Page 1

Os Deuses Antigos

Mariana Leal Serrano; Nยบ16


Índice:

       

Introdução Deuses Antigos: o que são? Mitologia Grega Seres Mitológicos Sobre os deuses… Principais Deuses e sua história Conclusão Bibliografia


Introdução:

A mitologia grega, em geral, fala de mitos sobre as figuras mitológicas. Originou-se da união das mitologias dórica e micénica, ocorrendo um desenvolvimento por volta de 700 a.C. Na Grécia Antiga, os gregos eram politeístas, o que quer dizer que adoravam vários deuses. Sobre a mitologia grega, não existem escrituras sagradas. As principais fontes que falam a respeito da mitologia foram escritas no séc. VIII a.C. por Hesíodo (“Teogonia”) que fala sobre a origem e a história dos deuses gregos, e pelo Homero (“Ilíada” e “Odisseia”) onde são descritos os grandes acontecimentos envolvendo heróis e deuses.


Deuses Antigos: Os deuses Antigos são espíritos da Natureza, incontáveis e sem nome, adorados principalmente no Norte de West Eros. Foram primeiramente adorados pelas crianças da floresta, mas os Primeiros Homens afastaram-se das suas crenças anteriores em favor dos espíritos adorados.

Os gregos eram politeístas, isto é, adoravam vários deuses, acreditando que esses deuses tinham forma humana, embora fossem mais belos e poderosos do que os homens, imortais e possuidores de poderes mágicos.

Mitologia Grega: Mitologia Grega  É o estudo dos conjuntos das narrativas relacionadas com os mitos dos gregos antigos, dos seus significados, da relação entre os gregos e cristãosnarrativas essas consideradas, com o advento do cristianismo, como meras ficções alegóricas. Os mitos gregos ilustram as origens do mundo, os modos de vida, as aventuras e desventuras de uma ampla variedade de deuses, deusas, heróis, heroínas e de outras criaturas mitológicas. Ao longo dos tempos esses mitos foram expressos através de uma extensa colecção de narrativas, que constituem a literatura grega e também na representação de outras artes, tais como a pintura da Grécia Antiga e a cerâmica de figuras vermelhas. Inicialmente divulgados em tradição oral-poética, atualmente esses mitos fazem parte apenas da literatura grega.


O sentido da poesia épica foi criar ciclos históricos que vieram a resultar num desenvolvimento de senso da cronologia mitológica, o que faz com que a mitologia grega se desdobre como etapa no desenvolvimento do mundo e do homem. A história mitológica do mundo pode ser dividida em três ou quatro grandes períodos: -Mito da origem ou da era dos deuses: a teogonia, o nascimento dos deuses, os mitos sobre a origem do planeta dos deuses e da raça humana; -Era em que os homens e os deuses se mesclam livremente: histórias das primeiras interações entre os deuses, semideuses e mortais juntos; -Era dos heróis (era heróica): onde a actividade divina ficou mais limitada.

Grande parte das lendas e mitos chegaram até aos dias de hoje e são fontes de informações importantes para se poder entender a história da civilização da Grécia Antiga. São histórias riquíssimas em dados psicológicos, económicos, materiais artísticos, políticos e culturais. Os gregos antigos enxergavam vida em quase tudo o que os cercava, e buscavam explicações para tudo. A imaginação fértil deste povo criou personagens e figuras miológicas das mais diversas espécies (heróis, ninfas, sátiros, centauros, sereias, górgonas e quimeras).

Os principais seres mitológicos da Grécia Antiga eram: -Heróis: Seres mortais, filhos de deuses com seres humanos; -Ninfas: Seres femininos que habitavam os campos e bosques, levando alegria e felicidade; -Sátiros: Figura com corpo de homem, chifres e patas de bode; -Centauros: Corpo formado por uma metade de homem e outra de cavalo; -Sereias: Mulheres com metade do corpo de peixe, atraiam os marinheiros com seus cantos atraentes; -Górgonas: Mulheres, espécies de monstros, com cabelos de serpentes; -Quimeras: Mistura de leão e cobra que soltava fogo pelas narinas.


Sobre os deuses… De acordo com os gregos, os deuses habitavam o topo do monte Olimpo, principal montanha da Grécia Antiga. Deste local, comandavam o trabalho e as relações sociais e políticas dos seres humanos. Os deuses gregos eram imortais, porém possuíam características de seres humanos. Ciúmes, inveja, traição e violência eram características encontradas no Olimpo. Muitas vezes, apaixonavam-se por mortais e acabavam tendo filhos com estes. Desta união entre os deuses e mortais surgiam os heróis.

Os principais deuses antigos eram: Zeus: Deus de todos os deuses, Senhor dos céus. Considerado a divindade suprema do panteão grego e governante do monte Olimpo. A sua fúria era representada pela tempestade e a sua arma era o raio. Zeus tinha várias esposas e diversos casos com deusas, ninfas e humanas, tendo vários filhos semideuses, tais como Hércules e Perseu.

Afrodite: Deusa do amor, da beleza e do sexo. Era a mais bela de todas as deusas. Nasceu quando Cronos cortou os testículos de Urano e arremessou-os no mar. A sua presença causou tumulto no Olimpo, pois os deuses começaram a brigar para conquistá-la, inclusive Zeus, que com receio que o ciúme pusesse fim à paz que reinava entre eles, acabou por casá-la com Hefesto, o mais decidido e tranquilo dos deuses.


Poseidon: Deus dos mares. Morava no seu palácio no fundo do mar, com a sua esposa Anfitrite. Com um único movimento do seu tridente, causava tsunamis –os navegantes rezavam para que Poseidon os protege-se dos “monstros marinhos” e que os deixa-se navegar tranquilamente. Vivia procurando aumentar seus domínios em diferentes áreas da Grécia.

Hades: Deus das almas dos mortos, dos cemitérios e do subterrâneo. Filho de Cronos e de Reia, equivalia ao deus romano Plutão. Vivia no mundo inferior. Conhecido por ter raptado a deusa Perséfone, com quem era casado.

Hera: Deusa dos casamentos e da maternidade. Mulher de Zeus e rainha do Olimpo. Muito ciumenta e vingativa com as amantes do marido e com os filhos que elas geram.


Apolo: Deus da luz e do sol. Os gregos acreditavam que era o próprio sol, conduzindo a sua carruagem dourada no céu. Seus cabelos eram louros e seus olhos claros com o dia. Era também conhecido como o deus das obras de arte.

Artemis: Deusa da caça e da vida selvagem. Como era uma caçadora, desprezava a companhia de homens, prometendo ser eternamente virgem. Possui-a um arco e flecha como os de Apolo, e, apesar disso, continuava a ser a deusa protectora dos animais.

Ares: Divindade da guerra. Era representado como um homem forte e de carácter violento que tinha como prazer apreciar a dor alheia. Consegue matar um mortal apenas com um grito de guerra, no campo de batalha. Todas as pessoas que estavam á volta dele, sentiam-se com raiva e de bater umas nas outras. Ares foi um dos amantes de Afrodite.


Atena: Deusa da sabedoria e da serenidade. Protetora da cidade de Atenas. Imbativel na guerra, nem Ares lhe conseguia ganhar, graças ás suas estratégias. Filha da primeira mulher de Zeus, Métis. Carrega uma lança e um escudo chamado Égide e a coruja é o seu símbolo, por ser a mais sábia das aves.

Cronos: Deus da agricultura que também simbolizava o tempo. Casou-se com a sua irmã Reia e tiveram seis filhos: Héstia, Deméter, Hera, Hades, Poseidon e Zeus. Tinha medo de ser destronado por causa de uma maldição, então engolia os filhos ao nascerem. Comeu todos, exceto Zeus que foi salvo pela sua mãe que enganou o Cronos ao dar-lhe uma pedra enrolada num pano. Quando Zeus cresceu, resolveu vingar-se do pai com a ajuda de Métis, que, por sua vez, lhe ofereceu uma poção que fez com que ele vomitasse os filhos que tinha devorado. Zeus tornou-se então o senhor do céu.

Hermes: Ele era o mensageiro dos deuses e também conduzia as almas dos mortos até ao submundo de Hades. Protetor de tudo aquilo que requer habilidade e astúcia.


Hefesto: Divindade do fogo e do trabalho. Arquiteto, forjador, o construtor de todas as obras do Olimpo. Foi Hefesto com a ajuda de Ciclopes que forjou o raio do seu pai, Zeus. Hefesto, por ter nascido feio, foi jogado do alto do monte Olimpo pela sua mĂŁe Hera por despeito de ela ser a deusa da famĂ­lia.


Conclusão: Em virtude do que foi mencionado, os deuses antigos são espíritos da Natureza, incontáveis e sem nome que são adorados pelas crianças da floresta. A mitologia grega é associada ao conjunto de narrativas relacionadas com os mitos dos deuses antigos que faz com que o sentido da poesia épica viesse criar ciclos da história mitológica que podem ser divididos em três grandes períodos. A imaginação fértil do povo grego criou personagens e figuras mitológicas das mais diversas espécies. Falando um pouco sobre os deuses, viviam no alto do monte Olimpo de onde comandavam o trabalho e as relações políticas e sociais dos seres humanos. Possuiam algumas características humanas.


Bibliografia:

http://wiki.gameofthronesbr.com/index.php/Deuses_Antigos http://www.suapesquisa.com/musicacultura/deuses_gregos.htm https://pt.wikipedia.org/wiki/Mitologia_grega http://www.historiadigital.org/curiosidades/12-deuses-do-olimpo-na-mitologia-grega/ http://www.sohistoria.com.br/ef2/mitologiagrega/ http://www.infoescola.com/mitologia/mitologia-grega/

Os deuses antigos  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you