Page 1

Marília de Melo

PORTFÓLIO


SUMÁRIO

1 1

SOBRE

MIM

2 1

PROJETOS

3 1

PROJETOS

4 1

DESIGN

ARQUITETURA

URBANISMO


1


Marília de Melo

Estudante de Arquitetura e Urbanismo Sócia Administradora da Dgradê Plotting

& Cutting

email: lila@danielfix.net celular: +55 45 88017233 endereço: Av. Wenceslau Braz, 1893, ap. 51, bloco 3 81010-000 Curitiba . Paraná . Brasil nascimento: 9/outubro/1993

Curriculum Vitae Experiências Interact Club Foz Itaipu . 2006-2008 Trabalho Voluntário Cargo como Vice- Secretária e depois Secretária (gestão 2007-2008), responsável por redigir atas das reuniões, projetos e relatórios; participação e criação de inúmeros projetos sociais e organização de evento distrital. Casa Cor Paraná . 2013 Apresentação de ambientes Projeto de Extensão PROPAGA . 2015 Estagiária Realização de levantamentos de dados, entrevistas com moradores, mapeamentos e maquetes do projeto participativo realizado pelos professores de urbanismo da Universidade Positivo. Dgradê Plotting & Cutting . 2016-presente Sócia Administradora

Formação Cursando o 4º Ano de Arquitetura e Urbanismo Universidade Positivo Turma de 2017

Conhecimentos Pacote Office Autocad Photoshop Illustrator Sketchup ArcGIS Lumion

Vector Works Adobe After Effects Inglês Espanhol

***** ***** ***** ***** ***** ***** ***** ***** ***** ***** *****


2


HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL LARISSA MOTTIN E MARÍLIA DE MELO

O projeto fica inserido no bairro Campo Comprido, em Curitiba-PR, e tem como proposta explorar as relações entre público e privado, ao propor espaços de usos variados que enfatizam a importância da vida coletiva para a construção de uma cidade mais democrática. A dinâmica dos quatro blocos conforma uma praça que articula espaços de convívio, ora público ora privado, e os diversos usos como comércio, serviços e atividades comunitárias localizadas no térreo.

Dados do projeto 21.600m2 de área construída 6 pavimentos 196 unidades habitacionais 8 unidades comerciais 100 vagas de estacionamento

ELEVAÇÃO LESTE


CORTE

APARTAMENTO A - 60m2

APARTAMENTO B - 50m2

CORTE APARTAMENTO A

SEÇÃO CONSTRUTIVA

CORTE APARTAMENTO B


PRAÇA E BIBLIOTECA PÚBLICA MARÍLIA DE MELO

EIXO FERROVIA

DESTINO DAS ÁREAS

O projeto da praça e biblioteca pública será inserido no Bairro Alto da Rua XV – da cidade de Curitiba - PR, região bem urbanizada, com grande número de moradores e comerciantes. O terreno tem como principal condicionante a passagem do trilho trem em toda a sua extensão. Em relação a forma e planta da edificação, houve uma preocupação em definir os eixos remetendo a um vagão de trem. A praça se integra a esse conceito, e possui equipamentos lúdicos formados por peças de desmanches de trens, compostas de maneira em que o usuário consiga se relacionar com esses elementos.

i=

5%

FORMA “VAGÃO”

IMPLANTAÇÃO


ACESSO

ACESSO

SETORIZAÇÃO PÚBLICO

SERVIÇO

PRIVADO

PLANTA TÉRREO

ELEVAÇÃO SUL

ELEVAÇÃO LESTE

CORTE LONGITUDINAL

DETALHE FACHADA

DETALHE CONSTRUTIVO


3


REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

APPs ESTRUTURADAS E VALORIZADAS COM ÁREAS DE LAZER E REEDUCAÇÃO AMBIENTAL

EQUIPAMENTO | MAIS DESTAQUE

SERVIÇOS S E INDÚSTRIA FAIXA DE DOMÍNIO

ABERTURA DE VIAS + LIGAÇÃO

REESTRUTURA DE VIAS PARA MAIOR CONEXÃO E ACESSOS

RODOVIA GICA CA E PSICOLÓ BARREIRA FÍSI

"Ao propor a urbanização de um assentamento precário objetiva-se integrá-lo a cidade oficial, dotá-lo da infraestrutura urbana necessária, qualificá-lo como ambiente construído que permita o desenvolvimento do indivíduo em sociedade, porém sem necessariamente reproduzir o padrão formal dos bairros implantados conforme a normativa urbanística."

MASTERPLAN

Boldarini Arquitetura e Urbanismo

AERIN MAGUIAN, GILIANE ROCHA, JULIANA RUFINO, MAYARA PAZDZIORA, MARÍLIA DE MELO E VIVIANE VINIARSKI

JARDIM GABINETO, CURITIBA-PR

“A população tem percebido o rio como um lugar inóspito, sujo e desagradável. Por este motivo a cidade informal tem crescido sobre o rio ou dando as costas para ele. O objetivo do projeto é aproximar o rio da população. Mostrar-lhe a imensa riqueza que representa ter um rio e seus sistemas perto de casa e incentivar a interpretação das dinâmicas que ocorrem ali. Incentivá-la a participar das iniciativas de conscientização pela preservação do meio-ambiente." LIBESKINDllovet arquitetos + JANSANA, DE LA VILLA, DE PAAUW, ARQUITECTES

MAPA DAS CDPS


MAPA DAS DIRETRIZES

áreas em m²

PARQUE LINEAR

CÂMBIO VERDE

18.840

77

PRAÇA áreas em m²

1.500

TOTAL áreas em ha

áreas em ha

PROPOSTA

DETALHE VIA

DETALHE VIA

CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

192

LIQUIDA

21,12

12,95

SISTEMA VIÁRIO

HABITAÇÃO SOCIAL

3,47

1,65


ESTUDO DE IMPACTO DE VIZINHANÇA MARÍLIA DE MELO

Novo Porto Terminais Portuários Multicargas e Logística Ltda - PARANAGUÁ

BRASIL

PARANÁ

PARANAGUÁ

POPULAÇÃO

150.660mil hab

ÁREA

826,674km²

PIB per capta

R$41.556,99 reais

IDH

0,750

DENS.DEMOGRÁFICA

169,92hab/km²

NOVO PORTO TERMINAIS PORTUÁRIOS MULTICARGAS E LOGÍSTICA LTDA O empreendimento se voltará à prestação de serviços de armazenagem e movimentação de cargas diversas, contêineres, veículos, cargas frigoríficas, granéis líquidos, granéis sólidos, fertilizantes, de docagem/estaleiragem de embarcações, bem como ao desenvolvimento de um parque tecnológico com vistas à obtenção de inovações em logística. LOCALIZAÇÃO

Pretende-se concretizar o empreendimento por intermédio de uma sociedade empresária denominada “Novo Porto Terminais Portuários Multicargas e Logística Ltda.”, composta por pessoas jurídicas com vasto conhecimento e experiência de investimentos em atividades portuárias. ANÁLISE DO SOLO

Pretende-se implantar o empreendimento em três imóveis com área total de 183 ha.Os imóveis em questão estão inseridos, nos termos do Plano Diretor do Município de Paranaguá (Lei Complementar Municipal n. 61/2007), na denominada “Zona de Interesse para Expansão Portuária – ZIEP”, devendo passar a integrar a Macrozona Urbana Municipal.

PROJETO


IMPACTOS E AÇÕES IMPACTO - GERAÇÃO DE EMPREGO MEDIDAS POTENCIALIZADORAS - Priorizar a contratação de mão de obra local - Apoiar o treinamento da mão de obra local para ser utilizada nas obras de instalação do empreendimento 2.Programa de Educação Ambiental. IMPACTO - POSSIBILIDADE DE POLUIÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA MEDIDAS PREVENTIVAS- Proibição de lançamento de resíduos em locais não apropriados; Implantação da estrutura necessária à segregação de materiais na obra. MEDIDAS MITIGADORAS - Elaboração de Plano de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil (PGRCC), baseados nos princípios de segregação e destinação adequada de cada tipo de resíduo IMPACTO - POSSIBILIDADE DE POLUIÇÃO SONORA E DO AR MEDIDAS PREVENTIVAS- Adotar máquinas com a melhor tecnologia em termos de emissão de ruídos e gases para cada estágio da construção; MEDIDAS MITIGADORAS - Caso necessário, instalar barreiras defletoras e apresentar um plano de manutenção preventiva e corretiva dos veículos e equipamentos à diesel. IMPACTO - PROCESSOS EROSIVOS MEDIDAS PREVENTIVAS- Efetuar as atividades de supressão vegetal, terraplenagem e abertura de vias de acesso em períodos de menor pluviosidade; MEDIDAS MITIGADORAS - Limitar o desmatamento apenas às áreas destinadas para as edificações, estruturas, pátios e respectivas vias de acesso.

POSITIVO/NEGATIVO POSITIVOS -geração de emprego -melhoria de infraestrutura no entorno -aumento da qualidade urbana -desenvolvimento econômico e social

NEGATIVOS -aumento da poluição sonora -intervenção no solo -aumento da poluição do ar -elevação do fluxo viário


4


DESIGN GRÁFICO MARÍLIA DE MELO

CAPA PARA FACEBOOK

é m enina!

E L I E R A T

Chá da Maria Júlia

Stella Dias

Minha listinha está na Xiquita, mas você também pode me dar uma fralda roxa ou verde, M/G da Pampers!

27/08 2016

LOGO

TAG

16h

CONVITE CHÁ DE BEBÊ

CONVITE FORMATURA

R. Jorge Bonn, 231 Curitiba/PR Salão de Festas


XI SAMUP 2016

Semana Acadêmica de Medicina - UP

A MEDICINA EM EVIDÊNCIA 01 a 03

Auditório Bloco da Pós-graduação Universidade Positivo - Curitiba - PR

AGOSTO segunda-feira (01/08)

terça-feira (02/08)

quarta-feira (03/08)

tarde

tarde

13h30 - Dra. Kássia Rita Lorencetti Identidade de Gênero

13h30 - Dr. Marcelo Del Omo Sato Antimicrobianos na Emergência

13h30 - Dr. Cleverson Higa Kaio Autismo

14h30 - Dra. Maria Cristina Lima Sofrimento psiquico em estudar

14h30 - Dr. Ricardo Krause Quadro Condicional Agudo na Emergência

14h30 - Dr. José Cláudio Casali da Rocha Oncogenética na prática médica

15h30 - Dr. Chao Lung Wen Telemedicina

15h30 - Dr. Ricardo Camponero Manejo da dor

16h30 - Dra. Cristina de Oliveira Rodrigues Zika Virus e Microcefalia

16h30 - Dr. André Filipak Populações Marginalizadas

noite

tarde

15h30 - Dra. Adriana Porccot Tabagismo 16h30 - Dra. Júlia Valéria Ferreira Cordelini Influenza

noite

19h30 - Prof. Dr. Ipojucan Calixto e Fernando Espírito Santo (Pres. do CAZA) Abertura Oficial do Evento

20h00 - Dra. Ana Cláudia Quintana Arantes Cuidados Paliativos

20h00 - Flávio Arns Zilda Arns

noite 20h00 Dra. Hildegard Tagsell Giostri Dra. Luciana da Veiga Dr. Carlos Roberto Naufel Junior Mesa Redonda: Judicialização da Medicina

Oferecimento:

FLYER TEASER

FLYER

CRACHÁ Desde 1998

a m ec

A S S O C I AÇ Ã O M E R C E D E S C E N O V I C Z F I L A N T R Ó P I C A E C U LT U R A L

VA L É R I A TABELA DE PREÇOS

CRACHÁ


FIM

ARCHITECTURE STUDENT PORTFOLIO  

ARCHITECTURE & DESIGN MARÍLIA DE MELO - CURITIBA, BRAZIL

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you