Issuu on Google+

Tribuna do ABCD

12 de abril de 2014

5

NO BUFFET 7 MARES

Deputado estadual Orlando Morando e ABC recebem Aécio Neves de braços abertos O ABC recebeu o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves de braços abertos. O encontro reuniu cerca de 1,5 mil pessoas, entre lideranças e militantes e contou com o apoio e organização do Diretório Municipal do PSDB em São Caetano, juntamente com o deputado estadual Orlando Morando, que é o parlamentar mais votado da região e a principal liderança tucana no ABC. “Estou muito feliz de estar aqui. Vamos voltar muitas outras vezes. Porque, além de São Paulo ser absolutamente decisivo nessas eleições, essa é uma região que, eu acredito, nós podemos dar uma boa surpresa nos nossos adversários”, disse Aécio Neves. Aécio Neves agradeceu a recepção calorosa do Grande ABC e fez um balanço positivo. O ABC pode ter sido o berço do PT. Mas isso não pode ser tratado, como o PT trata, como um curral eleitoral. Aqui temos pessoas, trabalhadores, que pensam e veem o mal que o governo está fazendo, inclusive para essa região. O processo de desindustrialização, que hoje está em curso no Brasil, impacta diretamente nos empregos aqui na região. Nós sabemos que para cada um emprego numa montadora, você tem 18 ou 19 empregos na cadeia. Isso que está acontecendo é muito grave. Pela primeira vez,

estamos vendo o programa de demissão no mês de abril. É algo inédito. Isso é fruto da desorganização da nossa economia, do baixíssimo crescimento que hoje ocorre no Brasil, não apenas nesse ano, mas nos últimos anos. Em todos os anos da presidente Dilma, nós vamos ter um crescimento de um pouco mais de um terço dos nossos vizinhos. Isso não se justifica. Não dá mais para terceirizar responsabilidades”, afirmou. “Então, essa minha visita ao ABC, além de ver os companheiros, receber os apoios que tenho recebido aqui, como o do deputado Orlando Morando, que para mim são muito estimulantes, ela é simbólica. Eu venho aqui para dizer que ninguém é dono do voto e nem da consciência do trabalhador brasileiro. E quem vai fazer um governo que vai ampliar a indústria, ou fortalecê-la, e vai resgatar o processo de crescimento do Brasil, é o PSDB. Porque o PT fracassou”, finalizou Aécio. Em seu discurso Orlando Morando criticou duramente as ações do governo petista que só pensa no poder e não na população brasileira. Ele afirmou que é o momento de mudança, de acabar com a corrupção, como por exemplo o mensalão, os problemas com a Petrobras e não permitir que a inflação volte a atormentar o povo brasileiro.

Carlinhos Rodrigues, Márcia Maria Rodrigues e Lima Filho

Ary de Oliveira e Olivio Pinheiro

Vereador Hiroyuki Minami e Francisco de Souza Secchi

Senador Aloysio Nunes com Dr. João Manoel da Costa Neto

O senador Aécio Neves com o deputado estadual Orlando Morando e Alberto Goldman

Moacir Rubira com Dall’Anese

O vereador Beto Vidoski com Moacyr Antonio Rodrigues

Wesley Calcin e João Manoel

Edison Motta e Walter Estevam

Gilberto Laporta e Fernando Leça Vasco do Nascimento

Ramos de Oliveira e Donizete Duarte do CIESP - Diadema

Aécio Neves com o jornalista, Dr. Sérgio Ricardo Tannuri

André Franco Montoro Filho com o deputado Silvio Torres

Ademir Silvestre e Ferrarezi

Marcos Savoy, Simon Calcin Neto, Carnaval e Eduardo Ruiz

José Anibal com Milton Flávio

Deputado Dr. William Dib, Renata Rocha e Osmar Mendonça

Meia do Açougue e o suplente de vereador, Daniel Córdoba

Dr. Moacyr Rodrigues-Patricy

O Engº. Iliomar Darronqui e Francisco de Souza Secchi

Vereador de SBC, Pery Cartola, Ademir Ferro e Augusto Toldo

Duilio Pisaneschi, Edson Raddi e Dr. Geraldo Reple Sobrinho


05 1084