Page 1


A influência da Lua sobre a natureza pode até ser provada cientificamente. É que, pela ação de sua luminosidade, pela maior ou menor atração gravitacional que exerce sobre os líquido – como a seiva das plantas -, acaba incentivando o desenvolvimento de hastes, fazendo desabrochar flores, amadurecendo frutos e empurrando raízes mais fundo na terra. Por isso, vale a pena conhecer as atividades de jardinagem mais propícias em casa fase da lua.


QUARTO CRESCENTE Nesta fase, a luminosidade lunar, cada vez maior, e a força gravitacional, atraem a seiva das plantas para cima, favorecendo o crescimento das partes aéreas. Período propício para o plantio de cereais, frutas e flores. Bom para transplantes, enxertos e colheita de ervas e folhas (alface, almeirão, etc.) Ideal para fertilizações químicas. Grama aparada nessa fase da lua tem seu crescimento estimulado.


LUA CHEIA Seguindo o fluxo da fase anterior, luminosidade e atração gravitacional alcançam sua força máxima. Período ideal para colheita de frutos – que nesta fase estão mais suculentos – e plantas medicinais. Ótimo para semeadura.


QUARTO MINGUANTE Neste período, a luminosidade lunar começa a diminuir e há um refluxo da seiva em direção às raízes. De modo geral, esta fase é ideal para o plantio de tudo que cresce debaixo da terra (batata, cebola, cenoura e bulbos ornamentais), bem como para o plantio de hortaliças. Ótimo para fertilizações orgânicas (esterco e composto), poda em geral, inclusive de gramados já formados que terão assim crescimento menos rápido.


LUA NOVA Período máximo de refluxo da seiva e mínima luminosidade. Desaconselhável plantar nesta época. Embora esta fase favoreça as partes subterrâneas da planta, torna-as menos resistentes ao ataque de pragas.

Lua  

Lua, natureza