Issuu on Google+

ESPAÇO HAVAIANAS

CYNTHIA DAVID MARIAH DEZOPA


HAVAIANAS A Havaianas é uma marca brasileira do segmento de calçados com origem em 14 de junho de 1962, criada pela São Paulo Alpargatas S.A.. Seu produto principal, a sandália, foi inspirada no “zori”, o tradicional chinelo japonês feito em palha de arroz. A marca e seus produtos estão presentes em mais de 80 países. Desde o seu lançamento, já foram produzidos mais de 3,5 bilhões de pares de Havaianas (fonte: Fun Page da Havaianas).


IDENTIDADE VISUAL A percepção da identidade visual pelo receptor é de extrema importância. A identidade visual da Havaianas é exposta não só nas sandálias como elemento de comunicação da marca, mas também em sua campanhas, as quais estão retratados temas da cultura brasileira como futebol, a música, entre outros. A havaianas está ligada ao Brasil através de incorporação de imagens positivas do país como a praia, a alegria, o calor, a cor e a descontração. A loja da Oscar Freire interpreta bem essa identidade visual, em um espaço típico brasileiro, aconchegante e admirador. “Como transformar 30 cm de borracha e duas tiras,a preço médio de 8 dólares,numa marca mundial. Juntando o simples com a alegria. Exuberância com irreverência. O design com a cor. Toda manifestação da marca, seja ela na mídia que for, tem sempre na sandália o seu ponto de partida. Refletindo a cultura e a alma brasileiras,vamos formando uma identidade única. Deixando de ser uma simples sandália de borracha,para se transformar na primeira marca mundial verdadeiramente brasileira”. (Identidade Visual Havaianas – Leão de Ouro no Festival de Cannes 2009, Categoria Design)


ARQUITETO RESPONSAVEL PELO PROJETO - ISAY WEINFELD Formou-se em 1975 pela FAU/Mackenzie, onde lecionou teoria da arquitetura. É autor de projetos de arquitetura e interiores premiados no Brasil e no exterior recebeu, entre outros, o grande prêmio Mipim Architectural Review Future Project Award 2009 -, bem como de trabalhos na área de cenografia, design de mobiliário, direção cinematográfica e direção de arte de espetáculos.


LEVANTAMENTO DA OBRA : LOJA CONCEITO A intenção da arquitetura foi simbolizar o espírito casual, confortável e jovem da marca, criada em 1962. O maior desafio foi transpor à arquitetura o clima inspirado pela marca: frescor, informalidade, conforto, tranqüilidade, bem-estar, brasilidade. O resultado tem a aparência de uma não-edificação, um espaço vazio e rebaixado em relação à cota pública, que preza a indefinição dos limites de paredes, pisos e coberturas. A intenção foi resgatar a ambiência de espaço aberto, praiano, vinculada à identidade visual da marca.

Arquitetos:Isay Weinfeld Ano: 2009 Área construída: 300 m² Endereço: Rua Oscar Freire, 1116, Jardins São Paulo Brasil Tipo de projeto:Comercial Status:Construído Estrutura: Concreto Construção: Lock Engenharia


ESPAÇO HAVAIANAS O Espaço Havaianas é a primeira lojaconceito no mundo da marca, inaugurada em 23 de Janeiro deste ano, ela conta com mais de 300m² de espaço projetados pelo arquiteto Isay Weinfeld. O resultado é essa idéia de praça, um espaço aberto para a rua, praticamente uma continuação da calçada, sem portas ou vitrines.


O uso das barracas de feira remete à origem da sandália vendidas inicialmente nos mercados livres das cidades. Nesta loja estão disponíveis exemplares de toda a linha da Havaianas, mais de 350 modelos, da mais simples à mais sofisticada. Dentro da loja, além de expositores, o cliente também terá oportunidade de conhecer mais sobre a história da loja dentro do cubo de vidro, que de tempos em temos muda seu interior de acordo com o tema.


ANALISE VISUAL DA OBRA De acordo com as plantas e dados disponíveis sobre o projeto arquitetonico Do Espaço Havaianas podemos analisar de acordo com alguns pontos como funcionalidade, ergonomia, estética e identidade visual.

A LOJA POSSUI 3 NÍVEIS: - No nível da rua possui um mezanino que segue a via pública, o qual se têm a vista de toda a loja; - No nível abaixo está o ambiente da loja com a exposição dos produtos: · · · · ·

Uma barraca de feira como um expositor relembrando às origens das sandálias havaianas; Um conteiner que abriga modelos “ tipos de exportação”; Um cilindro transparente expõe novos produtos: bolsas, meias, toalhas; Um cubo tecnológico que conta a história das Havaianas; Espaço rebaixado com iluminação para a customização das sandálias;

- A cobertura da loja é composta por um mosaico irregular de espaços vazios, formado por clarabóias que permitem que a luz entre no ambiente , nichos de climatização e sonorização. - No subsolo da loja é o espaço reservado para os funcionários, é onde está localizado o depósito e o escritório.


ANÁLISE DA PLANTA: NÍVEL DA RUA

2 1

PLANTA NÍVEL DA RUA

1 - Pátio de Entrada 2 -Jardim 3- Cubo de Vídeo 4 - Balcão de costumização 5 -Originais 6 -Modelos para Exportação 7 - Novos Artigos 8 - Modelos Infantis

9 -Modelos Novos 10 Modelos Monocromáticos 11 - Elevador 12 - Cozinha 13 - Escritório 14 - Sala de Controle 15 -Estoque


ANÁLISE DA PLANTA: NÍVEL DA LOJA

2 3

7

4 9

8

11

5 10

6 2 PLANTA NÍVEL DA LOJA

1 - Pátio de Entrada 2 -Jardim 3- Cubo de Vídeo 4 - Balcão de costumização 5 -Originais 6 -Modelos para Exportação 7 - Novos Artigos 8 - Modelos Infantis

9 -Modelos Novos 10 - Modelos Monocromáticos 11 - Elevador 12 - Cozinha 13 - Escritório 14 - Sala de Controle 15 -Estoque


ANÁLISE DA PLANTA: SUBSOLO

14 15

13 12

1 - Pátio de Entrada 2 -Jardim 3- Cubo de Vídeo 4 - Balcão de costumização 5 -Originais 6 -Modelos para Exportação 7 - Novos Artigos 8 - Modelos Infantis

11

9 -Modelos Novos 10 - Modelos Monocromáticos 11 - Elevador 12 - Cozinha 13 - Escritório 14 - Sala de Controle 15 -Estoque


ANÁLISE DA PLANTA: NÍVEL DA LOJA

3,0

6,0

25,0

2,0

2,0

1,0

9,0

3,0

1,5

6,5

3,

0

5,0

4,0

2,5

3,0

2,0 1,0

PLANTA NÍVEL DA LOJA

1,0

6,5

3,0

2,5

3,0

5,0

2,0

2,0

1,0

2,0


1,5

ANÁLISE DA PLANTA: NÍVEL DA LOJA

1,0

3,0

2,0

2,0

2,0

PLANTA NÍVEL DA LOJA

1,0

2,0

1,5

1,0

2,0


FLUXOS DE SERVIÇOS

PLANTA NÍVEL DA LOJA

PLANTA SUBSOLO


FLUXOS DE CONSUMO

PLANTA NÍVEL DA LOJA


FUNCIONALIDADE E ERGONOMIA

A loja em si é bastante funcional, o ambiente é como se fosse uma praça, com características da identidade visual da marca. - Os clientes têm a oportunidade de estar em um ambiente descontraído, bem brasileiro além de poder se integrar com os produtos e até customizar sua própria sandália. - O projeto da loja conta com um elevador na sua entrada para os deficientes físicos visando atingir todos os públicos. - O espaço da loja é definido pelo arquiteto em setores com apresentação através de formas geométricas. - O espaço para o fluxo das pessoas é bem distribuído e setorizado possibilitando o acesso do publico a todos os lugares da loja. - O mobiliário da loja remete os elementos que o arquiteto quis levar para o espaço, como as formas geométricas e linhas orgânicas. - Seu principal produto, a sandália, é feita de borracha e de grande durabilidade é considerada confortável para a maioria dos usuários, mas deixa a desejar em alguns pontos como: tamanhos.


ESTÉTICA Podemos observar pelas imagens que foram utilizados alguns materiais que valorizam a cultura brasileira, e que remetem ao efeito utilizado pelo arquiteto para conseguir a idéia de brasilidade, praia e conforto, entre eles estão: ·

Os jardins laterais composto por palmeiras e pitangueiras;

·

Os bancos de tronco de madeira pequiá;

·

Piso de pedra Goiás;

·

Valorização da iluminação natural através do teto;

·

Cores claras para colocar em maior destaque as sandálias coloridas;

·

Utilização da madeira na escada com iluminação direta;

·

As linhas orgânicas presentes em alguns expositores para dar o efeito geométrico buscado pelo arquiteto;


IDENTIDADE APLICADA


REFERÊNCIAS http://www.archdaily.com.br/br/01-674/espaco-havaianas-isay-weinfeld http://www.arcoweb.com.br/arquitetura/isay-weinfeld-loja-sao-03-03-2010.html Evelise Grunow, publicada originalmente em PROJETODESIGN, Edição 359 Janeiro de 2010.

http://www.isayweinfeld.com/ www.havaianas.com.br


Estudo Espaço Havaianas