Page 1

MARIANA MORITA LUJAN

PORTFÓLIO DE ARQUITETURA E URBANISMO


02

Índice 03

Biografia

04

Casa de Cultura do Padre Faria

08

Planejamento Chico Rei

10

Associações Antônio Pereira

Mariana Morita Lujan

Projeto de Interiores 2017

Urbanismo e Projeto Arquitetônico 2017

Projeto Arquitetônico 2017


03

EXPERIÊNCIAS NA ÁREA

MARIANA MORITA LUJAN 22 anos brasileira Estudante de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal de Ouro Preto (2013 atual)

Projeto de Extensão: Assessoria Técnica em Arquitetura para Associações de Mulheres Empreendedoras de Antônio Pereira - Etapa 2 UFOP Jun, 2017 - Dez, 2017

Assessoria para o desenvolvimento de projetos arquitetônicos e acompanhamento da obra

Monitoria: Conforto Térmico e Ambiental UFOP Out, 2016 - Mar, 2017

Auxílio aos alunos extraclasse

Projeto de Extensão: Assessoria Técnica em Arquitetura para Associações de Mulheres Empreendedoras de Antônio Pereira - Etapa 1 UFOP Abr, 2016 - Dez, 2016

Assessoria para o desenvolvimento de projetos arquitetônicos e acompanhamento da obra

Projeto de Extensão: Arquitetura Aberta UFOP Mar, 2015 - Dez, 2015

Elaboração projetual de reformas para a população de Ouro Preto

Monitoria: Plástica

Ouro Preto, Minas Gerais (34) 99172-7319 marianamlujan7@gmail.com

UFOP Set, 2014 - Dez, 2014 Auxílio aos alunos durante as aulas e extraclasse

HABILIDADES AutoCad

VRay

Illustrator

Pacote Office

Francês

SketchUp

Lumion

Photoshop

Inglês

Espanhol

www.issuu.com/marianamoritalujan


04

Casa de Cultura do Padre Faria O projeto de interiores foi desenvolvido no edifício já existente, localizado no bairro Padre Faria, na cidade de Ouro Preto. Visando incentivar a reutilização do espaço por meio da melhor distribuição das atividades, que já aconteciam na edificação, foram propostas soluções que se adequassem ao espaço, de forma a respeitar seu caráter histórico e sua grande importância para a comunidade onde está inserido.

Primeiro Pavimento





Recepção

Biblioteca


05

As principais atividades ocorrem no primeiro pavimento da edificação, porém também foi desenvolvida uma proposta para a utilização do segundo pavimento, que é integrado com uma extensa área externa. Essa proposta apresenta um espaço para cafeteria, visando aumentar o fluxo de pessoas visitando a edificação. Além disso foi desenvolvido um espaço de permanência, com tratamento paisagístico.

Segundo Pavimento



Cafeteria

Área Externa


06 Corte AA

Espaço da biblioteca com acervo e área de permanência voltados para jovens e adultos

Sala de aula dedicada para prática de oficinas de artesanatos


07 Corte BB

Varanda integrada com a cafeteria, localizadas no segundo pavimento

Espaço de permanência localizado no patamar intermediårio


08

Planejamento Chico Rei

O projeto em questão foi desenvolvido para a área onde se encontra a Ocupação Chico Rei, na cidade de Ouro Preto. A área para elaboração projetual foi delimitada respeitando as diretrizes de aptidão urbana, zoneamentos e topografia. Foi realizado um levantamento do entorno e de suas principais características, como o perfil dos moradores da região, equipamentos urbanos presentes, e acessos ao terreno. Além de propor a distribuição dos lotes, foi feito um projeto arquitetônico para duas tipologias de residências de interesse social, para serem aplicadas no projeto.

Localização da área trabalhada. O terreno se encontra na área destinada à expansão urbana, sendo distante dos principais adensamentos e de diversos equipamentos urbanos


09

Corte do desenvolvimento da proposta

Proteção leito do rio: 15,00m

Calçada: 3,00m

Leito Carroçável: 9,5m

Ciclovia Calçada: 2,5 3,00m

Lote tipologia 1: 15,625m

Lote tipologia 1: 15,625m

Calçada: 1,8m

Leito Carroçável: 6,0m

Tipologia Básica

VARIAÇÃO 1 DA TIPOLOGIA BÁSICA USO RESIDENCIAL

VARIAÇÃO 2 DA TIPOLOGIA BÁSICA USO MISTO

Tipologia Básica Adaptada com Acessibilidade

Foram desenvolvidos dois layouts para a tipologia básica, com o propósito de mostrar a possibilidade de conciliar uso residencial com comércio. Foi feita uma proposta de residência com acessibilidade .

VARIAÇÃO 3 DA TIPOLOGIA BÁSICA ACESSIBILIDADE

Calçada: 1,8m


10

Associacoes de Antonio Pereira

Os projetos foram desenvolvidos para três associações de mulheres empreendedoras, moradoras do distrito de Ouro Preto, Antônio Pereira. No primeiro ano de atuação do projeto de extensão que produziu os projetos, foram desenvolvidas as propostas de acordo com a demanda de cada associação. Porém, no segundo ano de trabalhos extensionistas, foi necessário adaptar os projetos devido ao orçamento disponível para as construções.

Diretrizes projetuais

Manutenção de uma faixa não edificável no alinhamento frontal do terreno, de 3 metros, conferindo um alargamento para a calçada e maior qualidade para o espaço público.

Associação Mãos que Brilham

Áreas verdes dos lotes conectadas entre si criando maior interação entre as associações. Contudo, os lotes não terão instalações comuns entre si.

carga/descarga


11

Associação Vale da Benção produção

cozinha

silk

depósito

sanitários carga/ descarga

vitrine

adm

Associação Artes, Mãos e Flores produção

cozinha/ serviço

produção

i.s.

estoque administ. carga/ descarga

Maquetes Processuais

Artes, Mãos e Flores

Vale da Benção

Mãos que Brilham

i.s.

loja


Portfólio Mariana Morita Lujan  
Portfólio Mariana Morita Lujan  
Advertisement