Issuu on Google+

Expansão e mudança nos Séculos XV e XVI Renascimento – Origem e Difusão

“Última Ceia” de Leonardo Da Vinci “David” de Michelangelo


•Introdução •Porquê Renascimento? •Qual a importância de Grécia e de Roma no Renascimento? •O que foi o Renascimento? •Onde começou o Renascimento? •Como se espalhou? •Mas porquê Itália? •Curiosidades •Vídeo •Conclusão •Fontes

Michelangelo: “Pietà”, Basílica de S. Pedro


Neste trabalho vamos abordar a origem e difusão do Renascimento. Vamos procurar, a partir deste tema, explicar onde começou, como se espalhou, as razões que contribuíram para a sua origem e outros aspectos culturais que contribuíram para o seu aparecimento e desenvolvimento.

“Gioconda” de Leonardo Da Vinci


Porquê Renascimento? Ao mesmo tempo que descobria o mundo novo, o homem Europeu procurava descobrir-se a si próprio. Passou a descobrir a ciência e explicações para os acontecimentos, que já não eram do ponto de vista religioso mas sim partido das descobertas do Homem. Este começou a criar as suas próprias teorias e ideias, mas Deus continuava a ser importante.

“Vitruvian Man” - Leonardo Da Vinci


Qual a importância da Grécia e de Roma no Renascimento? Na Grécia e Roma antigas, os artistas e os pensadores já tinham iniciado o seu interesse pelo conhecimento e pela ciência. A partir dos finais da Idade Média esse interesse renasceu na Europa, ao mesmo tempo que se intensificava a atracção pela cultura antiga (Greco-Romana). É este renascer da cultura antiga, sobretudo nos séculos XV e XVI, que explica a designação de Renascimento.

Demetrius Chalcondyles (1424 1511) foi um professor de grego da Renascença e da filosofia platónica que ensinou na Itália mais de quarenta anos, em Pádua, Perugia, Milão e Florença.


O que foi o Renascimento? O Renascimento foi um movimento cultural e social que se estendeu na Europa entre os séculos XV e XVI, movimento este que marca a transição da Idade Média para a Idade Moderna, que assenta na redescoberta e reinterpretação da cultura Greco-Romana. Esta mudança reflecte-se nas artes, nas ciências e em outros ramos da actividade humana.

William Shakespeare


Onde comeรงou o Renascimento? O Renascimento comeรงou na Itรกlia e estendeu-se por grande parte da Europa.

Inglaterra Franรงa Alemanha Portugal Holanda Norte da Europa Polรณnia Espanha


Como se espalhou ? Mas o Renascimento não chegou a toda a Europa ao mesmo tempo, em Portugal a sua chegada foi tardia. Este novo movimento artístico nasce da mistura do estilo gótico com as inovações do século XV, aparecendo como forma ornamental associada à arquitectura da última fase do gótico


Mas porquê Itália? No séc. XV Itália reunia condições que favoreceram o desenvolvimento cultural. Muitas cidades Italianas tornaram-se activos centros de comércio. A Itália estava dividida em vários pequenos estados. Entre eles estabeleceuse uma verdadeira rivalidade, pois todos pretendiam ter os mais belos palácios e igrejas e os artistas mais célebres. Com essa rivalidade criou-se nova cultura e arte. Por fim, na Itália existiam muitos vestígios da arte greco-romana, que viriam a inspirar os numerosos artistas do renascimento.

Itália na altura do Renascimento:


Características do renascimento: •Arquitectura; •Dança; •Literatura; •Música; •Pintura; •Filosofia; •Ciência; •Tecnologia; •Guerra. Medici de Lorenzo, regente de Florença e patrono das Artes.

angelo l e h c i ” de M o ã d A ão de ç a i r c “A


Conclusão Com este trabalho, podemos concluir que o renascimento ajudou em muito ao desenvolvimento do Homem e que foi uma fase histórica muito importante, não só pelo conhecimento que nos tem a oferecer, mas também pela mudança da forma de pensar. Esperamos que tenham gostado e aprendido tanto como nós.


Fontes http://arki-tetura.blogspot.com/2010/07/arterenascentista.html http://umavisaoterra.pbworks.com/w/page/8734351/Difusãodo-Renascimento http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/renascimento/ren ascimento-3.php www.itaucultural.org.br www.carlos.hpg.ig.com.br http://en.wikipedia.org/wiki/Renaissance


Fim


renascimento