Page 50

Beth bateu-se na cabeça. "Eu esqueci completamente que com seu trabalho, você estaria fazendo isso." Ele sorriu, um sorriso grande e fácil. Era impossível ver os olhos de Will, sob a sombra de seu chapéu, mas Ivy poderia dizer quando ele olhou de Beth para ela, porque o sorriso não se tornou tão grande, e não tão fácil. "Pensando em tirar uma foto?" ele perguntou. Philip já estava metido até os cotovelos de roupas. "Parece que o nosso encontro acabou", Beth disse Ivy. "Seu encontro?" "Meu irmão, Philip, Ivy explicou. Ele tinha se encaixado entre dois caras grandes o suficiente para jogar futebol profissional. "O baixinho." Will assentiu com a cabeça. "Talvez eu deveria os levar para outro baú. Roupas das melheres estão lá", adicionou sobre o ombro, apontando para os baús onde um bando de meninas estavam reunidas. Algumas das meninas maiores que Ivy e Beth. Outros pareciam dois ou três anos mais jovem. Todos elas dando voltaas, olhando para Will e rindo bobamente. "Ei cowboy," Beth chamou suavemente atrás dele. "Eu aposto que gostaria de sua ajuda, ainda mais que Philip." "Eles estão se virando bem", disse ele, e continuou. "Ame essa bunda." Will parou. Ivy olhou para Beth, Beth e olhou para Ivy. Ela sabia que ela não tinha dito isso, mas Beth agiu como se não tivesse, também. Seus olhos azuis estavam cheios de riso e surpresa. "Eu não disse isso." "Nem eu" Will apenas balançou a cabeça e seguiu em frente. "Mas você estava pensando isso", disse alguém. Ivy olhou ao redor. "Bem, talvez eu tenha, Ivy," Beth admitiu, "mas..." Will virou-se. "Eu não disse isso!" Ivy insistiu.

Beijada por um anjo vol 2 a força do amor  
Advertisement