Page 53

Capítulo 3 | 51

tem como objetivo ser o foco da encenação, mas auxiliá-la por meio das linguagens visuais. É importante ressaltar também que as encenações selecionadas não se diferem apenas pelo contexto cultural, geográfico e histórico em que foram produzidas, mas também trazem características diferentes quanto ao meio em que elas estão sendo veiculadas e difundidas. Isso decorre do fato de que a primeira é uma encenação teatral, feita para ser experienciada e usufruída apenas ao vivo e destinada à escala do olhar do espectador em um ambiente destinado a apresentações teatrais. Em contrapartida, a segunda é um filme, o qual possui a escala da câmera direcionada à ação cênica e é feita para ser exibida (e reproduzida) em ambientes e salas de cinema. Por fim, a terceira é uma encenação teatral filmada e registrada por uma câmera. Portanto, a última montagem escolhida destina-se à dois públicos e os dois tipos de veiculação diferentes que ora tratamos neste trabalho: em um momento específico, o público concentrado na sala de teatro onde a montagem foi encenada. Ao passo que, em outro momento, o público pulverizado em ambientes dos mais diversos, desde que se tenha acesso à tecnologia de reprodução audiovisual (seja através de TV ou suportes para conexão com internet).

Profile for Marilia Gontijo

A Arquitetura Cênica Teatral e Cinematográfica - um estudo sobre Hamlet de Shakespeare  

Caderno de TCC 1 Universidade Federal de Goiás - UFG | Arquitetura e Urbanismo |

A Arquitetura Cênica Teatral e Cinematográfica - um estudo sobre Hamlet de Shakespeare  

Caderno de TCC 1 Universidade Federal de Goiás - UFG | Arquitetura e Urbanismo |

Advertisement