Page 9

passava diretamente por eles. "Eu devo estar fazendo algo errado", disse Tristan a final. "No momento que eu estou dentro de Will, é como se eu fosse parte dele e quando ele olha para Ivy, eu faço também. É como se ele sente o que eu sinto por ela. Então, de repente, ele se retira. " Lacey tinha parado para olhar na janela de uma loja de roupas. "Eu devo estar tentando muito" Tristan continuou. "Será que eu preciso falar para mim. Mas acho que ele me descobriu rondando em sua mente, e agora ele está com medo de mim." "Ou talvez", disse Lacey, "ele tem medo dela." "De Ivy?" "Dos seus sentimentos por ela." "Meus sentimentos por ela!" Tristan disse rapidamente. Lacey virou-se para olhar para ele, a cabeça inclinada. Tristan fingiu um súbito interesse em um vestido preto de paetês feio pendurado na vitrine. Ele não podia ver o reflexo do rosto de Lacey no vidro, mais do que ele podia ver a seu próprio. Apenas um brilho de ouro e fios de cores suaves brilhou contra a janela, ele supôs que era o que um crente iria ver quando olhar para eles. "Porquê?" Lacey perguntou. "Eu quero saber porque você assumi que é o único cara no mundo apaixonado por... " Tristan a interrompeu "Entrei dentro do Will, e já que ele é um bom rádio, ele começou a sentir os meus sentimentos e acho que meus pensamentos. É assim que funciona, né? " "Não lhe ocorreu alguma vez que a razão pela qual foi tão fácil para um amador como você entrar nele é que ele já estava sentindo os seus sentimentos e pensamentos, pelo menos quando se trata de Ivy?" Podia ser. Mas Tristan havia feito seu melhor para reprimir a ideia. "Eu entrei dentro da mente de Beth, também", a lembro. A primeira vez que Lacey tinha visto Beth, ela havia dito a Tristan que a amiga de Ivy seria um "rádio" natural, alguém que pudesse transmitir mensagens de um lado diferente da vida. Assim como Tristan tinha persuadido Will a desenhar anjos em um esforço para confortar Ivy, ele tinha começado a fazer Beth escrever automaticamente, embora fosse tão confusas que ninguém tinha sido capaz de entender. "Estava dentro, mas era mais difícil para você", destacou Lacey. "Você cambaleou muito, lembra? E, além disso, Beth também ama Ivy". Ela se virou para a vitrine. "Um vestido horrível", disse ela, em seguida, seguiu em frente. "O que eu realmente quero saber é o que todo mundo vê essa garota". "Foi agradável você salvar uma garota que você acha tão pouco", comentou Tristan secamente. Eles passaram por um laboratório fotográfico onde trabalhava Will e parou na frente de Celentano, a pizzaria onde Will tinha feito os anjos sobre a toalha de papel. "Eu não a salvei", respondeu Lacey. "Eric estava apenas brincando, mas é melhor você descobrir que tipo de jogo que é. Conheci algumas pessoas repugnantes de verdade na minha vida, e eu tenho que dizer, ele não é alguém que eu gostaria de sair da festa. " Tristan assentiu. Ele tinha muito para aprender. Depois de viajar de volta no tempo através na sua própria mente, ele tinha certeza de que alguém tinha cortado o cabo do freio na noite que carro tinha batido de frente em um cervo. Mas ele não tinha ideia do motivo. "Você acha que Eric fez isso?" ele perguntou. "Que cortou os freios?" Lacey torcida uma ponta de cabelo roxo em torno de uma unha comprida como uma adaga. "É uma possibilidade, de ser um bandido e cometer assassinato. O que ele tinha contra você e Ivy?" Tristan ergueu as mãos, em seguida, deixo as cair. "Eu não sei." "O que alguém tem contra você ou ela? Eles poderiam simplesmente ter acabado contigo. Se foi você que quisem se livrar, ela está segura agora." "Se ela está segura, por que eu tenho uma missão?" "Para me irritar", disse Lacey. "Obviamente, você é algum tipo de penitência para mim. Oh, animese, estraga prazeres! Talvez simplesmente seja a missão de errada. " Ela atravessou pela porta do Celentano, sem abri-lo, em seguida, chegou-se maliciosamente e

Beijada por um anjo vol 2 a força do amor