Issuu on Google+

Informativo Gregos & Troianos - casa de leituras – “LIVROS COM HISTÓRIA” Publicação 01 / agosto-2011 Aqui você encontra: Aluguel de DVDs: [R$ 2,50/2 dias] ou [R$ 6,00/semana] Centenas de DVDs para compra ou troca Centenas de livros por R$ 1,50 Milhares de livros até R$ 5,00 Todos os livros são alugados por R$ 3,00/ semana Empréstimo gratuito de livros Infanto/juvenis Quadrinhos CDs LPs Bottons Revistas Mesa social

Mesa Social / Na frente da loja há um expositor

com dezenas e dezenas de materiais gratuitos. Isso só é possível pelo apoio de vários clientes e colaboradores que levam até a Loja material avaliado como de pouco valor comercial, ainda que de leitura muito interessante, ou útil para trabalhos e pesquisas. Todos os dias, dezenas de passantes e clientes se beneficiam com essa Mesa. Aliás... a Mesa Social é a face visível de um papel que assumimos, que é o de procurar colaborar com qualquer um ou com qualquer entidade ligada a causas sociais. É justamente porque temos essa postura que muitos nos procuram para saber como dar um bom destino a livros que, entendem, podem ser melhor aproveitados. Ficam aqui dois agradecimentos públicos. Um pelo material que nos trazem. Outro, pela oportunidade que nos dão de repassar parte das nossas possibilidades. “Quando o livro é doado, a história continua” Incentivo à leitura: empréstimo gratuito de livros infanto-juvenis.

Expediente:

Publicação encartada no jornal PonteVelha / Nº 01 / agosto-2011 Responsável: professor Luciano Gonçalves Arte e Diagramação: Maria Schneider Colaboraram com esta edição: Flávio Porto, Rodrigo Prado, Bruno Barroso Nenhum anúncio ou módulo deste informativo é pago. O espaço é cedido a amigos da Loja.

Para os que têm a impressão de que algo sussurra seu nome. “As palavras me escondem sem cuidado” [Manoel de Barros] Para alguns, sebo é um lugar para se comprar livros velhos, que foram dados como entulho ou estorvo por seus antigos donos. Daí a justificativa para se esperar um preço baixo. “Ledo e Ivo” engano: não que isso não seja verdade, mas por ser apenas parte dela. A parte menor, sem graça e com pouco mérito. Para nós, um sebo é um ponto de encontro. Vamos a eles para, através de vários caminhos, encontrarmos “improbabilidades”... e a nós mesmos. Os livros novos nos são ofertados numa grande variabilidade. Há todo um charme nos novos lançamentos, cada vez mais cuidados. Mas eles são “oferecidos”. Estão nos catálogos, nas “internetes”, nas resenhas. Como os sabonetes, as meias, as bolachas waffers. Podem ser deliciosos, mas desprovidos de mistérios. Misteriosas são as visitas aos sebos. Podemos até ir por uma busca objetiva, mas é sempre um risco. Estão à espreita. “De repentemente”, uma respiração se altera! Não bastasse o título inesperado, o autor que nos pro-voca, há todo um inexplicável. Atenção chamada pelo ar de abandono, como daquela mulher que só você soube reconhecer como especial enquanto todos viam a óbvia da capa da revista. Uma história antiga, maravilhosamente ilógica, como a daquele barbudinho maluco-artista a quem poucos davam ouvidos... É a pressa desse dia-a-dia a nos coisificar. E o que dizer das anotações às margens? Quem é capaz de se dispor a esse diálogo com quem nos falou há tempos e não ficou para escutar... nos deixando a ruminar? Ler um livro já lido é para aqueles que até escutam o que o outro diz, mas dedicam-se, paralelamente, com os olhos meio de esgueio, a pensar em quem já teria escutado aquela conversa. Gostar mais do autor, do criador. Porque a obra está dada, mas o autor são possibilidades. Livrarias são supermercados, próprias a um mundo que supermercadeia de tudo: até olhares. Se você duvida, repare nos sorrisos dos que nos atendem. Os sebos, não! Fazem questão de se pôr um pouco à margem. Quase se escondem. Até olham na sua direção, mas não piscam. Nesse flerte, a decisão há de ser tua. Porque não deixa de ser um risco. E dos grandes. O que se procura num sebo – pelo menos os que sabem do que, realmente, se trata – é a si próprio. E isso é a coisa mais arriscada que existe. Do mundo podemos nos esconder, nos precaver. De nós... professor Luciano – out/2007


O segredo do acervo de DVDs / Na vedade, nunca houve segredo. No início a única preocupação era ter alguns DVDs que pudessem ser úteis às aulas. O acervo foi ganhando corpo à proporção em que a Gregos e Troianos foi se transformando, passando de uma biblioteca/ escritório particular para um sebo, francamente disposto ao público. As primeiras centenas de filmes foram comprados nas Lojas Americanas e na Casa&Vídeo, quase nunca custando mais do que R$ 12,90. Depois de bem explorada essa fonte é que, também, passamos a comprar filmes, muito selecionados, pela internet. Outras duas fontes são os acervos de loca doras que fecharam as portas e os DVDs trazidos por clientes para troca.

H

oje, são quase dois mil DVDs cuidadosamente escolhidos entre os filmes, musicais e documentários. A idéia principal é a de que posam ser encontrados na Gregos e Troianos justamente os filmes que não freqüentam as prateleiras das locadoras convencionais. Por isso, na nossa loja você NÃO vai encontrar as novidades, os últimos lançamentos. Em compensação encontrará: • Alguns dos mais antigos filmes da história do cinema: 1898, 1902, 1903... • Prateleira de destaque para os maiores diretores e seus filmes • Quase todos os ganhadores do OSCAR, desde o 1º: “Wings”, de 1927 • Vários dos vencedores da Palma de Ouro (Cannes) e Urso de Ouro (Berlim) • Documentários / Óperas / Ballet... • Cinema brasileiro: de Mazzaropi e Zé do Caixão aos mais recentes • Séries antigas: O incrível Hulk / As panteras / MacGyver / Kung Fu / Ultraman / Daniel Boone... • Séries brasileiras: A muralha / JK / Roque Santeiro... • Cinema Alternativo: iraniano, coreano, indiano, suecos, noruegueses...

O que é, exatamente, um sebo? / Em síntese, à primeira vista e de modo simplificado, é uma loja que comercializa livros usados, e por isso, a preços muito baixos. Mas as coisas são, felizmente, mais complexas. Os sebos são, na maioria das vezes, a única possibilidade de se encontrar a maior parte dos livros, já que de todos que já foram publicados apenas uma parcela pequena se encontra em catálogo. Muitas e muitas editoras nem existem mais. Por isso, paralelamente aos preços baixos, para a surpresa de muitos, também há livros de preços muito altos: os raros. Cabe aos sebos identificá-los, preservá-los e colocá-los à disposição dos pesquisadores e colecionadores. Na Gregos e Troianos, por exemplo, entre essas preciosidades temos este mês no acervo o “primeiro número” de revistas como Mônica, Revista Geográfica Universal, Playboy, Planeta... todas com mais de quarenta anos, além de dezenas de livros muito raros. Esses exemplares não ficam naturalmente franqueados ao público, mas estão à disposição, numa sala reservada, aos que se mostrarem interessados. Os livros desejados podem e devem ser buscados a preços mais baratos nos sebos, mas talvez o mais característico é que essas livrarias de usados sejam um espaço pelo qual se passeia pelas prateleiras, quase num garimpo, à procura de curiosidades e preciosidades. Apareça, com sua curiosidade.

Manhã de inverno Uma manhã atipicamente fria, especialmente para uma cidade como o Rio de Janeiro. O despertador do celular toca pontualmente às seis e quinze. Tempo calculado para apertar quatro vezes a “soneca” para, enfim, acordar de verdade às seis e trinta e seis. Um beijo na mulher, que continua dormindo, imune ao som de qualquer despertador. Oito passos até a pia do banheiro. Noventa e seis escovadas eximiamente distribuídas entre cada grupo de dentes. Quatro bochechos igualmente precisos e contados. Um dia cheio pela frente. Antes de sair, uma última checada frente ao espelho do corredor. Terno e gravata perfeitamente passados e alinhados. Pasta na mão. Na rua, mais frio ainda. O vento que corta a Barata Ribeiro adormece seu rosto. Contrai a fronte involuntariamente e segue seu caminho. O metrô já não é mais aquele dos velhos tempos. Um frio de rachar na rua e um calor inusitado tanto na estação quanto dentro do vagão. Esmigalhado entre vários outros como ele, pensa que ao menos não há possibilidade de cair esborrachado no chão em consequência de um dos incontáveis trancos que o condutor certamente daria durante a viagem. Sente-se frustrado por descer na Cinelândia quando, de fato, trabalha na Carioca. Mas o alívio de sair daquele aperto minutos antes faz valer a pena, A penumbra da estação dá lugar ao ofuscamento de uma manhã um tanto clara, apesar do inverno. Olha para o céu com algum custo. Para. Olha para baixo. Para o céu de novo. Uma nuvem num formato estranho lhe chama a atenção. Seus olhos se enchem de lágrimas. Pensa no trabalho. Suas mãos tremem. Seu corpo todo treme. Seis anos sem nenhuma falta. Mas não há como evitar. Não. Nunca havia sentido aquilo antes. Seu peito se enche de amor. Larga a pasta no chão e sai correndo para casa. Acorda sua mulher às pressas. Faz um filho. Na manhã seguinte, desliga o celular. Abraça a mulher. Levanta às onze. Sai sem escovar os dentes.

Apoio:

“Tudo aquilo que negamos em nós aparece do lado de fora e damos a isso o nome de Destino.” (Carl Jung)

Tels: (24) 3354-1100/9957-5020 Rua Luís Pistarinni, n. 206/Sobrado – Campos Elíseos Resende/RJ Email: heldercamara71@hotmail.com Inscrição Municipal: 500003597 Autoconhecimento – Crescimento Interior – Expansão da Consciência

História curiosa: Colocamos um cartaz na frente da loja, diante da “Mesa social”, escrito: “Grátis”. Mas os que passavam, incrédulos, perguntavam: “Mas... é de graça mesmo?” Então resolvemos aprimorar a informação colocando um banner. O resultado é que escutamos diariamente, várias vezes, os passantes se divertindo lendo em voz alta: “É sério, é de graça mesmo”. E nos divertimos com isso.

Venha trocar seus DVDs e gibis pelos produtos da loja.


Informativo carona @cineclube706 “Sempre num sábado perto de você.”

Nosso primeiro encontro se deu em 15 de janeiro de 2011. O cineclube não tinha nome. Não tinha logomarca. Mas tinha um grupo. E por isso, os detalhes eram só questão de tempo. Dia 30 de julho fizemos nosso 15º encontro, sem uma falha sequer. Não perdoamos nem o Sábado de Páscoa. No nosso próximo Informativo-carona, um pouco mais da nossa história. Filmes já vistos: Beleza americana / Sam Mendes Taxi driver / Martin Scorsese O carteiro e o poeta / Michael Radford Magnólia / Paul Thomas Anderson Jogo de Cena / Eduardo Coutinho Anticristo / Lars Von Trier Trem da vida / Radu Mihaileanu O poderoso chefão / Francis F. Coppola Oldboy / Park Chan-wook Peixe Grande / Tim Burton Acossado / Jean-Luc Godard Crimes e pecados / Woody Allen Cidadão Kane / Orson Wells Os famosos e os duendes da morte / Esmir Filho Os pássaros / Alfred Hitchcock Agradecimentos públicos ao ESPAÇO DO SABER pela sala colocada à nossa disposição.

Rua 29 de Setembro, 112, Campos Elíseos, 27542-030

Cineclube706 – Cultura livre para todos Esta é uma proposta espontânea, surgida de uma conversa entre amigos no sebo Gregos & Troianos. Nessa conversa, chegou-se à conclusão de que a criação de um cineclube na cidade seria muito interessante, e com apoio do sebo tal ideia se concretizou. São encontros quinzenais aos sábados, às 16h, atualmente no anexo do Espaço do Saber (Rua 29 de Setembro, 122, no Bairro Comercial) . Por lá se assiste a um filme, eleito pelos próprios membros no encontro anterior, e ao final deste forma-se uma roda de discussão, sempre muito divertida e instigante, um grande complemento ao filme. O cineclube é destinado aos curiosos/interessados em cinema em geral, ou àqueles que queiram simplesmente se divertir numa tarde de sábado. Então é isso: simples, inteligente e gratuito. Apareça, sua presença é muito bem-vinda! Flavio Alexandre Porto

TOUROS INDOMÁVEIS

Surgido de uma proposta de divulgar bons filmes e discutir sobre a fenomenoProgramação: logia cinematográfica — e todas as nu13.ago – A Fita Branca / Michael Haneke ances nela existentes — o Cineclube706 27.ago – Entreatos / João Moreira Salles completa seus 15 encontros com este especial no jornal Ponte Velha. Com um 10.set – Blade Runner / Ridley Scott clima agradável, desde o primeiro encontro os sagrados sábados quinzenais são 24.set – Laranja Mecânica / Stanley aguardados fervorosamente por aqueKubrick les que querem reencontrar os amigos e papear acerca de assuntos atuais e 8.out – Os Intocáveis / Brian De Palma trivialidades também. É fonte recorrente 22.out – Valsa com Bashir / Ari Folman de pérolas, até — presenciamos muitas Sempre às 16horas / Apareça. Traga uma “defesas contra”, “monólogos de dois” e a companhia. “importância do sexo nas relações”.

Da mesma água saem discussões sobre o panorama político do cinema brasileiro em meio a épocas em que a recorrência à Lei Rouanet é constante. O cenário é um tanto Quentin Tarantino – as reverberações muitas vezes triviais num ambiente despojado, cadeiras pelos cantos e amontoado de cabeças pensantes, fazendo lembrar a cena inicial de “Cães de Aluguel”. Os assuntos vagueiam de neuroses à la Woody Allen a existencialismos à la Ingmar Bergman. A camaradagem é semelhante à de sobreviventes de catástrofes vindas diretas de um filme do Roland Emmerich. Os atores são ao mesmo tempo seletos e peculiares. Temos galãs no maior estilo Marlon Brando — como este que vos escreve — e ladies de fazerem inveja a qualquer Bond Girl. Cabeças pensantes que podem orquestrar planos que fariam os de “A Origem” parecer de meros principiantes, e mesmo cabeças com a intenção parecida com a de Travis Bickle de Taxi Driver – filme já exibido por nós. Lugar no qual gente interessante se reúne para discutir cinema, música, política e futebol. Oportunidade perfeita para aqueles que querem apurar o paladar cinematográfico, conhecer gente interessante e comprovar que em Resende nós temos, sim, cultura. @rodcinesom

colaboradores desta página no twitter: @rodcinesom, @FlavioPorto_


Informativo-carona “Sala @escrevendo” Sala 706 do Edifício Golden Center – Contato 2109.0246 / 8124.3130 Prof. Luciano Gonçalves

Intensivo Redação/Enem Sob alguns aspectos, metade da nota do ENEM corresponde à nota de REDAÇÃO Turma da segunda-feira / 19h15 às 20h45 / dias 5, 12, 19, 26 de setembro e 3 de outubro Turma de sábado / 9h às 10h30 / dias 10, 17, 24 de setembro, 1º e 8 de outubro • Foco nas questões ligadas aos Direitos Humanos e nas questões sociais, principalmente quanto a sugestões de abordagem • Resumão das atualidades • Mecanismos de argumentação propositiva Anúncios:

Para estudos de GRAMÁTICA a “Sala @escrevendo” indica a prof. Geusa - com técnicas de memorização Para concursos públicos e reforço escolar - 20 aulas – Tel 3354.8600

Bottons

Quer bottons das suas gravuras prediletas... para sua empresa ou evento? Encomendas com João Pedro pelo cel. 9237.7654 ou e-mail jpgdassp@gmail.com

Use bem o TWITTER Sem dúvida uma das mais úteis das possibilidades da Internet. Boa parte dos maiores formadores de opiniões se exercitam, diariamente ou quase, pela twitterlândia. Algumas dicas: • resista à tentação de usá-lo como MSN. Cair nessa não seria apenas desperdiçar um bom recurso, mas algo pior, seria transformá-lo em uma das mais negativas distrações a atrapalhar seus estudos; • só siga as contas que forem úteis na busca de informação. No máximo, um ou outro perfil de humor... principalmente os de humor inteligente, que brincam com conteúdos mais densos ou com as atualidades; • selecione os perfis a serem seguidos entre os dos formadores de opiniões, das revistas, jornais e instituições; • não se preocupe (não mesmo!) em ter seguidores. Pense na possibilidade de postar quase nada, ou muito pouco. Não sendo você uma referência de leitura, e tendo resistido a usá-lo como MSN, a principal utilidade da sua conta é a de ser “fonte de histórias”; • resista ao internetês. Nada impede que você escreva respeitando todas as normas gramaticais do texto em prosa. • ao postar, divirta-se (mesmo!) com a necessidade de encontrar soluções para que nos 140 espaços caiba o que quer dizer. Poucas práticas podem ser melhores para o exercício da concisão. Os “malabarismos” necessários são dos melhores exercícios para o aprimoramento da nossa capacidade de síntese.

SIGA NO TWITTER: @escrevendo > aqui exercitamos diariamente o gosto pelas polêmicas e damos orientações sobre o noticiário mais sugestivo, além de dicas sobre as fontes de informação, abordagens, formadores de opiniões... tratamos de “conteúdo”. @dissertando > aqui damos dicas diárias sobre a técnica da dissertação e sobre tópicos gramaticais. Conheça nossa página [professorluciano.net]

História da Filosofia - Módulo I Das origens a Aristóteles em 5 encontros Público-alvo: curiosos e interessados em cultura geral, em história, estudantes do Ensino Médio, pré-vestibulandos e universitários. Custo total, com material incluso: R$ 80 Turma da segunda: das 19h15 às 21h30 / 10, 17, 24, 31 de outubro e 7 de novembro Turma de sábado: das 9 às 11h15 / 15, 22, 29 de outubro, 5 e 12 de novembro A grande dificuldade de escrever não está na questão do escrever, mas sim na organização das idéias, no saber “como” abordar o assunto. Ajudar a enfrentar esse desafio é o nosso diferencial. Aulas particulares (individuais ou em grupos)

Frequentando aulas particulares ou qualquer dos cursos, os alunos da [Sala @escrevendo] têm à sua disposição: Empréstimo do acervo da biblioteca técnica (livros, revistas e apostilas) da “Sala” Empréstimo do acervo de livros e DVDs da Gregos e Troianos – casa de leituras Correção comentada de uma redação para cada aula (para os cursos de Redação) Apostila e material complementar das aulas


Informativo "Gregos e Troianos" / Cineclube