Page 52

52 —O closet, então. — Eu murmurei, caminhando por cima de livros e brinquedos para alcançar o armário. Minha mão tremeu um pouco quando eu agarrei a maçaneta. Sem voltar atrás agora, eu disse para mim mesma, e puxei a porta. Uma figura alta e emagrecida, com um rosto estreito e olhos fundos, me olhou quando a porta foi aberta. Seu corpo muito magro vestia um terno preto, e um chapéu de feltro em cima de sua cabeça pontiaguda. Ele piscou, olhando para mim, e os lábios sem cor puxaram-se para trás formando uma careta, revelando dentes finos e pontudos. Eu fui para trás com um grito. —Meu closet! — Sibilou a figura. Uma mão comprida e fina agarrou a maçaneta. —Meu closet! Meu! — E ele fechou a porta com um barulho. Robbie deu um suspiro exasperado enquanto eu me escondia atrás dele, meu coração batendo em torno da minha caixa torácica como um bastão. —Bogeys34. — Ele murmurou, sacudindo sua cabeça. Ele trotou para a porta, bateu três vezes, e a abriu. Desta vez, o espaço estava vazio, exceto por camisas penduradas, caixas empilhadas e coisas normais de closet. Robbie colocou as roupas de lado, manobrando em volta das caixas e colocou uma mão na parede do fundo, traçando seus dedos ao longo da madeira. Curiosa, eu caminhei para mais perto. —Onde você está? — Ele murmurou, sentindo ao longo da parede. Eu rastejei até a porta e olhei para cima de seu ombro. —Eu sei que você está aqui. Onde está... aha. Agachando, ele inspirou e soprou contra a parede. Instantaneamente, uma nuvem de poeira subiu, envolvendo-o e brilhando como glitter laranja. Quando ele se endireitou, eu vi uma maçaneta dourada na parede de trás e o contorno de uma porta, luz pálida brilhava através da fenda inferior. —Vamos lá, princesa. — Rob se virou e acenou para eu ir em frente. Seus olhos verdes brilhavam na escuridão. —Esse é o nosso caminho. Nosso único ticket para Nevernever. Eu hesitei, esperando meu pulso acalmar para alguma coisa semelhante ao normal. Ele não acalmou. Isso era loucura, uma pequena parte assustada de mim sussurrava. Quem sabia o que esperava através dessa porta, que horrores escondiam nas sombras? Eu podia nunca mais vir para casa novamente. Essa era minha última chance de voltar atrás.

34

Bogeys, espíritos ingleses malévolos que vivem na escuridão, fazendo suas casas em armários, sob as camas, e closets. Aparecem como amorfos amontoados de poeira, podendo mudar sua forma. Eles causam o tipo de brincadeira durante a noite, inclusive roubam almas, mas se tornam inofensivos à luz do dia. O bicho-papão é um bogeyman.

Iron Fey - Livro 01 - O Rei de Ferro (Iron King) - Julie Kagawa  

Meghan Chase nunca se encaixou em sua escola de cidade pequena, e agora, na véspera de seu aniversário de 16 anos, ela descobriu porquê. Qua...

Iron Fey - Livro 01 - O Rei de Ferro (Iron King) - Julie Kagawa  

Meghan Chase nunca se encaixou em sua escola de cidade pequena, e agora, na véspera de seu aniversário de 16 anos, ela descobriu porquê. Qua...

Advertisement