Issuu on Google+

Osgêmeos (o nome é grafado tudo junto, tal qual o processo criativo da dupla) começaram grafitando muros e paredes na região do Cambuci, em São Paulo, em 1987. Seis anos depois, começaram a participar de mostras coletivas em museus e galerias – já que o universo das artes visuais incorporou a linguagem do grafite em seu vocabulário desde o começo dos anos 80. No final da década de 90, quando seus personagens encapuzados e suas figuras inspiradas no folclore brasileiro (principalmente nordestino) já eram parte essencial da paisagem da maior metrópole brasileira, o trabalho de Gustavo e Otávio começa a adentrar o circuito internacional pela porta da O primeiro convite foi feito frente. por Loomit, um dos principais nomes do grafite mundial, para participação numa coletiva em Munique, na Alemanha. A ascensão no cenário artístico foi retumbante, e obras da dupla espalharam-se em diversos cantos do mundo, como na intervenção realizada em 2008 na fachada da galeria Tate Modern, em Londres, e a pintura, no ano a nterior, da fachada do castelo escocês Kelburn, construído no século XIII. Os trabalhos atuais da dupla seguem basicamente duas linhas: uma delas, é o grafite per si, aqui pensado como possibilidade de intervenção no espaço urbano, de demarcação de um território afetivo, tão efêmero e mutante quanto a própria paisagem das grandes cidades.

15


15 Arte15