Page 55

porque, quando dizia para Will, sentia como se ele pudesse ver através da mentira? "Eu tenho algo para dizer, também," disse ele. "Cuide de si mesma." Podia senti-lo olhando para sua bochecha, aquela que tinha sido ferida durante o assalto. Havia ainda uma pálida cor ali, que ela tivesse feito o seu melhor para disfarçar com maquiagem. "Por favor, cuide de si mesmo." "Por que não faria?" ela retrucou. "Às vezes as pessoas não fazem." Ivy queria dizer: Você não sabe que você está falando, você nunca perdi alguém que amou. Mas então ela se lembrou das palavras de Gregory sobre Will ter passado por um momento difícil. Talvez Will tenha entendido. "Quem é a pessoa na sua pintura?" Ivy perguntou. "É alguém que você conhace?" "Minha mãe. Meu pai ainda não viu a pintura." Em seguida rejeitou o pensamento com um gesto e se inclinou para a frente. "Tenha cuidado. Ivy. Não se esqueça que existem outras pessoas que sentem que perderiam tudo se perdesse você." Ivy desviou o olhar. Ele estendeu a mão para seu rosto. Ela recuou instintivamente quando ele tocou o lado machucado. Mas ele não a machucou, e ele não a soltou. Ele colocou uma mão em torno da parte de trás de sua cabeça. Não havia forma de escapar dele. Talvez ela não queria escapar. "Tenha cuidado, Ivy. Tenha cuidado!" Seus olhos brilhavam com uma estranha intensidade. "Eu estou dizendo a você, tenha cuidado!" Ivy piscou. Então ela se afastou de Will e correu.

Beijada por um anjo vol 2 a força do amor  
Beijada por um anjo vol 2 a força do amor  
Advertisement