Page 51

51 —Ah, não. Isso não é como a piada funciona. — falou Rob. —Eu digo ‗toc, toc‘ e supõe-se que você responda ‗Quem é?‘ —Foda-se! —Não, ainda está errado. — Robbie parecia imperturbável. Eu, entretanto, estava horrorizada com o linguajar de Ethan, embora eu soubesse que não era ele. —Aqui... — Rob continuou em uma voz agradável. —...eu irei falar toda a coisa, então você irá saber como responder da próxima vez. — Ele limpou a garganta e bateu na porta novamente. —Toc, toc! — ele berrou. —Quem é? Puck! Puck, quem? Puck, que irá transforma-lo em um porco espinho e tampa-lo dentro do forno, se você não sair do nosso caminho! — E com isso, ele golpeou a porta e abriu-a. A coisa que parecia com Ethan estava parado na cama, e um livro em cada mão. Com um sibilo, ele jogou em direção a porta. Robbie esquivou, mas um de brochura me acertou no estômago e eu resmunguei. —Por favor. — Eu ouvi Rob murmurar, e um pente voou através do ar. E de repente, todos os livros do quarto agitaram suas capas, voando do chão e das prateleiras, e começaram a ir em direção à Ethan, como um bando de gaivotas enfurecidas. Eu apenas pude olhar, sentindo minha vida ficar mais surreal à cada segundo. O falso Ethan sibilou e rosnou, golpeando os livros enquanto eles o envolviam, apenas um golpe em seu rosto, e ele caiu para fora do colchão. Cuspindo em fúria, ele se lançou embaixo da cama. Eu ouvi garras aranhando contra a madeira, enquanto seus pés sumiam da visão. Maldições e rosnados derivavam para fora da escuridão. Robbie sacudiu a cabeça. —Amadores. — Ele suspirou enquanto os livros que voavam em volta do quarto congelaram no meio do vôo e caíram no chão com um estrondo. —Vamos lá, princesa.

EU ME SACUDI E PEGUEI MINHAS coisas sobre os livros caídos, juntando-me à Robbie no meio do quarto. —Então. — Eu arrisquei, tentando soar casual, como se livros voadores e faeries fossem alguma coisa que eu encarava todos os dias. —Onde fica essa entrada para a Faeryland? Você terá que fazer um anel mágico, ou um feitiço, ou alguma outra coisa? Rob riu. —Não exatamente, princesa. Você faz disso muito complicado. Portais para Nevernever tendem a aparecer em lugares onde existe muita crença, criatividade ou imaginação. Frequentemente você pode encontrar nos roupeiros de crianças, ou embaixo de suas camas. Floppy temia o homem do closet. Eu tremi, mentalmente me desculpando com meu meio irmão. Quando eu o encontrar novamente, eu irei com certeza falar para ele que eu acreditava em monstros também.

Iron Fey - Livro 01 - O Rei de Ferro (Iron King) - Julie Kagawa  

Meghan Chase nunca se encaixou em sua escola de cidade pequena, e agora, na véspera de seu aniversário de 16 anos, ela descobriu porquê. Qua...

Iron Fey - Livro 01 - O Rei de Ferro (Iron King) - Julie Kagawa  

Meghan Chase nunca se encaixou em sua escola de cidade pequena, e agora, na véspera de seu aniversário de 16 anos, ela descobriu porquê. Qua...

Advertisement