Page 1


Ficha Técnica Titulo: O Caracol que queria ser Cor de Laranja Edição: 1ª Edição Fevereiro 2017 | Todos os direitos reservados à editora e aos autores Coleção: Universo Laranja Nº 1 Texto: Margarida Fernandes Ruivaco Ilustrações e design: Maria Gonçalves Silva Tiragem: 50 exemplares Impressão e Acabamento: Gráfica Escola Superior de Artes e Design Caldas da Rainha


"Caracol, Caracol, pþe os pauzinhos ao Sol" disse-lhe a abelha amiga ao ver o bichinho encolhido, com a cabeça na barriga.


"Caracol, Caracol, pĂľe os pauzinhos ao Sol" insistiu a formiguinha quando ele nĂŁo reagiu, escondido na sua casinha.


O Caracol estava triste, coitado, inconformado! NĂŁo gostava da cor estranha da sua casquinha frĂĄgil que tinha nascido castanha.


"Caracol, Caracol, o que queres tu afinal?" "Quero ser grande e laranja tรฃo lindo como a abรณbora que nasceu neste quintal."

Era uma abรณbora gorda e lustrosa, que se chamava Menina com rama farta e vistosa. Nascera hรก pouco tempo mas que jรก era a Rainha.


"Caracol, Caracol, ĂŠ isso mesmo que queres?" Perguntou atĂłnita a abelha voando por entre as flores das malvas e malmequeres.


"Se eu não puder ser abóbora, é grande de mais para mim, quero ser como a cenoura que nasceu ali, enterrada num canteiro do jardim."


A cenoura que ele invejava corou de comoção. Queria ser um caracol apanhar luz e sol, no corpo enfiado no chão.


Os insectos lá da zona, as lesmas e um tritão reuniram com as plantas: assim não podia ser, tinham de achar solução!


Os gafanhotos e as lesmas achavam isto tĂŁo mal! Qual era o problema de se ter nascido e viver com cor castanha, afinal?


Já o tritão Saramantiga e o Grilo da risca amarela vaidosos das suas cores não achavam nada estranho a mudança de farpela.


Saiu-se entĂŁo a papoila, do alto do seu caule fino, com uma ideia arrojada: dava um pouco de si, estava mesmo empenhada.


A papoila solidĂĄria com a ajuda das abelhas, soltou uma pĂŠtala encarnada. Pousaram-na sobre a casca ficou bem aconchegada.


As gotas de ĂĄgua, ligeiras, deitaram-se sobre a pĂŠtala e Sol brilhou mais forte e a sua cor amarela encontrou a encarnada. SerĂĄ que tiveram sorte?


Desenha o teu caracol


"Sou laranja, sou laranja!" explodiu o Caracol. Abraรงam-se bichos e flores as gotas, a papoila nua, saltitantes sob o Sol.


Agora que jรก leste e pintaste a histรณria volta para trรกs e repara melhor nas coisas. Encontra:

4 borboletas

4 abelhas

4 lagartas

4 pรกssaros

1 gota

1 flor

2 papoilas

7 gafanhotos


Serรก que sabes como se faz a cor de laranja?


Desenha e pinta coisas que vĂŞs na tua casa que sejam cor de laranja


Desenha a felicidade do caracol ao ficar com a carapaรงa cor de laranja


Cola aqui uma coisa cor de laranja


Desenha Espirais ( aqui nĂŁo precisas de fazer a cor de laranja )


O caracol que queria ser cor de laranja  

Livro para colorir e perceber como funciona a cor laranja. Um livro de ilustrações, uma experiência multissensorial que conta a história do...

O caracol que queria ser cor de laranja  

Livro para colorir e perceber como funciona a cor laranja. Um livro de ilustrações, uma experiência multissensorial que conta a história do...

Advertisement