Issuu on Google+


Sumário Apresentação e Histórico.............................................................................................. 4 Movimento Oasis Santa Catarina ................................................................................. 5 1ª Etapa: Jogo Virtual | 22 de abril a 21 de julho ....................................................... 7 2a Etapa: Mão na Massa..........................................................................................17 3ª Etapa: Pacto Social Intersetorial ......................................................................... 19 Corrente do Bem Andar Triunfante Festival Internacional de Práticas Espetaculares 4ª Etapa: Plano de Desenvolvimento Sustentável | Janeiro de 2010....................... 21 Como participar? ................................................................................................. 21 2. Metodologia do Jogo Oasis .................................................................................... 21 Percepção | O olhar ................................................................................................ 22 Informação | O afeto ............................................................................................... 22 Reflexão e Proposição | O cuidado e o sonho......................................................... 22 Ação | O milagre e a celebração ............................................................................. 22 3. Municípios envolvidos............................................................................................. 23 3.1 - Blumenau........................................................................................................ 23 Comunidade Coripós Comunidade Fortaleza 3.2 - Brusque .......................................................................................................... 25 Comunidade Batêas


Comunidade Limeira Baixa 3.3 Ilhota ................................................................................................................. 27 Comunidade Braço do Baú Comunidade Alto do Baú 3.4 Itajaí .................................................................................................................. 29 Comunidade Cidade Nova Comunidade Cordeiros 3.5 Itapema............................................................................................................. 31 Comunidade Morretes Comunidade Alto São Bento 3.6 Navegantes....................................................................................................... 33 Comunidade Porto das Balsas Comunidade Volta Grande Quem está com a gente! ............................................................................................ 35 Organizações ...................................................................................................... 35 Personalidades que apóiam o movimento ........................................................... 38 Impactos..................................................................................................................... 39 Comunidade............................................................................................................ 39 Universitários .......................................................................................................... 40 Empresas................................................................................................................ 41 Setor Público........................................................................................................... 42 Anexo 01 | Clipping..................................................................................................... 43


Apresentação e Histórico Este documento tem o objetivo de socializar o histórico, as ações e os resultados das etapas de ação: Jogo Virtual e Ação Mão na Massa do Movimento Oasis Santa Catarina Este movimento nasceu a partir do desafio coletivo de materializar 82 OASIS no ano de 2009, proposto aos participantes do Programa de Formação Guerreiros Sem Armas. Alguns jovens visualizaram uma ação em rede distribuída com mobilização e multiplicação da metodologia para o maior número possível de jovens como estratégia de materialização desta meta. A escolha do local para a ação ocorreu a partir da vontade coletiva de minimizar os impactos da catástrofe ocorrida no Sul do Brasil em novembro de 2008, e da presença de dois Guerreiros Sem Armas residentes na região do Vale do Itajaí. Essa idéia tomou forma, em março de 2009, com o convite para o compartilhamento da experiência da metodologia OASIS no Seminário Planejar e Construir, realizado pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil SC, Núcleo Blumenau, em abril de 2009. Assim, ao final da palestra, foi apresentada a proposta de ação em comunidades de Santa Catarina.


Movimento Oasis Santa Catarina Aqueles que criticam os jovens por gastarem tanto tempo em redes virtuais de relacionamento terão que repensar seus argumentos, especialmente depois do exemplo dado por alguns brasileiros no mês de julho A simples idéia de reunir pessoas para fazer a diferença foi o suficiente para motivar um grupo de jovens empenhados em ajudar as vítimas das enchentes de Santa Catarina. Com as enchentes, 70.000 pessoas tiveram que evacuar suas casas e, meses


depois, muitas delas ainda vivem com parentes ou em abrigos provisórios, dado que a infra-estrutura da região foi extremamente danificada. O Oasis Santa Catarina é uma rede aberta liderada por jovens que conseguiu reunir 3000 pessoas de todo o Brasil (e do mundo) para compartilhar e realizar o seu sonho, trazendo conhecimentos e habilidades para poder transformar a realidade de Santa Catarina Usando a plataforma social virtual gratuita Ning.com, o grupo começou o Jogo Oasis, uma ferramenta social desenhada pelo Instituto Elos, que despertou uma rede sustentável para dar suporte e habilitar as comunidades da região, que, apesar de danificadas por desastres naturais ou sociais, estavam saudáveis e/ou facilmente recuperáveis. Desde abril, jovens, empresários, governos e moradores das comunidades se “encontravam” online para se informar sobre a situação e as necessidades dos afetados, e discutir como cada um poderia contribuir para melhorar tal situação. A plataforma virtual ajudou otimizar a colaboração, dificultada pela distância geográfica e grande quantidade de pessoas. Todos estão convidados a contribuir com seus talentos, habilidades e recursos, com a simples regra de ajudar sempre com sua melhor contribuição. O grupo vai além das palavras, e, no mês de julho, começou a “botar a mão na massa”. Nesta etapa, 250 estudantes de todo o país se dividiram em grupos, viajaram para Santa Catarina, e apoiaram as comunidades locais para reerguer espaços públicos prioritários. Durante esses 10 dias, foram ajudados 6 municípios com 12 comunidades e mais de 30 projetos diferentes simultâneos. Com isso, os estudantes não só melhoraram a infra-estrutura local, mas acenderam a chama de um movimento para mudanças. Agora, há muitas comunidades locais se organizando sozinhas para continuar o trabalho iniciado. Assim, autoridades locais começam a traçar planos de longo prazo para melhorar definitivamente as comunidades com ajuda das pessoas. Para isto, está sendo organizado o Festival Internacional de Práticas Espetaculares, para que em novembro, sejam trazidas para a região as melhores e mais peculiares maneiras e know how para estruturar planos de habitação de baixo custo e infra-estrutura inovadores que possam ser adaptados às mudanças do clima.


Neste seminário, alunos e professores universitários de todo o Brasil se reunirão com sociedade civil, cientistas, ativistas políticos, engenheiros e arquitetos do mundo todo, assim como autoridades locais e representantes de negócios para discutir e aprender sobre possíveis soluções sustentáveis para recuperar Santa Catarina. O resultado deste processo é a criação de um Plano de Ação Regional de Desenvolvimento Sustentável. O plano incorporará tecnologia de ponta disponível em construção e urbanização, para conciliar tudo com os desejos e sonhos da população local. Mais do que isso, a rede Oasis Santa Catarina quer motivar e inspirar jovens a liderar movimentos que tragam a sociedade brasileira para colaborar na construção de um país sustentável para todos. Eles são o exemplo perfeito de como um mundo melhor é possível quando comunidades aprendem a sonhar juntas e colaborar criativamente para realizar esses sonhos. O grupo quer difundir esse modelo para que ele possa ser usado por outros povos combatendo desastres causados por mudanças climáticas. Para isto, foi criada uma rede virtual chamada Oasis Mundi, com o objetivo de engajar a comunidade global na formação de uma rede colaborativa mundial. “Playing Hard to Change the World” por João Felipe Scarpelini In: http://youthinkblog.worldbank.org/playing-hard-change-world

O OASIS SANTA CATARINA é um movimento impulsionado por jovens de todo o Brasil que convida a sociedade - pessoas, organizações e governos - a coordenar esforços de maneira espontânea e prazerosa, visando à construção coletiva e o resgate da auto-estima das comunidades trabalhadas, garantindo um futuro sustentável por meio da intervenção social cooperativa. A ação do movimento foi impulsionada por um jogo dividido em quatro etapas.

1ª Etapa: Jogo Virtual | 22 de abril a 21 de julho


Mobilização de universitários, talentos e colaboradores do movimento Oasis Santa Catarina. Nesta etapa, cidadãos, organizações privadas e públicas, equipes universitárias e comunidades ofereceram conhecimento, articulação, criatividade, experiência e ação para concretizar a etapa Mão na Massa. Os passos para a concretização do Jogo virtual foram: Convites e Adesões das Prefeituras (21 municípios foram visitados e 6 aderiram ao movimento); Reuniões para definição das estratégias de mobilização e viabilização de infra-estrutura do Jogo; Tarefas das equipes escolas – estudantes de 5ª a 8ª série de escolas públicas das cidades participantes visitaram suas respectivas comunidades mapeando sonhos, talentos e recursos; Tarefas das equipes universitárias - os universitários montaram equipes multidisciplinares, cumpriram tarefas e mantiveram contato com outras equipes, pessoas da comunidade e colaboradores da rede.

O jogo foi viabilizado por meio da rede social "Ning” (www.oasissantacatarina.ning.com) que possibilitou a conexão de todos os atores envolvidos para oferecer o seu melhor e, dessa forma, atingir o objetivo do movimento. Desenvolvimento da comunicação visual do movimento:


Cartaz de divulgação nas faculdades

Folder de divulgação


Site


Camisetas


Lanรงamento da Etapa 1 em Sรฃo Paulo e Blumenau


Articulação das prefeituras - SC


Articulação Universitária e Articulação Local em Santa Catarina


Oasis no Fórum de Comunicação e Sustentabilidade - SP

Oasis no São Paulo Fashion Week – Lounge WGSN – SP


Apresentação do Oasis nas Escolas – SC


Equipes Universitárias em ação cumprindo as tarefas

2ª Etapa: Mão na massa | 22 a 31 de julho:

Sensibilização, mobilização geral e ação de universitários, comunidades e voluntários nas cidades de Blumenau, Brusque, Ilhota, Itajaí, Itapema e Navegantes. Nesta etapa, ocorreu a materialização dos sonhos coletivos das 12 comunidades, por meio da utilização dos recursos e talentos locais já mapeados pelas equipes escolas e equipes universitárias durante a etapa do jogo virtual. O resultado da etapa mão na massa é a comunidade inspirada e altamente motivada, que garante a manutenção do que foi realizado, jovens inspirados e ansiosos pelo próximo desafio e uma rede multisetorial e interdisciplinar para apoiar as comunidades na realização de seus sonhos atuais e futuros. Ao final desta etapa, comunidades e equipes universitárias receberam um desafio: realizar um Oasis em uma nova comunidade no Dia Internacional pela Erradicação da Pobreza (17 de outubro).


Capacitação das Equipes em Blumenau – SC


Construção do Sonho Coletivo e Mão na Massa

3ª Etapa: Pacto Social Intersetorial Corrente do Bem Andar Triunfante Festival Internacional de Práticas Espetaculares (FIPE) Novembro de 2009


A Corrente do Bem convida todas as comunidade e equipes universitárias que vivenciaram o Oasis a escolher uma nova comunidade, e presenteá-la com outro Oasis. A data preferida é o dia 17 de outubro, o Dia Mundial de Erradicação da Pobreza. O Andar Triunfante desafiará as 12 equipes universitárias e suas respectivas comunidades a convidarem outras doze universidades catarinenses, para juntos realizarem um sonho de 12 meses: o Oasis Nível 2. O Festival Internacional de Práticas Espetaculares (FIPE) reunirá representantes de organizações juvenis de todo o Brasil, governantes, empresários, representantes de organizações sociais, agências internacionais de fomento, especialistas em mudanças climáticas e assentamentos sustentáveis. O objetivo é que, juntos, todos compartilhem as melhores práticas, elaborem estratégias de ação e desenvolvam protótipos sustentáveis nas escalas do indivíduo, casa, bairro, cidade e região, aplicáveis à realidade de Santa Catarina e de todo o país. O objetivo desta etapa é firmar um pacto social entre os principais setores da sociedade catarinense e lançar a proposta para os demais estados brasileiros.

4ª Etapa: Plano de Desenvolvimento


Sustentável | Janeiro de 2010

Lançamento do Plano de Desenvolvimento Sustentável, que será implantado ao longo do ano de 2010. Jovens de todo o Brasil e do mundo, junto a toda a comunidade de Santa Catarina, colocam a mão na massa a fim de marcar o início da materialização do Pacto Social, que será desenvolvido ao longo da terceira etapa do movimento.

Como participar? Qualquer pessoa pode criar projetos e iniciativas, ou participar de outros já existentes, para a construção dos sonhos de Santa Catarina de forma sustentável. Basta estar alinhado com o propósito do movimento e seguir os princípios do Oasis Santa Catarina.

2. Metodologia do Jogo Oasis O Jogo Oasis é uma tecnologia social de mobilização cidadã de domínio livre, desenvolvida pelo Instituto Elos. É uma gincana cooperativa de projetação e construção coletiva, onde colegiais e universitários, comunidades, comerciantes locais, representantes de ONGs, organizações públicas e privadas definem um objetivo comum de transformação e o realizam com suas próprias mãos no prazo de dois a sete dias. É como um mutirão de construção, mas para ser um Oasis deve atender a pelo menos cinco critérios:


Deve ser um presente para alguém ou alguma comunidade;

Deve atender a um sonho do presenteado;

Deve ser realizado com os talentos e recursos disponíveis no local;

Deve ser grátis, não vale colocar a mão no bolso;

Deve ser concluído em no máximo sete dias e o resultado deve ser ESPETACULAR.

A metodologia OASIS em Santa Catarina inovou, integrando ações virtuais e vivenciais através das seguintes etapas:

Percepção | O olhar Através das tarefas online, os participantes (comunidades e universidades) percebem-se uns aos outros, criam uma identidade comum e tomam contato com a realidade local. A atenção está na busca do belo, do que está vivo e do que emociona nos ambientes degradados, para, então, multiplicá-los no entorno.

Informação | O afeto Com as interações online e práticas, nas comunidades, ocorre um mergulho nas origens culturais e na realidade dos bairros: os sonhos e talentos de seus moradores, potencialidades, recursos, etc. A opinião dos moradores é determinante, sendo o ponto de partida para o estabelecimento de relações sustentáveis de cooperação e ação intercultural.

Reflexão e Proposição | O cuidado e o sonho Ainda no ambiente virtual, os universitários compartilham soluções para atender aos sonhos das comunidades. Em julho, a ação direta nas comunidades de Santa Catarina inaugurou a elaboração coletiva de propostas de ação que integraram os sonhos prioritários, utilizando-se dos saberes, recursos e técnicas locais.

Ação | O milagre e a celebração


Em 6 dias, os universitários, a comunidade e os parceiros locais mobilizaram recursos físicos, institucionais e financeiros e materializaram o sonho comunitário. O momento da ação revela a força dos indivíduos, dos recursos existentes (físicos e humanos) e o poder latente nas comunidades. O processo foi essencialmente lúdico e reviveu a alegria e a força de realizar juntos. A celebração marcou o fim da etapa, com o reconhecimento do trabalhorealizado, a gratidão e a apreciação pela conquista coletiva, e também o início dos próximos desafios.

3. Municípios envolvidos 3.1 - Blumenau Comunidade Coripós A comunidade Coripós recebeu 20 universitários, vindos de Florianópolis (Santa Catarina), Campo Grande (Mato Grosso do Sul), Londrina (Paraná) e


Blumenau (Santa Catarina). Todos foram recebidos na Escola Norma Huber, palco de uma das intervenções. Entre as realizações estão: a construção da primeira praça do bairro com área de lazer para as crianças e um espaço de aprendizagem no espaço da escola com um quiosque de estudo, horta, jardim e mural com mosaico.

Comunidade Fortaleza A comunidade Fortaleza recebeu 25 universitários vindos do Recife (Pernambuco), Londrina (Paraná), Campo Grande (Mato Grosso do Sul), Ilha Comprida (São Paulo) e Blumenau (Santa Catarina) que foram recebidos na Escola Bruno Hoeltgebaum. Com base nos sonhos da comunidade, o grupo realizou a revitalização de duas áreas de lazer, que ganharam novos brinquedos, canteiros de flores, bancos, mesas e uma casa de brinquedos. As revitalizações dessas duas áreas construíram grandes elos entre a


comunidade.

3.2 Brusque Comunidade Batêas A comunidade Batêas recebeu 20 universitários vindos de Londrina (Paraná), Fortaleza (Ceará), Campo Grande (Mato Grosso do Sul) e Ilha Comprida (São Paulo). Os sonhos da comunidade foram materializados ao redor da Escola de Ensino Fundamental Theodoro Becker. Entre as realizações nessa comunidade estão: a construção de um parque para as crianças, de uma área de convivência e pintura interna da escola e da quadra de esportes.


Comunidade Limeira Baixa A comunidade Limeira Baixa recebeu 25 universitários de Florianópolis (Santa Catarina), Campo Grande (Mato Grosso do Sul) e São José dos Campos (São Paulo). O desafio era materializar os sonhos da comunidade: uma praça, uma horta comunitária e uma quadra poliesportiva na escola Augusto Dutra Souza, na qual os jovens ficaram alojados. Neste curto tempo, houve a revitalização de uma praça, a construção de uma horta comunitária e a finalização da quadra poliesportiva, que agora estão a cargo da comunidade e da prefeitura.


3.3 Ilhota Comunidade Braço do Baú A comunidade Braço do Baú recebeu 22 universitários de São José dos Campos (São Paulo), Uberlândia (Minas Gerais), Campinas (São Paulo), Blumenau (Santa Catarina), Ilhota (Santa Catarina) e São Paulo (São Paulo). Entre as realizações estão: praça em frente à escola local e a construção de um caminho direto entre esta e mais duas áreas de lazer - o campo de futebol e o ginásio municipal.


Comunidade Alto do Baú A comunidade Alto do Baú recebeu 21 universitários de São José dos Campos (São Paulo), Uberlândia (Minas Gerais) e Apucarana (Paraná). Os jovens universitários ficaram alojados na escola Pedro Teixeira de Melo. O maior sonho da comunidade foi materializado em menos de um dia: uma ponte de acesso para pedestres. No decorrer dos outros 5 dias, foram concretizados uma pista de motocross, a revitalização da frente do posto de saúde, campo de futebol e campo de futebol de areia da escola. Em apenas seis dias, os jovens conseguiram interagir com as 200 famílias que vivem no local, restaurando a vontade de mudança e trazendo a certeza de que eles podem mudar suas próprias realidades.


3.4 Itajaí Comunidade Cidade Nova A comunidade Cidade Nova recebeu 17 universitários vindos do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro) e São Paulo (São Paulo), que ficaram alojados na escola CAIC. O sonho da comunidade era revitalizar uma área de 1000 m² e construir um espaço de lazer para crianças e adolescentes. Ao fim dos 6 dias, um parque foi reformado e ganhou dois quiosques, uma cabana, uma praça, três jardins e uma horta comunitária.


Comunidade Cordeiros A comunidade Cordeiros recebeu 23 universitários vindos de São Paulo (São Paulo), Rio de Janeiro (Rio de Janeiro) e Londrina (Paraná). Tendo a Escola Melvin Jones como casa, foi possível desenhar e realizar, juntos, sonhos da comunidade. Em 5 dias, foram realizadas as seguintes construções coletivas: uma praça ao lado da escola com passagem para pedestres, ciclovia e um quiosque. As reformas de um campo de futebol e de uma quadra poliesportiva já foram iniciadas pela comunidade.


3.5 Itapema Comunidade Morretes A comunidade Morretes recebeu 18 universitários vindos de Campo Grande (Mato Grosso do Sul) e Campinas (São Paulo), que foram recebidos na Escola Francisco Victor Alves. As realizações da comunidade foram uma praça com parque infantil, bancos e uma horta.

Comunidade Alto São Bento A comunidade Alto São Bento recebeu 20 universitários vindos de Campinas (São Paulo) e Londrina (Paraná), além de dois integrantes da Colômbia e um da Alemanha. Os jovens foram recebidos pela Escola Maria Linhares e realizaram a materialização dos seguintes sonhos comunitários: uma praça com campo de futebol, um pequeno anfiteatro além da plantação de mudas de árvores frutíferas.


3.6 Navegantes Comunidade Porto das Balsas A comunidade Porto das Balsas recebeu 16 jovens de São Paulo (São Paulo), Campo Grande (Mato Grosso do Sul), Jaraguá do Sul (Santa Catarina), Uberlândia (Minas Gerais) e Fortaleza (Ceará). Durante os 6 dias de mutirão, foram construídos um parquinho com escorregador, casinha de bonecas, gangorra e labirinto de cordas, um deck para piquenique, uma arena para apresentações, mesas com tabuleiro de jogos, um campinho de futebol, uma área para exercícios e alongamento, e, por fim, uma área de contemplação, com canteiros, bancos e um barco, que representa bastante a cultura local. A praça conta com um monumento: um peixe feito pelo serralheiro da comunidade. Fora isso, a população que vive atrás da escola, ganhou um muro desenhado pelas crianças com um poema escrito por uma das moradoras da comunidade.


Comunidade Volta Grande A comunidade Volta Grande recebeu 16 universitários vindos de Porto Alegre (RS),Tubarão (SC), Brumadinho (Minas Gerais), Sorocaba (São Paulo), Campinas (São Paulo) e Maringá (Paraná). Com base nos sonhos da comunidade, as construções dos 6 dias de mão na massa foram: uma área de lazer para todas as idades com quadra de vôlei de praia, pista de salto em distância, parquinho infantil, área de churrasco com mesas e churrasqueira e a reforma de um galpão, com a intenção de servir como centro de reuniões da comunidade - reforma que incluiu pintura, troca de parte das paredes de madeira e a construção de uma lareira.


Quem está com a gente! Organizações

A. Yoshii Engenharia ABC Ciclovias Agência Catarina de comunicação Aiesec Nacional Artefloral Arte Signs Ashoka International Associação dos Municípios do Médio Itajaí Associação Empresarial de Blumenau (ACIB) Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmicas para Revestimentos (ANFACER) Atitude Brasil Barba Ruiva Produções Belas Artes Bella Estampa Cia de Talentos


Comitê para Democratização da Informática (CDI) Comitê Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA) SC Cruz Vermelha Alemã Defesa Civil Estadual e dos Municípios DETER - SC Dudalina Equipe Rosenbaum Federação Nacional das Empresas Juniores Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura (FENEA) FEJESC Fundação Artemisia Fundação Maurício Sirotsky Fundação Municipal de Desportos - Blumenau Geração Muda Mundo (GMM) Ashoka Governo do Estado de Santa Catarina Gráfica ZF Grupo RBS Idéia Forte Produtora Instituto Comunitário de Florianópolis (ICOM) Instituto Elos Instituto Guga Kuerten


Instituto Voluntários em Ação Inventi Projetos Lindner Gráfica Pontinho Presentes Posto Almirante Prefeituras Municipais Pró-família - Blumenau Projeto Cooperação Pró-Reitoria de Extensão/UEL - PROEX Risotolândia Sara Decorações Sator Eventos Marcantes e ativação de Marcas Secretarias de Educação dos Municípios TecnoBlu Via Blu Vivo WGSN Lectra


Personalidades que apóiam o movimento

Alice Thümmel Kuerten – Presidente do Instituto Guga Kuerten Ana Moser - Presidente do Instituto Esporte & Educação e ex-jogadora de vôlei André Lazaro – Secretário de Educação Continuada do Ministério da Educação André Trigueiro – Jornalista e professor universitário Camila Pitanga - Atriz Dana Zohar – Filósofa, psicóloga e escritora Flávia Alessandra - Atriz Flávio “Teco” Padaratz – Surfista e músico Jean Carlo Tomelin – Deputado estadual Kofi Anan – prêmio Nobel da Paz e diplomata Leonel Pavan – Vice-governador de Santa Catarina Marcelo Rosenbaum - Designer Marina Silva – Senadora Mário Sergio Cortella – Filósofo e professor da PUC – SP Otaviano Costa - Apresentador Rodrigo Leão - Publicitário Seu Jorge – Músico


Sonia Souza Hess - Presidente da Dudalina Vilfredo Schurman – Empresário e economista

Impactos Muitos foram aqueles que o movimento atingiu, e de diversas maneiras. Comunidades, juventude, empresariado, setor público. A seguir estão transcritos alguns depoimentos de pessoas vindas de todos estes segmentos, acerca do que tem sido o movimento Oasis Santa Catarina até aqui.

Comunidade

“Eu achei muito bom, porque um dia podem ser nossos filhos participando também. Todos são muito educados e animados. Vejo que ao longo desses dias vocês se tornaram uma família e essa experiência vocês vão levar para vida toda.” Zeniria Isabel Barni Cuchi (Funcionária – E.E.B. Professora Augusta Dutra Souza - Comunidade Limeira Brusque ) “Gostaria de informar que foi muito válida a vinda de vocês, que deram um exemplo de cidadania e respeito ao próximo. Achei que vocês fizeram um resgate, na transformação que podemos ter, sendo ela simples ou complexa. Adorei a atitude que tiveram, pelo simples fato de querer a mudança e fazer a mudança, pois em alguns momentos "santos de casa não fazem milagres". Quanto a minha vida, já venho em transformação e com mudanças nas teorias que uso para dar aulas. Há mudanças, muitas que estão desde a concepção da vida à velhice. Mas acredito que a vinda de vocês foi muito importante, pois em alguns momentos este povo esquece que passou por uma catástrofe”.


Rodrigo Laranjeira (Professor – E.E.B. Professora Augusta Dutra Souza - Comunidade Limeira – Brusque) “Muito mais importante do que a construção de “obra” foi a reconstrução das relações. Foi um movimento de acordar pessoas adormecidas pelos acontecimentos sofridos e despertar nelas o que elas têm de maior valor: a vontade de continuar a enfrentar desafios”. Mara Regina Neves (Professora - Escola Norma Huber - Comunidade Coripós – Blumenau)

Universitários

"O Oasis teve influência direta na minha vida, tanto pessoal, como acadêmica. Aprendi a trabalhar com a opinião de outras pessoas e lutar por isso. Além disso, o Oasis frisou a questão de organização, disciplina e trabalho em grupo, itens super importantes na vida acadêmica e que nem sempre são trabalhados. Além da vida acadêmica, o Oasis teve influência direta em minha vida no geral." Amanda Hammes (Blumenau – Biologia – Furb)

“Botar a mão na massa para provocar a reflexão e não o contrário; trabalhar mais eficientemente em rede, trazer à tona nosso poder de articulação, realização e transformação que elas já possuem. O Oasis tem me ensinado esses e outros métodos de como utilizar meu conhecimento e posição de universitário para tornar o mundo em que vivo mais próximo do mundo ideal que imagino.”


Isadora Kimura (São José dos Campos - Engenharia Mecânica – ITA)

"Participar do Oasis Santa Catarina foi uma experiência única, que jamais vivenciaria dentro da minha vida acadêmica. Não sabia exatamente o que me esperava, estava apenas com o coração cheio de amor e vontade de ajudar, mas algo inesperado aconteceu, mais do que ajudar, eu fui ajudada.Como é maravilhoso ver que juntos podemos transformar a nossa realidade e que os jovens do nosso pais estão dispostos a ajudar quem precisa. O contato com a comunidade Alto São Bento foi enriquecedor, conhecemos histórias de vidas, seus sonhos e planos para o futuro, aos poucos conquistamos o carinho o respeito e admiração da comunidade, que nos ajudou na construção da praça. A Praça foi apenas um meio que conseguimos para mostrar a eles que juntos podem transformar a realidade a sua volta, ajudando o meio ambiente, de forma bio-sustentável e eu como futura pedagoga e educadora ambiental me sinto gratificada pois vi que conseguimos plantar essa sementinha na consciência de cada criança que participou ativamente do processo de construção da praça." Vivian Thais Godinho (Bauru - Pedagogia - Universidade do Sagrado Coração)

"Participar do Oasis foi incrivelmente divertido e proveitoso. Além de termos um contato muito próximo com as pessoas da comunidade ouvindo as suas histórias emocionantes e aprendendo com o seu sofrimento, percebi que toda a minha preocupação em construir os seus sonhos era desnecessária pois apenas a minha disposição a ajudá-los já era suficiente e admirada. Esse foi o meu primeiro, mas com certeza não será o meu último Oásis." Saulo Pandini


(Londrina - Engenharia Civil – UEL)

Empresas

“O Oasis Santa Catarina foi uma experiência marcante na minha vida pessoal e profissional. Pessoalmente, tive uma identificação com a forma como o movimento nasceu e o seu objetivo. Acredito muito que juntos podemos mudar a nossa nação. Para a VIVO, o Oasis SC também foi uma experiência muito bacana: trabalhar em rede ampliando as possibilidades dos indivíduos é a cara da VIVO. Por isso, acreditamos que deu tão certo a nossa parceria.” Débora Griebeler (Articuladora interna parceria Oasis – VIVO)

Setor Público

"A iniciativa do projeto Oasis convida o povo a colocar a mão na massa para transformar o nosso mundo com um futuro sustentável. É um projeto louvável que precisa acontecer assiduamente e ser ampliado para outras cidades do Estado. Nós, como governo do Estado, temos feito nossa parte através de projetos técnicos e estudos. Contudo, o trabalho psicológico é fundamental no resgate da autoestima do povo catarinense. O projeto Oásis, toda sua equipe e colaboradores estão de parabéns!" Leonel Pavan (Vice-governador do Estado de Santa Catarina)

"Apostei muito no Oasis, principalmente, nas duas comunidades do Baú. No


Braço do Baú, as pessoas são unidas, mas individualistas, o que prejudica a comunidade e o Oasis mudou isso. Sempre tivemos uma disputa política partidária lá e unir os dois lados foi o grande feito, assim como mostrar para as pessoas que é possível discutir os problemas da comunidade. As pessoas estão muito carentes e dependentes do poder público e essa foi a oportunidade de as darmos um pouco mais de independência. No Alto Baú, as pessoas vivem muito isoladas, é muito longe do Centro de Ilhota e as pessoas não tem vínculo de convivência. Com o projeto, elas se aproximaram mais. Mesmo com pouca participação na reunião, unimos a comunidade com as construções, como no caso da ponte. Foi um grande aprendizado conviver com pessoas que tem espírito e visão de futuro, como as da organização. Quebramos paradigmas. Eu gostei muito. Aprendi um novo jeito de fazer política, organização e mobilizar a base. Com uma metodologia simples, a gente consegue mudar algo. Com a institucionalidade, a gente depende muito de orçamento e estrutura financeira e o Oasis provou que isso não precisa acontecer. Com força de vontade, a gente consegue tranformar. Vou levar isso pro resto da minha vida: não esperar pelos outros e fazermos nós mesmo. O movimento foi espetacular. Muito se fala mal da nossa cidade e o Oasis mostrou o outro lado. Só falaram coisas boas e que motivam. Até a mídia mudou sua abordagem e focou mais nas pessoas e no espírito de reconstruir os sonhos. Teve que vir gente de fora pra apresentar jeitos simples para mudar nossa realidade. Abraçamos o Oasis como uma forma de interatividade e uma forma de agir, até mesmo dentro da prefeitura." Dialison Vitti (Assessor da Juventude de Ilhota)

Anexo 01 | Clipping Oasis na Mídia:

midia

http://oasissantacatarina.ning.com/page/na-


A Voz na Rede http://www.adjorisc.com.br/jornais/avozdarazao/noticias/index.phtml?id_cont eudo=206471 http://www.adjorisc.com.br/jornais/avozdarazao/noticias/index.phtml?id_cont eudo=206869 http://www.adjorisc.com.br/jornais/avozdarazao/noticias/index.phtml?id_cont eudo=208329 O Fuxico http://ofuxico.terra.com.br/materia/noticia/2009/07/20/flavia-alessandra-eotaviano-costa-ajudam-a-reconstruir-santa-catarina-117712.htm Site Bela Santa Catarina http://www.belasantacatarina.com.br/noticias/2009/07/23/OASIS-SantaCatarina-traz-a-Brusque-a-1a-Mao-na-Massa-5350.html Portal Social da RBS http://www.clicrbs.com.br/especial/rs/portal-social/19,0,2589102,Projeto-OasisSanta-Catarina-2009-Um-jogo-real-que-pretende-mudar-vidas.html Brasil JĂşnior http://www..brasiljunior.org.br/visualizarPanorama.php?id=157 Jornal Cruzeiro do Vale http://www.cruzeirodovale.com.br/?estudantes-implantam-projeto-oasis-nalocalidade-do-bau&ctd=4941&menu=5 Nova Blumenau http://novablumenau.blogspot.com/2009/07/projeto-oasis-incita-jovensexercerem.html


Santa Catarina 24 horas http://www.santacatarina24horas.com/Comeca-neste-sabado-o-muirao-decidadania-da-ONG-Oasis-em-Itapema.html http://www.santacatarina24horas.com/Ong-cria-jogo-virtual-pelaSustentabilidade.html O Estado de SĂŁo Paulo http://www.estadao.com.br/vidae/not_vid370977,0.htm Prefeitura de ItajaĂ­ http://www.itajai.com.br/noticias_det.php?id_noticia=12825 Prefeitura de Blumenau http://www.blumenau.sc.gov.br/novo/site/noticia/index.php?codigo=22229 Floripa News http://www.floripanews..com.br/ver_not.php?id=56737&ed=Educa%C3%A7%C 3%A3o&cat=Not%C3%ADcias Jornal de Santa Catarina http://www.clicrbs.com.br/jsc/sc/impressa/4,784,2576021,12686 Blog do Otaviano Costa http://bloglog.globo.com/otavianocosta/ Celebridades http://celebridades.wa3.com.br/2009072317997/noticias/casal-de-atoressolidarios.html


Revista Galileu http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu/0,,EDG86918-7943-215,00SOLUCAO+CASEIRA.html TV Daqui - Brusque http://www.tvdaqui.com.br/noticias.php?noticia=8037 Site Rรกdio Jaraguรก AM http://www.jaraguaam.com.br/variedades/view?id=3611 Blog Rosembaum http://rosenbaumdesign.wordpress.com/2009/07/06/entre-ja-para-o-oasissanta-catarina/ http://rosenbaumdesign.wordpress.com/2009/07/19/mobilizacao-mao-namassa-em-santa-catarina/ FEJESC http://fejesc.livreforum.com/mural-f38/fejesc-no-oasis-santa-catarina-t24515.htm Eletrocooperativa http://eletrocooperativa.org.br/instituto/eventos/2009/07/oasis-santa-catarina/ FENEA http://www.fenea.org/parcerias/oasis-santa-catarina Coluna Lilian Pacce - MSN http://msn.lilianpacce.com.br/tag/oasis-santa-catarina/ Prefeitura de Brusque


http://www.brusque.sc.gov.br/web/noticia.php?noticia=314:Brusque_fara_part e_do_OASIS_Santa_Catarina http://www.brusque.sc.gov.br/web/noticia.php?noticia=637:OASIS_Santa_Cat arina_traz_a_Brusque_a_1_Mao_na_Massa http://www.brusque.sc.gov.br/web/noticia.php?noticia=653:Oasis_esta_pronto _para_abracar_Brusque http://www.brusque.sc.gov.br/web/noticia.php?noticia=658:As_comunidades_ que_recebem_o_OASIS_foram_visitadas_pelo_Prefeito IAB http://www.iab-sc.com.br/index.php?codpagina=00033350&id=00000074 Unisul http://portal2.unisul.br/content/jornalunisulhoje/home/integradanoticia.cfm?o bjectid=A3611FD3-3048-6857-881C32EEE9E06090&secao=Comunidade Brasil Júnior http://www.brasiljunior.org.br/visualizarNoticia.php?id=142 Educar Dpaschoal http://www.educardpaschoal.org.br/web/oasissc/ Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina http://www.adjorisc.com.br/noticias/index.phtml?id_conteudo=205400 Portal Brusque http://www.portalbrusque.com.br/noticias/detalhes.asp?id=4299 AMMVI


http://www.ammvi.org.br/conteudo/?item=2825&fa=1&cd=14871 Voluntários Online http://www.voluntariosonline.org.br/acontece/33-OASIS-MUNDIS-SC---VENHAAJUDAR-A-CONSTRUIR-O-MUNDO-QUE-QUEREMOS--CastTV http://www.casttv.com/video/kutmka/free-hugs-oasis-santa-catarina-ru-ufscvideo PSDB Santa Catarina http://www.psdbsc.org.br/representantes/conteudo.cfm?representante=411&tipo=noticia&noti cia=253 Radiotube http://www.radiotube.org.br/icox.php?mdl=pagina&op=comentar&id=1120&p ublico=&usuario=86&url= Você Repórter - Terra http://diversao.terra.com.br/gente/interna/0,,OI3901230-EI13419,00.html FURB http://www.furb.br/site/noticias.php?cod=4834 Rádio Cidade Brusque http://www.radiocidadeam.com.br/web/noticia.php?cod_noticia=6899&Escol as_municipais_integrarao_o_projeto Nova Blumenau


http://novablumenau.blogspot.com/2009/07/projeto-oasis-incita-jovensexercerem.html Shopping Im贸veis http://www.shoppingimoveis.imb.br/blog/2009/07/espacos-de-lazer-emitapema/

Jornal Valor Econ么mico, 11 de junho de 2009


Jornal O Estado de S. Paulo, julho de 2009


Jornal O Estado de S. Paulo, 23 de julho de 2009


Jornal O Estado de S. Paulo, 1ยบ de agosto de 2009



Relatório movimento Oasis Santa Catarina