Page 1

PROJECTOS | URBANISMO


PROJECTOS | URBANISMO


3 | 61

Nome

Masterplan para o Delta e Porto Baroš em Rijeka

Localização

Rijeka, Croácia

Data

Nov, 2013

Area

319.400 m2

Fase

Concurso Internacional

Cliente

Autoridades do Porto e da Cidade de Rijeka

Descrição

De frente para o mar, protegido pelas montanhas e situado no centro económico da cidade, a Delta Rijeka assume a sua posição de destaque, não só no contexto da cidade de Rijeka, mas também em relação à Kvarner Bay e à sua posição de referencia no Norte do Adriático. Procurou-se que esta outrora cidade fronteiriça, reforçasse a sua apetência como território único, lugar de estar e um lugar de união... Entre a terra e o mar, entre a cidade histórica e a cidade do futuro, fortalecendo a relação com as pessoas. O conceito para esta proposta teve como base três elementos chaves deste território único estão na raiz da nossa proposta: natureza, dinâmica e experiências. Este território têm uma localização com uma riqueza ambiental única, através do contato com a água, da exposição solar e a paisagem envolvente, um cenário idílico para ser vivido. A proposta urbana desenvolvida visa maximizar, potenciar e reduzir os principais fatores condicionantes deste território , em que o conceito de base desenvolvido nasceu da própria inserção da cidade no território: o prolongamento do verde do desfiladeiro até o mar, protegendo este novo pedaço de cidade dos ventos dominantes. O Delta é a principal área disponível para a expansão da cidade histórica que surge da desafetação portuária desta área. A proposta apresentada visa reforçar a ligação formal e funcional da área de intervenção com todo território circundante, especialmente com o centro histórico que lhe está adjacente, com uma área do porto e com a futura área de expansão urbana, a leste requalificando este território de ocupações industriais, num projeto emblemático com escala capaz de marcar uma época e gerar novas dinâmicas para a cidade. Procurou-se estender o núcleo histórico e a vida urbana que a caracteriza, para esta nova parte da cidade, concentrando no projeto, áreas multifuncionais que são a génese das funções básicas de uma cidade com vida - habitação, serviços, hotelaria, comercio e áreas de lazer, e alguns equipamentos como elementos excepcionais, de escala metropolitana e internacional, que reforçam a vocação do território e definem a sua identidade.

Autoria

HighPlan Portugal, Rajka Bunjevac, Arquiteta

Coordenação

Maria João Domingues

Consultores

Francisco Serdoura, José Filipe Gameiro Fernandes, Joaquim Cannas, Luís Cachada, Nuno Oliveira Marques, Tiago Rocha

Equipa

Ana Bravo Matos, Carolina Ribeiro, Dora Bunić, Filipa Cardoso Ribeiro, João Carlos Marrana, Nádia Carvalho, Paulo Alcobia, Paulo Fonseca, Paulo Trindade


4 | 61


5 | 61


6 | 61


7 | 61


8 | 61


9 | 61

Nome

Concurso Internacional “Valencia del Mar”

Localização

Valência, Espanha

Data

2006/2007

Area

135 ha

Fase

Concurso Internacional

Cliente

Consórcio Valência 2007 | Concurso Internacional “Valência del Mar”

Descrição

Participação num concurso internacional para a requalificação e revitalização da frente portuária da Cidade de Valência, potenciado pela realização da regata Copa América, em 2010. A proposta apresentada consistiu na renovação urbana e requalificação ambiental desta frente portuária, procurando aproximar a cidade da sua frente mediterrânica e criando um espaço urbano, sustentável e contínuo, de grande qualidade arquitetónica e paisagística. Este território é restituído à sua população, contribuindo de modo singular para a consolidação da imagem de Valência, a nível nacional e internacional, como uma cidade “virada” para o mar.

Autoria

Parque Expo’98 integrando elementos atualmente da HighPlan Portugal

Coordenação

Nuno Correia

Consultores

--

Equipa

Tiago Rocha, Maria João Domingues, Paulo Alcobia, Joana Freitas


10 | 61


11 | 61


12 | 61


13 | 61


14 | 61

Nome

Projeto Recife - Olinda

Localização

Recife e Olinda do Estado de Pernambuco, Brasil

Data

2004/2007

Area

215 ha

Fase

Estudo Estratégico e Masterplan

Cliente

Governo do Estado de Pernambuco

Descrição

Elaboração e implementação de uma Operação de Ordenamento e Desenvolvimento Territorial tendo em vista a requalificação dos centros históricos das cidades de Recife e Olinda mediante a criação de valor local acrescido, com recurso a parcerias privilegiadas, assumindo-se como uma referência ao nível da reconstrução e regeneração urbana, à escala regional e nacional. A proposta de intervenção considerou os objetivos decorrentes de estudos e planos elaborados para o local, nomeadamente o Plano Director da Cidade de Recife e o Plano Director do Município de Olinda. Este projeto desenvolveu-se em duas grandes fases - Estudo de Enquadramento Estratégico e Quatro Planos de Pormenor (Cais José Estelita e Santa Rita, Ilha do Recife, Vila Naval e Couqueiral e Istmo de Olinda) com 1,35 milhões de m2 de área bruta de construção em terreno urbano novo, infraestruturado com uma forte componente de lotes para Equipamento Turístico e Equipamento Comunitário, representando estes 9% e 12%, respectivamente, solução que viabiliza a multifuncionalidade do território, alargando este a uma vocação de fruição pública e de atividades de lazer.

Autoria

Parque Expo’98 integrando elementos atualmente da HighPlan Portugal

Coordenação

Vassalo Rosa, Amélia Reynaldo (Brasil)

Consultores

Governo Federal, Governo do Estado, Prefeitura do Recife, Prefeitura Popular de Olinda, Porto Digital, IPESPE, Multiconsultoria, Norigem

Equipa

Portugal: Alexandre Rocha, António Neves, António Pedro Martins, António Quaresma, Carlos Barbosa (coordenação Geral), Cristina Pinto Guedes, Eduardo Moreira, Elsa Morais, Elvira Fonseca, Fernando Nunes da Silva, Francisco Lampreia, Gisela Mascarenhas, Luís Cachada, Luís Miguel Rodrigues, Luís Miranda, Maria João Domingues, Nuno Correia, Paulo Alcobia, Paulo Carreira da Silva, Sérgio Ferreira Alves e Tiago Rocha; Brasil: Andréa Olinto, Anneliese Pires, Clemente Coelho Júnior (coordenação), Cristina Aroucha, Goldberger Nunes, Fernando Lopes, Hercílio Maciel, Hugo Figueiredo, Isabel Lins, João Azevedo, José Guelfer de Morais, João Roberto Peixe (coordenação), Karla Moury Fernandes, Kássia Araújo, Lúcia Veras, Manoel Marinho, Maria Lúcia de Oliveira, Márcio Saraiva, Maria de Lourdes Albuquerque, Maria Inana Cassundé, Margarida Monteiro, Neide Cirne Silvana Rocha (coordenação), Ricardo Pessoa e Melo, Sílvia Valadares, Sônia Calheiros, Taciana Ferreira e Tereza Uchôa.


15 | 61


16 | 61


17 | 61


P

P P

P

18 | 61

P

Nome

Europan 12 - Concurso Internacional Almada - Porto Brandão

Localização

Almada, Portugal

Data

2013

Area

117 ha

Fase

Estudo Prévio de reabilitação urbana

Cliente

Europan Europe

Descrição

Em resposta ao concurso internacional lançado pelo Europan 12 - Porto Brandão |Almada procuramos dar uma visão de um território de referência criando um lugar atrativo, dinâmico para todos, potenciando a sua localização de frente de água e proximidade a Lisboa, procurando a atração da população, do outro lado do rio, vindo de Lisboa, e revitalizando o fluxo de ligação entre as das margens deste território numa escala mais ampla. O conceito desta intervenção nasce a partir da vontade de criar um espaço de cidade que vive 24 horas por dia , uma nova maneira de viver o território com grande intensidade “24h Experience”. Fornecendo a Almada um conjunto de equipamentos (hotéis, casino, piscinas, concertos, parque urbano) com a capacidade de polarizar os fluxos de infraestruturas turísticas existentes hoje apenas focadas em Lisboa. A intervenção é destinada a iniciar uma nova abordagem na relação de Almada com o Rio, com a criação de uma frente de água de excelência mudando a imagem industrial existente deste território esquecido e desfrutando do cenário magnifico de fundo - Lisboa. Foi chave no desenvolvimento do projeto a integração da natureza existente no conceito de intervenção , uma nova forma de intervir com o mínimo impacto.

Autoria

HighPlan Portugal

Coordenação

Maria João Domingues

Consultores

Joaquim Cannas, Tiago Rocha

Equipa

Ana Bravo Matos, João Marrana, Nuno Correia, Paulo Alcobia, Ana Isabel Anjos


CEMITÉRIO DO MONTE DA CAPARICA

CEMITERIO DO MONTE DA CAPARICA

GAS

GAS

GAS

11

22

8

23

21

9

12

25

10

S

16

GAS

GAS

24

18

20

13

15

17

19

26

GÁS

GAS

Shell Portuguesa

SHELL PORTUGUESA BANATICA

CENTRAL DO RAPOSO

19 | 61


20 | 61


21 | 61


22 | 61


23 | 61


24 | 61

Nome

Concurso Internacional de reabilitação do Centro Histórico do Cairo

Localização

Centro Histórico do Cairo: Khedive’s Cairo - Cidade do Cairo, Egito

Data

2010

Area

960 ha

Fase

Estudo Prévio de reabilitação urbana

Cliente

General Organization for Physical Planning (GOPP) | Government of Egypt

Descrição

Participação num concurso internacional para a requalificação e revitalização do centro histórico da cidade do Cairo, que visa “devolver o seu esplendor ao Cairo do Khedive, preservando-o como uma parte genuína do património urbano egípcio, apoiando o seu carácter distintivo e revitalizando o seu papel de centro vital de serviços e lazer.” (Cf. regulamento do Concurso Internacional). O desenvolvimento desta proposta teve como base cinco pilares fundamentais: Sustentabilidade | Competitividade | Desenvolvimento Turístico | Criatividade | Harmonia - tendo como objetivos principais a valorização do precioso património arquitetônico e urbano; o desenvolvimento da estrutura económica e diversificação da oferta de serviços; e dar resposta aos problemas ambientais e urbanos (nomeadamente ao nível da adequação ao peão).

Autoria

Parque Expo’98 integrando elementos atualmente da HighPlan Portugal

Coordenação

Sérgio Ferreira Alves

Consultores

Aires Mateus e Associados , TiS - Transportes, Inovação e Sistemas, Lda e PROAP - Estudos e Projetos de Arquitetura Paisagista, Lda

Equipa

Ana Bravo Matos, Ana Macau, Ana Roldão, Dora Possidónio, Frederico Metelo, Cláudia Carmo, Jorge Bonito, João Marrana, Inês Polónio, Luís Miranda, Luís Rodrigues, Maria João Domingues, Nuno Correia, Paulo Alcobia, Rosário Salema, Tiago Rocha


25 | 61


26 | 61


27 | 61


28 | 61


29 | 61

Nome

Boulevards urbains Laarbi Ben M’ Hidi e Didouche Mourad

Localização

Argel, Argélia

Data

2010

Area

2.35 ha e 5.16 ha

Fase

Estudo Prévio de reabilitação urbana

Cliente

Algiers Wilaya

Descrição

Estudo de reabilitação urbana de duas áreas da cidade de Argel, tendo como objectivo a recuperação da uma vocação histórica de dois eixos comerciais de Argel. Este espaço conta com a presença de numerosos equipamentos comerciais e culturais vitais para a dinâmica comercial. A vontade dos representantes locais é transformar a Boulevard Larbi Ben M’Hidi e Didouche Mourad em referências para a cidade através da transformação do espaço público, caracterizando-o por um ambiente construído de extrema qualidade, excelência e nobreza. A proposta é baseada em dois conceitos: um geral para a Boulevard, que visa recuperar a sua vocação, e outro operacional, que visa dar uma resposta aos aspectos funcionais e estruturais. A rua histórica, o principal eixo de comércio a partir de Argel, torna-se na nova imagem da cidade.

Autoria

Parque Expo’98 integrando elementos atualmente da HighPlan Portugal

Coordenação

Tiago Rocha

Consultores

TPF Planege

Equipa

Ana Bravo Matos, Jorge Bonito e Nuno Correia


30 | 61


31 | 61


32 | 61


33 | 61


34 | 61


35 | 61


Nome

Concurso Internacional de ideias para o Quarteirão Auríficia

Localização

Porto, Portugal

Data

2013

Area

--

Fase

Estudo Prévio de reabilitação urbana

Cliente

Ordem dos Arquitetos - Secção Regional Norte (OASRN)

Descrição

Este concurso visava a regeneração urbana de um quarteirão da cidade do Porto “a Aurifícia” tendo a proposta de intervenção procurado contribuir para a criação de uma nova imagem urbana do quarteirão e da sua envolvente, de modo a compreender e preservar a identidade e dinâmica urbana local e fundamentar as opções e ações integradas na “Visão Estratégica e Operativa” que conduzam ao desenvolvimento sustentado deste território. proposta de intervenção, teve por base três eixos de desenvolvimento que estruturam o processo de regeneração e transformação deste território: UP-Cycling Aurifícia | (RE)Living Aurifícia | (RE)Designing Aurifícia No primeiro eixo estruturante, UP-Cycling Aurifícia, são apresentadas soluções integradas para o desenvolvimento sustentável do território e que abordam temáticas correntes e tão relevantes como a necessidade de construção de um ambiente urbano sustentável, a necessidade de (re) utilização da água, a eficácia e eficiência do sistema energético em meio urbano e nos edifícios, a sustentabilidade dos materiais que definem a nossa paisagem urbana e a qualidade do ambiente no interior das nossas construções e de que forma devem contribuir para o nosso bem estar. O segundo eixo, (RE)Living Aurifícia, representa o modelo local de desenvolvimento social, cultural e económico, tendo em vista a “criação” de um quarteirão plural, dinâmico e saudável, uma nova “trademark” da cidade do Porto que contribua de forma positiva na promoção de uma cidadania ativa; na formação e valorização da população, na promoção da saúde e bem-estar e consequentemente na projeção do quarteirão a nível nacional e internacional, resultante das atividades e eventos aí desenvolvidos. O terceiro e último eixo, (RE)Designing Aurifícia, dá forma aos conceitos apresentados, estruturando e regrando o território ao nível da acessibilidade e mobilidade local, na organização e desenho do espaço público e na (re)construção de novos equipamentos e novas unidades multifuncionais que contribuem para a criação de uma nova imagem e identidade urbana.

36 | 61

Autoria

HighPlan Portugal

Coordenação

Tiago Rocha

Consultores

--

Equipa

João Marrana, Nuno Correia, Ana Isabel Anjos, Joaquim Cannas e Rui Cunha


100.90

105.00

114.00 115.00

108.00

108.00 105.00

108.00

105.00 110.00

110.00

108.00

102.00 108.00

108.00

110.00

105.00

110.00

110.00 108.00

108.00

100.00

108.00

101.00

110.00 102.00 110.00

99.00 105.00 125.00

118.00

104.00

125.00

112.00 105.00

97.00

120.00

103.00 101.00

102.00

118.00

106.00

111.00 118.00 120.00

108.00 112.00

100.00

107.00

115.00 115.00 108.00

115.00

118.00

115.00 118.00 111.00 118.00

109.00

115.00

94.00

93.00

99.50

99.00

105.00

115.00

112.00

92.00

88.50

97.00

37 | 61 Identificação da Zona de Intervenção (ZI)

Frente urbana consolidade do quarteirão da Aurifícia

Espaço público de estadia e circulação

Identificação da Zona de Intervenção complementares (ZI)

Edificação nova

Hortas de urbanas de produção local

Conjunto urbano da Aurifícia

Espaço público ajardinado

Hortas urbanas desenvolvdas em coberturas existentes

115.00

109.50


38 | 61

edificado existente

edificado intervencionado

proposta

zona verde

habitação

uso misto

comércio e serviços

estacionamento

circulações


100.90

105.00

115.00

108.00

108.00

108.00

105.00

105.00

110.00

110.00

108.00

102.00 108.00

108.00

110.00

105.00

110.00

110.00 108.00

108.00

100.00

108.00

101.00

110.00 102.00 110.00

99.00 105.00 125.00

118.00

104.00

125.00

112.00 105.00

97.00

120.00

103.00 101.00

102.00

118.00

106.00

111.00 118.00 120.00

108.00 112.00

100.00

107.00

115.00 115.00 108.00

115.00

118.00

115.00 118.00 111.00 118.00

109.00

115.00

94.00

99.00

93.00

99.50

92.00

88.50

97.00

39 | 61

Identificação da Zona de Intervenção (ZI)

Frente urbana consolidade do quarteirão da Aurifícia

Espaço público de estadia e circulação

Identificação da Zona de Intervenção complementares (ZI)

Edificação nova

Hortas de urbanas de produção local

Conjunto urbano da Aurifícia

Espaço público ajardinado

Hortas urbanas desenvolvdas em coberturas existentes

105.00

115.00

112.00

115.00

109.50


Passadi

รงo de ac

7

5

piso 0

o pisos

5

superio

res

6

piso 1

7

40 | 61 piso 2

7

6

esso as

5

6

7

cobertura

5

6


41 | 61

Nome

Parque de Ciência e Tecnologia de Maluana

Localização

Maluana | Distrito de Manhiça | Província de Maputo, Moçambique

Data

2009/2011

Area

950 ha | 1ª Fase - 360 ha

Fase

1ª Fase

Cliente

Banco Africano de Desenvolvimento e Ministério da Ciência e Tecnologia de Moçambique

Descrição

Elaboração do Masterplan para o primeiro Parque de Ciência e Tecnologia de Moçambique, onde as novas funções complementam e reforçam o sistema urbano existente, estruturando uma nova organização do território, constituindo-se como uma nova centralidade urbana da Área Metropolitana de Maputo. O projeto insere-se num programa de longo prazo para a formação de competências em Tecnologias de Informação e Comunicação em Moçambique e visa, através da criação de infraestruturas e equipamentos, dar resposta às necessidades de mão-de-obra qualificada, incrementar as competências empresariais e facilitar a implementação dos programas e ações adequados ao desenvolvimento industrial de Moçambique. Principais objetivos definição do programa de ocupação, a concepção urbanística para a 1a fase do Parque (360 ha) e as respetivas redes principais de infraestruturas, o estudo de viabilidade económico-financeira e o Plano de Marketing e de Comunicação; Criar condições de excelência para a afirmação do Parque como um centro de inovação e desenvolvimento tecnológico e promover a qualidade de vida da população, através de uma atuação territorial integrada (infraestruturas e serviços); Promover a transformação de Moçambique num grande centro de inovação e desenvolvimento tecnológico, contribuindo ativamente para a sua competitividade, focalizado nas áreas da energia e recursos naturais, agro-indústria e nutrição, saúde, tecnologias de informação e comunicação e tecnologia dos materiais, incorporando as contribuições do Governo, da Universidade e do setor privado nacional e internacional.

Autoria

Parque Expo’98 integrando elementos atualmente da HighPlan Portugal

Coordenação

Nuno Marques

Consultores

--

Equipa

Nuno Correia, João Marrana e João Semblano


42 | 61


43 | 61


44 | 61


45 | 61


46 | 61


47 | 61


Jo達o Marrana

48 | 61

Jorge Bonito

Maria Jo達o Domingues

Nuno Correia

Ana Matos

Tiago Rocha


Nome

Ana Bravo Matos Arquitetura, Urbanismo, Planeamento Estratégico e Territorial

Formação

Licenciatura em Arquitetura – Faculdade de Arquitetura da Universidade Técnica de Lisboa (2003)

Filiação Profissional

Ordem de arquitetos portugueses – Associado n.º 12378

Experiência Profissional

2013 2006 a 2012

2006 2002 a 2006

desde 2004

URBANISMO Projetos

49 | 61

HighPlan Portugal - Arquitecta e Urbanista Parque Expo 98, SA - Arquitecta e Urbanista. Arquitecta e Urbanista na área de Direção de Prospecção e Concepção no núcleo de desenvolvimento de propostas e projetos. Participação em diversos estudos estratégicos e planos de Requalificação Urbana e Ambiental, desenvolvidos para o território nacional e internacional. Estágio profissional de 9 meses. Rodrigo Nero - Atelier de Arquitetura - Arquitecta. Colaboração em vários projetos de arquitetura no desenvolvimento de conceitos e nas fases de estudo prévio ao licenciamento. “Arquiteam Projetos Imobiliários, Lda” - Gabinete de Arquitetura associado à empresa de construção “OBRIVERCA, S.A.”- Arquitecta. Colaboração na elaboração de diversos projetos de arquitetura, de habitação e atividades económicas, na região da grande Lisboa. Participação em todas as fases de projeto desde o estudo prévio, processo de licenciamento, projeto de execução e acompanhamento de obra. Estágio profissional de 12 meses. (10/2003 - 10/2004). Estágio curricular académico de 6 meses. (10/2002 - 07/2003) Profissional Liberal. Ana Bravo, Arquitecta . A+T concept, arquitetos associados (desde 2007) - Arquitecta. Elaboração de vários projetos de arquitetura em co-autoria com outros arquitetos. Participação em concursos nas áreas de arquitetura e urbanismo. Colaboração no desenvolvimento de novos conceitos para a arquitetura e planeamento urbano.

Croácia

Concurso Internacional de desenvolvimento urbano e arquitetónico do Delta e Porto Baroš em Rijeka com 319.400 m2 - 2013;

Portugal

Concurso Internacional de Ideias para a Regeneração Urbana de Portalegre, Marvão e Sousel - 3º Lugar - 2013; Projeto de Reabilitação Urbana da Alta de Coimbra 2010 - 2011 — Prémio IHRU (Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana) - 2013; Estudo de Enquadramento Estratégico para a frente ribeirinha de Alcochete – 2010-2011; Programa Estratégico de Reabilitação Urbana para o centro histórico de Coimbra – 2011 Costa da Trafaria – 5 Planos de Pormenor para a zona da Trafaria e S. João da Caparica – 2011 Vale da Telha – 4 Planos de Pormenor para Vale da Telha, Aljezur - 2011 Plano de Urbanização da Entrada Poente e Nova Estação Central de Coimbra - 2010 Plano de Urbanização da Área Envolvente à Estação do Oriente - 2009 Estudo de Enquadramento Estratégico para Vale da Telha, Aljezur - 2008 Estudo de Enquadramento Estratégico para o centro histórico do Montijo - 2008 PP6 - Plano de Pormenor 6 do Parque das Nações em Lisboa – 2007 Lisboa 2010 - Estudo de Enquadramento Estratégico para a frente ribeirinha de Lisboa – 2007 Projeto do Loteamento Industrial - Vila Real Stº. António – 2006 Corredouras I e II - Loteamento na Arruda dos Vinhos - 2006 - estudo prévio Quinta dos Passadores - Loteamento em Palhais (Loures) – 2005 – estudo prévio Alto da Ramada - Loteamento em Loures – 2005 – estudo prévio Quinta da Bruma - Loteamento em Vila Franca Xira – 2004 – estudo prévio Cavalo Melado - Loteamento em Loures – 2004 – estudo prévio Vilas da Quinta - Loteamento em Vila Franca Xira – 2004 – estudo prévio


ARQUITETURA Projetos

50 | 61

Portugal

Desenvolvimento de uma proposta para a nova sede da Casa Acreditar do Porto - Porto 2013; Projeto de Execução de dois modelos tipo de moradias para o Plano de Pormenor das Terras do Verde Lago - Castro Marim - 2013; Consultório ArtSorrisus - Consultório dentário em Alverca - 2011 - em obra; Casa dos Pátios – Moradia unifamiliar na Castanheira do Ribatejo - 2010 - construído; Casa dos Bosques - Moradia unifamiliar em Ovar – 2010 - construído; Casa da Praceta – Moradia unifamiliar em Almada - 2009 - estudo prévio; Casa de S. João - Apartamento em Lisboa - 2008 - construído; Via Rara - Edifícios de habitação e atividades económicas em Stª Iria - 2006 - construído; Pedra Furada - Edifícios de habitação e atividades económicas em Vila Franca de Xira - 2006; Clube Canino - Espaço internacional de atividades caninas em Bucelas - 2006; Colinas do Cruzeiro - Edifícios de habitação e atividades económicas em Odivelas - 2006 - construído; Terraços da Ponte - Edifícios de habitação e atividades económicas em Sacavém - 2006 - construído; Casa David - Moradia unifamiliar em Alverca - 2006 - construído; Amorosa Place - Edifícios de habitação e atividades económicas em Odivelas – 2006 - construído; Almirante - Edifícios de habitação e atividades económicas em Odivelas – 2005 - construído; Lar de 3ª idade em Coimbra – 2005 – estudo prévio; Casa Carla - Moradia unifamiliar em Vila Franca de Xira – 2005 – estudo prévio; Casa Beloura I - Moradia Unifamiliar em Sintra (Beloura) – 2005 - construído; Edifício Barrosa - Edifício de habitação e atividades económicas em Odivelas – 2004 - construído; Pipa - Moradia unifamiliar em Alenquer – 2004 - construído; Solar das Marinhas - Edifício de habitação na Póvoa de Stª Iria – 2004 - construído;

Guiné-Bissau

Bungalows - Pólo de Eco-turismo em Guilege na Guiné – 2006; Sede AD - Pólo de Eco-turismo em Guilege na Guiné – 2006;


Nome

Jorge Bonito Santos Arquitetura, Planeamento Estratégico, Planeamento Urbano, Regeneração Urbana, Desenho Urbano, Reabilitação Urbana, Gestão Urbana

Formação

Mestrado em Arquitetura da Habitação – Faculdade de Arquitetura, Universidade Técnica de Lisboa (1997) Licenciatura em Arquitetura – Faculdade de Arquitetura, Universidade Técnica de Lisboa (1989)

Filiação Profissional

Ordem de arquitetos portugueses – Associado n.º 3276 Membro Fundador e Coordenador da Comissão Executiva do Colégio da Especialidade de Urbanismo (CEU)

Experiência Profissional

2014 a 2016 2013 2013 2008 a 2012 2003 a 2008 1999 a 2003 1990 a 1999 1989 a 1990

Comunicações

51 | 61

Ordem dos Arquitectos - Vogal no Conselho Directivo Nacional HighPlan Portugal - Arquitecto e Urbanista Câmara Municipal da Moita - Chefe de Divisão, Divisão de Planeamento Urbanístico. Parque Expo 98, SA - Chefe de Projeto. Chefe de Projeto e membro da Equipa Técnica nas áreas de Planeamento Estratégico, Planeamento Urbano, Regeneração Urbana, Desenho Urbano, Reabilitação Urbana. Câmara Municipal da Moita - Chefe de Divisão, Divisão de Planeamento Urbanístico. Revisão do Plano Director Municipal, elaboração de Planos de Urbanização e de Planos de Pormenor, realização de estudos de Desenho Urbano, acompanhamento da elaboração de Estudos e Planos Intermunicipais. Câmara Municipal da Moita - Chefe de Divisão, Divisão de Gestão Urbanística. Realização de estudos de Desenho Urbano, elaboração e acompanhamento de Projetos de Loteamento e de Infraestruturas, apreciação de Projetos de Arquitetura, emissão de Licenças de Loteamento e de Construção. Câmara Municipal da Moita - Arquitecto, Divisão de Gestão Urbanística. Realização e acompanhamento de Projetos de Arquitetura, emissão de Licenças de Construção. Atelier Carlos Duarte | José Lamas – Estudos de Planeamento e Arquitetura - Arquitecto. Elaboração de Estudos e Projetos de Planeamento Urbano, Desenho Urbano e Arquitetura.

Jorge Bonito. “Reabilitação Urbana – Um desafio estratégico”. Comunicação a 24 de fevereiro de 2011 no Encontro de Autarca “Cidades Inteligentes, Sustentáveis e Criativas”, 7.ª UrbaVerde – Feira das Cidades Sustentáveis, Jornal Arquitecturas / Grupo About Media / Câmara Municipal de Cascais, Estoril, 2011. Jorge Bonito. “Revitalização Urbana – Um processo integrado e integrador”. Comunicação a 11 de novembro de 2010 na 1.ª Conferência sobre Arquitetura, Urbanismo e Sustentabilidade “Regeneração urbana e sustentabilidade”, Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, Lisboa, 2010. Jorge Bonito. “Rio Tejo – De Belém a Vila Franca de Xira, intervenções ribeirinhas”. Visita de estudo a 5 de novembro de 2010 no Congresso da Associação Portuguesa de Arquitetos Paisagistas “Paisagem e Território – Temáticas e políticas convergentes”, Associação Portuguesa de Arquitetos Paisagistas, Lisboa, 2010. Jorge Bonito e Nuno Ventura Bento. “O Estuário do Tejo e as Realidades Urbanas – Uma abordagem sistémica na perspectiva da valorização urbana em contexto ambiental”. Comunicação a 7 de julho de 2004 na 9.ª Conferência Internacional Cidades e Portos, Associação Internacional Cidades e Portos / Área Metropolitana de Lisboa / Câmara Municipal de Lisboa / Administração do Porto de Lisboa, Lisboa, 2004. Jorge Bonito, Nuno Ventura Bento, Sofia Amaral, Helena Rolo e Jorge Almirante. “Rede Municipal de Ciclovias”. Comunicação a 5 de novembro de 2003, DPGUDPU / Câmara Municipal da Moita, Moita, 2003. Nuno Ventura Bento, Sofia Amaral e Jorge Bonito. “Com todos, uma Cidade para todos”. Comunicação a 22 de outubro de 2003 no “1.º Encontro Acessibilidades | Moita”, DASC-DEASS / Câmara Municipal da Moita, Moita, 2003. Sofia Amaral e Jorge Bonito. “Intervenções Urbanas – Relações de Uso no Espaço Público”. Comunicação a 2 de junho de 2003 no Workshop “Urban Links”, ARCA / EUAC – Escola Universitária das Artes de Coimbra, Coimbra, 2003. Carlos Matos, Jorge Bonito, Ventura Bento e Miguel Nuno. “Uma Abordagem Participada e Interveniente na Gestão do Território - Numa perspectiva de desenvolvimento contínuo multi-sistémico. Comunicação a 21 de março de 2003 no “V Congresso Ibérico de Urbanismo – Repensar o Planeamento do Território”, Associação dos Urbanistas Portugueses / Asociación Española de Técnicos Urbanistas, Viseu, 2003.


52 | 61

Publicações

AA.VV. Manual de Metodologia e Boas Práticas para a Elaboração de um Plano de Mobilidade Sustentável. Barreiro|Loures|Moita: Câmara Municipal do Barreiro| Câmara Municipal de Loures| Câmara Municipal da Moita, 2008. Jorge Bonito e Nuno Ventura Bento. “O Estuário do Tejo e as Realidades Urbanas”. 9.ª Conferência Internacional Cidades e Portos – Modernidade e Identidade das Cidades Portuárias. Lisboa: Área Metropolitana de Lisboa, 2005. pp. 128-130 AA.VV. intervir moita. Moita: Câmara Municipal da Moita – Departamento de Planeamento e Gestão Urbanística, 2005, nº 4 – “cidadania | fazer cidade com” (abril) AA.VV. intervir moita. Moita: Câmara Municipal da Moita – Departamento de Planeamento e Gestão Urbanística, 2003, nº 3 – “mobilidade” (outubro) artigos : Jorge Bonito. “Lisboa – vista do rio, vista de rio”. ap - arquitetos paisagistas. Lisboa: Associação Portuguesa dos Arquitetos Paisagistas, 2011, nº 7 – “Lisboa” (junho / dezembro), pp. 60-61 Jorge Bonito e Pedro Sol. “novas áreas de intervenção”. intervir. Moita: Câmara Municipal da Moita – Gabinete Técnico Local da Moita e Alhos Vedros, 2002, nº 2 (junho), pp. Jorge Bonito, Pedro Calapez. “ENSEMBLE BMA”. Prototypo. Lisboa: Stereomatrix, 2001, nº 6 – “Mixmedia” (dezembro), pp. 172-175 Jorge Bonito. “Ser Arquitecto Municipal”. J-A, Jornal Arquitetos. Lisboa: Ordem dos Arquitetos, 2001, nº 199 – “Paradoxo Sobre o Actor 2” (janeiro / fevereiro), pp. 26-28

URBANISMO Projetos

Portugal

Estudo de Enquadramento Estratégico para a frente ribeirinha de Alcochete – 2010-2011; Programa Estratégico de Reabilitação Urbana para o centro histórico de Coimbra – 2011 Costa da Trafaria – 5 Planos de Pormenor para a zona da Trafaria e S. João da Caparica – 2011 Vale da Telha – 4 Planos de Pormenor para Vale da Telha, Aljezur - 2011 Plano de Urbanização da Entrada Poente e Nova Estação Central de Coimbra - 2010 Plano de Urbanização da Área Envolvente à Estação do Oriente - 2009 Estudo de Enquadramento Estratégico para Vale da Telha, Aljezur - 2008 Estudo de Enquadramento Estratégico para o centro histórico do Montijo - 2008 PP6 - Plano de Pormenor 6 do Parque das Nações em Lisboa – 2007 Lisboa 2010 - Estudo de Enquadramento Estratégico para a frente ribeirinha de Lisboa – 2007 Projeto do Loteamento Industrial - Vila Real Stº. António – 2006 Corredouras I e II - Loteamento na Arruda dos Vinhos - 2006 - estudo prévio Quinta dos Passadores - Loteamento em Palhais (Loures) – 2005 – estudo prévio Alto da Ramada - Loteamento em Loures – 2005 – estudo prévio Quinta da Bruma - Loteamento em Vila Franca Xira – 2004 – estudo prévio Cavalo Melado - Loteamento em Loures – 2004 – estudo prévio Vilas da Quinta - Loteamento em Vila Franca Xira – 2004 – estudo prévio


Nome

Nuno Correia Arquitetura, Planeamento Estratégico, Planeamento Urbano, Regeneração Urbana, Desenho Urbano e Reabilitação Urbana

Formação

Gestão de Projeto (PMP Best Practitioner Program – Level 3)– PMO Consulting (2007) Licenciatura em Arquitetura – Universidade Lusíada de Lisboa (1997)

Filiação Profissional

Ordem de arquitetos portugueses – Associado n.º 7110

Experiência Profissional

2013 2009

2006 a 2009 1999 a 2006 1998 a 1999 1997 a 1998 desde 1997 1995 a 1997 URBANISMO e ARQUITETURA Projetos

53 | 61

Portugal

HighPlan Portugal - Arquitecto e Urbanista Parque Expo 98, SA – Direção Prospecção e Concepção - Gestor de projeto. Membro da equipa de gestores/chefes de projeto da Direção de Prospecção e Concepção, assegurando, em articulação com a Coordenação, a elaboração e gestão de Propostas/Projetos de planeamento estratégico e de requalificação urbana e ambiental, a gestão de equipas técnicas, a interlocução com os clientes e/ou outras entidades e garantindo a qualidade técnica dos trabalhos, bem como o cumprimento dos prazos e das condicionantes comerciais estipuladas. Parque Expo 98, SA - Direção de Projetos Internacionais - Equipa técnica. Elaboração de estudos e projetos de planeamento territorial e urbano, no âmbito da atividade internacional da empresa. Parque Expo 98, SA – Gestão Urbana - Equipa técnica. Apoio à gestão e à promoção urbana do território do Parque das Nações; elaboração de projetos de arquitetura e planos urbanísticos. Risco, SA - Arquitecto colaborador. Membro da equipa em prestação de serviços à Parque Expo 98 S.A., integrando a equipa responsável pelo espaço público do recinto da EXPO98. Arquiprojecta - Arquiteto colaborador. Elaboração e desenvolvimento de projetos de arquitetura, coordenação de projetos de especialidades e acompanhamento de obra. Profissional Liberal. Colaborador e coautor de diversos projetos de arquitetura, urbanismo e espaço público. Atelier Arquitecto Augusto Silva - Estagiário. Desenvolvimento de projetos de arquitetura e elaboração de maquetas. Projeto de Reabilitação Urbana da Alta de Coimbra 2010 - 2011 — Prémio IHRU (Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana) 2013; Estudo de Enquadramento Estratégico de reabilitação urbana e requalificação ambiental do remate sul da Cidade de Gaia – 2007-2010; Plano específico de reconversão e requalificação urbana de Pedrouços-Dafundo – Lisboa com 61,2ha – 2007-2008; Plano Urbanístico para o Parque Tecnológico de Vila Real de Santo António – 2006-2007; Estudo de enquadramento estratégico para a Costa da Trafaria – Almada com 176ha – 2005-2006; Estudo das Condicionantes e potencialidades dos terrenos de S. João da Caparica com 176ha - 2004; Concurso limitado por prévia qualificação para o estudo de caracterização e ambiental para o plano de urbanização da Frente Ribeirinha Nascente da cidade de Almada – 2001-2002;Edifício habitacional, Avenida Santos Dumont – 2001; Conjunto Habitacional, Lourinhã – 2000; Parque das Nações: implementação do projeto pós-Expo’98 – 1998-2007; Exposição Mundial de Lisboa -1998.


URBANISMO e ARQUITETURA Projetos

54 | 61

Argélia

Revisão do « Plan Directeur d’Aménagement et d’Urbanisme de la Wilaya d’Alger » – 2007-2011 ;

Brasil

Masterplan para uma área de 150 ha de Recife-Olinda – 2004-2007 ; Projeto Marina Vicente de Pizón, operação de requalificação urbana de uma área com 6 ha na frente portuária de Fortaleza (Mucuripe) 2007;

Cabo-Verde

Plano Integrado de Gestão do Palmarejo Grande com 54,47ha – 2011; Plano Estratégico para a requalificação e valorização da frente marítima da Cidade da Praia com 274ha – 2009-2010;

Egito

Revitalização e qualificação da zona central do Cairo com 320ha – Concurso internacional limitado – 2010;

Espanha

Concurso Internacional «Valencia Del Mar Marina Real Juan Carlos I» renovação urbana e requalificação ambiental da frente portuária de Valência, potenciada pela realização da regata da Copa América em 2010 com 135ha – 2006-2007 ;

Moçambique

Masterplan (Programa, desenho urbano, business plan e plano de marketing) do Parque de Ciências e Tecnologia em Maluana com 950ha – 2009-2010;


Nome

Maria João Domingues Arquitetura, Planeamento Estratégico, Planeamento Urbano, Regeneração Urbana, Desenho Urbano e Reabilitação Urbana

Formação

Licenciatura em Arquitetura – Universidade Lusíada de Lisboa (2001) Mestrado em requalificação da frente de água do Parque das Nações - em desenvolvimento

Filiação Profissional

Ordem de Arquitetos Portugueses – Associada n.º 10780 Colégio da Especialidade de Urbanismo (CEU) - n.º 62

Experiência Profissional

2013 2009 a 2012

2004 a 2009 2001 a 2004 2000 a 2001 1998 a 2000 URBANISMO e ARQUITETURA Projetos

55 | 61

HighPlan Portugal - Arquitecta e Urbanista Parque Expo 98, SA - Gestor de projeto. Membro da equipa de gestores/chefes de projeto da Direção de Prospecção e Concepção, assegurando, em articulação com a Coordenação, a elaboração e gestão de Propostas/Projetos de planeamento estratégico e de requalificação urbana e ambiental, a gestão de equipas técnicas, a interlocução com os clientes e/ou outras entidades e garantindo a qualidade técnica dos trabalhos, bem como o cumprimento dos prazos e das condicionantes comerciais estipuladas. Parque Expo 98, SA - Equipa técnica. Elaboração de estudos e projetos de planeamento territorial e urbano, no âmbito da atividade internacional da empresa. Parque Expo 98, SA - Equipa técnica. Equipa técnica a trabalhar na área da consolidação do Parque das Nações | Licenciamento de projetos de arquitetura, fiscalização e acompanhamento de obra em articulação com Câmara Municipal de Lisboa. Ruiz Barbarin Architects (Madrid - Espanha) - Equipa técnica. Equipa técnica a trabalhar especificamente, na área de reabilitação do espaço público e edifícios e acompanhamento de obra. Bruno Cerqueira Arquitetos. Equipa técnica a trabalhar especificamente0, na área de projeto de arquitetura de edifícios.

Portugal

Consultora perita da Gustavo da Cunha no Plano de Urbanização do Parque Tecnológico de Faro em desenvolvimento; Concurso Internacional de Ideias para a Regeneração Urbana de Portalegre, Marvão e Sousel - 3º Lugar - 2013; Projeto de Reabilitação Urbana da Alta de Coimbra 2010 - 2011 — Prémio IHRU (Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana) 2013; Apoio à Elaboração de 4 Planos de Pormenor para a área do loteamento de Vale da Telha com 550ha- 2010-2011; Assessoria técnica à elaboração do Plano de Urbanização da Entrada Poente e nova Estação Central de Coimbra com 107ha (Interface Intermodal) em articulação com a BAU B. Arquitetura i Urbanisme, de Barcelona (autor do modelo urbano) – 2010-2011; Estudo Urbanístico para a Costa da Trafaria – Almada com 176ha – 2010-2011; Apoio à elaboração dos termos de referência e análise das propostas relativas ao processo de concurso público internacional para a concessão das infraestruturas ferroviárias de alta velocidade do troço Lisboa – Poceirão – 2010; Assessoria à elaboração do Plano de Urbanização da Área Envolvente à Estação do Oriente – Lisboa com 124ha em articulação com a BAU B. Arquitetura i Urbanisme, de Barcelona (autor do modelo urbano) – 2009-2010; Assessoria técnica à revisão do Plano Director Municipal de Mafra com 29.166,24ha – 2008-2009; Plano específico de reconversão e requalificação urbana de Pedrouços-Dafundo – Lisboa com 61,2ha – 2007-2008; Plano Urbanístico para o Parque Tecnológico de Vila Real de Santo António com 10ha – 2006-2007; Parque das Nações: implementação do projeto pós-Expo’98 com 300ha – 1998-2004.

Argélia

Revisão do « Plan Directeur d’Aménagement et d’Urbanisme de la Wilaya d’Argel » com 8.000.000ha - 2007-2011.

Brasil

Masterplan plan em Recife|Olinda para uma área de 150ha – 2004-2007; Co-autora de dois dos quatro planos de pormenor do Projeto Recife|Olinda - Plano de Pormenor Cais José Estelita e Santa-Rita e o Plano de Pormenor do Istmo e Coqueiral Olinda - 2005-2007;


ARQUITECTURA Projetos

56 | 61

Espanha Croácia

Concurso Internacional «Valencia Del Mar Marina Real Juan Carlos I» renovação urbana e requalificação ambiental da frente portuária de Valência, potenciada pela realização da regata da Copa América em 2010 com 350ha – 2006-2007; Concurso Internacional de desenvolvimento urbano e arquitetónico do Delta e Porto Baroš em Rijeka com 319.400 m2 - 2013;

Angola

Desenvolvimento de uma Base Logística do Zaire Huambo - 2012;

Guiné Equatorial

Estudo Prévio de Arquitectura para Igreja Católica para 250 pessoas - Malabo - 2012;

Portugal

Desenvolvimento de uma proposta para a nova sede da Casa Acreditar do Porto - Porto 2013; Concurso Internacional Biblioteca de Setubal - Setubal 2013; Concurso Internacional - Desafios Urbanos ’12 - Reabilitação de uma antiga fabrica no Centro Histórico com a introdução de novos usos adequados à realidade actual potenciando o imóvel - Guimarães 2013; Comunicações Prévias para 21 moradias para o Plano de Promenor das Terras do Verde Lago - Castro Marim - 2012; Estudo preliminar de arquitectura para Central Hidroeléctrica Reversível da Lagoa das Furnas - Açores São Miguel – 2012;


Nome

João Marrana Arquitetura, Planeamento Estratégico, Planeamento Urbano e Territorial

Formação

Mestrado em Arquitetura com especialização em Gestão e Planeamento Urbanístico – Faculdade de Arquitetura da UTL (em desenvolvimento) Formação em Segurança Contra Incêndios – Lisboa; O.A. (2009) Formação em Regime Jurídico de Urbanização e Edificação (RJUE) – Lisboa; O.A. (2008) Formação em Desenho Universal e Acessibilidades – Lisboa; O.A. (2007) Formação em Desempenho Energético dos Edifícios – Lisboa; O.A. (2007) Licenciatura em Arquitetura de Gestão Urbanística – Faculdade de Arquitetura (1994)

Filiação Profissional

Ordem dos Arquitetos – Associado n.º 16163

Experiência Profissional

2013 2010 a 2012 2005 a 2010 1999 a 2010

1999 a 2010 1999 a 2000 1996 a 1999 URBANISMO Projetos

57 | 61

HighPlan Portugal - Arquitecto e Urbanista Parque Expo 98, SA - Arquitecto e Urbanista. Arquitecto, membro de equipa responsável pela elaboração de projetos nas áreas do Planeamento Urbano e Territorial, Planeamento Estratégico e na Requalificação e Regeneração Urbana. Espaço Colectivo, Lda. - Consultor. Consultor na área da Arquitetura (Habitação e Equipamentos) e do Urbanismo (Operações de Loteamento e Planos de Pormenor). Arqui3 - Arquitetos Associados, Lda. - Gestor de Projeto. Colaborador e coautor de diversos projetos de arquitetura e urbanismo. Apresentação e discussão dos projetos com os clientes. Elaboração e acompanhamento de projetos nas suas diversas fases (programa, estudo prévio, licenciamento, alterações, execução e apoio técnico em obra). Acompanhamento dos projetos junto das entidades licenciadoras (Municípios). Profissional Liberal - Projetista e operador CAD. Colaborador e coautor de diversos projetos de arquitetura, urbanismo e espaço público. Elaboração e acompanhamento de projetos nas suas diversas fases (programa, estudo prévio, licenciamento, alterações, execução e apoio técnico em obra). Acompanhamento dos projetos junto das entidades licenciadoras (Municípios). P21 – Planeamento e Arquitetura, Lda. - Projetista e operador CAD. Elaboração e acompanhamento de projetos nas suas diversas fases (programa, estudo prévio, licenciamento, alterações, execução). Colaboração na elaboração de diversos projetos de arquitetura e urbanismo. Topar – Topografia e Arquitetura, Lda. - Projetista e operador CAD. Elaboração e acompanhamento de projetos nas suas diversas fases (programa, estudo prévio, licenciamento, alterações). Colaboração na elaboração de diversos projetos de arquitetura e urbanismo.

Portugal

Estudo de Enquadramento Estratégico para a frente ribeirinha de Alcochete – 2010-2011; Plano de Pormenor para um resort turístico – Monte da Rocha, Ourique – 2006-2010; Plano de Pormenor para um resort turístico – Monte Campanador, Ourique – 2005-2008; Plano de Pormenor para requalificação de uma área urbana degradada e de ocupação clandestina – Vale de Chícharos, Seixal – 2002-2007; Operação de loteamento de uso habitacional, comercial, indústria e logística – Quinta dos Medronheiros, Almada – 2007-2010; Operação de loteamento de uso habitacional e comercial – Parcela 6 do PP9, Almada – 2001-2008; Operação de loteamento de uso habitacional e comercial – Quinta de Santa Teresa, Almada – 2001-2007; Operação de loteamento de uso comercial, indústria e logística – Quinta do Ferral, Loures – 2008-2009; Reconversão de uma Área Urbana de Génese Ilegal (AUGI) – Quinta da Genovesa, Almada – 1999-2006.

Angola

Plano Urbanístico para a reabilitação e requalificação da Comuna Sede de Chicomba - Município de Chicomba, Província da Huíla – 20102011;

Egito

Revitalização e Qualificação da zona central do Cairo – Concurso internacional limitado – 2010.

Croácia

Concurso Internacional de desenvolvimento urbano e arquitetónico do Delta e Porto Baroš em Rijeka com 319.400 m2 - 2013;


ARQUITETURA Projetos

58 | 61

Portugal

Concurso Internacional Biblioteca de Setúbal - Setúbal 2013; Projeto de Execução de dois modelos tipo de moradias para o Plano de Pormenor das Terras do Verde Lago - Castro Marim - 2013; Edifício de habitação e comércio para 40 apartamentos e uma loja Pingo-Doce – Projeto de Execução – Aldeia dos Capuchos, Almada – 20072010; Edifícios (7x) de habitação e comércio com 65 apartamentos e 4 lojas – Estudo Prévio – Aldeia dos Capuchos, Almada – 2006-2007; Edifícios (3x) de habitação e comércio com 90 apartamentos e 14 lojas – Projeto Base – Quinta de Santo António do Laranjeiro, Almada – 2007-2008; Edifícios (10x) de habitação e comércio com 92 apartamentos e 10 lojas – Projeto Base – Quinta do Desembargador, Almada – 2004-2008; Edifícios (3x) de habitação com 62 apartamentos – Projeto Base – Quinta de Vale de Castanheiros, Almada – 1999-2000; Edifício comercial para um concessionário da Mercedes-Benz – Projeto de Execução – Monte de Caparica, Almada – 2002-2009; Pólo comercial composto pelas lojas Leroy Merlin e Decathlon – Projeto de Execução – Vale Mourelos, Almada – 2002-2009; Empreendimento turístico composto por hotel de quatro estrelas com 116 quartos e aparthotel com 113 apartamentos – Estudo Prévio – Vale das Boiças, Sesimbra – 2001-2002; Equipamento social para um lar de idosos, com 30 quartos – Projeto Base – Vale Figueira, Almada – 2003-2007; Centro infantil com creche, jardim-de-infância e ensino básico de 1º ciclo, com capacidade para 203 crianças – Estudo Prévio – Aldeia dos Capuchos, Almada – 2006-2007; Edifício de comércio e serviços para a instalação da sede da Associação Nacional de Juntas de Freguesia (ANAFRE), das instalações da Junta de Freguesia do Alto do Pina e de uma clínica médica – Projeto de Execução – Alto do Pina, Lisboa – 2006-2008;


Nome

Tiago Rocha Arquitetura, Urbanismo, Planeamento Estratégico e Territorial

Formação

Licenciatura em Arquitetura – Universidade Lusíada de Lisboa (2005) Curso de informática para a Indústria – PEDIP (Grau 3 CEE) (SET 1991 - FEV 1992)

Filiação Profissional

Ordem de arquitetos portugueses – Associado n.º 14012 Colégio da Especialidade de Urbanismo (CEU) - n.º 30

Experiência Profissional

2014 a 2016 2013 2000 A 2012

desde 1999 2011 a 2013 2002 a 2004 1999 a 2001 1996 a 2000 1996 a 1999 1997 a 2001 1994 a 1996 1992 a 1994

59 | 61

Ordem dos Arquitectos - Membro do Conselho Nacional de Delegados HighPlan Portugal - Arquitecto e Urbanista Parque Expo 98, SA - Arquitecto e Urbanista. Membro de equipa responsável pela elaboração de projetos nas áreas do Planeamento Urbano e Territorial, Planeamento Estratégico e na Requalificação e Regeneração Urbana. Programa POLIS | tendo a seu cargo a elaboração dos Planos Estratégicos das intervenções nas principais cidades de Portugal, governo de Portugal PDAU (Plan Directeur d’Aménagement et d’ Urbanisme), coordenação e desenvolvimento dos projetos prioritários - Argel, Argélia, Wilaya d’Alger Projeto de requalificação/reabilitação do “bairro de Tizimi na Medina de Meknés” – Meknés, Marrocos, Banco Europeu de Investimento BEI Profissional Liberal- Projetista. Colaborador e co-autor de diversos projetos de arquitetura, urbanismo e espaço público. Ordem dos Arquitetos - Membro Suplente do Conselho Nacional de Delegados. Data d´ideias - Desenhador Projetista. Colaborador para as áreas de arquitetura e design, nomeadamente com a elaboração de diversos stands para feiras (FIL – Feira internacional de Lisboa). RCA - Rui Calmeiro Arquitetos - Desenhador Projetista. Elaboração e acompanhamento de projetos nas suas diversas fases (programa, estudo prévio, licenciamento, projeto de execução, alterações). GAPTEC – Gabinete de Apoio à Universidade Técnica de Lisboa - Desenhador Projetista. Colaborador do Prof. Dr. Arq. Pais. Sidónio Pardal para apoio informático e de projeto, em vários estudos de Urbanismo e Paisagismo. Câmara Municipal de Almada - Desenhador Projetista. Projeto, acompanhamento e execução da obra “ Parque Urbano de Almada – Parque da Paz”. GALILEU, Lda. Tecnologias de informação. Formador dos programas da Autodesk, AUTOCAD e 3D STUDIO, iniciação e avançado. GMI – Gestão e Manutenção Industrial, Lda - Desenhador Projetista. Execução e supervisão de desenhos técnicos para a construção de Estações de Tratamento de Águas Residuais - ETAR’s. ATRIS – Atelier de Arquitetura - Desenhador Projetista. Elaboração e acompanhamento de projetos e obra nas suas diversas fases (programa base, estudo prévio, ante-projeto, projeto, projeto de execução, alterações). Estágio de seis meses. (02/1992 - 07/1992).


URBANISMO Projetos

ARQUITETURA Projetos

Portugal

Concurso Internacional de Ideias para a Regeneração Urbana de Portalegre, Marvão e Sousel - 3º Lugar - 2013; Concurso Internacional de Ideias Norte 41º, Regeneração Urbana do Quarteirão Aurifícia, Porto - 2013; Parque Urbano e municipal de Almada, “Parque da Paz” – Projeto e execução da obra – 6ha – Almada – 1996 a 1999, construído; Marina de Albufeira, GAPTEC – Plano de Pormenor – Albufeira – 1999 a 2000, construído; Programa POLIS, requalificação urbana e ambiental nas principais cidades portuguesas, planos estratégicos (25), gestão de 10 intervenções – 2000 a 2005, construído; Concurso limitado para a Requalificação do Rossio de Leiria - Leiria 2005, concluído; Concurso “Europan 8”, periferias integradas - Coimbra - 2006, concluído; Projeto do Loteamento Industrial - Vila Real stº. António – 2006, concluído; Plano de Pormenor 1 “Costa da Trafaria” - Trafaria – 2006, concluído; Doca Pesca Pedrouços - Estudo de enquadramento estratégico – Lisboa – 2006, concluído; Plano de Pormenor 6 do Parque das Nações – Lisboa – 2008, concluído:

Argélia

Projeto de requalificação urbana das “Boulevards Urbains, Laarbi Ben M’Hidi e Didouche Mourad” – Argel – 2010 a 2011, concluído;

Angola

Plano Urbanístico para a Comuna Sede de Chicomba – 350ha – Província da Huíla – 2010 a 2011, em curso;

Brasil

Requalificação urbana e ambiental Recife/Olinda - Plano de pormenor – 2006, concluído;

Espanha

Concurso Internacional “Valência del Mar” - Valência – 2007, concluído;

Marrocos

Projeto de requalificação urbana do “bairro de Tizimi na Medina de Méknes” – Méknes – 2010 a 2011, concluído;

Portugal

Projeto de Execução de dois modelos tipo de moradias para o Plano de Pormenor das Terras do Verde Lago - Castro Marim - 2013; Desenvolvimento de uma Base Logística do Zaire Huambo - 2012; Estudo Prévio de Arquitetura para Igreja Católica para 250 pessoas - Malabo - 2012; Desenvolvimento de uma proposta para a nova sede da Casa Acreditar do Porto - Porto 2013; Clínica Dr. Juvenal (mini hospital) – Almada – 2000, construído Moradia nas Limeiras – Vila Nova da Barquinha – 2001, construído Casa da Encosta – Cascais – 2002, construído Stand “Madanparque” para a FIL – Lisboa – 2003, construído Stand “Subaru” para a FIL – Lisboa – 2003, concluído Torel, operação urbana no coração da capital – Lisboa – 2004, concluído Casa na Rasca – Serra da Arrábida – 2004, construído Gabinete de psicologia – Lisboa – 2005, construído Stand “Virclar” Tectónika, na FIL – Lisboa – 2005, construído Edifícios do Loteamento Industrial – Vila Real de Stº António, – 2006, concluído Loja “Bloom” no Fórum Almada – Almada – 2008, construído Edifício de escritórios de uma lavandaria industrial – Funchal – 2008, concluído Biblioteca de Estocolmo, concurso internacional – Suécia – 2008, estudo Edifício de habitação coletiva e comércio – Coimbra – 2008, concluído Clínica dentária “Artesurrisos” – Alverca - 2010, em curso Moradia unifamiliar em Gondarém – recuperação – Caminha - 2011 Moradia MM Cruz – Stº Estevão,– 2011, em curso

60 | 61

Brasil

Oceanário/fluviário/centro de investigação “re:acender os sóis” – Natal – 2011, em curso


JANEIRO 2014

HighPlan Portugal Sociedade de Arquitectos Lda. Av da República 6, 7º 1050 - 191 LISBON (PORTUGAL) info@highplan.org

Urbanismo  

summary Book Experience

Advertisement