS

A Viagem

O adeus bate à porta,

Esta viagem começou

É hora de o deixar entrar,

Há exatamente quatro anos,

Termina agora uma caminhada

Éramos ainda pequeninos

Que para sempre iremos recordar.

Agora já nos transformámos.

A todos os professores

Crescemos, ficámos maiores

Queremos agradecer,

Aumentou a nossa sabedoria

...para VISITAR!

M

eirA a h n i ar .pt/eb1pemarinheir deira-

s.ma /escola http:/

edu

A atenção dispensada

Nesta viagem aprendemos

Na promoção do saber.

Que se evolui dia-a-dia.

Nestes anos de trabalho

Vivemos momentos marcantes,

Muitas coisas aprendemos,

Partilhámos alegrias,

Em todas as aulas

Passámos por dificuldades

Muito nos surpreendemos.

Mas tivemos companhia.

Matemática, Língua Portuguesa,

Alguém nos orientou,

Estudo do Meio...áreas da curricular,

Compreendeu e ensinou.

Informática, Estudo e Biblioteca,

Nesta longa viagem,

marinheira3b.blogspot.com

Muito nos fizeram pensar.

Nunca nos abandonou.

eb1marinheira4a.blogspot.com

youtube.com/user/eb1marinheira

Já visitou o nosso sítio na Internet?

facebook.com/marinheira

Visite o nosso blogue e fique a par do que mais importante se passa na nossa escola!

eb1marinheira4b.blogspot.com

Não queremos esquecer

Esta viagem termina aqui,

A Educação Física, o Inglês

Vamos para outra estação.

A Expressão Musical e a Expressão Plástica Novos objetivos e desafios, Tão desinibidoras da nossa timidez.

Mas sempre com esta escola no coração!

De todos vamos sentir saudades, Pelo tempo partilhado, Pelas alegrias, aprendizagens,... A todos o nosso OBRIGADO!

Há 12 anos a nossa escola foi inaugurada. Aconteceu no dia 11 de Junho de 1999. PARABÉNS!!

O MARINHEIRO é um projeto da área TIC da escola da Marinheira.


O Marinheiro IX